Grand Canyon no inverno

Grand Canyon no inverno: é fria?

Névoa no Grand Canyon

Imagine estar frente a frente com um dos mais grandiosos monumentos naturais do mundo e não enxergar um palmo diante do nariz. Foi o que aconteceu na manhã da minha visita à borda sul do Grand Canyon, quando uma névoa espessa cobria toda a paisagem. O inverno, que vinha sendo bastante ameno na região, parecia ter despertado com tudo.

Mas, mais surpreendente do que encontrar o cânion todo escondido pelas nuvens…

Grand Canyon no inverno

Grand Canyon no inverno

… foi assistir, no início da tarde, ao clarear preguiçoso daquele dia.

O Parque Nacional do Grand Canyon funciona durante todo o inverno, e há vantagens e desvantagens em se programar a visita para esta estação. O turista brasileiro que só pode viajar nas férias escolares de verão encontra a região do Grand Canyon em baixa temporada no inverno, com hotéis em oferta e menos visitantes. Por outro lado, há o risco de a neve e o mau tempo complicarem os acessos e comprometerem a visão do cânion. Veja a seguir algumas dicas para não passar aperto na sua viagem:

Grand Canyon no inverno

Fique na região por pelo menos duas noites; idealmente, três. Dormir em um dos hotéis dentro do parque é o mais aconselhável para aproveitar todas as brechas de sol. Há 4 bem junto ao cânion: o El Tovar Hotel, o Bright Angel Lodge, o Thunderbird Lodge e o Kachina Lodge. Destes, apenas o Bright Angel Lodge (o mais econômico) e o El Tovar Hotel (o mais tradicional) têm restaurantes (que podem ser usados por outros hóspedes e visitantes também). Reserve a sua hospedagem com pelo menos 6 meses de antecedência.

Rim Trail

Planeje mais contemplação, menos aventura. A parte mais isolada do parque, a borda norte, permanece fechada de outubro a maio. As trilhas que partem da borda sul cânion adentro permanecem abertas no inverno, mas podem acumular gelo ou neve. Mais seguro é curtir o Grand Canyon de cima, aproveitando os mirantes e fazendo caminhadas pequenas entre uma parada e outra. A borda sul tem 21km de caminhos ao longo do cânion para passear a pé.

Grand Canyon no inverno

Vista roupas adequadas. Casaco impermeável, botas impermeáveis e antiderrapantes, luvas, gorro e cachecol são itens indispensáveis em um dia de neve no Grand Canyon. Sapatos apropriados, especialmente, para manter os pés secos e evitar escorregões nas camadas de gelo que se formam sobre as calçadas e trilhas. Se não tiver botas ou casacos impermeáveis no armário, não pague caro no Brasil por eles; é fácil encontrar bons quebra-galhos em hipermercados como o Walgreens ou Target.

Estrada no Parque Nacional do Grand Canyon

Dirija com cautela. Pode haver névoa na estrada, gelo na pista, e renas e veados não têm muitos pudores em atravessar na frente dos carros. Em condições extremas, trechos da estrada podem ser interditados. Caso prefira não dirigir, circule pelo parque usando as duas linhas gratuitas de ônibus à disposição dos visitantes.

Cuide de seus eletrônicos. Expor câmeras ou celulares a temperaturas negativas e neve pode causar danos sérios aos aparelhos. Mantenha seus eletrônicos protegidos sempre que possível. Baterias descarregam mais rapidamente no frio; leve extras.

Grand Canyon

Acompanhe os boletins no site do Grand Canyon. O National Park Service atualiza a página do Grand Canyon regularmente com notícias sobre o tempo e a condição das estradas.

Siga viagem ao sul do Arizona. Aproveite Sedona, Phoenix, Scottsdale e Tucson e veja a paisagem mudar de pinheiros para cactus ao percorrer as estradas. Quanto mais ao sul, mais agradáveis as temperaturas nessa época do ano (e mais escaldantes no verão).

Mariana viajou a convite do Arizona Office of Tourism.

Leia mais:


Grand Canyon no inverno

Passagens mais baratas para EUA no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue carro no Grand Canyon na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões no Grand Canyon com a Viator

14 comentários

no inverno, um local bem interessante para assistir o pôr do sol é atrás do hermit’s Rest. os últimos ônibus saem ao anoitecer e trazem todos os turistas que ainda permanecem nas trilhas.

Impressionante como as pessoas continuam a focar o Grand Canion na boardwalk do West Rim e continuam a fazer bate-voltas insanos de 10 horas dentro do carro e se dão por satisfeitas com isso achando que conheceran o Grand Canion.

Por mais que haja informação, de pouco adianta…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.