Cecconi's

Miami: cuidado para não dar gorjeta dobrada nos restaurantes

Cecconi's
Brunch do Cecconi’s

O processo de dar gorjeta em restaurante nos Estados Unidos, que já é complicado, em Miami tem uma pegadinha a mais.

Relembrando: nos Estados Unidos, espera-se que você dê entre 15% e 20% de gorjeta em restaurantes. Não dar gorjeta, ou dar gorjeta menor que 15%, pode levar o garçom a ir atrás de você na calçada.

Ao pagar com cartão de crédito, o cliente escreve no recibo do cartão a gorjeta que vai dar, faz a conta e põe o total. Eu sei: é esquisito, é arcaico, mas é assim. (Tem um vídeo meu com o processo completo aqui.)

Em Miami, porém, a coisa é um pouco diferente.

Sob a desculpa que os turistas não conhecem as idiossincrasias do sistema americano e não deixam gorjeta, há alguns anos os restaurantes da Lincoln Road, em South Beach, começaram a acrescentar a gorjeta automaticamente à conta. Logo o costume se espalhou por Miami Beach inteira e hoje virou regra, e não exceção, em Miami.

Pensa que a gorjeta que eles acrescentam é de 15%? Meh: a maioria já vai direto nos 18%.

Cecconi's
A conta, já com 18% de “tip” incluídos

Até aí, tudo bem, não vou ficar aqui regulando 3%. Se a gorjeta já vem somada e eu não preciso fazer conta, ótimo.

Só que…

cecconis2
Opa: mais um espaço pra outra tip?

Quando o recibo do cartão de crédito daquela conta que já tinha gorjeta incluída volta para você assinar — tem um espaço pra você dar outra gorjeta!

Em alguns casos a conta vem discriminada com a gorjeta já incluída, e o campo em branco para a nova gorjeta é descrito como “additional tip” (gorjeta adicional) — tipo assim para o caso de você achar que o garçom merece não 18%, mas 20% ou 25%, e quer acrescentar.

Em outros casos, porém — como nessa conta aí do Cecconi’s, no hotel Soho House — a informação da gorjeta já paga não é repetida no recibo do cartão. Daí o cliente mais distraído pode pensar que ainda precisa acrescentar 15% ou 18%.

cecconis3
Eu já “tipei”!

Não precisa. Repita o valor no campo “total”, assine e saia em paz.

Atenção: esse procedimento é uma característica de Miami. Em outros lugares a gorjeta só costuma ser acrescentada automaticamente quando a mesa é de 6 ou mais pessoas.

Leia mais:

47 comentários

Galera, todos os viajantes devem ficar atentos em qualquer viajem pelo mundo. Afinal, a tendência é que em viagens de férias, naturalmente relaxamos e somos alvos fáceis de oportunistas !!!

Estivemos agora em Miami em janeiro e percebi isso na Lincoln Road.
Perguntei ao garçom já afirmando que a gorjeta já estava incluída e a resposta foi que aquela gorjeta já incluída é para o pessoal da limpeza e da cozinha.
A opcional seria a das garçons. Essa foi a “desculpa” apresentada.
Querem abrir um restaurante e que paguemos integralmente o salário dos funcionários!

Eu vi a mesma coisa agora em dezembro em alguns restaurantes em Orlando – e não me lembro de constar a discriminação “additional tip” em nenhum deles. É bom mesmo a pessoa ficar atenta para não dar uma gorjeta gordíssima sem querer…

Em Nova York aconteceu comigo, no bar do hotel em que fiquei hospedado. A conta veio com um item (“gratuity”) na conta, já calculando o serviço. Não me lembro a porcentagem. No comprovante do cartão vieram os campos habituais, inclusive o “Tip”, sem o “Additl”, ou seja, desatentos pagarão gorjeta sobre gorjeta.

Me parece que já tem tanto brasileiro e latinos em geral em Miami que a malandragem já está virando regra. O negócio é ficar atento como se estivesse no Brasil.

    Cuidado com o complexo de vira-lata. A malandragem nesse caso é deles. Vamos parar de carregar a culpa dos outros.

    Acho que qualquer coisa que eu falar aqui pode gerar uma polêmica desnecessária, o que não é minha intenção. Então vamos ficar por aqui. “O negócio é ficar atento…”.

    Seu comentário é tão sem sentido e desnecessário. Muito engraçado dizer que a culpa é dos brasileiros já que aqui no Brasil isso não acontece. Melhor ficar calado mesmo.

    Passei por isso em setembro do ano passado em um restaurante desses no início da Ocean Drive. Minha esposa tinha gostado do restaurante só por causa da bendita garçonete que era brasileira (ladrões). Ao ver a conta com a taxa da tip, só coloquei o dinheiro, mas a garçonete me perguntou se eu não ia colocar a gorjeta. Eu falei: Mas já não esta ai? Ai ela respondeu, essa não é a gorjeta dos garçons. retruquei mais uma vez e ela disse então que não precisaria mais, (que ela nao iria ficar insistindo comigo), fez uma cara de despreso (como se fossemos pobres e mal educados) e foi embora. Só aqui nesse site, e uns 5 meses depois achei a resposta para a situação.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.