Mercado de Natal em Munique: quase uma Dezemberfest

Marienplatz, Munique

Ouço falar há muito tempo dos mercados natalinos da Alemanha (e também da Áustria, da Alsácia, das Dolomitas). Sempre intuí que seriam uma grande atração para temperar férias no frio europeu (e lamentei que acabassem no Natal, antes das férias do povo do Patropi).

A caminho de Marienplatz

Christkindlmarkt, Munique

Ao vivo e a cores, gostei ainda mais do que imaginava. Não sei se posso tomar todos os outros mercados pelo de Munique, mas o que vi na capital da Baviera foi muito, muito mais do que uma feirinha de Natal. Sei que vou ser criticado pelas meninas #loucasporpapainoel, mas adorei ter visto muito pouco Papai Noel (ou presépio, reis magos e quetais).

Christkindlmarkt, Munique

O que vi foi uma festa ao ar livre no inverno, com comilança e bebelança de primeira. À diferença da Oktoberfest, no mercado natalino a estrela não é a cerveja, mas o Glühwein, o vinho quente/quentão alemão. E o pessoal não bebe até cair, mas até esquentar.

Servindo Glühwein

Tomando Glühwein

Tá bom — algumas das barracas de enfeites me impressionaram pela qualidade. E as de chocolate e amêndoas confeitadas são escandalosamente irresistíveis.

Christkindlmarkt, Munique

Christkindlmarkt, Munique

Christkindlmarkt, Munique

De novo: não sei como são as feirinhas das microcidades que têm mais turista do que gente. E mesmo em Munique só fui à principal, o Christkindlmarkt de Marienplatz e arredores, bem no centro. (Há inúmeras outras espalhadas pela cidade.) Mas a que vi me pareceu um grande happy hour com comidas e bebidas de Natal. Sensacional tanto para quem volta do trabalho para casa como para quem volta do passeio para o hotel.

Christkindlmarkt, Munique

Christkindlmarkt, Munique

(Se o seu hotel ficar na região da estação central, no caminho você vai passar por um ringue de patinação no gelo com um bar anexo. Vai um Glühwein aí?)

Rinque de patinação no centro de Munique

Ringue de patinação no centro de Munique

Só não entendi uma coisa, pessoal. Freqüentando um mês inteiro uma feirinha dessas, O QUE SOBRA PRO NATAL? Só a Missa do Galo, mesmo. Ou um spa…

Cantem comigo: Quando eu morrer, me enterrem na Lapônia / Quando eu morrer, me enterrem na Lapônia! Hic!

Christkindlmarkt, Munique

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


65 comentários

Conheci essa maravilha ano passado, fiquei 7 dias em Munique e deixei de ir em vários lugares apenas pra ficar no Mercado de Natal! É apaixonante! Não imaginava tbm que ia gostar TANTO! Vinho quente com chantilly…hummmmmm

Olá Bóia,
Pesquisando outro destino aqui no Viaje na Viagem me deparei com este post, adorei a abordagem! Realmente é um DEZEMBERFEST 🙂
Abs!
Camilian

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.