Redefinindo: ostras frescas

ostras-idalgo

No barco, duas gerações de pescadores. No remo, seu Idalgo, pele curtida pelo sol, layout e postura de velho homem do mar.

ostras-mudinhas

Na proa, de óculos escuros invocados e camiseta Onbongo, o fazendeiro de ostras Felipe, seu filho e nosso guia nesse passeio.

Os criadouros ficam muito próximos do hotel; das varandas dos bangalôs vêem-se as linhas dispostas feito raias de natação no meio do mar. As bóias coloridas indicam seus donos e também o estágio de produção. Nem todas as fazendas são de ostras; por ali criam-se também vieiras.

As sementes são compradas da Universidade e acomodadas em viveiros telados. Dali até a colheita final as ostras passarão por mais três viveiros.

ostras-criadouro1

Felipe tira um dos viveiros de ostras prontas para colher. Com mar calminho, a degustação é feita ali mesmo, no barquinho. Mas como o mar está agitado, é melhor ir para uma balsa de apoio ali do lado.

ostras-abrindo

Estou sozinho e trabalhando; normalmente o passeio é feito com casais em lua de mel, que levam um chardonnayzinho ou um espumante para experimentar as ostras mais frescas de sua vida.

ostras-abrindo1

Eu me contento só com uma. Ali, tirada “do pé”, sem ser lavada nem posta no gelo, a ostra tem realmente um sabor bem mais concentrado. Fico pensando no absurdo que é precisar colocar sal na coitadinha.

ostras-ostra

Servido?

40 comentários

Passo direto .. lugar de frutos do mar é aonde ? No mar 😎 !! Maaass , bem que eu gostaria de dar uma luva novinha , pro tio aí trabalhar com mais segurança .

A morte da ostra pra mim é: sal, limão e 2 gotas de tabasco. Tô escrevendo e salivando. Eu só não coloco sal em chocolate.

Delícia! Outro lugar bom para comer ostras direto da água é Boipeba, nos bares/fazenda flutuantes.
Para quem tem saudades de ostra, mas está longe do mar (ou não quer gastar uma fortuna), fica a indicação de duas fazendas em Floripa: a Ostra Viva (http://www.ostraviva.com.br/) e a Ostravagante (http://www.ostravagante.com.br/). Eles entregam em SP (outros lugares também, provavelmente) ostras colhidas no mesmo dia, só é preciso fazer o pedido com certa antecedência.
PS: Não sou sócia de nenhuma delas, rss..

Não levou o Chardonnay por estar sozinho ou por estrar trabalhando? Eu acho que a situação merecia, de qualquer forma. ;o)

Poxa, sacanagem, eu aqui na Índia só comendo galinha e molhos apimentados e você aí se deliciando com ostras frescas. hehehe

Riq, sei que este post não tem a ver com o que vou te perguntar, mas te acompanho a um tempo, pesquisei neste site e nos antigos e achei bem pouca coisa sobre uma cidade que você já morou, Brasília! =) Que, apesar de não parecer turística, quero visitá-la. Gostaria de saber se você tem alguma dica, pretendo passar o feriado do dia do Trabalho lá… Gostaria de um pouco do seu expertise sobre a cidade para que eu possa aproveitá-la melhor. Toda ajuda é muito bem vinda, obrigado!

NO que se refere a preço, é bom lembrar que a partir de maio o PG já está em baixa temporada. A diária no bangalô Super-luxo sai por R$1.350,00 para casal com tudo incluído.

Pensando que um almoço e um jantar em restaurantes de primeira linha não saem por menos de 250 reais, então a diária ficaria em torno de 850, que é razoável considerando-se que estamos falando de um dos melhores (senão o melhor) resort do Brasil.

Riq, se tiver dicas de Floripa e arredores não esquece de postar para a gente.

Adoro as ostras frescas. O meu pai, em Natal, encomendava dues caixas de ostras. Eran ostras galegas…
Eu gosto com limão e pimenta.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.