Peguei um Greyhound no Norte: ônibus de Vermont ao Canadá

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Greyhound Burlington-Montreal

Recapitulando: de Nova York voamos para Burlington, em Vermont. De lá, depois de uma rápida visitinha, continuaríamos para o Canadá. Burlington fica a 40 minutos da fronteira com o Québec; da fronteira a Montreal dá mais uma horinha, e só.

Não há trem neste trecho (a rota das Adirondacks vai pelo outro lado do lago Champlain), e não era negócio alugar carro pois não voltaríamos para lá. Solução: busão.

Tentei comprar a passagem ainda no Brasil, pelo site da Greyhound. Sem sucesso. Não, não era problema nenhum com o cartão de crédito; o site sequer carregava os horários. O Zé-JET então lembrou que há um guichê da empresa no aeroporto. Compramos então ao desembarcar, para dali a dois dias. Pediram os passaportes. Deu 26 dólares por pessoa. Não achei caro.

O ônibus sai do aeroporto mesmo. Pediram para a gente chegar com vinte minutos de antecedência. Chegamos um pouco antes. Daí recebemos a notícia: o ônibus estava uma hora atrasado (vinha de Boston). Uma hora!

Na hora de embarcar, outra pequena decepção: as malas não são registradas. E é o passageiro quem põe a mala dentro do maleiro do ônibus. O motorista só abre a portinhola e diz o destino onde será aberta. Môntchriól!

Greyhound Burlington-MontrealGreyhound Burlington-Montreal

Agora a parte boa: o ônibus era novo e tinha wifi. As poltronas eram confortaveizinhas, com revestimento imitando couro. (Mas não reclinavam muito.)

O wifi funcionou às maravilhas em território americano, tanto no celular quanto no laptop. (Ah, sim: tem TOMADA pros seus gadgets queridos não morrerem sem bateria; pena que esqueci de fotografar.)

Ao chegar à fronteira, porém, o sinal sumiu.

Passamos reto pelo posto americano; assim como acontece nos aeroportos, não há checagem de saída do país. Descemos todos no posto canadense, com nossas bagagens de mão e retiramos as malas do compartimento para passar pela imigração.

A agente foi meio rispidazinha com todo mundo. Dos que tinham cara de aprontar (jovens meio grunginhos), pediu para abrir a mochila. Um lipo-americano (sim, estou sendo politicamente correto) foi encaminhado ao chefe do departamento por problemas na documentação.

Em 15 minutos estávamos todos de volta ao ônibus (sim, enfiamos as malas novamente por conta própria no compartimento), mas o passageiro retido para averiguações continuava atrasando a saída. Acabamos ficando 45 minutos no total ali na fronteira, e partimos sem o lipo-americanão.

O wifi praticamente parou de funcionar no Canadá; o sinal era muito fraco e não permitia sequer carregar emails. Só foi aparecer forte de novo quando estávamos entrando em Montreal. A vista do skyline contra o rio St.-Laurent nos deu as boas-vindas.

Greyhound Burlington-Montreal

Descemos na rodoviária, tirei dinheiro canadense do caixa automático e subimos num táxi. 10 dólares canadenses depois, estávamos no hotel.

Ou seja: tirando os atrasos, foi uma boa experiência, sim. Para viagens desta duração, eu repetiria.

Leia mais:

97 comentários

Clara
ClaraPermalinkResponder

Desculpa, Riq, mas o que é um lipo-americano? No chute, imagino que é um americano muito muito acima do peso(sendo mais politicamente correta ainda), mas é só chute...estou certa ou passei longe?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clara! Acredito que você tenha entendido certo! grin

Clara
ClaraPermalinkResponder

Ufa, Bóia, morri de medo de chutar uma bola fora. smile

Val
ValPermalinkResponder

adorei o novo vocábulo!

Clara
ClaraPermalinkResponder

Passamos de carro alugado, meu marido e eu, a fronteira oeste rumo a Vancouver e fomos super bem tratados pelo oficial da imigração canadense.

Já o meu filho que fez o mesmo trajeto com a namorada no carro dela achou o oficial da imigração canadense antipático. Eu disse que devia ser porque eram um casal de pirralhos indo a passeio para Vancouver.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Ja fiz toronto-nyc de onibus, na epoca (em 2005) saia muito, muito mais barato. Foi uma viagem noturna, bem tranquila, e com a vantagem de ja chegar praticamente na times square. Os onibus greyhound são sempre novos e confortaveis. Faria de novo.

Valerio Ferreira

Danilo,

Gostaria de saber de algumas informações:

Você era turista? Se sim te deram quanto tempo na reentrara aos EUA?

É que pretendo ir do Brasil direto pra Toronto, ficar lá por 2 ou 3 meses e depois ir pros EUA. Estou tentando uma oportunidade de emprego nos EUA e pode ser que depois de vencer a permanencia do I-90 eu volte pra Toronto passe mais 1 mês e assim reingresso nos EUA novamente.

Será que funciona essa tática?

Abraços.

norlinda
norlindaPermalinkResponder

se com visto de turista do canada, pode visitar new york, meu visto e de turista do canada se poder me informar fico grata muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Norlinda! Você precisa de visto americano para entrar nos Estados Unidos não importa por qual fronteira.

Beto
BetoPermalinkResponder

Como deveríamos nos referir à mega-oreba do passageiro sentado à frente de vocês? Seria ele portador de um espaçoso pavilhão auditivo? Isso dava um dicionário.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Eu andei de Greyhound de Montreal para Boston, pois infelizmente não tem trem neste trajeto. A viagem era de 08 horas.

Compramos as passagens antes, na estação mesmo, e no dia da viagem entramos na fila. Você vai entrando no ônibus de acordo com a fila, sem lugar marcado. Quando enche 1 ônibus mandam outro e a fila continua.

Na nossa vez não era este mega bus azul com wi-fi, e sim um antigo com cara de sessão da tarde - divertido até. Mas era inverno e ele não estava exatamente limpo. O chão estava molhado e haviam algumas embalagens de salgadinho pelo chão.

Paramos na imigração norte americana, normal e paramos também em várias cidades para pegar gente. Tanta gente que lá pelas tantas o motorista aceitou passageiros de pé ( juro) no corredor. Em um lugar ele parou para passar uma água por fora do ônibus ( também juro) e demorou 40 minutos. Mas chegamos. Foi meio roubada, mas vendo pelo lado engraçado tudo vale a pena, rs.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Quando eu morei nos EUA para estudar, a reputação da Greyhound era pior do que a de ônibus Itapemirim no Brasil.

luiz roberto
luiz robertoPermalinkResponder

Me desculpe, mas eu viajo de Itapemirim frequentemente para de São Paulo para o Rio de Janeiro e já viajei algumas vezes nos ônibus da Greyhound. Posso dizer com toda certeza que a Itapemirim é pelo menos 5 vezes melhor do que a Greyhound. Aliás, uma coisa que os americanos poderiam aprender com o brasil é no setor de viagens de ônibus. Os ônibus daqui são muito melhores do que os da Greyhound, mas são melhores de longe

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Riq, belíssima ideia fugir pro Canada! Enquanto eu esperava meu bus pra Boston na manhã de segunda, na 34th com a 8th, o ônibus da Greyhound parou bem na minha frente. Esse mesmo, que ia a Montreal. E então me veio aquele célebre pensamento: damn, porque eu não pensei nisso antes... mrgreen

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Recomendo especial atenção com os procedimentos de saída via terrestre dos EUA para o Canadá quando vc não for retornar aos EUA antes de voltar, via área, para outro país. Explico.

Os EUA não tem lá um controle de saída muito eficiente, eles concentram os recursos no controle de entrada (só há controle de saída mais rigoroso na fronteira sul com o México).

Em situação normal, o seu registro de saída dos EUA é feito pela cia. aérea. No caso de saídas terrestres, É O OFICIAL CANADENSE QUEM DEVE RETIRAR O CARTÃO DE ENTRADA AMERICANO DO SEU PASSAPORTE E ENTREGÁ-LO À CBP (Customs and Border Protection) AMERICANA.

A questão é que os oficiais canadenses nem sempre sabem quais passaportes tem o referido formulário ou não. É bom vc sempre, gentilmente, perguntá-lo se ele registrará sua saída dos EUA.

Caso essa comunicação burocrática se perca, vc fica sem registro de sua saída dos EUA. Em uma próxima viagem, poderá ser questionado e requestionado na imigração, ou em uma próxima solicitação de visto, perguntado em detalhes sobre sua última viagem aos EUA.

Isso dito, duas recomendações:

- guarde por vários anos com você algumas "provas documentais" de que vc saiu dos EUA (isso, aliás, vale para a Uniao Europeia e seus agentes que esquecem de carimbar passaportes): cartão de embarque, bilhete ou algo do gênero. Se viaja muito, monte uma pasta com os comprovantes de saída.

- caso tenha ficado com o I-94 em mãos, devolva-o via correio expreso seguindo as instruções do site da CBP (https://help.cbp.gov/app/answers/detail/a_id/752)

Ricardo Freire

Eu ia mencionar isso no texto, e acabei esquecendo. Realmente só me dei conta de que ninguém tinha coletado o meu papelzinho depois que o ônibus saiu da imigração.

Acho que vou apresentar o papel não-coletado quando atravessar a fronteira de volta...

Cristiana
CristianaPermalinkResponder

Comandante, sem querer abusar, mas isso não vale um post, bem destacadão? Tipo "utilidade pública"? Em 2007 minha irmã e cunhado tiveram um problemaço porque na ida anterior deles ao EUA não tinham recolhido o bendito papelzinho.

Hoje em dia, SEMPRE me preocupo com isso, mas, por exemplo, não saberia como proceder se saísse de ônibus ou carro, tampouco sabia que deveria ter esse mesmo tipo de preocupação em relação à Europa, como mencionou o André L.

Brigadão

Márcio Cabral de Moura

Riq,

Por outro lado, se você for retornar aos EUA por via terrestre, foi melhor não ter deixado seu canhoto do I-94. Caso contrário você teria que pagar uma taxa de US$ 8,00 (ou é 6?) quando entrasse de novo?

Aliás, fica a dica para quem vai para o Canadá por avião via os EUA e depois pretende voltar aos EUA via terrestre: Não entregue o formulário I-94 ao agente de viagem, quando você estiver saindo dos EUA. Isso lhe poupará tempo (de ter que ir até o posto de imigração) e dinheiro (de pagar pelo I-94).

Ricardo Freire

Ou seja, a minha permanência dada na entrada continua valendo? Não vou precisar preencher o formulário grandão?

Márcio Cabral de Moura

Exato.

Ricardo Freire

Oba!

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Oi Márcio. Eu farei isso. Meu voo para Montreal faz escala em NY na ida. E depois volto para NY de ônibus.
Desculpe minha ignorância.....mas quando é entregue e recolhido este formulário I-94?
Queria mais detalhes

Obrigada!!!

Thyago Portela

Isso aconteceu comigo em novembro passado.

Saí de Orlando para voltar ao Brasil, só que fazia conexão em Montreal e Toronto... voo por milhas inFidelidade tem dessas coisas!

Ao sair de Montreal p/ Toronto que dei conta que ainda estava com o I-94.

Minha sorte foi um policial que viu o documento qdo tive q apresentar meu passaporte p/ comprovar q eu era eu (sic) e, só assim, pude pegar as malas q foram despachadas em Orlando. A funcionária de lá havia dito q só teria q pegá-las em GRU, o que estava incorreto. Pense num sufoco! Por sorte, havia um posto oficial americano dentro do aeroporto e entreguei o I-94.

Vi o site da embaixada americana (www.embaixadaamericana.org.br/index.php?action=askmateria.php&id=4166&submenu=107&itemmenu=86) q devo mandar uma carta (seria melhor e-mail) para confirmar se minha saída foi registrada... Ahhh tem que esperar 04 meses após a saída.

Clara
ClaraPermalinkResponder

No meu caso não tivemos problema algum porque voltamos aos EUA de carro. Ainda tivemos um tratamento preferencial indo para uma fila um pouco mais curta porque nosso carro era americano e um dos oficiais ainda nos disse um "welcome back to the USA".

A fila da volta (para carros)do EUA é sempre maior que a da ida ao Canadá. Espera-se normalmente de 45 minutos a 1 hora, no mínimo, na fila do posto de fronteira. Pelo menos na costa oeste é assim e já sabíamos disso.

monica
monicaPermalinkResponder

pretendo ir para o canadada carro por nymontreal e tenhjo duvidas se devo entregar o I-94 ou nao

Karina
KarinaPermalinkResponder

Que bom que esta indo para o Canadá. Quando fomos lá ano passado senti falta das dicas em detalhes como neste post. Fizemos uma viagem de onibus entre Seattle e Vancouver e foi o mesmo esquema, cada um com sua bolsa, sem lugar marcado, fila do lado de fora, embaixo de chuva, esperando o motorista conferir o passaporte e passagem de tooodos os ocupantes, teve gente que viajou ensopado. A vantagem é que há muitos pontos de embarque e desembarque dentro da cidade o que facilita para arrastar as malas do hotel ao "ponto".

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Peguey estes greyhound para fazer NY-Washington e depois Boston-NY.
Foram viagens mais ou menos curtas (entre 3 e 4horas cada) que ficaram baratíssimas de onibus.
Fora que, surpresa total, em Boston o onibus estava lotado, então saiu adiantado! Este nunca tinha visto hehehe

renata
renataPermalinkResponder

Viajar de onibus nos USA é bem barato.
Além de a GREY existem várias empresas estilo low cost com passagens por até US$9,00 new york-washington.
Para trechos de menos de 300 milhas o onibus pode ser mais rápido que o avião e tão confortável quanto os trens.
Em março tive a oportunidade de viajar de bumba pela costa leste e foi ótimo. Pontual, barato, confortável, sem stress de dirigir e com estradas ótimas, o tempo passa rápido.

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Oi Riq,
Verifique aí se tiraram o papel branquinho dos EUA do seu passaporte. Sabe aquele que os oficiais americanos grapeam no passaporte quando você dá entrada no país?
Digo isso, pois quando fomos de carro com minha mãe do Canada para os EUA, a fronteira canadense esqueceu de tirar e ficou no passaporte. Na outra vez que minha mãe foi nos visitar (nessa época estavamos nos EUA), deu o maior pepino com os delicados oficiais de imigração americano. Eles fizeram aquele circo básico, como se ela ainda estivesse nos EUA (mesmo tendo chegado do Brasil, sabe?!)... e ela não falava inglês, imagina o auê! (Tadinha!)
Enfim, se o papel branquinho ainda estiver no seu passaporte, não esqueça de devolver quando estiver retornando para o Brasil (no aeroporto no canada ou na fronteira quando estiver retornando para os EUA). smile
Abs

sonia
soniaPermalinkResponder

Fui de D.C. para Montreal de aviao(acho que dos anos 60, apertadissimo) e apesar de ser 1 hora de voo,foi estressante na imigracao canadense e e porque meu filho e nora sao canadenses. Fiquei horas la por dentro de varias salas.Eles pensavam que eu tinha desaparecido de tanta demora. Mas em compensacao voltei de trem e adorei! A imigracao foi otima,nao descemos nem do trem e nem olharam bagagem,nada.O unico senao foi em NY(Montreal para DC), a Penn Station e horrivel, e ficamos sem saber deonde o trem ia partir para DC(qual o portao) depois de descer e subir escadas,recorremos a policia que nos ajudou. Mas realmente valeu a pena a paisagem e linda(era inverno),e as poltronas muito confortaveis e a imigracao tranquila.

camile
camilePermalinkResponder

Estive em Montreal em janeiro deste ano e fomos de greyhound para NY, apesar de todas as criticas que li no trip advisor, eu achei o onibus confortavel; era novo, tinha wi-fi, o chato eram as paradas nas fronteiras. Mas ainda sim, recomendo muitíssimo, pois te deixa bem no centro e não é tão caro.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Olá amigos,

Estou reservando meus voo pra minha viagem pro Canadá e Estados Unidos

Nos Canadá vou visitar Montreal, Quebec e Ottawa. Não me importo com a ordem. Nos Estados Unidos vou a Nova York e D.C.

Pelo que vi por aqui e outros posts não vou conseguir atravessar a fronteira nem de carro (as locadoras não alugam num pais com possibilidade de devolver em outro) nem de Trem (Amtrak não vai pro Canadá). Então teria que ser de Bus mesmo. Como os trajetos são demorados e estou acompanhado de pessoas de terceira idade queria andar apenas um curto trajeto de bus e fazer o seguinte de carro. Da seguinte forma, Alugar um carro numa das tres cidades do canadá, devolver na última cidade canadense possivel antes da fronteira, pegar o onibus, passar a fronteira e parar na primeira cidade onde eu já possa alugar um carro para poder concluir a minha chegada em Nova York. Alguém poderia me ajudar?

vicki
vickiPermalinkResponder

Olá, Rafael!

Gostaria de saber se vc já foi na sua viagem...gostaria muito de saber sobre o bus, estou na mesma situação que vc!!! Exatamente o mesmo roteiro...

Alguém já te respondeu? Vc já foi nesta sua viagem?

Estou para ir agr....queria muito saber...

Aguardo a sua resposta!!

Att,
Vicki

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vicki! Infelizmentente não vimos a pergunta do Rafael.

É totalmente possível fazer isso. O Ricardo Freire não alugou carro, mas foi de trem até a fronteira (Niagara Falls) e seguiu de lá de ônibus.

Também dá para atravessar a fronteira de trem, também -- a Amtrak e a Via Canada operam em conjunto rotas de Nova York a Montrel a e de Nova York a Toronto (via Buffalo e Niagara Falls).

vicki
vickiPermalinkResponder

Olá Bóia, obrigada pela resposta!

No entanto, gostaria de saber aonde posso pegar o ônibus na cidade de Quebec (Província de Quebec), ou será que ele só passa em Montreal?

Vou alugar uma Van (para 6 pessoas) e depois devolver aonde vou pegar o ônibus. Depois pegarei o ônibus para somente atravessar
Canadá para depois pegar uma outra Van nos EUA, provavelmente em Burlington - Vermont, pois é a cidade mais próxima que estou achando para fazer a locação da Van.

Sendo assim, preciso saber onde posso pegar o ônibus em Quebec, ou se não for possível em Montreal (lugar correto que o ônibus faz a parada, para eu informar a locadora o lugar da devolução do carro no Canadá, ex: aeroporto, ... ) e o lugar correto onde ele passa em Burlington - Vermont (ex: aeroporto....ou outro lugar), para tambem informar a locadora, pois vou pegar outro carro nos EUA).

Na verdade, gostaria de atravessar com o mesmo carro pegando em Montreal e só devolvendo em JFK - NYC, mas vi que seria impossível.

Aguardo a sua resposta!!

Att,
Vicki

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vicki! Não estou entendendo o que você pretende. Se você não sabe onde vai parar pelo Canadá, por que não põe todo mundo no trem de Québec para Montreal, depois no ônibus de Montreal para Burlington, e aluga a van por lá?

Paula
PaulaPermalinkResponder

Olá pessoal.

Estou tentando achar essa informação mas ainda não vi.
Estou indo para os EUA semana que vem e meu amigo é canadense. Temos planos de passar o final de semana de natal com a familia dele no canadá. Sendo que não tirei o visto canadense no Brasil. Existe alguma maneira de eu conseguir viajar para o Canadá já estando dentro dos EUA??? Preciso ir a algum consulado ou é simples e posso fazer no aeroporto ao chegar no canadá ou atravessando de carro... Por favor, me ajudem. Tá dificil encontrar informações.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Paula, é muitíssimo improvável que vc consiga visto para o Canadá no consulado canadense (ou embaixada) nos EUA.

Vistos tem de ser pedidos, no caso de EUA, Canadá, Austrália etc., sempre no Brasil, que é seu país de residência (e onde os oficiais consulares são treinados para averiguar sua situação etc).

Vc não pode atravessar a fronteira canadense sem o visto canadense. Jamais. Aliás, mesmo nos postos fronteiriços terrestres em que teoricamente dá para "burlar" a imigração canadense, isso é um problema seríssimo - depois vc não volta para os EUA e, no Canadá, pode ser deportada para o Brasil. Nem tente, não tem conversa ou exceção que o agente canadense possa fazer por você.

Infelizmente, seus planos terão de ser cancelados, a menos que vc consiga um visto para o Canadá antes de embarcar para os EUA!

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Até acho que dá sim. Pelo escritório de solicitação de vistos. Mas deve demorar um pouco...nao sai na hora.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

E ai Paula, deu certo? Estou em uma situacao parecida com a sua.
Estou nos Estados Unidos com o visto de turismo B-2 e gostaria de dar um pulinho no Canada p conhecer Toronto e Montreal. Serah q consigo o visto canadense daqui do eua?
Nao toh conseguindo achar essa informacao na internet.
Desde jah, grato.

Thiago Simoes

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Procure um consulado americano aí.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Ops.. Obrigado, mas nao emtendi. 1, procurar um consulado americano? 2, procurar um consulado brasileiro em washington? Ou 3, procurar um consulado canadense em wasington?
Obs. Eu estou em baltimore, perto de washington. Logo fica facil p eu ir lah. Soh nao toh sabendo direito oq fazer, nem como fazer.
Obrigado novamente

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Desculpe, entendi errado, pensei que você estivesse no Canadá. Procure sempre o consulado do país que você quer visitar, é lá que você pedirá o visto.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

OLá Vicki
Acabei marcando minha viagem pra março.

Como foi sua viagem?
Como atravessou a fronteira?
Foi demorado? (estou apreensivo quanto a isso)

Na minha opinião ficar dentro de um trêm ou onibus durante 10 horas pra fazer a viagem de Montreal a New York é um tanto chato. A menos que a pessoa realmente não goste de dirigir, a melhor opção é ir de bus de Montreal até a fronteira (Burlington ou Plattsburg). Já nos USA, alugar um carro e seguir pra NY.

Alguém mais pode ajudar nessa questão?

obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! A melhor viagem é ir de avião até o primeiro destino do Canadá e lá alugar a sua van.

Aline
AlinePermalinkResponder

Ai Bóia, juro que já revirei o site e não encontrei a informação que preciso, mas estou com medo de ter comido bola... Mas lá vai a minha pergunta: Estou saindo de Boston com destino à Montreal, qual a localização do posto de imigração do Canadá? Onde devo atravessar a fronteira? Posso colocar no GPS o endereço do hotel em Montreal e ele será esperto o suficiente para me levar direitinho (hehe) através do posto de fiscalização de entrada no Canadá? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! São 500 km, a rota é a mesma desse ônibus que o Ricardo Freire pegou, passando por Burlington.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Só para informação: O Ricardo não conseguiu comprar os tickets pela site da Greyhound e eu imaigino o motivo. O site não funciona com o Explorer. Consegui comprar normalmente pelo Safari.

vicki
vickiPermalinkResponder

Hello,

Quanto vc pagou?
é só imprimir, pois vi no site do Canadá ( greyhound.ca) que deve ser remetido para algum endereço no Canadá. No caso do greyhound.com é somente impresso?

Obrigada,

Vicki

Aline
AlinePermalinkResponder

Oi Bóia! Obrigada pela ajuda! Já fui e já voltei do Canadá e deu tudo certo.

BIA
BIAPermalinkResponder

Ola,

Alguem poderia por favor me ajudar, eh urgente, visto que ja irei para o Canada daqui uns dias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vcs compraram os bilhetes online ou bus station?

Irei de Montreal para Burlington e no site so eh me dado a alternativa de compra online pelo site dos Estados Unidos soh se eu for residente dos Estados Unidos...

No site do Canada, tem outros horarios que nao estou interessada.

Desta forma, alguem poderia me informar como vcs realizaram a compra!!!????

Gostaria muito da ajuda de vcs!

muito obrigada,
Bia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bia! Provavelmente estando em território canadense você vai conseguir acessar o site canadense. Senão, é só passar na rodoviária. Fica perto da estação UQÀM.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Olá Bia,

Dá pra comprar pelo site (não com Internet Explorer) tanto dos USA quando do Canadá. A diferença é que pelo site americano vc precisa ter um endereço americano e vice e versa. Desta forma, como você sairá do Canadá terá que receber os tickets em endereço Canadense. Esse trajeto não permite receber tickets via e-mail, pelo menos por enquanto. O estranho é que por qualquer site os horarios são os mesmos. Não haveria porque serem diferentes, a rota é a mesma, vendida apenas por dois sites diferentes.

Paguei o trajeto USD 23,50. A Tarifa Padrão é 26,00 (o valor pago pelo Riq).

Bia
BiaPermalinkResponder

Então, vcs compraram na hora?

Fico meio com medo de chegar lá e não ter mais bilhetes...tem esse perigo?

Muito obrigada,

bjs

Bia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bia! Passe na rodoviária no dia que chegar a Montreal. Fica no lado francês da cidade, numa grande praça em frente à rue Sainte-Cathérine. Vá de metrô, desça na estação UQÀM. É central.

BIA
BIAPermalinkResponder

Muito obrigada Boia...

Mas sera que eh possivel nao ter passagens?

Eu so posso ir em determinado dia para Burlington...

Bjs

Bia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bia! Ao chegar aos Estados Unidos ou ao Canadá, onde você for primeiro, tente comprar online. Se não conseguir, dirija-se ao posto mais próximo da Greyhound e faça sua compra de maneira presencial.

Frances
FrancesPermalinkResponder

Gente... Vou fazer washinton-NY e Ny-boston, mas estou com bastante coisa pra levar! Tenho uma mala q cabe tudo mas q ultrapassaria os 23 kg permitidos, estou na duvida se divido tudo em 2 malas e pago os 10 dolares de bagagem extra ou se arrisco a possibilidade de nao pesarem minha mala! Qq vcs acham? Alguem sabe se eles realemente pesam as malas? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Frances! Eles pesam as malas sim, e dificlmente dão arrego.

O melhor é incluir todos os trechos na sua passagem Brasil-EUA-Brasil, assim você garante o mesmo limite de bagagem internacional nos vôos domésticos.

Senão, examine as regras de bagagem da cia. aérea e compre os excessos de peso ou unidades necessários.

Francisco
FranciscoPermalinkResponder

OI! preciso de ajuda,
Estou indo para Boston e de lá para Quebec. Pesquisando na internet não consigo encontrar condução, ônibus ou trem, que faça este trecho direto. Peço a quem conhece a região que me dê uma dica, se existe empresa que faça esta linha ou qual seria minha melhor opçâo. No que parabenizar o BLOG me tirou outras boas dúvidas.
Francisco

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Francisco! Você deverá ir primeiro a Montreal. De lá segue de trem a Québec.

Marcio rodrigues

Olá em agosto eu minha esposa estamos querendo fazer uma viagem para o canada e tbm usa qual e melhor rota que poderíamos fazer se vamos de trem ou ônibus , vamos fazer um tuor, ate ny e dc poderíamos ter mais informações por favor. Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcio! De Nova York ao Canadá é melhor voar.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Olá. Eu e meu marido estamos pensando em visitar meu irmao que esta morando em Quebec e, durante esse passeio, estamos estudando da possibilidade de ir para Nova York passar uns dias.
Estava estudando para ir de trem (que sai de montreal né?) ou de onibus. Vc tem alguma sugestao??
agradeço desde ja pela colaboração.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! É possível ir de trem ou de ônibus, mas demora muuuuuuito. É muito longe. Vai ser mais fácil voar -- e talvez nem seja muito mais caro. Pesquise vôos em http://www.expedia.com .

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

uhmm.. rs, o que seria esse 'muiiiitoo', umas 9 horas de viagem?
eu andei vendo aviao, esta beeeeem mais caro, hehe.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! São pelo menos sete horas e meia de viagem, em ônibus. De trem são 11h.

DENISE
DENISEPermalinkResponder

gostaria de saber como e feita a imigraçao por trem e por onibus apenas verificam se voce tem visto ou checa seus dados no computador,pois vou ao canada e gostaria de ir a ny mas como ja morei ilegal nos usa tenho medo de não me deixarem entrar.obrigada pela ajuda antecipadamente.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! O controle é igualzinho ao de aeroporto.

DENISE
DENISEPermalinkResponder

a rodoviaria de montreal e perto do aeroporto,tem hoteis barato por perto.e taxi la e muito caro.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Oi Boia.
Perguntei esses dias pra vc sobre a ida de Quebec a NYC de onibus ou metro.
Estamos indo em novembro para a cidade de Quebec (meu irmao e cunhada estao morando la) e pensamos em aproveitar e ir pra NY.
Eu vi passagem de aviao, mas esta inviavel monetariamente (quase o mesmo valor do que sair do brasil e ir direto pra NY), por isso veio a ideia de irmos de onibus ou trem.
eu pedi para meu irmao tentar pegar mais infos. Ele me respondeu que pelo site do greyhound.ca nao consegue cotar a passagem direto de quebec > nyc, so consegue ver saindo de montreal. Maiores informaçoes so indo na agencia deles em Toronto ou ligando para o numero deles.
meu irmao ate mencionou algo que voce pode se cadastrar para pegar, como se fosse "carona" de quebec para montreal.

Enfim, gostaria imensamente, se vc pudesse, me orientar, por sua experiencia, o que poderiamos fazer, sendo que a passagem de aviao (pelo menos o que consegui cotar) realmente nao esta compensando.

Agradeço, desde ja, toda a sua atençao!
Fernanda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Se é difícil de ver preços pela internet, então peça para o seu irmão ir até a Rodoviária e pegar informações quentes. Quem tem apoio no lugar que vai visitar deve aproveitar esse apoio. É muito mais útil, seguro e certeiro do que tatear pela internet.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Pois é.. De qq forma, obrigada.
Meu irmão esta há 5meses lá e nao disse que nao sabe onde que fica a rodoviária, mas é uma questão de procurar né?
Ou, terei que ligar naquele número deles.
Mas o que esta mais me deixando confusa sao as opções de descida em NY.
Aparecem varias opções e isso me deixou sem entender direito, pq fui a NY uma vez só.
=)

Rosa Angélica

olá, bom dia.

Estamos planejando viajar com a família (marido e duas filhas) saindo de NY para Toronto e Montreal e depois voltar para NY. Queremos ir de carro. O que vc acha? Sai caro? É complicado? Vou fazer 25 anos de casada e queria uma viagem inesquecível. Depois de voltarmos, queremos conhecer o norte dos Estados Unidos.

Aguardo algumas dicas. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosa! Separe pelo menos quinze dias para uma viagem confortável. Nas cidades grandes o carro não terá muita serventia, vai mais atrapalhar do que ajudar. Você precisaria incluir pontos de parada interessantes no caminho. As melhores viagens de carro são as feitas em regiões menores, delimitadas, com uso de estradas regionais. Se for para ficar só na auto-estrada, a viagem só tem graça para o motorista, se ele for de curtir carro.

No norte dos Estados Unidos, uma boa região para visitar de carro é a Nova Inglaterra. No Canadá, seria bom incluir Mount Tremblant, Québec e Thousand Islands. Pesquise esses nomes e monte seu roteiro em http://www.viamichelin.com .

Se quiser um roteiro prontinho, recomendamos o da costa da Califórnia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/06/vai-por-mim-san-francisco-a-los-angeles-de-carro/

Ricardo Nobrega

Gostaria de tirar uma dúvida. Estarei em Boston na próxima semana e gostaria de ir até Quebec no Canadá com minha família. Infelizmente não dará mais tempo de tirar o visto canadense no brasil antes da viagem. Chegando na fronteira de carro consigo um visto para passar alguns dias no Canadá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! Você precisa tirar seu visto antes de sair do Brasil. Você pode até tentar solicitar num consulado canadense nos Estados Unidos, mas perderá precioso tempo. Na fronteira não vão dar.

Ednardo Silva de Araujo

Resido no Brasil, mas estarei numa estação de ski em Massachussets em Dezembro de 2013, pretendendo tirar visto de trânsito para ir de trem (comprarei passagens de ida e volta para a minha família) apenas assistir o Reveillon em Niagara Falls, no lado canadense, retornando à mesma estação ferroviária de origem nos EUA no dia seguinte. Busquei informações junto aos despachantes mas alegaram que eu precisaria de um visto de turista (uma ou mais entrada), mas acho que não, porque está claramente caracterizado que estarei realmente em trânsito e permanecerei no Canadá até menos que as 48 horas permitidas. Poderia me esclarecer essa dúvida?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ednardo! Você precisará de visto de turista.

Maíra S.
Maíra S.PermalinkResponder

Preciso decidir como vou de Boston para NY no mês que vem, e esse post me animou a ir de ônibus, que é tão mais barato. Vocês sabem se o ônibus que o Ricardo pegou é o Express? Parece que a Greyhound faz uma diferenciação entre esses ônibus mais novos que fazem o trajeto direto, sem paradas e os outros, digamos, mais históricos... Quanto às malas, a regra é que é possível despachar uma e levar uma menor de até 11 quilos em cima. Não pretendo passar muito disso, mas será que eles fazem mesmo a pesagem? Agora só falta abandonar a ideia romântica do trajeto feito de trem.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! Como os americanos dizem "what you pay is what you get". O express será mais rápido. Não tente enganar na pesagem, você pode se dar mal.

Maíra S.
Maíra S.PermalinkResponder

Obrigada, Bóia! Depois eu conto como foi a experiência.

Nataly
NatalyPermalinkResponder

Olá! Para atravessar a fronteira de carro saindo dos EUA para Canada, precisa ter o visto canadense também? Ou eles concedem a entrada na fronteira tendo apenas o passaporte?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nataly! Precisa tirar o visto no Brasil ou em um consulado canadense nos Estados Unidos.

Maíra S.
Maíra S.PermalinkResponder

Como prometido, voltei para contar como foi minha viagem de Boston a Nova Iorque de ônibus. Estava super apreensiva, com medo de encontrar um ônibus velho, desconfortável e com pessoas esquisitas, mas o preço da passagem (U$ 18,00) estava imbatível. Comprei a passagem pelo site da Greyhound, já sabendo que o ônibus seria de uma empresa parceira, a Peter Pan. Lendo as letras miúdas depois da compra, descobri que não há escolha de assento e nem mesmo garantia de que eu teria lugar no horário escolhido. Por isso, eles recomendam chegar uma hora antes da partida. Foi o que eu fiz. E fiquei quase uma hora em pé na frente do portão, sem saber o que fazer. O representante da companhia chegou quando faltavam uns dez minutos para a partida e começou a organizar a fila pela ordem em que foram compradas as passagens. Deixei a mala no bagageiro sem nenhum comprovante e embarquei, sem maiores dramas. O ônibus era novo, limpo, com ar condicionado bem calibrado e wifi. Já havia imaginado que as poltronas não seriam muito confortáveis e nem reclinariam muito, mas me surpreendi com a falta de um suporte para o braço entre os passageiros. Se houvesse alguém do meu lado, acho que teríamos viajado com mais “contato humano” do que eu desejaria...

Como optei pelo ônibus “express”, fomos de Boston a NY sem nenhuma parada adicional e desembarcamos na rodoviária Port Authority exatamente no horário previsto, depois de 4h20 de viagem. Essa chegada, aliás, foi um dos pontos altos do trajeto de ônibus. Entramos em Manhattan pelo norte e descemos a quinta avenida, acompanhando sua transição desde o Harlem até a midtown. E desembarcar numa rodoviária movimentada, ainda zonza da viagem, atrapalhada com as malas e me descobrir bem no meio dos néons da Times Square foi um dos momentos mais surreais da viagem. Em conclusão, acho que dá para viajar tranquilamente de ônibus nos EUA, desde que os trajetos não sejam muito longos ou quando a diferença de preços com o avião estiver muito exorbitante.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Gostei muito do blog, se puderem me ajudar. Irei viajar de São Paulo para Quebec, passar 12 dias no Canadá e 12 dias nos EUA, e minha viagem de volta sai de New York. Quero alugar um carro, mas como termino a viagem pelos EUA seria mais barato alugar um carro pelo período todo e num só país, então alugaria em Berlington(Vermont - EUA) e devolveria em New York. A minha dúvida é: se eu alugar o carro em Burlington eu poderei entrar no Canadá e depois sair para os EUA? Tenho visto canadense e americano. Ou seja, posso sair do Canadá de ônibus e depois entrar de carro novamente no Canadá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Você pode entrar e sair de Estados Unidos e Canadá da maneira que você quiser, quantas vezes o seu visto permitir. Entradas e saídas freqüentes podem gerar perguntas da parte dos agentes de imigração, você apenas tem que saber responder com segurança e sem entrar em contradição.

Meire Nunes
Meire NunesPermalinkResponder

Não estou conseguindo comprar pelo site o trecho de Boston para Quebec pela Greyhound. Estou pensando em deixar para comprar na hora mesmo(estou em Sampa). Pesquisei muito e não achei nada a respeito de outras companhias que fazem esse trecho. Avião sem chance por estar muito caro. #perdida

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Meire! É possível que haja cookies que não permitam a venda fora dos Estados Unidos. Deixe para comprar por lá, não haverá problema.

Meire Nunes
Meire NunesPermalinkResponder

Obrigada por responder. É que fico receosa se TEM esse trecho para vender : Boston-Quebec. Obrigada mais uma vez. Quando chegar lá, postarei aqui o resultado dessas ansiedades!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Meire! Dei uma pesquisada e descobri que agora tem um site de que vende passagens de ônibus de todas as cias. Você vai precisar ir pra Montreal (8 horas de viagem) e de lá seguir a Québec (de trem ou ônibus).

https://www.wanderu.com/cheap-bus-tickets/boston-ma-to-montreal-qc

Depois conta pra gente como rolou smile

En
EnPermalinkResponder

Bom saber como foi a experiência pela Greyhound. Escrevi um post sobre a experiência de ir de Buffalo/NY para Toronto de ônibus pela Megabus. (http://entreviagenseestudos.com/2015/11/27/viajar-eua-canada-onibus/)

DE PAULA
DE PAULAPermalinkResponder

Olá.

Primeiramente gostaria de parabenizar o blog.

Estou nos EUA com visto de turista com permanência de 6 meses, e também tenho visto canadense.

Minhas dúvidas são:

Se eu sair dos EUA e ficar no Canadá por um mês e voltar ainda dentro do prazo da minha permanência no EUA eu terei outra data de permanência nos EUA??

Ex: minha permanência é ate 1 de abril/2016 e eu retorno do canada 1 de fevereiro/2016, ao entrar novamente nos EUA eu continuo com permanência até 1 de abril ou eles me dão uma nova data de permanência?? Ou eu preciso informar minha saída dos EUA?? no caso como isso é feito, existe carimbo? formulário? Obs: na duvida se vou de ônibus ou avião para o canada e retorno para os EUA também.

2 ex: Caso eu fique um período maior no canada e minha permanência dos EUA vença, posso entrar novamente nos EUA? posso ter problemas por não ter voltado para o brasil para renovar, porque fui para o canada??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, De Paula! Ao voltar do Canadá será dada uma nova permanência. Não importa se você esteve no Brasil ou não.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá. Soube que o Canadá está permitindo a entrada de brasileiros com visto americano. O caso é que gostaria de ir de NY para Toronto por via terrestre. Não sei ainda se de carro, ônibus ou trem. A ideia é passar uma semana no Canadá pra conhecer e voltar para os EUA. Mas alguém me disse que só a imigração nos aeroportos estão aceitando o visto americano. Achei meio sem lógica. Alguém sabe me dizer algo sobre isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Não faz sentido para você, mas faz sentido para as autoridades canadenses, que são as pessoas que decidem se você pode entrar ou não. Tente chegar por via terrestre sem visto; não vai adiantar argumentar.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2016/11/isencao-de-visto-canadense

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar