Loudoun County: vinhos e whiskeys a 1 hora de Washington DC

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Vinícola The Barns at Hamilton Station,  Loudoun County, Virginia

The Barns at Hamilton Station

Deve ser dura a vida na Casa Branca. Menos mau que dê para afrouxar a gravata e rumar para Loudoun County, a região vinícola vizinha ao Distrito de Columbia, que fica a apenas 70 quilômetros de Washington.

Vinícola The Barns at Hamilton Station,  Loudoun County, Virginia

The Barns at Hamilton Station

A produção de vinhos no condado de Loudoun (diga: Láudon) é recente. A vinícola mais antiga destas bandas da Virginia tem só 30 anos. A uva mais característica da região, a viognier, foi só recentemente eleita. Mas, se falta tradição, sobra hospitalidade entre produtores que às vezes cobram tão pouco quanto 7 dólares de tasting fee -- e ainda permitem usar o gramado de suas propriedades para piqueniques.

Vinícola The Barns at Hamilton Station

Vinícola The Barns at Hamilton Station

The Barns at Hamilton Station

Participei de uma degustação na The Barns at Hamilton Station. O lugar é um charme: uma antiga fazenda de gado leiteiro que foi transformada em vinícola e abriu para visitação em 2012. Só não dá para espiar os barris; a produção do vinho acontece em uma cidade vizinha. Mas, depois de um gole de chardonnay, e outro de merlot, e mais um de cabernet franc, e outro de viognier, isso vai caindo de importância.

Kim, sócia da vinícola The Barns at Hamilton Station

Degustação com Kim, a sócia da The Barns

Não sou nenhuma connoisseur, mas gostei muito do que provamos. A produção ainda é pequena, e os vinhos são vendidos apenas lá, o que torna a experiência mais especial.

As degustações na The Barns at Hamilton Station são oferecidas de sexta-feira a domingo. Veja os horários e o calendário de eventos da vinícola aqui.

O condado de Loudoun tem outras cerca de 40 vinícolas, que vêm transformando a região em atração turística. Entre as principais estão a Tarara Winery e a Fabbioli Cellars em Leesburg, a Sunset Hills Vineyard em Purcellville, e a Breaux Vineyards em Hillsboro.

O site do condado de Loudoun indica empresas que fazem tours de vinho na região.

Whiskey como nos velhos tempos

Destilaria Catoctin Creek, Purcellville, Virginia

Catoctin Creek

No centrinho de Purcellville, um casal de engenheiros se debruçou sobre antigas receitas de destilados para produzir bebidas como manda a tradição. O rye whiskey, o gin, o brandy e o moonshine feitos na Catoctin Creek são produzidos artesanalmente, com ingredientes orgânicos e do local.

Destilaria Catoctin Creek, Purcellville, Virginia

Catoctin Creek, Purcellville, Virginia

Catoctin Creek

O rye whiskey se distingue do bourbon por usar pelo menos 51% de centeio na sua composição; antes da Lei Seca, entre as décadas de 20 e 30, era mais consumido do que o bourbon. O Roundstone Rye da Catoctin Creek, carro-chefe da destilaria, é 100% centeio, e um dos poucos whiskeys certificados como orgânicos no mundo.

Scott, sócio da destilaria Catoctin Creek

Scott, sócio da destilaria

A Catoctin Creek é a primeira destilaria do condado de Loudoun desde esses tempos de Lei Seca. Foi inaugurada há 5 anos por Becky e Scott, no melhor estilo "Vamos largar tudo e fazer whiskey?". Tem dado certo, e além de os rótulos já aparecerem em algumas prateleiras de restaurantes e bares de DC e Nova York, a Catoctin Creek promove degustações e eventos em sua própria sede.

Degustação na destilaria Catoctin Creek

Degustação na destilaria Catoctin Creek

Degustação de coquetéis

Eu, que não sou chegada a whisky, curti passeio de toda maneira. O tour é ligeiro; a produção é feita em uma área não muito maior do que uma garagem. A degustação segue no charmoso bar anexo, onde você pode escolher experimentar as bebidas puras ou como coquetéis.

O bar da Catoctin Creek

Bar e bebidas da Catoctin Creek

Por fim, mas não menos importante, Becky e Scott são completamente apaixonados e comprometidos com o que fazem.

O tour custa 5 dólares, e a degustação das 3 principais bebidas da casa custa outros 5.

Veja aqui os horários para degustação e o calendário de eventos da destilaria.

Saúde!

Mariana viajou a convite de Capital Region USA, United e Simon.

Leia mais:

Nenhum comentário, deixe o primeiro!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar