Turquia: as dicas da Carla Tolosa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pamukkale

A querida Carla Tolosa, também conhecida como Carla2, esteve em junho de 2008 na Turquia. Durante doze dias, passeou por Istambul, Capadócia, Pamukkale e Éfeso (Kusadasi). Recentemente a Carla resumiu as dicas testadas durante a sua viagem para ajudar no planejamento da Mari Campos (que está no momento em Istambul) e da CarlaZ (que vai agora em setembro). Eu entrei no meio da conversa delas para pedir uma cópia desse precioso email, que repasso, com a devida autorização, para todos vocês.

Istambul

Fiquei quatro noites no Erboy Hotel, no bairro de Sirkeci; reservei pelo site Otel.com. Eu ficaria nesse hotel de novo só pela guest manager – um doce de pessoa, e resolveu nossa vida na Turquia, nos apresentando o Metin, que nos ajudou a montar o roteiro pelo interior (dados do Metin daqui a pouquinho). Ela se chama Ayse (pronuncia-se Aicha); seu email é ayse@sirkecigrouphotels.com.

Aconselho você a pegar um hotel em Sirkeci ou em Sultanahmet.

Quanto aos passeios, faça tudo que estiver no guia que você levar, e mais:

• Pegue o ferry-boat (no último píer, mais próximo da ponte) e fazer o passeio pelo Bósforo até o Mar Negro. O ferry vai parando em diversos pontos, mas a idéia é saltar na última parada, onde tem um castelo no ponto mais alto da vila. A subida é dureza, mas a vista compensa. Não esquecer de levar água!!!

• Às 20h tem um show de luzes e som na Mesquita Azul (é do lado que tem vários bancos do lado de fora). A dica é chegar cedo e ficar num restaurante muito agradável que tem em frente à mesquita (mesas no jardim), pois no intervalo tem um show dos dervixes rodopiantes – na verdade é meio fake, tem só 3 músicos (o original são 8 se não me engano) e apenas um dervixe. Mas se não der para ir até a cidade-sede deles (Konya, que fica na Capadócia, ao sul de Goreme e Ürgüp), pode ser um bom programa.

Depois de Istambul

O agente que montou toda a programação pelo interior da Turquia foi o Metin Koca, da Ensemble Travel. No pacote da Ensemble estavam inclusos: todos os trânsfers hotel/rodoviária/hotel, os hotéis (todos com café da manhã, e na Capadócia com 1 refeição), e os tours guiados na Capadócia e em Éfeso.

Capadócia

Pegamos um ônibus noturno na Nevtur de Istambul a Ürgüp (11 horas de viagem). Reservamos duas noites no Hisar Evi Cave Hotel (hotel na caverna) próximo a Uçhisar.

Nosso passeio de balão estava marcado para o dia seguinte. Custa entre 120 e 150 euros, mas conseguimos por 110 euros com a Ensemble Travel. Eles te pegam no hotel às 5h30 da matina, mas vale a pena. Às 8h você volta para o hotel, toma café da manhã, e sai para o tour pela Capadócia, incluindo visita à cidade subterrânea e aos "pombais".

No último dia fizemos outro tour, visitando as igrejas construídas nas rochas e uma loja de cerâmica em Avanos.

Os passeios na Capadócia foram feitos com a Agra Tour. O atendimento era péssimo (fomos mal recepcionadas), mas o guia que nos acompanhou era fantástico!!! O nome dele é Onur Koksuyer.

Pamukkale

De Ürgüp pegamos outro ônibus noturno com destino a Pamukkale. (A cidade maior perto chama-se Denizli.)

Ficamos uma noite no Hotel Koray. Vi num guia que é o melhor da cidade – a cidade é pequena e o hotel, simples, mas agradável.

Atenção: em Pamukkale, não compre a visita guiada aos terraços de travertino e à Hierápolis. Os terraços ficam a 10min de caminhada do hotel (a cidade é pequena), e subindo os terraços chega-se à Hierápolis. Leve roupa de banho para os terraços e a piscina termal em Hierápolis. Dá para fazer os dois em um dia. Fizemos no mesmo dia da chegada, pois no dia seguinte íamos sair cedo para o próximo destino.

Éfeso (Kusadasi)

Pegamos um ônibus logo depois do café da manhã para Selçuk (três horas de viagem).

Ficamos hospedadas duas noites em Kusadasi, num confortável hotel de frente para o mar Egeu, o Pine Bay Marina.  Kusadasi é meio Guarujá, mas é um bom passeio, mar bonito, bons restaurantes, ocidentalizada. Pôr do sol no mar, lindo.

No dia seguinte fizemos o passeio a Éfeso, uma das ruínas mais importantes (senão a mais importante) da Turquia. Ali viveram de 400 a 500mil pessoas.  Foi capital da província romana na Ásia (ou seja, durante o império romano, era a cidade mais importante depois de Roma). Não fica muito longe de Tróia, que nós não visitamos. Dizem que São João Batista, encarregado por Jesus de cuidar de sua mãe após sua “morte”, levou Maria para viver em Éfeso. Não exatamente na cidade, mas numa casa nas montanhas a uns 10 km dali. A Casa de Maria é famosa e pode ser visitada no mesmo dia das ruínas. Leve uma ou mais garrafinhas para trazer as águas que brotam de três fontes no local. Nesse mesmo tour visita-se o museu localizado em Selçuk e o templo de Artêmis (do qual só sobrou uma coluna visível; para o restante é necessário olho de arqueólogo).

No terceiro dia na região passamos o dia em Sirince, uma cidade grega no alto da montanha – pega-se um microônibus em Selçuk (na estação de ônibus), que leva uma meia hora. A cidade é encantadora, pequenininha, não tem carros, e tem várias lojinhas e tendas pelas ruas. Procure pela Igreja (Kilise), e tome algo ou almoce no terraço do Kilise Restaurant – prove os vinhos de frutas que eles fazem lá.

Voltando a Selçuk, pegamos o ônibus noturno para Istambul.

Observações gerais

1) As viagens em ônibus noturno são cansativas. Sugiro gastar um pouco mais e fazê-las de avião, ainda que os ônibus sejam de primeira linha, confortáveis, com banheiro a bordo, café, água, bolinho...

2) Junho já estava muito quente. Somente na Capadócia as noites eram frias, mas de dia muito sol.  Istambul e Selçuk (ruínas de Efeso): muito, muito, muito quentes. Para ir no verãozão, talvez seja melhor ter mais dias, para fazer tudo devagarzinho. (O dia que visitamos as ruínas estava fazendo 43ºC, e não tinha muita sombra, não...).

3) Pelo tour pelo interior, pagamos 450 euros (fora o balão). Os preços começaram em 740 Euros (com deslocamentos de avião), baixaram para 680, depois tiramos os aviões... Esse pacote incluiu: todos os hotéis, todos os ônibus, todos os transfers, os passeios com guia (todos da Capadócia, Éfeso) – os passeios incluíam o almoço, e todos os hotéis tinham café da manhã.

4) O passeio de balão é IMPERDÍVEL – tem que ir, ainda que custe caro. Vale cada centavo.

5) Lugares aonde não fui, mas acho que merecem ser visitados: Ankara ( a capital, afinal de contas...), Tróia, e um cruzeiro de 4 dias no Sul, próximo a Olympus. Também ficaria mais dias na Capadócia, para fazer as trilhas que dava para ver do balão.

6) Li num dos guias que quanto mais a leste e para o interior do Mar Negro, o país vai ficando menos turístico (tanto na infra-estrutura quanto na quantidade de turistas) e o islamismo é mais sentido. Por onde andamos, não era necessário cobrir a cabeça, com exceção das mesquitas. Também usamos shorts, camisetas regatas, sem problemas. E a região Leste do país não é das mais tranqüilas politicamente.

7) Quanto ao assédio dos homens: nada grave, mas acontece.  No primeiro dia entramos numa loja no Grande Bazar e o vendedor ficava se encostando no meu braço, pegando pela cintura para conduzir o meu olhar a outras coisas. Demorei a perceber que aquilo era uma forma desrespeitosa (tenho certeza que ele não faria isso com uma turca), pois nós, latinos, estamos acostumados ao contato físico, e encostar o braço realmente não me incomodava. Comecei a achar estranho aquela mãozinha boba na cintura. Depois disso fiquei mais esperta, mas nem todos são assim. Eles gostam muito de conversar, e acho que para eles também é algo inusitado, as nativas não ficam dando trela.  Eles adoram o Brasil e o futebol brasileiro. Alguém com alguma cultura futebolística (a minha é nula) vai fazer mais sucesso, seguramente.

Obrigadíssimo, Carla!

Leia também:

348 comentários

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Eu fui em outubro e amei. Nao é friiiio. Casaquinho leve resolve. Acho que a capadócia no calor deve ser meio chato... Nem o passeio de balão às 06:00 h não é frio.

Renata
RenataPermalinkResponder

vou no inicio de novembro.. espero que nao esteja frio tbm... estou cotando com a Icem Tour. 4 dias de aviao ( apenas 1 transfer de onibus noturno) 375 euros... inclui um dia mais ficou 460 euros p/ pessoa...

jOSIAS
jOSIASPermalinkResponder

Renata, esta tudo pronto pra tua viagem? Estou indo para Istambul no dia 20.11 e pretendo passar os dias 22 e 23 na Capadocia. Vc fez um pacote para toda a Turquia ou so para a Capadocia?

Teria mais algumas perguntas pra te fazer, se nao for incomodo demais. Pode ser?

Obs.: teclado sem acentuacao.

Cris
CrisPermalinkResponder

Sonho de consumo.

silvia menezes moraes

Oi, pessoal. Muito obrigada pela informação. Já comprei minha passagem pela Air France. Vou dia 27 de set e volto dia 12 de out (15 dias). Agora estou organizando o roteiro para contratar a agência de turismo. Vou de aviao de Istambul para Kayseri, de Kayseri para Izmir e Denizli para Istambul. Alguém pode me informar se existe vôo direto de Kayseri a Izmir sem parar em Ankara? São companhias confiáveis? Muitíssimo obrigada. Estou adorando organizar essa viagem com as dicas de vocês todos.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Sim, a sunexpress voa direto. Meu vôo foi otimo.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Também usei a Sun Express pra esse trecho

Vinicius
ViniciusPermalinkResponder

Oi, por acaso tem limite de bagagem nesses tipos de voo? obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Sempre há limites de bagagem em qualquer vôo.

Izabella Penna

Oi Silvia!
Fui para a Turquia no final de abril deste ano e voamos de Kayseri para Izmir pela Pegasus. É uma low cost e achei ótima. Os preços são excelentes e os aviões novos. Não tivemos problema algum. Lá em Kayseri alugamos um carro e fomos para Uçhisar e ficamos hospedados no excelente Argos in Capadocia, vale muito a pena! E fizemos o vôo de balão com a Goreme Balons.
beijos e boa viagem!!

Carolina Fonseca Alves

Carla: Eu li sua dica, contratei o Metin Koca que fez parte de duas agencias- Ensemble (ele é guia autônomo) e Aussie Travel Martin.
Abaixo relato a minha péssima experiência , infelizmente!

BAD EXPERIENCE: AUSSIE TRAVEL AGENCY (METIN KOCA -ISTAMBUL) AND CROSSROAD AGENCY-KUSADASI

I m writing to denounce our really bad experience :

1) The Ozcelik Hotel was 2 star if we compare to world category and the amount we payed was 100 euros but the price on balcony was 45 euros. We just want to stay in a hotel clean and new, nothing luxury!!People were sleeping on reception sofa , no view, bad swim pool, clothes on the terrace, room small with old furniture,smelling strong cigar , plastic bath tube . I called the guide we hired – his name is METIN KOCA which a site recommended since we arrived at 11:45 to change the hotel but he didnt answer us and after 2 hours he returned saying that we need to solve with the local agency Crossroad that he was in a holiday day and could do nothing ! But he was the man that we hired and paid 400 euros por person! Well, they didnt solve our problem. Everytime they said they would return us , never happened. On 4 PM ( we had already lost all day) AYCA , woman from Crossroad arrived at 4 pm. She took us to 3 bad hotels as well and she lied us about the hotels we suggested. Unacceptable! I called from my Brazil mobile more than 10 hotels, spent a lot of money with a job that wasn't ours to find a place to stay. I made a reservation in La Vista hotel but she said it was full when we said her we want to stay there. We realized that she just suggest hotels that CROSSROAD earns more commission! She also lied that Efe hotel was closed but was not as we had dinner there !She was unpolite ,rude, screaming and she couldnt wait 5 minutes for our friend credit card refound saying : he is not my problem .
2) On July, 21 we were 5 minutes inside the bus on Pumakale tour when the bus stops in the middle of road and the guide asked our turkish friend to be out of the bus . I tried to talk to her in English and she ignored me .I dropped the bus and AYCA was there saying that he could not enjoy the tour cause he didnt have an insurance . I said her to call to office and to put his name on insurance that will take 5 minutes but she refused so we dropped the bus and suddenly when we saw they left leaving us in middle of the road , in the middle of nowhere and we had to find a taxi to go to Pamukkale by ourselves! I was never treated like this in my all Life ! This is an absurd !
3) She suggest to change the tour dates because they have spanish guide and it would be better for us .We agreed and on day 20 they made a mistake and send the regular tour to Efesus but the right was to Pumakale so we decided not to go .
4) Transfer from airport Izmir to Kusadasi : was in a old bus with an air condition problem and a dangerous driver who drove on the other side off the road.
5) We deserve our money back at least to minimize our 3 days of holiday lost and stress. Its is 150 each for Pamukkale tour and 3 nights in Ozcelik that we paid around 100 euros each. After complains they only refund 2 nights and didn't refund the tour we were disrespected and that we didn't attended !

suzi pellisson

Olha Carolina, não sei como pode ter dado tanta coisa errada com você. Azar ?? Eu contratei o Metin e tudo funcionou perfeitamente bem, os guias foram ótimos, pontuais, os ônibus em ordem, as refeições inclusas no pacote forma muito boas. Eu o recomendaria a qualquer um que me perguntasse.

Walisson
WalissonPermalinkResponder

Carol e Suzi,
acabei de voltar da Turquia e seguindo as dicas da Carla contratei os serviços do Metin e tudo funcionou perfeitamente bem. Fui com minha filha de 2 anos e o Metin nos atendeu com toda hospitalidade turca. Certamente pretendo voltar a Turquia e certamente contratarei a agência do Metin.

Abraços

Metin Koca
Metin KocaPermalinkResponder

Carol I have few emails sent by you with lots of good words about my services and me. But now I can see at the end of your trip for the part of the tours you didnt join with your own wishes you were askes money back, but I couldnt pay, and you star shooting at me. That is shame, very shame...

You are a big lier you know this.

Valdinho Pellin

Pessoal:
Estarei indo a Madrid em dezembro e tenho conexão em istambul. Meu vôo chega dia 22/12 as 15:00 e sai no dia 23/12 as 12:00. Ficarei hospedado em um hotel por conta da Turkis Airlis. Gostaria de tentar aproveitar bem essa noite e a parte da manhã do dia seguinte.
Será que alguem poderia indicar uma agência ou serviço de táxi que poderiamos contratar para, pelo menos, dar uma voltinha rápida no centro histórico?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valdinho! Não conte com a manhã do dia da partida, você precisará estar no aeroporto às 10h. Você já fez essa pergunta, nós já subimos ao Perguntódromo, já houve respostas. Lembra?

https://www.viajenaviagem.com/2010/02/rodopiando-com-a-emilia-em-istambul/comment-page-1/#comment-150775

Dê um rolê a pé pela região da Santa Sofia, não tenha medo de ir por conta própria. Aproveite a noite em Istambul conforme indicado.

Desculpe, não há por que reabrir esse assunto no Perguntódromo.

Valdinho Pellin

Ok Bóia.
Já tenho essa opção de "me virar" sozinho....mas se houvese a opção de contratar agência ou memso um táxi acho que conseguiria otimizar o tempo melhor.... vou verificar na hora lá o que é melhor.... tenho que definir uma estratégia de comunicação com os taxistas também (bilhetes em turco por exemplo rs).
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valdinho! A estratégia de comunicação é "Agya Sofia" (águia-sofía). Pronto. Pegue um mapa do centro histórico e ande. Não é preciso táxi-babá. Aprenda a se virar por conta própria, este site é para isso.

Recomendamos agências locais turcas para organizar uma viagem pelo país. Para andar pelo centro histórico não é necessário.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Nao precisa de bilhetinho nao. Todo mundo fala um mínimo de Inglês.

Valdinho Pellin

Opa..beleza então valeu pela dica...
Obrigado

Valdinho Pellin

Hummm surgiu uma outra dúvida.... juro que é a última rss
É possivel pagar táxi com euros ou necessito trocar por moeda local no aeroporto? para compras e jantares utilizarei cartão mas e os táxis? euros ou moeda local?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valdinho! Habilite o seu cartão de banco para saques internacionais. Com ele você saca dinheiro em moeda local em qualquer lugar do mundo. Não precisa ser o caixa do seu banco, o cartão passa a funcionar em todos os caixas. Os caixas automáticos são os únicos postos de câmbio em aeroportos com taxas razoáveis. No dia a dia as despesas na Turquia são pagas em liras turcas.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

É muito comum em Istambul encontrar ATMs com possibilidade de sacar lira, euro e libra.

Valdinho Pellin

Ok obrigado

Metin Koca
Metin KocaPermalinkResponder

é melhor ter moeda local

KATIUSSIA SILVA

estou indo dia 23set

jOSIAS
jOSIASPermalinkResponder

Katiussia , e possivel vc me contar resumidamente como foi tua experiencia na Turquia? Estou indo para la no dia 20.11 e quero conhecer Istambul e a regiao da Capadocia, com um passeio de balao incluido. Pode me fazer esse favor?

Lucas
LucasPermalinkResponder

Acabo de voltar da Turquia onde passei 14 dias ao lado da minha namorada . Resolvi escrever esse relato pois tive muita dificuldade para encontrar dicas sobre a Turquia e hoje revendo a viagem teria feito uma programação muito diferente. Sempre viajei de forma independente, reservando meus voos, translados, carros, hotéis , passeios e etc, conseguindo manter a qualidade com bons preços, afinal ñ preciso pagar nenhuma comissão. No entanto, desta vez, como estava indo para um país com língua muito diversa, hábitos e religião diferentes do mundo ocidentalizado resolvi contratar o guia sugerido pela Carla, Mr. Metin Koca. E ele nos fez a programação. Nosso roteiro foi o seguinte: 2 dias em Istambul-vôo para Capadocia- 2 dias na Capadocia (com o passeio de balão e 1 tour por dia)-vôo para Ismir e transfer para Kusadasi- 5 dias em Kusadasi (2 dias livres, a nosso pedido, para curtirmos uma prainha, 3 tours: Efesos, Pamukkale, Pergamo)- transfer para Çanakale- 1 dia em Çanakale e tour em Troia e Galipoli- tranfer para Istambul e outros 3 dias em Istambul. Todos os hotéis foram bons, o da Capadocia, espetacular; todos os transfers funcionaram perfeitamente e sem atrasos e os tours foram ok( mas comento minha impressão sobre os tours posteriormente). Bem , se vôce gosta das coisas prontas e entregues a vôce, essa é uma excelente opção, sendo que fazer um programa com uma agencia turca te garante custos menores que aqueles feitos aqui no Brasil. Mas aqui deixo minha impressão geral:
Quanto tempo devo passar na Turquia?
Acredito que 10 dias são suficientes para conhecer as melhores atrações da Turquia. Claro que se voce optar por viajar de onibus e conhecer outras partes menos turisticas da Turquia ( Ancara, a capital sem graça, o leste e Mar Negro,…) irá precisar de alguns dias a mais. Se desejar tb passar alguns dias de sossego nas praias da Antalia tb precisará de mais dias.
Meios de transportes?
As distancias são longas e viajar de onibus é muito cansativo apesar deles serem muito bons. Viaje de avião e ganhe tempo e sossego. As companias turcas ( Turkish e Sun express) são muito boas e pontuais. Mas alugar um carro , é para mim, a opção ideal para conhecer as ruínas da Anatolia ( Efesus, Pamukkale, Pergamo, etc…).
Devo contratar alguma agência para fazer programas ou tours?
Bem , hoje eu contrataria uma agencia apenas para meu passeio para a Capadocia. Na Capadocia há um roteiro definido e que a imensa maioria dos turistas faz. Para lá só existem voos logo pela manhã ou no fim do dia, então este dia estará parcialmente compremetido . Lá voces terão 2 dias completos. 1 fazendo o passeio de balão (realmente, a melhor coisa que fizemos na Turquia) e um tour curto pelas casas e igrejas escavadas nas pedras, almoço, além de uma visita a uma loja de artesanato para vender-se coisas superfaturadas aos turistas. No outro dia, um tour mais longo e bem interessante pela cidade subterranea, trekking por um canyon, outra cidade escavada na pedra, almoço e outra visita a loja de artesanato (dispensável). Contrate esse pacote com os vôos e transfers inclusos, vôce ficará muito satisfeito! Para os demais locais da Turquia, vá por conta propria. Reserve os hoteis em Istambul, Kusadasi ou outra cidade por sites tipo o booking.com. e reserve um voo Ismir- Istambul tb pela internet.
Roteiro?
Falo aqui de dias cheios, não contando os dias de translados entre cidades.
Istambul- 3 dias inicialmente, são suficientes. Fique em Sultanhamed. No primeiro dia visite pela manhã a Mesquita Azul, Santa Sofia, Cistena subterranea que são todos muito próximos. Almoce e a tarde visite o palácio Topikapi e não deixe de ir ao Harem, que tem entrada a parte. Saia do palacio pelo parque anexo ao palacio e uma vez na rua principal siga caminhando ate a estaç?o do Orient Express em Sirkeci (nada de mais) e siga até o Porto (Eminonu). Atravesse a ponte Galata e acompanhe o por do sol dali. Se preferir pode ir tb caminhado até a confeitaria Gulluoglu, localizada próxima da ponte, onde pode-se experimentar os doces e café turcos. A noite é sempre reservada para jantares. No 2 dia , visite o palácio Dolmobhaçe e posteriormente pegue o VLT e desça na praça Taksin (coração comercial) e de lá caminha pela Istiklal Cadessi. Pode-se visitar a rua francesa (nada de mais) e ao fim do percurso, visitar a Torre Galata, onde-se se tem uma vista privilegiada, mesmo que “apertada”, de Istambul. Almoce, um lanche, e volte ao porto (Eminonu) e pegue a ultima balsa que partirá para realizar o passeio pelo Bósforo (13:30hs). Faça o passeio com a Agencia governamental e localiza-se no pier mais proximo a ponte Galata. Custa 25 liras turcas. O passeio é longo, mas belo. Na última parada vc será obrigado a descer, mas ,honestamente, não creio que a visita ao castelo bizantino no alto da colina valha a pena.Voltará ao cais em torno das 18hs. Dia 3, pela manh? visite o Gran Bazaar, de lá, visite a Universidade de Istambul, a Mesquita e siga em direção ao porto. Lá visite o Mercado de Especiarias. A tarde , no porto, há uma parada (D) de onde sai uma van em direção a Nisantasi. Vá até o ponto final e passe a tarde no bairro mais sofisticado de Istambul e não deixe de visitar as lojas de chocolate!! Termine seu dia da forma como desejar. Sugeriria deixar 1 outro dia para realizar compras, normalmente na sua volta a Istambul ao fim da viagem para que não carregue estas compras durante toda viagem.
Capadocia: 2 dias com todos os tours e passagens inclusas e já adquiridas.
Ismir: já tenha um carro alugado te esperando no aeroporto e de lá vá para Kusadasi, cidade portuária que recebe diariamente muitos cruzeiros e que, por isso, possui uma boa infra-estrutura. Kusadasi será a base de partida de seus passeios às ruínas. E aqui cabem dois comentários: Bem, os passeios guiados pelas ruínas tomam boa parte do dia e incluem almoços de baixa qualidade. Sobre as ruínas em si, apenas Éfesos apresenta ruínas conservadas e escavadas, realmente muito interessante. Informações sobre a cidade e as ruínas, vôce poderá encontrar em qq brochura vendida em toda esquina de Kusadasi. Nas demais ruínas…, bem vôce precisará de olho de arqueólogo para identificá-las e ser?o uma repitição do mesmo. Mas se você é um amante do mundo antigo, a outra ruína melhor preservada é Pergamo. Cerca de 200km de Kusadasi está Pamukkale. Bem, as piscinas naturais tão famosas, que vôce vê nas fotos estão secas devido ao desvio das águas para abastecer empreendimentos turísticos na cidade. Mas, outras piscinas foram construídas e possuem também aquela coloração esbranquiçada com águas claras, onde se pode nadar. Vale a visita. Hierápolis e suas termas logo acima das piscinas não merece tanta atenção. Bem, permitam-me discordar da Carla. Sirince, uma vila situada próximo a Éfesus, é altamente dispensável. Não lembre em nada uma vila grega e não há nada para ver e ser visto, a não ser que vôce esteja querendo comprar azeite ou vinho. Acredito que seja um programa para quem já não sabe mais o que fazer em Kusadasi e região. Sendo assim, sugiro que vôce parta com seu carro, cedo, para Efesus e depois visite a casa de Nossa Senhora, que está próxima. Almoce e vá para Pamukkale. Lá, visite as piscinas, nade um pouco e deu. Visita rápida, apenas para dizer que foi, interessante e nada mais. Volte ao fim do dia ou inicio de noite para Kusadasi e jante no restaurante Maravista! No dia seguinte, volte para Ismir, entregue o carro e volte para Istambul. Como falei, reserve mais um dia por lá para revisitar os bazares e fazer suas compras. Pronto, contando os dias de translados, acho que os 10 dias se encaixam perfeitamente.
Bem, se vôce está na dúvida sobre visitar ou não Troia. Por favor, não perca seu tempo. As ruínas onde acredita-se existiu Troia são má conservadas e pouco escavadas e na verdade, há muita divergência se são mesmo as ruínas de Troia. Um engodo. Na verdade, o ponto alto de lugar é um cavalo de madeira tosco construído, acredito, para identificar o lugar como Troia e atrair os turistas.
Comida.
Como um amante de uma boa mesa e de comida exótica, tinha muita curiosidade para conhecer a culinária turca. Infelizmente, essa foi minha maior decepç?o. Experimentei de tudo, de tudo mesmo, e posso dizer que não provei nada surpreendente, desde o simples Kebab até comidas turcas mais elaboradas com iogurte, misturado com carne , vegetais… , e os famosos doces. Nada, nada muito saboroso. Outra decepção, foram os frutos do mar. Os turcos são um povo originário da região central da Asia e por isso a carne, sobretudo de cordeiro, ser muito mais consumida e preparada. O hábito de comer peixes veio com a ocidentalização da Turquia ainda no século XIX, mas ainda sim, elas não os preparam com grande esmero.
Povo
Os turcos não são latinos. Não espere sorrisos espontâneos de transeuntes quando perguntá-los, sobretudo em Istambul. Mas, todos aqueles que lidam com turismo( hotel, agências, guias, lojas …) são bem atenciosos. O ingles também não é comumente falado. O povo em geral e mesmo motoristas de taxi não falam bem ingles. Procure pelos mais jovens para obter informações em ingles. Como a maioria dos europeus, alguns turcos não são muito afeitos ao banho, então em locais fechados, pode-se sentir odores não muito agradáveis.Fazer negócios na Turquia faz parte do folclore. É de praxe negociar. O turco primeiramente pede um preço absurdo e a partir daí estimula a negociação. Primeiramente te levando para dentro da loja e logo te servindo um chá, que eles dizem fazer parte da hospitalidade. Balela, o intuito é te oferecer uma taça de cerca de 100ml de chá, extremamente quente e por isso, impossível de beber. Assim, o turista ,não querendo ser mal-educado, tem de permanecer um bom tempo na loja até se ver livre do chá e acabar comprando alguma coisa, sem antes não responder a famosa pergunta do vendedor: -“ Então tá, qual é o seu preço? Quanto vôce dá? Diga um terço do preço pedido pelo cidadão. Normalmente, vôce acaba comprando os produtos com metade do valor originalmente pelo turco. Daí pra menos. Mas, mesmo depois de uma longa negociação e da compra, vôce sai sempre com a sensação de que fez um péssimo negócio, de que foi ludibriado. Olhe, se vôce é mulher e pensa em viajar sozinha para a Turquia, não vá! Os turcos não me pareceram muito gentis e prestativos com as mulheres ocidentais desacompanhadas. Minha namorada que o diga!!
Bem , depois desse relato, vôce pode estar com a impressão que minha viagem não foi nada boa! Pelo contrário, minha viagem foi maravilhosa e ñ passei por qualquer aperto ou constrangimento. Aproveite e muito sua viagem à Turquia, um país que definitivamente vale a pena ser visitado e tire suas próprias conclusões. Para mim, valeu. Muito bom , muito legal, mas…, uma vez só!

Vinicius
ViniciusPermalinkResponder

Ol'a Lucas, li o seu relato e gostei das sugetões. Uma dúvida, como faço para contratar esse "pacote" para Capadocia? Gostaria de um que tivesse incluso o voo de IST para Kayseri + transfers + passeios e hotéis, se poddivel?
Obrigado!

patricia miranda

Olá, Lucas, qual o hotel que vc ficou na Capadócia?? Você aconselha GOREME ou URGUP?
Obrigada!

fania
faniaPermalinkResponder

Lucas,adorei seu roteiro e comentários.Foram os melhores e mais bem resumidos que eu li.
Vou em maio para turquia e terei apenas 9 dias inteiros de viagem. Gosto muito de viajar independente e de alugar carro.Qual seria a sua sugestão para não ficar na correria e nem cair em programas pega turista. atenciosamente fania
faniaefania@gmail.com

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fania! 9 dias é muito pouco tempo para a Turquia, ainda mais alugando carro.

Veja a viagem do Fernando, que teve 12 dias e já foi bastante corrida:
https://www.viajenaviagem.com/2012/09/roteiro-turquia/

Monique Ribeiro

Pessoal, depois de pegar tantas dicas por aqui e contar com a ajuda da Bóis e de pessoas como a Geórgia e a Carlaz, estou embarcando para a Turquia agora dia 7! Resolvi incluir Roma e Grécia também no trajeto ! Em breve volto com muitas novidades para postar por aqui e ajudar quem pretende ir pra estes destinos!

Valeu a todos wink

Abraços

martin
martinPermalinkResponder

Boa viagem

Denise Kiatkoski

Acabo de voltar da Turquia, fomos eu e meu marido e não podería deixar de agradecer a todos pelas preciosas dicas aqui postadas. Foram 2 dias em Istanbul, 3 dias na Capadócia e mais 6 dias em Istanbul. Foi tudo realmente perfeito. Fiquei muito impressionada com a beleza de Istanbul, transporte excelente, não tive nenhum problema com os taxistas, foram muito eduacados e atenciosos,aliás como todos os turcos são. Sou de Florianópolis, vejo o mar todos os dias, mas ainda não tirei da minha cabeça a linda imagem do Bósforo em um dia ensolarado, demais !!!
Não sei se é neste espaço, mas gostaria de aproveitar para pedir dicas sobre Park City, vou com meus dois filhos adolescentes no final do ano para esquiar.
Obrigado

jOSIAS
jOSIASPermalinkResponder

Denise, como foi tua experiencia na Capadocia? Vc foi por tua conta, comprou um pacote no Brasil ou na Turquia? Pode me ajudar nisso?

Denise Kiatkoski

Ola Josias, eu comprei tudo no Brasil, fomos para Istambul com a Turkish e já incluimos o trecho interno para Nevsehir, que é o aeroporto mais próxima das principais atrações da Capadócia. Peguei praticamente todas as dicas aqui no VnV. Ficamos no Museum Hotel, que é maravilhoso, nosso quarto era dentro de uma caverna, é tudo de muito bom gosto, o dono do hotel é fascinado por obras de arte e tem peças realmente muito antigas espalhados por todos os cantinhos do hotel. O próprio hotel vende os pacotes de passeios, de balão e até o transfer de/para o aeroporto. Talvez voce consiga ofertas melhores de passeio na internet, mas posso te afirmar com certeza que o hotel vale a pena, de uma olhada no site. Se precisar de mais dicas é só pedir.

nelma
nelmaPermalinkResponder

Denise, estive várias vezes em Park City, voces vão adorar!
Podemos trocar emails se voce quiser.ngpuhl@terra.com.br

Denise Kiatkoski

Nelma, estou com reserva para o Marriot que fica mais no centrinho de Park City. Fiquei preocupada em pegar um hotel na montanha e me sentir meio isolada, pelo que entendi as estações são bem próximas da cidade. Sei que faz muito frio, mas mesmo assim gostamos de sair pra jantar e passear. Você conhece este hotel ? Me conte um pouco de tuas experiência por lá. Obrigado .

nelma
nelmaPermalinkResponder

Denise, o Marriot é super bem localizado, no centro que é uma graça, tanto no verao como no inverno.
Dá para ir à pé para os restaurantes, e tambem a cidade é servida por linhas de onibus gratuitas - acredite só!! Pegue o folheto com as linhas e horários dos onibus, funciona à perfeição. Caso voce vá alugar um carro, melhor ainda.
Minha filha morou lá por alguns anos, e eu ia sempre visitá-la.
Se voce gosta de fazer compras, o TAnger Outlet, na saida da cidade, é excelente. Tem todas as marcas dos outros outlets, com a diferença que como não é um lugar de turismo estrangeiro, a oferta de produtos , a arrumaçao das lojas e o atendimento é mil vezes superior a qualquer outro outlet que voce conhece.
Confira se o SeaFood Buffet em Deer Valley está funcionando, é uma vez por semana, e é maravilhoso, caro, mas vale a pena.
Outro lugar legal de ir é à Salt Lake conhecer o Templo Mormon. Veja pela internet no site deles o horário dos concertos de orgão, ;e aberto ao publico. E a decoração de natal da parte de fora do Templo tambem é linda. Salt Lake fica bem pertinho, o aeroporto é lá tambem. Use meu email se quiser mais detalhes. O passeio de snowmobil os teus filhos vão adorar!! um abraço

Loraine
LorainePermalinkResponder

Olá, acabo de voltar da Turquia e compartilho aqui algumas dicas:
Fui direto para Istambul e de lá pra Ankara, Konya, Capadócia, Pamukalle e Kusadasi. O ideal, pra mim, é que se reserve pelo menos 5 dias ao final da viagem para Istambul. Os vôos internos só permitem 15 quilos de bagagem. A maioria dos Hotéis em istambul permitem que vc deixe uma mala no local para pegá-la na volta. Assim, o melhor é deixar as compras para os últimos dias em Istambul. indico a agencia Brezo Tour, em istambul. Eles tem vários roteiros pelo interior da Turquia com guias falando português. O ideal é ficar hospedado em Sultahnamet ou Taksin. Ao chhegarmos no inicio de novembro na Turquia estava muito frio. Precisei comprar casacos pq na Capadócia é ainda mais frio e encontrei ótimos preços nas lojas de Taksin. Seguindo o relato de outros colaboradores do Blog, o transporte público é muito eficiente e fácil de usar. Gostei mais do Arasta Bazar para fazer compras do que o Grand Bazar. No mais, amei a turquia, é uma viagem mágica. O passeio de baläo na Capadócia é caro mas realmente imperdível. Outra coisa que näo se deve perder é o banho Turco. o ideal é fazê-lo num Hamman tradicional (Istambul tem vários) mas todos os hotéis que passamos tb possuíam e era revigorante fazê-lo à noite quando chegávamos aos hotéis durante a maratona de passeios pelo interior da Turquia.

Karina
KarinaPermalinkResponder

Acabei de voltar da Turquia apaixonada por aquele lugar. Como sempre venho aqui procurar dicas para as minhas viagens, vim retribuir com dicas de hospedagem. Em Istambul fiquei hospedada em Sultanahmet, no Hotel Agan. Tem uma excelente relação custo beneficio, ótima localização, próximo a estacão do Tram e do Palácio Topkapi e um staff incrível. Os turcos que trabalham no hotel são super atenciosos e sempre dispostos a ajudar, adorei.
Na Capadócia, fiquei hospedada em Goreme no Stone House Cave Hotel, que fica bem no centrinho. Muito confortável, com instalações super charmosas e um cafe da manha divino. Os funcionários falam inglês perfeitamente e também são ótimos. Adorei visitar a Capadocia no inverno, com tudo aquilo coberto de neve, lindo! Fiz o voo de balão com a Kappadocia Baloons e amei, foi inesquecível!

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Karina,fiquei mais tranquila com o seu email pois estou indo passar o Natal e o reveillon estava
Preocupada com o frio na Capadocia !!!!!
Vcs acham que devo passar o final do ano aonde?E o Natal?
Estava pensando em ficar 2 dias em Istambul 5 dias na Capadocia e as cidades vizinhas e 5 dias em
Istambul!!!!

Ni
NiPermalinkResponder

Olá,
Não sei se é aqui que devo fazer essa pergunta, mas li todos os comentários e não achei nenhuma informação sobre os cruzeiros de gulets, que tem em Marmaris - Fethiye - Olympus.
Estou planejando uma viagem pra Turquia em Setembro e gostaria de encaixar um desses cruzeiros, mas gostaria de indicação de alguma agência de gulets confiável e boa. Alguém que já fez pode me ajudar?
smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ni! O melhor guia para a Turquia é o Turkey Travel Planner. Esta é a seção de gulets:
http://www.turkeytravelplanner.com/special/yacht/gulet.html

Ni
NiPermalinkResponder

Obrigada bóia, já estou lendo e tentando me decidir.
E se eu fizer o passeio mesmo, depois passo aqui pra contar como foi!
Abraços

eunice
eunicePermalinkResponder

POr favor, se alguém fez viagem à Turquia em excursão com grupos de brasileiros, gostaria de obter comentários e tudo mais sobre a viagem... obrigada

Nathalia
NathaliaPermalinkResponder

Gostaria de saber qual o aeroporto mais próximo da Capadocia. Quero comprar uma passagem saindo e voltando para Istambul, mas cada hora vejo uma informação diferente. Hora me dizem que Nevsehir é mais perto, outra hora dizem que é Kayseri.
Vocês sabem me informar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nathalia! Ürgüp, a capital turística da Capadócia, está a 35 km de Nevsehir e a 80 km de Kayseri. Há mais vôos por dia de Istanbul a Kayseri, que é uma cidade mais importante, do que a Nevsehir.

luciana
lucianaPermalinkResponder

Olá trips, bóia e riq. Boa noite.

Estou indo a Turquia dia 08/04 e retorno dia 24/04. Ao todo serão 14 dias excluidos os dias de chegada e partida. Dividi os dias da seguinte maneira:

2 dias em Istambul
1 dia para saida de Istambul rumo a Izmir (estou em duvida se pego um voo de 9 da manha ou a noite as 19:45 para aproveitar mais o dia em Istambul)
1 dia Kusadasi (passeio a éfeso)
1 dia kusadasi ilha de Samos (passando uma noite)
1 dia ilha de samos retornando para kusadasi as 17:00
1 dia kusadasi / izmir indo para Kayseri (capadocia) as 13:20h
2 dias Goreme (2 tours e passeio de balão)
1 dia Kayseri/Istambul as 10:25h
4 dias Istambul

Alguém sugere modificações no roteiro? Estou reservando muitos dias para Istambul?

Agradeço Imensamente.

Luciana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Para montar o seu roteiro, use as dicas da Carla Tolosa e consulte também os comentários anteriores (clicando nos links abaixo você encontra mais dicas de tripulantes nas páginas 1 e 2).

Luciana Brito
Luciana BritoPermalinkResponder

Olá Bóia, bom dia!

Já olhei os comentários anteriores, nenhum mencionava a ilha de samos, estou na dúvida se vale a pena conhecer e passar uma noite lá, o que vc acha?

Abraço

Luciana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! O Ricardo Freire desaconselha ao máximo passar uma noite onde quer que seja. Só nos procedimentos de viagem, check in e check out você perde sempre boa parte do dia. Uma noite numa ilha vai só aumentar o custo da viagem e a correria.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Olá pessoal!

Estou indo pra Turquia em 8/agosto pra ficar uns 10 dias (Istambul, Capadócia, Kusadasi e Pamukkale), mas como estaremos no meio do Ramada, gostaria de saber se terei alguma dificuldade ou se corro o risco dos passeios, restaurantes, etc estarem fechados nessa época.

Vcs tem alguma informação a respeito?

Obrigada!
Tati

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Na Turquia é mais tranqüilo do que nos países árabes.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2009/06/um-turista-ocidental-no-ramada/

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Pode ficar tranquila Tatiana, não faz diferença.
O bom é que tem sempre alguma feirinha rolando de noite, que é quando podem comer. E tem um pão delicioso que comem na época do Ramadã.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Olá. Estou a pensar viajar à Turquia em Dezembro. Sei que faz muito frio e por vezes neva. Mas será que chove com frequência?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paula! Veja como pesquisar temperatura e chuvas em qualquer lugar do exterior:
https://www.viajenaviagem.com/2010/09/como-pesquisar-temperatura-e-chuvas-no-exterior/

Jamile D
Jamile DPermalinkResponder

Pessoal,realmente as dicas são ótimas. Fiquei na dúvida em relação ao dinheiro.
No dia a dia de Istambul vale a lira turca e nas viagens e passeios é o dólar ou o euro? De forma geral a refeições são caras ? vou no final de junho e estou fechando o pacote de Capadócia por aqui ,pois estaremos sózinhas sem conhecer a língua local e sem guia em Istambul. Ficaremos na casa de parentes,mas vamos nos virar sózinhas para tudo. Aguardo comentários.Obrigada.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

OI Jamile, vc vai usar a Lira pra tudo. Mesmo que os pacotes sejam cotados em euro ou dolar o pagamento é feito em lira, a não ser que a agência aceite moeda diferente. Quando eles aceitam, geralmente a cotação não é favorável pois eles terão que fazer cambio desse dinheiro. Não vale a pena.
Não achei que comida é caro por lá. Tem opção pra todos os bolsos.
Boa viagem!

Mehmet ali baskut

Jamile, antes de fechar o pacote para a capadócia, veja esta minha oferta. Www.guianaturquia.com
Pode ver no facebook tb : meu nome é mehmet al bashkut no facebook.
Abs,

Sandra
SandraPermalinkResponder

Li as dicas mas não encontrei nada sobre os comboios na Turquia, alguma dica? vale a pena?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! Planeje sua viagem à Turquia no Turkey Travel Planner: http://www.turkeytravelplanner.com/

Mehmet ali baskut

Oi Sandra, comboios daqui, da Turquia,não são modernizados. Creio que não será conforto . No dia a dia o povo nao usa muito. Em vez de comboio o jeito mais conforto e econômico é ônibus entre as cidades. Recomendação minha para. Quem quiser a viajar pelas cidades diferentes pode escolher.

Umas marcas boas de ônibus que circulam entre muitas cidades da Turquia. Kamil koç, Ulusoy, metro ou Nilüfer são empresas de ônibus e muitos deles através dos seus sites possibilitam a venda de bilhetes.

helio
helioPermalinkResponder

Ei LUCAS que fez um roteiro nesta pagina, será que você pode me passar seu e mail, estou montando uma viagem para mim e para esposa e filho de 6 anos e achei interessante suas dicas, será que vc pode entrar em contato comigo pelo meu e mail (helioburzaca@terra.com.br), para tirar algumas duvidas.

obrigado

RosaBsb
RosaBsbPermalinkResponder

Acabei de voltar de Istambul, amei! Como de lá fomos para Paris e depois Lisboa, não planejamos outros lugares na Turquia, até porque achamos que seria difícil fazer o roteiro a partir de lá.
Engano nosso. Muitas pessoas chegam à Istambul e lá montam o roteiro interno. Conhecemos um guia, turco que morou 02 anos no Brasil, que ajudou muitos brasileiros que estavam no mesmo hotel e reservaram tempo para outros passeios na Turquia: Mehmet ali Baskut, e-mail Baskutbaskut@gmail.com. Fala perfeitamente português do Brasil, uma simpatia de pessoa e com muitos contatos turísticos. Como já dizia o Arnaldo do Fatos e Fotos de Viagens: Istambul é inesquecível!!!

Mehmet ali baskut

Obrigado Rosa por me indicar neste blog. Na realidade, eu nao conhecia este blog mas pelo que vejo sobre a turquia tem algumas informacoes muito uteis.

So que queria deixar as minhas recomendacoes tb aqui para os leitorres e tb para os viajantes.

sempre estão bem- vindos. Turquia é um pais interessante só que cada viagem como é uma coisa muito seria tem que saber que a Turquia tb é um pais estrangeiro para os que vem de fora. Alias a Turquia nao é um pais que é cara de todo mundo. É um pais exatamente diferente.

Por favor A minha sugestão para todos que pretendem vir para Turquia, pelo menos organizam umas coisas .
um aviso importantíssimo que queria falar aqui; pelo que vejo muito gente reserva os hotéis através de bolinha, ou venere. Nao deixe tudo na ultima hora.

Mas Uma coisa que acontece hoje em dia em istambul, é que os sites de reserva dos hoteis estao criando alguns problemas para turistas. Principalmente na hora de escolher um quarto de um hotel de boutique, tenha tomado muito cudidado. Os 'donos' deste tipo de hotéis, após de receberem uns bons comentários, conseguem comercializar os quartos por preços altos. E na verdade nao é isso que perigo. O perigo surge após de ele vender este quarto por um preço razoável, ele continua comercializando este quarto nos sites de reserva com um preço absurdamente alto. Se alguém surgir e fizer a reserva com este valor posto posteriormente, ele manda aquele que compra anteriormente para um outro hotel inferior.

A cidade de Istambul com certeza merece uns dias inteiras. Depois a capadócia pelo menos uma noite e um dia inteiro.

Para os outros destinos, pode programar com carro alugado ou com ônibus de empresas.

Muita coisa falada neste blog, mas saiba que o turista no mundo inteiro é estrangeiro e vai viver umas experiências boas ou más.

Rosabsb
RosabsbPermalinkResponder

Como algumas pessoas tiveram boas e não tão boas experiências com guias na Turquia, deixo aqui o endereço eletrônico e site de um guia turco, que morou 02 anos no Brasil e ajudou brasileiros que estavam em Istambul a montar roteiros pela Turquia com maior agilidade e facilidade: baskut@gmail.com
e o site é www.guianaturquia.com

Rosabsb
RosabsbPermalinkResponder

Bóia, desculpe o comentário não estava aparecendo para mim. Mas, corrigi o e-mail e dei o nome do site. Obrigada.

Dora Martins
Dora MartinsPermalinkResponder

Pessoal, sem querer ser repetitiva, pois aqui há dicas excelentes, pergnto aso experts se vale a pena retornar da CApadócia, via Konia, Pamukkale e Izmir, por onibus?? já fiz reservas de hoteis nessas cidades, onde planejo ficar duas noites em cada uma... e não consigo encontrar informnações sobre a distancia entre elas.. alguma dica?? obrigada
Dora

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dora! Vamos colocar sua pergunta no Perguntódromo. Você já tentou destrinchar isso no Turkey Travel Planner?

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Dora, acho a Capadócia muito longe pra ir/voltar de ônibus. Fiz tudo diferente: saí de Istambul direto a Bodrum de avião, de lá subi de ônibus até Kusadasi, onde montei base para ver Pamukkale e Ephesus.Fiquei 3 dias. Depois, fui de ônibus novamente até Izmir. De lá, peguei um avião até a Capadócia. Depois que fiz o passeio de balão, tive a exata noção do quanto foi acertado deixar a Capadócia para o final: o fuso acrescenta 6h, nos primeiros dias em Istambul dormia perto de 3h da madrugada e acordava perto de meio-dia. Como os passeios de balão fazem a gente acordar por volta de 4h da madrugada, imaginei que teria sido um suplício, pois descontando o fuso, seria o mesmo que não dormir! Os ônibus são ótimos, mas as passagens de avião são baratas, não vale o perrengue. Voei de Sun Express e de Turkish, todas ok.

Arthur | Agora vai mesmo

Oi Dora, se vocÊ vai pernoitar nessas cidades, a viagem fica bem menos cansativa. De Nevsehir (Capadócia) a Pamukkale são 700 km. Konya está no meio, a uns 300 km de Nevsehir. Eu estava num grupo que fez o trajeto em um dia, aí foi bem cansativo. Não fiquei em Izmir, fui para Bodrum e depois voltei a Istambul de avião.
Estou narrando no meu blog:

http://agoravaimesmo.com/2012/06/11/e-pamukkale-hein/

Boa sorte!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Dora, eu fiz esse trajeto de ônibus fretado,com num grupo de espanhóis e um guia local. Foi bom, embora longo e cansativo. Tem que parar bastante, nós levamos quase uma semana no trajeto. Tá no meu blog: http://deunstempospraca.blogspot.com.br/search/label/turquia
Boa viagem!

Miriam
MiriamPermalinkResponder

Oi Dora,

Acho que para tomar esta decisão é preciso ver qual é o seu perfil de viajante. Se voce tem pouco tempo e só quer ver as "atrações principais" é melhor o avião. Se tem tempo e gosta de ver paisagens, ter contato com a cultura local, o onibus é a opção. Fiz esta viagem de onibus de excursão. Achei cansativa, mas gostei de ver as cidadezinhas, as inúmeras mesquitas, as diferenças de comida, uma realidade mais próxima da Turquia diferente de Istambul e Capadócia.

Analice
AnalicePermalinkResponder

Dora, não recomendo fazer a viagem de ônibus, porque será muito cansativa. Aproveite que as companhias aéreas na Turquia cobram preços ótimos e vá de avião: de Izmir até Kusadasi (Capadócia), tem vôos da Pegasus (www.flypegasus.com) por menos de 100 reais o trecho. De Izmir, seu hotel pode reservar um tour para Pamukkale (3 ou 4 horas de van de distância), que é um local lindo e merece a visita. Não se esqueça de pré-agendar com o seu hotel na Capadócia uma van para te levar do aeroporto de Kusadasi até lá (entre 1 e 1:30 hs de viagem): os táxis cobram preços absurdos!

Valéria
ValériaPermalinkResponder

Oi, Dora! Eu fiz o trajeto Capadócia(Goreme )-Istambul de ônibus noturno. São quase 12 horas de viagem, mas foi bem tranquilo porque as estradas são boas e os ônibus também...Boa viagem!

Paulo Mendes
Paulo MendesPermalinkResponder

Dora,

A Turquia é sensacional e tenho certeza que você vai adorar sua viagem. Quando fui para este país fiz tudo de ônibus regular e não tive nenhum problema. O nível dos ônibus é o mesmo encontrado no Brasil e eles tem até um comissário de bordo que serve água e lanche no caminho. As viagens entre Capadócia e Istambul e entre Capadócia e Pamukalle duram em torno de 10 horas e você passa a noite no ônibus. Na época procurei voos de avião, mas preferi o ônibus pois era muito mais barato. No nosso blog temos mais algumas dicas e meu contato caso queira perguntar algo. http://quatrocantosdomundo.wordpress.com/category/asia/turquia/

Boa Viagem,

Paulo Mendes - Quatro Cantos do Mundo

Christina - Fui e voltei prá contar

Dora, da Capadócia até Izmir você deve fazer de ônibus sim, é a melhor maneira de conhecer a região. Neste trajeto você vai conhecer além da Capadócia, Konya, Pamukkale e Éfeso que são imperdíveis. Agora, de Izmir até Istambul faça de avião porque o trecho, além de longo, não tem atrações interessantes. Para chegar à Capadócia por Ankara vá de avião, ou se for via Istambul vá de avião até Izmir e de lá faça o trecho que sugeriu de ônibus. Fiz essa opção e adorei! Veja no meu blog:http://www.fuievolteipracontar.blogspot.com.br/search/label/Turquia%20-%20Éfeso

Ilka Galante
Ilka GalantePermalinkResponder

Acabo de voltar da Turquia e simplesmente amei o país. Por todo o lado onde andei vi coisas maravilhosas. Uma verdadeira viagem sensorial. Estava em um grupo de 5 adultos e fizemos tudo na base do "free lance". Compramos passagens de avião, hotéis e alugamos carros aqui pela internet e tudo correu muito bem, graças às dicas que colhemos através de blogs, especialmente as suas dicas.
Não é preciso ter receio de dirigir por lá, onde as estradas são ótimas, só se deve ter atenção aso limites de velocidade - fui multada - 90 km nas estradas co 2 pistas e canteiro central e 7okm nas de mão dupla, com atenção às placas de velocidade reduzida. Eu, mulher, dirigindo uma van! Mas levem um GPS com mapa da Turquia. Um investimento essencial para quem gosta de viajar pelo mundo.
Passeio de balão? Melhor negociar lá mesmo, na hora. Conseguimos fazer por 100 Euros numa grande empresa, Anatolian Bloons - creio porque éramos 5 pessoas. Procurem se agrupar com outras pessoas do hotel para poder barganhar, mas comprem nas próprias agências de balão, se não, o hotel ganha uma comissão e lá vai seu desconto!
Não levamos dinheiro turco. Liberamos as contas bancárias daqui para saques lá. Sai em moeda local. Nem todos os lugares aceitam Euros.
Estas são minhas dicas fresquinhas de viagem.
Obrigada , uma abraço e boa viagem

Enilda
EnildaPermalinkResponder

Pretendo viajar para a Turquia em outubro, mas tenho lido alguns comentarios sobre os riscos de ir sozinha, é verdade? melhor esperar quando tiver companhia masculina? estamos no seculo XXI e tenho que me preocupar com isto ainda? Gostaria de dicas a respeito desta "cultura machista" obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Enilda! A Turquia é bastante ocidentalizada.

Leia também:
https://www.viajenaviagem.com/2012/07/turquia-viagem-independente/

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Enilda,
eu fui com uma amiga, e iria de novo quantas vezes eu pudesse!
Os homens (em geral os comerciantes - vc entra numa loja e eles ficam querendo conversar) ficam interessadíssimos em conversar com você. Alguns até convidam pra sair, e até pedido de casamento eu levei. Mas dá pra levar na boa, com educação. Eles podem ser atrevidos mas não ultrapassam os limites. Tem algumas coisas que depois de um tempinho eu percebi que pra eles era um atrevimento sem fim, mas pra nós é algo banal - encostar no braço, pegar na sua cintura. Depois que eu percebi que isso pra eles era UAUUUU, eu ficava ligada e não deixava acontecer. Mas não deixei de conversar com ninguém - eles tem curiosidade sobre você, e você sobre eles e a conversa flui.Lembrando que estou falando de lugares turísticos. Mais a leste do país parece que são mais tradicionalistas, mas não posso dizer pois não passei da Capadócia. Quem já foi mais de 1 vez sozinha foi a Mari Campos, olha o BLog dela http://pelo-mundo.blogspot.com.br/
Boa viagem!

Silvia
SilviaPermalinkResponder

Sou jornalista e trabalho com turismo em São Paulo. Estou planejando uma viagem para o país entre o Natal e o Ano Novo - seria minha primeira visita ao destino - e gostaria de tirar algumas dúvidas. Estou receosa de que no inverno muitas das atrações não estejam funcionando. O passeio de balão, por exemplo, pode ser realizado nessa época? Além de Istambul e Capadócia, que outras cidades podem ser incluídas em uma viagem de 10 dias de duração? Qual o melhor roteiro para explorar melhor o período? Quais as melhores formas de conhecer o país (meios de transporte aéreos, terrestres)? É melhor comprar os trechos internos em alguma low cost? Muito obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! Para 10 dias, concentre-se em Istambul, que merece fácil 6 dias, e na Capadócia, que tem o que mostrar em 3 dias fácil. Um dia será perdido no traslado.

Marcelle
MarcellePermalinkResponder

Pessoal, gostaria de agradecer todas as dicas! Fui à Turquia em maio, depois de ler e reler o que vocês postaram aqui. Passei 3 dias em Istambul e dois na Capadócia, e curti cada minuto. Aproveito para dar a dica de uma agência de viagens turca que contratei para fazer traslados e passeios na Capadócia, a Peerless Excursions
- http://www.peerlessexcursions.com/
Eles nos cobraram preços mais em conta que a Argeus, outra agência de viagens de lá usada por uma amiga. A Peerless fica em Urgup, e nos prestou ótimos serviços.
Na Capadócia, se quiserem ficar num hotel caverna a preços justos, indico o Canyon View Hotel, em Goreme. Quartos grandes, cama deliciosa, wifi grátis excelente, banheiros grandes, bem localizado e um café da manhã incrível!
Para passeios de balão, indico a Urgup Balloons, empresa grande e super profissional.
Quem quiser mais dicas, está lá no blog
http://viciadaemviajar.blogspot.com.br/2012/07/turquia-lista-com-todos-os-posts.html
Obrigada a todos!
Marcelle

Fernando Mihalik

Eu e minha mulher, Laura, estivemos na Turquia em julho de 2012, e como gostamos de viajar com tudo pensado e programado, mas por conta própria, nos baseamos nas dicas passadas pelos colaboradores do site, em especial a Carla Tolosa e o Lucas. Elas foram muito úteis e a partir delas a gente fez a nossa viagem. Como me identifiquei muito com o Lucas, montei minha viagem mais a partir das dicas dele.
Em primeiro lugar, a Turquia é um país que percebeu na década de 80 a sua vocação para o turismo. De 1 milhão de turistas em 1980, passou a 26 milhões em 2006. Portanto dá para confiar no seu sistema, e o tratamento dispensado pelo pessoal dos hotéis, restaurantes e guias aos turistas pode ser considerado muito bom. Dá pra se virar bem no inglês, embora poucos motoristas de taxi, alguns garçons e mesmo pessoal que faz os transfers quase não falem uma palavra. Mas dá pra se virar. Nas lojas é claro que eles falam qualquer língua pra te vender qualquer coisa, e realmente são bastante insistentes.
Mas a viagem foi ótima, e posso resumir da seguinte maneira:
Fui a Istambul, fiquei 2 dias completos, e de lá fui à Capadócia. Depois de 2 dias na Capadócia, seguimos direto a Izmir. Lá retirei um carro no aeroporto (acertei o aluguel na Hertz pela Internet), e de lá fui a Kusadasi, onde dormi 2 noites, tendo visitado Éfesus, Casa de Nossa Senhora e Pamukkale. De Kusadasi fomos a Bodrum, ficando 1 noite. Devolvi o carro no aeroporto de Bodrum e voei de volta a Istambul, onde passei mais 2 dias e voltei para São Paulo.
Na primeira estadia em Istambul, fiquei no Erboy Hotel, no bairro de Sirkeci. É super bem localizado, ao lado dos principais pontos de turismo, o quarto é bom, nada muito especial, mas tem uma ótima relação custo-benefício; o café da manhã é caprichado e o restaurante na cobertura é muito bom e tem uma bonita vista (assim como vários restaurantes de Istambul). A guest manager Ayse (pronuncia-se Aicha) é muito eficiente e amável, e te ajuda em tudo que precisar.
A viagem à Capadócia foi acertada daqui por meio de um contato feito pela própria Ayse, que se colocou à disposição assim que fiz a reserva via Booking (isso nunca tinha acontecido comigo antes e eu achei ótimo – pontos para a Ayse). Acertei com o Sr. Merih da ITC toda a viagem, incluindo hotel, traslados, viagens por avião (cerca de 1:40 até Kayseri, com cerca de 1 hora de van até Ürgüp na ida e van mais vôo de Kayseri a Izmir na volta), passeios de dois dias parciais com almoço e o famoso passeio de balão, que vale a pena mesmo. E tudo pago por cartão, que forneci 3 meses antes, mas só foi debitado a poucos dias do início da viagem, conforme combinado com o Merih.
Tudo correu muito bem na Capadócia: os passeios são todos muito interessantes (mesmo as visitas às fabricas de tapetes, de cerâmica e de jóias), os almoços não são lá grande coisa, mas a região é especial, além de ser uma boa experiência ficar em um desses Cave Hotels.
Saindo da Capadócia, pegamos o carro no aeroporto de Izmir e seguimos cerca de 1 hora até Kusadasi, que é bem animada nessa época do ano e tem muitos hotéis, é mais ou menos do estilo Guarujá. Minha dica é ficar em um hotel próximo ao centro da cidade. O hotel que ficamos (Liman) era bem no centro da cidade, simples, limpo e simpático, com boa relação custo benefício, com um café da manhã muito agradável com uma bela vista do mar, e um pessoal muito atencioso - o dono é conhecido como Mister Happy. À noite fomos jantar no restaurante Marvista, recomendado pela Carla, que tem uma comida e um ambiente muito bons, e fica bem no centro da praia principal da cidade. Recomendo, tanto que voltamos na noite seguinte.
Éfesus: visitamos por conta própria, por umas 3 horas e achamos o local muito interessante e muito bem estruturado. A visita vale à pena, só que estava muito quente (38°). É bom chegar cedo. A casa de Nossa Senhora fica a alguns quilômetros e é bonita, bem cuidada e tem sua mística. No mesmo dia seguimos a Pamukkale, viagem de umas 3 horas. Vale à pena, mas é melhor chegar pelo portão do fundo, que fica no alto, ao lado das ruínas de Hierápolis (que é mais para os olhares de um arqueólogo) para não ter que subir todo o local à pé.
No dia seguinte partimos de carro para Bodrum, cerca de 2 horas de viagem. É uma cidade bem mais charmosa que Kusadasi, mas as ruas do centro parecem caminhos de rato. Eu diria que lembra mais Ilhabela e Búzios, com muita animação, é uma cidade mais transada. Para os mais novos, tem uma famosa balada. Como passeio, vale à pena visitar o castelo de Bodrum, bem no centro. E tome calor em julho (38°)!.
Sobre o aluguel do carro, cabem algumas observações: eu li comentários sobre o jeito perigoso dos turcos dirigirem, mas acho que em muitos aspectos eles lembram os brasileiros, ou seja: não respeitam alguns sinais, não ligam as setas na hora das conversões, mas não dirigem tão irresponsavelmente, só que não respeitam os pedestres. A menos disso, não achei perigoso dirigir lá, pelo menos por onde andei. As estradas são boas e tem sinalização razoável, é difícil se dar mal com a orientação (eu estava com um GPS, baixei o mapa da Turquia por aqui, e deu tudo certo) e o pessoal respeita os limites de velocidade. A gasolina é um pouco cara, cerca de R$ 4,00/litro e os carros são os mesmos que temos por aqui. Importante: para utilizar as estradas é preciso comprar um vale pedágio, disponível em alguns postos de gasolina, e embora todo o processo de aluguel e devolução em outra cidade tenha dado certo, ninguém tinha me dado essa informação, até eu perguntar ao retirar o carro da locadora. E os pedágios são totalmente automáticos, sem ninguém para te ajudar se você não tiver o bendito cartão.
Ao pegar o avião de volta a Istambul, ficou claro que esta é uma forma ótima para viajar pela Turquia, para médias distâncias: as viagens são muito mais rápidas do que as de ônibus (embora existam empresas de ônibus muito bem equipadas), e as empresas aéreas low cost (Sun Express e Pegasus) são muito bem preparadas. O preço é bom: a viagem foi de 1 hora e o preço da passagem foi cerca de 50 Euros. Eu comprei essas passagens pelo site da Pegasus, onde você pode marcar o assento, pedir o lanche, adicionar franquia de peso da bagagem entre outras coisas; e tudo funciona muito bem. E os aeroportos são muito bons e confortáveis. Melhores que os nossos.
E ao voltar a Istambul para os 2 últimos dias da viagem ficamos em um dos hotéis ‘top’ da cidade: o Ciragan Palace Kempinsky. É muito charmoso e fica ao lado do Bósforo. Nem preciso fazer comentários sobre o hotel. Mesmo se você não ficar lá, vale a pena jantar no restaurante menos sofisticado do hotel, principalmente em noites quentes: ele fica ao lado da piscina, e ao lado do Bósforo, com uma comida irrepreensível, do tipo self-service.
Outros restaurantes que fomos jantar e são altamente recomendáveis (embora em uma faixa de preço elevada) são: o Miklas, que fica no topo de um hotel e tem uma vista maravilhosa da cidade e um ambiente super ‘in”, e o Ulus 29, também com uma vista maravilhosa. Todos tem uma ótima cozinha internacional, e deliciosas Baklavas de sobremesa. Não fomos ao 360° que também é muito recomendado. No bairro de Ortakoy a noite é muito animada, com restaurantes nas ruas super simpáticos. Para o almoço, é muito bom o Hamdi, bem no centro da cidade, na frente da Ponte de Gálata, ao lado do Bazar de Especiarias.
Passeios em Istambul: A região do centro antigo de Istambul tem muitas coisas para visitar: Mesquita Azul, Santa Sofia, Palácio Topikapi (inclusive o Harem), Museu Arqueológico, Cisternas de Yerebatan. Compre um passe no hotel que te priva das filas nas entradas e economiza. Ele serve para vários museus da cidade (inclusive de Chora) e custa 48 liras turcas (aproximadamente R$50, e vale por 48 horas.
Outros lugares que vale a pena ir e que visitei: Museu de Chora (antiga catedral, incluída no passe), muros da cidade, Pierre Loti, Gran Bazaar, Bazar de Especiarias, Mesquita Süleymaniye , Mesquita de Pequena Santa Sofia, e vários outros lugares. Muita coisa a ser visitada.
Resumo: A Turquia tem muita coisa interessante a ser visitada. E curtida. Embora seja um país muçulmano, é laico, portanto sem aquelas proibições que amedrontam um visitante ocidental, principalmente as mulheres. As cidades que visitei se mostraram muito seguras – você vê e sente no comportamento das pessoas. A comida é boa, e as pessoas são atenciosas, a seu jeito, embora haja dificuldade de comunicação, por causa da língua. E o tempo que ficamos, 12 dias, pareceu pouco. Seria interessante ficarmos mais 2 dias. Isso sem contar a desejada ida à Antália. Fica tudo para a próxima.

Porpino
PorpinoPermalinkResponder

Estou iniciando minhas pesquisas para programar um roteiro que começará pela Turquia em abril (ou maio) do próximo ano. Todas as dicas e comentários são importantes para mim. Já estou na terceira (ou feliz?) idade e viajo com minha esposa. Geralmente, monto o roteiro e parto já com tudo definido. Tenho interesse particular em visitar as cidades (lugares) onde se situaram as sete iguais da Ásia, referidas no Apocalipse. Alguém já fez esse roteiro? Da Turquia sigo para a Hungria e pretendemos fazer um cruzeiro pelo Danúbio até Praga. Alguém pode me auxiliar nesse roteiro também?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Porpino! Não temos conteúdo organizado sobre esses assuntos. Vamos pôr a pergunta relativa à Turquia no Perguntódromo; se alguém responder a resposta aparecerá aqui.

Quanto ao Danúbio, só poderemos subir a pergunta se você postar em algum post relativo a Hungria ou República Tcheca.

Encontramos estes cruzeiros:
http://www.avalonwaterways.com/Cruise-Vacations/Danube-River/

Luciane - perrengueiros

Oi Porpino, acho que a Casa de Maria é um lugar imperdível! A gente escreveu um post sobre isso aqui: http://perrengueiros.blogspot.com.br/2011/01/casa-de-maria-e-efeso.html

Boa viagem!

Luciane

Regina Santelli

Boia e todo o grupo.
Acabei de voltar de 15 dias deste maravilhoso país.
Fiz uma parte em excursão e depois mais dias em Istanbul, ficando na parte Asiática. Poucos conhecem e é bem moderna. Fácil de ir de barco, transporte popular ou pela ponte. Logo em Kadakoy uma rua que em nada deve a 5th Av. de New York.
Quem fica mais, sugiro um passeio a Principe Island, maravilha de cenário, bares e restaurantes com peixe fresco a escolha do cliente, locomoção de charrete e subida até ao Monastério de São Jorge, onde tem um restaurante bem acessivel e agradavel.

Juliana Oliveira

Olá pessoal, estou Organizando uma viagem para a Turquia para o dia 20/12/12 e pretendo ficar por lá, por uma semana, para conhecer a Kapadócia e Istambul e outros lugares interessantes q pesquisarei melhor nas dicas, pois pretendo ficar hospedada Na casa de uma amiga brasileira q está morando em Istambul...O QUE GOSTARIA DE SABER É SE O TEMPO NESSA ÉPOCA É MUITO FRIO E SE POSITIVO, SE OS BALÕES FAZEM OS PASSEIOS NESSA ÉPOCA?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! É megafrio, mas saem passeios.

Oguzhan
OguzhanPermalinkResponder

Ola meu nome e oguzhan sou turco mexe com turismo se vcs quero ir pra turquia entre contato comigo oguzdogmus@gmail.com

Douglas
DouglasPermalinkResponder

Boa noite ! Ainda que tardiamente, gostaria de agradecer a esse espaço e seus colaboradores pelas valiosas dicas que obtive aqui para programar a viagem que eu + esposa e 06 casais de amigos fizemos em julho. Toda a programação foi elaborada pelo Metin Koca, a quem só temos elogios. Ágil, mto profissional, prestativo, atencioso, amigo, enfim, a participação dele foi fundamental em tudo. Gostamos tanto dele que por vezes nós o convidamos para se juntar ao grupo em refeições passeios. Tivemos nele não só um prestador de serviços, como também um amigo.

Dois destaques: 01) Pós Turquia fomos para Croácia e Grécia. A logística para organizar voos, transfers, etc não era nada fácil, sobretudo de um país para o outro. Metin foi quem passou todas as dicas, eis que ele conhece mto bem os caminhos e pôde nos orientar mto bem. 02) Minha bagagem se extraviou num dos voos internos na Turquia e o acompanhamento e insistência do Metin foram fundamentais para que eu pudesse reaver minha bagagem, que me foi entregue no hotel na Capadócia depois de quase 72 horas de aflição !

A quem for viajar para Turquia, fica aqui a recomendação de um excelente profissional: Metin Koca !

E à Carla e demais viajantes que postaram, o meu mto obrigado, em nome do nosso grupo de 14 pessoas.

André Linhares

Eu mais uns 08 casais vamos fazer um cruzeiro em março de 2013.

Vamos fazer uma travessia Brasil até Veneza, chegando em Veneza trocamos de navio e faremos outro de 7 dias, parando cada dia numa cidade, Grécia,Turquia, Croácia, Bari....
Quando descermos do navio estaremos por nossa conta, pois os pacotes oferecido para tour no navio é de valor muito alto.
Gostaria te alguma sugestão,como fazer os passeios, que agencias ou pessoas idôneas que possamos contatar. Aguardo uma ideia, sugestão, abraços André.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Infelizmente não temos esse tipo de informação.

Se não quer pegar os passeios do navio, estude os destinos e foque em um passeio simples por lugar. Não há tempo suficiente para visitas detalhadas, este é o problema dos cruzeiros. Os passeios oferecidos a bordo pelo menos dão a garantia de você voltar a tempo de embarcar.

Ana Maria
Ana MariaPermalinkResponder

Gostaria muito de passar 15 dias de férias entre Istambul(somente), Atenas, Mikonos, Santorini e Roma, mas não está dando certo os pacotes, qdo consigo realmente essas cidades o preço se eleva muito e qdo consigo preço ai não dá certo com as cidades.
Agora vem minha pergunta: é possivel que eu faça pela agência somente o pacote das cidades da Grécia mencionadas acima e por conta alguns dias em Istambul e na Itália voltando para Atenas/SP sem me perder fisicamente e financeiramente, vc pode me ajudar???

Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Poucos dias, lugares demais.

Comece seu planejamento de viagem aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar