Enquete | Pucón: quais foram os seus passeios favoritos?

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Pucón

Pucón

Localizada numa região que alguns chamam de "o centro do sul do Chile", Pucón é uma cidadezinha adorável. Foi se desenvolvendo turisticamente quando chilenos começaram a construir e comprar por ali casas de veraneio, em que passavam largas temporadas -- uma tradição que permanece até hoje nos meses de verão, superlotando a cidade durante as férias escolares.

Pucón

Centro

Fora dos meses de pico, no entanto, o clima é de sossego e romance. O centrinho da cidade é uma graça, e pode ser conhecido a pé, entre um chocolate quente e outro. Há diversas opções de hotéis charmosos para escolher. E, principalmente, a oferta de passeios é diversa e atende a todo tipo de turista.

Ojos del Caburgua

Ojos de Caburgua

Para os mais aventureiros, há rafting no rio Trancura, trekking vulcão Villarica acima, e, claro, as atividades do centro de esqui durante o inverno.

Para os mais sossegados, navegação no lago Villarica, banho em águais termais e caminhadas leves como no bosque dos Saltos de Marimán ou nos Ojos de Caburgua.

Estrada

Na estrada

Queremos saber: quais foram os seus passeios favoritos em Pucón? Você fez o passeio por conta própria, de carro alugado? Contratou uma agência de receptivo? Em que época do ano viajou? Conta pra gente!

Os depoimentos serão compilados e vão virar uma ótima fonte de consulta para os leitores.

Aos comentários!

Leia mais:

11 comentários

Rafaela
RafaelaPermalinkResponder

Fui em Setembro de 2014, na época, tinha um chalé no caminho para o vulcão onde funcionava um pequeno restaurante. Se chama El Castillo e fica no km9 dessa estrada sentido vulcão..
É um pequeno restaurante caseiro maravilhoso!! A família mora lá mesmo, e eles que cozinham tudo!! Descobrimos por acaso e voltamos três vezes durante a nossa estadia!
Se ainda existir, vale a pena! Uma das melhores comidas que comi no Chile!

Camila
CamilaPermalinkResponder

Ah que saudade de Pucon! Estive lá em agosto de 2010 e fiquei hospedada em um chalé chamado Sol y Lago. Tudo novinho, e a vista do quarto era um espetáculo à parte... indescritível a sensação de acordar todos os dias com a vista do vulcão branquinho de neve soltando aquela fumacinha no céu azul. Foram sete dias entre passeios e refeições maravilhosas. O passeio que mais gostei foi uma cavalgada que subia a montanha em meio a neve, com destino a uma cabana em um local paradisíaco, onde passamos algumas horas fazendo piquenique e brincando na neve. Foi o lugar mais bonito que estive na vida. Infelizmente não me lembro o nome desse passeio, mas gostaria de deixar um alerta: pelo menos naquela época, as agências que vendiam os passeios não aceitavam cartão, com a justificativa de que poderiam ser cancelados a qualquer momento devido às condições climáticas. Inexperiente em viagens na época, passei o maior sufoco por não ter levado dinheiro suficiente até que alguém me deu a dica de passar o cartão de crédito para comprar fichas no cassino, e depois devolve-las resgatando em cash. Recomendo muito essa cidade maravilhosa, pretendo voltar em breve!

Erion Renato Franco Pozzobon

Sem dúvidas, o passeio até as Termas Geométricas é a melhor coisa de Pucón.

Diego Ernan
Diego ErnanPermalinkResponder

Estive em novembro de 2014 em Pucón, um dia ainda vou morar lá...hehehe. Cidadezinha muito aconchegante, fiquei hospedado no caminho de Pucón, no Los Gualles de la Candelária, cabanas confortáveis e ótimo atendimento com lenha todo dia na porta para esquentar a noite (http://www.booking.com/hotel/cl/los-gualles-de-la-candelaria.pt-br.html).

Comi muito bem na cidade, comi um filé por lá...delicioso!
Sobre passeios, fiz:
- Ascensão ao cume do vulcão Villarrica (imperdível, o melhor de Pucón, a descida de skybunda é muito divertida....depois q vc aprende a frear....kkkkkkk);
- Ojos de Caburga e Lago Caburga;
- Banhos termais Los Pozones (muito bom e no meio de rochas vulcânicas);
- Lago Villarrica.
Aluguei carro e exceto a subida no vulcão, o restante fiz tudo por conta própria, estradas boas e bem sinalizadas.

Super recomendo, abraço!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Passamos somente três dias em Pucón (fui com meu marido em janeiro de 2015) e amamos!!! Ficamos apaixonados pelo lugar! Ficamos hospedados em um hostel de um casal brasileiro (Frontera Pucon Hostel B&B), e o dono nos deu várias dicas sobre os passeios. Como tínhamos pouco tempo e dinheiro, a dica dele era alugarmos um carro (desses particulares mesmo, nem sei se tem agências por lá) e fazermos os passeios por conta própria. Fizemos exatamente isso. Em um dia fizemos os seguintes passeios:
- Vulcão Villarica (base). O caminho para o vulcão deu uma certa insegurança, porque alugamos um fiat uno - só vimos carros assim pra alugar por lá - mas deu tudo certo, não tem como errar o caminho. E vale a pena ir, mesmo que seja só até a base, é emocionante.
- Ojos del Caburga (bonito, mas muito cheio e é proibido mergulhar)
- Playa Grande - adoramos conhecer! Na verdade a praia é um lago super gelado, mas lindo! Estava bem cheia, pois fomos no verão.
- Salto del Claro e Salto el Leon (cachoeiras) - natureza incrível! Principalmente a El Leon.
- Termas Quimey Co (ótima para relaxar depois de um dia de passeios!)
No dia seguinte, pegamos o carro em direção à Argentina, e conhecemos um dos lagos andinos da região e mais à frente pudemos ver de pertinho o vulcão Lanín.
Temos vontade de voltar e refazer todos esses passeios e mais alguns que não fizemos, como rafting e trilhas. A natureza em Pucón é riquíssima, não falta programação! Recomendamos a visita!

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Fui três vezes a Pucon nos últimos dois anos (outono, inverno, verão), e posso dizer que o período que mais gostei foi o do outono. Com certeza o passeio citado pelos ojos del caburga acompanhado de uma ida no fim da tarde a uma das termas (sempre vou ao Quimey Co) é uma boa pedida. Além do famigerado passeio ao topo do vulcão, um passeio que gostei muito de fazer foi o trekking pelo Parque Nacional Huerquehue. Para ir ao parque, deve-se pegar um ônibus urbano bem cedo, para voltar no fim da tarde. O trekking é bem cansativo, subindo... mas a vista ao longo do caminho, com lagos, montanhas e cachoeiras é simplesmente incrível!

Angela Vianna
Angela ViannaPermalinkResponder

Pucón é um daqueles lugares que você deve conhecer, pois tem uma mistura de várias belezas da natureza em seus arredores. Alugamos um carro quando chegamos no aero de Temuco. Fomos no verão, em janeiro de 2013, e amamos, pois estava um clima super agradável de dia (22o.) e a noite um friozinho (13o.) delicioso; aí não dispensamos um bom vinho chileno e seus queijos fantásticos.
Ficamos hospedados a 20 minutos do centro de Pucón, um lugar mágico, Hotel Saltos del Carileufu... Com chalezinhos no meio dos bosques, com vista para o vulcão Villarica, com um rio cheio de "saltos" e muito verde.
Fizemos alguns passeios:
Subida ao Vulcão Villarica
Ojos del Caburga (espetáculo de lugar)
Rio Trancura (caminhadas)
Visita as Playas com terras vulcânicas
Banhos nas Thermas de Huife
Passeio pelo centrinho de Pucón
Tudo muito lindo, seguro e com uma energia muito boa!!!
Super indico uma viagem a Pucón, e recomendo pelo menos uns 4 dias para um melhor aproveitamento das suas atrações!!!

Carlos Alberto Irigoyen Osorio do Amaral

Fui em pleno inverno e recomendo um delicioso banho de águas termais no Los Pozones, é ao ar livre, com um rio correndo ao lado e com preço súper acessível.

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Fui para Pucon em 2007... de longe, o passeio que mais gostei foi o Rafting. Só é um gelo enooorme cair na água, que afinal vem das montanhas nevadas.
Para o vulcão não quisemos subir, mas ir na base dele já é uma delícia.

E as termas, claro, que são maravilhosas - e pelo que vi nas fotos, estão ainda melhor hoje.
3 dias que poderiam ser bem mais em uma cidadezinha linda demais.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

O rafting (Alto Trancura) em um dia bonito é espetacular. É importante procurar uma agência bem conceituada para esse passeio, nas duas vezes que fui, utilizei a Trancura e gostei muito, senti segurança.
Existe também o Baixo Trancura, mas só recomendo para quem quer fazer o passeio com crianças, pois a emoção é menor, assim como as paisagens.
Para subir o vulcão, é necessário um bom estado físico. Geralmente metade dos participantes não aguentam subir.
Em dias chuvosos, a dica é aproveitar as diversas Termas da região. Pucón é um lugar para estar de carro e conhecer os arredores. Março talvez seja a melhor época, pois em janeiro e fevereiro, férias dos chilenos, tudo fica bastante cheio, a estrada entre Pucón e Villarrica engarrafada, e os preços mais altos.

Eloisa
EloisaPermalinkResponder

Existe sim, fomos ontem! Continua incrível! Por acaso, não tinha visto seu comentário. Vale muito conhecer. ?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar