5 lugares pra descer do carro em Los Angeles

Paddling em Malibu (visto do restaurante Duke's)

É uma cidade ou um drive-thru? Estar em Los Angeles significa cruzar Los Angeles, várias freeways de cada vez. Mais do que um guia, você precisa de um carro — e de um GPS atualizado. Com os dois na mão, porém, você vai longe. Ou perto, se for o caso. Comece suas andanças (sobre rodas) por essas cinco atrações, básicas mas imperdíveis, de Los Angeles:

–> FARMER’S MARKET

Farmer's Market, Los Angeles

Farmer's Market, Los AngelesFoi fundado em 1934 — o que em Los Angeles já caracteriza patrimônio histórico de idade respeitável. O mix de bancas de alimentos, lanchonetes e micro-restaurantes é, literalmente, delicioso: vai do tradiça (aquela lanchonete tipo anos 50 está lá, sim, desde os anos 50) ao descolado. Trata-se de um dos lugares mais agradáveis da cidade para almoçar (não espalhe, mas tem até um stand de restaurante brasileiro a quilo…).

Ao lado do mercado um shopping diferente, o The Grove, que emula uma cidade de verdade, com ruas e calçadas. Dizem — dizem — que tanto o Farmer’s Market quanto The Grove são lugares estratégicos para cruzar acidentalmente com uma celebridade. (Não acredito que seja fácil, mas é um bom argumento para você usar caso precise convencer a sua companhia de viagem a ir).

Onde fica: em Downtown LA, na esquina de Fairfax com 3a. Avenida. Abre: das 9h às 21h de 2a. a 6a.; das 9h às 20h no sábado; das 10h às 19h no domingo. Estacionamento: ao fazer qualquer compra no mercado, valide o seu ticket, e você poderá permanecer duas horas grátis (a 3a. hora custa US$ 3). Sem validar o ticket você paga US$ 1 a cada 20 minutos. Não é possível validar o ticket com compras no The Grove. Site oficial: do Farmer’s Market aqui, do The Grove aqui.

–> OBSERVATÓRIO GRIFFITH

Vista do Observatório Griffith, Los Angeles

Letreiro de Hollywood visto do Observatório Griffith, Los Angeles Observatório, planetário, mirante, monumento: o Observatório Griffith é um cartão-postal multiuso. Foi idealizado por Griffith J. Griffith, ele próprio um personagem cheio de facetas: milionário da mineração, entusiasta da astronomia, filantropo e assassino da esposa. O prédio, uma obra-prima art-déco, já valeria sozinho a visita. A entrada é gratuita. Dentro você pode ver um Pêndulo de Foucault em exposição permanente, além de mostras temporárias. Nas noites de céu claro, o poderosíssimo telescópio Zeiss é posto à disposição do público; até 600 visitantes que enfrentarem a fila podem dar sua espiadinha, sem pagar nada. (Já para assistir às sessões do planetário, paga-se de US$ 3 a US$ 7.) Do lado de fora, a atração é uma das vistas mais abrangentes de Los Angeles — incluindo o melhor ângulo para se ver o letreiro de Hollywood. Onde fica: no topo do Griffith Park, numa das colinas do monte Hollywood. Abre: de quarta a sexta, das 12h às 22h; sábado e domingo, das 10h às 22h (fecha segunda e terça). Estacionamento: grátis, porém limitado. Talvez você acabe estacionando na estradinha de acesso e subindo a pé. Site oficial: clique aqui.

–> GETTY CENTER

Jardins do Getty Center, Los Angeles

Getty Center, Los AngelesMesmo que você desembarcasse em Los Angeles desconhecendo inteiramente a existência deste mega centro cultural, uma força maior levaria você até o alto da montanha em Brentwood. É que todas as exposições são maciçamente divulgadas com banners em partes estratégicas da cidade; você fica até sem graça de não ir. Você não perde a viagem: no mínimo, vai se embasbacar com os originalíssimos jardins de Robert Irwin. A vista também é bárbara. Ah, sim: todas as exposições são gratuitas.  Onde fica: em Brentwood; o acesso é pela freeway 405, que naquele trecho se chama North Sepulveda Boulevard. Abre: de 3a. a domingo das 9h às 17h30 (sábado até as 21h). Fecha às segundas. Estacionamento: custa US$ 15 por carro. Você deixa o carro na garagem e sobe até o centro de monotrilho (aproveite para tirar fotos da highway). Site oficial: clique aqui.

–> GETTY VILLA

Getty Villa, Los Angeles

Getty Villa, Los AngelesÉ o braço mais charmoso do museu Getty, instalado numa réplica de casa romana que o quaquilionário do petróleo mandou construir na década de 50. Apesar da conjunção de componentes suspeitos (dinheiro novo + Los Angeles + réplica), o resultado é de muito bom gosto. (E, no fim das contas, educativo: é um ótimo final para aquela visita que você fez a… Pompéia, alguns anos antes.) Além da arquitetura e dos jardins, há objetos e obras de arte gregos, romanos e etruscos. A visita é grátis, mas requer reserva antecipada pela internet com hora marcada. Combine a visita com um almoço num restaurantes debruçados no mar de Malibu (como o Duke’s, de onde a foto do alto do post foi tirada). Onde fica: em Pacific Palisades, na continuação de Malibu, na direção norte. Abre: de 5a. a 2a., das 10h às 17h; fecha às terças; abre em algumas quartas (veja aqui). Estacionamento: custa US$ 15; para passar pela guarita você precisa apresentar a reserva antecipada pela internet com hora marcada. Site oficial: clique aqui.

–> PARAMOUNT STUDIOS

Paramount Studios Tour, Los Angeles

Programas rodados atualmente no Paramount Studios, Los AngelesOutra atração vintage. A Paramount é o último dos grandes estúdios que ainda funciona em Hollywood propriamente dita — e por isso a visita tem um sabor mais autêntico do que a dos estúdios mais modernos (que, diga-se, costumam rechear os passeios com efeitos especiais). Nenhum tour é idêntico a outro, porque está sujeito à disponibilidade de sets no momento da visita. Mas sempre vai dar para visitar alguns cenários — sejam os montados em estúdio fechado, sejam os que são mantidos ao ar livre, nos fundos da propriedade. Por todo o percurso o guia va explicando — em inglês — detalhes das produções de filmes e séries, e como os cenários externos são reaproveitados ad nauseum com pequenos truques de maquiagem. Como bônus você pode cruzar com um artista de alguma das séries produzidas ali — a de maior sucesso é Glee. A visita dura duas horas e precisa ser reservada por telefone; custa US$ 45 por pessoa — você paga ao chegar.  Para encontrar o estúdio em pleno funcionamento, venha entre agosto e maio (junho e julho são os meses em que as séries entram em férias). Onde fica: no cabalístico número 5555 da avenida Melrose, em Hollywood. Horário dos tours: de 2a. a 6a., em quatro horários: 10h, 11h, 13h e 14h (reserve pelo telefone 1-323-956-1777. Os visitantes podem usar a lanchonete e o restaurante do complexo (é raro, mas é possível cruzar com artistas). Estacionamento: defronte ao portão principal, no outro lado da rua; custa US$ 7. Site oficial: clique aqui.

Leia também:

Onde ficar em Los Angeles: Santa Monica ou West Hollywood?

60 hotéis em Los Angeles comentados pelos leitores

130 comentários

Amo suas dicas
Mas fui tentar entrar no desfazendo as malas e está dando erro e entrando num site de pornografia!!!
Cuidado!!

Eu incluiria também a Huntington library, que tem jardins lindos (meu marido gostou mais do que os do Getty), e muita arte e livros raros. Em 2011 eu fiz o tour da Warner, que também é nos estúdios e locações onde são gravados programas e séries atuais! Eu visitei o estudio da Elen e do Big Bang Theory, mas o highlight máximo foi visitar o Central Perk do Friends, que era gravado lá ( e não em NY) e eles deixaram montado. Só fiquei chateada que não me deixaram sentar no sofá laranja!!

O texto diz que o Observatório Griffith fecha nas segundas e terças-feiras, justamente os dias da semana em que estaremos em LA!
Mas será que o acesso ao local é permitido nesses dias para quem vai somente apreciar as vistas da cidade e do letreiro de Hollywood?

Olá. Estamos indo para LA em maio de 2015, e ficaremos 2 dias inteiros. Você sugere alugarmos um carro, ou fazermos os passeios mais importantes com o transporte público ou Hip-on Hip-off?

Obrigado.
Rafael

    Olá, Rafael! Los Angeles é uma cidade desenhada para o carro. Se não alugar carro, pode usar o hop on hop off ou passeios organizados. Transporte público, só com bastante tempo de sobra, o que é não é o seu caso.

Olá companheiros de Viagem! Estou indo para Orlando, Las vegas e Los Angeles em Março e, como é minha primeira viagem com mais de um destino na mesma, não tenho ideia de quanto de dinheiro devo reservar para Los Angeles e para Las Vegas. Não pretendo fazer compras, pois já vou ter passado por Orlando.
Vocês têm alguma ideia?
Obrigado!
Abs

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.