Torre de Pisa: como chegar, como comprar, com que destinos combinar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Torre de Pisa

Este post traz todas as informações de que você precisa para fazer o passeio à Torre de Pisa:

Batistério, Camposanto, Catedral e Torre de Pisa

Visitar a Torre de Pisa é muito fácil: é um passeio que cabe numa manhã ou numa tarde para quem está hospedado em Florença. A visita externa à torre é gratuita -- mas se quiser (e comprar o ingresso com antecedência), você pode inclusive entrar e subir na Torre.

Caso você tenha um dia inteiro livre, pode combinar Pisa com Lucca no mesmo passeio, voltando ao fim do dia a Florença.

Opa, Pisa!

Como subir na Torre de Pisa

Entrar e subir na Torre de Pisa acrescenta um componente lúdico ao passeio. Não é obrigatório, claro. Suba apenas se você quiser experimentar uma leve tontura subindo a espiral inclinada -- e também exercer o privilégio de penetrar num dos monumentos mais famosos do planeta.

Os lugares são limitados. Apenas 30 visitantes são admitidos na torre ao mesmo tempo. Por isso, os ingressos são vendidos com horário marcado. Se você perder a sua hora, não sobe.

Os ingressos para subir com hora marcada são vendidos no site da Opapisa, por 18 euros. Os ingressos entram no sistema com 20 dias de antecedência e podem ser comprados até a véspera da data, se houver disponibilidade.

Torre de Pisa: como chegar

Com o ingresso da Torre na mão, é preciso se apresentar com meia hora de antecedência no guarda-volumes, para deixar toda bolsa ou mochila. De lá você faz a fila na Torre. Se perder o horário marcado, babau. Cada grupo tem 30 minutos para subir e descer. São 215 degraus em espiral -- num edifício com inclinação acentuada. É preciso fôlego e resistência à tontura.

Piazza dei Miracoli

Subir é imprescindível? Claro que não. É só mesmo pelo fetiche de subir num cartão postal (e experimentar a sensação de andar num prédio inclinado). É bom lembrar que, a exemplo do que acontece em outros monumentos do gênero, a o alto da Torre de Pisa é o único ponto da Praça dos Milagres de onde você não pode contemplar a Torre de Pisa.

Torre de Pisa como chegar

Mesmo que você não queira/não possa/não tenha encontrado ingresso para subir na Torre, o passeio até lá super vale a pena. Não só pela torre inclinada: a Piazza dei Miracoli como um todo é de uma beleza taj-mahaliana; ao vivo, a inclinação da Torre deixa de ser uma curiosidade de enciclopédia e se torna o detalhe que deixa o conjunto ainda mais cativante. Que arquiteto clássico pensaria numa assimetria tão desconcertante? Vai por mim: a Torre de Pisa não é uma armadilha pra turista, não.

As outras atrações da Piazza dei Miracoli

O passeio fica mais rico quando você explora os vizinhos da Torre de Pisa.

A visita à Catedral, em horário livre, está inclusa no ingresso da subida na Torre ou para alguma das outras atrações. Mesmo que você não compre nenhum ingresso, ainda assim pode visitar a Catedral. Basta passar na bilheteria e retirar um ingresso grátis (com hora marcada).

O Batistério, o Camposanto (Cemitério) e o Museu delle Sinopie (que expõe os rascunhos dos afrescos destruídos num incêndio do Camposanto) podem ser visitados com ingresso avulso ou conjunto. Uma atração custa 5 euros; duas, 7 euros; três, 8 euros. Compre pela internet ou na bilheteria, no local.

Como chegar à Torre de Pisa

A Piazza dei Miracoli -- "Praça dos Milagres", termo cunhado pelo poeta Gabriele d'Annunzio -- fica estranhamente fora do centro histórico 'central' de Pisa. É que no apogeu de Pisa como uma das Repúblicas Marítimas italianas, entre os séculos 12  e 14, o porto fluvial mais importante da cidade ficava para aquelas bandas, mais ou menos onde se encontra hoje a estação Pisa San Rossore. Só que o rio (que se chamava Auser) secou, e a cidade acabou se reacomodando ao longo do Arno, mais adiante. Só isto salvou a praça de estar no centro de um labirinto de ruelas, como é o corriqueiro nas cidades italianas.

Vindo de trem

A estação de trem mais próxima da Torre de Pisa é Pisa S. Rossore. De lá até a Porta Santa Maria Pisa, na entrada da Piazza dei Miracoli, são 5 minutos a pé. (Da estação à bilheteria do complexo dá pouco mais de 10 minutos.)

A viagem de Florença (Firenze S. M. Novella) a Pisa S. Rossore leva no máximo 1h17min.

São normalmente 3 saídas por hora de Florença. Há dois tipos de trem:

  • Regionale: pára em Pisa S. Rossore, por isso dispensa baldeação. Tempo total de viagem: 1h17min
  • Regionale Veloce: requer uma baldeação em Pisa Centrale, onde você pega o próximo Regionale e salta na primeira parada, Pisa S. Rossore. Tempo total de viagem, incluindo o intervalo entre os trens: de 59 min. a 1h09min

A passagem custa 8,60 euros (com ou sem baldeação) em cada direção. Como são trens regionais, o preço da passagem não se altera -- não há desconto para compra com antecedência. Também não há reserva de assentos -- trens regionais levam passageiros em pé, se necessário.

As vantagens de comprar online são duas:

  • Você não perde tempo na estação (pode haver fila nas máquinas e na bilheteria)
  • Não é preciso validar a passagem em nenhum totem (o bilhete é válido por 4 horas a partir do horário comprado)

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Caso você compre a passagem na estação, vai precisar validar o bilhete num totem do saguão da estação ou da plataforma. O bilhete vale então por 4 horas a partir da validação.

Dá para fazer bate-volta de Roma a Pisa?

É possível sair de Roma, visitar a Torre de Pisa e voltar no mesmo dia. Mas é um passeio chato. A viagem de trem de Roma Termini a Pisa S. Rossore leva entre 3h e 3h15 -- e depois tem que voltar. É o tipo de passeio em que você fica mais tempo em trânsito (6 horas!) do que no destino.

Vai por mim: qualquer primeira viagem à Itália precisa prever pelo menos dois pernoites em Florença. É o mínimo do mínimo, mas dá para você usar um dia e meio em Florença e tirar uma manhã ou uma tarde para fazer o bate-volta a Pisa.

Vindo de carro

Pisa está a 100 km de Florença. De Siena são 165 km por auto-estrada. Lucca está a apenas 25 km, e La Spezia, porta de entrada das Cinque Terre, a 85 km. Venha de onde vier, cuidado com o caminho que o GPS indicar: trafegar no centro da cidade não é permitido para não-residentes, e você vai levar uma multa eletrônica se entrar nos limites do centro histórico "central". Na dúvida, siga as placas na direção de Lucca, e antes de sair da cidade aparecerão as placas para a Torre. Há vários bolsões de estacionamento nas proximidades da Piazza dei Miracoli.

Roteiros combinados

Pisa + Lucca

Uma dobradinha superfácil de fazer de trem.

Há dois trens por hora entre Pisa S. Rossore e Lucca; a viagem leva entre 21 e 24 minutos e custa 3,60 euros. 

A estação de Lucca fica junto ao centro histórico. Em pouco mais de 5 minutos de caminhada você já estará dentro das muralhas (ou caminhando sobre elas, que é programa imperdível).

A viagem de volta a Florença (Firenze S. M. Novella) leva entre 1h19min e 1h47min. Há normalmente duas saídas por hora. A passagem custa 7,80 euros.

Compre 3 passagens separadas: (1) Firenze S. M. Novella-Pisa S. Rossore, (2) Pisa S. Rossore-Lucca e (3) Lucca-Firenze S. M. Novella. Todos são trens regionais: os preços não se alteram e não há marcação de assentos (levam passageiros em pé se for necessário).

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Pisa + San Gimignano de trem e ônibus

Essa é uma viagem triangular factível, mas bastante puxada.

Primeiro você pega um ônibus de Florença a Poggibonsi (linha 131 R, Florença-Siena, 50 min). De lá, outro ônibus leva a San Gimignano (linha 130 A, 25 min). A passagem para todo o percurso custa 10 euros.

Passeie e faça um lanche em San Gigmignano. Antes das 14h volte a Poggibonsi (linha 130 R, 25 min., 4 euros) e pegue o trem a Pisa S. Rossore. A viagem de trem leva 1h27min, com baldeação em Empoli (às vezes com uma segunda baldeação em Pisa Centrale). A passagem de trem custa 8,60 euros.

De Pisa S. Rossore volte direto a Florença (1h17min). A passagem custa 7,60 euros. Para o trecho de trem, veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

As passagens de ônibus podem ser compradas com o motorista.

Pisa como pit-stop a caminho de Cinque Terre

Se você vai de Florença às Cinque Terre, o pit-stop em Pisa se encaixa muito bem no caminho.

Saia de trem de Florença (Firenze S. M. Novella) e salte em Pisa Centrale. É a única estação de Pisa com guarda-volumes. Custa 6 euros por volume (por um período de 5 horas; horas extras saem 0,90 euro cada). Deixe a mala no guarda-volumes e pegue o próximo trem a Pisa S. Rossore. São 5 minutinhos de viagem.

Faça a visita à Torre e volte a Pisa Centrale para pegar sua mala no guarda-volumes.

Siga no próximo trem a La Spezia, que é uma boa base para as Cinque Terre.

O trem mais comum entre Pisa Centrale e La Spezia Centrale é o Regionale, que leva entre 1h05min e 1h18min, custa 7,80 euros e não precisa ser comprado com antecedência, porque a tarifa não varia e não há reserva de assento (o trem regionale leva passageiros em pé se for preciso).

Alguns horários, porém, são operados por trens rápidos Intercity (que faz o percurso em 54 minutos e custa de 8,50 a 11,50 euros) ou Frecciabianca (que leva 48 minutos e custa entre 9,90 e 15,50 euros), que variam de tarifa conforme a antecedência da compra e incluem a reserva compulsória de assentos (não levam passageiros em pé).

