Machu Picchu limita visitantes; ingressos só são vendidos online

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Disponibilidade em Machu Picchu - julho

Quem avisou foi a querida Lu Malheiros, que além de fazer um post no seu Dividindo a Bagagem, deixou um recadinho na caixa de comentários.

Seguindo (ma non troppo) recomendações da Unesco, o sítio arqueológico reduziu o acesso a 2.500 visitantes por dia (a Unesco advoga 917). E para que isso seja respeitado, a partir desta semana só se pode entrar no parque com ingresso comprado antecipadamente pela internet.




A venda é feita pelo site MachuPicchu.gob.pe. Estão abertas as vendas até o fim do ano (mas lembre-se de que a época das chuvas começa em novembro). Clique em "consultas" para ver a disponibilidade. Não há mais vagas para esta semana, mas agosto ainda está tranqüilo.

Comprando no siteLista de agências que podem comprar o ingresso (veja no site)

Para comprar é preciso usar um cartão de crédito Visa integrado ao sistema Verified by Visa. Ou seja: é provável que os cartões que dão galho nos sites de trem na Europa tenham problemas aqui também. Há duas alternativas: comprar por intermédio de uma agência de viagem local (clique em "consultas" e, ao pé da página, em "agencias de viaje", que aparece uma lista, com sites e emails) ou deixar para comprar quando você estiver no Peru -- porque depois de comprar pela internet você ainda tem seis horas para pagar pessoalmente num banco credenciado. Esta alternativa não é recomendável nos meses de julho e agosto, altíssima temporada de visita.

Segundo este site, o limite de 2.500 pessoas por dia nem é tão draconiano assim; só em julho e agosto os visitantes estourariam este número se não houvesse a restrição.

Obrigado pela dica, Lu!

Leia também:

Mudança na compra de ingressos para visitar Machu Picchu, por Lu Malheiros

MachuPicchu.gob.pe

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email
Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


182 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Comprei minhas entradas para MP pelo site. Foi tudo rápido e tranquilo. E, embora no site fala que o cartão tem que ser integrado aos sistema Verified by visa, eu consegui comprar. (meu cartão não faz parte do sistema).
Eu tive problemas para comprar no site da Peru Rail, mas tudo foi resolvido por email mesmo.
Tive problemas também no site da Star Perú. Mas, aparece uma opção de fazer reservas por USD 30 por pessoa. Você paga esse valor, mas tem que chegar com 2 horas de antecedência no aeroporto e pagar o restante.
Sugiro aos trips, que tentem mesmo assim...quem sabe não conseguem?!!!
Abraços,
Milena

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Milena,
Eles recomendam que a gente chegue ao aeroporto com duas horas de antecedência para qualquer vôo nacional, mesmo que já tenha a passagem. No caso de não ter, acho as duas horas recomendadas pela Star Peru pouco tempo.
Hoje, por exemplo, estive na loja deles em Miraflores para pegar minhas passagens e huve uma pequena confusão com a reserva. Tudo acabou bem, mas demorou uns 30 min. Se tivesse deixado para resolver isso no dia da viagem, acho que iria ficar bem estressada wink

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Oi Lu! Menina eu estava pensando nessas passagens ontem...e provavelmente vou tentar resolver no dia que chegar em Lima mesmo, como já estarei no aeroporto, reolvo logo essa pendenga pra não haver estresse. Eu também não estava confiando muito só nessas 2 horinhas não. Na verdade, eu não confio muito em nenhuma cia aérea!!!!

Guta
GutaPermalink

Otima dica da Lu! Favoritado!

Anna
AnnaPermalink

Alguém conseguiu entrar neste site? Viajo em Setembro e assim que vi a notícia aqui, corri para comprar... e não entra, de jeito nenhum!

Alguém sabe outro endereço? Ou será um erro temporário?
Obrigada,
Anna

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Anna! Provavelmente está sobrecarregado de acessos.

Aí vai de novo o link: http://www.machupicchu.gob.pe

Tente de diferentes browsers, às vezes o acesso ficou travado (restartar o computador também ajuda).

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Riq,
Que bom que você fez um post wink
Parece que ir para Machu Picchu sem uma agência está mais difícil. Assim como a Milena, alguns amigos tiveram dificuldade em comprar a passagem de trem pela Peru Rail.

Mariana
MarianaPermalink

Oi Riq, como seu site já me ajudou um tantão nas minhas viagens viam aqui contar minha experiência. Voltei do Peru domingo agora (24/07/11) e eu e centenas de outros turistas foram pegos de surpresa com essa limitação. Nada havia sido divulgado até então. Minha visita à MP estava planejada pra sexta-feira, eu ia comprar em Cuzco na quarta, foi quando descobri que os ingressos estavam todos esgotados para os próximos e dias e eu teria que voltar pra Sampa sem visitar o santuário. Nem preciso mencionar o desespero,né? Fui até o escritório de turismo de Cuzco,onde fiquei dando F5 até umas 19h30 (o escritório fechava as 20h). Umas pessoas conseguiram comprar uns ingressos que apareciam do nada, mas tinha sido muita sorte. Voltei pro hotel desolada, mas continuei no F5 na wifi mais lerda do planeta. Quando era umas 20h20 surgiram uns 40 ingressos. Comprei na hora! Na verdade, não era exatamente uma compra e sim uma reserva. Para efetuar a compra eu deveria pagar no banco (FECHADO), no escritório (FECHADO) ou pela internet com cartão Verified (o que não era o meu caso, já que meu cartão é do BB) no prazo de 6 horas, senão meu ingresso voltaria a ser disponibilizado no site (as entradas que vão sendo disponibilizadas "aleatoriamente" são reservas não pagas no prazo que voltam pro site). Eu não tinha chance alguma, então eu tentei pagar pela internet, era a única chance que eu poderia ter. E não é que deu certo? Juro que meu cartão não é verified, tanto que não consegui fazer a compra das passagens da Peru Rail sem entrar em contato com eles por email (assunto pra outro comentário, de tanto rolo que deu), mas no fim das contas deu certo. Conheci MP e agora quero avisar todo mundo pra que não passem o sufuco duzinfernos que passei lá em busca do boleto de entrada. É isso. bjos

Mariana
MarianaPermalink

Ah, eu tinha tentado acessar o site aqui em casa, antes de viajar, mas não abria por nada.

Patricia
PatriciaPermalink

Como vocês estão fazendo pra comprar o bilhete do trem?

No site deles diz
"Dear passenger, we accept all credit cards. Please consider that you must show the credit card used to purchase your ticket upon boarding the train, only if you have Verified by Visa or Securecode MasterCard this wont be necessary."
Eles falam que aceitam todos cartões mas na hora de passar não é possível?

Ainda não tentei porque estou planejando a viagem e não tenho certeza da data...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Patricia! Esse sistema ocasiona problemas com alguns cartões, sim. Faça sua reserva com antecedência; se você não conseguir vai precisar contatar uma agência local.

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Oi Patrícia, eu também tive problemas com o site por conta do cartão,aparecia essa mesma mesnsagem. Eu mandei email e depois liguei...mas acabei conseguindo resolver tudo por email mesmo, foi bem rapidinho. O contato é: callcenter4@perurail.com e reservas@perurail.com

Patricia
PatriciaPermalink

Olá Milena! Muito obrigada pela dica!!
Eles respondem se eu mandar o e-mail em inglês? (Não falo espanhol...)

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Oi Patrícia, em inglês eu não te dou plena certeza, mas é bem provável que entendam, pois quando liguei, havia a opção de falar com os atendentes em inglês. Em relação a você não falar espanhol, não se preocupe, pois o email que mandei foi em português. Eles entenderam direitinho e rapidinho me responderam.

Renato
RenatoPermalink

Olá, Milena. Consegui fazer minha compra na PeruRail da mesma forma que você. Mandei um email em inglês e fui prontamente atendido. Recebi uma resposta do Daniel Calderón- executivo de vendas - através do email dcalderon@perurail.com

Thereza
TherezaPermalink

Estou programando uma viagem para Machu Picchu em janeiro. Entrei no site para conferir valores e ficar ciente dessa nova forma de comprar os ingressos, mas fiquei com uma dúvida. No site, aparecem diversas opções de ingresso quando selecionamos Machu Picchu. Qual delas eu devo comprar? Tem MAPI, Huayna, Machu Picchu Museu ... Fiquei confusa, será que alguém poderia me ajudar? =) Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, thereza! O passseio mais completo é o MAPI-Huayna. MAPI é o sítio arqueológico, certifique-se de comprar pelo menos este ingresso.

Precisamos alertar que janeiro é época de chuvas. Se eu fosse você, programaria esta viagem entre abril e setembro.

Thereza
TherezaPermalink

Obrigada!

Infelizmente não tenho como programar a viagem para outra época, pois sou professora e sigo o calendário escolar ... Minhas férias são sempre em janeiro, não tenho nem como negociar. De qualquer modo, é bom estar ciente de que corro o risco de enfrentar fortes chuvas. O negócio é torcer para que elas não atrapalhem a viagem!

Mais uma vez, obrigada!! =D

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Também entrei no site e fiquei bem confusa... estou planejando minha viagem em outubro. Queria visitar Huaynapicchu, se eu comprar só o ingresso de pra lá posso visitar todo o resto do parque? Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ana Carolina! O ingresso que inclui Huayanapicchu é o mais caro, e inclui também a visita ao parque. Agora apenas 400 pessoas são admitidas na trilha, divididas em dois horários: 7h e 10h.

Petterson
PettersonPermalink

Olá!
Você comentou que as chuvas começam em novembro, mas aquele ano que Machu Pichu ficou "ilhada" foi no início do ano, foi? Quer dizer que o período chuvoso começa em novembro e vai até meados do primeiro semestre? Essa informação dos ingressos on line está excelente!

Um abraço

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Petterson! O período mais crítico realmente é entre meados de janeiro e meados de março.

Karla
KarlaPermalink

Olá. Eu tenho tentado há vários dias acessar o link para a compra de ingressos, mas não consigo de forma alguma. Alguma sugestão para que eu consiga comprar os ingressos que não seja pelo site fornecido aqui?
Um abraço a todos.

simone
simonePermalink

Eu consegui comprar acessando o site bem cedo, pois é bem lento e acho que está sendo super acessado. Comprei dia 27 de julho, logo que vi a notícia aqui no blog. Ainda tinham muitos ingressos para agosto, comprei para o dia 08/08. Esta semana tentei entrar e não consiguir. Comprei com o cartão Visa Bradesco.

Leticia
LeticiaPermalink

Olá. Ontem eu consegui acessar o site mas não consegui comprar. Tentei de novo à noite, tentei hj o dia todo e nada... Acho que vou tentar de madrugada, hehe

Maria Julia
Maria JuliaPermalink

Oi, gente!!
Tentei hoje a madrugada inteira e nem pelo IE nem pelo mozilla o site pra comprar o ingresso tá entrando. A sorte é que vou pro Peru em janeiro e ainda tem tempo. Achei legal essa restrição, mas a forma de comprar (só pelo site do governo) é que está péssima... abraços!

Andre L.
Andre L.Permalink

Se o site funcionasse, acho que seria a melhor medida. Caso contrário, aconteceria como em Bonito: um oligopólio de agências de viagem dominando toda a quota de visitantes.

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

André, concordo com vc a respeito do oligopólio, mas não sou contra, pois isso deixa a coisa bem organizada, o que é difícil de acontecer no Brasil e preserva as belezas naturiais, apesar de deixar tudo mais caro.

Karla
KarlaPermalink

Gente, ontem consegui acessar o site por volta de 18h30, mas infelizmente não consegui efetuar a compra pq meu cartão não é Verified by Visa. Já contactei algumas agências no Brasil a fim de saber se fazem a venda dos ingressos, mas nenhuma delas vende. A minha viagem está chegando (vou dia 19/08) e o desespero cada dia aumenta por conta do problema do ingresso. Alguém para me dar "uma luz"? Não sei mais o que fazer.
Abraço a todos.

guilherme
guilhermePermalink

o cartão de crédito é internacional? habilitou pra uso no exterior? isso faz toda a diferença

Patricia
PatriciaPermalink

Consegui comprar o ingresso com o Visa Itaucard (não é Verified by Visa)!

renata
renataPermalink

Patricia,me da uma ajuda?Estou tentando comprar ingressos com o Itau Visa,mas eles me dizem que no Brasil,so quem tem o sistema Verified by Visa eh o Bradesco.Como vc conseguiu?Alguma manobra especial?Ja comprei passagem,reservei hoteis e nao tenho os ingressos par Machu Picchu.Estou comecando a me preocupar.Obrigada!

Maria Julia
Maria JuliaPermalink

Genteeeeeeeeee consegui finalmente entrar no site!!! Porém, qualquer data que ponho fala que não existe disponibilidade de ingresso!!!! Será que acabaram mesmo?? Até pra janeiro, que é quando pretendo ir, avisa que não tem mais... já aconteceu com algum de vcs??

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria Julia! Deve ter dado algum probleminha no sistema. Há ingressos disponíveis, sim. Mas devemos alertar que janeiro é época de chuvas, que podem ser bastante fortes. A época ideal para visitar Machu Picchu é de abril a setembro.

Veronica
VeronicaPermalink

Olá aqui estou de novo. Depois de utilizar bastante esse maravilhos site para ir a BA, agora estou planejando viajar para o Peru em ago ou set/2012. Já de cara adorei essa informação.
Muito obrigada.

magno
magnoPermalink

Olá vou MP no fim de outubro e gostaria de saber se consigo conhecer Huaynapicchu e machu picchu no mesmo dia ou eu precisaria comprar ingresso para dois dias...
Abraçs..

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Magno! Os ingressos valem para um dia apenas. O de Huaynapicchu inclui Machu Picchu.

Thaís Zundt
Thaís ZundtPermalink

Com esta informação, vou atualizar o post que fiz sobre Machu Picchu no meu blog! Obrigada! www.proximosdestinos.com

flavia
flaviaPermalink

Aproveitando a pergunta do magno é suficiente apenas um dia de ingresso pra conhecer machu picchu e huaynapicchu dá pra aproveitar ou ou é necessário outro dia ? fica corrido num dia só? as informações tem me ajudado muito,desde já obrigada!!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavia! Tente se encaixar na primeira turma do Huaynapicchu, para ter o resto do dia inteiro no parque.

Claudio Motta
Claudio MottaPermalink

Flávia,

Pode ir tranquila! Dá para fazer os dois sim. Mas, diferente da bóia, eu preferi conhecer a cidade antes e só subir na segunda turma... Tem menos gente e as fotos ficam mais interessantes... Ainda sobra tempo na descida para mais uma voltinha por Machu Picchu.

Abraço e aproveite!

Claudio Motta
Claudio MottaPermalink

O que eu quis dizer é que tem menos gente em Machu Picchu no começo. De Huayna Picchu a distância é grande e não faz tanta diferença nas fotos...

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Se o seu pique for bom e você conseguir pegar a primeira turma (das 07h) é para dar, porque Huayanapicchu é para fazer em 2h (a outra turma do dia é às 10h) e MP tem uma trilha menos íngreme, que dura cerca de uma hora (cada trecho).

Eu comecei a fazer MP, mas desisti no meio do caminho porque estava nublado e falei com pessoas que estavam descendo e disseram que do alto não conseguiram ver nada.

Nem tentei ir a Huayanapicchu (no mês passado) porque antes da cobrança e da limitação de pessoas para conseguir entrar na turma das 10h tinha que esperar o ônibus às 02h da madruga ou subir à pé antes da abertura do parque (fui vencida pelo sono, pela preguiça e pelo cansaço de passeios anteriores). Espero que agora esteja mais fácil subir. Quem vai diz que é maravilhoso, mas que é beeem íngreme. Prepare-se!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

ah, Flávia, eu entendi errado a sua pergunta - desculpe! É que tem uma trilha para uma montanha de nome Macchu Picchu e eu pensei que você queria subir as duas.

Huayanapicchu + a cidade dá para fazer com certeza, independente do horário que você vá! Aproveite!

flavia
flaviaPermalink

Oi gente!! obrigada pelas informações,é q como vou ter q dormir em aguas calientes para fazer pegar a turma das 7, fiquei na duvida de dar uma sapeada um dia antes, mas achho q vou me poupar!!!
valeu mesmo!!!
Vou em outubro e descer em La Paz, alguém já foi em Laguna Verde???
Parece q é lindo, e longe tbm, mas tenho dez dias e muuuuitos lugares pra ver,copacabana, quero fazer o lago titicaca,arequipa com canon del coca, puno, vale sagrado....Será q quero demais, kkkk

Ganância vai acabar detonando o paraíso de Fernando de Noronha. Confira e, se possível, fique furioso | Ricardo Setti - VEJA.com

[...] duplica os cruzeiros; evite a ilha no verão”. . . . . . . . . . . . . . . . . Enquanto Machu Picchu limita o número de visitantes por dia, Fernando de Noronha termina de jogar no lixo (a céu aberto) qualquer regra escrita sobre [...]

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Machu Picchu por si só merece muito mais do que apenas um dia! Mas dá pra fazer tudo em um dia só sim, apertadíssimo mais dá! Basta sair de MP antes do meio dia!

RUTHMARA SANCHO
RUTHMARA SANCHOPermalink

Gente, alguém poderia me fornecer um roteiro para cuzzco e Machu pichu e águas calientes???melhor rota, e ordem..etc..

Valéria
ValériaPermalink

Estou de viagem na semana que vem , ingresso comprado tudo emcima e bem informada graças ao blog ! Uma pergunta : é fácil trocar reais em Cuzco ou em Lima ? Comprei doláres mas pretendo levar uns reais até pq a cotação está interessante .....

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Valéria! Não é vantajoso trocar reais fora de Lima. E pode ser difícil e pouco vantajoso trocar em Lima.

Siga as recomendações do Ricardo Freire, válidas para qualquer lugar do mundo:
https://www.viajenaviagem.com/2011/08/a-melhor-moeda-para-levar-para-o-exterior-seu-cartao-do-banco/

natalia machado
natalia machadoPermalink

GOSTARIA DE SABER SE EU JÁ TIVER COM OS INGRESSOS COMPRADOS, POSSO ENTRAR NO PARQUE A QUALQUER HORA. ESTOU QUERENDO COMPRAR INGRESSOS SOMENTE PARA "CIUDAD INKA MAPI". JÁ LI INFORMAÇÕES DE QUE O TREM SAI DE CUZCO À 6AM.
PERGUNTAS:
1- SÃO 4 HORAS DE VIAGEM?
2- SE SIM, CHEGAMOS ÀS 10AM E PODEMOS ENTRAR NO PARQUE ESSA HORA?
3- ALÉM DO TREM, AINDA É NECESSÁRIO OUTRO TRANSPORTE PARA CHEGAR AO PARQUE? OU O TREM JÁ NOS DEIXA NA ENTRADA?
4- A QUE HRS FECHA O PARQUE?
5- QUE HRS SAI O TREM DE VOLTA A CUZCO?
6- SERÁ MTO ARRISCADO FECHAR TUDO PELA INTERNET E NADA POR AGÊNCIA?
MUITAS PERGUNTAS!! rsrsrs...
OBRIGADA!
NATÁLIA

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Olá Natália, acabei de voltar do Peru e estive em Machu Picchu também!!! Quanto ao horário de entrada no parque, você pode entrar sim depois das 10 hs. O último horário de subida do ônibus é às 15:30.
São pouco mais de 3 horas de viagem partindo de Cusco.
Além do trem é necessário o ônibus para subir até a entrada do parque, o trem não faz isso. Abaixo vai o link da empresa de ônibus com valores e horários:
http://www.consettur.com/index.html
O horário de fechamento do parque é às 17:30, mas você pode dar uma olhadinha no site de venda de ingressos abaixo:
http://www.machupicchu.gob.pe/
O trem de volta a Cusco depende do horário que você queira voltar, não existe só um horário. dá uma olhada no link abaixo:
http://www.perurail.com/en/index.php
Eu fechei tudo pela internet e nada por agências, com exceção dos passeios nos arredores de Cusco. Não tive problemas quantos aos passeios e entradas e boletos. Eu fechei os passeios com a Machu Picchu Brasil e gostei muito do atendimento. O link deles é: http://www.machupicchubrasil.com.br/
Abraços,
Milena

Cristina
CristinaPermalink

Olá Milena,
Vou para o Peru na sexta, só vou ter um dia para conhecer Machu Picchu: domingo. Estou em dúvida de qual ingresso comprar. Quero conhecer as ruínas. Qual me sugeres: Cidade Inka Mapi ou Machupicchu e Museo?
Sabes se é possível comprar na hora?
Ainda há bastante vagas no site.
Abraço,
Cristina

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Olá Cristina!!! Eu comprei o ingresso apenas para a ciudad Inka Mapi. Cheguei lá na cidadela por volta das 8:20 da manhã. Contratei o guia e depois fiquei passeando com calma até às 13:30. Desci para AC almocei e dei uma olhadinha na cidade pois meu horário de trem era 16:43. Eu não sei como é esse Museu, mas preferi dar prioridade a cidade e não me arrependi. Quanto à compra de ingressos, ela só pode ser feita pelo site.
Não se esqueça do repelente e caso esteja fazendo sol, leve chapéu e use e abuse do protetor solar...esqueci de passar e até hoje tenho a marca da camiseta smile
* quando for contratar o guia, não contrate uma chamada Graziela...péssima guia, explicação muito vaga e deixou de mostrar e explicar muita coisa. Normalmente eles ficam do lado de fora perguntando se querem o serviço.
Abraços,
Milena

Milena Ribeiro
Milena RibeiroPermalink

Olá Cristina! Quando fui, comprei apenas Ciudad Inka Mapi. Cheguei lá por volta de 8:20 da manhã, contratei o guia e depois fiquei passeando com calma. Desci para AC por volta de 13:30, almocei no Tottu's e depois fui dar uma olhadinha na cidade, pois meu trem era para às 16:43. Não sei te falar do museu, pois preferi dar prioridade a cidadela e não me arrependi.
Quanto à compra de ingressos, ela só pode ser feita pelo site.
Não se esqueça de levar água, pois lá dentro não vende nada. Use repelente e caso esteja fazendo sol, use chapéu e muito protetor solar. Esqueci de passar e até hoje estou com a marca da camiseta. smile
* caso vá contratar um guia, não contrate uma chamada Graziela. Ela é péssima, deu uma explicação super corrida, artificial e vaga...deixou muita coisa sem mostrar e explicar. Eles ficam do lado de fora oferecendo o serviço.
Não esqueça de carimbar o passaporte antes de passar pela catraca. A mesa do carimbo fica ao lado do guarda volumes interno.
Abraços,
Milena

Cristina
CristinaPermalink

Uma xará minha passou aqui e pegou dicas que espero usar um dia. Mas a Cristina carioca, que os trips conhecem, ainda irá lá rsrs

Natalie
NataliePermalink

Pessoal mais antenado do Brasil,

Estávamos com problemas para conseguir comprar as passagens de trem até Macchu Picchu. Ligamos para o hotel de Cusco que nos indicou uma agência local que cotou todos os passeios, guia "particular", trem e ingressos. O roteiro passando pelo Valle Sagrado ficou bem interessante e o valor melhor ainda wink

Mas para confirmar essa reserva a agência pediu que enviássemos o valor integral do orçamento via transferência bancária.

Nessa hora comecei meu dever de casa... procurei por reclamações no Google e no Trip Advisor, entrei em contato com o pessoal do IPeru (Turismo Peru) e por enquanto não encontrei nada que me preocupasse.

No manual do turista descolado, não estou esquecendo nenhum detalhe anti-roubada?

Agora é aquela hora que a gente confia e seja o que Deus quiser?

Brigadão pelo apoio moral smile

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Natalie! O ideal nessas horas é conseguir pagar por cartão de crédito ou PayPal, porque fica mais fácil de "trackear" a remessa e tentar um ressarcimento caso seja necessário. Mas o fato de o hotel ter indicado a agência é um atenuante importante.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Eu não aceitaria transferência bancária, não, Nat; achei esquisito. Tô com a bóia: cartão ou paypal. Mesmo sendo indicação do hotel. Dá mesmo tanta diferença ($$$) assim que não compense comprar direto nos fornecedores?

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Mari,
Acho que as coisas estão um pouco mais complicadas para o viajante independente. Por exemplo, só dá para comprar os ingressos para Machu Picchu, do Brasil, com um cartão Verified by Visa ou por uma agência. Salvo engano, o mesmo acontece com o bilhete de trem da Peru Rail. Algumas pessoas conseguem - sei lá como - "burlar" o "verified by Visa", mas não são todos. Enfim, se é preciso de agência ingresso e bilhete de trem, acabo vendo por quanto fica o pacote completo.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Nat,
A agência de Arequipa pediu 20% do valor do passeio para o Vale do Colca via Western Union ou Money Gram. Nada de paypal ou cartão, apesar da minha insistência. Mandei o dinheiro (pouco) via Western Union morrendo de medo. O processo foi muito estranho, pois eles só pedem o nome da pessoa e a cidade/país para onde a grana deve ser enviada (Como assim? Não preciso dar um número de documento do destinatário?). Recebi um papel com um número, avisei à agência e comecei a rezar. No final deu tudo certo, mas o medo foi grande.
Parece que esse lance de enviar o dinheiro é comum por lá, mas não é possível negociar de enviar um sinal e pagar o resto na hora?
Vou ficar torcendo para que tudo dê certo wink

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Nat,
Estamos conversando no twitter, mas passei aqui para deixar o registro. A Asociación de Agencias de Turismo del Cusco http://www.aatccusco.com/ Tem um "Listado de Socios Activos" que está na barra "socios" do menu principal. Não me parece haver um bom motivo para a agência não estar listada lá sad

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Não pague nada adiantado no Peru, vão te cobrar cerca de 30% a mais pelo valor que você poderia encontrar direto na agência em Cusco. É importantíssimo aprender a barganhar os preços nesse país, principalmente dos tours! Pra se ter uma idéia, cotei um city tour em Cusco antes de ir, pela internet, queria me cobrar 100 SOLES!! Quando cheguei na cidade, procurei por uma agência e de cara já achei por 50 SOLES. Pechinchei e paguei 25. Quem entende!!

Natalie
NataliePermalink

Pessoal,

Passei aqui para deixar o feed back da nossa dúvida...

Ainda no Brasil negociamos com a moça da agência e pagamos apenas 50% do nosso orçamento adiantado. Confesso que foi uma das ações mais corretas nessa viagem. Logo que chegamos em Cusco encontramos a dona da agência e ela pessoalmente nos entregou todos os comprovantes, tudo certinho sem a menor dor de cabeça. E o guia que nos acompanhou por alguns dias foi bem bacana.

Se vocês quiserem eu passo o contato da agência. Serviço aprovado razz

Janaina
JanainaPermalink

Oi, Nat... gostaria de mais informações sobre a agência que você contratou, valores e como foi sua viagem. Obrigada

marina gurgel
marina gurgelPermalink

Oi Natalie!

Qual o contato dessa agência que você contratou em Cuzco? também estou encontrando problemas ao tentar comprar as passagens de trem e o ingresso para machu picchu...

Natalia Machado
Natalia MachadoPermalink

Poxa, Milena! Muito obrigada pelas dicas! BRIGADAAAAAAAAAAA!!!

Nishan
NishanPermalink

Aqui na Am.Latina utiliza-se muito o serviço da Western Union para fazer pagamentos de reservas de hotéis e passeios na Argentina, Chile, Peru e outros países. O que eu sempre recomendo às pessoas é verificar com o hotel, ou agência de turismo no exterior, se é possível utilizar o seu cartão de crédito emitido no Brasil para realizar tais transações. Além deste método ser mais seguro e profissional, o custo dele é menor do que o da Western Union. Lembre-se que ao fazer este tipo de transferência para o exterior, você estará enviando dinheiro a uma PESSOA FÍSICA. Ou seja, caso a pessoa que receba o seu dinheiro no exterior, resolva "desaparecer", vôce é que ficará com o prejuízo, pois o que foi realizado foi apenas uma transferência de dinheiro entre duas pessoas sem nenhuma relação comercial (tanto é que somente é exigido o nome, sobrenome, cidade e país do recebedor da remessa). Devido a isso, recomenda-se fazer essas operações com alguém que você conheça ou confie. No entanto, nem sempre isso é possível.

Em relação a tranferência bancária, isso somente deve ser feito em último caso, quando o opção do cartão de crédito e Western Union realmente não forem disponíveis. Devido ao custo altíssimo dessas transferências, você chega até a pagar mais nas taxas bancárias do que no serviço ou passeio que você vai adquirir.

Carolina
CarolinaPermalink

OLA , ESTOU INDO PARA CUZCO COM MEU MARIDO E MEUS DOIS FILHOS, 15 E 8 ANOS, IREMOS AO MACHU PICHU, JA COMPREI AS PASSAGENS HOJE DA PERURAIL, MAS NO SITE DE COMPRAR O INGRESSO, NAO CONSIGO COMPRAR MEIA PARA MEUS FILHOS, ALGUEM SABE POR QUE?
VOU SEMANA QUE VEEM.NAO QUERO CORRER RISCOS DE FICAR SEM ENTRADA.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Carolina,
Desconheço que eles vendam meia entrada para crianças/idosos. O único desconto parece ser dado é para estudantes e com a carteira específica. Além disso, esses ingressos só podem ser comprados em Cusco. Veja informe que consta do site: " La compra del boleto de ingreso a Machupicchu modalidad ESTUDIANTE es única y exclusivamente en las oficinas de la Dirección Regional de Cultura - Cusco y en las agencias de turismo debidamente autorizadas, presentando su ISIC CARD original y vigente."

Thiago Castro
Thiago CastroPermalink

Pessoal, se puderem, por favor dêem nomes aos bois!! Ao falar que a agência e/ou o guia foi super bacana, pq não dar o nome da agência/guia? E pq não dizer o valor logo de cara? Não precisa ngm perguntar, são informações importantíssimas que vcs já tem atualizadas (para quem acabou de voltar).

Let's help each other!! grin

A cidade perdida – Machu Picchu « viajanteremediado

[...] 2500 visitantes por dia. Os ingressos só são vendidos on line.  Vale a pena dar uma olhada nessa matéria  para não ter surpresas. momento "animal [...]

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Olá pessoal do VnV. Estou programando minha viagem ao Peru para julho/2012.
1) Planejo viajar direto para Cuzco, onde dormiria a primeira noite. No dia seguinte faria o passeio ao valle sagrado com as agências locais (boleto), sendo que nesse mesmo dia pretendo pegar o trem do valle sagrado até aguas calientes, onde devo dormir e no dia seguinte visitar o santuário inca. Devo pegar o trem das 19h ou o das 21h?
2) Estou vendo no site para comprar as entradas em Machu Picchu e vi que somente há disponibilidade de entradas até o dia 08/01/12. É sempre assim mesmo, somente disponibilizam as entradas por um período de até uma semanada a frente da data em que se está fazendo a compra?
3) Pretendo também, no mesmo dia da visita ao santuário, voltar para Cuzo no trem da tarde. Dá tempo pegar o trem das 16:22 ou o das 16:43?
4) De volta a Cuzco, pretendo dormir e no outro dia fazer algum outo passeio por lá. À noite pretendo ir até Puno, para fazer o passeio no lago Titica. Dá para viajar à noite de ônibus de Cuzo à Puno, quer dizer, tem ônibus noturno que chegue a tempo de no outro dia fazder o passeio pelo lago Titicaca?
5) Em Cuzco mesmo, as agências vendem o passeio pelo Lago Titicaca?
6) E as entradas em machu picchu, qual a diferença entre machupicchu e machupicchu-montaña?
7) Como funcionada o traslado de aguas calientes até o santuário? Ao comprar as entradas no site, já é disponibilizado o voucher do transporte tb? Pergunto isso p q devo chegar em aguas calientes tarde da noite e no outro dia bem cedo já iria para machupicchu, não dando tempo assim de passar em agências locais.
Ficaria muito grato se pudessem me ajudar.
Valeu.

Natalie
NataliePermalink

Mendonça,

vamos ver se consigo resolver todas as suas dúvidas... voltei do Peru em Outubro e também encontrei uma certa dificuldade para terminar o roteiro como eu gostaria.

1) geralmente as pessoas chegam em Cuzco e partem direto para esses tours do Vale Sagrado, mas vale a pena garantir um momento para seu corpo descansar e se acostumar com a altitude e também para aproveitar o clima da cidade. Cuzco é uma cidade histórica muito simpática, vale a pena conhecê-la e não servir apenas como base para o Valle Sagrado.

Se você optar pelo trem das 21hrs vai chegar bem tarde em Águas Calientes e se você quiser chegar a tempo de ver o nascer do sol em Machu Picchu no dia seguinte praticamente não vai conseguir descansar. (Eu sai do hotel as 5hrs da manhã)

2) Eu não consegui comprar as passagens de trem, segui a indicação do hotel em Cuzco e contratei uma agência local que conseguiu as passagens e os ingressos de Machu Picchu. Posso te indicar o contato, mas aviso que é uma empresa pequena que exige pagamento antecipado por depósito bancário. (É sempre um risco essa tipo de transação, eu arrisquei e deu tudo certo).

3) Eu peguei o trem das 16:40, deu tempo de subir e descer de Huayna Picchu numa boa, mas curti tanto aquele lugar que queria ter ficado até o último trem.

4-5) não fui para Puno então nessa parte eu não consigo te ajudar, mas existem inúmeras agências locais em Cuzco que vendem todo tipo de passeio e tour que você imaginar. A Camila Navarro do blog Viaggiando fez um trecho de ônibus no Peru e não aprovou muito a experiência. Vai do espírito de mochileiro de cada um.

6) Você pode optar por comprar a entrada só para Machu-Picchu ou incluir a trilha até Huayna Picchu (aquela famosa montanha mais alta que sempre aparece nas fotos) A subida leva cerca de uma hora e a vista é pra lá de incrível.

7) As vans saem perto da estação de trem de Águas Calientes direto para a entrada de Machu Picchu. Você consegue comprar o ticket na hora, mas pode pegar uma fila. Nos horários de "pico" as vans saem praticamente a cada 5 minutos. Não comprei esse ticket na hora porque a agência de Cuzco havia providenciado tudo para mim, mas se você quiser posso consultar o valor.

qualquer dúvida, é só falar wink

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Muito obrigado, Natalie. Foram muito preciosas as suas informações. Minha intenção mesmo era aproveitar um pouco mais Cuzco, mas somente na volta, pois como existe um tipo de boleto das agências locais de Cuzco que fazem o passeio até o Valle Sagrado, acharia mais conveniente ficar logo lá para pegar menos tempo de trem. Pelas sua dica, acho que vou alterar para ficar o primeiro dia inteiro em Cuzco e somente no outo dia ir ao Valle Sagrado.
Vc poderia indicar a agência e o hotel q vc ficou em Cuzco.
Muito obrigado.

Natalie
NataliePermalink

Mendonça,

o boleto turístico de Cuzco garante acesso as seguintes atrações da cidade e da região: Moray, Ollantaytambo, Pisac, Chinchero, Tambomachay, Pukapukara, Q'enqo, Saqsayhuaman, Tipón, Pikillacta, Museo de sitio del Qoricancha, Museu municipal de arte contemporânea, museu histórico regional, museu de arte popular, Monumento Pavhacuteq e Centro Qosqo de arte nativo.

Em outubro de 2011, o boleto turístico para adulto (não estudante) custava 130 sóles. Esse boleto garanta apenas a entrada nas atrações citadas, mas as agências locais costumam cobrar pelo transporte e pelo serviço do guia (acrescente isso no seu orçamento). Acho muito corrido visitar tudo isso num único dia, mas entendo perfeitamente quem escolhe essa alternativa. Tudo depende do seu ritmo de viagem e disponibilidade/interesse pela cultura local.

Para visitar as principais igrejas do centro de Cuzco, você pode comprar um outro tipo de boleto que dá desconto e garante a entrada na Catedral da cidade, La Compañía, igreja de San Blas e Museo Religioso. Custou 25 sóles (se eu não me engano.)

Fiquei no Loreto Hotel em plena Plaza de Armas com direito a café da manhã e internet fre --> http://www.loretoboutiquehotel.com/

Optei por terminar meu dia em Ollantaytambo e de lá seguira para Águas Calientes.

Polliana
PollianaPermalink

Pessoal, que site confuso esse para a compra do ingresso, hein?
olhei hoje e só consigo verificar disponibilidade de ingressos para até o dia 9. Costuma ser assim mesmo ou seria por conta do mau tempo?
Outra coisa... na opção de passeios tem "Machupichu", "Machupichu - Museu", "Machupichu - Huyanapicchu" e "Machupichu - Montaña Machupichu". Para quem vai ficar só um dia, o que seria o recomendado?

Natalie
NataliePermalink

Polliana,
o site é bem confuso mesmo. Tente entrar uma vez por dia para ver aparece outras datas/opções. Em último caso, você pode tentar ligar no call center da empresa via skype e tentar mais informações ou confirmar a possibilidade de fazer a reserva por telefone (não sei se é possível, mas quem sabe wink ).

Nesse post a Lu Malheiros relata essas dificuldades para conseguir comprar o ingresso para Machu Picchu -->

http://dividindoabagagem.blogspot.com/2011/07/mudancas-na-compra-de-ingressos-para.html

Para confirmar a compra o cartão de crédito precisa ser internacional e "verified by Visa"

Eu optei por contratar uma agência local que comprou e resolveu todos os ingressos, trens e tudo mais (mas foi uma transação BEM arrisca porque eu não tinha nenhuma referência, além da indicação do gerente do hotel, sobre a agente de viagens local que eu estava contratando)

Machupichu = visita a toda cidade inca

Machupichu – Huyanapicchu = inclui a trilha/subida até aquela montanha mais alta e famosa de Machu Picchu (+/- uma hora de subida. A vista é de tirar o fôlego)

Machupichu – Montaña Machupichu = inclui a trilha/subida até montanha oposta de Huyanapicchu (não subi e também não tenho referências do nível de dificuldade da subida)

Se você dormir em Águas Calientes e chegar antes por volta das 6horas da manhã, dá pra fazer a visita, aproveitar o nascer do sol e fazer a trilha até Huyanapicchu em um único dia, mas eu voltei para Cuzco bem cansada. Foi lindo e voltei querendo ficar por lá mesmo grin

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Polliana,
Acho que a Nat já explicou tudo! Só lembraria que, na hora de fazer a reserva, caso você tenha alguma dificuldade em concluí-la, mude de navegador (pode ser que o site funcione bem no Internet Explorer).
Não sei por que eles estão liberando poucas datas em janeiro. Nos outros meses que consultei havia disponibilidade para o mês inteiro...
Nat,
Obrigada pela lembrança do Dividindo a Bagagem!

Natalie
NataliePermalink

Pois é, Lu... também não entendo

Quando eu fui comprar também apareciam poucas datas bem próximas ao dia do orçamento e quase nenhum na data da viagem. Não sei se as grandes operadoras bloqueiam muitos ingressos ou se o site que não é atualizado frequentemente.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Nat e Polliana,
Não aguentei a curiosidade e liguei para o call center. Eles só estão com datas até o dia 08 de janeiro, pois haverá um aumento no preço do bilhete a partir do dia 09! wink Depois do dia 09, tudo deve voltar ao normal.
Perguntei sobre a questão do sistema Verified by Visa - algo que limita bastante a compra independente - e me falaram que eles estão pensando em fazer mudanças no site para aceitar outros cartões. Não há prazo para que essa mudança ocorra sad

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Nat e Polliana,
Liguei para o call center deles. Os ingressos só estão disponíveis até dia 08, pois dia 09 haverá um aumento! A partir do dia 09, todas as datas estão liberadas wink

Polliana
PollianaPermalink

Oba!! smile

Polliana
PollianaPermalink

Natalie... muito obrigada pela sua prestatividade. Valeu demais!

Natalie
NataliePermalink

Imagina!
A gente vai se ajudando sempre que possível wink A Lu, por exemplo, pensou em fugir do Brasil porque não aguentava mais o caminhão de perguntas que eu fiz sobre o Peru na época do planejamento da minha viagem mrgreen

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Nat,
Que nada! Queria mesmo era dar um pulo em Valinhos! wink

Jaqueline
JaquelinePermalink

Pessoal,
Mais que conhecer Machu Pichu - de preferencia na época da Festa sol, em 24 de junho - gostaria de combinar na mesma viagem a ida ao Salar de Yuni, na Bolivia, e também ao Deserto do Atacama, no Chile.
Alguém conhece alguma operadora que ofereça pacote entre estes 3 países?
Ou seria o caso de eu planejar sozinha a viagem? Onde posso encontrar sugestões sobre como planejar os deslocamentos, por exemplo?
Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jaqueline! O salar de Uyuni pode ser visitado a partir do Atacama, mas Machu Picchu está longe e não tem nenhuma ligação. Você teria que voltar a Lima, voar a Santiago e de lá a Calama.

Rodrigo Azpt
Rodrigo AzptPermalink

Olá Pessoal. Consigo comprar entrafa para Machu Piccho direto em Cusco sem ser por agencia? Se sim como proceder? Sobre o ingresso do trem, consigo comprar direto no ponto de venda da perurail em Cusco?
Thanks!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Agora só se pode ir a Machu Picchu com ingressos comprados antecipadamente pela Internet. Os detalhes estão no post acima wink

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Rodrigo,
Como está dito no post, limitaram o número de visitantes a Machu Picchu (MP). O ideal é que você compre os ingressos antecipadamente pela internet usando um cartão do tipo Visa Verified by Visa (só emitido pelo Bradesco). Você pode usar o cartão de um parente para fazer o pagamento, pois o nome no ingresso para MP não precisa ser o mesmo do dono do cartão.
Eu não arriscaria, mas, fora da alta temporada (julho a setembro) você pode fazer uma reserva ao chegar ao Peru. As reservas valem por 6h e nesse período você deve fazer o pagamento em um dos caixas do Banco de la Nación, ou na Asociación de Agencias de Turismo del Cusco, ou Oficinas de la Dirección Regional de Cultura – Cusco, ou ainda na Oficina de recaudación del Centro Cultural de Machupicchu - Aguas Calientes. Veja mais informações em http://www.machupicchu.gob.pe/
Não é possível conseguir o desconto para estudante via internet.
Quanto a passagem de trem, até é possível comprar nas oficinas da Peru Rail, mas você corre o risco de não encontrar para o dia/horário que quer. Compre pela internet! É bem mais simples que a compra para o ingresso para Machu Picchu smile No caso da passagem de trem, não é preciso ter um cartão do tipo Verified by Visa para efetuar a compra online. Por outro lado, se você usar outro tipo de cartão para a compra online, será necessário apresentá-lo no momento do embarque.

Paula
PaulaPermalink

Boia, me ajuda!
Pretendo ir a Lima, Cusco e Machu Picchu em abril, mas precisamente na semana apos a Semana Santa (inicio do mes). Sera que é uma epoca boa por conta da chuva? Li algumas notas na internet quanto a melhor epoca e muitas dizem que se deve evitar os meses de janeiro e fevereiro, e o que melhor é julho a setembro, mas e abril? rsrsrss, como fica?
Obrigada desde já!
Paula

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Significa que abril não é tão chuvoso quanto janeiro e fevereiro, nem tão seco quanto julho grin

Paula
PaulaPermalink

Obrigada, Boia. Vc recomenda ir mesmo assim?
Estou pensando em arriscar, ai ai, que medo de dar zebra! smile) rsrs

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! A gente informa as condições, mas quem decide o nível de risco que fica confortável em assumir é quem viaja...

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Olá pessoal do MD. Estou muito precisando da ajuda de vocês. Estou fazendo o planejamento de minha viagem ao Peru em julho, com uma pequena passagem em Copacabana, na Bolívia, e estou com algumas grandes dúvidas.
Tracei dois roteiros, indicados a seguir:
ROTEIRO 1:
08/jul FORALEZA - LIMA
09/jul LIMA
10/jul LIMA - JULIACA - PUNO - COPACABANA
11/jul COPACABANA
12/jul COPACABANA - PUNO - CUZCO
13/jul CUZCO
14/jul VALLE SAGRADO - ÁGUAS CALIENTES
15/jul MACHU PICCHU - CUZCO
16/jul CUZCO - FORTALEZA

ROTEIRO 2:
08/jul FORALEZA - CUZCO
09/jul CUZCO
10/jul VALLE SAGRADO - ÁGUAS CALIENTES
11/jul MACHU PICCHU - CUZCO - PUNO
12/jul PUNO - COPACABANA
13/jul COPACABANA
14/jul COPACABANA - PUNO
15/jul PUNO - JULIACA - LIMA
16/jul LIMA
17/jul LIMA - FORTALEZA

Bem, como vocês podem perceber, o primeiro roteiro me permite ficar um dia a menos sem perda substancial das coisas que pretendo ver. Tenho dúvida - e muitas - a respeito do transporte rodoviário no Peru. Não estou conseguindo muitas informações sobre os ônibus que fazem a rota Puno – Cuzco - Puno. Já li muito e vi algumas companhias decentes como Ormeño, Cruz del Sur, Tour Peru e Tepsa. Ocorre que ou não é possível acessar o site de algumas delas (acho que não existe), como é o caso da Tour Peru, ou, no caso das outras, não consigo simular a compra, não sendo possível sequer verificar os horários.
Alguém, PELO AMOR DE DEUS, poderia me ajudar?
Gostaria de saber se dá certo, no caso do roteiro 1, fazer o trecho COPACABANA - PUNO - CUZCO de ônibus no dia 12, preferencialmente com o trecho PUNO - CUZCO sendo realizado à noite, pois aproveitaria o dia em Puno.
No caso do trecho 2, será que dava para fazer, no dia 11, o trecho MACHU PICCHU - CUZCO - PUNO, sendo MACHU PICCHU - CUZCO de trem no final da tarde e CUZCO - PUNO à noite? Será que chegaria a tempo em Cuzco para pegar algum ônibus para Puno?
Quem puder responder ou pelo menos dizer como encontro os horários dos ônibus (em companhias decentes, é claro) eu seria muito grato.
Em relação aos vôos domésticos no Peru, pude perceber que a LAN tem diferença de tarifas – gritantes, diga-se de passagem - para residentes e não residentes. Vi no Mochileiros.com um comentário de uma pessoas que tinha comprado um bilhete com tarifa para residente e conseguir embarcar numa boa, só que isso foi em 2009. Alguém já conseguiu, mais recente, fazer isso? Alguém sabe se eles realmente conferem no chek-in? Ou melhor: será que no bilhete têm esta observação de residente e não residente? Pergunto isso porque seria outra possibilidade fazer o trecho PUNO – CUZCO, no caso do roteiro 1, ou o trecho CUZCO – PUNO, no caso do roteiro 2, de avião, no valor da tarifa para residente é claro, que é cinco vezes menor do que a de não residente. Será que isso é alguma regra definida em lei no Peru?
Quem puder me ajudar, seria muitíssimo grato mesmo.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Mendonça Junior,
Não tenho resposta para a maioria das perguntas que você fez, mas peço licença para dar uns palpites:
a) Você está planejando muita coisa para pouco tempo. Sugiro que você reduza o número de lugares visitados;
b) Você já viu o tempo de vôo de Fortaleza até Cuzco. É um bocado de tempo! O ideal seria dar uma parada em Lima (acho que você consegue fazer Fortaleza em 15h) e depois seguir para Cuzco. Coloque o trecho doméstico, Lima-Cuzco na passagem internacional;
c) Se você insistir em fazer todas as cidades (desaconselho!), sugiro que faça os trajetos de avião, não de ônibus! Poupa tempo e é menos cansativo! De novo, faça o orçamento com sua agente de viagens incluindo o trecho doméstico na passagem internacional e compare com os preços da Star Perú (cia peruana). A Star Perú tem preço bem melhores que a LAN para voar dentro do país. Se você não tiver um cartão de crédito do tipo Verified by Visa, ainda assim é possível comprar as passagens pelo site deles. Você usa o seu cartão "normal" e eles descontam um sinal de US$ 15 por trecho. A passagem você tira em uma loja Star Perú até 24h antes do vôo.
d) A única empresa de ônibus que sei que tem site na internet é a Crus del Sur http://www.cruzdelsur.com.pe Consulte o site e veja se é possível comprar passagens online.
e) Lembre-se que julho é um ótimo mês para conhecer Machu Picchu (época de seca), mas que é alta temporada!
Boa viagem,

Breno K
Breno KPermalink

Mendonça, como a Lu falou, seu roteiro tá muito corrido. Quando fiz um roteiro parecido, passamos por Copa e Puno, mas estávamos vindo de La Paz. Ano passado passamos para uma amiga o seguinte roteiro (é imperdível passar o dia todo em machu picchu, principalmente depois que todos vão embora):
1 Fortaleza / Cusco
2 Cusco
3 Cusco / Vale Sagrado / Aguas Calientes (fazendo o tour do vale sagrado, ficando em Ollantaytambo para pegar o trem até águas calientes)
4 Machu Picchu (Águas Calientes)
5 Águas Calientes / Ollantaytambo / Cusco
6 Cusco / Lima
7 Lima
8 Lima
9 Lima / Fortaleza

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Lu e Breno, agradeço pelas informações.
Inicialmente tb achava corrido este roteiro. Em relação ao que vc colocou, Breno, a diferença entre o seu roteiro e o meu - na parte em que tem os destinos comuns, é claro - é que tem uma noite a mais em Águas Calientes e duas a mais em Lima. No meu roteiro 1 eu iria chegar em Cusco na madruga e no primeiro dia fazia os passeios por lá. No outro dia fazia o Valle Sagrado ficando exatamente em Ollantaytambo para pegar o último trem até Águas Calientes, onde dormiria e no outro dia cedo iria para Machu Picchu. Neste dia, ao invés de dormir novamente em Águas Caliente, já iria direto, no fim do dia para Cusco.
Apesar de aparentemente parecer corrido, está igual a todos os roteiros padrões das agências, inclusives as de Cusco, que andei pesquisando. Em lima, eu realmente não tenho interesse de ficar mais do que duas doites.
Lu, em relação ao vôo internacional direto para Cusco, vou fazer mas de forma inversa: de Cusco direto para Fortaleza. Como pretendo conhecer Lima também, achei melhor ficar logo na ida porque o vôo de Lima para Juliaca, que é o aeroporto que serve Puno, é bem mais em conta (US$ 50,00).
O Vôo de Fortaleza para Lima, apesar de longo, sai de madrugada, fazendo conexão em GRU, chegando no peru por volta das 11h. Certamente não é mais longo do que Fortaleza - Los Angeles, com conexões em GRU e Houston (26h). Esse sim foi cansativo.
Acho que poderia fazer algumas alterações pontuais no roteiro seguindo o conelho de vcs, mas o que está me preocupando mesmo é a questão dos ônibus, que não consigo ver. O site da Cruz sel Sur não dispõe dos horários de/para Puno.
Obrigado novamente pelas dicas e espero que mais alguém possa me ajudar com a questão do ônibus e tb dos vôos.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Mendonça Júnior,
Escreva para a Cruz del Sur e veja se eles te indicam uma agência peruana que poderia comprar os bilhetes para você. Se eles não te indicarem nenhuma, o próprio site de compra de bilhetes para entrar em Machu Picchu tem uma lista de agências que você pode consultar.
Desculpe-me a insistência, mas acredito que seria mais tranquilo e confortável fazer os trajetos de avião.
Cada um tem um jeito de viajar. Se EU tivesse que escolher, seguiria a sugestão do Breno K, mas isso é contigo wink
E, sem querer te desanimar, lembro que muita gente, ao chegar a Cusco sofre do mal da altitude (soroche). O recomendável é não agendar nenhum passeio para o 1o dia.
Boa viagem,

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Pois é Lu, isto também é o que está me incomodando. Se ir para Cusco direto pode ser ruim, imagina para Puno/Copacabana, que é mais alto ainda.
Em relação ao trecho de ônibus somente iria fazer Puno/Copacabana/Puno e Puno/Cusco, que são trechos pequenos. Até já vi o trecho Puno/Cusco pela Inka Epxress, mas queria mesmo um ônibus noturno.
Se tivesse que fazer Lima/Cusco ou vice-versa, certamente iria ser de avião.
Vou tenar o e-mail.
Obrigado mais uma vez.

Camila Torres
Camila TorresPermalink

Oi Mendonça Junior,
Fui exatamente aos lugares que você está querendo ir quando fui pro Peru em 2007... E, concordando com a Lu e com o Breno, está tudo muito corrido ! Uma das coisas que aprendi aqui no VnV é que não conseguimos fazer o mesmo roteiro das agências, já que eles têm experiência, e a gente não. Sempre tem um imprevisto!
Complementando as dicas da Lu e do Breno:
- O primeiro dia em Cuzco é melhor não planejar nada por conta do mal da altitude. Ele não me pegou, mas deve ser bem desagradável. Além disso, vc vai chegar de uma viagem bem cansativa, dá um relax.
E fique pelo menos mais dois dias em Cuzco (pode ser intercalando com a ida a MP e Puno), é uma cidade linda, tem bastante coisa pra ver. A igreja, Sacsayhuaman, Convento de Santo Domingo, museus.
- O esquema de ir pra AC por Ollanta é tranquilo, fiz isso tb. Mas na volta peguei o trem direto pra Cuzco as 15h.
- Fui de ônibus pra Puno, acho que foi essa Cruz del Sur, foi super tranquilo. Compramos o bilhete lá mesmo, acho que não tinha risco de ficar sem. Chegando na rodoviária, dê uma olhada nas plataformas de embarque e no jeitão do ônibus de cada empresa, que daí vai mais garantido.
A estrada é pouco movimentada, o motorista vai devagar. Chegamos lá de madrugada ainda e pegamos um hotel de um cara oferecendo na rodoviária... Sorte que foi bom ! smile
- Puno é uma cidade feiozinha, mas o passeio no lago Titicaca pra conhecer as ilhas flutuantes dos Uros é fantástico, vale muito a pena.
- De Puno pegamos um onibus pra Copacabana tb, de dia. Não lembro mais se o onibus era muito ruim... Acho que era médio, mas tb não era perigoso não. Na hora que chegamos não tinha mais passeio pras ilhas, então dormimos lá e pegamos no outro dia. Além desse passeio, só tem uma igreja bonita pra ver lá, a cidade é minúscula.
- Lima é interessante também, se tiver um tempinho pra passar lá... Juliaca não fui.
A ideia de voltar por La Paz tb é interessante, lembro q fiquei um pouco cansada desse vai e volta.

Espero ter ajudado !

Camila

Camila Torres
Camila TorresPermalink

Ah, mais uma coisa... Eu não iria pra Puno no mesmo dia da volta de Machu Picchu, pelo menos não deixaria a passagem comprada antes... É muito stress, vai que atrasa?
O que você pode fazer, é não reservar nada pra esse dia (nem hotel nem onibus). Se chegar a tempo, pega o onibus. Senão, vai pro hotel e curte o dia em Cuzco.

Na verdade, na época eu não reservei hotel pra esse trecho da viagem (Puno e Copacabana), exatamente porque tinha essas mesmas dúvidas que você. Se vc tiver esse "espírito de aventura" (coisa que acho que não tenho mais ! smile, é uma sugestão.

Jackie
JackiePermalink

Olá Mendonça acabo de voltar de um mochilão Peru-Bolívia. Mas meu roteiro foi diferente do seu. Foi bem corrido no inicio, dormindo em onibus leito direto e mais calmo no final - Lima e Cusco.

BOm, eu nao fui de Puno pra Copa, mas há um trem nesse trecho. Já verificou? Sei tb que tem um da Tour Peru que sai às 21h. De fato é bem difícil achar as infos de horários de bus daqui (e até mesmo lá rsrs). Acho que vc pode confiar na Cruz del sur. Eles tem site e os onibus são ótimos. Como eu fui de mochila, eu simplesmente não reservei os buses. Eu ia pra rodoviária e lá via o que dava. Assim, peguei onibus mt bons como da Cruz del Sur, médio como Julsa e terríveis, uns locais, pingando de cidade em cidade qd não consegui passagem direto pro trecho que eu queria. Se vc estiver no espirito, o que eu digo é que vc chega onde quer rsrs

Acho que seu roteiro está pertado pq Copa ta mt deslocada. Vc está fazendo um U. Talvez em vez de Lima vc pudesse ir a La Paz. Vc tem 9 dias, é isso? POdia voar pra La Paz, ficar um dia lá à toa (altituuuude) e no outro fazer um passeio. No terceiro, pegar um bus e ir pra Copa, em 4 hs vc tá lá. Pega o barco de 13h30 pra Isla del sol e faz o passeio lá e dorme na Isla. O quarto dia fica na isla e sai no fim da tarde pra Copa, onde vc dorme. No quinto dia atravessa pra Puno e vai as islas uros (so tem isso em Puno). No fim do dia já embarca pra cusco. Dorme em cusco e no sexto dia fica pela cidade, faz no maximo um city tour pq a altitude é bem ruim. No setimo dia vai ao Vale Sagrado e já pernoita em Aguas Calientes. É só vc temrinar o passeio em Ollanta e de lá pegar o trem. No oitavo dia vc sobe de AC a Machu Picchu. Desce e vai dormir em Cusco. E no nono dia aproveita mais cusco (a cidade é linda!).

É uma alternativa, mas teria que trocar lima por la paz.

Não tem como ir a Cusco de aviao sem passar por Lima, viu? Entao o melhor é ja ir pra Lima mesmo primeiro. Cusco não recebe voo internacional.

Mantendo seu roteiro, acho que dá pra fazer sim. Se vc chegar por Cusco, acho tranquilo conseguir organizar tudo, porque tem muitas agencias nas ruas. Basta apenas vc ir de espirito livre pra qq mudança no roteiro, não se estressar com isso.

Se for dormir em Copa, durma na Isla del sol. Sensacional! Dormi no Palla Kasa, no topo da isla. é puxado chegar lá, mas é divino.

Ah, sim, viajei de Lima para Cusco pela Taca, pagando 126 dolares para duas pessoas. Veja nessa cia os voos internos.
Abs,

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Valeu Jackie. Acho que você foi quem melhor entendeu meu roteiro.
Acho que suas dicas são boas, mas não trocaria Lima por La Paz não.
Consegui pesquisar um pouco mais e parece que, agora, meu roteiro está encaixando melhor.
Vou primeiro para Lima. Passo o dia de chagada e mais um ou dois. No quarto - caso passe três dias em Lima - pego o vôo de Lima para Juliaca, já que Puno não tem aeroporto. O Vôo chega por volta das 11h e pelo que vi no site da TACA, está custando apenas US$50,00, ou seja, 1/3 do valor de Lima até Cusco. De lá vou direto para Copacabana. Devo chegar mais ou menos meio dia em Puno e de lá vejo o que posso encontrar para Copacabana. Como a viagem em si de Puno à Copacabana é curta, ou seja, sem contar a imigração na fronteira, devo chegar no máximo no final da tarde em Cocapabana. Dormiria lá e no quinto dia faria o passeio pela Isla del Sol, indo pela manhã para não ter que pernoitar na Isla, mas sim em Copacabana mesmo para, no sexto dia de manhã pegar o transporte para Puno. Ficaria por lá para, quem sabe, se der tempo (para mim não seria indispensável), fazer o passeio até Uros e pegar o ônibus das 21:30 da Tour Peru que, pelo que já sondei, é muito bom, ou então da Cruz del Sur. A madrugada seria viajando e chegaria no sétimo dia em Cusco, no início da manhã. Neste dia eu faria o city tour à tarde e veria alguma outra coisa de manhã. No oitavo dia iria fazer o passeio pelo Valle Sagrado, ficando em Ollantaytambo para pegar o trem no final do dia para Águas Calientes. No nono dia - o ápice da viagem - iria bem cedo para Machu Picchu. No final do dia pegava o trem de volta para Cusco. O décimo dia pegaria o vôo de volta ao Brasil com conexão em Lima. No máximo poderia ficar mais um dia em Cusco e ir embora no décimo primeiro dia.
E então, será que agora meu roteiro daria certo?
Vem cá: você saberia dizer que horas teria ônibus de Puno para Cusco pela Cruz del Sur?
Obrigado.

Jackie
JackiePermalink

Olá Mendonça,

do teu roteiro novo, sugiro que vc faça então Uros no dia mesmo em que chega a Puno, já que vc chega lá ao meio-dia. Dá pra fazer tranquilamente Uros e ir pra Copa depois, pernoitar lá como é seu plano. Se vc puder mesmo, eu colocaria mais um diazinho em Cusco. Primeiro por conta da altitude mesmo, que pode te afetar e depois porque o City tour deixa muita coisa da cidade de Cusco mesmo de fora. Então mesmo que vc o faça no dia 1 em Cusco, ainda vai ter muita coisa pra ver por lá (sem contar apenas passear à toa, pq a cidade é linda).
Sobre o ônibus não sei dizer, porque eu fui de Lima pra lá, voando e meus amigos usaram esse das 21h30 da Tour Peru.
Abs,

Mendonça Júnior
Mendonça JúniorPermalink

Pois é Jackie, refiz o roteiro e já coloquei um dia a mais em Cusco. Obrigado pela dica.

Valéria
ValériaPermalink

Mendonça Júnior, também achei seu roteiro mto corrido. Cusco vale uns 3 dias pq a cidade é linda e tem mtas atrações e MP vale um dia inteiro - se for fazer a trilha inca reserve com pelo menos 3 meses de antecedencia... Os onibus são eficientes,mas sempre pode haver imprevistos. Meu trajeto Puno-Cusco, por exemplo, levou mais de 20 horas pq havia um protesto de camponeses bloqueando a estrada! Boa viagem!

Helo
HeloPermalink

Oi Mendonza, fui com o Breno K para o Peru. Visitamos Santiago - San Pedro de Atacama - Salar de Uyuni, La Paz, Copacabana, Puno, Cusco, Arequipa e Lima. Adoramos o Tour pelo Salar de Uyuni. Escrevo isto para te sugerir dar uma pesquisada no roteiro de San Pedro de Atacama ate Puno para uma proxima viagem.

Como disse a Camila, Puno vale a pena para conhecer as ilhas flutuantes e Taquile. Se resolver mesmo visitar Puno, abra um dia para conhecer as ilhas. Fomos de bus pela Inka Expresss de Puno a Cusco. O passeio foi muito interessante.

E gostamos muito de termos feito a trilha inka de um dia. A emoção de chegar a Machu Pichu pela trilha é inesquecivel.

JONATAS
JONATASPermalink

Mendonça Júnior, vc está dando o que falar rsrsrsrs. Da informativa série aprendizado aqui no VnV, viajar devagar, degustando cada lugar é maravilhoso, não tem preço. Viagem corrida tem tudo para ser estressante e se alguma coisa der errado no início pode acontecer um efeito cascata. Digo isto, e vc sendo viajante deve saber, que mesmo as viagens mais tranquilas há sempre o risco de algo fugir do controle. Por mim, pelo nº de dias, Lima e Cusco(com MP é claro)estaria de bom tamanho. Copacabana, Puno poderiam ficar para a próxima viagem que seria à Bolívia que tal? Mas como foi dito, a escolha é sua, cada um tem seu gosto e seu próprio estilo. Um abraço e tudo de bom.

Renato Lago
Renato LagoPermalink

Olá pessoal, primeiramente gostaria de elogiar o excelente trabalho desenvolvido por este blog e também pelos blog´s dividindo bagagem e o idas e vindas.
Estou programando viagem para Lima ,Cuzco e Machu Pichu, no mês junho serão 10 dias, sendo 6 dias em Lima e 4 Machu Pichu / Cusco ), ja li todos os post´s e todas as informações na caixas de dialogo sobre o tema confesso que achei o roteiro bastante complicado, fiz o seguinte planejamento e gostaria de saber se há a algum erro

1) Goiânia/Lima/ Goiânia (milhas TAM)

2) Lima / Cusco /Lima (Star Peru , compar pela net antecedencia, pleo que percebi a principio será cobrado um sinal do meu cartão e tenho o prazo de até 24hrs de antecedência ao vôo para pagar a passagem .
3) Cusco / Aguas Calietnes / Cusco (comprar pela net a pasagem de trem com antecedencia )
4) Aguas Calientes / Machu Pichu / Aguas Calientes ??
5) Entrada ao paque (comprar com antecedencia no site )

Bom ficam algumas dúvidas...
a passagem Lima / Cusco/ Lima a ser paga no balcão da Star Peru no aeroporto pode ser acertada em cartão ou somente em dinheiro ?
A passagem de trem de Cusco para Aguas Calientes se pagam pelo site ja está ok? ou tem que ir na empresa de trem ainda?
Para o trasporte de aguas calientes ao parque encotnra sempre disponibilidade? ou tem que comprar antes...
Qual o melhor roteiro a se fazer no parque , quero ficar 1 dia somente , qual horário de entrada e qual horário de saida?

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Renato Lago,
Tentando responder suas dúvidas:
1) A passagem Lima/Cusco/Lima pode ser paga no balcão da Star peru no aeroporto ou na loja de Miraflores. Você pode pagar com cartão de crédito. Por precaução, leve o cartão que você fez sua reserva pela internet. Leve, também, a mensagem que a Star Peru vai te mandar por email com o seu código de reserva. Fiz isso em julho passado quando fui à Arequipa e não tive problema nenhum.
2) A passagem de trem de Cusco para Aguas Calientes se paga no site da Peru Rail e É PRECISO apresentar o cartão que fez a compra na hora do embarque, caso ele NÃO seja um verified by Visa do Bradesco.
3) O transporte de Águas Calientes para o parque é feito de ônibus. Na alta temporada, o máximo que vai acontecer é você pegar fila para compra a passagem. Dá para comprar com antecedência em Cusco (tem post no Dividindo a Bagagem)
4) Se não me engano, Machu Picchu abre às 6h e fecha às 17h. Pegue um guia na entrada do parque (passeio dura cerca de 3h) e depois fique sozinho aproveitando o clima do lugar. Todo o caminho no parque é sinalizado.
O melhor é dormir em Águas Calientes na véspera da visita ou sair de Ollantaytambo para Aguas Calientes (mais perto). Não recomendo fazer Cusco-Aguas Calientes- Cusco no mesmo dia. É cansativo.
Fico feliz que você tenha gostado do Dividindo a Bagagem. wink
Boa viagem,

Jackie
JackiePermalink

Olá Renato,

fui esse mês ao Peru e fiz Lima, Machu Picchu etc.
Como a Lu já respondeu, só vou acrescentar uma observação do que ocorreu comigo:
1 - Não sei se vc já comprou a passagem Lima-Cusco, mas eu voei Taca e foi excelente (o melhor voo da viagem, na verdade). Eles são pontuais e o serviço é bom. Comprei no cartão direto aqui do Brasil, não tive que fazer nada lá, só embarcar mesmo. Paguei 120 dólates pra 2 pessoas num voo matinal;
2- eu paguei o trem da Peru Rail direto no site da empresa, mas não me pediram o cartão no embarque, mesmo o meu não sendo verified by visa (acho que no Brasil só o Bradesco tem esse, eu não tenho e por isso só consegui comprar o ingresso pra MP lá no Peru mesmo). No embarque me pediram somente passaporte e a passagem;
3 - Tem ônibus pra MP direto, mas no dia em que fui os caixas pra venda da passagem eram muito lentos. Demorei uns 20 minutos apenas nisso. Então, se vc for pra Aguas Calientes na véspera, como eu tinha ido, compre lá assim que chegar que irá adiantar sua vida. O embarque foi bem rápido, só o caixa era lento mesmo.
4 - Por último, eu recomendo muitíssimo que se suba Wayna Pichcu, aquela montanha atrás de MP. A vista é incrível, com o vale e Machu Picchu aos seus pés. Nesse caso recomendo que compre o ingresso pro segundo horário, às 10h (a subida a Wayna Picchu é limitada a 400 pessoas em 2 grupos de 200).
Recomendo que se chegue cedo ao parque e conheça a cidade primeiro. A gente chegou às 7h e teve três horas, foi suficiente pra ver a cidade toda. Aí subimos Wayna Picchu de 10h e chegamos de volta embaixo às 13h. Ainda tivemos mais duas horas para passear pelo parque (e foi bom porque pela manha chovia) antes de descer pra Aguas Calientes, às 15h. Mas foi bom ter feito a cidadela toda antes da subida, porque na volta estávamos bem cansados.
Espero ter ajudado em alguma coisa.
abs,

Nivia
NiviaPermalink

Só confirmando o horário, que a Lu disse (ela tb me ajudou muito nesta viagem!!!) realmente abre às 6h e fecha as 17h, contudo, como vc está indo no inverno, melhor chegar cedo para aproveitar bem.