San Martín de Los Andes: um vilarejo na Patagônia argentina

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Casa de Té Arrayán, San Martín de los Andes

Casa de Té Arrayán

A convite da NeuquénTur, estive em San Martín de Los Andes na primeira semana de dezembro. Nunca viajei com uma variedade tão grande de roupas na mala: a semana anterior havia sido de sol, mas a previsão para os dias seguintes era de um clima super instável.

Não deu outra: San Martín me recebeu com chuva, e muitos dos passeios programados inicialmente não puderam acontecer por causa do mau tempo.

San Martín de Los Andes

Mirante Arrayán

Deixa estar. De toda forma, deu para perceber o quanto a cidade é encantadora – não só pela natureza em toda sua exuberância (que lagos!, que bosques!, que montanhas!), mas pelo cuidado em se manter ali as características de um autêntico vilarejo de montanha, com suas casinhas baixas de madeira e pedra, e o clima de cidade pequena.

San Martín de Los AndesSan Martín de Los AndesCentro da cidade

Por isso, eu digo: San Martín, a gente ainda se reencontra num verão desses.

Quando ir

Para a temporada de verão, de meados de dezembro ao fim de fevereiro. Para a temporada de inverno, do começo de julho ao fim de setembro. Fora de temporada, só se a idéia for aproveitar as tarifas mais baixas para uma viagem mais sossegada: muitos passeios não funcionam.

Maio e junho, que antecedem o inverno, são chuvosos; o verão é a época mais seca.

Lago Nahuel Huapi

Lago Nahuel Huapi

Passeios de verão

Os lagos e rios são a atração principal. A Rota dos Sete Lagos pode ser percorrida em tour de dia inteiro ou por conta própria, de carro.

Lago Meliquina

Lago Meliquina

Há mirantes, praias públicas (com pedrinhas, não areia) e áreas de piquenique. As agências locais oferecem passeios pela região para a prática de rafting, canoagem e pesca.

Praia Catritre

Praia Catritre

No píer do Lago Lácar, uma operadora aluga caiaques e vende tours de barco a Quila Quina e Hua Hum. Catritre, a praia mais próxima do centro de San Martín, fica a 5 km. Ônibus circulam entre o centro e Catritre durante o verão; para quem vai de carro, o estacionamento é pago. (Muita gente vai pedalando também, mas o caminho é pelo acostamento da estrada, não há ciclovia.)

Chapelco Golf

TirolesaMiramas

Golfe e passeios de montanha

Além das atividades lacustres (falei bonito!), existe uma variedade de passeios pelos bosques e montanhas: cavalgada, caminhada, mountain bike. No Miramas um circuito combina tirolesa com trekking (no inverno, com tubing). Aos que se arriscam nas tacadas, o campo do Chapelco Golf tem um visual tremendo.

Durante o verão, anoitece tarde: os dias duram até as 22h.

Píer do Lago Lácar

Píer do Lago Lácar

Passeios de inverno

O Cerro Chapelco é a grande atração da estação. Fica próximo do centro da cidade. São 17 km até lá, o que significa uns 35 minutos com a estrada boa, ou 1 hora se houver muita neve. As agências locais oferecem traslado. Para quem prefere dirigir, é preciso tomar cuidado; muitos trechos não têm proteção, e grande parte dos acidentes é causado por motoristas que nunca dirigiram nestas condições. Em Chapelco há pistas de esqui de todos os níveis, para todas as idades; passeios de moto de neve, trenó e caminhada com raquetes. Crianças a partir de 3 anos já podem participar de atividades recreativas, e o serviço de babá atende os menorzinhos.

Lago Nahuel Huapi

Lago Nahuel Huapi

O passeio pela Rota dos Sete Lagos durante o inverno ficou mais viável depois de 2015, quando a estrada, que era de cascalho, terminou de ser asfaltada.

Os tours de barco que saem do píer do Lago Lácar continuam funcionando.

San Martín de Los Andes

Centro de San Martín

Onde ficar

O centro seria minha primeira escolha; é uma graça e muito conveniente para quem gosta de circular a pé. Esse miolinho da cidade é plano, tem basicamente 10 por 10 quarteirões e nenhum sinal de trânsito; os carros param para você atravessar (sempre na faixa, faz favor!).

San Martín de Los Andes

San Martín de Los AndesSan Martín de Los Andes

Centro de San Martín

As vias principais são a avenida San Martín e a rua General Villegas, que concentram os restaurantes, lojas e serviços. Qualquer hotel próximo a elas, entre a praça Sarmiento e o Lago Lácar, é muito bem localizado.

San Martín de Los Andes

As hosterías, como são chamadas as pousadas, são a cara da cidade e estão por toda parte. Entre as BBB, a melhor ranqueada no Trip Advisor e Booking é a La Posta del Cazador. Entre as top, a Hostería Antares. Existem também vários albergues, apart-hotéis e cabanas para alugar.

Hotel Río Hermoso

Hotel Río HermosoHotel Río HermosoHotel Río HermosoHotel Río Hermoso

Fora do centro, os casais que procuram descanso e romance (e não se importam em alugar carro) vão gostar do Río Hermoso, um hotel boutique que é um charme só. Fica em frente ao rio de mesmo nome e tem quartos muito aconchegantes.

Hostería ArrayánHostería ArrayánHostería Arrayán

A Arrayán Hostería de Montaña também é rodeada de natureza. Fica no terreno da famosa casa de chá, e da varanda das suítes se tem uma vista linda do Lago Lácar. Os preços são bons, mas a pousada é bastante simples; são apenas quatro quartos em uma cabana.

Loi Suites Chapelco

Loi Suites Chapelco

Loi Suites ChapelcoLoi Suites Chapelco

Loi Suites Chapelco

O Loi Suites Chapelco está a 14 km do centro, dentro de um condomínio de golfe. Bastante confortável, com uma vista linda para Chapelco Chico, cai bem para quem gosta de hotéis maiores, com mais serviços (spa, academia, piscina, restaurante), mas sem perder a elegância. O café da manhã poderia ser mais caprichado.

ParrillaDefumadosParrilla e defumados

Onde comer

Na avenida San Martín e na rua General Villegas existem inúmeros restaurantes, cafés e bares – uma oferta realmente grande para uma cidade do tamanho de San Martín de Los Andes. As especialidades da região são os defumados e as carnes de cervo, javali e truta, em variados preparos.

Ku

Restaurante Ku

O cervo agridoce do restaurante Ku (eu sei, eu sei...), feito na parrilla e com frutas vermelhas locais, é uma delícia. Outra tradição são as picadas – um tipo de tábua de frios. A do El Regional é bem farta – dá para dividir em 4 pessoas – e traz defumados caseiros de todo tipo.

PicadasEl RegionalRestaurante El Regional

No El Regional também são servidas cervejas artesanais. A Lacar, como o nome sugere, é feita em San Martín de Los Andes.

Casa de Té Arrayán

Casa de Té Arrayán

Casa de Té Arrayán

Fora do centro, a casa de chá Arrayán é um programa imperdível. Ligue antes para confirmar os horários de funcionamento; a casa não abre fora de temporada.

A noite não é exatamente o forte da cidade, mas dá para encerrar o dia com uma cervejinha nos bares Downtown Matias e Dublin South Pub (onde há shows em alguns dias da semana).

Aproveite para provar os vinhos patagônicos NQN e Bodega del Fin del Mundo.

San Martín de Los Andes

Centro da cidade

Como chegar

O acesso mais simples é pelo aeroporto de Chapelco, voando com a Aerolíneas Argentinas a partir de Buenos Aires. Vale a pena chegar por Chapelco se a intenção for visitar apenas San Martín.

Vir por Bariloche é interessante quando se você quiser fazer um bem bolado entre as duas cidades (ou três, incluindo também Villa La Angostura, a 110 km). Neste caso, compre a passagem com ida por uma cidade e volta pela outra, evitando refazer o longo caminho de regresso pela estrada.

Rota dos Sete Lagos

Via Villa La Angostura - Rota dos Sete Lagos

Estrada asfaltada

Via Junín de Los Andes

Para ir via Bariloche, de carro, são 3 horas de estrada desde o aeroporto, pela estrada que passa por Junín de Los Andes (260 km). Se você resolver usar a Rota dos 7 Lagos, são 190 km, via Villa La Angostura. A estrada da Rota dos 7 Lagos foi completamente asfaltada em 2015, mas o trajeto deve ser feito como passeio, não como traslado – até porque não dá para resistir às paradas nos mirantes. À noite, prefira usar a estrada via Junín.

Ambos os caminhos têm paisagens belíssimas. Há também mais uma alternativa, menos usual, pelo Paso Córdoba (outra que deve ser feita como passeio).

Também dá para chegar em San Martín de Los Andes de ônibus. A empresa Albus tem três horários, diariamente, saindo de Bariloche e Villa La Angostura.

Mariana viajou a convite da NeuquénTur.

Leia mais:

124 comentários

Lillian Brandão

Adorei San Martín de los Andes. Estive lá em Janeiro/2012. Fui pela Rota dos Sete Lagos e voltei pelo Paso Córdoba. Fizemos um passeio super interessante para o Parque Lanín para conhecer os lagos e o vulcão Lanín. Recomendo demais esse passeio.

Natália
NatáliaPermalinkResponder

lindo!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Perfeito, favoritado!
Obrigada!

Tina
TinaPermalinkResponder

Parabéns, excelente post!
Kiss

Marilia Boos Gomes

Estive recentemente - outubro 2012 - em San Martin de Los Andes; fiz o mesmo trajeto que a Lilian Brandão, exceto o passeio para conhecer o Vulcão Lanín. Também recomendo este trajeto a quem tiver oportunidade. Fiz este passeio por intermédio de uma empresa de turismo; qual o resultado? Chegamos a San Martin, almoçamos e retornamos para Bariloche. Na próxima, pernoitarei em San Martin para conhecer um pouco mais a região.

Giselle
GisellePermalinkResponder

Realmente este lugar é deslumbrante! ótimo post com dicas bacanas, muitas coisas passaram despercebidas por mim quando estive lá, que pena!

Valéria Garcia

Para fazer o passeio San Martin do los Andes e vila la Angostura quantos dias vc recomenda?
Estou pensando em ir em fevereiro.

Abraços!

Valéria

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valéria! Pense em pelo menos 3 dias para San Martín e dois para Villa La Angostura. A partir disso, quanto mais, melhor.

Daniel Martins

Estive em San Martin em agosto último, vindo de carro alugado de L'Angostura pela Rota dos Sete Lagos. Fiquei com a família e amigos por 5 noites e foi incrível. Gostamos mais de San Martin do que Bariloche, o que inlcui a estação de Chapelco, muito bonita e de proporções bem mais aconchegantes para quem não é bem avançado nos esportes e neve.
Há muitas opções de hospedagem na região central da cidade, bem chramosas, com bons preços, enfim, tudo muito bom.
A casa de chá Arrayán é um lugar realmente incrível. Que luagar. Que vista!
A noite é bem fraca mesmo. Para familías com filhos pequenos, que gostam de um rítmo mais tranquilo, San Martin é sensacional, nosso grupo preferiu à Bariloche.

Eleni
EleniPermalinkResponder

OI Daniel, vc tem indicação de lugar em San Martin? Estamos indo em agosto agora. 4 adultos e 3 crianças (2 de 4 anos e 1 de 8 anos). Parece-me que criança acima de 2 anos já conta como adulto, é verdade? Se vc puder ajudar, agradeço. Obrigada.

Erik
ErikPermalinkResponder

Olá,
Alguém poderia me passar informações mais detalhadas sobre passeios e hospedagem?
Obrigado

Camila Guerra
Camila GuerraPermalinkResponder

Fiquei com pena do tempo estar tão ruim e não termos ficado mais na cidade. Tínhamos programado uma visita ao Cerro Chapelo também, mas acabamos desanimando.
De qualquer forma, valeu muito fazer a rota dos 7 Lagos até SM e o retorno a Bariloche por Rinconada. Considero imperdíveis.
Adorei mais ainda ver nossos links aí no post! \o/
Obrigada!!! smile
[]'s

Explora Viagens

Viagens em grupos e individuas para toda a Patagônia

http://www.exploraviagens.com/br/busqueda/tipo/viagens-em-grupo

Mônica Zavaglia Souza

Olá... Meu marido e eu estamos planejando uma viagem de carro até a patagônia argentina.. pensamos em 15 dias (moramos em Santa Catarina)
Porém não estamos encontrando muitas informações a respeito da viabilidade de uma viagem de carro no final do mês de maio início de junho. Inicialmente pensamos em ir até Perito Moreno...Porém será q em Puerto Madryn... já conseguimos ver neve???
Estamos ainda sem roteiro montado... estamos buscando indicações sobre melhor época para ir de carro....
Vc tem alguma recomendação?? Indica??? Queremos neve.. porém estamos com receio do perigo de neve no asfalto... E tbm se as estrada são boas??
Qual seria a melhor época para pegarmos neve.. porem sem tantos riscos para nós... que não temos nehuma experiência em dirigir na neve?? heheh
Abraços
Mônica

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mônica! El Calafate está a 4.800 km de Florianópolis. Está mais longe do que Belém do Pará, que fica a 3.600 km de Floripa. Você já pensou em ir ao Pará de carro?

A Patagônia é esparsamente povoada, há poucos postos de gasolina. É uma viagem para quem tem espírito de rali, não é turismo.

Recomendamos ir de avião.

Lali
LaliPermalinkResponder

Eu ameeeei o Cerro Chapelco! Achei o mais bacana de todos! Não sei bem explicar porquê, mas tinha uma energia diferente... Muita gente jovem e bonita, tudo de muito bom gosto... Fora o trenó de Huskies que é o máximo para crianças e adultos! Tem um kids club para crianças de todas as idades e a partir de 3 anos elas já podem até fazer aulas de esqui. Acabei não chegando até San Martin, fomos pela Rota dos 7 lagos (deslumbrante), apenas até Chapelco, que é um pouquinho antes. Mas confesso que fiquei na pilha de ficar hospedada por lá. Mas a opção é ficar em Villa la Angostura e ir até Chapelco (como fizemos), também compensa, já que a estrada é um capítulo à parte, de tirar o fôlego e super rápida!

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Eu estou com uma viagem programada para San Martin de Los Andes em Julho, onde pretendo passar de dois a três dias com a família e mais uns quatro em Bariloche. Temos passagem marcada de retorno para o Brasil saindo de Temuco no Chile e o plano é seguir de San Martin para Pucon. A minha dúvida é se há ônibus ou o Cruce no inverno entre as duas cidades e se a frequência é diária?
Abç
Marcelo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! O Cruce é uma má idéia para ir a Temuco. Há ônibus que saem de San Martín a Pucón e Temuco diariamente. Compre ao chegar.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Boa tarde!

Estou programando de ir para Villa La Angostura na primeira semana de julho passar minha lua de mel. Porém não encontro nada sobre a abertura de temporada para este ano.
É provavel que a pista esteja aberta certo? Vou me hospedar no Hotel Correntoso mas também ainda não liberaram as tarifas pro inverno...
Poderia informar quando essas informações serão liberadas e também alguma empresa que organize passeios por lá?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! A abertura das estações é anunciada em cima da hora mesmo, porque depende da neve. Veja as datas em que abriram no ano passado: https://www.viajenaviagem.com/2012/06/esqui-2012-chile-argentina/

Peça recomendações de empresas de passeio para o seu hotel smile

Arnaldo
ArnaldoPermalinkResponder

No dia 25 de Junho o Cerro Bayo em Villa La angostura não estava aberto para esquiar, más o Chapelco está com neve desde o inicio de Junho.

Monica Saraiva

Ricardo,
Eu e meu marido estamos pretendendo conhecer El Calafate e Torres del Paine, de carro, em maio. Depois de ler alguns comentários em seu site sobre os problemas enfrentados nas fronteiras, começamos a pensar em desistir. Não gostamos de viajar de ônibus. Ainda continua sendo problemática a travessia com carro alugado?
obrigada e parabéns pelo seu fantástico trabalho.
abs,
Mônica S.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica! O problema das travessias são 1) conseguir alugar um carro numa locadora que deixe atravessar a fronteira; 2) enfrentar a burocracia terrível nas fronteiras entre Argentina e Chile, que não são fáceis nem para passageiros comuns. Isso não muda nem mudará.

Walter
WalterPermalinkResponder

Fiz em janeiro/2015 de Punta Arenas -> Puerto Natales -> Torres del Paine -> El Calafate tudo de carro alugado (avisei na locadora 1 mês antes). Bem legal, sempre passando pela fronteira de Don Guilhermo, apesar das filas na fronteira e o chá de cadeira, foi sussa passar com Carro e meus dois filhos! smile Na argentina rola um "descaso" maior, eles mal olham na sua cara, no chile eles as vezes até sobem com cachorro no carro procurando algo... mas tranquilo!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Walter! Onde você devolveu o carro? Tirou no Chile e devolveu na Argentina ou voltou ao lugar onde retirou?

Elaine
ElainePermalinkResponder

Há uns 3 anos eu fiz esta viagem, aluguei o carro em El Calafate e devolvi na mesma cidade. Não tive problemas nas fronteiras, foi tudo tranquilo. Aluguei o carro com a condição de poder sair do país, na locadora Dubrovnik.

Roman
RomanPermalinkResponder

Monica, acho que isso é lenda. Fiz essa viagem neste verão. Aluguei carro em Punta Arenas, conheci todo o sul da Patagonia e terra do Fogo: Ushuaia, Torres del Paine, Calafate, El Chaltén, Costa Atlantica (nao deixe de visitar o Parque Monte León, imperdível!). Atravessei várias vezes a fronteira Chile-Argentina, NUNCA tive problemas. O melhor lugar do mundo para conhecer de carro. É só avisar na locadora e pagar. Mas se nao quiser, prefira só a Argentina. Tem muito mais para ver.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Olá! Estou indo para San Martin participar da Patagonia Run. Meu voo vai até Bariloche. Minha dúvida é: mesmo sendo em época de frio (abril), é possível dirigir com segurança entre San Martin e Bariloche?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! O problema neste trecho é só a neve, que não haverá em abril.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Oi, ganhamos de brinde da RCI um passeio para San Martinde Los Andes, que deverá acontecer até 10 de junho, nesta época temos neve? temos outros passeios? Ou devo tentar trocar o destino.(Só conheço Bariloche.) Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! A Mariana viajou fora de temporada (veja o relato acima). A cidade é encantadora, mas é mais viva durante a temporada de inverno ou de verão. Só dá para ter garantia de neve a partir de julho.

Pedro santos
Pedro santosPermalinkResponder

ola gostei muito de tudo oque eu li sobre roteiros pois moro em porto alegre e pretendo viajar de carro pra patagonia no mes de setembro, estarei indo sózinho pois não tenho comp.pra quem ja fez esta viagem pode mefalar se eu estou maloco em ir sozinho,minha viagem sera só passeio não tenho dia pra voltar.grande abraço valeu as dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Informe-se sempre sobre postos de gasolina, que são bastante esparsos na região. Esteja sempre abastecido.

Gloria
GloriaPermalinkResponder

Olá! Parabéns pelo site, tem ótimas dicas. Vamos a San Martin na primeira semana de julho e temos duvida sobre a conveniencia de alugar um carro ou contratar os passeios pelas operadoras locais. Não temos nenhuma prática em dirigir na neve, é possível fazermos com segurança os trajetos do Vulcão Lánin, Quila Quina, 7 Lagos?
Vale a pena fazer o passeio lacustre para Hua Hum nesta época?
Para visitar Chapelco já decidimos ir com as operadoras. Um abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gloria! Em julho haverá capa de gelo em algumas estradas montanhosas, e a Rota dos 7 Lagos deve estar fechada. Use os tours organizados, será mais tranqüilo e proveitoso.

Gloria
GloriaPermalinkResponder

Obrigada! na volta com certeza postarei comentários, não vejo a hora de chegar lá. Abs

celia
celiaPermalinkResponder

Olá

Tenho acompanhado muitas notícias sobre Valle Nevado.Mas não achei nada sobre Las Lenas ...Será que não procurei direito?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Celia! O que temos sobre Las Leñas, inclusive links para o Facebook, está aqui:
https://www.viajenaviagem.com/neve-2013

Thaís
ThaísPermalinkResponder

Olá, estou me programando para ir a um congresso em San Martin de Los Andes no mês de novembro. Estou com duvidas sobre a viagem aérea, sairei de Recife, então pergunto, para que aeroporto seria melhor? Gostaria de ficar uns dois ou 03 dias a mais para conhecer mais alguma cidade por perto. O que recomendaria? Grata!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thaís! Veja se estará funcionando na época a rota Buenos Aires-San Martín de los Andes (Chapelco), pela Aerolíneas. Você precisará de pelo menos dois dias sem congresso para visitar a própria San Martín -- fazer passeios pelo lago e a Rota dos 7 Lagos até Villa La Angostura. Bariloche está a 3 horas de carro ou 4 horas de ônibus, mas é recomendável ter pelo menos 3 dias inteiros para passear por lá.

Andrea Gonçalves

Acabo de voltar de San Martin e é o melhor lugar do mundo!!Muita neve, muito ski e tudo maravilhoso.Excelentes as dicas no VnV.Algumas dicas minhas: fiquei no LA MASIA, excelente custo benefício e localização maravilhosa.A noite, Ku, Pizza Callas(as melhores empanadas da cidade e futebol na tv), fondue da Beth e Don Florencio. Troquei dólares na Araucaia(loja de turismo e cambio) a 7,50 sem parecer nada "clandestino".Tudo rápido, no balcão da frente, sem problemas.E para ir todos os dias para Chapelco, fazer passeios e até combinar que peguem no aeroporto, peguei o melhor guia da cidade, Alejandro da Pireco turismo.Muito pontual, prestativo e dá todas as dicas possíveis.Vale a pena ir para San Martin.

Meire
MeirePermalinkResponder

Chegando no aeroporto é fácil pegar translado para hotel(Patagonia) no centro da cidade ou é melhor já contratar daqui?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Meire! Há táxis no aeroporto, não se preocupe em pré-arranjar traslado.

Andrea Gonçalves

Meire,acabei de voltar de lá e pelo que vi. há sim taxis no aeroporto, mas são carros pequenos e velhos além de serem poucos.Prefira sim já coordenar daqui, será mais confortável.Espero ter ajudado.Vai amar San Martin, é lindo demais.Aproveite.

Antonio Carlos

Boa tarde Andrea estou fechando um pacote para ir a San Martin para skiar , o pacote é de 7 dias ,só temos um problema minha esposa não gosta de skiar , me ajuda ai tem alguma coisa para ela fazer enquanto estivermos na pista

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio Carlos! Além do esqui, em Chapelco há outras atividades como trenó, caminhada com raquetes e moto de neve. Esperar lá em cima pode ser entediante para quem não vai praticar nenhum esporte. Se for o caso de sua esposa, há outros passeios para fazer em San Martín e arredores, para aproveitar mais o tempo. Veja dicas no post acima.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá Boia, será que você sabe me informar se, da mesma forma que em BsAs, se aceitam dólares e reais com facilidade em San Martin? Ou precisarei comprar pesos em BsAs antes de embarcar para lá? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Não sabemos ao certo, mas acreditamos que reais não tenham tanta aceitação em San Martín não. Para lá é melhor levar dólares.

Andrea Gonçalves

Pela minha experiência sim, são bem aceitos sim.E bem trocados no comércio local.Claro que os dólares são trocados mais facilmente, mas os reais são bem aceitos também.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Boa tarde!
Pretendo ir a San Martín no começo de setembro, mas não encontro passagens aéreas por preços acessíveis e nas datas que quero pousando direto em Chapelco. Assim, queria saber se, ainda que esteja fechada a rota dos 7 lagos (por conta do frio q está esse ano!), é possível chegar até lá através de Bariloche?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! No inverno o trajeto entre as duas cidades é feito pela rodovia, como está escrito no post.

Valeria Pinheiro

Boa noite,

Penso em ir a San Martin no final do ano, no período do reveillon. Mas pelo que foi postado não há vida noturna na cidade. Além de restaurantes, o que há mais de diversão à noite na cidade para pessoas solteiras ?
Existe programação diurna variada na cidade ou proximidades para uma temporada de 8 dias ? O que vocês indicam ?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valeria! San Martín tem uma noite animada, sim, na temporada, com bares e balada. Réveillon é epoca de cidade cheia (público argentino), haverá bastante opção.

Valeria
ValeriaPermalinkResponder

Obrigada pela atenção !
Mas precisamos saber mais um detalhe , a vida noturna é mais voltada para adolescentes ou tem espaço para adultos mis maduros ? Quais tipos de locais seriam para adultos ?

Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valeria! Nas estações argentinas, a balada é mais jovem. Mas há bares nos quais você se sentirá bem.

regina
reginaPermalinkResponder

Gostaria de saber da ida a San Martin em novembro. É viável ou estará sem infraestrutura por causa da época? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Não haverá neve. Os passeios funcionarão.

luciane
lucianePermalinkResponder

Olá Boia, vamos para a região dos lagos no final do ano e já tenho definido que ficarei 3 noites em Bariloche, 2 noites em San Martin de Los Andes e 2 noites em Pucon, de onde retorno para a Argentina. Estaremos com carro alugado. Minha grande dúvida é decidir onde fico as duas últimas noites: San Martin, Villa Angostura ou Bariloche. Nosso perfil: somos um casal, vamos fazer trekking - inclusive subir o Villarrica - apreciamos lindas paisagens, excelente comida e vamos ficar em hotéis bem confortáveis. Por gentileza, me informe a tua opinião.
Muito obrigada, Luciane

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciane! Aumente uma noite em Pucón e passe o último dia antes de voltar em Villa La Angostura, sem atividades, só para curtir um super-hotel como o Las Balsas ou o Correntoso antes de voltar.

luciane
lucianePermalinkResponder

Olá Bóia, adorei a dica, muito obrigada!!
Luciane

Margarete
MargaretePermalinkResponder

Oi. Pretendo ir esquiar em meados de junho - 17 a 22. Onde posso encontrar neve para esqui? Grata,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Margarete! Em Ushuaia:

https://www.viajenaviagem.com/neve-2013

Augusto
AugustoPermalinkResponder

San Martin de Los Andes necessita de pelo menos um dia e uma noite. A cidade iluminada é imperdível.

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Olá!
Estou procurando hospedagem em San Martin para o mês de julho em sites como Decolar, mas sempre aparece uma mensagem de que mais de 90% dos hotéis estão esgotados! No entanto, quando entro em contato diretamente com os hotéis/pousadas, recebo o retorno de que as tarifas para o referido mês ainda não estão definidas. Vocês sabem como funciona esse processo entre as pousadas e os sites de busca? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisa! Os hotéis usam um mix de canais de vendas. Nem todos os apartamentos ficam disponíveis em sites de reservas. O preço também pode variar (inclusive estando mais barato nos sites de reserva).

Augusto
AugustoPermalinkResponder

Sabe dizer quanto custa a passagem de Pucon para San Martin?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Augusto! Segundo o site http://www.plataforma10.com , buscador de passagens argentino, pela empresa San Martín sai 180 pesos argentinos e leva 5 horas.

Laerte Pessoa Cardoso

A Boia,

Não posso ir de junho a setembro a San Martin, qual o melhor mês fora desse período?

Gentileza enviar resposta por e-mail.

Atenciosamente,
Laerte

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Laerte! Todas as nossas respostas são dadas aqui no site. Não podemos responder por email.

A melhor época para visitar a cidade está no tópico "Quando ir" do post acima wink

katy mary abreu andrade

gostaria de saber se em inicio de setembro e facil transitar entre bariloche, pucon e san martin de los andes de carro alugado no aeroporto de bariloche. E se a rota dos sete lagos fica transitavel nesta epoca. Muito obrigada e aguardo a resposta em meu email.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katy! Em setembro ainda deve haver neve, o que deixa a rota dos 7 Lagos insegura para carros comuns. Nas outras estradas, é bom torcer para não haver capa de gelo. Nesta época, o mais responsável é fazer passeios com ônibus de linha,remises ou agências.

Mauricio gomes de almeida

Olá,boa noite!Realmente San Martin é tudo de bom,já tive oportunidade de ir por 2 vezes,adorei! Gostaria de obter informações de como conseguir um pacote seguro e econômico através da internet por 10 noites.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maurício! Não acreditamos que você conseguirá pacotes para San Martín. Compre passagens e hospedagem à parte. Você encontrará "cabañas" (flats equipados) no Booking.

Teresa
TeresaPermalinkResponder

Olá Gostaria de saber se eu for esquiar tem hostel ou albergues para viajantes individuais . Se tem deslocamento para as Chapelco sem carro.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Teresa! Sim, há ônibus entre a cidade e Chapelco. Veja albergues na cidade:
http://www.portuguese.hostelworld.com/Albergues/San-Martin-De-Los-Andes/Argentina

Teresa
TeresaPermalinkResponder

Olá Gostaria de saber se eu for esquiar tem hostel ou albergues para viajantes individuais . Se tem deslocamento para as Chapelco sem carro. Em Agosto a neve é boa?

Fabíola Simões Ferrari

Olá, gostaria de saber como é o reveillon em San Matin, acontece algum tipo de evento? É animado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabíola! Não temos relatos de leitores sobre o Réveillon de San Martín de Los Andes. Há fogos no Lago Lácar e devem acontecer festas nos restaurantes e bares.

Gabriela Barreto Trucco

Boa noite,

Estou pensando em fazer o seguinte roteiro em dezembro:
Santiago - Pucon - San Martin de Los Andes -Buenos Aires. Gostaria de saber quantos dias vocês recomendam em San Martin de Los Andes. Vocês tem informação de onibus de San Martin para Buenos Aires? Será que é melhor ir até Bariloche e de lá pegar ônibus para Buenos Aires?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! É bastante provável que haja ônibus de San Martín para Buenos Aires; pesquise em http://www.plataforma10.com (para Buenos Aires, escreva "Retiro", que é o nome da rodoviária central).

Pense em pelo menos 3 dias inteiros para San Martín.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Olá. Vou à Buenos Aires em novembro próximo e quero passar uns dias em San Martin de Los Andes. Alguém poderia me informar como costuma ser a temperatura nesta época (de dia e de noite)? Gostaria de saber( mais ou menos) os valores das entradas dos Parques e demais passeios. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! As temperaturas ainda estão um pouco baixas em novembro. Para saber as médias históricas de temperatura em San Martín, veja o World Weather Online: http://www.worldweatheronline.com/San-Martin-De-Los-Andes-weather-averages/Neuquen/AR.aspx

Para preços dos passeios, clique nos links do post acima, para entrar nos sites específicos.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Muito obrigada. Valeu pela orientação. wink

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Olá,

Muito úteis as informações sobre a região dos lagos andinos argentinos. Viajarei com meu esposo entre 26/12 e 06/01/15. Gostaríamos de sugestões sobre:
a) divisão das 11 noites entre Bariloche, San Martín e Villa La Angostura, considerando que pretendemos dormir um noite em Puerto Varas para fazer o Cruce de Los Lagos;
b) caso não queiramos alugar carro qual seria a melhor logística para fazer a Ruta de Los Siete Lagos e Paso Córdoba, além do traslado entre as três cidades;
c) dicas de operadoras de passeio nas três cidades.

Desde já agradeço a atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natalia! Há várias dicas de leitores sobre uma viagem pelos destinos aqui - https://www.viajenaviagem.com/2013/11/verao-bariloche-dicas e mais algumas sobre a Rota dos 7 Lagos aqui - https://www.viajenaviagem.com/2010/03/san-martin-de-los-andes-rota-dos-7-lagos-e-paso-cordoba/

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Ola, Natalia
Farei uma viagem muito parecida com a de voces na segunda quinzena de janeiro, com minha mulher e filha pequena: 10 noites em Bariloche, Villa Angostura e San Martin.
Tambem estou em duvida com a logistica de transporte pra fazer a Rota dos 7 Lagos e o Paso Cordoba.
deixe te perguntar: vc ja chegou a alguma solução satisfatoria?
obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Faça tudo de carro mrgreen

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Olá, Boia
Acabamos de voltar de nossa viagem.
E, agradeço às dicas que peguei aqui no VnV: a viagem foi perfeita!
A região, no verão, vale muito a pena: Dias quentes, sem chuva, anoitecer às 22:00.
Ficamos hospedados 3 noites em Bariloche no Villa Huinid, km 2.5 da Costanera do lago Nauel Huapi, excelente escolha, num quarto com vista incrivel para o lago.
Alem do Circuito Chico, optamos pelo passeio lacustre ate Puerto Blest e Lago Frias, ao inves do mais tradicional ate a Isla Victoria e Bosque Arrayanes.
Fomos de taxi para Villa Angostura, 3 noites hospedados no Antuquelen, que tem a melhor piscina aquecida que ja vi!
Navegamos ao Bosque de Arrayanes no ultimo barco do dia, às 17:00, quando a luz do sol do final de tarde deixa a atmosfera do bosque ainda mais magica e onirica.
Pegamos praia no Lago Correntoso, talvez a mais bonita e de aguas com temperatura mais morna de toda a região dos lagos.
Comemos a famosa massa do Nicoletto, muito boa , e uma excelente parrilla no Chop Chop. E, todo fim de tarde, batiamos ponto nas mesas ao ar livre do pub Finnegan.
Fomos de taxi pela Ruta de Los 7 Lagos e a estrada está quase toda já asfaltada, sobrou apenas uns 11 kms de ripio.
San Martin de Los Andes é mesmo o ponto alto da viagem: de longe, é a mais encantadora das 3!
A Antares foi nossa opção de hospedagem , localização excepcional entre o centrinho e o lago, com ambiente e serviço elogiaveis.
Jantamos no El Regional e no Ku (eu sei, eu sei...) e "flanamos" (palavrinha que o Riq adora usar) pela cidade, curtindo a atmosfera do lugar, que estava animadissima, por ser um sabado e domingo da temporada de verão, com feirinhas de arte , artistas e musicos se apresentando na praça principal e pelas calçadas.
Voltamos para Bariloche, num transfer particular de SUV 4x4 , via Paso Cordoba e tambem tive a mesma impressão do Riq: é mais cênico e aventuresco que o 7 Lagos (que , se ganhou rapidez e segurança com o asfalto, deve ter perdido grande parte da graça de quando era todo em ripio...).
Mais 2 noites em Bariloche, para um cool down antes de retornarmos pro Brasil, onde fizemos um programa muito brega e sobre valorizado (ir no Bar de Hiello) e outro descolado e ainda não descoberto pelos turistas brasucas (comer "Entrañas" na Parrila Alto el Fuego), que foi o melhor churrasco que comi na vida!
Nesta nossa primeira viagem para lá clicamos os lerês obrigatorios. Voltaremos num outro verão para curtir o Lado B, sem a obrigação de ir pros highlights, teremos tempo para aproveitar todas as atividades e passeios outdoors de verão que a região oferece. Ate mergulho nas aguas transparentes e cheias de peixes dos lagos dá pra fazer!

Unico ponto negativo da viagem: realmente a qualidade da Aerolineas Argentinas deixa muito a desejar: É o purgatorio que temos que passar para chegar até aquele Paraíso...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Obrigada pelo relato!

gustavo
gustavoPermalinkResponder

estamos marcando uma viagem entre amigos no periodo de final de março a meio de abri de2015.vamos de carro, li nos post que tem poucos postos de gasolina no caminho passaremos por santa rosa que é onde ja conheço. Queremos pescar, alguma dica sobre guias de pesca? que nao seja muito caro?
obrigado
gustavo

gustavo
gustavoPermalinkResponder

e e tambem gostaria de saber sse nao eh possivel ver neve nem nas montanhas somente para paisagens?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Você poderá ver neve no topo dos cerros mais altos, como o Tronador. Dê uma olhadinha em foruns de pescadores, é um tipo de informação específica que não vale a pena procurar em sites de turismo genérico.

Vander
VanderPermalinkResponder

Quem pretende alugar carro na argentina e atravessar para o chile, alugue pela EUROPCAR, aluguei por 23 dias sai de Buenos Aires passei pela rota 3 ate ushuaia e depois por el Chaten ate San Martin, nao tive nenhum problema na fronteira e muito menos nas estradas que sao otimas ate mesmo as estradas de ripio que passei sao melhores que nossas estradas de asfalto. Qto a estrada chengando a San Martin] ela e otima] e so ir devargar pois ela tem muitas curvas, pelo 7 lagos
Fui em marco ha paguei 100 us$ pela autorizacao para atravessar a fronteira.
E claro que este e um outro tipo de passeio que sai fora totalmente dos roteiros das agencias mais para nos foi inesquessvel.

Luis
LuisPermalinkResponder

Olá, Bóia! Eu e minha esposa vamos à Bariloche na segunda semana de julho/15. Como temos idéia de passar uma noite em San Martín de Los Andes, tenho dúvida quanto ao trajeto. Estamos programando ir de carro alugado pelos lagos, mas, pelo que vi aqui, pode ser impossível se houver neve. Se a Rota estiver fechada o que me sugere? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luis! É possível ir pelo asfalto. A viagem é mais longa, mas a pista não costuma fechar.

angela scheliga

Estou indo para Buenos Aires, Bariloche, San Martin e Villa Angostura entre 28 de setembro e 11 de outubro. De BA iremos a Bariloche por uns dias e teremos que voltar ao Brasil por BA tb. Qual seria o roteiro mais adequado a partir de Bariloche?
Obrigada!!
abs
Angela

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Angela! Durma duas noites em Villa La Angostura e duas noites em San Martín de los Andes. Se puder, voe de volta desde Chapelco, para não precisar voltar a Bariloche.

Antônio Lima
Antônio LimaPermalinkResponder

Amei sua explanação!Assim que terminar meu curso de turismo no Senac em Janeiro vou para San Martín buscar uma empresa de turismo para trabalhar e morar nesta cidade,Ammmeiii este lugar!!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar