5 lugares pra descer do carro em Los Angeles

Paddling em Malibu (visto do restaurante Duke's)

É uma cidade ou um drive-thru? Estar em Los Angeles significa cruzar Los Angeles, várias freeways de cada vez. Mais do que um guia, você precisa de um carro — e de um GPS atualizado. Com os dois na mão, porém, você vai longe. Ou perto, se for o caso. Comece suas andanças (sobre rodas) por essas cinco atrações, básicas mas imperdíveis, de Los Angeles:

–> FARMER’S MARKET

Farmer's Market, Los Angeles

Farmer's Market, Los AngelesFoi fundado em 1934 — o que em Los Angeles já caracteriza patrimônio histórico de idade respeitável. O mix de bancas de alimentos, lanchonetes e micro-restaurantes é, literalmente, delicioso: vai do tradiça (aquela lanchonete tipo anos 50 está lá, sim, desde os anos 50) ao descolado. Trata-se de um dos lugares mais agradáveis da cidade para almoçar (não espalhe, mas tem até um stand de restaurante brasileiro a quilo…).

Ao lado do mercado um shopping diferente, o The Grove, que emula uma cidade de verdade, com ruas e calçadas. Dizem — dizem — que tanto o Farmer’s Market quanto The Grove são lugares estratégicos para cruzar acidentalmente com uma celebridade. (Não acredito que seja fácil, mas é um bom argumento para você usar caso precise convencer a sua companhia de viagem a ir).

Onde fica: em Downtown LA, na esquina de Fairfax com 3a. Avenida. Abre: das 9h às 21h de 2a. a 6a.; das 9h às 20h no sábado; das 10h às 19h no domingo. Estacionamento: ao fazer qualquer compra no mercado, valide o seu ticket, e você poderá permanecer duas horas grátis (a 3a. hora custa US$ 3). Sem validar o ticket você paga US$ 1 a cada 20 minutos. Não é possível validar o ticket com compras no The Grove. Site oficial: do Farmer’s Market aqui, do The Grove aqui.

–> OBSERVATÓRIO GRIFFITH

Vista do Observatório Griffith, Los Angeles

Letreiro de Hollywood visto do Observatório Griffith, Los Angeles Observatório, planetário, mirante, monumento: o Observatório Griffith é um cartão-postal multiuso. Foi idealizado por Griffith J. Griffith, ele próprio um personagem cheio de facetas: milionário da mineração, entusiasta da astronomia, filantropo e assassino da esposa. O prédio, uma obra-prima art-déco, já valeria sozinho a visita. A entrada é gratuita. Dentro você pode ver um Pêndulo de Foucault em exposição permanente, além de mostras temporárias. Nas noites de céu claro, o poderosíssimo telescópio Zeiss é posto à disposição do público; até 600 visitantes que enfrentarem a fila podem dar sua espiadinha, sem pagar nada. (Já para assistir às sessões do planetário, paga-se de US$ 3 a US$ 7.) Do lado de fora, a atração é uma das vistas mais abrangentes de Los Angeles — incluindo o melhor ângulo para se ver o letreiro de Hollywood. Onde fica: no topo do Griffith Park, numa das colinas do monte Hollywood. Abre: de quarta a sexta, das 12h às 22h; sábado e domingo, das 10h às 22h (fecha segunda e terça). Estacionamento: grátis, porém limitado. Talvez você acabe estacionando na estradinha de acesso e subindo a pé. Site oficial: clique aqui.

–> GETTY CENTER

Jardins do Getty Center, Los Angeles

Getty Center, Los AngelesMesmo que você desembarcasse em Los Angeles desconhecendo inteiramente a existência deste mega centro cultural, uma força maior levaria você até o alto da montanha em Brentwood. É que todas as exposições são maciçamente divulgadas com banners em partes estratégicas da cidade; você fica até sem graça de não ir. Você não perde a viagem: no mínimo, vai se embasbacar com os originalíssimos jardins de Robert Irwin. A vista também é bárbara. Ah, sim: todas as exposições são gratuitas.  Onde fica: em Brentwood; o acesso é pela freeway 405, que naquele trecho se chama North Sepulveda Boulevard. Abre: de 3a. a domingo das 9h às 17h30 (sábado até as 21h). Fecha às segundas. Estacionamento: custa US$ 15 por carro. Você deixa o carro na garagem e sobe até o centro de monotrilho (aproveite para tirar fotos da highway). Site oficial: clique aqui.

–> GETTY VILLA

Getty Villa, Los Angeles

Getty Villa, Los AngelesÉ o braço mais charmoso do museu Getty, instalado numa réplica de casa romana que o quaquilionário do petróleo mandou construir na década de 50. Apesar da conjunção de componentes suspeitos (dinheiro novo + Los Angeles + réplica), o resultado é de muito bom gosto. (E, no fim das contas, educativo: é um ótimo final para aquela visita que você fez a… Pompéia, alguns anos antes.) Além da arquitetura e dos jardins, há objetos e obras de arte gregos, romanos e etruscos. A visita é grátis, mas requer reserva antecipada pela internet com hora marcada. Combine a visita com um almoço num restaurantes debruçados no mar de Malibu (como o Duke’s, de onde a foto do alto do post foi tirada). Onde fica: em Pacific Palisades, na continuação de Malibu, na direção norte. Abre: de 5a. a 2a., das 10h às 17h; fecha às terças; abre em algumas quartas (veja aqui). Estacionamento: custa US$ 15; para passar pela guarita você precisa apresentar a reserva antecipada pela internet com hora marcada. Site oficial: clique aqui.

–> PARAMOUNT STUDIOS

Paramount Studios Tour, Los Angeles

Programas rodados atualmente no Paramount Studios, Los AngelesOutra atração vintage. A Paramount é o último dos grandes estúdios que ainda funciona em Hollywood propriamente dita — e por isso a visita tem um sabor mais autêntico do que a dos estúdios mais modernos (que, diga-se, costumam rechear os passeios com efeitos especiais). Nenhum tour é idêntico a outro, porque está sujeito à disponibilidade de sets no momento da visita. Mas sempre vai dar para visitar alguns cenários — sejam os montados em estúdio fechado, sejam os que são mantidos ao ar livre, nos fundos da propriedade. Por todo o percurso o guia va explicando — em inglês — detalhes das produções de filmes e séries, e como os cenários externos são reaproveitados ad nauseum com pequenos truques de maquiagem. Como bônus você pode cruzar com um artista de alguma das séries produzidas ali — a de maior sucesso é Glee. A visita dura duas horas e precisa ser reservada por telefone; custa US$ 45 por pessoa — você paga ao chegar.  Para encontrar o estúdio em pleno funcionamento, venha entre agosto e maio (junho e julho são os meses em que as séries entram em férias). Onde fica: no cabalístico número 5555 da avenida Melrose, em Hollywood. Horário dos tours: de 2a. a 6a., em quatro horários: 10h, 11h, 13h e 14h (reserve pelo telefone 1-323-956-1777. Os visitantes podem usar a lanchonete e o restaurante do complexo (é raro, mas é possível cruzar com artistas). Estacionamento: defronte ao portão principal, no outro lado da rua; custa US$ 7. Site oficial: clique aqui.

Leia também:

Onde ficar em Los Angeles: Santa Monica ou West Hollywood?

60 hotéis em Los Angeles comentados pelos leitores

130 comentários

Olá! Farei uma conexão de 11 horas em LA, das 11 `as 22. O que eu consigo fazer nesse intervalo?? Nunca estive na cidade.
Abs

    Olá, Augusto! O mais tranqüilo é ir passear em Santa Monica, que é um lugar onde da pra andar a pé na cidade. Lembre-se de estar de volta ao aeroporto 1h30 antes do embarque para procedimentos de segurança.

Permita-me discordar do Ricardo, Santa Mónica é insuperável!
Anda-se a pé pelo “calçadão” da 3th st ou pela praia, há muitos bares, bons restaurantes, lojinhas charmosas, enfim, você está no centro de tudo, além de poder topar com alguns famosos pela calçada.

Rick,

Vou ficar só dois dias em L.A. em fevereiro. Que bairro vc recomenda? Vc indica algum hotel?

    Olá, Lorene! Aqui quem responde é A Bóia.

    O bairro preferido pelos turistas é Santa Monica, porque fica à beira-mar e dá para caminhar. Mas o Ricardo Freire prefere West Hollywood.

Luciana,
Vocês estão considerando que estarão em LA no inverno e de repente curtir praia não seja esquema bikini, mas sim, caminhar e curtir a paisagem…
Fiquei em um hotel em Sta Monica que gostei muito (Ambrose), mas ele fica ha uns 15 quarteirões da praia, acho que não te atende.
Uma opção seria descer para Laguna Beach, ou se for muito longe, tem também a região de Orange County…
Abs

Olá Boia e leitores,

Meu marido e eu estaremos em LA de 26 a 30/12 (The London West Hollywood), em Las Vegas de 30/12 a 02/1 (Hard Rock Hotel) e voltaremos a LA de 02 a 06/01. Gostaria de dica de hotel de praia para relaxar após a função visitas, reveillon, compras!! Pode ser qq região (de Malibu a redondo), desde que perto/frente do mar!Abraço!

Olá Bóia

Li suas sugestões de compras em NY, estão ótimas, mas queria uma sugestão sua. Ficarei 6 dias em NY e depois 4 em LA, agora em dezembro. Onde seria melhor fazer compras? Informaram-me que os outles de LA são tão bons qto os de NJ, qual sua opinião? Vc sugere quais outles em LA? Comprar em LA evitaria carregar malas ou exceder o peso permitido em vôos domésticos.

Parabéns, o site tem ótimas dicas!!

    Olá, Ivana! A lógica manda fazer o grosso das compras na última parada 😀

Uma ultima dúvida Bóia, sabe me dizer quais regiões são perigosas em LA ? É desaconselhável andar a noite ou depende do lugar ? Agradecida novamente ….

    Olá, Claudia! Nos lugares onde você terá alguma razão para descer do carro não há perigo nenhum 😀

Olá, Riq, preciso de uma dica sua …. vc conhece Marina Del Rey em LA ? Consegui um hotel com um preço legal e gostaria de saber se o bairro é bem localizado … Estou indo com duas crianças …. Brigadão !!!!

    Olá, Claudia! Aqui quem responde é A Bóia. Los Angeles é espalhada. Marina del Rey é um bairro com ares residenciais à beira-mar, pra lá de Venice. Santa Monica tem mais infra e lugares para passear a pé, mas se você estiver de carro, que é condição básica para estar em Los Angeles, não há maiores inconvenientes.

Nós só conhecemos o museu do Getty e da próxima vez iremos ao Getty Villa com certeza. Gostamos também do Warner Bros Tour…
Eu AMO LA e toda a região… acho que sou a única, né? 🙂
Cheguei a te falar do hotel que ficamos da última vez que fomos? Super recomendado em Sta. Monica http://www.ambrosehotel.com/
Abs

    Mirela,

    Vc não é a unica…eu gosto de lá também.

    Fico em Rancho Palos Verdes e saio rodando por lá…Rodeo Drive, Malibu, Santa Monica, Long Beach, Disneyland, Redondo Beach, Torrance…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.