Blogs sobre Butão e Nepal: as indicações dos leitores

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

ButãoA Marcia está pensando em viajar para o Nepal e o Butão. Sua idéia é ir em abril, para assistir ao Festival de Máscaras de Paro.

Estive no Nepal há quase 20 anos. Adorei Bhaktapur, a cidadezinha mais preservada da região de Katmandu (e onde filmaram O Pequeno Buda). Não fiz trekkings, que costumam ser o motivo número 1 para visitar o país. Depois de um bom tempo em que as montanhas estiveram inacessíveis pela ação dos terroristas, os trekkings voltaram com tudo.

Quando fui para a região, o Butão estava praticamente fechado ao turismo. Hoje o pequeno reino do Himalaia já tem as fronteiras abertas para turistas caixa-alta, que se hospedam em lodges de sofisticação zen. Se fosse para combinar os dois lugares, eu deixaria sempre o Butão por último; não deve ser fácil enfrentar a confusão do Nepal depois do, ahn, xangrilaísmo butanês.

 

 

Bons pontos de partida + as sugestões dos trips:

--> Nepal

Welcome Nepal, site oficial do turismo do Nepal

Nepal no New York Times

Nepal no Lonely Planet

Nepal no Smart Travel Asia, dica da Sylvia

The Longest Way Home, dica da Lu Malheiros

Cora Rónai no Nepal, dica da Lu Malheiros

Nepal no DriEverywhere, dica da Dri e da Georgia

Nepal no ViaggioMondo, dica da Mirella

Nepal no Felipe, o pequeno viajante, dica da Carla Z.

Nepal no Viagem Afora, dica da Carla Z.

Nepal sem trekking no Viajar bem e barato, dica da Carla Z. e da Helo

Wayfarers Adventures, dica da Helo

--> Butão

Site oficial do turismo do Butão

Butão no New York Times

Butão no Lonely Planet

Butão no Smart Travel Asia, dica da Sylvia

Butão no Seguindo Adiante, dica da Josie

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


 

32 comentários

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Excelente post!
Lembrei do The Longest Way Home que tem alguma coisa sobre o Nepal (não é muito recente, deve ser de 2008 ou 2009) http://www.thelongestwayhome.com/
Tem, também, o relato do Exotic Buddha http://travel.exoticbuddha.com que parece bom..
Por fim, lembrei da Cora Ronai que esteve no Nepal faz pouco tempo http://cronai.wordpress.com

Dri Miller
Dri MillerPermalinkResponder

Estive no Nepal em 2011, justamente nessa epoca de Abril. Mas fomos até lá justamente pra as caminhadas e hikkings, na regiao do Annapurna, fazendo Kathmandu, Pokhara e os Himalaias.
Na epoca a ideia inicial realmente era j=conjugar Nepal e Butão, mas apensar de ser "aberto" o governo ainda impoe uma seria de regras e taxas para justamente impossibilitar o acesso ao turista "normal" pelo pais. A não ser que você seja a Angelina Jolie tentando fugir dos Paparazzi, provavelmente vai achar bem dificil ($$$) entrar no Butão.
A serie de posts sobre o Nepal esta aqui: http://drieverywhere.net/categoria/viagens/nepal/
Entao aproveitamos a viagem pra esticar na India na ida: http://drieverywhere.net/categoria/viagens/india/
E no Sri Lanka na vola: http://drieverywhere.net/categoria/viagens/Srilanka/

ReS
ReSPermalinkResponder

Discordo da sua visão de impossibilidade de viajar ao Butão. É apenas caro, com exigência de gasto diário no pais, exatamente para ajudar a desenvolver o turismo coinciente no pais. A enorme preocupação em manter intactos seus picos do Himalaia, aonde é proibido fazer treckking, preservar seus rios, aonde é proibido pescar e mergulhar, fazem toda a diferença na manutenção das paisagens maravilhosas do lugar e da tradição dos costumes locais. Sugiro, na sua próxima vez, fazer um investimento financeiro para conhecer este lugar espetacular. Vc vai amar como eu amei!

Andre Lot
Andre LotPermalinkResponder

Nada contra o que o Butao faz com turistas no seu pais, mas e um lugar que eu JAMAIS visitaria pela xenofobia explicita, por te OBRIGAR a gastos minimos e guia, e por tratar o turista apenas como fonte de renda. Minha grana aquele pais subdesenvolvido, xenofobo e atrasado nao vera.

Luis
LuisPermalinkResponder

Que resposta patética.
Quem é ''xenofobo'' é você com esse tipo de resposta.
O turismo é um comercio, turista é fonte de renda, vocÊ acha que turista é o que, uma princesa?

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Humm, a Dri Miller andou por lá.
http://drieverywhere.net/categoria/viagens/nepal/

Mirella
MirellaPermalinkResponder

A Fe Costa, do Viaggio Mondo, também já foi: http://www.viaggio-mondo.com/search/label/nepal

Lu
LuPermalinkResponder

Tem um programa na Multishow ou GNT, acho q se chama no Caminho, feito pela Suzana (tb ñ sei o sobrenome), onde vi algumas etapas de uma viagem mto interessante dela ao Butão e outros lugares um tanto exóticos, mto legal. Talvez googlando por aí, dê prá descobrir se os filmes estão disponíveis. Apesar de toda a imprecisão, espero ter ajudado!!

Arthur | Agora vai mesmo

É a Susanna Queiroz, do No Caminho, GNT. Nesete link tem os episódios das viagens, incluindo o Butão, em ordem decrescente. Clique no link, depois sempre em "mais vídeos" até chegar nos episódios 12 para trás. Abs!
http://multishow.globo.com/No-Caminho/Videos/

Josie Lins
Josie LinsPermalinkResponder

Estive no Nepal e no Butão em abril de 2010. Butão primeiro, Nepal depois, foi bem isso: achei Katmandu uma zona. Mas valeu. Uma visita ao crematório de Katmandu foi uma das coisas mais "irc" que já fiz na vida.
Escrevi sobre o Butão no blog:
http://seguindoadiante.blogspot.com/search/label/Butão
Não deu tempo de falar sobre o Nepal, porque engatei outra viagem e não deu tempo. Mas um dia volto ao assunto.
Quem viaja de avião entre os dois países vai passar pertinho do Everest. É bom deixar a câmara à mão e reservar um lugar na janelinha. Se não me engano, do lado direito.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Que maravilha, Ricardo. Valeu pelo post!!! Estou em pleno processo de planejamento da minha viagem para o Butão. O site oficial de turismo daquele país é, sim, um bom começo. Nele, encontram-se várias dicas e também a lista dos operadores oficiais locais. Tenho feito contato com agências de lá e todas têm sido muito rápidas nas respostas e dão informações precisas. Ganhei o Lonely Planet do país e tem sido uma ótima leitura, com várias dicas (inclusive com nomes de agências que operam o turismo local). Continuarei ligada nas suas postagens. Abraços.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Lu, o programa do qual você fala, chama-se No Caminho, com a Suzanna Queiroz. No site do Multishow há vários vídeos, mas não se consegue mais vê-los. Já até escrevi para o Multishow reclamando. Espero que eles consertem o problema e deixem os vídeos sobre o Butão disponíveis.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Oba! Post do Nepal!

Alem do blog Drieverywhere que já citaram, lembro dos posts no blog do Felipe, pequeno viajante http://felipeopequenoviajante.blogspot.com/search/label/Nepal e de posts no Viagem Afora http://viagemafora.blogspot.com

Onde também tem informações do Nepal (pelo menos trekking) é no mochileiros.com

ReS
ReSPermalinkResponder

Estive no Nepal e no Butão em 2011 e tenho o enorme prazer em super indicar o BUTÃO. Lugar aonde vc encontra a essência do budismo com pessoas bem felizes apesar da pouca condição financeira q vivem, pessoas muito simples, que conseguem em pleno sec XXI manter suas tradições e recebem muito bem o turista. Estão super bem estruturados e fazem do turismo realmente uma fonte de renda para seu povo, aonde vc precisa estar acompanhado por um guia e realmente investir no pais, cobrindo um gasto minimo diário de + de $200. Diferentemente do visinho Nepal, q abriu suas fronteiras sem se preocupar com preservação ambiental, estruturação do turismo, formação de guias.....Butão, um paraiso nos Himalaias!!! Amei e indico!!!! Nepal, se não for para trekking, apenas como turismo, o viajante tem q aceitar se sujeitar a visitar templos milenares completamente largados, sem manutenção, sem estrutura, sem limpeza....Os 2 paises são extremos opostos de manutenção da cultura e da prática de suas filosofias reliosas BUDISMO x HINDUISMO.

Roberto Hoffmann

Estive no Nepal em out/11, entrando e saindo pela Índia. Não sei como seria entrar pelo Butão, mas acredito que seja igual. E pra isso, só tenho uma sugestão: considere a idéia ir e voltar de avião. O Nepal praticamente não tem estradas e para se chegar a Kathmandu somente com micro ônibus horrorosos, em viagens de 300km que demoram 12 horas! Claro que vale a aventura e foi por isso que eu fiz, agora se o tempo é curto e a vontade não é tanta, avião neles! Ou compre uma máscara e se prepare pra comer pó! Que também foi bem divertido! smile

Fran Hardy
Fran HardyPermalinkResponder

Em oububro 2011 estive em KATHMANDU - NEPAL. Conto minhas impressões no blog.
http://cidadadosuniversos.blogspot.com/2011_12_01_archive.html

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Para quem pretende fazer trekking no Himalaia do Tibet, recomendo a empresa que uma amiga que se formou com o Kiko (marido) esta trabalhando, a http://morgadoexpedicoes.com.br/ - guias em português. Procure por Lisete Florenzano.
Nós ainda não fizemos a viagem, pois não estamos com dias suficiente para embarcar nessa aventura. Mas tenho certeza que será fascinante!!!
Quanto ao Butão, é meu sonho de consumo, apesar so preço!

Helo
HeloPermalinkResponder

Ola a todos, fui no Nepal e India no fim de 2007/começo de 2008. Na india viajamos independentes, mas no Nepal optamos em contratar um tour com a empresa Wayfarers http://www.wayfarers.com.np/, muito bem indicada em guias de turismo, como o lonely e o frommers. Lendo sobre o Nepal, fiquei surpresa ao descobrir que tiveram uma guerilha rural, inclusive um morte de um turista se não me engano. Como desconhecíamos a proporção do levante, optamos em contratar uma empresa no nepal e não nos arrependemos. Muito pelo contrário, adoramos. Fizemos passeios maravilhosos e pernoitamos em Nagarkot, pena que não deu no dia seguinte para ver as montanhas do himalaia, por que o tempo estava nublado. Pedimos para mudar o hotel do pacote em Nagarkot para Fort Resort http://www.mountain-retreats.com/fort/resort/open.htm.

Estava muito tentada para ir para o Butão so que no guia do lonely sobre este pas que estava estudando, constava que os pilotos, para aterrizar/levantar o voo no aeroporto, tinham que operar visualmente. Com isso, os voos poderiam atrasar dias, pois dependiam muito das condições climáticas. Como dispunhamos de dias contatos, por segurança, optamos em não ir no Butão e ficarmos mais dias na India.

Se eu fosse para o Butão, verificaria se os voos tinham ainda fama de "atrasados". Se tivessem, optaria em ir primeiro para o Butão para ter melhor margem de dias para eventualidades.

Mas tambem tentaria ir para o Tibet, um sonho de consumo, inclusive com a wayfares.

Helo
HeloPermalinkResponder

A Raquel Verano tem posts sobre o Nepal no viaje mais.

Débora
DéboraPermalinkResponder

Acabei de voltar do Nepal e do Butão. E só para compartilhar que também amei conhecer o Butão. Foi simplesmente fantástico... Embora o preço possa parecer caro por dia, inclui tudo (hospedagem, alimentação, transporte), e foram os melhores hoteis que fiquei na minha viagem,além de contar com um guia e um motorista só pra mim (fui sozinha!), que me trataram muitíssimo bem. Recomendo muito!

fernando luis neves

Prezada,
Você disse que foi sozinha, contratou um guia local ou está previsto dentro dos $200 que tem que pagar por dia ?
O guia fala inglês ou tem possibilidaede de falar espanhol ?
Há possibilidae de contratar o serviço direto com a agencia do governo local para pagamento das taxas e guia ou é atraves de agencia intermediária no Brasil que faz os pacotes ?, se contratar direto, tem os contatos ?
Grato

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Eu estive no Nepal em maio deste ano e adorei. Katmandu é um lugar incrível. Acho que vale muito visitar o país, mesmo para quem não vai fazer turismo de aventura. Os relatos da viagem estão lá no http://www.360meridianos.com/categoria/nepal

Ér.O
Ér.OPermalinkResponder

Olá! Encontrei ótimas dicas aqui, porém alguém sabe qual a companhia aérea que faz vôos para o Butão? Vi que não existentes vôos diretos, somente até Cingapura ou Bangkok e são mais ou menos 30h de viagem, então de lá são mais 4h pela Drukair para o Butão?! Vou sozinha e não queria contratar nenhuma empresa turística daqui...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erika! Só a Druk Air voa para o Butão. Você vai precisar estruturar sua viagem com uma agência, sim.

Marina
MarinaPermalinkResponder

Dúvida: é possível contratar direto uma agência indicada pelo Governo do Butão ou é preciso contratar uma aqui no Brasil? Fiquei com a impressão de que a agência daqui só vai contratar uma de lá e ganhar em cima...é isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! As agências costumam repartir comissão.

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Eu e a Karine estamos com viagem agendada para o Butão. Após muitas pesquisas sobre o país, minha opinião (espero que não mude após a viagem) é que as imposições do governo são uma forma de evitar o turismo em massa e preservar os costumes da região. Não dá para desconsiderar o fato de o índice oficial do país ser o índice de felicidade da população. A Débora já fez essa viagem e amou. As dicas estão no blog: https://diariosdeferias.wordpress.com/category/viagens/asia/butao/

Anabela Carvalho

No Butão também há guias que falem Espanhol? wink

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anabela! Compre um tour de alguma operadora brasileira e provavelmente o guia falará português ou espanhol. Certifique-se disso antes de fechar negócio.

Anabela Carvalho

Obrigado wink

Nanda Haensel
Nanda HaenselPermalinkResponder

Ola! Moro em Singapura com meu marido alemao e ja viajamos por quase toda a Asia. Comecei a escrever sobre as nossas viagens mais exóticas no site: www.weloveitwild.com
Pouco a pouco viagens para os lugares mais remotos da Indonesia, Mongolia, Corea do Norte, China, Timor Leste, etc, estarão la!
A viagem ao Butao ja esta la! Um post cheio de detalhes, impressões e muitas fotos. Adoraria que comentassem la! Obrigada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar