Compras em Lima: o que vale a pena? A Manu responde!

Lima Outlet CenterVai-se a Machu Picchu pela cidade perdida inca, a Cusco pela arquitetura colonial espanhola e pelo Vale Sagrado, a Lima pela gastronomia da moda. Mas nem com tantos atrativos o brasileiro descuida do novo esporte nacional, que é o de fazer compras no exterior.

Toda semana aparece alguma pergunta sobre o que vale a pena comprar em Lima — então aproveito para repassar a questão para vocês, que são mais graduados tanto em Lima quanto em compras.

Dá pra encarar os shoppings? Ou o Larcomar é só para a vista e o Jockey Plaza só para restaurantes?

Eletrônicos valem a pena? E grifes?

E finalmente: o Lima Outlet Center (de onde eu gentilmente surrupiei a foto do post), perto do aeroporto, justifica a viagem?


Eis a super-hiper-mega-bláster-resposta da Manu Tessinari, que mora lá:

Bom, naturalmente com a moeda desvalorizada em relação ao real e os impostos bem mais baixos que no Brasil, praticamente tudo no Peru é mais barato que no Brasil, desde cosméticos de marcas estrangeiras (La Roche, MAC, etc.) até eletrônicos. Claro que não estou dizendo que tudo vale a pena, só estou fazendo um comparativo inicial de valores.

Os eletroeletrônicos devem ser descartados, já que tudo aqui é 220V ( a menos que more em Brasilia! rs).

A parte de cosméticos, mesmo aqui sendo mais barato que no Brasil, no Dutyfree é ainda mais barato. Bom, se no Dutyfree não tem a marca, como La Roche por exemplo, vale a pena sim, já que economizará uns 30%.

Lojas como a Sagafalabella e a Ripley, ambas chilenas, são os grandes magazines (ainda se usa este nome?? rs) da cidade. São lojas multimarcas enormes no estilo da espanhola El Corte Inglés. Há uma grande mescla de marcas locais e marcas internacionais e sempre tem promoções interessantes. Se vier em época de mudança de estação as promoções são absurdamente baratas! Eles costumam fazer promoções de comprar 3 e pagar uma, o que significa comprar 3 vestidos ou 3 pulovers por menos de R$ 50 (total!) ou uma jaqueta de inverno da Tommy Hilfiger por aproximadamente R$ 200 (por favor não estou fazendo apologia a marcas nem nada, estou só dando uma noção de valores!!).

Uma loja que costuma enlouquecer os brasileiros (sempre encontro vários quando vou e estão sempre carregados de carrinhos) é a Casaideas. É uma loja de coisas para casas com um design muito lindo e valores ótimos. Agora por exemplo está com 50 a 70% de desconto, deixando tudo ainda mais bonito! rs

Por causa da qualidade do algodão peruano, muitas marcas estrangeiras fixaram fábricas aqui, como é o caso da Lacoste, por isto é comum a Lacoste ser mais barata por aqui, mas depende um pouco da época, já que por muitas vezes vi que estavam no mesmo valor que no Brasil. De qualquer forma, se você não ligar para marca, verifique se os produtos são de algodão peruano e compre sem dúvida. São ótimos!!

A prata, outro produto famoso aqui, tem que ser pesquisado. Nunca comprei nas feiras de artesanato, mas também não acredito que sejam de boa qualidade. A prata aqui é muito boa, mas precisa ir a uma boa loja para comprá-la.

Alpaca sempre vale a pena ( da mais cara para mais barata: Royal Alpaca, Baby Alpaca e Alpaca). Eu ainda acho difícil de comprar porque a gente vê de tudo que é preço e saber o que é verdadeiro e/ou falso é mais complicado, mas é sem dúvida o grande produto local e se for em lojas como a Huna, poderá ter certeza que estará comprando algo de ótima qualidade (mas saiba que estará pagando por isto também!).

Há duas lojas que gosto muito e sempre indico. Uma é a Arawak. Localizada na turística Av. Larco, pode passar desapercebida, mas é uma loja com roupas de algodão orgânico peruano. Adoro! Outra é uma loja de design/papelaria que tem uma ótima proposta e pode gerar ótimas lembranças de Lima: La Despensa. Ela tem produtos de artistas peruanos e saem dos convencionais souveniers.

Pra terminar, eu nunca fui no Lima Outlet Center, mas se quiserem, vou e digo o que achei. rs

Ah! mais uma coisa: Larcomar é ótimo como passeio, mas realmente aqui é considerado “shopping de turista”. Para compras, o pessoal vai aos shoppings espalhados pela cidade, como Jockey Plaza e El Polo I e II (mais elitistas e lindos) e o Plaza San Miguel (mais distante da área turística), entre outros.

Beijos e boas compras!

Gracias, Manu!

Veja mais depoimentos de leitores-viajantes na caixa de comentários.

Leia também:

Compras em Santiago: o que vale a pena? por Ricardo Freire

Pernoite no Panamá: dicas de quem já fez por Ricardo Freire

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem


52 comentários

Ola pessoal alguem sabe me disser quanto sai as lacoste direto da fabrica lá ou se alguem tem contato lá para fazer essa intermediação e para se conversar lá em brasileiro é dificil a comunicação?
E se alguem tiver alguma novidade agradeço.
[email protected]

Grata karen

Oi alguem saberia qual endereco da fabrica da Lacoste?

    Olá, Liliam! Não temos o endereço. Note o comentário da Manu de que o valor nem sempre é tão vantajoso em relação ao Brasil.

    O endereço é DEVANLAY (Textiles : Lacoste)
    Avenida Argentina 2743, Cercado de Lima, LIMA.

Olha, estive em Lima a pouco tempo, os lugares bons para comprar são somente a Ripley e SagaFalabella…o resto não presta, são falsos, então você que pretende sair do Brasil para ir ao Peru, vá a 25 de março…ou tente pegar alguem de confiança para comprar direto das fabricas, caso contrário não perca seu tempo. #ficadica

O que desejo é muito simples, algumas pessoas que compraram pulover de lã de alpaca no Peru, me disseram que ela incomada porque segundo elas “pica um pouco a pele”, isto procede.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.