Torre de Pisa: como chegar, como comprar, com que destinos combinar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Torre de Pisa

Este post traz todas as informações de que você precisa para fazer o passeio à Torre de Pisa:

Batistério, Camposanto, Catedral e Torre de Pisa

Visitar a Torre de Pisa é muito fácil: é um passeio que cabe numa manhã ou numa tarde para quem está hospedado em Florença. A visita externa à torre é gratuita -- mas se quiser (e comprar o ingresso com antecedência), você pode inclusive entrar e subir na Torre.

Caso você tenha um dia inteiro livre, pode combinar Pisa com Lucca no mesmo passeio, voltando ao fim do dia a Florença.

Opa, Pisa!

Como subir na Torre de Pisa

Entrar e subir na Torre de Pisa acrescenta um componente lúdico ao passeio. Não é obrigatório, claro. Suba apenas se você quiser experimentar uma leve tontura subindo a espiral inclinada -- e também exercer o privilégio de penetrar num dos monumentos mais famosos do planeta.

Os lugares são limitados. Apenas 30 visitantes são admitidos na torre ao mesmo tempo. Por isso, os ingressos são vendidos com horário marcado. Se você perder a sua hora, não sobe.

Os ingressos para subir com hora marcada são vendidos no site da Opapisa, por 18 euros. Os ingressos entram no sistema com 20 dias de antecedência e podem ser comprados até a véspera da data, se houver disponibilidade.

Torre de Pisa: como chegar

Com o ingresso da Torre na mão, é preciso se apresentar com meia hora de antecedência no guarda-volumes, para deixar toda bolsa ou mochila. De lá você faz a fila na Torre. Se perder o horário marcado, babau. Cada grupo tem 30 minutos para subir e descer. São 215 degraus em espiral -- num edifício com inclinação acentuada. É preciso fôlego e resistência à tontura.

Piazza dei Miracoli

Subir é imprescindível? Claro que não. É só mesmo pelo fetiche de subir num cartão postal (e experimentar a sensação de andar num prédio inclinado). É bom lembrar que, a exemplo do que acontece em outros monumentos do gênero, a o alto da Torre de Pisa é o único ponto da Praça dos Milagres de onde você não pode contemplar a Torre de Pisa.

Torre de Pisa como chegar

Mesmo que você não queira/não possa/não tenha encontrado ingresso para subir na Torre, o passeio até lá super vale a pena. Não só pela torre inclinada: a Piazza dei Miracoli como um todo é de uma beleza taj-mahaliana; ao vivo, a inclinação da Torre deixa de ser uma curiosidade de enciclopédia e se torna o detalhe que deixa o conjunto ainda mais cativante. Que arquiteto clássico pensaria numa assimetria tão desconcertante? Vai por mim: a Torre de Pisa não é uma armadilha pra turista, não.

As outras atrações da Piazza dei Miracoli

O passeio fica mais rico quando você explora os vizinhos da Torre de Pisa.

A visita à Catedral, em horário livre, está inclusa no ingresso da subida na Torre ou para alguma das outras atrações. Mesmo que você não compre nenhum ingresso, ainda assim pode visitar a Catedral. Basta passar na bilheteria e retirar um ingresso grátis (com hora marcada).

O Batistério, o Camposanto (Cemitério) e o Museu delle Sinopie (que expõe os rascunhos dos afrescos destruídos num incêndio do Camposanto) podem ser visitados com ingresso avulso ou conjunto. Uma atração custa 5 euros; duas, 7 euros; três, 8 euros. Compre pela internet ou na bilheteria, no local.

Como chegar à Torre de Pisa

A Piazza dei Miracoli -- "Praça dos Milagres", termo cunhado pelo poeta Gabriele d'Annunzio -- fica estranhamente fora do centro histórico 'central' de Pisa. É que no apogeu de Pisa como uma das Repúblicas Marítimas italianas, entre os séculos 12  e 14, o porto fluvial mais importante da cidade ficava para aquelas bandas, mais ou menos onde se encontra hoje a estação Pisa San Rossore. Só que o rio (que se chamava Auser) secou, e a cidade acabou se reacomodando ao longo do Arno, mais adiante. Só isto salvou a praça de estar no centro de um labirinto de ruelas, como é o corriqueiro nas cidades italianas.

Vindo de trem

A estação de trem mais próxima da Torre de Pisa é Pisa S. Rossore. De lá até a Porta Santa Maria Pisa, na entrada da Piazza dei Miracoli, são 5 minutos a pé. (Da estação à bilheteria do complexo dá pouco mais de 10 minutos.)

A viagem de Florença (Firenze S. M. Novella) a Pisa S. Rossore leva no máximo 1h17min.

São normalmente 3 saídas por hora de Florença. Há dois tipos de trem:

  • Regionale: pára em Pisa S. Rossore, por isso dispensa baldeação. Tempo total de viagem: 1h17min
  • Regionale Veloce: requer uma baldeação em Pisa Centrale, onde você pega o próximo Regionale e salta na primeira parada, Pisa S. Rossore. Tempo total de viagem, incluindo o intervalo entre os trens: de 59 min. a 1h09min

A passagem custa 8,60 euros (com ou sem baldeação) em cada direção. Como são trens regionais, o preço da passagem não se altera -- não há desconto para compra com antecedência. Também não há reserva de assentos -- trens regionais levam passageiros em pé, se necessário.

As vantagens de comprar online são duas:

  • Você não perde tempo na estação (pode haver fila nas máquinas e na bilheteria)
  • Não é preciso validar a passagem em nenhum totem (o bilhete é válido por 4 horas a partir do horário comprado)

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Caso você compre a passagem na estação, vai precisar validar o bilhete num totem do saguão da estação ou da plataforma. O bilhete vale então por 4 horas a partir da validação.

Dá para fazer bate-volta de Roma a Pisa?

É possível sair de Roma, visitar a Torre de Pisa e voltar no mesmo dia. Mas é um passeio chato. A viagem de trem de Roma Termini a Pisa S. Rossore leva entre 3h e 3h15 -- e depois tem que voltar. É o tipo de passeio em que você fica mais tempo em trânsito (6 horas!) do que no destino.

Vai por mim: qualquer primeira viagem à Itália precisa prever pelo menos dois pernoites em Florença. É o mínimo do mínimo, mas dá para você usar um dia e meio em Florença e tirar uma manhã ou uma tarde para fazer o bate-volta a Pisa.

Vindo de carro

Pisa está a 100 km de Florença. De Siena são 165 km por auto-estrada. Lucca está a apenas 25 km, e La Spezia, porta de entrada das Cinque Terre, a 85 km. Venha de onde vier, cuidado com o caminho que o GPS indicar: trafegar no centro da cidade não é permitido para não-residentes, e você vai levar uma multa eletrônica se entrar nos limites do centro histórico "central". Na dúvida, siga as placas na direção de Lucca, e antes de sair da cidade aparecerão as placas para a Torre. Há vários bolsões de estacionamento nas proximidades da Piazza dei Miracoli.

Roteiros combinados

Pisa + Lucca

Uma dobradinha superfácil de fazer de trem.

Há dois trens por hora entre Pisa S. Rossore e Lucca; a viagem leva entre 21 e 24 minutos e custa 3,60 euros. 

A estação de Lucca fica junto ao centro histórico. Em pouco mais de 5 minutos de caminhada você já estará dentro das muralhas (ou caminhando sobre elas, que é programa imperdível).

A viagem de volta a Florença (Firenze S. M. Novella) leva entre 1h19min e 1h47min. Há normalmente duas saídas por hora. A passagem custa 7,80 euros.

Compre 3 passagens separadas: (1) Firenze S. M. Novella-Pisa S. Rossore, (2) Pisa S. Rossore-Lucca e (3) Lucca-Firenze S. M. Novella. Todos são trens regionais: os preços não se alteram e não há marcação de assentos (levam passageiros em pé se for necessário).

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Pisa + San Gimignano de trem e ônibus

Essa é uma viagem triangular factível, mas bastante puxada.

Primeiro você pega um ônibus de Florença a Poggibonsi (linha 131 R, Florença-Siena, 50 min). De lá, outro ônibus leva a San Gimignano (linha 130 A, 25 min). A passagem para todo o percurso custa 10 euros.

Passeie e faça um lanche em San Gigmignano. Antes das 14h volte a Poggibonsi (linha 130 R, 25 min., 4 euros) e pegue o trem a Pisa S. Rossore. A viagem de trem leva 1h27min, com baldeação em Empoli (às vezes com uma segunda baldeação em Pisa Centrale). A passagem de trem custa 8,60 euros.

De Pisa S. Rossore volte direto a Florença (1h17min). A passagem custa 7,60 euros. Para o trecho de trem, veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

As passagens de ônibus podem ser compradas com o motorista.

Pisa como pit-stop a caminho de Cinque Terre

Se você vai de Florença às Cinque Terre, o pit-stop em Pisa se encaixa muito bem no caminho.

Saia de trem de Florença (Firenze S. M. Novella) e salte em Pisa Centrale. É a única estação de Pisa com guarda-volumes. Custa 6 euros por volume (por um período de 5 horas; horas extras saem 0,90 euro cada). Deixe a mala no guarda-volumes e pegue o próximo trem a Pisa S. Rossore. São 5 minutinhos de viagem.

Faça a visita à Torre e volte a Pisa Centrale para pegar sua mala no guarda-volumes.

Siga no próximo trem a La Spezia, que é uma boa base para as Cinque Terre.

O trem mais comum entre Pisa Centrale e La Spezia Centrale é o Regionale, que leva entre 1h05min e 1h18min, custa 7,80 euros e não precisa ser comprado com antecedência, porque a tarifa não varia e não há reserva de assento (o trem regionale leva passageiros em pé se for preciso).

Alguns horários, porém, são operados por trens rápidos Intercity (que faz o percurso em 54 minutos e custa de 8,50 a 11,50 euros) ou Frecciabianca (que leva 48 minutos e custa entre 9,90 e 15,50 euros), que variam de tarifa conforme a antecedência da compra e incluem a reserva compulsória de assentos (não levam passageiros em pé).

Se você for se hospedar em alguma das Cinque Terre, como Manarola, Vernazza ou Monterosso, faz baldeação em La Spezia. (Os trens Intercity seguem de La Spezia a Monterosso, sem necessidade de baldeação, mas não param nas outras Terre.)

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Leia mais:

275 comentários

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Olá, boa noite! Parabéns pelo site, tem dicas incríveis. Apenas uma dúvida: na matéria, vc menciona os preços das passagens por trecho (Florença-Pisa / Pisa San Rossore-Lucca / Lucca Florença), mas também informa para o Marcelo Galvão que basta uma única passagem para o dia. Qual seria o valor desse bilhete diário?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Não é um "bilhete diário". É só comprar um bilhete Florença-Lucca por trens Regionali e você terá direito a parar em Pisa S. Rossore e seguir viagem em qualquer outro Regionale do mesmo dia. Veja o preço em http://www.trenitalia.com . Simule sempre nos 7 próximos dias, que é o período em que essas passagens aparecem online.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Boa tarde,

Por ser um trem regional, com saída frequente, você aconselha comprar as passagens antecipadamente? E quanto aos descontos para compra antecipada, existem, assim como nos trens de longa distância?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Já respondemos inúmeras vezes. Trem regional compre na hora, não há desconto em compra antecipada, nem é possível comprar com mais 7 dias de antecedência.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Desculpe insistir e persistir com a dúvida...
Mas enquanto lia aqui, pesquisava passagem no site da Trenitalia, e existem passagens para os trens regionais (creio eu) disponíveis, a maioria por 8,10 euros.
Do que se trata esses trens, essas viagens, se não é possível comprar com antecedência?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Fui ver e realmente deve ter caído a limitação de 1 semana para trens regionais. Mas se você pesquisar trens para amanhã, dia 29, vai ver os mesmos trens pelo mesmo preço, 8,10 euros. Compre com antecedência se você quiser pagar IOF no cartão, compre na hora se você quiser economizar os 6,38%.

A informação que continua válida é: trens Regionali não têm variação de tarifa. Não há reserva de assento e não é preciso comprar com antecedência.

Trens Intercity e Freccia devem ser comprados com a maior antecedência possível (120/90/60 dias) para conseguir tarifas descontadas.

Bianca de Andrade Fernandes

Acabei de comprar todas as minhas passagens , inclusive em trens regionais para final de abril de 2017, agora em janeiro, ou seja com mais de três meses de antecedência.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Fizemos bate-volta de Florença à Pisa e à Lucca .Pare na estação San Rossore e siga o muro, de repente avistará a Torre. Pura emoção! Siga em frente e và
à Lucca, cidade construída atrás de enorme muralha, uma gracinha!

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Parabéns pelo site, meu ajudou demais.
Continue iluminando os caminhos de nós, amadores!

Ana Helena
Ana HelenaPermalinkResponder

Gostaria de saber de tem alguma praia famosa perto de pisa, livorno?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Nunca fomos. Dê uma pesquisadinha nessas:

http://unseentuscany.com/best-tuscan-beaches-province-of-livorno/

Márcio Vilela

Gostaria de saber se na estação de trem de Pisa S.Rossore tem guarda-volumes para deixar as malas, pois pretendo sair de La Spezia e parar umas horas em Pisa para depois seguir para Florença.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcio! Guarda-volumes só em Pisa Centrale.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Boa tarde Boia,
vou para a Itália na semana que vem, e pretendo "dar uma passada" pela torre bem cedo, em um dia de programação beeem corrida.
Pretendia passar por ela apenas para fotografar, sem subir, ou "entrar" na torre, por volta das 07:30 da manhã.
Contudo, consultando no site (opapisa.it), parece que a torre abre somente as 9h da manhã.

Assim, minha dúvida é se mesmo a torre estando "fechada" eu tenho acesso àquele gramado, onde o pessoal tira aquela foto tradicional? Ou o entorno da torre também é fechado e só abre as 9h?

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danilo! O horário é só para subir na Torre. A praça é visitável 24 horas.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Atualizando...fiz esse roteiro de 1 dia (Pisa + CT), e foi perfeito, já que os dias em junho são bem longos, então da para fazer mta coisa. Peguei o trem em La Spezia por volta das 21h (ainda com sol), e cheguei em florença pouco depois das 23h.
Para quem esta com o roteiro apertado, mas não abre mão desses lugares, eu recomendo muito. Deu para andar bem nas terres, só não deu para arriscar nenhuma trilha.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

OláE Estou viajando pra Itália em setembro e o viaje na viagem tem sido o meu guia. smile
Referente ao pit stop a caminho de Cinque Terre gostaria de saber se vale a pena tendo apenas 2 horas disponíveis. Estaremos chegando na estação Centrale, deixando malas e pegando o busão pra Torre.

Desde já muito obrigada por toda ajuda que o site tem provido!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Duas horas seriam suficientes se você já descesse direto em Pisa S. Rossore. Com essa questão do guarda-volumes você precisaria de pelo menos 3 horas.

Consulte horários em http://www.trenitalia.com para saídas nos próximos 7 dias. Não veja horários na Raileurope nem pesquise para datas distantes, pode ser que nem todos os horários apareçam.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Muito obrigada pela dica...vou reajustar o roteiro! wink

Marina
MarinaPermalinkResponder

Olá, Boia!
Ainda me resta uma dúvida sobre o Pit-Stop.
Estarei em La Spezia indo para Florença, com malas, então devo fazer o seguinte: pego o trem regional de La Spezia para Florença. Paro em Pisa Centrale, deixo as malas no guarda-volume. Pego o ônibus ou vou à pé até a torre. De lá pego o trem para Lucca da estação San Rossore (comprando outro ticket?) e de lá outro ticket para voltar para a estação Pisa Centrale. De Pisa Centrale uso o mesmo ticket da primeira viagem, mesmo o horário estando mais cedo? teoricamente atrasados? É isso mesmo?
Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Você pode ir de Pisa Centrale a Lucca. San Rossore é uma parada intermediária. Seria para quem está fazendo o bate-volta desde Florença sem malas (voltando no mesmo dia).

Celma
CelmaPermalinkResponder

Ola Boia.

Este site ajuda muito a planejar a viagem. Obrigada por partilhar.

Percebi claramente como fazer Florence-Pisa-Luca e Florence-Pisa-CT.
Mas fiquei perdida como encaixar os 4 pontos Florence Pisa Luca e CT. De Pisa vou primeiro a Luca ou CT?
Desde ja obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Celma! Não é possível ver tudo isso num dia só. Você vai precisar separar um dia inteiro, de preferência com pernoite, para ver Cinque Terre. Pisa e Lucca podem ser visitadas no caminho de ida ou de volta, mas desde que você tenha um dia inteiro para dedicar a Cinque Terre.

Mariane
MarianePermalinkResponder

Olá Bóia!
Me desculpe se essa informação está em algum lugar mas de tudo o que li não consegui encontrar. Estarei em Florença e irei para La spezia. Não me parece recomendável ir de carro pois nas Terre o carro mais atrapalharia do que ajudaria e por isso já havíamos decidido ir de trem.. Porém, com iremos de carro à Pisa, vc acha que é possível irmos de Florença a Pisa de carro e seguirmos a Cinque Terre? Ou é melhor entregarmos o carro em Pisa e seguirmos de trem? Iremos ficar três dias Cinque Terre e partiremos para Roma de trem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariane! Entregue o carro em Florença, logo ao chegar na cidade.

Mariane
MarianePermalinkResponder

Olá Bóia
Obrigada pelo pronto retorno.
Desculpe, acho que não fui muito clara. Estarei em Florença de carro e irei a Pisa de carro. A idéia inicial era voltar a Florença, devolver o carro e no dia seguinte pegar o trem para La Spezia. Porém, dada a proximidade de Pisa a Lá Spezia imaginamos que talvez fosse mais inteligente ir de carro à Pisa e ao invés de voltar a Florença, seguir de Pisa a Lá Spezia., onde ficaremos alguns dias e seguiremos de lá para Roma de trem. Minha dúvida é : vc acha boa idéia ir de carro à Lá Spezia ou é melhor voltar de Pisa a Florença e ir à Spezia de trem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariane! A idéia de estar de carro em Florença e ir de carro a Pisa não é boa. O melhor é fazer tudo isso de trem. Se você prefere fazer de carro, correr mais riscos do que o necessário de levar multas por entrar por engano em zonas de tráfego limitado, pegar trânsito pesado para entrar e sair de Florença, e se a sua locadora permite que você entregue o carro em La Spezia, fique à vontade para seguir a sua melhor intuição.

Mariane
MarianePermalinkResponder

Beleza, obrigada!

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Gostaria de saber se melhor de carro ou trem, para bate e volta Florença -Pisa-Luca-Florença. Somos 5 adultos, 2 idosos e 4 crianças de 3-6 anos. Obrigaga

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Com um grupo deste tamanho, você pode fechar um grupo para um passeio guiado de van. Passe numa agência. Sair e entrar em Florença de carro, estacionar (muitas vezes, longe dos locais a serem visitados) e driblar as áreas de tráfego restrito (onde boa parte dos forasteiros acaba sendo multada pelas câmeras) são tarefas complicadas.

Monique Mayumi Morishita Pinheiro

Olá Ricardo!

Pesquisei e li que na estação Pisa Centrale não existe mais guarda volumes, vc sabe se a informação procede? Montei meu roteiro saindo de Roma, fazer pit stop em Pisa e depois sigo para Florença.

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monique! Quem responde é A Bóia. O site do depósito de bagagens de Pisa Centrale continua ativo, assim como o seu Facebook:

https://www.facebook.com/Deposito-Bagagli-Stazione-Pisa-Cle-1043817985641483/

https://www.facebook.com/Deposito-Bagagli-Stazione-Pisa-Cle-1043817985641483/

Verifique se a informação que você encontrou não é sobre Pisa San Rossore, onde nunca existiu depósito de bagagem. Se for sobre Pisa Centrale, por favor nos envie o link.

Monique Mayumi Morishita Pinheiro

Obrigada por responder!

Este é o site que me deixou em dúvida:
http://www.romapravoce.com/guarda-volumes-nas-estacoes-de-trem-italianas/

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monique! Não me parece que essa pessoa tenho ido pessoalmente a todas essas estações verificar se há ou não há guarda-volumes. Ela se baseou no site Grandi Stazioni da Ferrovie dello Stato. Pisa Centrale não está na lista porque Pisa Centrale não é uma 'grande stazione', logo não tem dados neste site.

Provavelmente a estação não tenha um depósito 'oficial', mas não tenho razão para duvidar que este site da Profer seja fake. Dá a localização do guarda-volumes, horário, preço, tudo. A gente recomenda há anos deixar as malas em Pisa Centrale e até hoje não apareceu ninguém para reclamar.

http://www.depositobagaglipisa.it/servizi/gestione-deposito-bagagli

O InfoPoint do Turismo de Pisa também guarda bagagem, só que você precisa ir com elas da estação San Rossore até o posto.

http://www.turismo.pisa.it/it/infopoint

Agora, se quiser dirimir qualquer dúvida, volte lá no blog que disse que não tem depósito e pergunte se o blogueiro esteve lá recentemente e procurou pelo guarda-volumes e não achou.

Marilisa Chrissanto

Olá, fiquei preocupada com dica de tomar cuidado com bagagem no carro.Vamos sair de Florença para Siena de carro, e pensamos em parar em Piza. Será que é seguro os bolsões de estacionamento? Estaremos em 4 pessoas no carro e as bagagens não cabem todas no porta malas, alguma coisa vai sobrar no banco de trás. O que você aconselha? Temos como chegar em algum guarda volumes sem correr risco de pegar multa eletrônica?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marilisa! Onde quer que você deixe seu carro com bagagem na Europa, não deixe nenhum vestígio de que existe alguma bolsa ou bagagem dentro do carro. Jamais abra o porta-malas ao estacionar para pegar ou colocar algo.

Faz muito mais sentido você visitar Pisa como um bate-volta de trem de Florença. Pisa não está no caminho de Siena. Entre Florença e Siena vale muito mais a pena fazer San Gimignano ou Chiantigiana. Saindo cedo, dá para fazer os dois.

Marilisa Chrissanto

Muito obrigada, vou avaliar sua sugestão.

Marilisa Chrissanto

Vamos passar por Pisa no dia 04 de maio. Você acha arriscado deixar para comprar o ingresso pra Torre lá no dia?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marilisa! Sim. Se você já sabe até o dia em que vai fazer o passeio, vai arriscar por quê? Para economizar 6,38% de IOF? Por favor.

Marilisa Chrissanto

Nem é pela economia do IOF, é pela liberdade...podendo evitar ficar preso a horário é bem melhor. Obrigada.

Monique
MoniquePermalinkResponder

Olá! Acabei de chegar em Pisa e o guarda volumes continua funcionando normalmente das 7h às 21h e custa € 5,00 o dia todo. Obrigada pela ajuda!

Gianpaulo
GianpauloPermalinkResponder

Se formos de Florença para Lucca / temos visita agendada as 14h na torre de Pisa preciso comprar "baldeação" ou posso parar em Pisa e de lá ir para Lucca ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gianpaulo! Pode comprar passagem a Lucca e interromper a viagem em Pisa, retomando a viagem no trem seguinte, desde que sejam trens regionais. Os que param em Pisa S. Rossore são todos regionais.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Olá.

Gostaria de tirar uma dúvida sobre os Guarda-Volumes em Pisa.

Tem algum limite de tamanho de mala e etc? eu pretendo deixar uma mala grande, é possível? o valor varia de acordo com o tamanho?

Desde já lhe agradeço!

Obrigado.

Gabriel.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Se você ainda não saiu do Brasil, vai por mim: compra uma mala M. Mala G na Europa, com viagens de trem, é encrenca.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/mala-ideal

Alexandre Coelho de Souza

Vou precisar alugar carro em Roma, para ir para a Toscana. Existe algum local mais indicado para alugar carro, para evitar o risco de passar na zona de tráfego limitado? O Termini seria uma boa opção? De preferência um local mais próximo do centro de Roma. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandre! Escolha alguma agência do entorno da estação Tiburtina.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá, não sei se poderão me ajudar além das informações já dadas, muito boas aliás! Vou a Itália no fim do ano e pisa está inclusa como bate volta de Florença, planejava subir na torre, mas tenho laberintite, melhor então nem arriscar né? Mas mesmo pelo que li a visita vale a pena!

Susana
SusanaPermalinkResponder

Olá! Li os comentários mas ainda fiquei com dúvidas, pesquisando no site da trenitalia o bilhete Florença/Lucca, verifiquei que alguns horários, mesmo sendo Regionale, não aparece a opção de parada ou baldeação em Pisa, e onde aparece horário com baldeação em Pisa é na estação central, então peço aos que já fizeram esse percurso que ajudem esta humilde viajante em não fazer bobagem e perder minutos preciosos na viagem. Muito obrigada!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Susana! O trem Regionale direto entre Florença e Lucca não passa por Pisa. Você tem que comprar o combo Regionale Veloce + Regionale, de 9,70 euros ida. Você pode pegar qualquer Regionale Veloce entre Florença e Pisa Centrale e qualquer Regionale entre Pisa Centrale e Pisa S. Rossore, e qualquer Regionale entre Pisa S. Rossore e Lucca.

Para voltar, compre uma ida Lucca-Florença no Regionale comum (direto), de 7,60 euros, que é mais rápido do que o Veloce, porque não precisa fazer a baldeação em Pisa. Verifique os horários para não pegar um Regionale que passe por Pisa.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Olá, estou planejando uma viagem para a Itália em abril e buscando uma combinação menos puxada para combinar no mesmo dia com Florença e Pisa. Vi que de Pisa a Livorno é 15 min de trem. Vale esta combinação ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Dedicar menos do que um dia inteiro a Florença? Por favor, não me peça para avalizar esse pecado.

Fernanda de Oliveira

Boia, boa tarde! Seus textos e ajudas são incríveis! Desculpe a falta de sabedoria, mas qdo você menciona que são 18 euros para visitar a Torre, significa a subida das escadarias, ou há outra coisa para ver no térreo, por exemplo? Se eu chegar na praça e não pagar os 18 euros, poderei circular inclusive ao redor da torre? Estarei por lá em setembro/2018. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Perfeitamente, a visita externa à torre é totalmente grátis. Só é preciso pagar (e comprar com antecedência) quem quiser subir na torre. Poucas pessoas fazem isso smile

Anna Paula
Anna PaulaPermalinkResponder

Vocês são fenomenais, fundamentais e maravilhosos
Estava querendo fazer um pit stop em pisa, ao invés de um bate volta Florença-Pisa-Florença e estava com medo de não dar muito certo, mas é só pesquisar com calma aqui que encontramos todas as respostas
Esse site explica simplesmente tudo! Estou impressionada!
Parabéns

Ivani
IvaniPermalinkResponder

Boa noite Bóia!
para comprar em Florença o bilhete do trem regional para Pisa sem baldeação como proceder? Tem a opção SEM BALDEACÃO? Gostaria de descer na estação Pisa San Rossore. Obrigada, Ivani.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivani! Você entra em https://www.trenitalia.com, põe Firenze SMN como origem e Pisa San Rossore como destino. Vão aparecer os horários disponíveis. Você vai ver claramente quais têm baldeação e quais não.

https://www.viajenaviagem.com/2018/04/trem-na-italia-como-comprar-passagem/

Ivani
IvaniPermalinkResponder

Muito obrigada Bóia! Vou consultar o site.

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Olá.. boa noite! Qual o nome da estação de Trem de Lucca? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tiago! É Lucca.

Érica Gracy
Érica GracyPermalinkResponder

Olá, Boa tarde! Amei as dicas, mas gostaria de ajuda para um roteiro. Dá para ir de de carro de Florença em direção a pisa, de la passar em volterra, sam giminiano e ir para hotel que fica próximo de Siena, ou seria muito puxado? Não gostaríamos de adentrar a noite viajando.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Érica! Seria muito puxado.

Laryssa
LaryssaPermalinkResponder

Olá, obrigada pelas valiosas dicas! Uma dúvida: quero visitar: pisa, luca e 5 terre saindo de trem de florença com minhas malas, pois a ideia é fazer um pitstop em pisa (só passar o dia) e seguir viagem para dormir em la spezia e conhecer as 5 terres no dia seguinte. como é a logística com as malas? eu posso deixar no guarda volumes de pisa enquanto conheço e torre e depois pego as malas e sigo em outro trem para la spezia? De lá, eu consigo ir para roma de trem? obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Laryssa! Não viaje com "as malas". Viaje com uma mala M e uma bolsa ou mochila (idealmente, uma mala P e uma bolsa ou mochila). Mais do que isso, você não dá conta.

A estação de Pisa que tem guarda-volumes é Pisa Centrale. Você vai descer, deixar as malas no guarda-volumes e pegar um ônibus para a Torre.

Há trens de La Spezia para Roma.

Recomendamos as Cinque Terre entre maio e iniciozinho de outubro. Com frio e chuva não vale a pena ir até lá.

Gisele Hammer
Gisele HammerPermalinkResponder

Olá, obrigada pelas dicas smile O site ajuda muita para programar a viagem! Vi passagens de trem de Roma para Florença, porém chegando na estação CAMPO DI MARTE e os preços foram bem mais em conta que chegando pela SM Novella. Tenho como ir para Pisa através da FLORENÇA CAMPO DI MARTE? Obrigada, Gisele.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gisele! Firenze Campo di Marte é a última estação antes do centro de Florença. Dá para pegar trem para Pisa S. Rossore de lá sim.

Veja se este trem mais barato não é um Regionale -- a viagem leva muito mais tempo. Se for um Freccia (ou Intercity), tudo bem.

Espero que você esteja vendo os preços no site da Trenitalia. O site da Raileurope pode não carregar todos os resultados.

https://www.viajenaviagem.com/2018/04/trem-na-italia-como-comprar-passagem/

Sebastião Guilherme de Souza

Boa noite ! Li em um post porém fiquei ainda com uma dúvida! Estarei saindo de Florença indo para la spezia. Comprando o bilhete do trem regionale de Florença a lá spezia posso descer em pisa visitar e seguir depois com o mesmo bilhete ? Desde já agradeço a ajuda !!! Sebastião Souza

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sebastião! Compre dois bilhetes separados. Desde 2016 o bilhete comprado na estação tem validade de 4 horas a partir da validação. Ou seja: depois que você valida o bilhete, tem até 4 horas para chegar ao destino final, podendo parar no caminho nesse meio tempo. Essas 4 horas não são suficientes para você parar sair de Florença, dar a voltinha em Pisa, reembarcar e chegar a La Spezia. Se houver fiscalização nesse segundo trem, você pode ser pego com o bilhete com validade vencida e ter que pagar multa.

Vamos atualizar o post para deixar essa situação mais clara (o post foi escrito ainda sob a regulamentação antiga, quando os bilhetes regionais tinham validade pelo dia inteiro).

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Oi Bóia , sou seguidora de seu blog em todas as musicas nhas viagens.
Estou querendo ir para Itália início de junho /18.
Pensei na Toscana em dormir 2 noites em Florença, 1 em Siena, 1 San Giminigano, e queria conhecer tb Cinque Terra. A ideia de dormir nas cidades é conhecer a noite de cada uma. Devo fazer de carro ou trem ?Minha dúvida posso fazer bate e volta ou tem que dormir?
Não coloquei Pisa no roteiro, vale a pena ir, devo colocar?
Outra dúvida seria dormir tb em uma cidade de vinhedo , tem sugestão ?
Ficarei 4 dias em Roma e 1 noite em Veneza.
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danielle!

Veja nossos roteiros:
https://www.viajenaviagem.com/2018/04/roteiros-italia/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar