Uber em aeroportos: onde você já pegou? (Veja o golpe que tentaram me aplicar)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Uber em aeroportos
Toda hora aparece leitor perguntando: dá para pegar Uber no aeroporto de Miami? Dá pra pegar Uber no aeroporto de Paris? Os aeroportos são a última fronteira do Uber: é o espaço menos amigável à sua atuação, e onde é mais fácil coibir sua presença.

Desembarcar num aeroporto que você não conhece e já pegar um Uber é uma idéia que funciona melhor na teoria do que na prática. Aquela sensação natural de insegurança que baixa sempre que a gente chega a um lugar desconhecido acaba sendo amplificada pela necessidade de descobrir o ponto exato do aeroporto onde você vai ser apanhado, e então ficar controlando os carros pela placa. Pegar táxi é bem mais tranqüilo: o ponto oficial sempre é bem sinalizado, você entra numa fila e pronto, sem stress.

Em princípio, eu só acho que a aventura valha a pena em aeroportos que a gente já conheça bem, ou que ofereçam uma área específica de espera (como o lounge do Bossa Nova Mall, anexo ao Santos Dumont -- recentemente depredado por taxistas). Ou ainda, em aeroportos cujos taxistas sejam pilantras notórios, como o Aeroparque de Buenos Aires.

O golpe do Uber em LaGuardia

Vou relatar um golpe em que quaaaaase caí agora em setembro, chegando em LaGuardia, o aeroporto 'urbano' de Nova York. A gente vinha de Boston e eu já estava com o chip americano instalado e funcionando no celular. Nos dois primeiros dias íamos nos hospedar muito perto, em Long Island City (breve um dossiê aqui!), e resolvi pedir Uber nem tanto pela economia (a corrida seria barata, pelo taxímetro), mas para evitar o baixo astral de taxista de aeroporto de Nova York.

Pegamos as malas e, ainda dentro do terminal, chamei o Uber X. Um motorista pegou a chamada e então saí para a calçada. Só então percebi que o aeroporto estava em obras.

O aplicativo me deu uma instrução de onde esperar, e achei que tinha entendido. Fiquei esperando, controlando pelo GPS do aplicativo, e o carro nada de chegar perto. (Muito provavelmente eu tenha entendido errado.) Dali a pouco, passa um carro na pista do meio, bem devagarzinho, o motorista com uma mão no volante e outra segurando uma placa com o logo UBER, olhando um pouco para a frente, um pouco para o lado, na direção de quem estava na calçada.

Ele mostrou a placa para a gente. Pensei: 'oba, é o nosso carro!', e já atravessamos com as malinhas. O cara encostou na ilha, pôs as malas no porta-mala e partimos. Só então começou a explicar que... por causa das obras... alguns motoristas não estavam conseguindo chegar... que ele não era o carro que eu tinha pedido... mas que podia nos levar...

Pediu o meu celular para cancelar a corrida pedida e pedir uma nova, que ele pudesse pegar. Eu dei! Ele cancelou, pediu outra corrida... hmm, mas outro colega acabou pegando. Vamos cancelar de novo. Cancelou. Olha, eu posso levar vocês pelo preço médio da corrida, eu conheço o itinerário... Só que eu sou Uber Black, tudo bem? Vai sair 65 dólares.

Por sorte, a gente ainda estava na área do aeroporto. Stop now! -- eu falei, bravo. NOW!

Ele ainda tentou argumentar e eu -- NOW!

A facada de 65 dólares (para uma corrida que não sairia mais que 25) era o de menos -- na hora, já pensei em cenários piores, de seqüestro e assalto. (Pensando melhor, acho que não chegaria a tanto, mas quando bate o pânico a gente imagina tudo.)

Ele parou, tiramos as malas do porta-malas, andamos pela calçada por dois terminais até um ponto de táxi que estivesse funcionando. Entramos no táxi, o motora era gente finíssima (tinha namorado por uns tempos uma menina de Fortaleza!) e nos levou sorridente e pelo caminho mais direto ao nosso hotel. A corrida deu 18 dólares. Dei-lhe 25.

E você? Já pegou Uber em aeroportos?

Conta pra gente! Obrigado!

Leia mais:

169 comentários

Régis
RégisPermalinkResponder

Peguei UBER no aeroporto de Bogotá e de, fato, nunca mais faço isso. Um stress para descobrir onde encontrar o tal carro (eu usava o wifi do aeroporto, portanto não podia me afastar muito do lounge) e ele acabou me ligando mais de uma vez para explicar. O que gastei de roaming internacional daria para um táxi tranquilamente.

Isabela Blanco

No aeroporto de Salvador você vai ser bombardeado por taxistas com tabela fixa de preços exorbitantes!
Marque o GPS próximo ao aeroporto e informe o motorista onde você realmente está, eles normalmente pegam os passageiros na saída no terminal, próximo ao McDonald's.

Phillip
PhillipPermalinkResponder

Não seria na saída do Bob's, também conhecida como saída do Subway, que é a última saída pra que está vindo de carro pela via?
Desembarquei em SSA ontem, e estava um inferno o assédio de taxistas e cooperativas no aeroporto no desembarque. Não usei o Uber, e também nem vi espaço p um uber chegar ali no desembarque. Usei o aplicativo 99Taxi, que estava dando um belo desconto. A corrida até minha residência custa aprox. 70-80 reais, e por esse app custou 49 reais. Creio que de uber seria mais barato, mas não arrisquei.

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Não há McDonalds no Aeroporto de Salvador. Só Bob's e Subway.

Fabio de Rezende

Já peguei em Porto Alegre, Curitiba e Galeão, além do Santos Dumont. Em todos foi bem tranquilo.

Wesley
WesleyPermalinkResponder

Fábio, bom dia! Saberia me informar qual o melhor lugar(ponto) para aguardar o UBER no aeroporto de Curitiba?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wesley! Em aeroportos brasileiros o próprio aplicativo indica onde você deve esperar o carro.

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Acho que no Brasil ainda vale, mas fora também fico no receio.
Existem vários fatores: talvez você não tenha o chip de celular local; pode não conhecer o aeroporto direito ou eventuais condições como as obras citadas. Fora espertalhões como este que vocês pegaram no La Guardia - tem malandro em tudo quanto é canto.
Mesmo em lugares onde os taxistas não parecem muito confiáveis acho que também tentaria fugir do Uber.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Diogo, em Buenos Aires tive a sorte de levar um chip internacional. Descemos no Aeroparque e pedimos um Uber. Lá os taxistas são muito pouco confiáveis como vimos em diversos fóruns e sites então não arriscamos. Ele dá uma indicação precisa de onde você deve encontrar o motorista. Ele mostra um mapinha e vai mostrando quando você está mais perto. Achei muito bom e não usamos táxi nenhum dia por lá.

Daniel Nunes
Daniel NunesPermalinkResponder

Estive em Fortaleza essa semana e no aeroporto não é possível pedir Uber (lá só tem o X, aliás) por causa da violência dos taxistas. O pessoal marca na avenida da frente e liga pro motorista pra combinar um lugar no estacionamento do aeroporto.
Na volta, um Uber me levou do cliente que eu estava até o aeroporto, mas pediu pra eu ir sentado na frente pelo mesmo motivo.

Chegando em Cumbica(GRU), problemas novamente. Os motoristas aceitam a corrida e não vem até você. Passado 5 minutos, se você cancela (e vai ter que cancelar pq o cara não aparece) o Uber vai te cobrar 7 reais de taxa. Aí lá vai você ter que reclamar no aplicativo pra receber reembolso...

Maíra S.
Maíra S.PermalinkResponder

Olha só, golpe à brasileira em New York! E mesmo os viajantes mais experientes não estão a salvo...rsrs... Mas falando sério, ainda não tive a oportunidade de pegar Uber no exterior. No Brasil já usei nos aeroportos de Curitiba, em Guarulhos e no Santos Dumont e foi sempre muito tranquilo. Em Curitiba o motorista me ligou e pediu para eu esperar próximo do ponto de ônibus, à direita da última porta do aeroporto. Em Guarulhos peguei no terminal 1 (anteriormente, 4) que tem pouco movimento e esperei na terceira pista, onde todo mundo espera suas caronas. E no Santos Dumont o lounge no Bossa Nova mall facilita a vida. Mas sempre tem que ficar atento ao modelo e à placa do carro indicado pelo aplicativo, hein? wink

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Bom dia, Riq
Acabei de voltar de uma viagem de três semanas nos EUA. Visitei Los Angeles, San Francisco e NY.
Minha experiência pegando o UBER nos três aeroportos - LAX, SFO e JFK foi excelente. Ainda mais nos dois primeiros aeroportos, cuja corrida, em UBERx até onde eu estava hospedado foi de aproximadamente US$25,00 cada um.
Em Los Angeles e Nova York havia pontos específicos para pegar o Uber, necessitando-se apenas indicá-lo, no aplicativo e dirigir-se para o local. Em São Francisco, bastava indicar a saída em que se encontrava. Em NY, pegar o UBER foi um pouco mais confuso, dado o número de pessoas que estavam aguardando seus veículos, ao mesmo tempo. Mesmo assim, consegui identificar o carro e embarcar normalmente. No entanto, me informaram que os táxis estavam fazendo corridas a preço fixo com o mesmo valor do Uber. Ou seja, talvez o táxi valha a pena, ainda mais se você não estiver munido de um smartphone com conexão. Em Los Angeles e São Francisco, os carros do Uber estão identificados com um selo no parabrisa. Não notei isso e NY, mas é sempre possível checar se é o seu veículo fazendo a conferência pela placa.
Ainda ressalto que os veículos do Uberx nessas três cidades equivaliam aos Blacks do Brasil. Eu estava sozinho, mas creio que um casal, com poucas malas possam pedir Uberx, sem problemas.
Para resumir, que inveja de um país civilizado, e que tristeza voltar para o Rio, onde nossos vereadores votaram pela proibição do Uber, lei sancionada pelo atual prefeito em exercício. Lamentável.

Daniel
DanielPermalinkResponder

Em Porto Alegre posso dizer que é tranquilo. O aeroporto é pequeno e o uber pega no segundo andar onde não há táxi. O aplicativo indica bem o ponto. Sem segredo.

Aline
AlinePermalinkResponder

Valeu pela dica em Poa, solicitei o Uber sabendo que tinha que esperar num lugar afastado dos taxis, fiquei no primeiro andar e não localizei o carro, acabei cancelando aquele Uber.

ThiagoS
ThiagoSPermalinkResponder

Peguei o uber em madrid em setembro, no baraja o uber te avisa que precisa ir para o ponto de encontro aonde eles podem te pegar, que fica próximo da área de locação de veículos.

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Em São Francisco (SFO) tentei a todo custo e não consegui. Chamava um motorista, parecia que estavam vindo e logo depois cancelavam. Mas lá também tem o Lyft, que usei na cidade durante toda minha estadia. Achei excelente!

Julison Oliveira

Peguei agora dia 11/11/2016 uber no aeroporto JFK em Nova York. Fui até a estacao Jamaica pra pegar metrô de lá. Deu 15 dolares, preco do trem que eu pagaria pra duas pessoas.
Unico detalhe diferente foi que o aplicativo perguntou em qual plataforma eu pegaria, tipo "2A ou 2B", por exemplo. Ele chegou em uns 4 'minutos. Identifiquei pela placa e pelo modelo do carro, um Camry preto.

Marcel Costi
Marcel CostiPermalinkResponder

Peguei um Uber no aeroporto de Miami agora em novembro/2016. Foi um pouco difícil de localizar o carro pq na Florida eles não possuem placa na frente (bizarro!) e por conta da grande movimentação de carros e ônibus na saída do aeroporto, mas no fim das contas funcionou. Estava com mais 3 amigos e várias malas, então pedimos um "uber XL" e veio um carro enorme que nos acomodou super bem.

Camille
CamillePermalinkResponder

Marcel, vc usou o app do uber brasileiro? Ou lá que baixar um outro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camille! O seu app funciona no mundo inteiro. A diferença é que as corridas feitas fora do Brasil vêm cobradas na conta internacional do cartão.

Luciana Guilliod Fagury Correa

Quando pego Uber ou Cabify no aeroporto no Brasil jogo o localizador pra um ponto fora do aeroporto e ligo para o motorista para combinar onde ele vai me pegar. É um saco, mas faço como ato político contra essa violência dos taxistas.
Estava semana passada no Vietnã e tentei pedir Uber nos aeroportos de Hanoi e Ho Chi Mihn. Nas duas ocasiões a corrida foi aceita, mas cancelada pelo motorista em seguida.

Juliana Carbonari

Em Santiago do Chile é tranquilo pegar Uber do aeroporto, geralmente o ponto de encontro é na entrada do estacionamento, que é saindo da área de desembarque, só cruzar a rua. A diferença é de quase 50% para um táxi. Enquanto un Uber sair uns 12.000 CLP (18 USD) para Las Condes, um táxi sai 20.000 CLP (30 USD).

Laís
LaísPermalinkResponder

Riq, já usei em Santiago e Los Angeles, sem problemas. No exterior só indico usar se você tiver um chip funcionando no celular. Em Los Angeles, por exemplo, o motorista me ligou (detalhe que meu chip era pré pago australiano, mas funcionou pra receber a chamada) pra saber em qual andar estávamos e chegou facilmente. Em Sydney não usamos pois na época só tinha Uber Black no aeroporto, mas também não fez diferença pois o trem é o meio mais fácil e rápido de transporte por lá.

Giane
GianePermalinkResponder

Vou te dizer que não é só em aeroporto, não. Qualquer lugar mais arrumadinho que você esteja indo ou vindo eles já tentam empurrar esse absurdo. Te fazem cancelar a corrida e tudo o mais
Eu logo dispenso e mando relato pra Uber. É um absurdo!
Aconteceu comigo na Flórida. Até estranhei quando chegou uma Mercedes SUV pra me pegar haha

Salete
SaletePermalinkResponder

Em Confins/Belo Horizonte usei sem qualquer problema. Os motoristas ficam em um posto de gasolina em Confins esperando as chamadas.
Segundo relato do motorista eles ficam uma fila organizada para atender aos solicitantes e que nesse mesmo posto também ficam os táxis.
Pelo que parece a animosidade em BH diminuiu bastante.

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Peguei no aeroporto de Natal há cerca de 1 mês. Foi rápido e tranquilo. A corrida para Ponta Negra, que sairia R$ 80,00 de táxi, me custou R$ 42,00.

Renata
RenataPermalinkResponder

Aqui no Rio os taxistas andaram destruindo o louge do Uber do Santos Drummond, não sei se já está ok, no geral era só pedir seu uber e ir pra lá esperar. Já no Galeão, você tem que marcar a estrada do galeão como ponto de partida e depois ligar pro motorista pra combinar dele te buscar no aeroporto, recomendo marcar na área de embarque nos primeiros portões, que são mais distantes de onde ficam taxis e etc...
Já usei Uber em New orlens, embora não para o transfer hotel/aeroporto, foi tranquilo e mais em conta que taxi comum.

Geison Paschoal

Já peguei Uber no JFK e foi muito tranquilo, apesar de ter tarifa dinâmica com frequência. Em Congonhas também é muito tranquilo. Em Salvador é preciso colocar endereço próximo ao aeroporto e entrar em contato com o motorista, assim como no Galeão, mas aqui é preciso mais cuidado porque os taxistas cariocas são os mais revoltadinhos. Rs

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

O Uber funciona super bem em SFO, inclusive o Pool. A única coisa mais chatinha é que precisa subir para o andar do embarque pra pegar o carro. Fiz um post super explicado no blog. Inclusive, ir de Uber pool pro centro, custa quase o mesmo que ir de Bart ( $2 de diferença e muito mais rápido e tranquilo). Por aqui foi uma ótima solução. Funciona bem pra Berkeley e Vale do Silicio tb.

Robson Ferreira

Nunca tive problemas com Uber, mas com taxistas muitos... o último foi chegando a Lisboa. Entramos atrás e o banco do passageiro estava inclinado pra frente, escondendo o taxímetro. Perguntei dele o taxista desconversou. Deu muitas voltas antes de chegar ao destino, e ao fim, quando inclinei meu corpo para olhar o taxímetro, ele foi mais rápido e o zerou. Cobrou o quanto quis. Como eu não sabia o valor médio e o que ele cobrou não chegou a ser exorbitante, pagamos. Mas saí com a sensação de ter sido feito de idiota.

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Em San Diego e San Francisco a gente só pega Uber ou Lyft. O aeroporto de San Diego não é grande e é super fácil de achar a área designada pra eles pegarem a gente, tem que sair do terminal e atravessar a rua seguindo os sinais para app based transport or rideshares.

Karoline
KarolinePermalinkResponder

Já utilizei o Uber em Congonhas, Guarulhos, e, mais recentemente, no Charles de Gaulle. Em Paris foi um pouco mais complicado, pois os próprios informantes do aeroporto nos disseram que era ilegal por lá. Tentamos mesmo assim e conseguimos.
Em Viracopos não conseguimos utilizar o Uber, mas foi porque o aplicativo disse que a área não era coberta.

Alessandra Lorenzo

Usei em Brasília e Congonhas. Tranquilíssimo! Fora do Brasil já usei muito para ir para o aeroporto, mas nunca para sair dele.

Rosi Toledo
Rosi ToledoPermalinkResponder

Viajamos recentemente para a Europa e chegando em Copenhague resolvi chamar um uber pois era noite e o aeroporto estava lotado. Não ficamos numa saída principal e ele não nos achava e incrivelmente nos ligou pelo WhatsApp e nós achou. Simpatia e educado nos passou muitas dicas da cidade. Era um sueco de Malmo. Na volta para o aeroporto tbm chamei mas o motorista não era tão eficiente mas atendeu direitinho. Em Paris chamamos novamente na rua e pegamos outro rapaz super simpático, Mohamed. Para ir a estação outro uber. Um senhor de Mercedes sedan enorme. Tudo ok. Já em Frankfurt não existe mas tem o mytaxi, bem parecido com uber só que oficial. Enfim, várias experiências bem sucedidas.

Lu
LuPermalinkResponder

Em JFK, um amigo foi abordado no saguão por um cara que se disse do Uber e dimou uma corrida no cel e lhe mostrou o preço: 85 dólares. Mas faço por 80, disse ele. Só q o meu amigo não sabia da flat rate do JFK a Manhattan a 52 dólares e pegou o Uber e pagou + caro.

Isabel Oliveira

Tomamos Uber em Confins (Belo Horizonte). O serviço estava recém inaugurado mas deu tudo certo.

Solange
SolangePermalinkResponder

Isabel, quanto vc pagou em Confins e qual a distância?

Marcelo Lemos
Marcelo LemosPermalinkResponder

Caramba!
Esse motorista do Uber ai deve ter feito um estágio com os taxistas do Rio smile
Eu só usei o Uber em aeroportos conhecidos até hoje.. Brasília e Guarulhos. E mesmo no de Guarulhos, ainda rolou uma confusão com a localização.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Usamos o Uber em Lima , de Miraflores para o aero ; foi 20% mais barato que um taxi , mas o carro era velhinho.

Lyvia
LyviaPermalinkResponder

No Galeão eu não consegui.... esperei por um bom tempo e o carro nunca se aproximava, me disseram que lá tem um bloqueio.

Lyvia
LyviaPermalinkResponder

Usei o uber em Santiago, fui bem atendida e compensou muitooo!!!!! O táxi em Santiago é muito caro e eles enrolam bastante.

Lícia
LíciaPermalinkResponder

Usei 2x em São Paulo (GRU) e foi super tranquilo, apesar da dificuldade em reconhecer o carro entre as centenas lá (sou péssima em identificar modelos ). Não teve confusão, muito bom mesmo.

Daniel Andrade

No de Brasília é só você se dirigir à área de embarque, muito simples, no andar acima do desembarque. E na hora em que pedir o aplicativo te pergunta se no ponto A, B ou C, que significam o início da pista, o meio ou o fim, respectivamente. Eu opto sempre pelo C, porque é mais vazio. O A é o mais congestionado.

Viviane
VivianePermalinkResponder

No aeroporto de Brasília, o uber pega o passageiro na área de embarque (1 andar). Você precisa indicar o setor de embarque (A, B ou C) com base nas placas e aguardar. É bem tranquilo

Ricardo Ioshioca

Peguei o UBER mes passado na chegada à Tailandia, em Bangkok.
Facil, tranquilo, sossegado e muito barato.
Você escohe o andar e o portão.

Marcos Arouca
Marcos AroucaPermalinkResponder

Hoje mesmo, chegando em Boston, peguei um Uber X no Boston Logan International Airport. Ao pedir o Uber, o aplicativo te indica que você deve esperar na área de Limos na parte externa. Antes de sair do aeroporto (e antes mesmo de pedir o carro), verifique nos mapas internos do aeroporto, onde fica essa área reservada para Limos.
Por acaso, o motorista que me levou até o hotel era brasileiro e me deu várias dicas. Uma foi muito interessante que é a de pedir o Uber só quando já estiver na rua. Como é muito fácil pedir um Uber, aqui em Boston, alguns motoristas de Uber aplicam o golpe de cancelar a corrida depois de 5 minutos e ganham os U$5 do Uber pelo No Show do usuário. Então, fica a dica: Só peçam o carro quando já estiverem na rua, ou na porta.

Vinícius
ViníciusPermalinkResponder

Peguei em Roma (FCO), onde o App mandava ir até o ponto de encontro e o motorista ia até lá me buscar. Foi bem tranquilo.

Fabio Pastorello

Que medo, hein??? Acho sempre um stress chegar nos aeroportos. Nas minhas últimas viagens, consegui pegar Uber em São Francisco (somente o pool) e foi ótimo. Já no Aeroparque de Buenos Aires, o Uber não funcionou na ida, mas consegui pegar na volta. Aliás, em Buenos Aires achei o serviço meio demorado pela quantidade pequena de motoristas, mas quando funciona, vale a pena.

Michele Capiotti

Peguei o ultimo ainda nessa semana em Garulhos, foi bem tranquilo. Com a nova versão do Uber fica mais fácil encontrar e ser encontrado. Já usei também em Dublin tranquilamente, por lá, o UberX é servido por taxistas e a corrida custa 10% menos que com o app do taxi. O único detalhe aqui é que nunca peguei do aeroporto mas achei que a informação poderia ajudar. Abraços,

Leticia
LeticiaPermalinkResponder

Peguei uber no Charles de Gaule, tanto para ir, quanto para voltar. Quando chegamos o motorista veio nos encontrar no saguão do aeroporto, ajudou com as malas e quando meu marido perguntou sob o chip local, ele parou no caminho e comprou o chip pra gente. Supèr!!!
Na volta também pegamos um motorista super atencioso, que ligou para a cia aerea do celular dele para aterar o nosso vôo.
Estive em Roma en outubro, mas como estava sozinha, fiquei meio insegura. No Brasil, só usei em Brasilia.

Marcela Dohara

Já usei Uber tranquila em Curitiba, Rio (em abril, então imagino que agora deva estar um pouco mais complicado pelos relatos que estou lendo) e em Cuiabá, que começou recente.

Jéssica Fernanda Silva

Peguei em Lisboa, o que foi meio tumultuado pq tava tendo uma briga de uber com taxistas, tava a policia e quase que o nosso motorista cancelou nossa corrida de medo (era um motorista brasileiro por sinal hahaha) em Paris (no orly), andamos até um hotel perto do aeroporto pq não estavam liberando outros carros, mas a corrida saiu mais caro do que taxi, e como estávamos em 2 o metro (ou trem) no aeroporto ia sair mtu caro.

Marcelo Jesus
Marcelo JesusPermalinkResponder

Vale comentário não de aeroporto, mas do terminal do Buquebus em Buenos Aires?
Em setembro cheguei a Buenos Aires vindo de Colonia, no Uruguai, e chamei um Uber no terminal Buquebus, usando o wifi do terminal sem problemas. Alguns taxistas ficaram olhando meio "feio" mas foi tudo tranquilo.
No momento de voltar ao Brasil chamei um Uber para ir ao Aeroparque e ele encerrou a corrida pouco antes de entrar no estacionamente e guardou o celular.
No mais utilizei somente Uber em Buenos Aires, o tempo todo, muito tranquilo.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

O Uber cobrou $5 pelos cancelamentos?

Alexandra Godoy

Confesso que tenho medo. Só pego no Lounge do Santos Dumont, inclusive peguei uber lá um dia antes dele ser atacado pelos taxistas. Nos outros aeroportos acabo me rendendo ao táxi mesmo.

Raíssa
RaíssaPermalinkResponder

Além de SP e Rio, já peguei Uber nos aeroportos de Miami e Chicago (é até bem organizado lá, com fila especial logo na porta!). Já ouvi elogios ao serviço no aeroporto de Lisboa tb - de lá, saí de táxi (cuja fila é sempre enorme) e voltei de Uber.

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Alguém já conseguiu pegar UBER no Aeroporto de Maceió ? Como fez ?

vicente
vicentePermalinkResponder

Já peguei UBER em Brasília, Curitiba e Toronto (Canadá) e em todos os lugares foram muitos tranquilos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar