Irlanda do Norte: desvendando Belfast

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Muros de Belfast

[Belfast]

Enviada especial | Mô Gribel

Antes de tudo, preciso dizer que não havia mais conflitos entre católicos e protestantes desde 1990 na Irlanda do Norte.

Em dezembro de 2012 eles voltaram por causa da decisão de não mais hastear a bandeira britânica todos os dias. A partir de agora, só em datas comemorativas, decisão essa apoiada pelos católicos e abominada pelos protestantes, orgulhosos de fazerem parte do Reino Unido.

Para nós que vivemos em um país multi religioso-cultural-político é difícil compreender que em uma cidade as pessoas se odeiem por isso. Por lá existem os bairros católicos, os protestantes e o Centro da cidade, onde todos vivem em paz e os muros não são pintados a favor dos ideais deste ou daquele grupo.

Dito isso, pode ‘desarregalar’ os olhos e vir comigo porque a cidade vale e muito a pena! Eu voltei apaixonada e lá nem é terra de Bono Vox, tá?

Belfast faz parte do Reino Unido e a moeda lá é a libra esterlina, o que faz dela ser um tiquinhozinhoico mais cara que Dublin. E porque estamos falando de Dublin? Oras, porque juntar as duas numa única ida à Irlanda é essencial, gente!

As duas cidades estão a 170 km de distância e a viagem de trem leva cerca de 2 horas. Você parte da Connolly Train Station em Dublin e desce na Belfast Central Train Station. São 10 saídas diárias e as passagens podem ser compradas do Brasil diretamente no site TheTrainLine.com. O trem é confortável e entre Dublin e Belfast estão os campos irlandeses com a grama mais verde que você vai ver nessa vida.

Agora vamos passear!

Os murais de Belfast

Há muros separando bairros católicos dos protestantes que tem a promessa de serem demolidos até 2023. Mas antes disso ainda há muito o que discutir e acordar sobre tolerância, religiosa e política. É um longo caminho.

Falls Road, Belfast

Falls Road, Belfast

[Falls Road]

Nós vimos um pequeno exemplo na Falls Road: um dos mais famosos, o ‘Gernika’, que agora estampa em seu centro um ‘Adiós, Amigo’ e uma pintura de Hugo Chávez (!!!).

Os muros têm pinturas que falam sobre tudo, de política à economia. O conflito está lá, em forma de grafitti e arte, como uma forma de protesto pacífico, mas também provocativo.

Belfast City Hall

Belfast City Hall

[Sede da prefeitura]

É a magnífica sede da prefeitura. Iluminada, à noite, é uma visão imponente. Esta iluminação muda de cor nove vezes neste ano, em datas comemorativas.

Belfast City HallBelfast City Hall

Mármores, vitrais, salões de festa e uma escadaria linda são algumas das atrações.

Ah, e tem uma cópia do prédio em Durban, na África do Sul.

Visitas:
De 2ª a 6ª feira, das 8h30 às 17h, com tours guiados gratuitos às 11h, 14h e 15h. Aos sábados, o tour sai às 14h e 15h.

The Crumlin Road Gaol

Crumlin Road Gaol

[Prisão Crumlin Road Gaol]

A Crumlin Road Gaol foi fechada em 1996 e então restaurada após 150 anos de reclusão, conflito e execuções. Passaram por lá homens, mulheres e crianças que viveram dentro de suas paredes por causa da segregação política de prisioneiros republicanos. É um tour para os fortes.

Lá dentro você passa pelo túnel que ligava o Tribunal às celas, visita as celas agora restauradas e ambientadas como uma prisão do século XIX e também a cela pré-execução. E então vê a forca onde morreram 17 condenados (o último em 1961). Eu já disse que era um tour para os fortes?

Crumlin Road GaolCrumlin Road Gaol

Saí de lá com a sensação de ter sido mastigada e pisoteada por cangurus. Mas o prédio é lindo, a restauração foi impecável e só não compreendi por que nosso guia sorria tanto. Não me pareceu adequado, sabem?

Aberto todos os dias, com o 1º tour às 10h e o último as 16h30.

Preços em outubro 2013: adultos - £7.50, grupos com mais de 8 pessoas - £5.00 por pessoa. Há pacotes familiares (2 adultos e 2 crianças) por £22.00, mas acho altamente recomendável não levar crianças com menos de 16 anos. Eu já falei que é um passeio para fortes? Fiquei tão impressionada!

Ulster Museum

Ulster MuseumLocalizado no Belfast’s Botanic Gardens você pode imaginar os lindos jardins que estão no quintal deste museu? O Ulster é o maior da Irlanda do Norte, passou por uma reforma e foi reinaugurado em 2009.

Moderno, bacanudo, com muito vidro e em um prédio pra lá de arrojado, ele reúne arqueologia, etnografia, história local, botânica, geologia e uma exposição de vestuário desde o período georgiano até os dias atuais.

De 3ª feira a domingo, das 10h às 17h. É grátis.

SS Nomadic

SS Nomadic

[SS Nomadic]

Os irlandeses se referem ao Nomadic como ‘she’ todo o tempo. A irmãzinha do Titanic é a única sobrevivente da White Star Line e está toda formosa, restaurada e linda, na histórica Hamilton Dock, de frente para o Titanic Experience.

Nomadic foi construído em 1911 nos estaleiros de Belfast e tem ¼ do tamanho do RMS Titanic, mesmos materiais e luxo e os dois foram lançados ao mar no mesmo dia. Ele levou passageiros da 1ª e 2ª classe do cais raso em Cherbourd para o Titanic. Nomadic era uma embarcação auxiliar.

SS Nomadic

Essa foi a parte glamourosa da história dessa simpática embarcação. Daí em diante, esteve em 2 guerras mundiais, voltou a transportar passageiros para navios luxuosos e por fim foi restaurante em Paris por 30 anos. Quando ia ser desmontado e virar sucata, voltou a Belfast num esforço da National Historic Ships para ser restaurado.

De outubro a março, das 10 às 17h. De abril a setembro, das 10 às 18h. Abre de 3ª a domingo.

Preços em outubro 2013: adultos - £6.50, crianças (5-16) - £4.00, estudantes e aposentados - £5.50. Menores de 5 anos não pagam. Há ingressos familiares: 2 adultos + 2 crianças - £17.00

Titanic Belfast

Titanic Experience

[Titanic Experience]

Chamado de Titanic Experience e não Titanic Museum, esse grandioso tributo ao Titanic é uma experiência espetacular.

Ao custo de £97 milhões (Gente, são libras! Ó o caminhão de dinheiro que isso custou!), em um prédio lindo de morrer que te faz ter a sensação de estar de frente com o navio, este museu (espaço, experimento, tributo, chame como quiser) reúne 4 andares e 9 galerias de tudo relacionado ao Titanic.

Titanic Experience

Tem camarote da 1ª classe, vídeo com o lançamento do navio, bote salva-vidas, as plantas do navio, a última foto antes do desastre, um tour com vídeo em 3 telas gigantescas desde os porões até o deck superior e mais a vida no início do século XX, os cartazes da White Star Line, etc. Um passeio que pode levar uma tarde inteira e um pouco mais se você se sentar e contemplar a vista, que também é linda.

Incrível!

De outubro a março, das 10h às 17h. De abril a setembro, das 9h às 19h. Aberto todos os dias.
Preços em outubro 2013: adultos - £14.75, crianças (5-16) - £7.25, sênior (60+) 2ª a 6ª feira - £10.50, sênior (60+) sábados e domingos - £12.50. Pacote familiar - £37.00. Menores de 5 anos não pagam.

Causeway Coastal Route e Giant’s Causeway

Causeway Coastal Route

[Causeway Coastal Route]

Foi disparado o melhor passeio que fiz na(s) Irlanda(s). Um sonho que vou tentar contar para vocês, mas multipliquem várias vezes meu entusiasmo.

Avisaram que ventava e que o tempo era meio instável na região. O que eu não esperava era passarmos do temporal ao dia de sol com nuvens e arco-íris que insistiam em brotar a cada 10km, muitas vezes em aparições duplas.

Causeway Coastal RouteCauseway Coastal Route

Mas o vento era de pré-furacão (exagerei, mas era quase isso) e uma rajada balançou nosso ônibuszinho deixando todo mundo apreensivo.

A Causeway Coastal Route é uma estradinha liiiiiiinda que vai ao lado do mar e que uma hora está no nível dele e pouco depois está em cima de um platô de onde se vê falésias. Então ela volta para o interior e você passa por lindas e pequeninas cidades com casinhas de contos de fadas e campos de verde irlandês e quando já está quase morta de tanto amor por esse local, ela põe um castelo no seu caminho, o Dunluce.

Castelo Dunluce

[Castelo Dunluce]

São 90 km de Belfast a Bushmills pela costa e pouco mais de 60km pela entediante autoestrada expressa cheia de pistas. Por isso vá pela costa e volte pela autoestrada. smile

Não pudemos ir na Carrick-a-Rede, aquela ponte de cordas que os pescadores construíam para observar salmões. Ela liga uma falésia a uma ilha de rocha e está a 30m do mar e tem 20m de comprimento.

Carrick-a-Rede

[Carrick-a-Rede]

Lindo, mas agradeço ao deus grego Bóreas, responsável pelo vento frio e violento que não permitiu que nossa travessia fosse feita. Eu ia morrer de medo!

E então chegamos na Giant’s Causeway, que possui um centro de visitantes muito bonito, com uma lojinha ótima (mas não exatamente barata) e um café e restaurante para lanchinhos rápidos.

Giant's Causeway

[Giant's Causeway]

Do centro sai um ônibus que percorre cerca de 1,5km e deixa você na entrada de onde se começa a ver as formações. São cerca de 40 mil colunas de basalto que formam um dos cenários mais bonitos que já vi nesse mundinho.

Giant's Causeway

A lenda irlandesa diz que um gigante irlandês queria brigar com um gigante escocês, porque é perto, a Escócia tá logo ali, sabe como é, eu tô achando que ele era ariano ou leonino que arrumam briga mesmo sem motivo (heheh). Como não havia barco grande o bastante para atravessar, o irlandês construiu a calçada que ligava os dois com colunas de pedras.

Aí o escocês valente aceitou a briga e partiu pra Irlanda, até que a esposa do irlandês viu que o homem gigante escocês era maior e mais forte que o marido. Ela mandou ele calar a boca e deixar de bobagem (ok, é possível que isso não tenha acontecido também) e o disfarçou de bebê.

Quando o escocês chegou na casa dos dois pensou: se o bebê é desse tamanho, imagina o pai!!! E fugiu correndo, destruindo a calçada. A outra ponta da calçada fica na ilha escocesa Staffa que é desabitada e não se vê gigantes por lá há muitos e muitos anos.

Giant's Causeway

É um lindo lugar, imperdível e um dos melhores passeios da Irlanda do Norte. Quero muito voltar e fazer os 90km em 3 dias. Apesar de todo o vento!

Preços em outubro 2013: adultos - £8.50, crianças - £4.25, família - £21.00.
Aberto todos os dias. Fica na 44 Causeway Road, Bushmills.

Esse passeio fechou com chave de ouro nossa visita à Irlanda. Descobri uma Dublin desencanada e festeira na alma e uma Belfast mais séria, competente, organizada. Amei as duas, cada uma do seu jeito, mas ambas encantadoras.

E pra finalizar:

Fiquei hospedada no lindão Ten Square Hotel em Belfast, que possui diárias a partir de £95.

Almoçamos, jantamos e recomendo:

Robinson & Cleaver Terrace – em frente a City Hall, comi o melhor papardelle da vida lá. Fica na 1-3 Donegall Sq North.

The Bar and Grill – uma carne que desmanchava na boca, couvert com pãezinhos, manteiga e azeitonas muito acima da média.Fica na 21 St James South.

The French Rooms – mistura de loja, empório, bistrô e jardim. Uma fofura, eu perderia horas explorando a lojinha. Fica em 45 Main Street, na fofa Bushmills.

Coppi – bonitão, descolado, cheio de gente bonita. Saint Anne’s Square, Cathedral Quarter.

The Crown Liquor Saloon – um pub lindo e totalmente diferente de todos que fui. Desde 1885 na 46 Great Victoria Street.

Mô Gribel viajou a convite do Tourism Ireland.

Leia mais:

34 comentários

Candida Silva
Candida SilvaPermalinkResponder

Fiquei a fim!

Luciana Betenson

Adorei Mô! Sempre um texto gostoso de ler. Beijos,

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Lu, obrigada!! smile

Maluesper
MaluesperPermalinkResponder

Mô, Parabéns! Seu texto é uma aula de história com lindas fotos. Queria muito saber mais sobre Belfast e as suas descrições foram perfeitas. Tudo anotado . Tomara que eu consiga ir logo conhecer "as Irlandas".

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ei, Malu! Você sempre gentil... Obrigada!
Eu torço para que você se anime e coloque Dublin e Belfast nos seus roteiros de viagem.

ROBERTO AGENOR

Qual melhor pais e sua cidade entre estes para se passar o Reveillon , Irlanda , França , Inglaterra , Suiça, Holanda e Belgica.
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! O réveillon é animado em Edimburgo, Escócia.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/reveillon-2014

Majô
MajôPermalinkResponder

Mô, o texto é leve e com descrições minuciosas para qualquer viajante imprimir e levar como guia.
Parabéns pelo belo post lol mrgreen

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Majô, querida! Obrigada!! smile

Sérgio Carvalho

Vou fazer bodas de prata em final de junho, estou pretendendo fazer um belo tour pela Inglaterra, Escócia e Irlanda. Quero ´pedir sugestões para essa viajem. Obrigado pela ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sérgio! A Mô também esteve em Dublin e tem outro relato publicado aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2013/11/dublin-dicas-passeios/

Veja tudo publicado sobre a Escócia aqui:
https://www.viajenaviagem.com/category/escocia/

Veja tudo publicado sobre a Inglaterra aqui:
https://www.viajenaviagem.com/category/inglaterra/

Página-guia de Londres:
https://www.viajenaviagem.com/europa/londres-ricardo-freire/

Lena
LenaPermalinkResponder

Oi Môzita!

Viajei de novo com você aqui smile Tão interessante o post todo! Ó céus, como faz, né, para incluir tantos desejos em tão pouca vida shock

Carla Tolosa
Carla TolosaPermalinkResponder

Eu nem quero ir, tá? ????

Giant’s Causeway e a Causeway Coastal Route | Por Onde Andei

[...] deste texto foi publicado no Viaje na Viagem primeiramente. Fui como enviada especial nessa viagem representando o VnV e convidada pelo [...]

Os muros de Belfast | Por Onde Andei

[...] deste texto foi publicado no Viaje na Viagem primeiramente. Fui como enviada especial nessa viagem representando o VnV e convidada pelo [...]

Pelas ruas de Belfast | Por Onde Andei

[...] no Viaje na Viagem (essa viagem eu fiz como enviada especial deles e convidada pelo Tourism [...]

Taysa
TaysaPermalinkResponder

Adorei o relatos de Dublin e Belfast , mas tenho uma dúvida : para ir de Dublin a Belfast é melhor ir de ônibus , carro ou trem ? É complicado passar a fronteira ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taysa! O melhor é ir de trem: http://www.thetrainline.com . Não há controle na fronteira terrestre; apenas checagem bastante esporádica de documentos.

Taysa
TaysaPermalinkResponder

Obrigado !

Lucas
LucasPermalinkResponder

Olá, curti muito as dicas, obrigado por compartilhar! =)
Quantos dias voce ficou em Belfast pra fazer todos esses passeios?
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucas! Nunca fique menos de 3 dias inteiros em capitais.

Nanda
NandaPermalinkResponder

Olá, Mô!

Nunca viajei para o exterior, mas me interesso muito pelas Irlandas. Você poderia dar uma ideia, por alto, de quanto dinheiro levar para ficar uma semana em Belfast e Dublin, sem contar o hotel? Não pretendo fazer compras, mas aproveitar mais os restaurantes e pubs, além dos pontos turísticos, é claro.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nanda!

Veja como estimar gastos de viagem:
https://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem/

Victor Santos
Victor SantosPermalinkResponder

Obrigado pelas informações. O texto em si já eh uma viagem.
Estou indo a Belfast a trabalho e só terei uma noite livre. O que vc recomendaria para eu fazer? De pontos turísticos a restaurantes...
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Victor! Selecione do texto o que você gostaria mais de ver, e trace uma hierarquia. Sempre achamos que conseguiremos ver mais do que podemos, então é importante colocar os atrativos mais importantes primeiro.

No fim do texto a Mô recomenda restaurantes, por favor leia.

Mundo de Viajante

Já fui! A cidade é pequena, mas é uma delicinha! Um passeio que gostaria muito de ter feito e não deu porque estava fechado pra reforma é essa ponte aqui, ó: http://www.nationaltrust.org.uk/carrick-a-rede/ Pra quem tiver a oportunidade, acho que deve ser demais wink

Silvana
SilvanaPermalinkResponder

Boa noite! Não estou conseguindo comprar passagem de trem pela thetrainline.com. Registrei-me e coloquei From Beltast Central to Dublin Connolly- (coloquei 20 de dezembro e também coloquei 20 de setembro para ver se era devido a data). Cliquei Get Times & tickets, e ....nada. Ontem ao tentar apareceu uma mensagem "no tickets are available, please refine your search" ??? Este site não incluiria mais Belfast e Dublin? * no post acima Mô Gibrel escreveu que tem 10 saídas diárias - Dublin-Belfast mas foi em 2013. Tem alguma sugestão de site para que eu possa comprá-la?Abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvana! Compre em http://www.irishrail.ie .

Manoel
ManoelPermalinkResponder

Segue abaixo links de onde comprar passagens entre Belfast e Dublin, seja de trem ou de onibus

http://www.brasileirosnairlandadonorte.com/2017/05/belfast-x-dublin-transporte-publico.html

Pedro
PedroPermalinkResponder

Esses muros ainda estão de pé??? Caramba, eu achei que a paz já tivesse chegado já que os ataques terroristas do IRA já acabaram. Tá mais do que na hora de demolirem isso aí, talvez deixarem só alguns trechos como murais de arte urbana e pra que a memória não se perca, como fizeram em Berlim. Mas os moradores têm livre acesso a ambos os lados da cidade? Ou é segregado mesmo?

Eduardo nery
Eduardo neryPermalinkResponder

Olá, eu gostaria de saber se uma vez em Dublin é claro que farei imigração no aeroporto deles, mas indo para Belfast de trem como vc ilustrou, existe outro controle de passaport em Belfast?
Obrigado pela informação....

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Cruzando a fronteira por terra, não há nenhum controle regular. Pode haver algum controle ocasional.

Tássia
TássiaPermalinkResponder

Muuuito obrigada!!! Esse post me ajudou muito smile

Cecília Terezinha da Costa

Já visitei Belfast no mês de outubro de 2016 e adorei a viagem e estou retornando agora setembro de 2017

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar