Para entender o metrô de Nova York

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Take the train!

Não é segredo que eu considero o metrô de Nova York pouco amistoso e bem mais difícil de usar por forasteiros do que o de qualquer outra cidade que eu tenha visitado. Até no metrô de Tóquio -- eu disse Tóquio!!! -- eu me senti mais à vontade (e errei menos) do que nas vezes em que usei o nova-iorquino.

Os moradores da cidade não concordam com isso. Na minha opinião, isso acontece porque eles têm o mapa do metrô na cabeça e planejam os deslocamentos com a mesma naturalidade com que a gente escolhe o caminho no trânsito.

A principal diferença entre o metrô de Nova York e todos os outros que eu já usei está no fato de NY não apresentar o formato de "teia" que caracteriza os metrôs de maior capilaridade. Em lugar disso, o subway nova-iorquino funciona como uma coleção de linhas de trem mais ou menos independentes, que eeeeventualmente se conectam. Tanto é assim, que "trem" e "metrô" são praticamente sinônimos no dialeto local.

Que vantagem Mary leva nesse sistema? Os nova-iorquinos não têm a mesma facilidade dos parisienses, londrinos, madrilenhos ou até dos toquiotas para entrar no metrô onde bem entenderem e saírem exatamente onde precisam -- mas em compensação podem usar linhas mais retas e diretas, que não dão voltas nem fazem firulas, e por isso acabam poupando tempo. Normalmente o metrô é o meio de transporte mais rápido da cidade; a exceção está, estranhamente, nos deslocamentos curtos, porque nem sempre há uma linha direta daqui para ali pertinho (sobretudo no eixo leste-oeste).

No entanto, vale a pena não desistir ante as primeiras dificuldades. Dominar o metrô de Nova York é requisito fundamental para aproveitar melhor a cidade. Cada vez que eu vou eu aprendo mais um pouquinho. Daqui a umas dez temporadas talvez eu me sinta em casa...

Estude antes de usar

Em Paris ou Londres você pode se enfiar no primeiro buraco que aparecer na calçada e ter a certeza de que vai emergir na estação desejada. Uma vez lá embaixo, é só dar uma estudada no mapa das linhas e, em no máximo duas ou três baldeações, você chega pertíssimo do seu destino.

Estação da Rua 34? Qual delas?

Em Nova York você não pode se jogar na primeira estação que aparecer. É preciso ter o itinerário definido ainda na superfície. Por exemplo: se você está nos arredores da rua 34, no lado oeste, vai ter que ver qual estação é mais interessante -- se a estação da rua 34 esquina com 8a. Avenida, se a estação da rua 34 esquina com 7a. Avenida, ou se a estação da rua 34 esquina com Broadway. Apesar de se localizarem em três quarteirões contíguos, essas estações não são interconectadas. Na Europa haveria uma cidade subterrânea e esteiras interligando as três linhas; em Nova York, uma vaciladinha pode significar uma voltona.

Outra coisa importantíssima é certificar-se de que você está usando a entrada certa. Muitas estações têm entradas diferentes para cada sentido -- Uptown (norte da ilha, Queens e Bronx) e Downtown (sul da ilha e Brooklyn). O sentido é anunciado tanto no buraco da estação quanto na porta da catraca. Se você passar a catraca no sentido errado e os dois lados da plataforma não tiverem nenhuma comunicação, ou você vai precisar pegar o trem na direção contrária até uma estação onde haja baldeações (e que por isso deve permitir que você circule e alcance o lado certo da plataforma), ou vai ter que sair e pagar outra passagem para entrar de novo pelo lado certo.

Qual vai pra onde

De metrô é melhor...

Clique aqui para ver o mapa completo e aqui para fazer o download do PDF.

O básico, que você vai ler em todos os manuais, é o seguinte: as linhas designadas por números têm traçados retos e se atêm a um dos lados da ilha.

As linhas 1, 2 e 3 rodam pelo lado oeste, saindo do South Ferry (terminal de embarque a Staten Island), mais adiante pegando a Sétima Avenida e, à altura do Central Park, enveredando pela parte final da Broadway. A linha 1 é a pinga-pinga, enquanto a 2 e a 3 param em menos estações. Turisticamente, estamos falando de Tribeca, Village, Meatpacking District, Times Square, Broadway e Lincoln Center (Columbus Circle).

As linhas 4, 5 e 6 trafegam pelo lado leste, saindo do Battery Park, pegando a Broadway no iniciozinho, entrando por Nolita e Lower East Side, continuando pela Park Avenue e, depois da Grand Central Station (rua 42), seguindo pela Lexington toda vida. A linha 6 é a pinga-pinga; a 4 e a 5 param em menos estações. Boas para Lower East Side, Bowery/Noho, Union Square, Grand Central Station e museus da Museum Mile (Metropolitan, Guggenheim, Whitney).

Já as linhas designadas por letras cruzam a ilha, e de vez em quando possibilitam baldeações.

As linhas A e C vêm do Brooklyn e já na ponta de baixo da ilha cruzam para o lado oeste. Sobem pela 8a. Avenida, e depois do Columbus Circle bordejam o lado oeste do Central Park, continuando para o norte. A linha A é expressa e serve para Brooklyn Bridge (High St.), Ground Zero, Tribeca, Village, Meatpacking, Penn Station, Rodoviária/Times Square, Columbus Circle e, lááááá onde o diabo perdeu as botas Prada, o museu Cloisters. Use a linha C para essas paradas (menos o Cloisters) e também para Soho, Broadway, Dakota e o Museu de História Natural.

A linha E tem início no Ground Zero e acompanha a A e a C pela 8a. Avenida (Soho, Village, Meatpacking, Chelsea, cercanias de Times Square e Broadway) até a rua 50, quando dá uma guinada para o leste, cruzando a ilha pela rua 53 (com uma parada na 5a. Avenida, na quadra do MoMA) e atravessando o rio para o Queens. O fim de linha é em Jamaica, onde está o aeroporto Kennedy (JFK).

As linhas B, D e F têm origem no Brooklyn e, a partir do Lower East Side, ganham a companhia da linha V (cor: laranja) Seguem então pela 6a. Avenida (Village, Empire State, Bryant Park, Rockefeller Center/Top of the Rock). A linha V cai fora logo na rua 53 (parando também na 5a. avenida junto ao MoMA), e a F, um pouco mais adiante, na rua 60.  Mas a B e a D sobem pelo Columbus Circle e pelo lado oeste do Central Park; a D é expressa, mas a B pára no Dakota e no Museu de História Natural.

Finalmente, as linhas N, Q, R e W vêm do sul (três delas, do Brooklyn) e acompanham o leito enviesado da Broadway até a Times Square (rua 42), quando então sobem pela 7a. Avenida até o Central Park, indo para o leste (até Queens) pela rua 63. A linha Q é expressa e só serve para Soho (Canal St.), Times Square e Central Park South. As outras param ao longo da avenida, incluindo Washington Square e Herald Square.

Use um mapa -- ou um app

Melhor do que o mapa oficial do metrô é o mapinha do New York City Travel Advisory Bureau, que você consegue na recepção do seu hotel. Nele todas as estações aparecem com os números e letras das linhas que efetivamente param nelas. Uma boa estratégia é planejar seu itinerário do dia aproveitando o traçado das linhas.

Mas o jeito de não errar é baixar um app -- os melhores são o HopStop (para Apple) e o NYCMate (para Android)

Atenção às letras miúdas -- e às graúdas também

Sopa de letronas

Enquanto na Europa a programação visual procura se comunicar com seus usuários com economia de letrinhas e elegância de sinalização, o metrô de Nova York está o tempo todo gritando instruções em cartazes de todos os tipos e tamanhos postados no seu caminho.

De modo geral, as informações localizadas ao longo das plataformas se referem às linhas que passam por ali. As tabuletas postadas de maneira perpendicular aos trilhos se referem a outras plataformas.

Não há hierarquia de informações. Todas são gritadas da maneira mais explícita possível, New York style.

Além das tabuletonas, não deixe de ler os cartazinhos que aparecem na entrada de quase todas as estações -- e que informam os horários em que haverá interrupção de serviço devido a obras. (Normalmente vêm junto as instruções de como proceder durante a interrupção de serviço.)

Agora a parte mais fácil: comprar

(Atualizado: março de 2013)

Bilhete único

As maquininhas de venda de bilhetes são a antítese do metrô de Nova York: simples, modernas e intuitivas.

Tudo é touch-screen, como num caixa eletrônico Itaú.

Pressione "start", escolha inglês ou espanhol e, em seguida, um MetroCard, que é um cartão magnético gratuito.

Você pode escolher entre "Pay-per-ride" e "Unlimited rides".

Na alternativa "Pay-per-ride" você carrega um valor entre US$ 5 e US$ 100; a cada viagem seu cartão magnético vai ser debitado em US$ 2,50. Se seu crédito esgotar, basta passar numa maquininha e carregar com mais dólares. (Mas o buraquinho do cartão só abre depois que você aperta "Start" na tela.)

A alternativa "Unlimited rides" é boa para quem vai ficar uma semana na cidade ou vai andar MUITO de metrô. Custa US$ 30 e possibilita viagens ilimitadas por sete dias corridos.

Em ambos os casos, dá para pagar com dinheiro (troco máximo fornecido pela máquina: US$ 6) ou com cartão de crédito. Pegadinha para quem usar cartão: lá pelas tantas a máquina vai pedir o seu zip-code (o CEP americano). Ponha qualquer número de cinco dígitos; a informação só é checada em cartões emitidos nos Estados Unidos.

A emissão do cartão custa US$ 1. Não são cobradas taxas na recarga.

Leia mais: Passo a passo: como fazer e recarregar o MetroCard na maquininha

Agora é sua vez: compartilhe suas dicas e experiências

E você? Que macetes do metrô de Nova York tem para contar? Que micos que você pagou e que pode nos poupar? Mande ver na caixa de comentários, please!

541 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Joaquim
JoaquimPermalinkResponder

Não existe alguma linha de metrô que vá de NY para New Jersey? Como faço para vir de lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Joaquim! New Jersey é outro estado. Não há metrô para lá.

Mas há o trem PATH, que atravessa o rio Hudson com linhas que saem da Penn Station e do World Trade Center -- além dos trens da NJ Transit, que saem da Penn Station.

http://www.panynj.gov/path/maps.html

O planejador de viagem de Nova York é integrado a New Jersey, aceitando endereços de lá:

http://tripplanner.mta.info/MyTrip/ui_web/customplanner/tripplanner.aspx

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Querido, estou indo hoje para NY e só tenho a agradecer pelo site. Bebi muito das suas dicas! Agora, aí vai uma dica minha: por sugestão de amigos, baixei o aplicativo do metrô de Ny, gratuito. Vc diz onde está e pra onde quer ir e o aplicativo se encarrega do resto (estação mais próxima, rota sugerida, baledações, etc). Parece muito simples! Dou minhas impressões quando voltar. Um abraço e obrigada!

Paulo
PauloPermalinkResponder

Olá Claudia.
Achei interessante o que você publicou sobre o app do metro de NYC, você pode me enviar o website do metro e o nome do app para eu baixar também?
Obrigado.

PAULO
PAULOPermalinkResponder

Prezado Ricardo.
Você leu a mensagem da Claudia, você sabe o website do metro de NYC onde tem o app que ela comentou para eu baixar também? Se puder me ajudar, agradeço pelo envio e também pela matéria interessante que você publicou.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Veja os apps na página da MTA: http://www.mta.info/apps/

Joana
JoanaPermalinkResponder

O MTA não tem um app oficial. Há vários q vc pode usar pra se deslocar por NY.
O google maps funciona perfeitamente, e se você colocar seu endereço de destino ele te dá todo o roteiro por transporte público. E se vc for de taxi ele ainda te informa do trânsito na cidade.
Outro app bom é o é o Embark NYC, que tem a vantagem de ter o mapa do metrô todinho no app, além de te mostrar o caminho entre o lugar onde vc está e a a estação pra onde vc quer ir.
Eu baixaria os dois.

val
valPermalinkResponder

Paulo, tente o hopStop. tem site e app, é ótimo!

Paulo
PauloPermalinkResponder

Obrigado a todos vocês que me ajudaram a encontrar o app do metro de NY.

Ricardo Freitas

Boa tarde.

Quero ir do JFK de metro para o hotel (33 linha 6). Entendo que pego a linha E. Na estação Leginsgton consigo trocar da linha E para a 6? É a melhor maneira de chegar do JFK a 33? Obrigado.Ricardo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! Nesta página da MTA você simula qualquer itinerário:

http://tripplanner.mta.info/MyTrip/ui_web/customplanner/tripplanner.aspx

lais
laisPermalinkResponder

boa tarde,
tem alguma linha que va do queens para a grand central station ou algum lugar proximo? obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lais! Use esta página da MTA para simular todos os seus itinerários:
http://tripplanner.mta.info/MyTrip/ui_web/customplanner/tripplanner.aspx

Maristane
MaristanePermalinkResponder

Oi Bóia, 0 mesmo metro que vai uptown vai downtown? Estarei na 46th (entre 5 e 6 Ave)e desejo ir à Estátua da Liberdade, que linha pego para ir e voltar? Aguardo helppp, obga.

Deonice de Oliveira

Olá bóia, como faço pra ir do JFK para a 46 avenue e voltar. de metro.
obrigada.

JOSE PEDRO AMANCIO

do aeroporto jfk para long island. na 31-36 blvd hotel days inn.como chego neste destino.grato!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Pedro! O táxi será no taxímetro.

O trem LIRR leva a diversos pontos de Long Island.
http://www.viajenaviagem.com/2009/09/chegando-em-nova-york-transporte-depara-o-aeroporto-kennedy-jfk/

Veja no TripPlanner da MTA como chegar ao seu destino:
http://tripplanner.mta.info/MyTrip/ui_web/customplanner/tripplanner.aspx

coca
cocaPermalinkResponder

oi ricardo eh o coca voltei agora de viena e munique no primeiro dia la ja entendi como andar de metro e bonde uma maravilha cortava a cidade toda agora estou programando ir a nova york e pelo que li aqui ja fiquei assustado como andar de metro eh tao dificil assim vc acha que eh melhor nao se meter com o metro estou dezanimado nao eh facil como na europa. o que vc recomenda para ja, ir estudando o sistema aonde posso ver isso ou fazer os pontos turistico de citytuor o que vc recomenda outra coisa fazer de taxi tbm eh uma boa ou nao os taxis sao baratos aguardando uma resposta obrigado

Mon
MonPermalinkResponder

Táxi é muito caro.
ônibus turístico só vai te levar em ALGUNS lugares.
O metrô parece mais difícil do que realmente é. Fique tranquilo! Depois de algumas viagens vc pega o jeito.
Eu tenho um passo a passo no meu blog, caso ajude: http://desfazendoasmalas.com/2013/05/23/metro-de-nova-york/

O mais importante é esquecer todos os outros metrôs que você andou. Zerar o sistema antes de abordar o mapa de transporte em NY. Aí, com calma, vc vai ver que não tem tanto mistério assim, não. E é o melhor meio de andar pela cidade!

val
valPermalinkResponder

Concordo! Não é tão dificil como parece! vai sem medo!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Coca! Aqui quem responde é A Bóia! Como a Mon já bem disse, vale a pena tentar desvendar o metrô de Nova York, sim. No segundo ou terceiro dia você já vai estar craque. smile Use aplicativos para smartphone ou o Google Maps para simular trajetos e facilitar as coisas.

Amaro - Recife

O mais importante é saber quando o metro é expresso ou local e identificar as estações que eles param (ou não). No mapa impresso da MTA as estações com pontos brancos para todos. As só com pontos pretos, os expressos não param. Fora isso, é só dar uma estudada no mapa antes de se 'emburacar', que tudo corre normalmente...
Vai tranquila.

coca
cocaPermalinkResponder

oi pessoal obrigado pelas dicas mas ainda estou suando frio por exemplo como vou saber se devo descer as escadas para uptown ou downtown isso esta me intrigando e pelo jeito eh o segredo ou não por favor tirem minhas duvidas que saudade do metro de Viena Munique berlin hahaha

Nova York em junho: internet, redes sociais e aplicativos | Nagaoka Mídias Sociais

[...] - Para entender o metrô de Nova York [...]

coca
cocaPermalinkResponder

ok valeu obrigado

maria luiza
maria luizaPermalinkResponder

Olá..vou ver um jogo no Brooklyn (Barclays Center) e gostaria de voltar de metro após o jogo!

Meu hotel fica na 17 W 32nd St.. sabe me dizer se tenho como voltar de metro?

Brooklyn - Manhattan

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luiza!

Habitue-se a usar o Trip Planner da MTA para seus deslocamentos de transporte público em Nova York:
http://tripplanner.mta.info/MyTrip/ui_web/customplanner/tripplanner.aspx

Regina Fernandes

Como faço para ir na Columbia University de metro, saindo da 557 Lexington? Obrigada

Amaro - Recife

Regina,

usa o Trip Planner da MTA citado aí em cima pela Bóia.

Sueli
SueliPermalinkResponder

Ola! Tenho uma dúvida: o metrocard de uma semana posso usar para mais de uma pessoa ou tenho que comprar um para cada pessoa?
grata. Sueli

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sueli! O cartão fica inválido por vinte minutos depois de cada utilização. É praticamente impossível ser usado por mais de uma pessoa.

Luiz Arruda
Luiz ArrudaPermalinkResponder

Olá a todos! O metro de Ny tem gratuidade? Minha filha tem 10 anos. Ela paga ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz! Crianças que medem até 44 polegadas (1.10m) viajam de graça. Mais alta que isso, paga inteira.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Olá!
Agora pegar o metrô ficou muito mais fácil! É só baixar o aplicativo HopStop no celular. A gente coloca o ponto de partida e ponto de chegada, e o aplicativo faz tudo sozinho. Sensacional!

Thais
ThaisPermalinkResponder

Olà o metrocard pay-per-ride também é individual ou este modelo pode ser usado por mais de uma pessoa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! O pay-per-ride pode ser compartilhado entre até 4 pessoas por vez.

Chegando em Nova York: Meios de Transporte | conexaomundo.com.brconexaomundo.com.br

[...] A, C e E – se caminhar uma quadra até a Broadway pode pegar a B, D, F, V, N, Q, R ou W. (Dê uma olhada no mapa do metrô de NYC) Veja a estratégia de recarregar o seu MetroCard para usar no metrô no próximo [...]

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Olá
Chegando no aeroporto JFK eu poderei pegar o supershuttle para ir ao bairro de Brooklyn? Pergunto isso porque é a minha primeira viagem sozinha até Nova York. Desde já agradeço a ajuda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luisa! O shuttle serve apenas o centro de Manhattan. Você teria que continuar viagem de metrô ou táxi. Se é a sua primeira viagem a Nova York, o táxi da chegada é um excelente investimento.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2009/09/chegando-em-nova-york-transporte-depara-o-aeroporto-kennedy-jfk/

João Alberto
João AlbertoPermalinkResponder

O pessoal sabe se o cartão unlimited rides (que custa US$ 30) vale entrar no AirTrain (indo para o JFK)? Ou seria necessário comprar um metrocard de US$ 5 para entrar? Valeu!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Alberto! O unlimited rides não dá direito ao Airtrain não.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2009/09/chegando-em-nova-york-transporte-depara-o-aeroporto-kennedy-jfk/

Lu
LuPermalinkResponder

Excelente tutorial! o resumi e levarei impresso. muito obrigada, este post é de utilidade pública! rs

F Paiva
F PaivaPermalinkResponder

Gostaria de ter aquela vista linda de Manhattan da Brooklin bridge. Qual metrô pego e onde é o melhor lugar para passar 1 horinha pra apreciar a vista? Vale a pena ir de táxi? Tem algum horário melhor? Obrigada!

Leticia Costa
Leticia CostaPermalinkResponder

Olá Ricardo e Bóia!
Vou ficar 10 dias em NYC e vou comprar o unlimited de 7 dias e gostaria de saber se posso usar a recarga neste tipo de passe, já vi que é possível no passe Pay-Per-Ride. Confesso que não li todas as 6 páginas de comentários, desculpa. Muito obrigada! Letícia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leticia! É possível sim. Para saber mais, leia: http://www.viajenaviagem.com/2013/07/nova-york-metrocard/

Leticia Costa
Leticia CostaPermalinkResponder

Oi Bóia!
Muito obrigada pela resposta e pela prontidão e rapidez!Bjs