Emília na Grécia

Santorini (foto: Emília Fernandes)
Santorini (foto: Emília Fernandes)

Existem duas maneiras de blogar uma viagem. Uma é no calor (e na pressa) do momento, quando o blogueiro sacrifica uma ou duas horas do seu dia para fazer uma polaroidezinha daquela etapa.

A outra maneira é depois de voltar, e devagarzinho. É bom para todo mundo: o blogueiro pode saborear a viagem de novo, e o leitor tem o panorama completo.

A querida Emília Fernandes é uma mestra do slow-blogging de viagem. A série de posts sobre as ilhas gregas n’A Turista Acidental está magnífica. E, no final das contas, o timing é perfeito: aposto que tem muita gente aí começando agora a planejar sua viagem pelas ilhas no ano que vem :mrgreen:

Rodes (foto: Emília Fernandes)
Rodes (foto: Emília Fernandes)

Você pode entrar na categoria Grécia ou começar pelos lugares que mais lhe interessem:

Atenas: Reconhecimento de terreno

Acrópole: Verdadeiros clássicos

Ágoras: Devaneios privados em espaços públicos

Raspa do tacho

Delfos: A pitonisa leu o meu destino

Meteora: Cadê o sol que estava aqui?

Milos: a primeira ilha grega a gente nunca esquece

Milos: vilarejos mil

Velejando em Milos

Santorini: É tudo verdade

Santorini: No centro da caldeira

Santorini: Aqui, ali e em toda a ilha

Mikonos: sem balada

Delos: No centro do mundo

Mikonos: Um guarda-sol para chamar de meu

Rodes: Para voltar um dia

Rodes: Perdida na cidade antiga

163 comentários

Pessoal, dois grandes amigos estão me tentando a passar uns dias na Grécia no início de julho. (Sei que vai ser um calor infernal, mas férias de professora não são escolhidas, sabem como é…) Já dei uma boa olhada nos blogs da Emília, do Alessandro, da Patrícia – e já perturbei a Cristina por email… Mas como é o meu primeiro contato com info sobre a Grécia, estou me sentindo meio perdida, assoberbada com a informação! A princípio, a idéia seria distribuir uma semana entre Atenas, Mykonos e Santorini, com direito depois a mais alguns dias na cidade de conexão, provavelmente Paris (saudades!) Então, aceito sugestões de tudo que me ajude a pôr a viagem em foco – desde a distribuição dos dias à escolha de meios de transporte, das comidinhas imperdíveis à melhor localização de hotéis… 😉

    Eu acho puxadito as três numa semana só. Com uma semana, faria Atenas + Santorini, com 4 dias inteiros em Santorini, e avião entre as duas.

    Carlinha, nenhum grego fica na capital em julho.

    A cidade fica em permanente estado de alerta, com niveis de umidade abaixo do respirável , e um calor que deixa saudades do deserto. Fique o tempo minimo , 2 dias, e de preferencia na volta pra casa.Se tiveres dois dias a mais , vá a Meteora via Delfos)
    Aqui tem umas idéias : http://www.keytours.gr/en/default.asp

    Santorini , 3 dias dá tranquilo para ir a Akrotire( pule as vinicolas , igrejas ) , passar uma tarde em Oia , fazer um passeio de barco e caminhar escada acima , morro abaixo .

    Mykonos já tem mais coisa pra fazer , mas se planejares direitinho, e não ficares hooras numa praia, 3 dias resolvem
    (aluga uma scooter que não vais te arrepender )

    Sylvia, eu morro de saudades de quanto podia tirar férias em setembro… Agora o que me resta é julho, dezembro, janeiro e fevereiro – nenhum deles muito atraente! 😉

    Então, se conseguirmos alocar uns 10 dias para a Grécia, você acha que está de bom tamanho? Não estamos pretendendo passar hooooras na praia, não, hehehe…

    Eu acho que em julho um pouquinho de praia faz superparte do pacote… até porque é difícil fazer outra coisa com sol alto! Ficar parado horas e horas na piscina em Santorini com vista pra Caldera é o melhor passeio que se pode fazer por lá 😆 — eu reservaria um dia só pra isso (e provavelmente ficaria com vontade de mais…)

    Acho os lerês nas ilhas bem dispensaveizinhos (o que estou fazendo dentro deste sítio arqueológico quando lá fora a arquitetura e paisagem são tão lindas?). Mas acho que você não absorve o lugar direito se estiver apenas de passagem…

    Pra fazer muita coisa em poucos dias, os cruzeiros são mais indicados, porque pelo menos toda a logística de check-ins e bagagens fica resolvida.

    Tu consegues imaginar a Carla de bobeira numa piscina?
    Eu não … 😉
    Nem com a vista mais deslumbrante que eu tenho na memória.

    😆 😆 😆

    Sylvitcha, você já me conhece bem demaaaaaais, hehehe… Acho que o Riq também não consegue me imaginar hooooras de bobeira em lugar nenhum – afinal, foi ele que disse que eu era da Bicho Carpinteiro Tours… 😉

    Mas dessa vez eu quero ir com calma, porque realmente não me imagino passando batida pelas paisagens – e os amigos que vão viajar comigo são mais tranqüilos do que eu, o que deve dar um bom equilíbrio!

    Não estou muito interessada em cumprir lerês nas ilhas, não – até porque não saco nadinha de arqueologia, mas consigo imaginar o desconforto de um sítio arqueológico debaixo de um sol escaldante… (Só não dispenso os de Atenas, por tudo o que vão me evocar dos meus estudos de literatura e mitologia grega! 😀 )

    Eu adorei Akrotire , mas já tinha uma ligação especial com a cidade antes de chegar .
    A única coisa que me parece indispensável é acordar debruçada sobre a cratera 😎
    ( Firostefani é uma boa opção , com tarifas menos abusivas do que Fira ou Oia)

    A propósito: o easyCruise ficou uma droga. Tá zunindo pelas ilhas, não dá mais a chance de aproveitar a vida noturna. Em Santorini o barco chega às 16h30 e parte às 21h… absurdo.

    Pois é, eu andei consultando uns roteiros de cruzeiros pra ver se algum era viável – mas a maioria passa mesmo zunindo pelas ilhas, é uma pena que o Easy Cruise esteja fazendo igual! Descartei a idéia…

    Carla,
    Nem me fale! A última vez que viajei fora das férias foi em maio de 2004. Esse “milagre” aconteceu por conta de uma greve. 😥

    Só por “milagre” mesmo, Lu… Apesar da fama, faz muito tempo que não temos greves – e acho que provavelmente vamos continuar assim! O jeito é encarar o calor e o frio extremos – além dos preços nas alturas… 😥

Emília, eu já elogiei no teu blog, agora elogio aqui. Sua série ficou muito bacana mesmo, parabéns!

Meninos e meninas, que delícia ouvir isso de vocês…além do prazer de fazer os posts (por mais lento que seja o ritmo 😆 ) e de ter vocês como leitores, ainda todas essas palavras gentis.
Obrigadíssima! 😀

Eu também já tinha me apaixondo pela Grécia da Emília, e quando prepararuma viagem para lá, vai ser meu guia de bolso (tbvou imprimir e levar, hahaha). Beijos e parabéns pelo blog. O estlo slow blog é delicioso.

Adoro o slowblogging (apesar de euzinha ter andado mega slow ultimamente… mas agora estou engatando a segunda). Viajo na viagem mais uma vez, enquanto a próxima viagem não vem!

Na verdade o Riq fez esse post de chamada para chamar minha atenção que eu ainda não li tudo do blog da Emília…;-)
Emília, conto com vc para terminar, ainda que eu não vá cobrir 50%, antes de sexta viu? 😉 (olha o abuso). Esse findi estarei conectada e vou passar por lá, voltar ao Fatos & Fotos, ao Alessandro…e Silvia Oliveira – obrigada pela dica do turomaquia da Patricia – esse ainda não conheço. Tb tá incluído. Foco na Grécia!!!

A Emília merece a citação, pois os posts sobre a Grécia estão completíssimos. E os textos cada vez melhores…

Beijos

O blog da Emília e do Arnaldo são sensacionais! Cada um tem o seu estilo, mas ambos escrevem muito bem e te fazem sentir parte integrante da viagem. Você nem sente o tempo passar. Já aproveitei algumas dicas da Emília na Grécia e espero aproveitar outras tantas.
Parabéns!

Ambos os blogs – da Emília e do Arnaldo – são maravilhosos. Daqueles que a gente quer recortar (sim, sou do tempo do recortar e adoro!) e guardar pra ler quando der saudades.

Desde que a Emília começou a narrar a lua de mel eu não consigo decidir o meu lugar preferido! Além das fotos deslumbrantes, ela escreve de uma forma que parece que a gente está viajando junto. E eu estou amando o slow blogging, não quero que essa série acabe tão cedo! 🙂

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.