Indonésia

Índice de posts
  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Indonésia no Viaje na Viagem

Blogs e dicas de leitores sobre Báli

13 roteiros pelo Sudeste Asiático comentados pelos leitores

5 comentários

OSCAR SILVEIRA

Faço hemodiálise tres vezes por semana ( cada sessão com 4 horas).
Gostaria de ir visitar meu filho na Indonésia a quem não vejo há alguns anos .
Quais os procedimentos ou documentos necessários para que eu possa dar continuidade ao tratamento de hemodiálise naquele país, utilizando alguma ajuda do SUS ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Oscar! Da última vez que compartilhamos esta pergunta com os leitores, a sugestão que mais apareceu foi pegar dicas no lugar onde você faz hemodiálise. Eles têm os caminhos para descobrir como continuar o tratamento em viagem.

Leticia Costa
Leticia CostaPermalinkResponder

Olá, eu moro na Indonésia e recomendo você buscar um hospital chamado Siloam, fica na região de Sudirman en Jacarta (www.siloamhospitals.com). Se por acaso não for Jacarta que você for ficar, eles são o maior grupo de healthcare da Indonésia e possuem hospitais nas principais cidades. Eu entendo bem a sua situaçāo e se precisar de alguma coisa pode me perguntar, eu tenho contato com eles pelo trabalho e posso dar uma ligadinha daqui smile Boa viagem!

seli cavedon
seli cavedonPermalinkResponder

Letícia Costa.... Já aproveitando... sou brasileira e estou indo para bali em Junho e preciso de hemodiálise tb... será que terias um lugar bem bom para indicar... te agradeço muito.. grande abraco

Sol
SolPermalinkResponder

Sou Sola E tb moro em Jacarta, A dica da Leticia vale p bali. o mesmo hospital esta la. Alem disso o SOS international tem uma unidade em Bali. (nao tenho acento no meu comp)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar