Já passou o Natal em viagem? Onde? Conte como foi! 1

Já passou o Natal em viagem? Onde? Conte como foi!

Mercado de Natal em Viena

Dia sim, dia não (e daqui até o fim do ano, cada vez mais) aparece alguém perguntando o que fazer na noite de Natal na cidade x, no destino y ou no país z.

Eu já escrevi um post sobre isso, lembrando que a festa de Natal só é possível em casa, com a família e amigos. Fora de casa nunca vai ser igual; não há ceia de restaurante, por mais cara que seja, que venha com crianças abrindo presentes tarde da noite e espalhando brinquedos novos pelo salão.

Meu conselho — dei , repito aqui — é montar uma ceiazinha no quarto do hotel com coisas gostosas que você achou em mercados e delicatessen. Daí você abre o laptop, faz uma videochamada por Skype e… pronto, fala com a família inteira, beijos, risos e lágrimas.

Nos Estados Unidos, é bom lembrar, a noite de 24 de dezembro é normal. O Natal é comemorado no almoço do dia 25, então você não terá dificuldade encontrar restaurante aberto na véspera de Natal.

Já nos países em que a comemoração é na véspera (a maioria), você terá bastante dificuldade para achar um restaurante que funcione nesta noite (restaurantes de hotéis normalmente abrem). Ou seja: mais um argumento pró ceia no quarto + Skype.

Mas a intenção deste post é ajudar quem quer saber objetivamente o que acontece em vários lugares do Brasil do mundo nesta noite.

Você já passou a noite de Natal no meio de uma viagem? Onde foi isso? Como se virou? Quais perrengues enfrentou? E que coisas bacanas descobriu?

Conta pra gente! Obrigado! E Feliz Natal!

Leia também:

Noite feliz para viagem: como passar o Natal fora de casa

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


45 comentários

Passei em Budapeste e foi bem legal. Na virada assisti a uma missa na Basílica de Santo Stefanno e fiz a ceia nos mercadinhos de Natal. Apesar do frio tinham muitos turistas na rua. O perengue foi ir do aeroporto ao hotel com transporte público pois chegamos as 14 horas do dia 24 e a maioria das coisas e serviços na cidade estavam sendo encerrados.
Passei também em uma estação de esqui na Itália, em Livigno, neve e natal foi uma combinação perfeita.
Acho que já escrevi sobre isso em algum outro post do VnV.

Eu e meu marido já passamos o Natal e o Ano Novo na Europa algumas vezes. Ao contrário do que se pensa, não é tããõ frio assim porque é o início do inverno. Bom, não estou dizendo aqui que se vc for a Rússia, nessa época, estará só um friozinho! Passamos no sul da Alemanha, Itália e sul da França. Realmente não há o que fazer, a não ser que vc reserve um restaurante para passar a noite de Natal. Ano Novo, pior ainda! Eles estão muito longe de fazer a festa que estamos acostumados aqui no Brasil. Vale comprar umas coisinhas gostosas e ficar no hotel fazendo a sua ceia. Em Colônia, por exemplo, as pessoas vão para a ponte e soltam fogos, mas logo após a meia-noite, todos vão embora. O lugar que achei horrível foi Florença. Quebram garrafas na rua, jogam bombinhas e vc que se cuide pra não jogarem uma em cima de vc. Uma bagunça, um horror. Fora isso, é uma ótima época, sem a muvuca do verão e tudo com preços mais baixos.

Já, passei uma vez em Paris, ano passado em NY e esse ano vou de novo pra Big Apple!!
Me apaixonei pelo Natal de lá, é incrível, mágico, você se sente em um filme natalino!! O Natal lá tem um cheiro diferente, com todos os lugares enfeitados e todo mundo entra no clima!!
Moro no Rio, e dezembro por aqui não tem clima e nem parece Natal, então sempre prefiro viajar.

Concordo com o Ricardo, passar o Natal longe da família é sempre esquisito, parece que falta alguma coisa. Mas se não temos muita escolha, o jeito é se adaptar e improvisar a ceia e a comemoração.

Em Londres foi o mais esquisito. Chegamos na noite do dia 24 porque perdemos o voo em Roma, não havia muito o que fazer, tudo fechado, um friiio. Ficamos no quarto, comemos umas guloseimas que trouxemos da viagem e fizemos uma mini celebração de Natal a dois. No dia 25 não havia quase nada aberto. A cidade para, nem o transporte público funciona! Mesmo assim saímos pra bater perna até a Trafalgar Square e pelo centro de Londres. Só tinha turista na rua…vimos um Subway, uma hamburgueria e um outro restaurante abertos,só!
Em Los Angeles, um amigo local reservou uma mesa num restaurante em Malibu para o dia 24. Quando chegamos ao restaurante, ele havia fechado!!! Até hoje não sei o que aconteceu…talvez pelas poucas reservas eles tenham fechado mais cedo, como não deixamos telefone eles não avisaram. Vimos um restaurante grego bem perto, que além de aberto tinha música ao vivo. Foi bem gostoso, mas nada que se compare ao que conhecemos por Natal em família…rsrsrs

Já passamos num Navio, com um casal de primos. Esse foi mais interessante porque tivemos uma bela ceia e até arriscamos um amigo secreto entre nós 4! Foi muito bom!

Nesse ano passaremos o Natal em Barcelona, alguém tem alguma dica especial?

Passamos num chalé nos Vosges na França ( cenário idílico), num vilarejo na Itália( ouvindo a festa alheia) e finalmente em Roma onde haviamos alugado um apartamento e ai foi completo : a missa no Vaticano e jantar depois! Muito bom pois estávamos em duas famílias! Lembrando que dia 26 e dia de San Stefano patrono da Itália…tudo fechado mesmo..mas Natal bom mesmo e em casa com a familia!

    Adoro viajar no Natal e felizmente meu marido tbm. Só a minha família que não gosta muito…rs. De todos os lugares em que já passamos o Natal, e foram muitos, o mais encantador para nós é Gramado. A cidade se enfeita para a festa, fica com um ar encantado e tem muitas opções para crianças e adultos. Excelentes hospedagens e culinária. Clima mágico. Adoramos. Tanto que já comemoramos o Natal lá por 4 vezes. Natal Luz.

Como temos para nós, eu e minha esposa Rosi, que a passagem do dia 24 para o dia 25 de dezembro é um importante momento católico religioso embarcamos no MSC Orchestra com a finalidade precípua de participar da Missa do Galo a bordo, em alto mar. O navio atravessou uma tempestade naqueles momentos da Missa mas foi ótimo poder cumprir todo o ordenamento da ocasião. Depois dessa magnífica Missa fomos respeitosamente ao jantar, não sem antes passarmos por um convés alagado! Tudo muito simples mas excepcional!

Boas lembranças… Ja passei um Natal em Firenze, cidade absurdamente linda em qualquer dia/hora.
Estava com um namorado, fomos a um restaurante delicioso próximo ao hotel; trocamos presentes.
Haviam muitos mercados natalinos, presépios. A ornamentação da cidade era bela, sem excessos.
O dia seguinte, 26/12, também é feriado na Itália , dia de San Stefano ( acho que é isso). Fizemos um passeio por cidadezinhas da Toscana e almoçamos em Monteriggione, linda, onde estão as muralhas que inspiraram Dante no “Inferno”.
Foi maravilhoso!
Beijos
Mirella

Como normalmente não trabalho no período entre natal e ano novo já viajei algumas vezes no natal. Pelo que me lembro já passei o natal em Florianópolis, jantando no hotel, em cruzeiros no caribe (duas vezes, tem decoração e músicas natalinas), em Madri com jantar em um hotel e drinks no hard rock kkk e na Disney quando adolescente – super cheio, mas sempre senti a maior falta do resto da família quando não estive com eles nesta data, tanto que este ano evitei e só vou viajar depois do natal.

Já passei Natal em Rothemburg ob der Tauber na Alemanha, em Delaware nos EUA e em Queenstown na Nova Zelândia.. Embora o primeiro tenha sido o natal na cidade com mais cara de natal que eu conheço, foi numa época que era estudante e sem família e sozinho foi meio triste. Nos EUA foi super legal!! Tanto que tenho vários posts falando sobre nossas experiências não só no dia do natal, como em todo o período que antecede ele => http://mauoscar.com/tag/natal-nos-eua/
Ano passado passamos o Natal em Queenstown na ilha sul. Meu irmão estava me visitando aqui e foi super legal, embora Natal bom mesmo (com cara de Natal) a gente passa em casa.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.