Vancouver: quero mais

Natalie Soares
por Natalie Soares

Vancouver

No final do mês, viajei a convite da CTC (Canadian Tourism Commission) para Whitehorse, Yukon, para participar do Go Media, um evento que acontece anualmente e busca promover os principais destinos e atrações do Canadá.

Esse texto não deveria ser um post, deveria ser um fotolog, um tumblr de fotos, um “ai meu Deus não vi quase nada na cidade mas quero dividir com vocês o pouco que eu vi”.

Eu passei menos de 24 horas em Vancouver entre uma conexão e outra antes chegar a Whitehorse. Visitei mais do que imaginava, entretanto muito menos do que eu gostaria. Assim que fiz o check-in no hotel, encontrei uma revista do Turismo de Vancouver que dizia “One day in Vancouver will have you wishing for more.” E eles estavam certos, saí da cidade querendo mais.

Vista de VancouverVista de Vancouver Stanley Park

Ruas largas, prédios modernos e muita área verde. Não, isso não é anúncio de um novo empreendimento imobiliário na sua cidade, mas sim uma descrição bem modesta de Vancouver. Uma bela e sofisticada metrópole que consegue agradar ao turista que procura por um roteiro de arquitetura, compras, gastronomia, esportes e até mesmo contato com a natureza, afinal, a cidade é cercada de parques incrivelmente verdes, montanhas e mar.

Granville Island Vancouver

Durante essa rápida escala, fiquei no Opus Hotel, único hotel boutique de Yaletown, o bairro crista-da-onda da cidade, repleto de bons restaurantes e galerias de arte. Os quartos são confortáveis e espaçosos, a vista da varanda é agradável e cada quarto ainda conta com um iPad, lençóis de algodão egípcio e amenities da L'Occitane. O hotel também disponibiliza bicicletas para os hóspedes que preferem conhecer a cidade pedalando. Uma ótima maneira de viajar e ainda queimar algumas calorias daquele jantar que você enfiou o pé na jaca razz

Opus Hotel Vancouver

Um dos lerês mais bacanas da cidade é visitar o mercado público de Granville Island, uma região revitalizada, cheia de galpões transformados em mercado público, que divide seu espaço com outros restaurantes e lojas frequentadas também pelos locais. Aproveite para conhecer os diversos produtos regionais vendidos no mercado, pois a variedade é fabulosa.

Granville Market VancouverGranville Island Vancouver

Granville VancouverGranville Vancouver

Nessa visita rápida, a minha única imersão gastronômica foi um rápido almoço no Edible, um restaurante que valoriza receitas e produtos regionais e sazonais. E eles levam esse conceito bem a sério, vejam só o refrigerante que eu provei, achei fofo

Edible VancouverEdible VancouverVancouver

Não disse que a cidade era cercada de muito verde? O dia ensolarado só poderia terminar com uma visita aos dois famosos parques da cidade: o Queen Elizabeth Park e o Stanley Park. Segundo o guia que me acompanhou, o Queen Elizabeth Park foi um dos cenários da Saga Crepúsculo. Mas calma, calma, meninas! Não encontrei Jacob e nem o Edward, encontrei apenas algumas garotas vestidas para o baile de formatura o.0

Queen Elizabeth Park Vancouver

Passei rapidamente por Chinatown, que na costa oeste só não é maior do que a de San Francisco, e terminei meu express-tour-fiquei-com-gostinho-de-quero-mais no famoso Stanley Park.

China Town Vancouver

Fato: provavelmente você não vai conseguir conhecer todo o parque. O Stanley Park cobre uma enorme área da cidade e a melhor maneira de visitá-lo é pedalando, ou para os mais radicais, alugando patins. Diversas atividades esportivas e de lazer são oferecidas nessa região,. Mas fala a verdade, também não é um belo cenário para um piquenique no final da tarde?

Stanley Park Vancouver

Stanley Park Vancouver

E você? Já foi para Vancouver? Conheceu a cidade vindo de um cruzeiro que saía de Seattle e ia para o Alaska? Tem alguma dica especial para dividir com os outros leitores que vão para Vancouver pela primeira vez?

Stanley Park Vancouver

Encontre outras informações nesses blogs do #Linkódromo:

Vancouver no Mikix da Mirella Matthiesen

Vancouver no Rodei do Thiago Khoury

Vancouver no Viajar pelo Mundo da Claudia Liechavicius

Vancouver no Territórios da Carolina Rispoli Leal

Leia mais:

104 comentários

Sonia
SoniaPermalinkResponder

Ola, estou indo 16 de junho para Vancouver. Vou ficar 8 dias.
Meu roteiro será este, mas pode ser alterado e aceito sugestões.
Vancouver- 17(a tarde) e vou embora 19 a noite.
Banff - chego dia 20 pela manha e vou embora dia 23 a noite.
Lá uma das minha pretensões é ir ao Lake Louise.
24/06 - Calgary
25- cedinho voo para Toronto.
Aceito sugestões. tem algum lugar que seria mais interessante ficar mais tempo. Um dia em calgary ´e o suficiente??
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sonia! Recentemente compartilhamos uma pergunta parecida no Perguntódromo. Veja as respostas:

https://www.viajenaviagem.com/2012/06/vancouver-quero-mais/comment-page-1/#comment-365884

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Qual o melhor trajeto entrar por calgary e sair por Vancouver ou vice-versa,quero fazer as montanhas ,whistler, banff,Jasper ,obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Uma pergunta recente gerou esse thread de respostas:

https://www.viajenaviagem.com/2012/06/vancouver-quero-mais/comment-page-1/#comment-365884

Osmar Silveira

Gostaria de saber qual os ultimos dias para fazer Calgary-Vancouver antes de começar a nevar muito!! pois tenho medo de ficar "trancado" na estrada!!
Obrigado.
Osmar

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Osmar! Não temos como prever quando irá nevar. Até porque, cada ano é diferente do outro. Em outubro já começa a fazer frio. O ideal é ir no verão, no máximo até setembro, para não correr riscos.

Elianne Santos

Ola. Gostaria de saber qual a cota de isenção para quem vai de Vancouver a Seattle para compras? Procurei em vários lugares mas as informações são confusas. Alguém já passou pela alfândega indo para Vancouver de carro? Obrigada.

Priscila Sgavioli

Olá,

Fiz o trajeto Vancouver - Seattle de carro no final do ano passado. A nossa programação incluía alguns dias em Seattle, um esticada até o Havaí e depois alguns dias no Canadá. Visitar o Premium Outlet na fronteira estava na programação e recomendo a parada, foi um dos melhores outlets que já visitei. Além do baixo preço, o local é pouco conhecido e com uma ótima seleção de lojas. Após as compras seguimos para Vancouver e, para nossa surpresa, a transição foi muito tranquila. Não fomos parados e tampouco teve a necessidade de abrir as malas. De qualquer forma, recomendo tirar as etiquetas, pois há o risco de ser parado. A taxa em Seattle é de 9,5%, mais cara do que NY. Tem um relato com dicas no meu blog! Espero ter ajudado. Priscila

Simone
SimonePermalinkResponder

Olá Priscila! Gostei dessa opção que vc deu de ir a Seatlle de carro para compras no Premium. Estou organizando viajar no final desse ano para Whistler e ficaremos em Vancouver para passear também. Vc pode me passar mais detalhes? E qual é o seu blog?
Obrigada

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Oi Natalie, obrigada por indicar meu post no #Linkódromo! Mas notei que estão indo para uma página não encontrada. Deve ter ocorrido quando mudamos o sistema. Se puder atualizar, agradeço. Segue o endereço correto http://territorios.com.br/category/canada/vancouver/

Livio Capalbo
Livio CapalboPermalinkResponder

Oi Ricardo,

Moro em Vancouver desde 2012 e gostaria de compartilhar umas dicas interessantes. Espero que ajude aos brasileiros que estão planejando ir pra cidade. A maioria destas dicas não estão em nenhum guia de viagem. Espero que as pessoas aproveitem bem o que a cidade oferece!

http://blog.eslexplorer.com/pt/dicas-de-vancouver

http://blog.eslexplorer.com/pt/o-que-fazer-em-vancouver-num-final-de-semana

http://blog.eslexplorer.com/pt/o-que-fazer-em-vancouver-num-final-de-semana-dia2

http://blog.eslexplorer.com/pt/onde-correr-em-vancouver

http://blog.eslexplorer.com/pt/vancouver-de-bicicleta

http://blog.eslexplorer.com/pt/onde-morar-em-vancouver

Rosi
RosiPermalinkResponder

Olá pessoal, sou gaúcha e moro em Vancouver. Meu lugar favorito é o Stanley Park, onde antes alugava bicicleta todos os finais de semana e hoje, tomei vergonha e comprei a minha, que atualmente uso para ir ao trabalho, economizando no passe de ônibus. Outro lugar que gosto muito é Kitsilano beach (pode ir andando do Stanley Park), onde os amantes do tênis, como eu, podem jogar em quadras públicas, em excelente estado. Mas devemos chegar cedinho, para pegar uma das 8 quadras livre. Vancouver é fascinante, segura e povo amigável. Bom, sou suspeita a falar...daqui não saio mais, daqui ninguém me tira. Um abraço

Sandra Gibbens

Estarei em vancouver na primeira semana de fevereiro. alguém tem dicas de restaurantes e baladas?

Jessyca Graça

Estive em Vancouver em Janeiro de 2014 e se vc estiver indo pra lá não deixe de colocar no roteiro: Lynn Canyon Park (onde foram gravadas as cenas de Quarteto Fantastico - o Sufista Prateado e Crepusculo), Grouse Mountain (para esquiar no inverno), Capilano Suspension Bridge (a famosa ponte suspensa do Indiana Jones) e Whistler (cidade dos jogos olímpicos de inverno 2010 - é linda no inverno e no verão). Além de tudo isso, perto de Vancouver reserve uns 4 dias para curtir toda a programação das Rocky Mountains (Banff, Lake Louise, Jasper, Kaloomps) no estado de Alberta (vizinha de British Columbia - estado de Vancouver), é um lugar que eu chamaria de Paraíso na Terra (principalmente se vc for no verão)

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Concordo com todas as suas observações (fui a quase todos os lugares que vc falou), com exceção de uma: "além de tudo isso, PERTO DE VANCOUVER....". Banff fica a quase 1000 km de Vancouver. É bastante chão pra rodar. O ideal é ir de avião mesmo.

Maria Victória Rosa

Melhor cidade do mundo!! Já morei lá e não vejo a hora de voltar <3 se estiverem interessados, no meu site eu conto um pouquinho sobre essa experiência

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar