Paraty: queremos as suas dicas!

Paraty

A Thereza disse em um comentário que planejava visitar Paraty. Veio aqui no site checar as dicas e… poxa, deixamos a Thereza na mão. O Comandante está atualizando e publicando aos poucos os miniguias de praias, mas ainda vai levar um tempinho para chegar ao litoral do Sudeste.

Isso não quer dizer que não possamos ajudar a Thereza. A Bóia se adiantou indicando as pousadas recomendadas pelo Riq no 100 Praias que valem a viagem: Casa Turquesa (a mais tchans), Pousada da Marquesa (charmosa), Pousada do OuroPousada do Sandi (confortáveis), Arte Urquijo (intimista), Arte Colonial (opção econômica no centro histórico) e Vivenda Paraty (tão bem recomendada que vale a pena ficar a 10 min a pé do centro histórico). O Santa Clara é para quem prefere ficar em hotel. Acrescento que a melhor época para ir é o outono, mais seco. No verão costuma chover bem.

Para quem gosta de agito, o calendário cultural da cidade é bastante movimentado: a FLIP de 2013 está marcada para os dias 3 a 7 de julho, e todos os anos acontecem os mais diversos festivais. Tem de música, de fotografia, de cachaça, de camarão… Fora de datas especiais e feriados, o clima na cidade é de sossego, e dá para encontrar ótimos preços nas pousadas.

Estive em Paraty duas vezes e morro de amores por lá. A última viagem foi a mais redondinha. Dei sorte de fazer um passeio de escuna com um grupo pequeníssimo de pessoas. No dia seguinte, consegui um barqueiro que, vendo o movimento fraco de turistas no cais, topou fazer um descontão para ir a outras praias por onde a escuna não havia passado. Também estava tranqüila a praia de Trindade, onde passei um terceiro dia inteiro.

Os eventos e as praias podem ser bem bacanas, mas o charme e a graça de Paraty estão, sem dúvida, no centro histórico. É ele o assunto deste post do De Garfos e De Quartos. O centrinho está tão bem descrito e fotografado que deu até um aperto de saudade.

Você também é fã de Paraty? Deixe suas dicas de pousadas, restaurantes e passeios! A Thereza agradece, e nós também!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


125 comentários

Ah, esqueci de falar sobre o que fazer lá: tenho um amigo que visitou o alambique da cachaça Maria Izabel e voltou falando muito bem. Como não fui, não posso assegurar se é bom mesmo, mas como ele é exigente, vale a dica.

Fizemos o passeio do Caminho do Ouro, que, confesso, não é para fracos! kkkkk Caminha-se por trilhas íngremes e com relativo grau de dificuldade, mas vale a pena!

O Teatro de Bonecos é outra atração imperdível. Parece que são reais!

Mas o que mais gosto de Paraty é de bater perna, olhar as lojinhas e curtir aquele ambiente! Mas vá de tênis. Nada de chinelo ou sandália, principalmente de salto. Os pés-de-moleque machucam.

Super indico a pousada Don Juan. Eh nova, super arrumadinha e quando fui em nov/2012 estava super barata. Nós íamos para o centro de carro, mas deve ficar a uns 20min de caminhada..adorei!!

Para passeios de escuna indico a Rei Cigano..é pequena, toca música bem baixinho e o atendimento é otimo.

Sempre que vou à Paraty fico na Pousada Villa del Sol. É ótima, tem desde apartamentos até bangalôs próprios para famílias (alguns com 2 quartos e uma sala).

Fica bem pertinho do centro histórico, dá prá ir à pé. E o Banana da Terra é opção certa para quem quer comer bem, mas como já disse o Rogério, não é barato… O Margarida Café também vale a visita.

Escunas estão cada vez mais lotadas e com música alta, desculpe, mas a minha ideia de águas calmas e límpidas de um paraíso litorâneo não acompanham um axé ou um funk rolando no talo.

Prefiro alugar um barquinho tuc-tuc [é o barulhinho do motor “tuc-tuc-tuc-tuc”]. Ele é mais lento, mas você pode combinar com ele quais prais e ilhas quer conhecer, quando quer parar num restaurante e mudar tudo no meio do caminho.

O preço é por hora do barco e não por pessoa.
leve a sua própria bebida e seus petiscos

todo o charme de Paraty está no centro histórico, então se hospedar dentro dele tem seu preço, a minha dica é se hospedar nas pousadas do lado do canal e na subida do morro a caminho da Praia de Jabaquara, pousadas boas e para todos os bolsos.

Olá Thereza!

Estive em Paraty por um final de semana e foi o suficiente para me apaixonar por aquele lugar. Fiquei hospedada na pousada Dom Angelo, super fofa e arrumadinha, voltaria a me hospedar lá sem duvidas.
Recomendo ficar uns 4 ou 5 dias lá, para conhecer o centro histórico, poder fazer um passeio de escuna (ou em qualquer barquinho) e conhecer as praias maravilhosas que ficam um pouco distantes.
A alimentação é um pouco cara, mas se procurar bem você acha lugares mais baratinhos. Indico almoçar ou passar a noite no Paraty33, é lindo!
Essa cidade é uma mistura de história, praia e culturas. Encantadora!

Quando estive la, fiquei na pousada Porto Imperial e adorei. Limpa, charmosa e organizada.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.