Wynwood Arts District, o pedaço mais descolado de Miami

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Wynwood, Miami

Nunca pensei que pudesse haver um lugar visualmente mais interessante em Miami do que a coleção de predinhos (e prediões) art-déco de South Beach.

Wynwood, Miami

Santa ignorância, Batman!

Wynwood, Miami

No continente, do outro lado da baía de Biscayne, um bairro de galpões abandonados funciona, há quase dez anos, como o bairro das galerias da cidade. É o Wynwood Arts District.

Wynwood, Miami

Só que "um bairro de galerias" não é um programa que constaria na minha listinha de favoritos, não. Já sou difícil de entrar em museu, entrar em galeria, então...

Wynwood, Miami

É aí que entra um projeto chamado Wynwood Walls. Desde 2009 as paredes dos galpões do coração do bairro -- as ruas NW 25th e NW 26th, próximas à NW 2nd Avenue -- são recobertas de graffitis da melhor qualidade.

Wynwood, Miami

Meu favorito: este painel do Liqen com um labirinto de baias de operadores do mercado de ações de Wall Street. Sensacional. (Veja mais fotos aqui.)

Wynwood, Miami

O projeto tem também uma entrada pela NW 2nd Avenue -- onde funciona convenientemente o ótimo Wynwood Kitchen & Bar.

http://www.unurth.com/Liqen-in-MiamiWynwood, MiamiWynwood, Miami

(Querendo gastar menos, atravesse a rua e aproveite o minimalista Lester's).

Wynwood, Miami

Todo segundo sábado do mês acontece o evento Wynwood Arts Walk, uma caminhada pelas galerias e murais.

Wynwood, Miami

Só não apareça no domingo: os graffitis estarão lá, mas os bares fecham...


View Wynwood Art District in a larger map

Wynwood, Miami

Leia mais:

29 comentários

Tony
TonyPermalinkResponder

Bela coleção e dica! Riq, o quarto graffiti é do Eduardo Kobra, que já deixou tanta coisa lindissima nas paredes de São Paulo (e do Rio também). Abs!

val
valPermalinkResponder

muito legal!

Marilia Pierre

o segundo sábado do mês é a pedida: todas as galerias abrem [vc pode tentar entrar na fila do drink de campari], tem shows no meio da rua, foodtruckers gourmets estacionam em terrenos por ali, todos os bares ficam cheios, é uma beleza!
Fui de dia para ver com calma os painéis e voltei a noite pra festa wink
recomendadississisimo

RosaBsb
RosaBsbPermalinkResponder

"Já sou difícil de entrar em museu, entrar em galeria, então…"
Que alívio, Riq! Já estava me sentindo uma ET toda vez que viajo e não entro em pelo menos 03 museus. Vou desecanar de vez, chega dessa obrigação, vou se tiver vontade e pronto. Obrigada!

Tania Janin
Tania JaninPermalinkResponder

Viva! Aos museus a céu aberto.

Frank (Dois Mapas)

Vem cá, sou só eu que não consigo desassociar grafite, de qualquer tipo, de coisa de gueto, de pobreza mesmo, das quais em geral eu quero passar longe assim como quero passar longe de roda de pagode ou hip-hop?

Merél
MerélPermalinkResponder

Entendo o grafite como uma expressão artística de pessoas que normalmente não têm voz, ou que representa de alguma forma essas pessoas. Sendo assim, sempre será "gueto" em certo sentido, mesmo que alguns grafiteiros famosos já tenham conquistado reconhecimento e ganho algum dinheiro com seus trabalhos. Gostar ou não gostar é questão pessoal mesmo -- tem gente que não gosta de Monet, tem gente que não curte videoarte, e por aí vai. Eu particularmente acho importante esse contato nos muros das cidades com uma realidade que nós, fora do gueto, insistimos em fingir que não existe.

Eu adoro pagode. wink

Marcelo Nunes
Marcelo NunesPermalinkResponder

Caro Ricardo, foi muito bom encontrar você no Bayside, em Miami. E a dica para conhecer o Miami Design Distric - Wynwood foi fantástica. Visitamos o local e tivemos a oportunidade de presenciar alguns artistas trabalhando. Adoramos. Abraço, Marcelo e Tania.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Esse pedacinho tá na minha listinha para a próxima visita.

Mauricio Cury
Mauricio CuryPermalinkResponder

Prezados: Que dia da semana e qual período ( noite ou dia ) é mais legal para passear no Wynwood ? Fico no aguardo da dica. Obrigado, Mauricio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauricio! Conforme está explicado no texto, o melhor momento é o segundo sábado do mês, quando há a Wynwood Arts Walk. Para ver as fachadas, porém, é só aparecer. Elas são externas, conforme está mostrado nas fotos.

Mauricio Cury
Mauricio CuryPermalinkResponder

Oi: Para passear é melhor ir de dia ou de noite ? Sei que o segundo sábado do mês e o melhor, mas vou para Miami neste sábado e volto na outra sexta. Assim nao estarei la no segundo sabado do mes. Outra coisa: vc sugeri o Sra. Martinez ou Gigi ? Sei que os dois são ótimos, mas quero ir um dia ( dia ou noite) passear e conhecer um restaurante. Fico aguardando, obrigado, Mauricio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauricio! Para ver os painéis você precisa ir de dia. Para curtir a noite... bem grin

VIAJAR também é PRECISO * Compras « Lar&etc

[...] Aos viajantes em destino a Miami! Não deixem compras dentro dos carros, muito menos malas…Nas lojas, restaurantes e shoppings…Preste atenção em sua bolsa, deixe seu passaporte no cofre do hotel e ande com uma xerox. Está havendo muito furto na cidade, devido a inundação de brasileiros, os malfeitores estão fazendo a festa com os turistas, que por pensarem estar nos Estados Unidos, relaxam e dançam com a malandragem… Não relaxem! Fikem espertos! Pessoas mal intencionadas existem em qualquer lugar do mundo! Cuidado prá essa onda não te pegar!! #ficaadica.?Telefones de úteis Polícia Americana ou emergência-Disque 911 Embratel-(Para ligações à cobrar no Brasil)-1(800)344-10-55 Consulado Brasileiro- (305)-2856200Boa Viagem a todos!E na volta, para fechar a mala…Essas bags vêm em 4 tamanhos: small, medium, large e x-Large ($10.99 com 2 unidades).Eu sugiro à todos o tamanho large, pois é perfeito para o tamanho das malas grandes. E o legal é que depois elas poderão ser reutilizadas em sua casa, são excelentes para organizarmos nosso closet. Basta você obedecer o manual e não enchê-las além do limite estipulado. Você encontrará essas preciosidades em qualquer Walgreens que você entrar, tem também no Walmart e no Target.Mas não se esqueçam, que vocês precisarão de um aspirador-de-pó adequado para sugarem o ar das bags………………………… Passeios por lágriniversão e arte: https://www.viajenaviagem.com/2012/06/fotoblog-wynwood-arts-district-miami/ [...]

TeoFranco
TeoFrancoPermalinkResponder

Segui a dica e gostei. Vale a pena conhecer o espaço.

Vlamir Marques

Gostaria de saber se durante a semana existe a possibilidade de se alugar bicicletas para andar nos quarteirões onde se localizam os grafites. Se existir, onde se localiza e se tem idéia de preço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vlamir! Jogando no Google a gente localiza bicicletaços em Wynwood, mas uma loja que alugue bicicletas por lá parece ainda não existir. Você pode alugar em South Beach e levar para lá...

http://www.decobike.com/

Vlamir Marques

Valeu pela dica e gentileza. Obrigado. abço

Cláudia Bugni

Li em algum lugar que no segundo sábado do mês rola uma feirinha de street food em Wynwood. Fui cheia de vontade e dancei : para quem curte, a dica é que a feirinha é à noite !

Perla Galdeano

Olá Bóia. É recomendável ir até essa área de carro se estou hospedada em Miami Beach? Há estacionamento no local? Se não, qual a melhor forma de chegar até lá? Estarei com carro alugado, mas quero evitar o máximo de stress quanto a isso.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Perla! Há estacionamento pago na rua e em estacionamentos.

Lu
LuPermalinkResponder

Estive por la hj, uma 2 feira. Adorei a área, mas fiquei sabendo q 2a é o dia + devagar, algumas coisas fechadas. Deu p curtir o clima, mas se puder ir outro dia, melhor! Comemos num lugar bem legal, Butcher's and Brewery, acho q na 23. Carne e frango na brasa e diversos tipos de chopp.

Izabella Zava
Izabella ZavaPermalinkResponder

Olá, bóia e Ricardo!
Tem alguma forma de ir de south beach sem ser de carro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Izabella! Dá para ir com a linha S até o Downtown Bus Terminal e prossiga no ônibus 2.

Anna
AnnaPermalinkResponder

Estivemos em wynwood e adoramos! Vale a pena visitar. Venha com fome, pois aqui na regiao tem um adorável e surpreendente restaurante chamado GKBistro. O Chef é peruano e ele faz uma maravilhosa cozinha delicada e saborosa. Uma grande surpresa!

Hevani silva
Hevani silvaPermalinkResponder

Tb gostei muito

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar