Onde comer em Curaçao

Mundo Bizarro, Curaçao

Come-se bem em Curaçao. A cena gastronômica não é dominada por franquias de redes americanas, como em Cancún ou Aruba.

Se você não está hospedado no centro, sair do hotel para comer vai dar um pouco de trabalho — você vai ter que ir de carro ou aumentar sua conta em até 30 dólares de táxi –, mas vai ser um programa bacana.

Nos restaurantes, espere preços parecidos com os de restaurantes do mesmo nível no Brasil.

Para economizar, aventure-se pelas ruelas do centrinho de Punda, onde estão os restaurantes mais baratos (mas é uma região mais agradável de dia do que de noite).

Os hotéis fora do centro sempre têm restaurantes, normalmente funcionando com sistema misto de buffet e à la carte.


Visualizar Restaurantes em Curaçao em um mapa maior

Os nativos, e também os turistas holandeses e (poucos) americanos, jantam cedo. Todos os restaurantes já têm serviço de jantar às 18h, e as cozinhas normalmente não aceitam pedidos depois das 22h.

–> MUNDO BIZARRO

Mundo Bizarro, Curaçao

Escondidinho em Pietermaai (um bairro colado ao centrinho de Punda que quer virar o “Quartier Latin” da ilha), este é, na minha opinião, o restaurante mais charmoso de Curaçao. A decoração é de bagunça superproduzida, misturando antiques, quinquilharias e muito kitsch. O menu é variado — satê de frango com molho de amendoim, duas ou três massas, costeleta de cordeiro, peixes — e a carta de vinhos tem rótulos portugueses por menos de 25 dólares. O lugar também funciona como bar e serve snacks. Onde: Niewstraat, 12 – Pietermaai Smal (Punda). Abre: todos os dias para almoço, happy hour e jantar. Música ao vivo: sexta das 17h às 19h. Reserve: (5999) 461-6767. Site: clique aqui.

Outras ótimas pedidas na área são o Kome (Johan van Walbeeckplein 6, tel. 5999/465-0413; abre de 3ª a sábado das 18h às 22h), o Ginger (Schoonesteeg 1, tel. 5999/512-5777; abre diariamente a partir das 17h) e o pequenino bar Miles Jazz Café (Nieuwestraat 42, tel. 5999/520-1358). Um pouco mais adiante, já perto do hotel Avila, o Fishalicious serve bons peixes e frutos do mar (Lootstrat 1, tel. 5999/461-8844; abre de 2ª a sábado das 18h às 22h).

–> FORTE RIF

Forte Rif, Curaçao

É o lugar mais fácil de sair para jantar: um forte restaurado, que hoje funciona como anexo ao hotel Renaissance e ao novo terminal de cruzeiros. Por ali, entre lojas, estão instalados restaurantes, bares, sorveterias e um Starbucks. O estacionamento é fácil e grátis no prédio-garagem do hotel.

Pelo menos um dos restaurantes funciona ali desde muito antes da reforma do forte: o Bistro Le Clochard, tido como o mais refinado — e certamente o mais caro — da ilha (tel. 5999/462-5667; aberto diariamente para almoço e jantar; terraço à beira-canal aberto para drinks também à tarde; site oficial aqui).

Ema-Tei, CuraçaoOs outros restaurantes são mais prêt-à-porter, como o bom japa Ema-Tei (tel. 5999/465-5890; aberto diariamente para almoço e jantar). Entre os bares há uma franquia do Sopranos, encontrado em outras ilhas, que se tornou um sports bar. Onde: ao lado do hotel Renaissance, em Otrobanda.

Horário do Forte: diariamente; alguns restaurantes podem fechar domingo ou segunda.

–> DE GOUVERNEUR

De Gouverneur, Curaçao

De Gouverneur, CuraçaoInstalado no segundo andar de um casarão histórico em Otrobanda, oferece o cenário mais encantador de Willemstad — sobretudo se você conseguir uma mesa na varanda, com vista para o canal e o skyline colonial de Punda. O que mais gosto no cardápio é que traz pratos tradicionais da cozinha local, como a sopa de banana (recomendo!), o keshi yená (queijo recheado com frango e ameixa) e o karni stoba (carne ensopada). Onde: De Rouvilleweg 9 (beira-canal em Otrobanda). Abre: todos os dias das 10h às 22h30. Reserve: (5999) 462-5999. Site: clique aqui.

–> JAIPUR

Jaipur, Kurá Hulanda, Curaçao

Instalado na “piscina ecológica” do hotel Kurá Hulanda (entre pedras e árvores), é um lugar agradabilíssimo para jantar ao ar livre. A noite para ir é a da quinta-feira, quando acontece o buffet pan-asiático, com pratos indianos, indonésios e tailandeses. (Se bem que, na minha última passada, acho que o buffet estava sendo servido todas as noites; dê uma ligadinha para confirmar.) Onde: Hotel Kurá Hulanda, Otrobanda. Abre: terça a domingo das 18h às 23h. Reserve: (5999) 434-7001. Site: clique aqui.

–> CENTRINHO DE PUNDA

Frango com nasi goreng (arroz frito à moda indonésia)

Punda, a metade de Willemstad oposta a Otrobanda (e portanto oposta ao forte Riff e ao hotel Kurá Hulanda), funciona como o centro comercial de fato da capital.

Marsche Bieuw, Curaçao

A experiência antropogastronômica mais notável da área é almoçar no Mercado Velho, ou Marshe Biew. São 6 cozinhas independentes que funcionam à sua vista; você pode dar uma olhadinha nas panelas antes de pedir. Excelente lugar para experimentar a cozinha local, superinfluenciada pela culinária indonésia (via Suriname). Detalhe: você senta em mesas coletivas; é um lugar freqüentado pelos curacenhos. Abre: de 2ª a 6ª para almoço.

As ruazinhas de pedestres mais ou menos atrás da loja Penha (Heerenstraat e transversaizitas) são uma mina de restarantezinhos genéricos para traçar uma pizza ou massa ou uns tacos mexicanos a preços módicos. Mas não deixe para ir muito tarde, porque essas ruazinhas internas do centro morrem ao anoitecer; por ali tente jantar no horário dos holandeses, antes das 19h.

A beira-canal de Punda é pontilhada de cafés e bares com mesas no deck sobre a água. Valem para beber, mas a comida não compensa.

Punda também tem o seu equivalente ao Forte Rif, o Waterfort, com vários restaurantes à beira do mar aberto (foto abaixo). Por ali o restaurante mais indicado parece ser o italiano Scampi (aberto diariamente a partir das 17h).

Waterfort, Punda, Curaçao

Mais para dentro de Punda, instalado num deck sobre o canal no Waaigat, fica um restaurante bem bacaninha, freqüentado pelos nativos: o Pampus, de cozinha franco-caribenha. Tem música ao vivo às sextas e sábados à noite (tel.: 5999/465-5071).

–> TEMPO DOELOE

Se você estiver hospedado em algum dos hotéis de Paradera (Marriott, Hilton, Floris, Clarion) e não quiser nem jantar no hotel nem ir ao centrinho, suba ali pertinho ao Tempo Doeloe (diga: Tempo Dulu), um bonito restaurante de culinária indonésia. É o lugar mais próximo da área turística onde você pode experimentar o rijstaffel, o banquete indonésio completo, com um monte de pratinhos que acompanham o arroz (rijstaffel — diga réistáfel — significa “mesa de arroz”). Onde: Condomínio La Vista, Piscadera. Abre: terça a domingo das 18h às 23h. Reserve: (5999) 461-2881. Site: clique aqui.

–> ZUIKERTUIN MALL & REGIÃO

O Mundo, Curaçao

Afastada do centro histórico e das praias fica uma região em que a classe média alta de Curaçao vive, trabalha e se diverte. O shopping Zuikertuin, construído em torno de um casarão histórico, é uma das referências da região. Eu não tive tempo de experimentar, mas minha antena indica que eu ia adorar jantar n’O Mundo, restaurante de comida contemporânea viajada. O ambiente é ideal para variar do tema colonial-tropical onipresente; dá também para descolar uma mesa no terraço (abre de 2ª a sábado; telefone: 5999/738-8477).

Sambal, CuraçaoGrand Café de Heeren, CuraçaoAsia de Cuba, Curaçao

Outro lugar interessante do shopping é o Sambal, uma deli indonésia que também serve pratos no local; aproveite as mesas sob a árvore, no pátio em frente (abre diariamente até as 21h). Para tomar um chope e conhecer holandeses que trabalham na ilha, aproveite o concorrido happy hour do Grand Café de Heeren. .

Um outro ponto de referência na região (mas bem antes do shopping, para quem vem de Willemstad) é o restaurante-balada Tu Tu Tango (Kaya Jongi Mensing 18, Zeelandia; tel. 5999/461-7888). Ambiente chiquezinho, acho que não se deve esperar muito da comida, mas as noites de sexta e sábado são fervidas.

–> JAN THIEL

Razoavelmente longe do centrinho, jantar aqui vale a pena só para quem está hospedado por lá ou no Hyatt. Há três restaurantes, todos com ambiente bem cenografado: o Zanzibar (café, cozinha leve), o Zest (mediterrâneo), abertos todos os dias, e o Tinto (carnes argentinas), aberto de terça a sábado à noite (reservas: 5999/747-0633).

Leia também:

12 praias em Curaçao (públicas, particulares e de hotéis)

Página-guia de Curaçao no Viaje na Viagem

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


10 comentários

Gostaria de algumas dicas de lugares para um bom café da manhã pois estarei lá agora em abril/2013 e no hotel que vou ficar não tem café incluído na diária.

    Olá, Maicon! Se não quiser pagar 20 dólares no buffet do café da manhã do seu hotel (é um bom investimento, você pode compensar almoçando levinho), passe num supermercado e compre coisas para comer de manhã. Normalmente os hotéis têm cafeteira no quarto.

Estive em dez 12 e recomendo o Ginger em Pietermaai, proximo ao Mundo BIzarro. Patio ao ar livre, gastronomia caribenha com toque asiatico. Fica a dica do delivery para levar ao hotel. Uma delicia o tempero.

Muito legais as dicas. Acabei de ficar uns dias em Curaçao e gostei muito do De governeur.
Acrescentaria o Fishalicious à lista, perto do hotel Ávila: local agradável para jantar e frutos do mar deliciosos. O Le Clochard é bom e tem uma bela vista, mas o custo/beneficio nao é dos melhores. Vale a pena ir de dia à Jan Thiel e pegar uma das cadeiras de praia em frente ao Zest ou Papagayos e à piscina de borda infinita. Essa parte funciona como um beach club bacana, com gente bonita e boa música.

Quando estive lá em setembro do ano passado, fiquei hospedado no Renaissance e almoçei em um restaurante do forte, que não lembro o nome, mas era no segundo andar e comi um prato de espagueti com frutos do mar, delicioso. O preço não era muito caro, mas a cerveja era bem carinha.

Estive no Brakeputt meimei. Cada dia da semana a noite era um prato diferente. Estivemos no dia da lagosta. Muito boa a comida e o ambiente. Diferente, muito bacana.

Outra dica é o café da manhã que tomávamos todo dia no Dowe Egberts, no Front Rif, uma delícia!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.