Dúvida: Aruba ou Curaçao?

Da minha página Turista Profissional, publicada toda terça no caderno Viagem & Aventura do Estadão.

Divi-divi na praia Arashi, em Aruba
Divi-divi na praia Arashi, em Aruba
Praia particular de Cas Abou, Curaçao
Praia particular de Cas Abou, Curaçao

O Caribe próximo à América do Sul não tem contra-indicações: os furacões passam longe e não é necessário visto americano. Aproveite: alguns dos pacotes mais interessantes do momento são para Aruba e Curaçao, oferecidos a partir de US$ 1.500 pelas operadoras. Há os pacotes que usam vôos regulares (com conexão em Bogotá, pela Avianca, ou na Cidade do Panamá, pela Copa) e os que usam vôos fretados (com escala em Caracas, pela Varig, ou partindo de Brasília, pela Gol). Apenas evite ir em outubro e novembro, que é a época das chuvas. Está dúvida sobre qual das duas ilhas escolher? Eu ajudo.

Palm Beach, Aruba (à altura do Marriott)
Palm Beach, Aruba (à altura do Marriott)

PRAIA DO HOTEL
Quase todos os hotéis de Aruba vendidos nos pacotes para brasileiros estão na ótima Palm Beach, extensa, de areia branquinha e mar transparente. Já em Curaçao os hotéis costumam ter praias “fabricadas” com areia branca trazida de longe e recifes artificiais. Vencedor: Aruba.

Praia Grote Knip, Curaçao
Praia Grote Knip, Curaçao

OUTRAS PRAIAS
Em Aruba você pode alugar um carro por um ou dois dias para visitar prainhas menores, menos frequentadas e sem hotéis à vista, como Arashi e Baby Beach. Em Curaçao é melhor alugar um carro por toda a estada, para aproveitar as belíssimas praias selvagens (como Cas Abou e Port-Marie, particulares, e Grote Knip, pública) ou bater ponto na praia da muvuca, a Seaquarium Beach (que é “fabricada”, mas tem bares charmosos, como o Mambo Beach). Vencedor: Curaçao.

Curaçao: na sinagoga
Curaçao: na sinagoga

HISTÓRIA
Willemstad, em Curaçao, tem arquitetura colonial holandesa legítima, um mercado público imperdível (almoce um PF javanês por lá), um bairro tombado como patrimônio cultural pela Unesco e uma sinagoga antiquíssima com chão de areia (para relembrar os anos em que os judeus erraram no deserto). Já Aruba só tem cenário. Vencedor: Curaçao.

VIDA NOTURNA
Ambas tem cassinos – mas em Aruba praticamente todo hotel tem o seu. Além disso, não é preciso sair de Palm Beach para ir a bares, restaurantes e discos; já em Curaçao você vai precisar ir a Willemstad. Vencedor: Aruba.

Baby Beach, Aruba
Baby Beach, Aruba

CRIANÇAS
As praias são perfeitas para os baixinhos nas duas ilhas; ótima oportunidade para aprender a mergulhar de snorkel. Em Aruba dá para fazer passeio de submarino, safári para ver iguanas e uma visita a uma cidade em miniatura. Em contrapartida, no Sea Aquarium de Curaçao dá para entrar num tanque para tocar nos animais marinhos, e na Dolphin Academy os pequenos podem nadar com os golfinhos. Empate.

DUAS EM UMA
Já que está dando empate, por que não escolher um dos pacotes que combinam as duas ilhas? O vôo dura apenas 30 minutos, e você pode saracotear em Curaçao e depois sossegar no hotel em Aruba.

QUE HOTÉIS ESCOLHER
Em Aruba, evite o Renaissance, que está no centro da cidade (e cuja praia, “fabricada”,  fica numa ilhota em frente). Em Palm Beach, o Holiday Inn Sunspree não está à altura dos seus vizinhos; melhor cacifar o Marriott, o Hyatt, o Westin, o Radisson ou o Occidental (all-inclusive).Para economizar, o Mill Resort, com apartamentos com minicozinha, é OK (mas saiba que fica na quadra de trás da praia).

Breezes, Curaçao
Breezes, Curaçao

Em Curaçao, fique com os grandes nomes – Hilton e Marriott têm boas instalações, e o Breezes (all-inclusive) fica no canto direito da Seaquarium Beach.


1077 comentários

Lá chove pouco (bem menos que em quase todo o litoral brasileiro), mas 3 dias por ano também é lenda (3 dias fechadões talvez), de vez em nunca passa um furacão perto o suficiente para fechar o tempo, mas não existe registro de algum que tenha passado diretamente sobre as ilhas a ponto de provocar grandes danos ou estragar as férias (no Ivan chegaram a divulgar alerta de furacão para todas as ilhas ABC com risco de impacto direto, mas desviou e passou 180km ao norte com categoria 5 agitando bastante o mar). A água do mar é bem mais quente que no frio litoral carioca em qualquer época.

Renato, concordo inteiramente com sua avaliação da operadora Turnet. Também viajei com eles e foi tudo perfeito.

Vale um post também de Punta Cana…como dica.
Abraço

    Rodrigo, Punta Cana é a minha falha grave no Caribe. Mas está nos planos…

    entendi…seria legal pois não temos muita referência sobre esse destino, inclusive os pacotes oferecidos estão na média dos Caribenhos…

    Em termos de custo x benefício costumam ser melhores, Rodrigo, porque são no esquema all inclusive (os de Aruba, Curaçao e St Maarten são só com café da manhã).

    A praia eu tenho certeza de que é linda. Mas teria que ir pra poder comparar e dizer quais são os motivos que podem fazer alguém escolher um ou outro por outro fator que não o preço.

    De agora a novembro há risco de furacão em todo Caribe (menos sul: Curaçao, Aruba, Los Roques). O risco é pequeno, mas existe.

Pessoal, Preciso de ajuda de voces que já são experientes em Aruba, estou indo pra lá de lua de mel no meio de otubro e esto u com alguams duvidas, estou fechando um pacote de seis noites para ficar no hotel renaissence marina aquele que tem a ilha particular, preciso saber se esse hotel é legal e se naõ for por que não é, e quanto ao periodo Outubro é verdade que chove mto lá essa epoca??? aguardo cometarios e mto obrigado.

    Outubro a dezembro é a época mais chuvosa de Aruba, Bruno. Mas, como disse o Leandro, cai bem menos chuva do que no litoral do Brasil praticamente em qualquer época do ano (talvez o Ceará no segundo semestre seja mais seco, mas só).

    As médias de precipitação em Aruba:
    Janeiro – 38mm; Fevereiro – 19mm; Março – 8mm; Abril – 13mm; Maio – 14mm; Junho – 17mm; Julho – 30mm; Agosto – 25mm; Setembro – 36mm; Outubro – 67mm; Novembro – 80mm; Dezembro – 85mm.

    Ou seja: o único senão climático de ir nos últimos meses do ano é que você pode pegar um ou outro dia predominantemente chuvoso, o que é raríssimo em outras épocas do ano.

    O Renaissance é um bom hotel, mas eu não gosto da localização. Fica no centro da cidade, perto do cais onde aportam os cruzeiros. O centrinho vive para o dia, em função dos navios; à noite o lugar fica meio morto. Para ir à praia você pega uma lancha que passa dentro do hotel; é uma operação divertida, mas com o tmepo deve perder a graça.

    Os hotéis de Palm Beach ficam numa praia de verdade, com calçada que passa nos fundos dos hotéis. E a vida noturna está por lá mesmo. Na minha opinião,é mais prático e gostoso.

Pessoal, Eu fui para Aruba pela 5a vez este ano, e pretendo voltar. Curaçao é para passar o dia e voltar(são apenas 20 minutos de vôo pela DAE). Meus pacotes foram adquiridos sempre pelo portal http://www.aruba.com.br da operadora Turnet, hiper confiável. Sao especialistas em resorts no brasil e no caribe.
Para quem gosta de mar, a hospedagem em Palm Beach é OBRIGATÓRIA. E os hotéis Westin, RIU e Marriott são os melhores.

Lindas praias issas das fotos de Aruba e Curaçao. A Grote Knip e Arashi parecen praias tranqüilas. Um saludo

Riq e pessoal, vou mandar um off-topic bem off… 😉 Eu estava pensando em passar uma semaninha em Bs.As. no início de agosto, mas desisti – nada a ver com gripes e outras doenças contagiosas, não… :mrgreen: É que eu só vou saber se vou mesmo poder viajar pouquíssimos dias antes de efetivamente ir, e não estou querendo o stress de procurar passagem aérea com antecedência zero. Daí achei melhor buscar um lugar aqui por perto mesmo, pra ir de carro, bastando ligar e reservar uma pousada. Já pensei em vários lugares – Búzios, Paraty, Petrópolis, Mauá, Tiradentes – mas continuo numa dúvida louca. Quero escolher um lugar onde eu possa relaxar, vegetar, esquecer da vida – e não consigo concluir qual seria a melhor opção. (A confissão é que eu nunca fiz uma viagem com o objetivo de ficar quieta e descansar… 😳 )

    Carla, não se estresse… em agosto você vai conseguir reserva no lugar onde quiser… Mas o briefing me parece mais uma pousada gostosa na serra com uma pilha de livros do que nenhum lugar com vitrines, restaurantes ou civilização…

    Acho que agosto é a baixa da baixa temporada no Sudeste: não tem feriado nenhum para emendar, o frio diminuiu, todo mundo está trabalhando. Difícil pensar em outro mês mais baixa temporada do que agosto. Sorte de quem pode viajar nessa época buscando descansar, relaxar e tudo o mais 🙂

    Pois é, André, eu dei sorte nesse ponto mesmo… Teoricamente já estou de férias (só volto a trabalhar dia 10 de agosto), mas a princípio tenho compromissos com os estudos até o fim de julho. Se tudo correr bem, me sobra uma semaninha pra descansar!

    É fácil assim mesmo?!? Então vou desestressar, sim… (Estou tão acostumada a me planejar com antecedência que sempre acho que 1 semana antes de viajar todos os lugares já estão lotados… Obsessiva, eu?!? 😳 ) Como vou ter tão pouca antecedência posso então escolher até pela previsão do tempo, né? 😉 (Mas não vou querer a companhia dos livros, não, Comandante – vou precisar dar uma boa distância deles, por mais que os ame! 🙄 Quero me largar numa rede com uma pilha de revistas de moda, viagem e decoração… 😆 )

    Dá pra levar em conta a previsão do tempo antes de partir, e fechar a pousada só depois de chegar…. o poder do turista com carro no Brasil na baixa temporada é absoluto. Basta sair de casa com alguma orientação prévia, e deixar o resto a cargo da serendipity…

    Serendipity misturada com poder absoluto?!? Adorei essa combinação, acho que vou fazer exatamente assim! 😀

    Nossa, como eu queria ter tipo a oportunidade de viajar nesses períodos de baixíssima temporada dessa forma: com um carro, um mapa detalhado do litoral, e reservas in-loco 🙂 Mas só pude fazer isso viajando pelo interior do Mato Grosso e do Pará, onde, convenhamos, não há excesso de demanda em época alguma do ano.

Riq e tripulação, complementando:

Já em Curacao, para quem estiver de carro alugado direto como recomendado, uma boa dica de hotel é o Sonesta Beach Resort. Estive lá há alguns anos, não sei se continua bom. Fica um poco afastado do centro, mas é muito agradável. Tem uma prainha particular e toda a infra e bom atendimento de um ótimo resort. Na época não saiu caro para o que oferece.

    Este Sonesta é o atual Marriott Curaçao, Rossana :mrgren:

Concordo, Riq: um dos melhores restaurantes de frutos do mar em Aruba é o Aqua Grill. E é pertinho, para quem fica nos hotéis de Palm Beach. Ai, que saudades…