Brasília: 10 passeios capitais

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Brasília passeios: Lago Paranoá

Passeio de barco ao pôr do sol

Brasília: roteiro de passeios

Brasília é aquele lugar perfeito para planejar uma viagem de última hora. Nos fins de semanas e feriados, você sempre encontrará passagens aéreas para Brasília (porque estará viajando no contrafluxo), e os hotéis ficam repentinamente abordáveis, já que políticos e executivos estão fora da cidade.

(Eu xeretaria ofertas em hotéis à beira-lago, como o Royal Tulip e o Golden Tulip, que têm porte de resort, ou o Brasília Palace, que também tem piscina.

No setor hoteleiro (no Eixo Monumental, dos dois lados da Torre de TV), aproveite os hotéis mais novos, construídos para a Copa -- como o Fusion HPlus Express, o Windsor Brasília, Athos Bulcão Hplus Executive e Cullinan HPlus Premium.

Você também deve encontrar boa relação custo x benefício no St. Moritz Hplus Express, o St. Paul e o Comfort Suites.

A melhor época vai de abril a junho, quando o tempo é firme, a cidade ainda está verde por causa das chuvas recentes, e a fase da secura extrema (agosto-outubro) ainda não chegou.

Deixe seus preconceitos em casa. Brasília é uma cidade linda, com urbanismo e arquitetura singulares. Mesmo que aqui e ali o plano original tenha sido maculado, Brasília deve ser a nossa cidade histórica -- isso mesmo, cidade histórica -- mais bem preservada. Um fim de semana é suficiente para apreciar todos os seus monumentos; com quatro dias, dá para visitar vários deles por dentro.

Lamentavelmente o governo Bolsonaro fechou os palácios do Alvorada e do Itamaraty à visitação. Mesmo assim, ainda há muito o que visitar.

1 | Torre de TV + Feirinha + Estádio Mané Garrincha

Vista da Torre de TV

Mesmo com a subida à Torre interditada, por conta de obras de requalificação, a Torre de TV merece uma paradinha no seu circuito.

Feira da Torre de TV

Ao pé da Torre funciona uma feira de artesanato e comida, com botequins que servem pratos típicos de várias regiões brasileiras. De 3ª a 6ª nem todos os stands abrem; de sexta a domingo a feira funciona a pleno vapor (fecha 2ª).

No sábado de manhã dá para começar o passeio com a visita ao Estádio Mané Garrincha, que fica a menos de 10 minutos de caminhada. A visita é gratuita, mas precisa ser agendada.

Estádio Mané Garrincha
  • Endereço: Eixo Rodoviário, SRPN, trecho 1
  • Visitas guiadas: sáb 9h-12h
  • Ingresso: grátis
  • Agendamento pelo email visitaestadionacional@setur.df.gov.br
  • Site

2 | Brasília City Tour

Brasília city tour

O ônibus de dois andares da Catedral Turismo sai do Brasília Shopping e percorre boa parte dos cartões-postais da cidade.

Ponte JK

Em pouco menos de duas horas, o ônibus desce a Esplanada dos Ministérios, pára por 10 minutos na Catedral, passa por Congresso e Itamaraty, dá uma paradimha na Praça dos Três Poderes, atravessa a Ponte JK e volta pelo Palácio da Alvorada e Memorial JK.

City-tour Catedral Turismo
  • Saída: Brasília Shopping (SCN Quadra 5)
  • Tel.: (61) 99304-1992
  • Horários: 10h, 14h e 16h30 (mínimo 5 passageiros)
  • Preço: apenas dinheiro vivo
    • 13-59 anos: R$ 50
    • 6-12 anos e 60+: R$ 25
    • Até 5 anos: grátis

3 | Pontão do Lago Sul

Pontão do Lago Sul

Na margem do Paranoá oposta ao Plano Piloto, este é o trecho mais gostoso à beira do Lago Paranoá. Dá para caminhar pelo calçadão, apreciando o movimento dos barcos, veleiros e surfistas stand-up; bares e restaurantes (como o Mormaii Surf Bar, a cervejaria Bierfass, o nordestino Manzuá e o japa Soho) completam a estrutura, espaçados entre si. A sensação é a de estar num parque, não num shopping a céu aberto. O lugar é concorrido ao entardecer e nos fins de semana.

Pontão do Lago Sul
  • Endereço: SHIS Ql 10, Lote 1/30, Lago Sul
  • Tel.: (61) 3364-0580
  • Aberto diariamente
  • Site

4 | Passeio de barco pelo Lago Paranoá

Fundos do Alvorada

Os fundos do Alvorada

Os catamarãs da Mar de Brasília passeiam pelo Lago Paranoá nas tardes de sábado e domingo. A navegação dura entre 1h e 1h15 e passa perto da Ermida Dom Bosco, pelos fundos do Palácio da Alvorada e chega ao ponto mais fotogênico para uma selfie com a Ponte JK ao fundo. Os passeios vespertinos pegam o entardecer e o pôr do sol. Vale a pena reservar até sexta-feira para garantir lugar. Leia mais: Mar de Brasília

Mar de Brasília
  • Saídas:
    • Sáb 12h: Hotel Royal Tulip (SHTN Trecho 1)
    • Sáb e dom 16h e 17h30: Pontão do Lago Sul (em frente ao Bier Fass)
    • Preço:
      • A partir de 13 anos: R$ 45
      • 4-12 anos: R$ 30
      • Até 3 anos: grátis
    • Reservas:
      • 2a a dom. tel. (61) 98452-7785/ (61) 98221-4446
    • Site

5 | Catetinho

CatetinhoCatetinho

Catetinho

O Catetinho é um simpaticíssimo museu que conserva as instalações nada palacianas da residência de Juscelino Kubitschek durante a construção de Brasília. Fica a 30 km do Plano Piloto, na direção do Gama. É o antecessor do Palácio da Alvorada (que também era aberto à visitação, mas foi fechado desde a chegada da família Bolsonaro).

Catetinho
  • Endereço: BR 040, km 0, Gama
  • Tel.: (61) 3338-8803
  • Horário: 3ª a dom 9h-17h
  • Entrada: grátis
  • Site

6 | Catedral

Catedral

Catedral

Mesmo com seu interior desfigurado -- originalmente, não era pintado --, a Catedral reina como a obra número 1 de Niemeyer em Brasília. Por dentro, a Catedral envidraçada, que parece se oferecer aos Céus, emociona até ateus (como o arquiteto).

Catedral de Brasília
  • Endereço: Esplanada dos Ministérios, lote 12
  • Tel.: (61) 3224-4073
  • Visitas:
    • 2ª, 4ª, 5ª, sáb e dom: 8h-17h
    • 3ª e 6ª: 10h30-17h
    • Visita restrita durante missas
  • Entrada: grátis
  • Site

7 | Congresso Nacional

Congresso Nacional

Salão Verde

Salão Verde

O tour pelo Congresso leva 50 minutos e acontece de 5ª a 2ª. Na 5ª feira é preciso agendar, mas nos outros dias é só aparecer e esperar a formação do grupo. Se você quer pegar alguma sessão parlamentar acontecendo durante a sua visita, vá na 5ª.

Congresso Nacional
  • Endereço: Praça dos Três Poderes
  • Tel.: (61) 3216-0000
  • Visitas:
    • Sem agendamento: 6ª a 2ª 9h-17h30
    • Com agendamento: 5ª 9h-17h30
    • Agendamento: aqui
  • Traje: em dias úteis adultos não podem visitar de bermuda, regata, minissaia ou chinelos
  • Entrada: grátis
  • Site

8 | Palácio do Planalto

Palácio do Planalto

Enquanto o Alvorada está fechado a visitas, o único equipamento presidencial aberto ao público é o Palácio do Planalto, que recebe visitantes aos domingos. É imprescindível fazer agendamento. Atente para a indumentária permitida: não são admitidos visitantes trajando short, bermuda, minissaia, regata, boné e chinelos.

Palácio do Planalto
  • Endereço: Praça dos Três Poderes
  • Tel.: (61) 3411-2317
  • Visitas: dom 9h-13h40 (um grupo a cada 40 min)
  • Agendamento obrigatório: aqui
  • Entrada: grátis
  • Site

9 | Torre de TV Digital

Torre de TV Digital

A última obra de Niemeyer é, na minha opinião, uma das mais fraquinhas. Na boa: não acho que compensa se abalar até os lados de Sobradinho só para enfrentar uma fila enorme e subir a um mirante tão longe da cidade que não serve nem para contemplação. (Por que está listada aqui? Por que se eu não listar, a caixa de comentários vai ser só de perguntas sobre ela.)

Torre de TV Digital

Depois de dois anos fechada, a Torre passou por reformas e já está novamente aberta à visitação desde 2018.

Torre de TV Digital
  • Endereço: Lago Norte
  • Horário: sáb, dom e feriado 9h-17h
  • Entrada: grátis
  • Site

10 | Eixo Monumental à Noite

Palácio do Planalto

Imperdível! Não deixe de passar em revista a Esplanada à noite. A iluminação é show. Se não estiver de carro, pegue um táxi: vale muito a pena.

E você? Quais passeios indica em Brasília? Deixe sua dica!

Leia mais:

152 comentários

allan
allanPermalinkResponder

absolutamente necessário ir ao encontro dos brasilienses, e isso não se dá no Eixo Monumental. Visitem as superquadras da cidade (sugiro um passeio a pé pelas quadras 108 sul e 308 sul, aonde fica a singela igrejinha de Fátima.) Daí o turista pode imaginar como é viver no Plano Piloto, a área tombada da cidade. Observem a arborização e andem sem rumo pelas sombreadas da asa sul.

Cristina mares

Conhecer a loja da CONFRARIA na QI 05 do Lago Sul, que tem uma fábrica própria , única indústria de moda em Brasília que produz e exporta para todo o Brasil .

Pablo Ramos
Pablo RamosPermalinkResponder

Como já foi falado, a Igreja Nossa Senhora de Fátima, conhecida pelos brasilienses como Igrejinha, é um dos cartões postais da capital e ótimo local para visitação. Nas redondezas da Igrejinha, está a quadra 308, tombada pelo patrimônio histórico e cenário de filmes. No comércio ao lado encontra-se a pizzaria Dom Bosco, uma das mais antigas e tradicionais, vale a pena conferir! Ainda no ramo de igrejas, conheça o Santuário São João Bosco, ou igreja Dom Bosco, na minha opinião, a mais bonita de Brasília.
Sobre onde comer, Brasília possui vários bares/restaurantes que não podem ser deixados de lado. Os mais tradicionais são o Libanus (206 Sul), Beirute (109 Sul), Pardim (405 Norte), dentre vários outros. Se quiser uma sobremesa, vale a pena entrar nas redes sociais e conhecer o Boutique do Sabor, é umas das melhores confeitarias, senão a melhor. O roteiro gastronômico da capital é bem diversificado e atende todos os bolsos.
Se tiver tempo sobrando, não deixe de conhecer o Parque da Cidade Sarah Kubitschek, considerado o maior parque urbano da América Latina.
Brasília é uma cidade com várias opções de lazer, gastronomia e hospedagem, basta saber o que quer.
Um grande detalhe, não conte com o transporte público, é horrível! Se for ficar em Brasília e não for conhecer as cidades mais próximas, não precisa alugar carro, os apps são suficientes.

Pablo Ramos
Pablo RamosPermalinkResponder

Esqueci de dizer o principal, você pode conhecer todos os lugares de Brasília, mas nada é igual ao céu da capital. Com certeza deveria estar entre as sete maravilhas do mundo, é simplesmente maravilhoso.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar