Iguaçu: o lado argentino

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Na Garganta do Diabo: frio master na barriga

Se o lado brasileiro é o camarote vip das Cataratas -- o ponto de onde se pode contemplar o panorama até mesmo sem suar, vindo no ar condicionado do ônibus do parque e caminhando o tempo todo na sombra --, el lado argentino oferece uma experiência mais selvagem. Tanto no bom quanto no mau sentido.

Se yo me pierdo este tren que sale ahora a las once y pico...

No mau sentido: os deslocamentos nel lado argentino são chatos e complicados. Para se movimentar entre as áreas do parque é preciso tomar um trenzinho de operação no mínimo errática. As partidas podem ter até meia hora de intervalo;  às vezes vai o trem vai até a estação final (da Garganta do Diabo), mas às vezes só vai até a estação intermediária (a Cataratas) e volta para a estação central, obrigando todos os passageiros a desembarcar no meio do caminho e esperar o próximo trem para prosseguir viagem.

Bonitinho pero complicadito

No bom sentido: não é necessário comprar nenhuma visita guiada para ter um gostinho de selva bem mais acentuado do que o oferecido pelo parque brasileiro.

Para isso, porém, vou adiantando: você vai ter que caminhar. E muito. E vai suar. E vai se molhar. Vá com a roupa que você iria para um acampamento.

A caminho da Garganta

Comece pela caminhada mais chata. Vá até a estação final e pegue a trilha para a Garganta do Diabo. Dá um quilômetro e meio, na maior parte do tempo por uma passarela construída sobre ilhotas e o leito da parte superior do rio Iguaçu. A parte chata dessa caminhada é que você volta pelo mesmíssimo caminho da ida. Mas o que você vê ao fim dele compensa: você fica debruçado sobre a mais caudalosa catarata do conjunto. Não chega a ser totalmente vertiginoso porque a nuvem de spray não deixa você ver a queda inteira. Mas a sensação é intensa e impressionante.

Chegando perto

Na Garganta o negócio não é a beleza, mas a sensação

Na fila do gargarejo (ops)

Pegue o trenzinho de volta à estação intermediária (Cataratas). Ali há dois circuitos a fazer. Um curtinho, de 700 metros, o Circuito Superior, uma passarela construída na beira do precipício, passando em revista várias quedas secundárias. E outro, mais longo, de 2,5 km, porém imperdível: o Circuito Inferior.

Inferior no nome, superior na experiência

O Circuito Inferior passa por dentro da mata e revela pequenas cachoeiras antes de levar a uma área do conjunto das cataratas que a gente não vê direito do Brasil, porque se trata de uma reentrância del lado argentino.

Mira que rico

Não sei gerar pontos de exclamação invertidos, droga

As quedas se oferecem de novos ângulos, e num dos trechos você fica praticamente embaixo delas. Vale muito a pena. Como é extenso e tem escadas, é bem menos crowdeado do que a passarela da Garganta. E como a trilha é circular, você volta ao ponto de partida sem repetir nenhuma parte do caminho.

Chuveirinho

Passa o xampu

A mi me encanta por supuesto como no

Quase no fim do percurso você encontra o quiosque de entrada para o "Macuco" argentino, a Aventura Náutica. Existe também um posto de vendas entre a entrada do parque e a estação central do trenzinho, mas se você esquecer dá para comprar lá direto. Não há hora marcada nem nada; você entra na fila, que é feita numa escadaria, sem o conforto das instalações do lado brasileiro.

Los precios

La cola

O passeio é bem mais roots, mas em compensação é muito mais barato e, pasme, bem mais emocionante. As lanchas argentinas chegam embaixo de DOIS pontos das cataratas -- um deles é o mesmo visitado pelo passeio brasileiro; o outro, em águas que os brazucas não podem freqüentar por estarem en el lado argentino.

Exclusividade do passeio del lado argentino

Você guarda a câmera numa bolsa impermeável...

... e seja o que Dios quiser!

Manhê, me tira daqui!

Além de cataratas duplicadas, o Aventura Náutica oferece emoções bem mais intensas: as manobras feitas pelo capitão argentino são muuuuuito mais radicais do que as do brasileiro. Perto do Aventura Náutica, o Macuco é um passeio para a terceira idade...

(Parênteses. Provavelmente haja razões de segurança envolvidas. No geral, o Macuco Safari parece um passeio bem mais responsável, ecologicamente inclusive, do que o seu equivalente argentino. Certamente há mais riscos na maneira com-emoção que o passeio é feito en el lado de allá. Só estou relatando o fato de que, no passeio argentino, a gente se sente numa montanha-russa; o brasileiro está mais para carrinho-trombada.)

Quem quiser um pouquinho de mordomia -- e a mesma emoção -- pode cacifar o Gran Aventura, que é a versão longa (e vip) do passeio. Custa o dobro e inclui transporte de jipe pela mata da entrada do parque até próximo ao ponto de embarque. A coisa é feita para você não enfrentar a fila dos muquiranas do Gran Aventura. Logisticamente, porém, se eu entendi o que o PêEsse me explicou (ele fez o Gran Aventura, e daqui a pouco deve aparecer por aqui para contar na primeira pessoa), o melhor é dispensar o traslado de ida (para poder fazer o Circuito Inferior caminhando, que é lindo), mas aproveitar a volta, sem precisar encarar de novo o trenzinho complicado.

O parque tem lanchonetes meia-boca e um restaurante de buffet; eu deixaria para comer de verdade em Puerto Iguazú, onde um restaurantes como o Aqva não fecha durante o dia.

Como chegar al lado argentino del parque:

- Carros alugados na Avis e na Hertz cruzam a fronteira para a Argentina sem problemas.

- Agências oferecem transporte em ônibus (ingressos e passeios não-incluídos; o ingresso ao parque deve ser pago em moeda argentina).

- Muita gente vem do lado brasileiro de táxi, combinando horário de voltar. Informe-se sobre preços atuais na recepção do seu hotel.

El Práctico: no requiere habilidad

- O jeito roots de ir é pegar o ônibus internacional (Crucero del Norte) em frente ao hotel Bourbon (mas do outro lado da estrada, no sentido centro-parque) que leva à rodoviária de Puerto Iguazú. De lá sai a cada meia hora o El Práctico, ônibus que faz a linha do parque argentino -- tudo muito baratinho. [N. da R.: todos os preços foram apagados porque desatualizam rápido; há inflação na Argentina.]

Anotei os horários pra você!

Post publicado em dezembro de 2009.

Leia mais:

293 comentários

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá,
vou a Foz nas férias e gostaria de saber quais são as casas de câmbio p trocar Real por Peso ?? P ir ao Parque do lado argentino, já que não aceitam outra forma de pagamento. Ou posso pagar em real??
Obrigada
Juliana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Não pode pagar em real não. Há casas de câmbio no centro de Puerto Iguazú.

Valdinho Pellin

Juliana
Vc não pode pagar em real, mas se conversar com os monitores eles deixam vc entrar no parque e sacar pesos em um caixa aletrônico que fica dentro do parque. ai vc volta e compra o ingresso em pesos e entra no parque. O parque é muito legal e vale a pena

Vinícius (mais do que uma viagem)

Juliana, outra opção é trocar reais por pesos em uma casa de câmbio ao lado da imigração.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Ola, vale mais a pena ficar na Argentina ou no Brasil durante a viagem às Cataratas? Os preços são até q parecidos (de hostels), mas gostaria de saber pela questão da comodidade de cada cidade.
E tb se, caso opte por ficar em Puerto, se a ida ao lado brasileiro das cataratas é de fácil acesso.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julia! O lado argentino é mais próprio para o esquema albergue. Ir às cataratas do outro país sempre será um pouco perrengue, fique você no Brasil ou na Argentina.

Leia os demais posts desta página:
http://www.viajenaviagem.com/brasil/foz-do-iguacu-ricardo-freire

Valdinho Pellin

Estive em Foz do Iguaçu durante 4 dias e visitei o lado argentino e brasileiro das cataratas com o transporte público. Funciona muito bem, principalmente no lado brasileiro. Além disso visitei Itaipu também com transporte público. Eu acho que hospedar-se no lado brasileiro é mais interessante. Tem mais opções a noite. Procure se hospedar no centro de foz que é mais tranquilo utilizar o transporte público.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Ola, obrigada pelas respostas. Meu esquema será msm albergue e transporte público. Pretendo sair à noite, mas não faço questão de super badalação. Acho q terminarei em Puerto msm. Valeu!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Olá! Eu já procurei em todos os posts, mas não encontrei uma resposta para a minha dúvida: Como faço para ir do Aeroporto de Foz direto para o centrinho de Puerto Iguaçu? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Marcia! O único transporte direto do aeroporto de Foz até o centrinho de Puerto Iguazú é o táxi.

Para saber como ir de ônibus, leia este comentário do Ricardo Freire:

http://www.viajenaviagem.com/2009/12/suite-com-luz-ar-condicionado-wi-fi-e-agua-corrente/comment-page-1/#comment-53534

(O valor do táxi não está atualizado.)

Vlad
VladPermalinkResponder

Existe um Onibus que vai do Aeroporto ao centro só perguntar o numero dele para alguem, custa 2,50

JONATAS
JONATASPermalinkResponder

O Aventura Náutica é muito mas muito bom mesmo e está a 125 pesos ou 50 reais. O ônibus Foz até Puerto está R$ 3,50 e de Puerto até as Cataratas AR$ 10,00. A entrada se não me engano já está a AR$ 70,00.

GRAN AVENTURA $ 260.00 POR PAX
AVENTURA NAUTICA $ 125.00 POR PAX
PASEO ECOLOGICO $ 50.00 POR PAX

ana
anaPermalinkResponder

Ola turistas, conheci o lado argentino nessa ultima vez q estive na região, é muito bonito, vale td a caminhada no parque, eu estava hospedada em Foz, paguei R$85,00 o passeio com o ingresso incluso, estava um dia muito quente, foi cansativo, pois fizemos o lado brasileiro pela manha e ao meio-dia a agencia nos pegou e levou para a Argentina. Almoçamos no parque, comida razoavel, mas achei caro, paguei R$ 60,00, na noite anterior jantei no El Tio Querido por R$ 45,00 com muita cerveja. No parque fiz somente o circuito superior, o que valeu muito, é diferente do Brasil, é mais "selvagem".

ana
anaPermalinkResponder

Ah, esqueci de dizer, dentro do parque eles aceitam Real, mas nao dão troco em real, apenas em pesos, quase morri de sede, pois estava com R$ 50,00 e a agua custava R$7,00 (q assalto), imagina eu pegar esse troco em pesos????? Então carreguem mais agua ou levem pesos.

Valdinho Pellin

O lado argentino das cataratas é muito mais interessante..... vale a pena explorar os dois lados com certeza

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Este seria o circuito superior? "Comece pela caminhada mais chata. Vá até a estação final e pegue a trilha para a Garganta do Diabo. Dá um quilômetro e meio, na maior parte do tempo por uma passarela construída sobre ilhotas e o leito da parte superior do rio Iguaçu. A parte chata .... Mas a sensação é intensa e impressionante."

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amélia! Não, o circito superior é outra coisa. Este é o circuito da Garganta do Diabo, mesmo. O Ricardo Freire sugere começar por ele.

Celso Coslovsky

Estive semana passada em Foz, e como ninguém da grande turma que fomos queria ir ver o lado argentino, pois todos deram preferencia em conhecer as maravilhas mumbeiras do Paraguay. Eu e minha esposa contratamos um passeio exclusivo da CVC que foi excelente. Por R$90,00/pax a CVC enviou um guia exclusivo para nos, em um carro de luxo novo (C4 Pallas) e com isso fizemos o passeio do nosso modo, sem horários e chateações dos pacotes. Inclusive se quiser contratar esse tipo de serviço direto, esses guias não tem vinculo com as operadoras e no nosso caso, o guia e o Proprietario do carro.
Eu cotei para alugar um carro, e o valor ia ficar mais caro que esse passeio exclusivo pois teria que retirar e devolver o carro no aeroporto, pois as locadoras não dispõe de serviço para entregar o carro no hotel.
Quanto as dicas do blog, como de costume, nos ajudaram muito no planejamento da viagem. O Macuco Safari e o helicóptero sao realmente imperdiveis.
Abs
Celso

Sueli
SueliPermalinkResponder

Celso Coslovski
Você fez contato com a CVC em Foz do Iguaçu? Vocês estavam no centro ou mais afastados?
Quanto tempo o carro com guia ficou a disposião de vocês?
Nós vamos ficar no Hotel das Cataratas e ele é mais afastado.
Poderia me dar mais esclarecimentos?
Obrigada

Zé_Bsb
Zé_BsbPermalinkResponder

Sueli, acabei de voltar de lá. Combinamos com um taxista do hotel (fiquei no centro) e ele cobrou R$200 para ficar o dia por nossa conta na Argentina.

Nos levou ao parque, retornou no horário marcado, jantamos na cidade, passeamos, e só nao fomos no free shop por falta de tempo (e paciência).

Stela
StelaPermalinkResponder

Por favor você teria o contato (telefone) desse taxista.
Pelo jeito ele é de confiança, não é?
Obriagda

Alexandra
AlexandraPermalinkResponder

Quanto custa o passeio de helicóptero?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandra! O passeio só é oferecido no lado brasileiro. Veja:
http://www.viajenaviagem.com/2009/12/agua-abaixo-2/

Em 2009 custava R$ 180 por pessoa. Confirme os valores atualizados diretamente com a Helisul.
http://www.helisulfoz.com.br/site/PANORAMICOS/Foz-do-Iguacu

Melo
MeloPermalinkResponder

Em Puerto Iguazu existem lugares onde podemos comer as boas carnes que existem nos restaurantes de Buenos Aires?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Melo! As dicas de restaurantes em Puerto Iguazú estão aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/05/puerto-iguazu-vale-a-noitada-e-ate-o-pernoite/

tati
tatiPermalinkResponder

olá. vou sozinha com meus dois filhos menores. preciso de autorização do pai para visitar o lado argentino? eles poderão me acompanhar numa eventual visita ao duty free?

victor
victorPermalinkResponder

Quando fui, dava pra ir até o duty free sem autorização do outro pai, mas não dava para entrar na Argentina mesmo. Mas acho que se pensar direito , nem no duty free deveria ser permitido.

Camila Peixoto

Bom Dia, eu e meu namorado vamos a Foz do Iguaçu no dia 13/09 ate o dia 16/09, chegaremos lá a na quinta no final do dia, gostaria de saber se tem como em unico dia a gente conhecer o lado brasileiro das cataratas e o lado argentino e se da tempo de passar no duty free, já que vamos ficar pouco tempo vamos conhecer mais o que é nossa cara mesmo pois vamos ter que descartar alguns passseios para dar tempo de fazer os que valem relmente a pena, gostariamos muito de ir até o Paraguay tbem fazer umas compritchas, será que dá tempo, sendo que no domingo nosso vôo é as 13hs. Vamos ter somente a sexta e o sábado, vou ficar no Hotel Rafain Centro, quando a gente for para o Paraguay a gente perde um dia inteiro?!Agradeço desde já...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Reserve um dia para o lado brasileiro e o parque das aves, e pelo menos um dia inteiro para o lado argentino. Infelizmente você só tem dois dias úteis, a sexta e o sábado. O domingo não conta, você vai ter que ir para o aeroporto às 11h30 no máximo. Para o Paraguai você precisaria de mais um dia.

Camila Peixoto

Então pelo menos quando tiver voltando do lado Argentino tem como passar no duty free?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! O duty free fica aberto de 9h às 21h. A nossa leitora Roberta, que escreveu um relato de viagem sobre Foz, disse que às 18h fica mais cheio: http://www.viajenaviagem.com/2012/07/quatro-dias-em-foz-do-iguacu/

ana ludimilla
ana ludimillaPermalinkResponder

gostei muito das informações... muito completo... principalmente por dizer o que e quanto!!!! muito bom!!!

Catalina
CatalinaPermalinkResponder

Olá!
eu já fiz o passeio indo de ônibus Foz-Puerto e voltando de taxi. O problema é que o ônibus passa direto na saida do Brasil, mas para na entrada na Argentina para imigração. Eu sou Colombiana (não estamos no mercosul) então não podemos entrar e sair como vocês... Eu estava tendo problemas ao voltar no Brasil, mas consegui entrar finalmente. Estou pensando em levar meus pais para conhecerem, alguém lembra se o ônibus para na fronteira? Alguem sabe como os outros estrangeiros, tipo americanos, passam na fronteira? onibus? carro? Obrigada!

marcelo
marceloPermalinkResponder

olá,parabéns pelo site,gostaria de saber quais os passeios que dá pra levar uma criança de 4 anos,para que nao fique cansativo.obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! O lado argentino do parque requer muita caminhada. O brasileiro é mais tranqüilo. Não deixe de levar sua pequena ao Parque das Aves.

Vlad
VladPermalinkResponder

Estarei indo la amanha dia 21 depois posto aqui se a caminhada é muito pesada

maria luiza petry rauber

Eu e meu marido vamos dia 18/09 para Foz, queremos sugestões para melhor aproveitar o tempo. Vamos chegar ao meio dia do dia 18 e vamos partir de lá as 13 de sexta feira dia 21.
Queremos conhecer os dois lados do Parque (Brasil/Argentina), Itaipu, e claro compras no Paraguay, será que vai dar tempo de fazer tudo? E se possivel o que fica mais em conta.Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luiza! Você precisa de um dia para o lado brasileiro e o parque das aves, e pelo menos um dia inteiro para o lado argentino. Ciudad del Este e Itaipu demandariam um dia a mais.
Leia: http://www.viajenaviagem.com/brasil/foz-do-iguacu-ricardo-freire/

Vlad
VladPermalinkResponder

Ola Maria Luiza,estou aqui em Foz, vc pode ir ao Paraguai de manhã..fazer alguma compra e depois ir à Usina..um passeio de manhã e outro à tarde..lembrando que mtas lojas no Paraguai fecham depois das 15:00. Depois vc precisa e um dia para as Cataratas lado do Brasil e um dia para o lado Argentino.

VLAD
VLADPermalinkResponder

Para esclarecimentos, quem for a Foz do Iguaçu recomendo visitar os 2 parques..o Lado Brasileiro e o lado Argentino..pq os dois são diferentes no visual.O lado argentino vc tem que caminhar mais..,mas vale a pena..é tudo bem limpo e organizado..a entrada custa 90 pesos .. o que da nessa estadia minha essa semana R$ 34 reais( não aceitam reais e nem cartões).O Macuco safari deles chama Aventura náutica..e custa 150 pesos ( 60 reais) e como foi dito aqui. ele não é melhor que o brasileiro e nem mais radical..pq depois do acidente de 2011 que matou dois turistas americanos no safarico náutico argentino, o passeio dles ficou bem morno só valendo a pena pq é bem mais barato..o passeio deles dura 30 minutos.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Meu marido e eu vamos no feriadão de finados pra Foz a previsão e de chegar la as 15:30 na quinta e voltar no domingo as 18:05 queremos visitar o lado brasileiro,parque das aves, lado argentino e dar uma passada na paraguai ufa!!!!!! como é a nossa 1º vez queriamos uma dica de roteiro e uma duvida o lado argentino aceita ou não real obrigada desde ja pela atenção estou muito ansiosa !!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Você vai precisar de um dia para o lado brasileiro e Parque das Aves, um dia para o lado argentino, e no outro tentar combinar Itaipu com Paraguai, o que vai ser puxado (comece com Itaipu).
Veja o roteiro da leitora Roberta:
http://www.viajenaviagem.com/2012/07/quatro-dias-em-foz-do-iguacu/

No parque argentino só aceitam pesos.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

esqueci de perguntar o que é PAX EX Por R$90,00/pax estou ficando doida kk

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila, não sei qual o contexto, mas alguma coisa custa 90 reais por pessoa smile

Sheyna Adamo Attar

PAX costuma ser Preço por pessoa, na língua de agências de turismo, buffets e eventos.
200 PAX = 200 participantes
wink

Sheyna
SheynaPermalinkResponder

Meninos, Boa tarde,

Pelo que entendi um roteiro ideal inclui:
1 dia pro lado Brasileiro + Parque das Aves
1 dia lado Argentino
1 Dia Itaipu (e aí não entendi qual a melhor seqüência... 1° Itaipu, depois o resto?) ... pra quem vem de SP, por ex.
Depois do lado argentino, se eu quiser continuar a viagem, qual seria a melhor próxima parada?
Se eu quiser dali pegar outro vôo pra outra cidade Argentina (pensando que já fui pra BsAs, qual seria a melhor següência?
Só pra eu tentar traçar um roteiro de viagem mais coerente.

Obrigada
Abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sheyna! Quanto tempo de viagem você tem?

A Dani S. fez uma dobradinha de Foz com as missões jesuítas na Argentina e no Paraguai: http://www.viajenaviagem.com/2010/02/pra-la-de-iguacu-missoes-paraguaias-e-argentinas-por-dani-s/

Sheyna
SheynaPermalinkResponder

Na verdade eu queria sugestões mesmo, para traçar um "ah, então pra essa viagem seria bom ter no mínimo X dias".
Comecei pesquisando pros feriados dos dias 15 e 20 de Novembro.

Saindo daqui no dia 14, podia conhecer as Cataratas lado Brasileiro no dia 15,16 o lado argentino, 17 Itaipu (ou não),
tendo ainda 17, 18 e 19, e parte do dia 20, se pensar em voltar a noite.

Vou ler a dobradinha da Dani, mas se com estes detalhes tiver mais opinião, será sempre bem-vinda!

Obrigada
Bjs

Sheyna
SheynaPermalinkResponder

Pessoal, boa tarde,

Pelo tudo que li, um planejamento de uma trip bem legal e completa, incluiria
1 dia lado brazuca da coisa
1 dia lado argentino da coisa
1 dia Itaipu e mais uma passada no duty... apesar que eu dispenso...

Se quiser seguir dali, qual a dica?
Vi Eldorado, Santa Fé...
Se eu quiser voltar para algum aeroporto (ou ir), pra aproveitar daquelas passagens multi-trecho, qual seria a melhor opção?
Pra BsAs eu já fui.
Queria Lujan, mas fica láaa do outro lado, e demanda mais tempo.

Se tiverem dicas serão bem vindas!
:0)
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sheyna! Nós já respondemos a você ontem: http://www.viajenaviagem.com/2009/12/iguacu-el-lado-argentino/comment-page-2/#comment-240737

Sheyna
SheynaPermalinkResponder

Oi Bóia, me desculpe, mas pra mim não apareceu...
Então supus que tinha dado erro ao enviar minha pergunta!
Obrigada
Abs

Hannah Lopes
Hannah LopesPermalinkResponder

Boa tarde!
Vou para Foz no dia 09/01/13, chegando na hora do almoço e volto dia 13, com voo marcado para 18h.
No pacote que fechei está incluso a ida às cataratas e à Itaipu.

Gostaria de uma dica de como fazer o roteiro para os outros passeios aproveitando ao máximo o tempo lá. Pq tanto no dia de chegada quando de ida, posso aproveitar algo, né? Já que chego na hora do almoço em um dia e só vou embora no meio da tarde do outro.

O que quero conhecer: Cataratas, Itaipu, Duty Shop, Cidad del Este, Parque das aves, Puerto Iguazú.

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Hannah! Veja como organizar o seu tempo na página-guia de Foz do Iguaçu:
http://www.viajenaviagem.com/brasil/foz-do-iguacu-ricardo-freire/

Veja o roteiro de uma leitora:
http://www.viajenaviagem.com/2012/07/quatro-dias-em-foz-do-iguacu/

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Oi Boia...
Cara, vou de carro para Foz em janeiro e queria saber quanto custa para entrar de carro no lado argentino (tem uma tal de Carta Verde). O estacionamento das cataratas da argentina é pago? Penso em ir nas cataratas Argentinas de manhã e à tarde no lado brasileiro. E quero fazer tudo isso de carro. Será que tem como?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo!

Veja onde cotar seu seguro carta verde:
http://www.viverseguro.org.br/main.asp?View=%7BA0BA8F3D-D325-48E5-B7A5-BA3CA3F2B4F5%7D

O parque argentino requer um dia inteiro de visita. Dois dias são o ideal.

Ale
AlePermalinkResponder

Oi, precisa de passaporte ou identidade atualizada para visitar o lado argentino? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ale! Sim.

Marina Peixe
Marina PeixePermalinkResponder

Estou planejando fazer em abril de 2013 São Paulo - Foz do Iguaçu - Puerto Iguazu - Buenos Aires e voltamos para São Paulo de Buenos Aires. Qual o melhor jeito de eu chegar com malas de Foz do Iguaçu para Puerto Iguazu? E a papelada, posso entrar na argentina por terra e sair por ar? Como é Foz do Iguaçu em abril?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Vá de táxi entre Foz de Iguaçu e Puerto Iguazú. Não há nenhum problema em chegar por terra e sair de avião. Não há época ruim para ir a Foz -- apenas evite o inverno se você não quer pegar frio. Abril deve ter águas caudalosas, depois das chuvas de verão.

Allysson Lopes

Estou indo em Abril com minha amiga, e ela quer muito ir visitar o lado Argentino, mas não sei se ela pode ter problema quando voltar para o lado Brasileiro pois ela é Sul coreana. Alguem sabe me responder? obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alysson! Peça para ela descobrir se precisa de visto para Brasil e Argentina. Com vistos OK não há problema.

Niuma Ferraz
Niuma FerrazPermalinkResponder

Olá, estarei em foz na segunda quinzena de janeiro, permanecerei lá 05 dias inteiros e gostaria de fazer os principais passeios que já pesquisei e gostaria de saber se estudantes e professores pagam meia entrada nos parques e na usina e em algum outro passeio? TKS Bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Niuma! A meia-entrada é para crianças e maiores de 60 anos.

marley
marleyPermalinkResponder

Ola, estou de viagem marcada para foz e queria saber se vale a pena ir de taxi saindo do centro de foz ate o parque nacional na argentina? E saber tbm sem alguem sabe o valor medio desse trajeto? Ou entao se seria melhor ir de onibus? Caso sim qto custa e como funciona esse trajeto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marley! Não deve sair barato o traslado até o parque argentino, não; no seu hotel você saberá o custo atual. Saindo cedo, você pode ir de ônibus até a rodoviária de Puerto Iguazú e lá pegar o ônibus El Práctico.

marley
marleyPermalinkResponder

Ok, mas eu fui informado que ir de onibus demora muito tempo, isso e verdade? Vc sabe o valor atual do onibus? E no caso de eu ir de onibus como funciona qdo eu chego na aduana?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marley! Vocè vai levar uns 40 a 60 minutos à rodoviária, com descida na aduana para registrar o RG. Depois são 40 minutos ao parque no El Práctico.

Simone
SimonePermalinkResponder

Ola,
Li aqui (em outro post) em depoimento de alguem que foi la em fevereiro deste ano que o Duty Free e Cassino Argentino levam os turistas de graca para o Parque Argentino. Pesquisei no site do Duty Free e la diz que o translado eh de graca dos hoteis de Iguazu para o Parque. Queria saber se eh possivel confirmar a informacao acima e quanto custa do Duty Free de taxi ate o centro do Iguacu (lado brasileiro).
Mais uma pergunta.. em relacao a visita ao parque argentino, estou indo pra la no feriado de Pascoa com minha mae de 62 anos, queria saber se a caminhada eh muito extensa e qual seria o passeio mais seguro pra fazer com ela, caso decida fechar passeio por la.
Um abraco e muito grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Simone! O traslado é entre hotéis de Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu e o duty free. Negocie o valor da corrida com um taxista ao chegar. Você pode combinar com um jantar em Puerto Iguazú. Veja as dicas dos leitores: http://www.viajenaviagem.com/2013/02/roteiro-foz-do-iguacu-90-dicas/

Caminha-se bastante no parque argentino, mas a maior parte, com exceção do circuito inferior, é plana, sem escadas.

jose silva freitas

iguazu argentino, mui bueno

Ademar
AdemarPermalinkResponder

Olá pessoal,

uma dúvida que estou. No Gran Aventura há armários para guardar mochilas por exemplo, como no lado brasileiro (no Macuco)? Obrigado e um abraço a todos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ademar! Não há não. Você ganha um saco impermeável para guardar sua mochila e leva com você.

marley
marleyPermalinkResponder

Estou de viagem marcada para foz na proxima semana, e aindo tenho duvida em qual passeio de barco eu irei fazer, se eu faco no lado brasileiro ou no lado argentino. Qual o melhor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marley! O passeio do lado argentino é mais radical e mais barato, o do lado brasileiro é mais caro e um pouco mais tranqüilo, embora também divertido.

Daniella Balbino

Se forem em época de lua cheia, façam o passeio da Luna Llena: http://www.iguazuargentina.com/luna-llena/calendario/. Fiz o passeio no parque durante o dia e já fiquei para o passeio noturno com jantar. Não vimos o arco-íris prateado, mas mesmo assim é um passeio imperdível!

Milly
MillyPermalinkResponder

Estou pensando em ir no fim do ano para o trio FOZ-PUERTO-PARAGUAY. A minha filha não possui o nome do pai dela registrado na certidão de nascimento. Nesse caso, será que é necessário autorização dele?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milly! Não.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Gostaria de saber se há transporte coletivo partindo da "Cataratas Brasil" até a "Cataratas do Lado Argentino". Gostaria de saber também o valor médio do táxi para esse trajeto, bem como o tempo médio de percurso.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Não há. Não é possível fazer os dois parques no mesmo dia. Separe um dia para cada parque.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/02/roteiro-foz-do-iguacu-90-dicas/

Angela
AngelaPermalinkResponder

Oiê irei para Foz do Iguaçú em julho ficarei 7 dias , gostaria de saber as indicações de passeio pra estes dias .
Obs: Meu passeio esta incluso as cataras lado brasileiro e parque das aves, compras no Paraguay e Argentina.
Qual é a dica de mais passeios desde já agradeço.

silvana
silvanaPermalinkResponder

Alguém pode me informar qual o valor do ingresso do parque do lado brasileiro e do lado argentino?? me disseram que tem boa diferença de preço. É verdade?? Visitando apenas 1 dos lados já é suficiente ou é melhor visitar os 2 lados ?? grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvana! Brasileiros pagam 90 pesos no parque argentino (apenas em dinheiro) e R$ 25,10 no parque brasileiro (dinheiro ou cartão). Os parques são diferentes e complementares; não deixe de conhecer os dois. Preços de fevereiro deste ano.

Bia
BiaPermalinkResponder

Olá! Estou planejando viajar para Foz na primeira semana de maio, mas estou em dúvida quanto ao clima... Alguém sabe se costuma chover muito nessa época por lá? Frio não seria um problema, mas acho que muita chuva poderia estragar o passeio.

Outra dúvida é quanto à circulação entre Brasil e Argentina: vou ficar hospedada no Brasil e gostaria de ir um dia para o lado argentino por meio de transporte público, mas meu noivo é holandês e não sei se há algum impedimento ou dificuldade para a circulação de turistas de fora do Mercosul.

Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bia! Não há problemas para europeus. Haveria para americanos ou canadenses que estivessem na Argentina e quisessem atravessar para o Brasil.

Maio é mais seco do que o verão.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/02/roteiro-foz-do-iguacu-90-dicas/

Coutinho
CoutinhoPermalinkResponder

Olá Pessoal, alguém sabe me informar se no parque Argentino possui vestiário com chuveiro para os turistas???
Vi isso no parque nacional de Itatiaia RJ, o que nos facilitou muito pois depois de longa caminhada tomamos uma ducha e fomos direto jantar!
Se possível gostaria de fazer a msm coisa para aproveitar a noite de Puerto!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Coutinho! Tem uma ducha, mas fora do banheiro (como uma ducha de piscina), numa área aberta, sem privacidade.

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Olá, estou indo pra Foz em Julho, terei 3 dias completos. Quero visitar os dois lados das Cataratas, Paraguai e Duty free, tudo com transporte público. Dá pra fazer tudo em 3 dias? Por onde começar pra nao perder tempo? Desde já agradeço

Diego Guerra
Diego GuerraPermalinkResponder

Tb irei ficar 3 dias em agosto e estou com a mesma duvida =]

Thais Cruz
Thais CruzPermalinkResponder

Gostaria de saber qual o meio de transporte publico para chegar no centro da Argentina e qual o ultimo horario do onibus? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! Sua pousada na Argentina deve ter essa informação certa e atualizada; comunique-se com ela.

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Gostaria de saber se indo no primeiro horário para as cataratas no lado argentino e vendo tudo, mais o passeio no barco, que horas consigo estar de volta em Foz. Será que retorno até 18h com certeza?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sabrina! Não assuma nenhum compromisso para a volta no Brasil. A travessia da fronteira pode ser complicada.

Luis
LuisPermalinkResponder

Olá! Em primeiro lugar quero parabenizar o blog, muito útil. Bom, eu, minha esposa mais um amigo nosso, vamos fazer um tur pelo mercosul (chile, Argentina e Uruguai), finalizaremos nossa viagem em Foz do Iguaçu no dia 26/09.
Pegaremos voo de Montevidel/Puerto Iguazu no dia 22/09(dom), previsão pra chegarmos em Puerto às 15:05. Teremos o resto do dia 22 e 23, 24 e 25 inteiros, queremos fazer os dois lados das Cataratas (Brasil e Argetina) e também dá um pulo no Paraguai, pra variar. A minha dúvida é se vamos direto pra Foz do Iguaçu ou se ficamos em Puerto pra fazer o passeio no lado argentino no dia seguinte, o que será mais viável?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luis! Puerto Iguazú é uma cidade simpática e uma excelente base para as cataratas, mas não boa base para o Paraguai.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/02/foz-do-iguacu-como-e-ficar-em-puerto-iguazu/

José Guimarães de Queiroz

Olá boa tarde,vou a foz do Iguaçu em outubró devo passar 04 dias e gostaria de saber se vale a pena alugar um carro? Também gostaria de saber o que é preciso para entrar de carro na Argentina?E como melhor aproveitar estes 04 dias? Obrigado Guimarães.

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar