Guarulhos: 11 hotéis com trânsfer para dormir perto do aeroporto

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Trânsfer e hotel em Guarulhos

Trânsfer e quarto do Slaviero Executive Guarulhos

Para quem mora fora do estado de São Paulo e precisa pegar um vôo que saia de Cumbica bem cedinho pela manhã, encarar um pernoite em Guarulhos é inevitável — então melhor que seja em algum lugar que ofereça mais conforto do que as cadeiras do aeroporto. Se o intervalo entre os vôos só permitir poucas horinhas de descanso na horizontal, as cabines do Slaviero Fast Sleep, que ficam dentro de Cumbica, dão conta. (Temos uma resenha, feita pelo nosso querido leitor JB, aqui.) Já para ter uma boa noite de sono e poder aparecer no check-in bem disposto no próximo dia, vale a pena bancar uma diária nos hotéis executivos próximos ao aeroporto.

Os dois hotéis que estão mais perto do aeroporto de Guarulhos são os mais bacanões das redondezas e cobram um valor alto por isso — são o Marriott e o Pullmann, que, na semana da minha viagem, estavam com diárias na casa dos R$ 600. Seu orçamento comporta essa despesa? Excelente! Mas é nosso dever avisar que a 20 minutos de van compartilhada existem bons hotéis em que se pode descansar por metade, um terço ou até um quarto desse valor, com trânsfer de ida e volta incluso. Pagando entre R$ 150 e R$ 300 você pernoita no Ibis, no Mercure, no Bristol, no Panamby, no Matiz, no Mônaco, no Monreale e no Slaviero Executive, todos com serviço de traslado e boas avaliações de hóspedes no Booking.

Terminal 2, portão D

Terminal 2, portão D

Terminal 2, saída D

As vans e microônibus para os hotéis buscam e deixam passageiros no Terminal 2 do aeroporto, saída D, na área de embarque. Não há sinalização no ponto, mas todos os veículos são bem identificados, e funcionários dos hotéis ficam por ali e podem dar informações. Ligue para o hotel escolhido e peça uma relação com os horários; os intervalos costumam ser de hora em hora.

Pernoitando no Slaviero Executive

Escolhi o Slaviero Executive por ter serviço de traslado do hotel para o aeroporto desde bem cedinho — o meu vôo para Santiago saía de Guarulhos às 7h20, e eu precisava estar no balcão da companhia aérea pelo menos duas horas antes disso.

Slaviero Executive Guarulhos

Slaviero Executive Guarulhos

Quarto superior deluxe

Dormi pouco, mas dormi muito, muito bem. O quarto que a nossa CEO Elisa escolheu pra mim, superior deluxe, era super espaçoso, com uma cama toda fofinha e jeito de recém-renovado (obrigada, Elisa!). Se eu tivesse ficado mais tempo por lá, também teria aproveitado a mesa de trabalho e a TV de tela plana grandalhona, mas eu só quis saber de jantar, tomar um banho, checar meus e-mails (o wi-fi é gratuito) e cair na cama.

Slaviero Executive Guarulhos

Slaviero Executive Guarulhos

Restaurante do hotel

O restaurante, por sinal, fica aberto até 23h e me pareceu bem bonzinho: meu peixe chegou à mesa com crosta crocante e os legumes estavam al dente. O serviço de quarto funciona 24 horas e tem os mesmos pratos (e os mesmos preços) do restaurante.

O café da manhã só seria servido no restaurante a partir das 5h45, então não pude testar.

O trânsfer do hotel para o aeroporto precisa ser reservado no check-in e às 4h da madruga o motorista do microônibus estava a postos na recepção para me levar, e a um casal, a Cumbica. Com caminho livre de congestionamentos, chegamos lá em cerca de 15 minutos. Para não dizer que tudo foi perfeito, o traslado de ida, aeroporto-hotel, atrasou a beça — chovia muito, o trânsito complicou e, por ter só um veículo fazendo o trajeto, um dos horários de saída de Guarulhos acabou sendo pulado. Esperar por uma hora pelo transporte não foi bacana, mas um táxi que fizesse a mesma corrida, que é curta, ficaria em R$ 50.

E você? Já dormiu em algum hotel perto do aeroporto de Guarulhos? O trânsfer funcionou bem? Conta pra gente!

Leia mais:

31 comentários

Elisa Araujo
Elisa AraujoPermalinkResponder

smile

Gustavo - Viajar e Pensar

Vamos lá

Já tentei sem sucesso duas vezes me hospedar no Sleep Inn, sempre lotado, nenhuma das vezes estava programado um stop longo em Guarulhos, por isso não reservei antes, mas se souber que vou ficar mais tempo tentarei reservar. Em ambas fiquei quase 8 horas na antiga sala VIP do American Express. Cansativo e hoje com criança impossível.

Na minha última viagem com a Bóia, a CEO Elisa também me hospedou no Slaviero, localizado numa rua com aspecto barra pesada, não curti quarto com carpete com cheiro, roupas de camas velhas e toalhas puídas. Mau voo era cedo, e o transfer do aeroporto era no mesmo horário que iniciava o café da manhã.

3 anos atrás tive um problema com um voo e me hospedaram no Bristol, a localização próximo ao Slaviero, mas numa área menos barra pesada,os quartos eram melhores, tudo estava ok, refeição boa.
Também devido a um problema com outro voo a TAM me colocou no distante Novotel Norte, dos 3 três o com melhor estrutura, mas muito longe não recomendo.

@GusBelli

Mariana Amaral

Aprendemos a lição, Gus! Dessa vez foi no apartamento superior e até o corredor tinha cheiro de loja wink

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

Pra favoritar!

Jetro
JetroPermalinkResponder

Já utilizei o Mercure, também com transfer. O trajeto aeroporto-hotel, foi tranquilo e fácil de encontrar o ônibus. O trajeto hotel-aeroporto não foi feito com transfer, pois o 1o horário do ônibus era as 6 da manhã, e precisava sair do hotel as 5!!! Fica a dica pro hotel começar este serviço mais cedo!!

Giovana
GiovanaPermalinkResponder

Sempre ficamos no Mercure, já estamos acostumados, o serviço de transfer funciona muito bem. Por ser um flat e por termos um filho pequeno, pra gente é ideal, nada como uma cozinha para lavar mamadeiras e um microondas para esquentar a papinha, rs.

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Já tentei ficar no Sleep Inn, mas não consegui. Fiquei uma vez no Ibis. Foram pouquíssimas horas, pois o voo era muito cedo (nacional mesmo), mas como já passei algumas noites em aeroporto, sei como é exaustivo ficar sentada, tentar cochilar e não poder, devido a conversas, barulhos próprios de aeroporto e muita luz, então achei melhor dormir pouco que não dormir. Reclamam muito do Ibis, mas eu achei bom, camas confortáveis, uma boa ducha e o quarto estava limpo (reclamam muito da limpeza); poder tomar banho antes de sair faz diferença. O atendimento foi bem seco, mas eu não esperava muito mesmo. Não tive tempo de tomar café-da-manhã, por ter que sair muito cedo. Gostei do trânsfer: tanto na ida quanto na volta o motorista foi bem simpático e educado, e ajudou com a mala. Foi pontual.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Dormi umas horas no Monaco.
Estava em ordem , é ficável .

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Devo ter ficado uma meia dúzia de vezes no Matiz, o transfer sempre foi pontual, o atendimento cordial, um hotel limpo e quartos com conforto semelhante a um Íbis. Em resumo, cumpre muito bem o papel de 'hotel de trânsito' ( não sei se seria esse o termo).

Cristiano Neckel

Já precisei me hospedar próximo de Cumbica por duas vezes. A primeira vez foi no antigo Ceasar Park, atual pullman e o hotel é realmente muito bom. Na época meu companheiro era comissário da Tam e por isso tínhamos desconto. Lembro que não paguei mais que 200 reais, isso foi em 2010. O transfer era de boa qualidade também, mas não lembro qual era o primeiro horário.
A segunda vez fiquei no Bristol, em 2012. Sinceramente não gostei. Fiquei num quarto antigo com limpeza duvidosa. O transfer foi tranquilo.

Nati S.
Nati S.PermalinkResponder

Minha experiência com o Panamby se limita ao buffet de café da manhã mas por duas vezes meus pais já ficaram uma noite no hotel, não pra ir pegar um voo, mas sim pra me buscar no aeroporto em duas ocasiões que cheguei da Europa em um voo antes das 6 da manhã. As instalações são boas, e acho que se eles ficaram duas vezes lá é porque gostaram da experiência. E como eles estavam de carro, não posso dizer nada sobre o transfer. Mas posso dizer que o buffet de café da manhã (frutas! bolos!) foi muito bem vindo após minhas 12 horas de voo, e garantiu já por 2 vezes meu primeiro pão de queijo em solo brasileiro depois de um grande período de abstinência!

Rogerio do Amaral

Já fiquei no Matiz, no Pullman e no Marriott. Marriott é inigualável, se você tiver condições.

rita
ritaPermalinkResponder

Adorei o port. Nunca usei o serviço , mas sempre tive curiosidade de saber como funciona um Fast sleep. Muito útil

Shirley Moriale

Fiquei no Íbis por duas vezes e tive problema com o transfer do aeroporto para o hotel. Da 1ª vez, o ônibus havia enguiçado e tive que pegar um taxi. Da outra vez, fui para o local onde normalmente param e haviam mudado para outro terminal.Tive que pegar táxi novamente.

Silvia Andrade

Bastante útil a postagem. Sugiro que sejam feitas de outras capitais do Brasil e principais aeroportos do mundo (no GIG RJ nem adianta, continuamos com o hotel do próprio Aeroporto na faixa de R$ 500,00 e o quase novo Linx por quase R$ 400,00).

Jader
JaderPermalinkResponder

Fiquei no Ibis Guarulhos e utilizei o serviço gratuito de transporte de ida, super tranquilo. A volta você precisa reservar na recepção do hotel (a volta você paga). Na oportunidade não consegui reservar o micro ônibus pois estava lotado. Se você tiver sorte consegue dividir a despesa com alguém que também esta indo para o aeroporto, foi o que fiz.

Tatiana Wolff
Tatiana WolffPermalinkResponder

"Morei" durante a semana por dois meses no Monreale. O serviço de transfer é ótimo, embora seja um pouco chato esperar o horário do ônibus. Do aeroporto pro hotel às vezes atrasava um pouco, mas o percurso inverso era feito na hora. O hotel estava em reforma e eu sempre pedia o quarto já reformado. O básico bom para dormir, cama confortável, chuveiro bom, café idem. O wifi às vezes ficava bem lento no horário de pico. No booking o preço era mais baixo do que direto no hotel. Enfim, recomendo para quem vai viajar por GRU!

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Eu já dormi em Cumbica, no próprio aeroporto. Não é uma resenha lá muito completa, mas no meio do post está o comentário do que achamos: https://devoltaoutravez.wordpress.com/2011/09/05/30-horas-em-transito/

Nem parece que já se foram 4 anos desde esta loucura de viagem entre Noronha e Bonito.

Luiz
LuizPermalinkResponder

Sempre fico no point motel. 5min do aeroporto, pernoite com café a partir de 72 reais pra duas pessoas e períodos menores a partir de 49 em instalacoes novinhas com ac e tvs de led grandes. Sem cabimento gastar 300 a 600 reais pra esperar um vôo! Taxi até lá da 30 reais.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Já fiquei em vários deles, em diferentes ocasiões (em alguns, como Marriott e o Mercure, por mais de uma vez) e achei bem práticos, com uma relação bem justa entre o que é oferecido e o que é cobrado. Única exceção foi o Ibis, agora em junho: paguei 179 reais pela diária e encontrei uma equipe bem desleixada tanto no check in quanto no check out (não atendiam telefone descaradamente, inclusive), o café servindo apenas itens congelados (hot pockets e afins) e o quarto bem acabadinho, com carpete cheirando humidade e móveis ultra desgastados. Fiquei bem frustrada. Única coisa boa da estadia foi o transfer in/out, que foi correto e justo (7 reais a volta ao aeroporto).

Klenize Favero

Recentemente, fiquei no MÔNACO na ida e na volta de voos por Guarulhos, e gostei bastante. O transfer é pontual, confortável e tem wi-fi. Os quartos não têm luxo, mas são confortáveis (não é muito importante, mas gostei dos quadros nas paredes, rsss). Café da manhã bem razoável. Excelente custo-benefício!

Alexandra
AlexandraPermalinkResponder

Gente, eu fui surpreendida pelo Sleep Inn. Um Hotel limpo, organizado (tudo novo) e com acomodações muito confortáveis. Tem um transfer gratuito que funciona 24hrs mesmo e consegui chegar muito rápido. O Hotel fica do lado do aeroporto mesmo. Amei e vou voltar! Ahh... café da manhã tb me agradou bastante... Fica a dica wink

Lucinei Roberto Oliveira

Alguem sabe se algum desses hotéis oferece estacionamento como cortesia para quem ficou hospedado, durante uma viagem de cerca de 1 semana ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucinei! Não sabemos. Achamos difícil. Você vai precisar entrar em contato com os hotéis.

Vera
VeraPermalinkResponder

Fico sempre no Monreale qdo preços justos . Bom apto.Transfer correto . Bom café da manhã

Marley Gurkewicz

Por conta de um vôo cancelado precisei usar o serviço de transfer e passei a noite no Matiz. O serviço de transfer é nota 10, mas o hotel Matiz é horroroso, maior furada, hotel pulgueiro.

Ana Maria Saldanha Gontijo

Já fiquei no sleep de Guarulhos na cabine com banheiro e na que não tem banheiro. Aprovei. O banheiro estava bem limpo e acho que é higienizado toda vez que é usado. Mas é desconfortável sair do quarto para usar o banheiro. Deixo claro que a cabine é muito pequena mesmo e uma pessoa com dificuldade de movimentos não consegue dormir na parte de cima do beliche.
Já fiquei no Ibis Guarulhos e é o padrão já conhecido. Acho que compensa se for mais de 6 horas de permanência pelo espaço.
O preço do Pullman não se justifica para poucas horas de repouso.

Mario Almeida
Mario AlmeidaPermalinkResponder

Sugiro, também, almoçarem no Empório 33!

Olga
OlgaPermalinkResponder

Olá pessoal !
Acabamos de nos hospedar no Sleep Inn.
Hotel novinho, com transfer dia e noite.
Junto ao hotel tem um estacionamento (grande) que é utilizado para quem vai viajar e precisa deixar o carro em local mais barato do que no estacionamento do aeroporto. Não sei se é cobrado para hóspedes !

marilia de mattos winker

preciso informação sobre hoteis que estimen por horas pois a maioria fixa horario de entradam e saida e chego as 6h e saio as 16h do mesmo dia para voo internacional mas sou idosa e ficar este tempo sentada me prejudiga.Existe hoteis por horas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marilia! É preciso ligar para os hotéis para ver disponibilidade e preço de day-use. O Slaviero Fast Sleep é a opção mais à mão.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar