Brasileiros, os maiores gastadores em NY (do Abrindo o Bico)

Woodbury Premium Outlet

Woodbury Premium Outlet

Nossa querida Marcie Grynblat Pellicano informa em edição extraordinária, direto do Abrindo o Bico:

Brasileiros Big Spenders

Para quem se interessa pelo assunto, o Abrindo o Bico reproduz aqui números divulgados recentemente pela prefeitura de Nova York:

Número de turistas em Nova York em 2012: 52 milhões.

Quantidade de doletas que deixaram por aqui: 55,3 bilhões.

Aumento do turismo brasileiro no período: 15%

Total de turistas brasileiros: 826.000

Os maiores consumidores: brasileiros, australianos e chineses.

Quer dizer, o Brasil varonil (e o “feminil”, eu acrescentaria) continua gastando adoidado.

Tudo provado matematicamente. Mas nem precisava tanto cálculo, não é verdade? É só parar numa esquina da 5a. Avenida, ou na porta da Century 21, e ver os turistas que mais carregam sacolas. E depois ouvir a língua que eles falam… Brasiiiiilllllll.

O negócio é esse mesmo: aproveitar o bom momento. Afinal, nunca se sabe quanto vai durar. Toc, toc, toc…sim, sou eu batendo na madeira.

Leia mais:

24 comentários

Uau. Periga a alfandega apertar o cerco na chegada ao Galeão para nos sobretaxar. Meus últimos vôos de Miami e NY sempre foram por uma conexão nessas cidades que não são focos de compras então nunca tive problemas. O fato é que até fora de Outlet, roupas femininas em lojas de grife perto da Times Square são mais baratas do que aqui. Nunca fui a outlet em NY (só em Miami e Paris) por que adoro a cidade, e sempre voltei com muita coisa, mesmo com o foco em turismo.

Não seria Brasil Viragil? Afinal o femininode varão (varonil) é virago (Viragil). Estranho né? Nossa língua portuguesa …

O mais interessante é qua as autoridades brasileiras tem a completa noção dos números astronômicos e não fazem nada para que essa grana possa ser gasta aqui. Se o governo providenciasse a reforma tributária séria e adequasse a nossa absurda carga tributária, o custo Brasil seria honesto.
Nós queremos mesmo é que os brasileiros viagem muito, mas ao invés de carregar muita sacola lá fora, carreguem muito conhecimento e usem o que há de bom lá fora para mudar a realidade aqui dentro.
Vamos rodar o mundo pessoal!

Tudo no nosso país é muito caro e a carga tributária é absurda. Esses são os motivos das pessoas comprarem. Valeria a pena pagar tão caro, se usufruíssemos de uma infra-estrutura, saúde e educação de qualidade. E matérias como essas que deixam a Receita cada vez mais agressiva nos aeroportos, revistando as malas como se fossemos criminosos.

So ha 2 coisas caras nos Estados Unidos:

1. O que voce nao vai usar. Pois vc comprou por impulso, ocupou lugar na mala e na cota e vc nao usa depois, é carissimo!! independente do valor pago.

2. O que voce deixou lá. Esse fica muito caro pois para voce ter a mesma oportunidade de estar na frente do obejto que vc gostou e usaria facil, facil vai custar uma nova viagem(para o emsmo local)!

Claro q depois da “onda ” consumista o q vai valer e o planejamento de compras.

A cada ano tenho visto mais brasileiros por lá, no outlet em Vegas vi alguns carregando compras em malas de 32k, eu só compro o necessário e sem exagero. Se as coisas não fossem tão caras aqui, não precisaríamos comprar por lá, me recuso a comprar roupas no Brasil, somente poucas peças por ano.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.