Onde mora o Réveillon

Réveillon em Copacabana

(Do baú: originalmente publicado em 2006 no Viajenaviagem.zip.net)

Nos países cristãos a grande festa desta época do ano é o Natal. No Brasil, no entanto, não existe religião mais importante do que o Réveillon. É o momento em que invocamos os deuses do jeitinho para darem um chega-pra-lá na ziquizira.

Você pode até achar um brasileiro que não acredite em Deus – mas é quase impossível achar um brasileiro que não acredite em Ano Novo.

Réveillon, Copacabana

E o que dizer do Réveillon de Copacabana? Assim como todo muçulmano em algum momento de sua vida precisa empreender uma viagem a Meca, todo brasileiro deveria passar um Réveillon em Copa.

É aqui que o Ano Novo nasce. Todas as outras festas dos outros fusos horários – a presepada de Sydney, as festinhas da Ásia, os fogos da Europa e da África do Sul não valem nada. Pura encenação. Você acha que o Ano Novo vai desperdiçar suas energias aparecendo primeiro para os infiéis? Nananina. O Ano Novo só começa à meia-noite de Copacabana.

Passar o Réveillon na areia de Copa é assistir à chegada do Ano Novo da fila do gargarejo. Tá vendo? É o Ano Novo ali!

Réveillon, Copacabana

Em outros lugares você ouve dizer que o ano mudou. Em Copa você testemunha. Copacabana é a casa do Ano Novo; seu estádio ao ar livre. A torcida vai de branco e depois de comemorar a vitória ainda invade o campo pulando sete ondinhas.

Fogos? São o de menos. Fogos tem em qualquer lugar. Mas o ritual não dá para imitar. O Réveillon de Copacabana é o nosso festival hindu. Ganges: teu nome é Oceano Atlântico!

Encaremos a verdade. Jesus nunca mais deu as caras. O Messias diz que vem, mas não aparece. Mas o Ano Novo não falha. Anote na sua agenda: ele voltará!

Leia mais:

10 Resoluções de Ano Novo para Viagem

Página do Réveillon 2013 no Viaje na Viagem

Calendário de Viagens 2013

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


14 comentários

Muito bom esse texto!!! Finalmente descobri minha religião! A fiel aqui já peregrinou 3 vezes e adorou!!!Feliz Ano Novo!!

Ótimo! Só não tente ficar em frente ao palco Principal. Acho que não vale a pena na virada, é muito cheio.

Fui criado em Ipanema e moro na Barra. Há muito tempo que não passava o Reveillon em Copacabana, mas, a previsão do tempo e esse post do Ricardo me levaram a ir pra lá nesse ano!!!

Deixei o carro no Leblon, por volta das 21h, e peguei um ônibus pra Copa com a chefe e outro casal. Os ônibus só funcionaram até às 22h e depois das 4h. Saltamos do ônibus na altura da Rua Siqueira Campos. Nosso medo era que não desse para andar, mas, foi super tranquilo!!! Chegamos na praia e fomos para perto do mar por volta das 21:40h, de lá fomos andando para a área do palco principal… lá sim, muuuuita gente aglomerada! Curtimos uns 15 min de show e voltamos para nossa área de conforto. O lugar acabou sendo ideal, pois, o Palco principal ficava virado para o Leme e o outro palco para o posto 6/forte de copacabana, logo havia uma área de conforto de mais ou menos 1km bem no meio de copa.

Sentamos e ficamos conversando!!! Nada de cerveja nem água, para não dar vontade de ir ao banheiro. Me arrependi de não ter ido de sunga, pois, o clima estava perfeito e deu inveja de ver o pessoal mergulhando…

Logo, logo, chegou a hora!!! Contagem regressiva e os Fogos mais espetaculares que já vi até hoje!!! Foi DEMAAAAIS… 16minutos de Fogos de Artifício inaugurando 2013!!! Um Show único e inenarrável!!!

Voltamos a pé até o Leblon – cerca de 4km do ponto onde estávamos -, fomos passeando com outras centenas de pessoas e nem percebemos cansaço ou distância!!!

Foi o melhor Reveillon que passamos nos últimos anos. Um Reveillon com a cara do Rio, nossa mistura típica aliada a muitos gringos que estavam se divertindo pra valer num ambiente de pura PAZ e CONFRATERNIZAÇÃO!!!

O Comandante tem razão, mas, eu aumento: TODO MUNDO DEVE PASSAR UM REVEILLON EM COPACAPANA.

Obrigado e Ótimo 2013,
Vladimir.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.