primeira vez na italia

Passaporte extraviado: o que fazer (aconteceu com o João Guilherme em Roma)

Passaporte extraviado como proceder

O João Guilherme Zonta é estudante de direito, diretor de moto clube e um viajante apaixonado. Além dos quilômetros rodados de moto, coleciona lembranças da Espanha, Portugal e Itália. Na última viagem, passou por um dos perrengues mais temidos pelos viajantes: ter o passaporte roubado. Na volta, decidiu gentilmente compartilhar com os leitores do Viaje na Viagem como proceder nessa situação. Vai pelo João Guilherme:

Todos os sites e blogs avisam sobre tomar cuidado com os passaportes e dinheiro em locais de grande circulação, como na Fontana de Trevi ou na Piazza Navona. É preciso lembrar, porém, que mesmo em locais pagos, há muitos batedores de carteira.

Nossos passaportes foram furtados dentro do Monte Palatino ou Fórum Romano (acreditamos que foi próximo ao arco de Tito, enquanto tirávamos fotos). Só sentimos a falta dos documentos logo que saímos do Fórum Romano. Falei com o policial, que nos deixou entrar de novo (pois eu achava que tinha deixado cair durante o percurso). Conversando com um guarda lá dentro, fomos aconselhados a procurar nas lixeiras, pois os batedores de carteira, às vezes, pegam o dinheiro e jogam a carteira com o passaporte no lixo. Procuramos, mas não achamos.

Como tirar um passaporte em Roma

A primeira coisa que fizemos foi cancelar os cartões de crédito. Em seguida, fomos à polícia para fazer o boletim de ocorrência. É muito importante salientar que é indipsensável fazer o boletim de ocorrência antes de ir para o consulado. A ocorrência pode ser feita pode ser tanto na Polizia (equivalente à nossa polícia civil) quanto nos Carabinieri (algo como a polícia militar italiana).

O consulado brasileiro em Roma tem expediente para o público das 8h às 11h. Chegamos lá assim que abriu. Retiramos uma senha, e o recepcionista recomendou uma fotógrafa brasileira a cerca de 100 metros para bater a foto 5×7 necessária para o novo passaporte. O consulado mesmo não tira a foto). A fotógrafa nos cobrou 10 euros por pessoa. Depois ficamos sabendo que também valem aquelas fotos feitas em máquinas automáticas de metrô, por 5 euros. Ou seja: antes de ir ao consultado, você pode passar antes numa estação e já levar a foto impressa.

Pedimos para a família no Brasil no enviar, por e-mail, cópias das nossas carteiras de identidade, habilitação e certificado de reservista (no meu caso). E nós mesmos, pelo celular, emitimos uma certidão de quitação eleitoral.

Quando voltamos com as fotos, havia quatro computadores disponíveis para realizar o cadastro no site da PF de solicitação de passaporte. Ali você preenche diversos campos, igual a se tivesse que fazer um passaporte novo. Prenchido o formulário, você manda imprimir a folha para levar para o atendente.

Chegando a nossa vez, enviei tudo do meu celular para o e-mail dele e também para o e-mail do consulado. Não tivemos que imprimir nada de documentação.

E aqui é a parte que dá vontade de chorar: cada passaporte custou 120 euros, pagos na hora e em espécie.

Saímos de lá perto das 10:30 e os passaportes ficariam prontos no mesmo dia para retirada às 14h30, ou podíamos buscar no dia seguinte às 12h.

Fomos muito bem atendidos por todos no consulado, além de ficar muito bem localizado. A embaixada fica de frente para a Piazza Navona e a entrada do consulado é no mesmo prédio, só que na rua de trás.

Tomem cuidado com os passaportes, usem doleira ou deixem no cofre do hotel, pois é possível andar somente com uma cópia do passaporte. Vivendo e aprendendo!


Informações importantes

  • Horário de funcionamento do Consulado: 8h às 11h
  • Custo do passaporte: 120 euros
  • Validade: 4 anos (não é passaporte de emergência)
  • Custo da foto 5×7: de 5 a 10 euros
  • Tempo de confecção: Fica pronto no mesmo dia

Obrigado pelo belo serviço, João Guilherme!


Novo passaporte brasileiro com 10 anos de validade

13 comentários

Resolvi relatar a minha infeliz experiência com este tema.

Assim como a Silvana Monteiro, meu passaporte foi roubado no metrô de Atenas em 20.04.2019, no momento da minha chegada a cidade, entre o aeroporto e o hotel. Este metrô NÃO é seguro, mas infelimente só descobri isso tarde demais. Não se trata apenas dos famosos batedores de carteiras existentes no metrô do mundo todo, são gangues especializadas em roubar passaportes pra vendê-los posteriormente. O Passaporte Brasileiro vale ouro, poís é isentos de visto para toda Europa.

Aí vai o relato:

Estava na no trem quando simularam uma pane nas portas, justamente na estação de conexão com a linha central. Essa pane, gerou um tumulto, muitas pessoas aglomeradas tentando sair do vagão e ladrões especializados, roubando todos os turistas. Um desepero.

1a. providência: fazer boletim de ocorrência na polícia local e cancelar os cartões de crédito;

2a. providência: entrar no site da embaixada ou consulado do país e seguir passo a passo as instruções. No meu caso, em Atenas, foi no site da embaixada.
Detalhe: se a cidade que estiver for seu último destino e seu vôo de volta pro Brasil for direto, sem escalas, você pode conseguir uma autorização de viagem que é grátis e imediata. Não era o meu caso;

3a. providencia: Agendar um horário na embaixada (por telefone ou email), com prioridade, por tratar-se de caso urgente;

4a. providência: preencher o formulário online de solicitação de passaporte (disponível no site da embaixada) e imprimir;

5a. providência: tirar uma foto, padrão 5×7 (paguei 10 EUROS por uma monstrografia);

6a. providência: comparecer no dia e horário agendado, levando o boletim de ocorrência, o formulário impresso e as fotos. Caso tenha sobrado algum documento com você, leve-o tbm.

7a. providência: pagar 120 euros, somente no banco ou em dinheiro ( depende do local). Feito isso, meu passaporte ficou pronto em 2 horas.

8a. providência: agradecer que tudo deu certo e comprar um porta dólar, (aquelas bolsinhas invisíveis de cintura) e colocar embaixo da roupa íntima, sempre, em qualquer lugar do mundo!

Espero ter ajudado

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.