Notícias de Noronha: galeria, obras e... sem cruzeiros neste verão

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O Pico, Noronha

Minha amiga Aninha Miranda, dona da charmosa pousada Teju Açu, se associou à artista plástica Paula Sultanum e à cineasta Joana Mariani para abrir a loja mais transada de Fernando de Noronha.

O espaço se chama O Pico e ocupa o lugar de uma creperia, ali naquele meinho entre a Vila dos Remédios e a pousada Zé Maria, juntinho às pousadas da Morena e da Filó.

O Pico

O ouro d'O Pico são os entalhes e xilogravuras do mestre pernambucano J. Borges, de Bezerros. Coisa fina demais da conta, meu povo.

Mesmo que você não vá comprar, vale a pena ver ao vivo, para treinar o olhar para diferenciar artesanato de arte popular.

O PicoO Pico

Além de arte popular, a loja tem roupitchas e presentes (pronto, acabaram de inventar um programa para dias de chuva em Noronha).

O Pico

E como mistura pouca é bobagem, O Pico também funciona como lounge, com bebidinhas (umas caipiroskas invocadas) e um cardápio de petiscos assinado pelo chef Thiago Freitas.

Ainda vou demorar pra chegar a Noronha nesse meu Rali da Bóia, mas fiquei tentado que só...

Mais Noronha: obras do concessionário e... nada de cruzeiros este ano!

No front da natureza, três ótimas notícias. A primeira: o novo concessionário do parque nacional marinho -- a mesma empresa que administra o parque de Foz do Iguaçu -- inaugura dia 14 de setembro a passarela entre o Mirante dos Golfinhos e o Mirante do Sancho com conforto, acessibilidade e dentro dos conformes ecológicos.

Uma segunda obra, o posto de recepção da praia do Sueste, foi interrompida por pressão popular: os moradores acharam que a construção era intrusiva e a coisa foi desmontada. Ótimo sinal: tanto da vigilância dos ilhéus quanto da sensibilidade do concessionário.

E a terceira boa novidade: este ano não haverá cruzeiros no verão em Noronha. A empresa que atua por lá não designou nenhum navio para a rota este ano. Deve ser fruto das confusões do ano passado, quando embarcaram mais passageiros do que seria permitido desembarcar.

Espero que os órfãos dos cruzeiros -- bugueiros e barqueiros -- consigam redirecionar seus negócios para o público avulso. E, se um dia os cruzeiros voltarem, voltem com navios pequenos, com tempo para ver a ilha com calma -- e não em meganavios que apenas reeditam os pacotes corridos de dois dias que vendiam antes de chegarem os navios.

Leia também:

12 comentários

Flávia Peixoto

Melhor noticia do dia! Noronha sem cruzeiros! Estava preocupada com o rumo desse tipo de turismo na Ilha..

gabrieli
gabrieliPermalinkResponder

Acabei de chegar de Noronha, o lugar é lindo demais!!

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Eu acho que o mérito por esses monstrengos não aportarem mais em Noronha é de um certo Ricardo Schmitt Freire que comentava às vezes aqui smile

Clemilson
ClemilsonPermalinkResponder

Estarei em Fernando de Noronha neste mês e pesquisando descobri que a partir do proximo dia 20/09 a Econoronha começará a cobrança para entrar na atração. Brasileiros pagarão R$ 65 e estrangeiros R$ 130 (válidos por 10 dias).

Silvia Oliveira

Muito fofa a loja. Adorei!

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Sem dúvida, uma ótima notícia para o nosso paraíso!

Keila
KeilaPermalinkResponder

Coisas de Aninha! Gente essa mulher e um arraso, onde ela põe a mão pode saber que dará bons frutos. Parabéns pelo seu espirito empreendedor!

Ana Maria
Ana MariaPermalinkResponder

Riq,
Sou uma das felizes testemunhas do seu amor por Noronha desde antes de pisar lá, e isto foi a 20 anos. Sempre li e venho constatando com o passar das altas a quantidade de gente massa que segue a risca suas preciosas e precisas dicas, chegam falando com orgulho.O mais legal é que vc exalta a incrivel beleza e paz - do Arquipélago - seu relato é completo, vê, sente e fala (posta, né?), vai atualizando a cada temporada ou relevante noticia, In loco a maioria das vezes - e claro, por um de seus fieis e sabidos seguidores.
Agradeço muito pelo que vc faz - é a voz da ilha, defendendo ao mesmo tempo - os seguidores da boia amarela - época certa, custo/beneficio, preservação.
Sobre O PiCO, te esperarei lá para brindarmos com uma caipira depois da praia! Beijos e obrigada!
Ana Maria

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

A partir de 22 de setembro de 2012, visitar Fernando de Noronha vai ficar ainda mais caro. Além da taxa de preservação ambiental paga por dia, o turista também terá de pagar pelo acesso ao Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

http://www.panrotas.com.br/canais/redacao/plantao/portal_reader_noticia.asp?cod_not=81321&rss=1

Fabíola
FabíolaPermalinkResponder

Gente... apenas para informá-los...
Acabei de chegar de Fernando de Noronha, começaram a cobrar pelo acesso ao Parque no dia 30 de setembro.
Fernando de Noronha é simplesmente lindo, vale o preço que se paga!

Paola
PaolaPermalinkResponder

O site ilhadenoronha.com.br para comprar online sem intermediários é confiável??

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar