Brasília

Arquiteturismo
  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Desligue-se do noticiário. Releve qualquer birra que você possa ter com políticos ou instituições. Não verás cidade nenhuma como esta.

Brasília chega aos 50 (e poucos) anos como a cidade histórica mais bem preservada do Brasil. Sim, histórica: o Plano Piloto está congelado em 1960. Mesmo com retrofits feiosos em alguns blocos, o caráter le-corbusiano do projeto de Lúcio Costa não foi desfigurado.

O Eixo Monumental funciona como o melhor portfólio de Oscar Niemeyer, de quando o arquiteto ainda acreditava na convivência pacífica entre curvas e ângulos retos. (Os clássicos ficam ainda mais belos perante as obras recentes, pouco inspiradas, como a Biblioteca Nacional e a Torre de TV Digital.)

Um fim de semana: é tudo o que você precisa para se orgulhar da sua capital.

Quando ir

Chove muito pouco entre maio e setembro (quase nada de junho a agosto). É a melhor época para constatar ao vivo o verso de Fernando Brant: “Nada existe como azul sem manchas do céu do Planalto Central”.

A cidade é mais verde e bonita em maio e junho. Os dias ensolarados, porém, também a baixíssima umidade. Quanto mais tarde na estação seca, mais seco estará o ar.

No início de setembro, no auge da secura, acontece o espetáculo (fugaz) dos ipês amarelos floridos. Mas logo em seguida a cidade começa a sofrer os efeitos das queimadas do cerrado. Evite.

O único feriado em que a cidade lota é o 7 de Setembro, com os convidados oficiais. Nos outros, a capital federal sempre é uma bela alternativa, com a vantagem de voar no contrafluxo.

Como chegar

A capital federal é ligada por vôos diretos a quase todas as capitais estaduais. (Só Boa Vista e Macapá que não.)

Com exceção de Rio Branco, as outras estão a no máximo 2h30 de vôo. (De São Paulo e Rio, dá para escolher o aeroporto: há vôos também de Congonhas e Santos Dumont.)

A cidade histórica de Pirenópolis fica a 140 km a oeste (vá pela BR 070, via Águas Lindas). A Viação Goianésia faz a rota.

A Chapada dos Veadeiros fica na direção norte; saia da cidade por Sobradinho. Alto Paraíso, a esotérica, fica a 220 km (de ônibus, vá pela Real Expresso, saindo da Rodoviária Interestadual). São Jorge, a hipster, fica 35 km adiante — os últimos 12 km de terra (a Viação Santo Antônio sai da Rodoviária do Plano Piloto).

Onde ficar

A hospedagem em Brasília é cara, mas as tarifas baixam no fim de semana.
Perto do Alvorada, o complexo Royal Tulip + Golden Tulip funciona como um resort à beira do Lago Paranoá. O vizinho Brasília Palace tem charme histórico. Um dos mais novos hotéis da cidade fica ali perto, o Eurostars Brisas do Lago.

O Setor Hoteleiro Sul e o Norte são vizinhos, separados pelo Eixo Monumental.

A melhor estrutura é a do complexo Meliá Brasil 21, com três hotéis (Meliá, Brasília 21 e Convention) a passos do shopping Pátio Brasil.

Os dois Mercure (Eixo e Líder) e os novos Comfort Suites Brasília, Nobile Suites Monumental e Culinan Hplus Premium ficam ao lado do Brasília Shopping.

Procure tarifas razoáveis nos renovados St. Paul e Naoum Express (próximos ao Pátio Brasil) e St. Moritz Hplus Express (junto ao Conjunto Nacional).

O que fazer

Para quem está sem carro, o Brasília City Tour é uma mão na roda: sai da Torre de TV, passa por toda a Esplanada, vai ao Alvorada e à Ponte JK. Algumas saídas podem ser coordenadas com o passeio de catamarã Mar de Brasília (informe-se com o pessoal do catamarã, que está dividindo as saídas entre o Royal Tulip e o Pontão do Lago Sul).

Dê um pulo ao Catetinho, o primeiro palácio provisório da cidade: vá de carro ou cacife um táxi.

Há visitas guiadas todos os dias no Congresso Nacional. No Itamaraty também, mas com horário restrito. O Alvorada abre às quartas (chegue às 14h para pegar senha), e o Palácio do Planalto, aos domingos.

Para ir à nova (e sem-graça) Torre de TV Digital, saia pelo Eixão Norte. Abre sábado e domingo; as senhas costumam acabar antes das 15h.

Num fim de tarde vá ao Pontão do Lago Sul, point de bares e restaurantes à beira do Paranoá.

Brasília no Viaje na Viagem

35 comentários

Glauco Herberth Maia de Almeida

Estarei chegando em BSB num vôo vindo de Miami por volta das 9:30 junto com minha esposa e meus 2 filhos e nosso vôo para João Pessoa onde moramos será apenas as 19:30 , alguém indica alguma alternativa p passarmos o dia ? Hotel próximo aeroporto? Sala Vip ? Algo com boa relação custo-benefício

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Glauco! Você teria que ligar para um hotel que garantisse day-use (entrada ainda de manhã, saída à tarde). Dê uma tentadinha com os hoteís à beira-lago, como o Royal Tulip e o Brasília Palace, que têm piscina.

Glauco Herberth Maia de Almeida

Obrigado bóia ....

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Ao lado do aeroporto tem um hotel chamado Base Concept, que tem serviço day-use e vans de transportes. Sei que a informação não serve mais para o Glauco, mas pode ajudar algum outro futuro leitor.

Isabel Reck
Isabel ReckPermalinkResponder

Vou para Brasilia neste final (27à29) consigo conhecer todos os pontos turísticos em 1 dia e ir para Pirenópolis no outro ?

abraços

EVIE SOUTO MIRANDA

Oi, pretendo conhecer Brasilia e Goiania no carnaval de 2015. Como é fevereiro em termo de clima, preços e eventos? pra quem está sozinha e sem carro, rola rodar a cidade de onibus? Alguém conhece os hostel de lá?

Camilla Kafino

Oi Evie, moro em Brasília e nessa época os preços ficam bem mais em conta por ser considerada baixa temporada na cidade. Esse ano o carnaval acontece no meio de fev e as aulas estarão acabando de começar, a cidade ainda vai estar um pouco vazia o que é uma delícia para aproveitar. É totalmente possível e tranquilo rodar a cidade de ônibus. O melhor hostel daqui é o hostel 7.

EVIE SOUTO MIRANDA

OI Camila, infelizmente não estou bem de saude no momento. E como é Brasilia em abril? Pensei em ir no feriado da semana santa. Tem algum site sobre o transporte público em Brasilia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Evie! Abril marca o início da estação seca na região, é uma ótima época para ir.

Este site orienta sobre transporte público no DF:
http://www.sistemas.dftrans.df.gov.br/horarios/src/mapas/index

Karin
KarinPermalinkResponder

Olá
Quero ir à Brasilia no período do carnaval.
Será que os pontos turísticos estarão abertos? Pretendo ficar hospedada no Nobile Suites Monumental, a localização é boa?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karin! Não testamos o hotel, mas as opiniões de ex-hóspedes do Nobile Suites Monumental no Booking indicam que a localização é um dos pontos fortes.
Infelizmente, ainda não encontramos informações sobre a abertura ou não dos pontos turísticos no Carnaval deste ano.

marco
marcoPermalinkResponder

Como é a disponibilidade(facilidade de encontrar) e as tarifas de taxi em Brasília?
Grato
Marco

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco! Você pode simular o preço de corridas em http://www.tarifadetaxi.com/brasilia .

Para chamar um táxi, use aplicativos como 99Taxis ou EasyTaxi.

NelsonRB
NelsonRBPermalinkResponder

Moro em Brasília. A Torre de TV Digital está "temporariamente" (mas há um bom tempo!) fechada (esta informação consta no link do texto acima). Para Pirenópolis sugiro um caminho alternativo, cerca de 30km a mais, indo até Abadiânia (na estrada Brasília-Goiânia, em pista dupla) e somente a partir daí pegar uma pista simples (a saída para Pirenopolis está medianamente sinalizada, melhor usar um GPS).

Emmanuelle
EmmanuellePermalinkResponder

Oie!!! Já morei em Brasília e acabei de publicar um relato sobre passar o fds por lá é só conferir no www.dupladeviagem.com.br

Adriana melo
Adriana meloPermalinkResponder

Eu moro em Brasília há 42 anos... nasci aqui
No meu blog, estou preparando um post com várias dicas sobre a minha amada cidade, para as comemorações dos 55 anos de Brasília, em 21 de abril. Já escrevi uma amostra aqui. Aguarde mais http://www.atravessarfronteiras.com/2015/03/olhos-dagua-um-oasis-no-coracao-de.html?m=1

Emilene
EmilenePermalinkResponder

Estou planejando conhecer Brasilia durante o feriado de Páscoa. É um bom período? Ou há o risco de encontrar os pontos turísticos e museus fechados? Obrigada desde já, Emilene.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emilene! Estará tudo funcionando.

Kamila
KamilaPermalinkResponder

Alguém pode acrescentar algumas dicas de gastronomia em Brasília?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kamila! O boteco-símbolo de Brasília é o Beirute Asa Sul. Para um jantar em ambiente descoladinho, pense no Universal Diner e no Dudu Camargo. O melhor custo x benefício da cidade está no Nossa Cozinha Bistrô. Podendo ir para o Lago Sul, considere o o peruano Taypá. Dois campeões de bilheteria são os nordestino Mangai e Coco Bambu.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

"Os clássicos ficam ainda mais belos perante as obras recentes, pouco inspiradas, como a Biblioteca Nacional e a Torre de TV Digital."
Acrescento: a vista incrível da aproximação do avião a Brasília, com as silhuetas de todos aqueles prédios icônicos na janelinha da direita, agora tem um monstro erguido para a Copa do Mundo de 2014 que não se harmoniza com o resto da cidade...

Maria Solange
Maria SolangePermalinkResponder

Acredito que o comentário que você fez da torre digital não foi apropriado.

Ana Carina Tamanaha

Bóia, alguma dica de restaurante para experimentar pratos típicos do cerrado em Brasilia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carina! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

(A feirinha atrás da Torre de TV tem vários stands de comida típica; vamos ver se aparece alguma indicação boa de restaurante.)

Keila Rezende
Keila RezendePermalinkResponder

Na Feirinha da Torre há 2 que frequento direto e nunca passei mal, além de serem saborosos: Delícias do Pará (casquinho de carangueijo com farofinha e bombom de castanhas com cupuaçu) e Acarajé do Meio (acarajé completo e pudim de tapioca)! São bons de atendimento e higiene também !

Maria
MariaPermalinkResponder

Acho que o melhor lugar para comer esses pratos típicos é realmente nas feiras. Além da feirinha da Torre, tem a feira do Guará (tem parada do metrô) e a Feira do Núcleo Bandeirante. Com exceção da Feira da Torre, as outras duas ficam longe do centro da cidade. Fora isso, tem alguns lugares que são símbolos gastronômicos da cidade, mas não têm nenhuma relação com a culinária do cerrado (mas ainda assim valem uma visita): a pizzaria Bom Bosco (306 norte), a pastelaria Viçosa (704/5 norte) e o restaurante Piantella (202 sul). Ah, e fique atenta se for a algum self service, geralmente eles costumam servir o famoso arroz de pequi e o empadão goiano e em quase todos os caixas de supermercados de entrequadras do plano piloto e padarias costumam ter bombons caseiros de cupuaçu.

Polliana Ribeiro

Ana Carina, apesar de estar dentro de Goiás, Brasília tem influências nordestinas mais fortes que a goiana propriamente, que é a que representa melhor essa cultura típica do cerrado. Há alguns restaurantes com grande influência dessa tradição, mas são bem simples, como o Fogão Goiano, no Guará.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Fogão Nativo tem comida goiana e mineira. Procure por cupons de desconto no Peixe Urbano e Groupon.
A franquia Frutos do Brasil tem picolés de vários frutos do cerrado: umbu, pitanga, cajá-manga, buriti, pequi, mutamba, tamarindo, araticum, araçá, cagaita, gabiroba, jabuticaba e outros tantos! São mto bons!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Não sei se ainda vale a resposta, o Chef Agenor Maia, do Restaurante Olivae ( 405 Sul) usa ingredientes típicos do cerrado na preparação de seus pratos.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Sugiro o Fogao Nativo, no Sig. comida goiana boa e bom preco. Para a melhor pamonha da cidade e um otimo empadao goiano, siga para o Pamonhao Kalu na asa norte.

Karina Stephan Vicenzi

o Quituart , no Lago Norte, é um lugar que reúne vários boxes de comidas típicas, como pato ao molho de laranja, leitoa assada, feijoada, entre outras delícias do centro-oeste brasileiro.

Thiago Barata
Thiago BarataPermalinkResponder

Tecomendo o Fogão Goiano, no shopping SIA. Se não me engano, é no SIA trecho 3/4. Self service com muitas opções de pratos goianos por um bom preço. Dá pra emendar em um passeio na Feira do Paraguai para comprar umas muambas (dá nem 10 reais de distância no uber). Espero ter ajudado.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Restaurante Mangai, ambiente ótimo, comida muito bem preparada, sistema de buffet com enorme variedade de pratos típicos e tem estacionamento.

Michela Borges Nunes

É verdade, temos que nos despir das notícias ruins, quebrar o preconceito, e conhecer a nossa capital federal. Falo isso porque fomos em julho deste ano e, simplesmente, nos apaixonamos. Meu esposo, que era o mais reticente devido à politicagem, adorou passear e conhecer Brasília. Gostei muito das dicas e do post, parabéns!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar