Mundial de Clubes: para ver o Santos no Japão

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Hakone, Japão

Ano passado, quando o Campeonato Mundial de Clubes foi disputado em Abu Dhabi, uma legião estimada entre cinco e oito mil torcedores colorados invadiu os Emirados Árabes Unidos. O Internacional deu vexame – não chegou à final, eliminado pelos congoleses do Mazembe – mas a torcida fez bonito, colorindo de vermelho as ruas (está bem: os shoppings) de Dubai durante toda a duração do campeonato.

Este ano muda o cenário e o elenco. O campeonato volta a ser disputado no Japão, e o representante da América do Sul é o Santos. Repetirão os santistas a invasão colorada de 2010? É provável. Se você está considerando assistir a Neymar e Ganso contra Messi, saiba como chegar lá – e aproveitar melhor a viagem.




Kyoto, Japão

Quando e onde

O campeonato acontece de 8 a 18 de dezembro, mas os primeiros dias servem apenas para definir quais serão os adversários de Santos e Barcelona nas semifinais. O primeiro jogo do Santos será no dia 14, em Toyota. A final será dia 18, em Yokohama. Toyota – ou, como os japoneses chamam, Toyota-shi – é o berço da montadora que patrocina a Copa; fica nos arredores de Nagóia, a 400 quilômetros de Tóquio. É preciso pegar o trem-bala a Nagóia (duas horas de viagem); de lá leva-se mais uma hora até o estádio. Já Yokohama fica do ladinho da capital: o percurso de trem dura meia hora.

Asakusa, Tóquio

Por conta própria ou por pacote?

É perfeitamente possível organizar uma viagem a Tóquio para a época do campeonato por conta própria. Pode-se chegar por inúmeras rotas (Estados Unidos, Canadá, México, Dubai, Qatar, Europa) e ainda não há dificuldade em reservar hotéis para a época do campeonato. Passagem e hospedagem (dividindo um hotel econômico, tipo os da rede Toyoko Inn, pode trazer o custo inicial da viagem bastante abaixo dos US$ 4.000. Ir de pacote, no entanto, traz duas vantagens – uma emocional, outra racional. A vantagem emocional é estar sempre entre santistas e transformar a viagem numa farra. A vantagem racional é garantir os ingressos dos jogos. Ano passado isso se revelou irrelevante, já que o torneio não despertou o interesse local e havia ingressos à venda até a hora do jogo. Mas no Japão será diferente: o público é ávido por futebol. E contra o torcedor santista ainda pesam dois fatores: o adversário do primeiro jogo pode ser japonês (o time anfitrião está na mesma chave), e Neymar já tem estatura mundial de craque. Os ingressos para o público ainda não começaram a ser vendidos; caso você vá por conta própria, fique ligado no site oficial do torneio.

Loja da Prada, Tóquio

Como é pacote oficial

A agência de viagem do Peixe, a Santos F.C. Tour, está fazendo uma operação conjunta com a Freeway Sports, que tem a experiência de já ter atuado ano passado no Mundial de Abu Dhabi. Os preços variam entre US$ 5.500 (onze dias de viagem, oito noites em acomodação dupla com café da manhã, voando American Airlines – ida por Dallas, volta por Nova York) e US$ 6.500 (quinze dias de viagem, doze noites em acomodação dupla com café da manhã, voando Qatar Airways, via Doha). Os traslados estão incluídos, assim como um almoço no Boteco da Vila que será montado em Tóquio. Os ingressos serão cobrados à parte, pelo valor oficial, sem sobretaxas (os preços ainda não foram divulgados). Todas as noites de hospedagem serão em Tóquio, no hotel Keio Plaza, que fica no muvucado bairro de Shinjuku, coladinho à estação do metrô. Para maiores informações, acesse santosnojapao.com.br.

Metrô de Tóquio

Para aproveitar Tóquio

O segredo de curtir Tóquio é aquilo que ingleses e americanos chamam de “serendipity” – a mágica de tirar proveito das coisas que acontecem ao acaso. Não perca tempo tentando achar endereços específicos: sem um mapa detalhado, nem um toquiota da gema consegue se achar na sua cidade. O melhor é esquadrinhar a cidade pelas estações principais do metrô, e se deleitar com o que encontrar pelo caminho.

Japan Rail PassJapan Rail Pass, o passe campeão

Para tirar o máximo proveito da sua viagem ao Japão, faça antes de sair do Brasil um Japan Rail Pass. É o passe com o melhor custo-benefício do planeta: por US$ 360 (praticamente o preço de uma passagem de ida e volta a Kyoto) você tem direito a sete dias consecutivos de viagens de trem na Japan Rail – incluindo os trens-bala – e, de quebra, ainda usa na faixa a linha mais importante do metrô de Tóquio, a linha Yamanote. Você pode usar o seu passe para visitar os templos de Nikko (duas horas), passar um dia na cidade imperial de Kyoto (duas horas e vinte minutos) e dar um pulinho à Disneyland Tokyo (15 minutos). Para ver o Monte Fuji, vá num dia claro até Odawara (35 minutos), onde você compra o passe para percorrer o parque de Hakone, que proporciona as melhores vistas do venerável Fuji-san. Mesmo na segunda classe (“ordinary”) você pode fazer reserva gratuita de assento; basta se dirigir ao guichê de estrangeiros nas estações. O passe é vendido por agências de viagem e é preciso ser comprado antes de deixar o Brasil. Indo por conta própria, o passe fica ainda mais útil, porque você pode programar pernoites em outras cidades. Pesquise horários de trem em Hyperdia.com.

Para montar uma viagem mais abrangente por conta própria, clique nos links ao pé do post.

Kaitenzushi em Tóquio

Antes e depois

Até alguns anos atrás, parecia haver uma única rota a Tóquio: Varig e Jal ofereciam vôos diretos, com escala em Los Angeles. Hoje, sem rotas diretas, tanto melhor: as opções de conexões são muito mais numerosas, e quase todas convidam a uma parada, na ida ou na volta. Nova York? Dubai? Amsterdã? Barcelona e Cingapura? San Francisco? Toronto? As possibilidades são tentadoras. E se você tiver um mês de férias, pode transformar a viagem ao Mundial numa viagem de volta ao mundo: as alianças aéreas oferecem esse tipo de passagem a partir de US$ 4.000 (mais taxa de embarque). Um itinerário possível pela Star Alliance: São Paulo-San Francisco-Honolulu-Tóquio-Bangkok-Cingapura-Barcelona-São Paulo. Que tal? Se você trouxer a faixa, pode ser a sua volta olímpica...

Originalmente publicado na minha página Turista Profissional, que sai toda terça no suplemento Viagem & Aventura do Estadão.

Leia também:

Japão na minha viagem volta ao mundo por Ricardo Freire

Tóquio pra Mô Gribel por Ricardo Freire

Japão: a viagem perfeita da Marília Pierre por Ricardo Freire

Japão: a viagem da Luciana Misura

Curtindo o Japão, por Reginaldo Okada

Japan Guide, o melhor guia do Japão

Hyperdia, para ver horários de trem

Santos no Japão

Fifa: Clubs World Cup, site oficial

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email
Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem


43 comentários

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Todos os serviços do Japão em infra estrutura já foram restabelecidos? Podemos viajar para lá sem nem nos darmos conta da catástrofe que aconteceu alguns meses atrás?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Você está agindo como alguém que vê a notícia de um desabamento em Angra dos Reis e acha que São Paulo vai ficar parada grin

Antonio Carlos

Boa! Mas São Paulo não precisa de desabamento para ficar parada! wink

Fê - viaggio mondo

Esperava que um pacote deste fosse bem mais caro, considerando que é o Japão, que além de estar do outro lado do mundo, é um destino conhecido por todos pelo alto custo de vida.

Acho que vai chover de santista por lá. Os mais espertos sem dúvida conciliarão uma volta ao mundo! Bom motivo para viajar... smile

Paulo Tannenbaum

É isso aí! Com Toyoko Inn e JR Rail Pass a viagem ao Japão não fica muito mais cara do que uma a Londres por exemplo. Minha passagem era Air France, e na volta rolou um stopover de 6 dias em Paris, o que quebrou a distância do vôo, e me obrigou a fazer o "esforço" de passar uns dias por lá!

Marcia Kawabe
Marcia KawabePermalinkResponder

Eu fui jantar em Yokohama uma vez e realmente a cidade é bem próxima de Tóquio, levamos coisa de 30 minutos de carro até lá. Yokohama tem também a maior chinetown do Japão, e o prédio mais alto do país, chamado Yokohama Royal Park Hotel. Fomos num bar lá que como o Hyatt em Tóquio, tem uma vista belíssima da cidade. Vale muito a pena subir até lá

http://www.yrph.com/en/

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Ricardo, ótimo artigo para nós santistas!
Vou com minha esposa, por conta própria e já fechei passagem/hotel.
Minha dúvida é o transporte para Toyota no dia 14/12. É fácil pegar o trem Tókio-Toyota. Chegando lá, você comentou que leva mais uma hora para o estádio....como seria esse transporte?
Obrigado e um abraço,
Roberto

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Aqui quem responde é A Bóia.

O trajeto requer inúmeras baldeações. Primeiro descubra qual é a estação da Japan Rail (linha Yamanote) mais próxima do seu hotel.

Então entre em http://www.hyperdia.com/en e coloque a estação de chegada e a estação de Toyota-shi.

Assim que o Ricardo Freire descobrir exatamente qual é a estação mais próxima do estádio ele publica um passo a passo!

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Obrigado pela resposta.
Ficarei exatamente no Keio Plaza (citado no artigo), que fica no bairro de Shinjuku. Conforme sugerido comprarei o Japan Rail Pass.
Minha única preocupação é justamente os traslados, já que estou indo por conta própria. Pelo que pesquisei o trasporte do aeroporto de Narita para o Hotel é fácil de comprar no próprio aeroporto e custa por volta de R$ 60,00 por pessoa.
Mas ainda estou na dúvida sobre o transporte para Toyota e Yokohama. Caso o Ricardo faça um passo a passo sobre o trajeto Shinjuku para os estádios, ajudará muitos aos mais de 7 mil santistas que estarão no Japão, boa parte deles no Keio Plaza. Obrigado!

Mark
MarkPermalinkResponder

Olá, apenas um ajuste no texto. A linha Yamanote é uma linha de trem e não de metrô. É importante saber a diferença pois o Japan RailPass não é válido em nenhuma companhia de metrô (há duas em Tóquio... Tokyo Metro e Toei). Em compensação, o JR Railpass pode ser usado no NEX (Narita Express), que é a linha rápida (e bem cara) que liga o aeroporto de Narita ao sistema de transporte público de Tóquio. Quem chega pelo aeroporto de Haneda também pode usar o Tokyo Monorail, que conecta o aeroporto à cidade. Também é válido nos ferrys da JR. Se alguém quiser ir para Hiroshima, vale a pena conhecer a ilha de Itsukushima, um dos cartões postais mais famosos do Japão, onde há um Torii dentro da água. O acesso à ilha é feito pelo ferry de graça para quem tem o JR Railpass.

Mark
MarkPermalinkResponder

E para quem vai usar o metrô, compre o cartão Suica ou Pasmo. São smart cards, como o Bilhete Único de São Paulo e podem ser usados tanto nas duas companhias de metrô (Tokyo Metro e Toei) como nos trens da JR. Compre o cartão no próprio aeroporto de Narita, no escritório da JR.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Há um erro no texto: éramos mais de 15 mil nos emirados, segundo as agências locais de turismo.

Esse número de 8 mil foi de gente que partiu do RS. Mas tinha gauchos expatriados de todo o mundo por lá, inclusive turista profissional.

Bom, eu fui desempacotado, e na volta parei uma semana em istambul.

Os ingressos compramos direto no site da fifa, no primeiro dia da pré-venda. É bom ficar ligado que eles mandam uma pré-venda sem nenhum aviso.

Lucas Farias Fazzion

Os ingressos acabaram rápido? Tinha algum setor disponivel uma semana antes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucas! O Felipe se refere à situação em Dubai, onde havia ingressos sobrando. Em Tóquio não é assim.

Vamos tentar apurar a situação de Tóquio com santistas que foram ano passado, fique ligado.

Lilian
LilianPermalinkResponder

Meu bairro preferido em Tóquio é Harajuku (especialmente no fim de semana, com figurinhas excêntricas e atracões à parte). Numa primeira visita ao país, aproveitaria para conhecer também, pelo menos, os bairros de Shibuya, Roppongi e Asakusa. Eu compraria o cartão magnético PASMO (ou SUICA) para evitar filas nas maquininhas e poder assim, me deslocar com mais tranquilidade.
Um pouco mais distante, na província vizinha de Kanagawa, fica Hakone (à uma hora e meia de Tóquio), um passeio que toma no mínimo um dia, muito especial, com uma vista linda do Monte Fuji, em tempo com boa visibilidade.
Uma boa dica para quem se interessar em visitar a região é a opção da compra do Hakone Free Pass (passe livre) na linha de trem Odakyu, que dá direito à viagem de ida e volta de Tóquio, o uso de trens, teleféricos, barcos, ônibus na área, e descontos em determinadas atrações turísticas, com validade de dois ou três dias. Vale a pena. Preços e maiores informações: http://www.odakyu.jp/english/freepass/hakone_01.html

Andre
AndrePermalinkResponder

Estaremos em 5 pessoas. Será que não compensa alugar um carro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Nem pense nisso, rapaz! Dirigir na mão inglesa num país com um alfabeto diferente, você está louco!!! shock

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Boia, toda a sinalização de auto-estradas do Japão é bi-lingue com caracteres ocidentais também, assim como toda a sinalização das artérias básicas de tráfego. Os sinais de trânsito são parecidos com os europeus, e usam figuras, não ideogramas, para divulgar isntruções obrigatórias. GPS é absolutamente essencial.

É uma enorme aventura, mas ao menos no Japão não é o fim do mundo. Na Tailândia ou Indonésia, já veria como um problema.

Augusto
AugustoPermalinkResponder

Vc nao conseguira alugar carro no japao. Nossa habilitacao nao vale la. O brasil eh signatario convencao viena e o japao de genebra. Abcs

Guilherme Luis

Bom dia!
Vou assistir ao jogo da minha casa mesmo na ZL em SP. Afinal, trabalho e não tive como pedir férias antecipadas por conta da programação na empresa. Vou torcer muito pelo Santos e pelas pessoas que para lá forem.
Boa viagem!
Vá com Deus!
"E levem consigo toda a energia positiva do Brasil, para um País com energia positiva Milenar, incutida no DNA."
E não se esqueçam... SANTOS TRI CAMPEÃO MUNDIAL!!!!

cleudocampelo
cleudocampeloPermalinkResponder

estarei la com meu filho querido do caracao, santistas fanaticos

traremos aterceira estrela, um grandeabraco a toda torcida santista

cleudo campelo

cleudo campelo

saudacoes a todos torcedores santista, estaremos la no japao

eu e meu filho Lucas Campelo, vamos trazer mais uma estrela

Lindomar Romano

Salve massa Santista,,, Santista desde antes de nascer, estou aqui no Japão a trabalho e ontem fui conhecer o estadio da estreia do peixe, confesso que fiquei impressionado é um lindo estadio, aqui na Cidade de Toyota, o estadio tambem tem esse nome, alias tudo aqui esta vinculado de alguma forma a montadora. Gostaria de postar algumas fotos mas não sei como fazer isso.
um abraço, e rumo ao tri....

Laurence Peters

É isso aí. Assisti a final do Paulista e da libertadores. Não deixaria de ir por nada neste mundo. Sairemos eu e minha esposa no dia 06, Lufthansa via Frankfourt chegando a Osaka no dia 08. Ficaremos hospedados em Osaka, Kyoto, Nagoya, Toyota e Toquio. Visitaremos ainda Kobe, Himeji e Fuji. Voltaremos dia 22. Estamos com todos os hoteis reservados via Booking, menos o de Toyota, que fica a 300m do estádio e fiz pela Japanican. Já montei um roteiro resumo das atrações, e o guia visual da Folha de SP foi muito útil. Sugiro imprimir mapas dos arredores dos hoteis com a localização dos metrôs. Somente ainda não comprei os passes pois achei muito complicado decifrar as linhas.

Força Santos !!! Bordarei a terceira estrela na minha camisa dentro do próprio estádio.

Luciano Ferreira Jr

Também estou aguardando o passo a passo de Tóquio a Toyota, seria de ótima valia. Será que demora a divulgar?

rosangela
rosangelaPermalinkResponder

so tem esses dois jogos para o santos dia 14 e dia 18

Waldemar Serra

Hoje lançamos oficialmente LAOR/ODILIO: SANTOS CRESCENDO 100 PARAR. Rumo ao Japão. Quem conhecer, por favor comentar e sugerir. Somos em 3 SANTISTAS. A terceira estrela ja está bordada. Tokyo: Shinjuku Washington Hotel; Nagoya: Miyuki Station Hotel Nagoya; Yokohama: Shin Yokohama Prince Hotel.
Narita/Shinjuku Wash. Ho: onibus. Tk/NG: JR. NG/stadium: trem. TK/Yoko: JR. Yoko/stadium: a pé. Yoko/Narita: JR. Vamos comprar o JR(7 dias). Passeio: Nagoya Castle. Outros passeios: Kyoto, Fuji, Nara.
Teremos 3 dias livres em TK.

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Um colega teve que cancelar de ultima hora a ida ao Japao, e tenho 1 ingresso para a final para vender, categoria 1 (melhor lugar do estadio). Se interessar para alguem, me contacte pelo roberto.reis @@ gmail .com Preco oficial: R$ 870
Estou em Sao Paulo e vou com a Santos Tour no dia 11/12 para Tokio.

VAI PRA CIMA DELES SANTOS!!!

Roberto/Rib. Preto

Caro Ricardo e colegas do link. Estarei indo para o Japão, juntamente com meu filho Antonio, no dia 11 de dezembro para assistirmos aos jogos e lá vermos o Santos ser campeão mundial novamente. Pergunto a você se podes nos informar onde adquirir pacotes de turismo, no Japão, para conhecermos o Monte Fuji e outras belezas daquele país, lembrando que possuímos somente a lingua inglesa como segunda lingua. Gratos desde já, parabéns pelo link e abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Aqui quem responde é A Bóia.

Em todo lugar você sempre vai ter a possibilidade de fazer os passeios em tours organizados. Na própria recepção do seu hotel você encontrará os folhetos.

Para ver o Monte Fuji o Ricardo Freire sugere ir a Hakone. É muito fácil fazer por conta própria. Leia:

https://www.viajenaviagem.com/2010/02/japao-visitando-o-sr-fuji/

Sebastian
SebastianPermalinkResponder

Pessoal, boa noite

Eu desisti de ir com a minha esposa e estou vendendo 4 ingressos, 2 da semi (categoria 3) e 2 ingressos (categoria 2) da final. Caso tenha interesse, favor entrar em contato scolturi@gmail.com.

Abraço,
Sebastian Colturi

Mari VIdigal (ideias na mala)

Oi Rick/ Bóia,
Tudo bem?
O ideias na mala tá embarcando nessa aventura!
Chegaremos no JP no dia 8 e como gostamos e muito de um perrenguezinho, estamos fazendo tudo por conta própria.
Tomamos um susto quando no dia de inicio da venda de ingressos a final já havia se esgotado, mas por sorte o Santos tinha uma quota extra e vendeu para quem não tinha pacote...
Prometemos dividir as novidades com toda a viajosfera.
Abraços,
Mari VIdigal

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mari! Não deixe de nos contar sobre a aventura!!! Boa viagem! grin

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Dicas para quem vai para o Japão. Vocês sabiam que há uma passagem de trem lá do Japão que você adquiri aqui no Brasil e que sai bem mais em conta do que comprar lá? Creio que todos que forem para lá irão passear e andar pra lá e pra cá para conhecer o país. Vale muito a pena e pouca gente sabe disso.

Se alguém quiser mais informação ou quiser comprar, posso indicá-los.

Meu e-mail: rictakano@gmail.com

Luciana Bordallo Misura

Se você ler o post vai ver que o Ricardo Freire explicou sobre o Japan Rail Pass, então sim, todo mundo que leu antes de comentar sabe wink

Luciana Bordallo Misura

Riq, como não existe uma página Japão no menu do VnV, vim postar a minha pergunta aqui: vamos pro Japão novamente em julho por 2 semanas, dessa vez com as crianças (a Julia vai estar com quase 5 anos e o Eric com 9 meses). Vamos ficar em Tóquio na casa de uma amigona que está morando lá. Se alguém tiver dicas de passeios e atividades bacanas pra crianças em Tóquio e arredores serão muito bem-vindas (ou dicas gerais de viagem com crianças no Japão). Fora da cidade estou planejando Hakone, Kamakura, Disney Sea. Em Tóquio, Puroland (Hello Kitty park), Ueno Zoo e parque, Tokyo Tower, mercado Tsukiji, Jido Kaikan, o que mais podem me indicar?

Antony Montana

Como tenho residencia em Nara, Japan, e meu filho estudo no sul de Toyota City, posso falar com certeza, o Japao nao e mesmo mas caro que o Rio ou Sao Paulo. Rio e SP esta uma vergonha de precos altos.

Dirigir no Jp, nem pensar, se nao sabe se controlar na bebida e na velocidade, nao alugue um carro. La DA CADEIA!!!! E se for preciso, o troque e colocar na sua cabeca a palavra "Esquerda! Esquerda! Esquerda!" So foi assim que consegui dirigir e algums anos depois, ainda falo para mim mesmo, enquanto dirijo, "Esquerda!Esquerda.." Ha! E se bater em alguma pessoa, de bicicleta ou mopet, Ta Fufu, mesmo se e culpa deles.

O trem bala vai de Tokyo ate Nagoya num piscar de olhos. E uma melhor sugestao.

Para comer e facil, todos restaurantes tem menu com fotos dos pratos, so e apontar e pronto, comida na mesa.

Nao jogue nada de lixo na rua, nem a guimba de cigarro, guarde o seu lixinho no bolso, ate encontrar uma lata de lixo. Nao envergonhe a nossa raca pois la o Brasileiro ja e taxado, principalmente em Nagoya, de mal educado.

Ha! E se tiver envolvido em algume confusao, fala que e amigo do Zico, eles adoram ele. Talvez a policia vai te livrar de uma. "...Sou amigo do Zico..." Tenta essa.

Final. La tambem tem os espertos, entao fique atento com aqueles que falam como estivesse com uma metralhadora na boca, vc vai notar logo a diferenca de acentuacao, rrrrrrrrrruuuuuaaaaa, Yakuza ou algum malandro que admira eles.

Ha! Esqueci, voces que tem Tatoo, ja que Tatoo e considerado sinal de pertencer a alguma familia de Yakuza, se cuida, e nao vai ter surpresa se for barrado em algum lugar.

Espero que as dicas ajude.

Silvia Medina
Silvia MedinaPermalinkResponder

Agora é a vez do Corinthias! Estamos indo para Tokio assistir o ultimo jogo apenas, pois moro na Australia e conseguimos dar uma escapadinha. Queria saber a opnião de vcs, quantos dias ficar em Tokio? O mínimo para conhecer os melhores lugares! Obrigada

Rubys
RubysPermalinkResponder

Dúvida sobre o Japan Rail Pass. O Riq escreveu no texto que mesmo na segunda classe dá pra reservar poltrona. Como eu já adquiri o passe e vou usá-lo para ir a Toyota (primeiro jogo do Timão) e Yokohama (final se Deus quiser) eu já posso deixar reservado os trens nos horários que eu quiser tipo no meu primeiro dia lá em Tóquio ? É só se dirigir ao balcão da companhia em qualquer estação ? Valeu Pessoal e Boia !!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rubys! Sim.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Senhores,

Vou fazer os seguintes trajetos:

Tóquio/Narita a Toyotashi em 10/12
Toyotashi a Tóquio (Shinjuku) em 13/12
Tóquio (Shinjuku) a Yokohama e de volta pra Tóquio(Shinjuku) em 16/12
Tóquio(Shinjuku) ao Tóquio/Narita em 17/12

Minhas questões:

1)Vale a pena pagar por esses trajetos individualmente ou com o Rail Pass?
2) Caso o Rail Pass seja mais vantajoso, ele continua sendo mesmo considerando que eu precisarei dele por 8 dias (o Rail Pass é vendido para 7, 14 ou 21 dias), e os maiores trechos são justamente o do primeiro e o do último dia?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! O Japan Rail Pass é para fazer viagens mais longas, aproveitar para fazer turismo no Japão. Você estará só nos arredores de Tóquio, não precisará do passse.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar