Torres del Paine, dia 1: Estância Cerro Guido e Lago Sarmiento

Lago Sarmiento

Texto e fotos | Lu Malheiros, enviada especial

Mês passado, atendendo a um convite do novíssimo hotel Tierra Patagonia, enviamos a querida trip Lu Malheiros — que vocês conhecem tanto do ótimo Dividindo a bagagem quanto das orientações precisas das caixas de comentários aqui do VnV — para nos contar sobre a hospedagem e as atividades. Seu relato tem ainda mais valor porque a viagem foi feita depois da reabertura do parque nacional de Torres del Paine, que esteve fechado por causa de um incêndio florestal. Acompanhe as aventuras da Lu em quatro episódios, de hoje a sexta. [Riq]

Cerro Guido

Os passeios oferecidos pelo Tierra Patagonia são definidos no mesmo esquema do Tierra Atacama. Um ou dois guias fazem uma reunião com os hóspedes e apresentam os passeios que serão oferecidos no dia seguinte. É possível fazer dois passeios de meio dia ou um passeio de dia inteiro.

Estancia Cerro Guido

Como chegamos de madrugada, não discutimos nosso primeiro passeio, uma visita à Estância Cerro Guido. Na verdade, ninguém reclamou, pois estávamos cansados pelas muitas horas de viagem (do check-in em Guarulhos até a porta do hotel foram 18h) e um programa light veio a calhar.

Estancia Cerro Guido

O passeio serviu de introdução à paisagem da Patagônia chilena. Foi agradável caminhar pela estância, ver as casas dos funcionários, conhecer o lugar de tosquia das ovelhas — pena que era domingo e não havia ninguém trabalhando – e fazer um carinho nos cavalos.

Estancia Cerro Guido

Estancia Cerro Guido

Galpão de tosquia de ovelhas na Estancia Guido

CordeiroHamburger de quinoa

Almoçamos tranquilamente no restaurante da estância. Para os vegetarianos ou para os que não comem carne de cordeiro havia a opção de um “hambúrguer de quinoa” que estava bastante saboroso, apesar do aspecto sem graça.

Lodge da Estancia GuidoEstancia Cerro Guido

Descobri que a Estância também possui um simpático Lodge com 15 quartos.

Lago Sarmiento

Retornando ao Tierra Patagonia, decidimos caminhar até o lago Sarmiento, de onde se tem uma bela vista do Maciço Paine e do próprio hotel. Não fizemos o passeio chamado de Sarmiento Secreto mas vimos, na margem, algumas formações rochosas que são características do lago. Lindas!

Lago Sarmiento

Ficou combinado que o passeio do dia seguinte seria uma viagem de barco até o Glaciar Serrano.

Arranjando fôlego para caminhar até a base das Torres, Lu?

Viagem a convite do Tierra Patagonia.

Leia mais:

39 comentários

Aprovadíssima a enviada especial da Bóia! Lindas fotos, e que lugar encantador, não? Está na minha wish-list. 😉

    Marcie,
    Fico feliz por ter sido aprovada como enviada especial da Bóia!
    O lugar é divino e você não se queixaria da temperatura média 😆

Parabéns, Lu! Que luxo o VnV agora com enviados especiais :mrgreen: As fotos estão divinas, maravilhosas; bateu uma saudade imensa desse lugar tão incrível!

    Mari,
    Que bom que gostou!
    Descobri por que você já foi 4 vezes à Patagônia Chilena! 😉

Show Lu… quero ler tudo, pois a Patagonia Chilena esta na minha listinha!
Amei as fotos… queremos mais e mais 🙂

Muito boas tanto a idéia, como a concepção.
Lu, você conseguiria fazer um paralelo do Tierra com o explora?
Bjs.

    Edu,
    Nunca fiquei hospedada no Explora, então, não tenho como fazer uma comparação detalhada. Do pouco que sei do Explora, o que posso te dizer é que o Tierra, na minha opinião, ganha em dois quesitos: a) localização (difícil bater a vista do Lago Sarmiento e do Maciço Paine) e b) arquitetura (não entendo nada do assunto, mas é impossível não admirar o trabalho todo em madeira!).
    Bjs

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.