Você faz seguro do seu equipamento?

Mi camerita novita!

Essa pergunta nos foi enviada pelo…. bom, pelo blogueiro mesmo. Depois do que aconteceu com a minha camerita em Buenos Aires, estou pensando num movimento porta-arrombada-tranca-de-ferro e botar tudo no seguro: as duas câmeras, o laptop e o novo integrante da turminha, o iPhone que acabou de chegar.

Daí que… se você já passou por isso e quiser me ajudar (e, de tabela, a todos os que estiverem interessados), eu agradeço!

Se puder dar detalhes práticos (é preciso levar os objetos até a seguradora? precisa apresentar nota? em caso de ‘sinistro’, é necessário algo além do B.O.?), melhor!

Obrigado!

71 comentários

Tem cartão de crédito que oferece vários seguros, tem que ter paciência para ler aquelas letras miudinhas. Para viagens internacionais sempre peço o do BB Visa Infinite, e, o melhor de tudo, nunca precisei usar.
No alugul de carro também uso o seguro desse cartão.

Pergunta de pato: Seu corretor de seguros não pode fazer uma pesquisa?

    Eu não tenho corretor de seguros 🙂

    Mas o que eu tô atrás mesmo é das dicas dos fotógrafos… confiaria mais neles do que no corretor…

    Riq

    Para todo o seguro, quando voce o aciona, o pagamento do dano é via corretor. Assim, é bom ter um corretor.

Bom, mesmo a minha sendo uma Nikon D40 com 2 lentes, acho q vou olhar isto tanto para viagens no Brasil quanto na próxima para fora. E incluir o notebook tb. Resumindo o q li aqui até agora, a Porto Seguro faz este tipo de seguro então. Achei esta página na Porto Seguro: http://migre.me/dBKB mas ela só faz menção a notebook, handheld ou smartphone. Como fica minha pobre e desamparada máquina fotográfica???? Alguém sabe de outras seguradoras????

Sobre o Iphone as operadoras fazem parcerias com algumas seguradoras de segunda linha, e até de primeira como Mapfre. No caso dos equipamentos, também dá para fazer, o ideal seria vc consultar algum fotógrafoque você conheça da época da publicidade, esses caras sabem o melhor caminho.

Riq, eu fiz o seguro do meu smartphone pela própria Vivo (não é um Iphone) e pago mais ou menos 15 reais por mês na própria conta telefônica. Fiz isso dempois dos zilhões de telefones que perdi. Agora demais itens nunca assegurei mais acho que se roubassem minha Rebel eu teria um surto, como vc. É uma idéia. Será que dá pra segurar apenas para a viagem, tipo um seguro-internacional?

Riq, eu fiz seguro para minha camera Nikon D90..foi na porto seguro. Pelo que entendo, vale para uso em transito, na apólice diz que abrange os equipamentos segurados quando em depósito, em uso ou em transito.. Não tive que usá-lo, ainda bem.. vence esse mês..=( bjo, Fernanda

Riq, agora você pode dizer que possui um telefone. O iPhone foi a melhor invenção dos últimos tempos. Se prepara pra viciar, depois você vai querer um macbook. Baixa logo o Twitterrific, um app fantástico para o Twitter. Quanto ao seguro, já que você vive viajando realmente parece ser uma boa pedida, mas os preços são exorbitantes.

    eu gosto mais do echofon para tuitar do Iphone. Já tentei o TweetDeck, mas esse é bem mais legal. Ou pelo menos até sair o Seesmic em app.

Riq, o Marco fez uma vez para cobrir o equipamento fotográfico quando a gente veio a trabalho pro Brasil e foi super difícil encontrar uma seguradora que cobrisse. Quando encontramos, a cobertura valia só para o Brasil mesmo, e era caríssima (se não me engano, 15% do valor comprovado pela nota fiscal). Lembro que foi só mandar a cópia da fatura e o número de série de todas as peças (corpo, cada lente etc). O atendimento foi impecável, mas felizmente não foi preciso fazer o test drive do serviço. 🙂 A corretora foi a Vallo ( http://www.vallo.com.br ) e a apólice, se não me engano, era da Porto Seguro. Outra coisa: já vi muitas lojas na Europa oferecerem um kit de seguro na hora da venda, válido por um ano e renovável. Acho até que vale no mundo todo (ou na Europa toda), mas só vale se for feito na hora da compra. Beijo!

Sim para todas as perguntas. Eu sou a rainha da seguradora. Faço todos os seguros existentes. Alguns direto com a seguradora (objetos, jóias, casas, carro, saúde) e outros diretamente com a companhia aérea. Tive uma experiência ruim uma vez com seguro de cartão de crédito então esse não uso mais.
A parte que compete à seguradora é documentada com recibos de compras e, no caso das jóias, além dos recibos um appraisal da própria joalheria.
Seguro da casa de SP eu fazia com o banco mas agora tem uma especialista na família (filhota) então ela vai cuidar de tudo, inclusive do carro.
Seguro de casa aqui é diretamente com a seguradora.
Seguro de viagem faço diretamente com a American,e só tive que usar uma vez e deu tudo certinho.
Seguro saúde, tanto aqui quanto aí, funciona da mesma maneira. Ou você tem da empresa (não é meu caso) ou tem que pagar. E é caro que dói.
Esqueci algum? Ah..e se tivesse um seguro contra cliente chato pode ter certeza de que eu também faria….. 😆

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.