Se você for se hospedar em alguma das Cinque Terre, como Manarola, Vernazza ou Monterosso, faz baldeação em La Spezia. (Os trens Intercity seguem de La Spezia a Monterosso, sem necessidade de baldeação, mas não param nas outras Terre.)

Clique e veja o tela a tela de como comprar passagens de trem na Itália.

Leia mais:

308 comentários

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Grazie Mille!

Eu estava tentando ha alguns dias comprar os ingressos para a Torre pela internet mas no site em Ingles sempre dizia nao estar disponiveis ( http://www.opapisa.it/en/plan-your-visit/ticket-office.html ), e continua. Deveria ter olhado na parte em Italiano sad

Bom como vou numa segunda-feira agora na baixa temporada, acredito que nao vai ser tao complicado. Pode-se comprar no local para alguns dias depois (chego na quinta e queria comprar para a segunda seguinte)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Philipp! Não sabemos. É provável que sim.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Pode sim! Estive lá na quinta da semana passada e nesta segunda feira. fizemos o roteiro "TORRE DE PISA + PISA" wink e Pisa merece sim mais que um "bate e volta".

Recomento muito o restaurante Il Colonnino, atendimento espetacular e comida fenomenal, mas fora do centro. Relato de nossa visita a Pisa está aqui:
http://siamoarrivati.wordpress.com/2012/02/22/pisa/

Carlos Henrique Loyo

Aconteceu comigo essa pegadinha do GPS. Eu iria aproveitar a ida a Lucca para conhecer Pisa, mas ao chegar na cidade estava escurecendo e meu GPS "teimava" em me mandar entrar em ruas de trânsito restrito. Resolvi então voltar para Florença. No outro dia fiz Pisa logo pela manhã, e como vinha por outro caminho logo encontrei as placas indicando como chegar na praça da torre e seus estacionamentos permitidos.

Fica a dica: se alguém for visitar a torre de Pisa, de carro, vindo de Lucca e o GPS mandar entrar em ruas restritas a moradores, finja que vai em direção a Florença, pegue a Via Aurelia Nord e logo você encontrará as placas indicativas.

Dri
DriPermalinkResponder

Eu tinha um congresso numa cidade próxima e usei Pisa como base. Fiquei no Hotel Bologna, achei um ótimo custo benefício. A parte "não turistica" da cidade é muito bonita também, com bastante vida noturna e ótimos restaurantes. Gostei bastante de ter tido oportunidade de ficar lá algumas noites, mas não o teria feito se não fosse pelo congresso. Simplesmente detestei Lucca, achei a cidade sem graça, suja e a comida péssima.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Eu não poderia discordar mais de você, Dri... Lucca - achei charmosérrima com o anfiteatro e a passegiatta delle mura (adoro andar de bike) e muitas opções de restaurantes; já Pisa, achei bastante desnecessária. Agora, recomendo a todas as pessoas que conheço e vão à Itália NÃO ir à Pisa e pular direto a Lucca.
Hehehehe!

Dri
DriPermalinkResponder

O que seria do azul se todos gostassem do amarelo, não é mesmo? Uma das razões de eu não ter gostado de Lucca é justamente sua "murada". Achei acanhada, mal conservada. Também não gostei de ser permitido o transito de carros e motos em uma cidade tão pequena e turística.

Mas é justamente por conta dessas diferenças no modo de viver e entender cada destino que é muito difícil opinar no roteiro dos outros!

Mais um exemplo no roteiro do Riq: Eu estava viajando na baixa temporada (abril/maio) e mesmo assim achei San gimignano muito lotada de turistas (apesar de ter ficado encantada com a cidade). Gostei mais de Volterra, que estava mais sossegada e convidativa...

Teresa
TeresaPermalinkResponder

É verdade, as impressões de cada cidade são mto particulares... Na minha viagem para Toscana não gostei de San Giminiano, achei a cidade mto fria, sem vida, sei lá... E quando falo isso todos discordam.
Mas com relação a Pisa e Lucca minha opinião tb é totalmente outra. Não gostei nada de Pisa, achei totalmente desnecessária e amei Lucca. E a parte de mais gostei foi o fato de ser muralhada... Andei de bicicleta no parque em cima do muro e aí da para conhecer toda a cidade vendo de cima. Ao contrário de San Giminiano achei Lucca cheia de vida, verde, árvores, emfim adorei.

Vinícius (mais do que uma viagem)

Amei a viagem que fiz para a Itália no ano passado. Pisa foi um dos lugares que menos esperava e mais gostei da viagem (em um bate e volta partindo de Florença).
um abraço a todos

Andre L
Andre LPermalinkResponder

Pisa é uma cidade Italians que às vezes é crtiticada como sendo um lugar só pra ver a torre injustamente.

Em geral isso ocorre pq as pessoas pensam que os prédios nao muito interessantes e tomados por camelôs ao redor dos Campi dei Miracoli são o centro histórico da cidade, o que nao é o caso

Adolfo
AdolfoPermalinkResponder

A gente dormiu em Pisa e visitou a Torre de manhã cedo, antes da muvuca !

Nick
NickPermalinkResponder

Na época que eu fui, a Torre estava em obras. Saímos cedo de Florença e nosso destino era Portofino. Estávamos de carro, de Florença a té a cidade de Pisa é bem tranquilo, depois ainda paramos em um Shopping na parte nova da cidade para almoçar, antes de prosseguirmos a viagem.

Manu
ManuPermalinkResponder

E sempre achei Pisa desnecessaria, ate' conhecer melhor a parte do centro, acho que vale muito a pena ficar um noite em pisa, passear pelo arno e aproveitar pra conhecer a culinaria pisana, com muitas influencias de qndo Pisa era uma republica marittima. A combinaçao Pisa e Lucca é a minha preferida. Pra quem gosta de praia mas nao quer ir ate' a Liguria, Castigliocello é um charme so' e fica a 40km.

Lisi
LisiPermalinkResponder

Lendo este post me bateu uma saudade de Pisa, coisa boa!!!!
Conheci Pisa na parada de um Cruzeiro. Saímos do Porto de Livorno em uma excursão para Pisa, como foi tudo arranjado pelo próprio Cruzeiro, não tenho nenhuma dica quente de trajeto, mas posso dizer que vale a pena. Se estiver pela Toscana não deixe de ir!!!
Numa outra oportunidade, fui para Luca de trem, mas antes de chegar lá, o trem parava em Pisa, eu não desci, apesar de ter batido aquela vontade!!! A Itália é maravilhosa mesmo!!!

Maria Cristina

Ricardo Freire,
Como eu e meu marido vamos para Roma, Toscana e Veneza em abril, tenho destrinchado seus posts. Adorei este de Pisa e combinaç?es. Para evitar todos os desconfortos do "sai de hotel/entra em hotel" como vc já mencionou, e como o meu período na Toscana coincide com a Semana Santa, resolvemos ficar 6 noites em Florença e fazer os bate-volta sugeridos por você (Pisa/Luca, Siena/San Gimignano, Arezzo/Cortona - usando trem e/ou ônibus e alugar um carro por um dia para Chianti). Assim, penso que intercalamos Florença com arredores sem ficar muito cansativo. Além de outros posts, tenho me baseado no "Itália pra aluna da Carla". Teremos 9 dias para chegar a Paris depois de Veneza, mas gostaríamos de conhecer Colmar e Mulhouse (de carro, por uns 4 dias) que acabam sempre ficando para trás quando vamos à França. Portanto, acho que teremos uns 3 a 4 dias de sobra no trajeto após Veneza ou antes de Paris. Você poderia sugerir alguma coisa? Obrigada por possibilitar minha viagem à Itália com tantas e minuciosas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cristina! Aqui quem responde é A Bóia.

Vocês podem chegar à França de trem, via Suíça. Subam com o Bernina Express desde Tirano, sigam a Lucerna e passem três noites por lá; tirem um dia para ir a Berna.

Leia: https://www.viajenaviagem.com/2011/10/suica-de-trem-de-st-moritz-a-lugano-no-bernina-express/

Andre
AndrePermalinkResponder

Cris, fui à Itália em Setembro/11 com a minha mulher. Nos pautamos basicamente por esse post maravilhoso do nosso comandante: https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

Fomos pela TAP e chegamos por Veneza (onde ficamos 2 dias). Depois fomos de trem para Firenze e ficamos 5 dias (alugamos um carro e conhecemos os arredores); depois fomos de trem de Firenze a Roma (onde ficamos mais 5 dias). Sinceramente? Se tivéssemos que fazer tudo de novo, tiraríamos 1 dia de Firenze e outro de Roma, e acrescentaríamos em Veneza. Ficaria assim: 4 dias em Veneza, 4 em Firenze e 4 em Roma.

Clara Gerrardt

Oi Ricardo, muito interessante saber mais sobre Pisa além da torre inclinada. Realmente eu não pensaria em incluir a cidade em um roteiro pela Itália, mas esse post mudou minha visão. Estou inclinada a ir a Pisa, desculpe o trocadilho razz

Maria Cristina

Obrigada, Bóia,
Vou olhar com toda a atenção sua sugest?o.

João.
João.PermalinkResponder

Olá, pessoal.
Estivemos na Itália em abril/2011 e visitamos Veneza, Florença e Roma.
A partir de Florença fizemos bate-voltas a Pisa/Lucca, Siena e Arezzo/Cortona.
Siena, antiga rival de Florença, linda, vale, e muito, a visita.
Arezzo e Cortona não me impressionaram muito. Penso que teria sido melhor conhecer Assis, mas tivemos que optar...
Em Pisa, a Praça dos Milagres: a Torre inclinada (= Campanário!), o Batistério, o Duomo.
Lucca é belíssima e pitoresca: a muralha de 4 km de extensão, a área verde sobre ela onde as pessoas fazem exercicios, andam de bicicleta, sentam nos bancos, tomam sol, passeiam; a Piazza dell’Anfiteatro e, de quebra, a música de Puccini, sendo tocada e cantada todas as noites do ano por músicos profissionais (homenagem da cidade ao filho ilustre!) na igreja de San Giovani, próxima ao Duomo de Lucca, e que também é um sitio arqueológico!
Fiquei com a impressão que a cidade é menos famosa e divulgada do que deveria!
Abs, boas viagens.
JoãoClarice.

PS - em Roma não deixe de visitar Ostia Antica. O link, em inglês - http://www.ostiaantica.info/excavations.php

Elianete
ElianetePermalinkResponder

Mas que maravilha ter encontrado esse blog. To adorando tudo. Pois está clareando o planejamento que eu estou fazendo para 11 dias pela Itália by trenitalia!
obrigaduuuuuuuuuuu

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq,
Ficamos felizes que deu tudo certo e vocês subiram! Eu subi pela 2a vez e subo a 3a. A sensação de subir o cartão-postal é realmente demais, fora a tontura dos degraus iniciais (nada de vinho no almoco antes de subir - em tempo, depois do almoço, a média de espera era 1h no final de outubro).
òtimo serviço!

Caio
CaioPermalinkResponder

Uma dúvida: Gostaria de saber se é legal fazer Florença-Roma de ônibus, se dá para aproveitar melhor a paisagem da Toscana. Se sim, alguém conhece sites que vendem passagens de ônibus? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Caio! O melhor para este trecho é o trem! https://www.viajenaviagem.com/2011/10/passo-a-passo-como-comprar-passagens-de-trem-online-na-trenitalia/

Para apreciar a famosa paisagem toscana, é preciso pegar um carro e sair da auto-estrada. Os ônibus fazem pela auto-estrada, você não vê nada.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Tenho família em Savona, proximo à Gênova... pretendo descer de carro até Pisa e depois seguir para Florença... estava convicta com a auto-estrada...=\

Que caminho seguir? O google só quer saber de auto-estrada...

Socoooorro!!!

Abraço

MAriana

Adoooro esse blog!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Leve um GPS do Brasil com os mapas da Itália carregados. Selecione a opção "evitar auto estradas".

Ou faça seu planejamento no http://www.viamichelin.com pedindo o caminho panorâmico ("descobertas").

Mariana
MarianaPermalinkResponder

GENIAAAAAALLL

Eu não conhecia esse site da michelin! Geniall!

obrigadão

Agora estou gostando ainda mais do VnV!!!

Pisa | Siamo Arrivati

[...] às 15:30h. Na alta temporada o ideal é comprar os tickets com antecedência conforme explicado aqui no VnV, atenção que o site do Opapisa em Inglês estava fora do ar, utilize a página em Italiano para [...]

Poliana
PolianaPermalinkResponder

Olá, gostaria de uma dica da Itália, desta vez (já obtive valiosas dicas sobre Berna e Jungfrau). Minha viagem será daqui 2 semanas. Chegarei em Florença em 15/03, às 11h, e partirei pra Veneza no dia 18/03, às 13:30h. Compensaria incluir Pisa + Lucca num dia, e San Gimignano + Siena no outro, ou vale mais a pena ficar mais tempo em Florença? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Poliana! É bastante puxado fazer San Gimignano e Siena no mesmo dia. Siena merece uma ida exclusiva. Vá de ônibus.

Tente encaixar Pisa e San Gimignano conforme está no post, deixe Lucca para uma próxima.

Reserve Uffizi e Accademia para a tarde do dia em que você chegar.

Karla
KarlaPermalinkResponder

Ótima essa dica. Também estava com essa dúvida!

Poliana
PolianaPermalinkResponder

Ok, obrigada pela resposta, mais uma vez. Só complementando: se eu for a Siena num dia (ou apenas parte de um dia), e Pisa e San Gimignano no outro, o que sobrar para Florença será suficiente? Outra pergunta: nesta época que vou seria necessário comprar antecipadamente os ingressos dos museus?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Poliana! É indispensável comprar com antecipação os ingressos para os museus:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/florenca-furando-fila-na-uffizzi-e-na-accademia/

Perguntas e respostas sobre Pisa « O Cachambi é aqui!

[...] a fazer sobre Pisa, registre nos comentários (algumas dúvidas podem já ter sido respondidas pelo Ricardo Freire, em post recente).  Será um prazer respondê-la. Rate this: Além da [...]

Beta
BetaPermalinkResponder

Olá! Daria p/fazer Uffizi e Accademia numa tarde ou é melhor reservar uma para cada período do dia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beta! Dá para fazer na mesma tarde. A Accademia é basicamente só o David.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá, pessoal!

Estou indo para toscana no fim de maio... pretendo fazer base em Florença. Alguém conhece algum vinhedo-vinoteca legal para conhecer o mais proximo possivel de florença?
Ir à Siena não está nos meus planos...
Se conseguir algum vinhedo legal mais próximo seria ideal...

Alguém pode me ajudar???
abraço!
Mariana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! A região vinícola mais próxima é o Chianti.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá, pessoal!
Estou tentando comprar no trenitália firenze s.m.novella para pisa san rossore, mas não está fornecendo aquela página completa (na qual é possível selecionar o ticket). Acabou (é em junho)? Está com problemas a página? Estou errando a estação? Agradeço a ajuda?

Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Daniela! Os preços das passagens de trens regionais só aparecem no site com uma semana de antecedência. Você pode comprar na hora mesmo; é baratinho wink

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Corrigindo: Agradeço a ajuda!!!!!

Vinicius SS
Vinicius SSPermalinkResponder

Daniela, só abrem pra venda uns 60 dias antes da data.
Veja a data máxima onde as passagens sao apresentadas e calcule a data provável que abrirão a venda do dia que voce deseja. Assim voce consegue as tarifas mini (consegui por 9 euros)

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Ok, Bóia e Vinicius. Agradeço. Tentarei mais próximo.
Abração

Cassiana
CassianaPermalinkResponder

Comprei os bilhetes e, novamente,agradeço todas as dicas. AMO o VnV!!!

osvaldo
osvaldoPermalinkResponder

Bóia, por favor preciso saber se as estações de tem de lucca e de Poggibonsi possuem lugar para deixar malas, pois estrei voltando de la spezia em direção a florença e quero passar em Pisa, Lucca e San Gimignano.

P.s Já li acima que em Pisa centrale possui

Obrigado e meus parabéns pelo site, as melhores informações que eu estou obtendo para a viagem estão vindo daqui

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Osvaldo! Não é viável passar nos três lugares. Lucca e Pisa é possível combinar, desde que você saia bastante cedo de La Spezia. Há guarda-volumes em ambas as estações centrais.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá Bóia e pessoal.

Comprei passagem Florença-Pisa de ônibus, pela Terravision, saindo Florença 7:45 (o trajeto é Firenze S.M. Novella até Pisa Airport). Lá dizia uma hora de viagem. No site, li no meu italiano tosco, que vai até o centro, com vários pontos, Piazza dei Miracoli. Buenas... tranquilita no más, comprei entrada para a Torre às 9:30. Dei uma mancada! Depois fui ler que é preciso se apresentar 30 minutos antes para retirada do ticket (pior é que eu já tinha lido no VnV sobre os 30 minuti).... Aí fui ver que aeroporto fica antes do centro - sentido firenze-pisa... Alguém tem alguma experiência nisso????

Ai, ai, ai...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Vai-se de trem a Pisa. Você comprou uma passagem para o ônibus que serve o aeroporto. Não serve para você.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Xi Bóia! Eu mais 3!

Abração

Fabio H. >> Por Todos os Lados

Ótimas dicas!
Quero ficar em Florença e fazer o bate-volta para Pisa e Lucca.

Karla
KarlaPermalinkResponder

Eu posso fazer inverso o roteiro Pisa + SAN GIMIGNANO? Posso ir primeiro para Pisa e depois SAN GIMIGNANO, pois já comprei a entrada para a torre às 10h da manhã.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karla! Pode sim, claro!

Cintia
CintiaPermalinkResponder

Olá meus queridos Ricardo e Bóia. Estou na Itália e daqui a 2 dias estou indo para Pisa, mas estou com um probleminha. Comprei o ingresso pela internet, seguindo mais uma vez as dicas preciosas de vcs, imprimi o voucher, mas quando chego aqui...cadê o voucher? Não acho de jeito nenhum. O comprovante de pagamento está em meu e-mail, mas o voucher não consigo tirar uma segunda via no site de jeito nenhum. Estou brigando com esse site e nada. Será que vcs podem me dar o caminho, por favor? Mais uma vez obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cintia! Leve o comprovante recebido pelo email e chegue com uma hora de antecedência para expor seu caso na bilheteria.

Cintia
CintiaPermalinkResponder

Olá Bóia, eu enviei um e-mail e eles identificaram a minha reserva rapidamente. Basta levar o comprovante de pagamento, a resposta deste último e-mail ou acessar a segunda via através de um link que eles forneceram com o meu passaporte no dia e horário agendado. Resolvido. Muito obrigada pela sua ajuda mais uma vez.

Sergio
SergioPermalinkResponder

Olá amigos do VnaV,

Sempre SHOW as dicas, rotas, links, tudo!
Estamos de partida para Toscana agendada para setembro(15).
Após varias consultas, "navegadas" ... Fica uma grande duvida, para "cobrir" bem a região não seria interessante duas bases, como Firenze e Siena, ou vocês sugerem outras ? Quais ?
Já optamos por carro para fazer as pequenas estradas e vilarejos.

Abs, obrigado e parabéns pelo trabalho da turma do VnaV,

Sergio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Use Florença para fazer o que dá para fazer de trem (Pisa, Lucca, Arezzo). Use um agriturismo perto de Siena para fazer os passeios de carro (San Gigminano, Val d'Orcia, Cortona, Perugia, Assis).

Rubia Tonello
Rubia TonelloPermalinkResponder

Olá!
Já estou em Firenze alguns dias e já fiz Pisa/Lucca (aliás, ADOREI Lucca!). Agora pretende ir a San Geminignano. Estou a pé e faço tudo de trem ou bus .... tenho, obrigatoriamente, de fazer baldeação em Pisa pra S.G.? Dopo San G. tem algum outro lugar que posso fazer no mesmo dia? Grazie mille!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rubia! O que você leu foi como combinar Pisa com San Gimignano. Para ir a San Gimignano sem Pisa ou você vai de ônibus ou vai de trem até Pogibbonsi e pega um ônibus lá.

Não há ônibus entre San Gimignano e Volterra. Há um ônibus que passa quatro vezes em Castel San Gimignano, a 13 km de Volterra. Volterra numn tour combinado com outras localidades no mesmo dia é para quem está de carro. "A pé" é melhor ir e pernoitar.

http://www.cpt.pisa.it/orari/extraXlocalita.htm

Angela
AngelaPermalinkResponder

Oi, tudo bem, estou indo à Pisa em 21/10/12, como estará o clima nesta epoca. Adorei as dicas.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Bóia,
Viajo para a Itália em Novembro. Saindo de Veneza pretendo conhecer a Toscana (Pisa, Lucca, San Gimignano e Monterrigione, Siena) e depois ir para Roma. O que é melhor ? Ir direto de Veneza para Siena de trem e alugar um carro por 2 dias para fazer bate volta Pisa/Lucca e San Gimignano/Monteriggioni ou de Veneza ficar hospedado em Lucca ou Pisa e fazer essas duas cidades em um dia e depois ir para Siena e fazer San Gimignano/Monteriggioni ? ó dúvida cruel !

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Vá de trem a Florença, baseie-se por lá para fazer Pisa e Lucca. Depois alugue um carro e baseie-se em Siena para fazer o resto.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Olá bóia ,
Sabe me dizer se tem guarda volumes na estação Santa Maria Novela em Florença ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Tem sim.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Olá!

Tenho dois dias para circular pelas cidades do entorno de Florença e pretendo conhecer 4: Pisa, Maranello, San Gimignano e Siena. gostaria de saber se a minha ideia é válida:

Dia 1: Pisa + Maranello (De carro, por conta de Maranello)
Dia 2: San Gimignano + Siena (De trem ou ônibus)

Será que ficaria muito ruim?

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Leandro

Parece que vc quer ir para Maranello por conta da Ferrari, certo? Olha este circuito daria uns 460Km e mais de 5 horas de estrada, acho loucura. Eu pessoalmente faria Pisa e Lucca, ou Maranello e Modena (ou Bologna, mas Bologna é muito grande para apenas algumas horas.

Pessoalmente acredito que Siena merece pelo menos um dia inteiro, mas isto é muito pessoal, conheço gente que não "clica" com a cidade. Estou inclusive com um post no forno sobre Siena, mas basta procurar aqui no VnV que o comandante também mudou de opinião com relação a Siena na ultima vez que ele esteve lá. Eu faria de carro San Gimignano, Colle di Val D'Elsa, e Monteriggione.

Se vc for "foodie" e tiver uns Euritos "sobrando" procure sobre o restaurante Arnolfo em Colle di Val D'Elsa ou a Osteria Francescana em Modena!

Teresa WANGG
Teresa WANGGPermalinkResponder

Boa noite ! Gostaria de saber se tem como ir de Pisa ou Lucca para Veneza? Ou tenho que voltar a Florença?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Teresa! Passará por Florença.

Teresa WANGG
Teresa WANGGPermalinkResponder

Claro que na pergunta anterior o meio de locomoção é trem! Kkk desculpe por nao ter sido clara !

Haroldo
HaroldoPermalinkResponder

Ola!Estarei 3 dias em Florença, sendo 1 dia para a mesma,1 dia para um tour de vinhos e 1 dia para viajem de carro.O que nos recomenda na viajem de carro e no tour de vinhos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Haroldo! Você pode combinar a viagem de carro com o tour de vinhos, indo ao Chianti. Visite a Badia a Coltibuono, tem um bom restaurante e uma adega.

Florença é uma boa base para viagens de trem e ônibus; para viagens de carro, prefira Siena.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/05/florenca-5-bate-voltas-de-trem-ou-onibus/

https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

claudio
claudioPermalinkResponder

Ola a todos,
Primeiramente quero agradecer pelas dicas deste site. Estou aproveitando muitas informações no planejamento de minha ida a Italia no final de Março. Voces estão de PARABENS!
Estarei indo a Roma, Pompéia e depois para Florença. Vou chegar em Florença na 6.a feria santa, a tarde. Estou pensando em ficar em Florença no sábado e fazer bate-volta Pisa e Lucca no domingo. Gostaria de saber se perco alguma atração por está fechada aos domingo nestas cidades. Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Marque suas visitas à Torre e à Uffizi com antecedência, Páscoa é um feriado em que as cidades italianas ficam supercheias.

claudio
claudioPermalinkResponder

Valeu Boia, vou marcar.
Mas tem, em alguma destas cidades, algo muito interessante que não abre aos domingos? Grato.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! O comércio abrirá na sexta e pode fechar no domingo e na segunda, que é feriado.

Andreia
AndreiaPermalinkResponder

Olá Boia.
Vou sair de Roma para Veneza e pretendo fazer um pitstop em Pisa. Saindo da estação de trem Roma Termini as 08:00 chego em Pisa 10:50, estou considerando + ou - 1 hora de deslocamento até o local da Torre e seus arredores. Vc acha que dá tempo de curtir um pouquinho da cidade em 4 horas, pois pretendo pegar o trem que parte as 15:00 para chegar em Veneza as 18:00. Outra pergunta: Na estação Pisa centrale sabe me informar se tem como guardar as malas? É preciso reservar? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andreia! Trata-se de um pit stop um tanto complicado; você está fazendo um desvio e aumentando em duas horas o seu tempo dentro do trem.

De todo modo, quatro horas são mais do que suficientes para visitar a torre.

Leia com calma e atenção o texto para ver as nuances sobre estações e guarda-volumes. Não posso repetir na resposta informações que já estão no texto.

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá Bóia!

Saindo de Florença pela manhã de trem para Pisa e depois Lucca, como sugerido aqui, dá para conhecer Viareggio tb, no mesmo dia? Não vi nenhum comentário sobre essa cidade, será que é interessante e vale a pena?...
Abraços, Claudia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! É muita coisa para um dia só. Pisa com Lucca já faz um itinerário puxado.

Denise
DenisePermalinkResponder

Olá Bóia,

Você sabe dizer se tem guarda-volumes na estaçao de La Spezia? É possivel conhecer cinque terre em um dia?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! Esse é um post sobre a Torre de Pisa. Falamos sobre Cinque Terre aqui: https://www.viajenaviagem.com/2012/04/cinque-terre/

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá Boia!

Muito obrigada pela resposta. Vou descartar Viareggio. Prefiro passear sem correria. Abraços!

Naiara
NaiaraPermalinkResponder

Boia!!!!!

Maio já é alta temporada??? Não estou conseguindo comprar o ingresso pelo site de jeito nenhum... mudei de ingles p/ italiano, troquei de navegador e nada...
Será que consigo comprar lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naiara! Maio é alta temporada, sim. Apenas um lote é vendido na internet, o resto é vendido no local.

Mariana Camargo

Boa tarde!!
Estou numa duvida aqui...
Sei que meu roteiro é meio zigue zague, mas tenho alguns amigos para visitar nos finais de semana,então tem que ser assim...chego em milão no dia 4 de junho,provavelmente no fim da tarde.pensei em passar o dia 5 em Milão e dia 6 fazer o bate-volta a Como. no dia 8 depois do almoço vou para Parma visitar um amigo e de Parma vou a Florença e ficarei 4 dias. Queria fazer 3 bate/volta: Pisa/Lucca, Siena e San Gimignano.
Agora...a minha pergunta é:já li muita gente falando que um dia é suficiente em Milão. Seria muita loucura eu sair de milão no dia 7, fazer Pisa e Lucca, dormir em um dos dois e ir a Parma no dia 8?
Pensei nessa possibilidade pq assim eu aproveitaria um pouco mais de Florença,sem muita correria.
É possível fazer isso ou eu devo parar de inventar moda e ficar mais um dia em Milão mesmo?
Muito obrigada!!Adoro o site de vocês!
Mari

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Milão é uma cidade bacana. Vá à noite do Navigli, vá à Pinacoteca de Brera, à Trienale... tem coisa pra fazer em dois dias, sim. Não vale a pena esse ziguezague. (A propósito, deixe para ir a Como no dia 7.)

Mariana Camargo

entendi!!muuito obrigada pela ajuda!!vou fazer isso então!!

raquel puiati bergamaschi

Olá!!

Estarei em Firenze entre o dia 16/06 e 18/06. Gostaria de pegar o trem para Pisa (estação Pisa San Rossore, conforme vcs sugeriram acima). No site trenitalia só há opção para a estação Centrale em Pisa. Minha dúvida é se eu poderia comprar na hora ou devo reservar (qual site seria?)e em qual Estação de trem em Firenze é melhor para eu embarcar com destino a Pisa San Rossore?)

Outra dúvida: Me hospedarei em Siena por 3 dias e quero alugar um veículo para conhecer a região, mas estou com receio e queria uma plano B. Para cidades como San Gimignano, Montepulciano, Buoncovento e a região dos Vinhedos de Chianti é possível eu me deslocar por transporte público ou contratar um guia local para me levar? Vocês tem essa informação? ou o melhor é o alguel de veículo mesmo?

Mais uma vez grata pela atenção e colaboração!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Você encontra trens para Pisa San Rossore clicando na opção "tutti i treni" da home da Trenitalia. Assim você sai do ambiente dos Freccia, que são os trens rápidos, que não vão a Pisa San Rossore.

É bastante complicado usar ônibus na região de Siena. Há poucos horários. Você precisará escolher um destino por dia.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar