Solimões: flashes do trânsito

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Rio Solimões, Amazonas

Acabo de fazer um cruzeiro de três dias pelo Solimões, que é como no Brasil denominamos o trecho do Amazonas a oeste de Manaus.

Para mim, tão fascinante quanto ver a selva de perto foi ser exposto ao modo de vida ribeirinho.

Rio Solimões, Amazonas

O Amazonas é a nossa estrada mais bonita. Por que mesmo alguém quis fazer a Transamazônica?

Mesmo se não houvesse os passeios para dentro da mata, a viagem já valeria como uma road trip. Não existe embarcação desinteressante -- e cada uma vem com uma história para contar.

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Dá uma olhadinha:

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Rio Solimões, Amazonas

Leia mais:

36 comentários

Gustavo - Viajar e Pensar

Parabéns Riq,

Show de Imagens!!!

Esse povo ribeirinho é uma realidade muito diferente da nossa aqui no sul.

Abraço!

smile

Marcie
MarciePermalinkResponder

Quem dera todos os deslocamentos pudesses ser feitos pela água, não? (falou a fulana que mora numa ilha... wink )

Luiza
LuizaPermalinkResponder

que lindeza!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

E a gente aqui... se espremendo pra entrar no metrô.

Claudio Motta
Claudio MottaPermalinkResponder

Simplesmente fantástico!

Wander
WanderPermalinkResponder

Lindo post Riq ! fiz o cruzeiro pelo rio Negro que também foi muito bom e bonito.

RosaBsb
RosaBsbPermalinkResponder

Eu me impressiona com a fisionomia dessas pessoas: são felizes com tão pouco!!!

Érica França

Adorei!!!!

Arthur | Agora vai mesmo

Boa, saudade das viagens nacionais. Ontem mesmo estava relendo os posts do primeiro VnV , sobre a Expedição Pé-na-Areia de 2005...

Ricardo Freire

Arthur, esse ano ainda vai ter um pouquinho de viagens internacionais pra terminar o conteúdo, mas 2012 vai ser o ano do Brasil no Viaje na Viagem. Vai rolar uma megaexpedição grin

Fernando Sevá

Então em 2012 o comandante Riq está convidadíssimo a visitar nosso querido Acre, quem sabe até chegar nos Andes por aqui. grin

Arthur | Agora vai MESMO

Beleuza, então vamos nessa #expediçãobrasilvnv !

Oscar | MauOscar.com

Fotos incríveis...

Transamazônica para quem mesmo?!?! Só para acelerar o processo de desmatamento da maior floresta tropical do mundo... Se você olhar uma imagem de satélite da região vai notar sem ser especialista que onde existe estrada, existe desmatamento...
O mais triste de tudo é pensar que menos de um terço da madeira derrubada na Amazônia é de fato aproveitada, os outros dois terços é queimado.. Isso sem mencionar a perda de Biodiversidade e todos os produtos não madeiráveis que esta floresta pode fornecer...

Alana Dias Mendes

Fotos de uma beleza rara chamada simplicidade!!!!!

Eunice
EunicePermalinkResponder

Lindo.

Mauro Nogueira

Show de imagens da vida real do Norte !

Rubão
RubãoPermalinkResponder

Riq, tudo muito bom, tudo muito bem, mas, cá entre nós, um cruzeiro desses não é muito paradão, não? Como se ocupa o tempo além de ficar vendo barcos passarem para lá e para cá?

Ricardo Freire

Rubão, este é o primeiro de uma série de posts. Tenha calma....

De todo modo, não quero te convencer nem convencer ninguém a fazer passeio. Vou mostrar o que eu vi. Você pode ir nesse mesmo passeio e nem prestar atenção nisso.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Que bacana!! Adoro esse lado "antropológico" das viagens.
Taí um destino que quero muito visitar.
E, como o Arthur, ando com saudades das viagens nacionais do Ricardo, fico feliz em saber que teremos um 2012 recheado delas.
Por mais favorável que esteja o câmbio, eu gosto mesmo é de viajar pelo Brasil.
No aguardo dos posts seguintes, que delícia.

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Que delícia... estou vendo que vou amar essa série da Amazonia...
A Cris Tomasi também escreveu posts legais de Manaus e região smile
http://cristomasi.wordpress.com/category/brasil/am-manaus/

Cris Tomasi
Cris TomasiPermalinkResponder

Obrigada Mi,
Eu amei mesmo Manaus e a Amazônia, ainda não fiz o cruzeiro, mas consegui senti um pouquinho do gosto da região ficando em um Hotel de Selva!!! Vale muito a pena!
Mas agora depois desses textos do Riq confesso que fiquei morrendo de vontade do cruzeiro... quem sabe da próxima vez!?

Fabio de Rezende

Ricardo,

Tenho vontade de fazer esta viagem e tb ir aqueles hoteis dentro da selva, mas minha esposa tem pavor de mosquito, vc que está aí pode me dizer (depois mostro pra ela), tem muito mosquito?

Belas fotos, tudo indica que foram feitas à distância e mesmo assim a qualidade é muito boa. Qual equipamento vc está usando? É um equipamento profissional?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fábio! O rio Solimões (Amazonas) tem muita vida natural, e por isso tem mosquitos, sim. Para fazer um passeio sem mosquitos, escolha cruzeiros pelo Rio Negro, onde também se localiza a maioria dos lodges de selva.

O Ricardo Freire usa uma Canon Rebel T1i com lente 18-200.

Heloisa
HeloisaPermalinkResponder

Oi Fábio,

Fiquei num Hotel de Selva no Rio Negro (em agosto/11), tinha um pouco de mosquito, mas devo dizer que esperava beeem mais. No quarto como fica fechado e tem ar condicionado não tinha nada, nos passeios durante o dia também não atrapalhou, só apareciam no entardecer, mas nada que um repelente não resolva. Eu, meu marido e meu filho de 6 anos adoramos a experiência.

Luciana Freire

Querido Ric,
estou dando um tempo da nossa cidade maravilhosa a quase 2 anos e estou morando em Manaus. Como o meu trabalho me permite morar em varios estados diferentes... Estou aqui!!! E aprendendo a cada dia como o menos pode ser muuuuito mais! Maravilhosa sua materia e as fotos estao barbaras! Parabens pela iniciativa!
Bj gde da Lu.

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Eu amei a semana que passei na Amazonia. Coisa nova todos os dias, lugares lindos, natureza deslumbrante, mais mosquitos,menos mosquitos dependendo do rio, mas tudo sempre lindo, dento de uma paz incrível. Até chorei na hora de voltar...

Hortencia Pereira

Sou do ES mas, como gosto muito do Festival de Parintins, já fui pelo menos umas oito vezes à Amazonia, sempre no período entre maio e julho e nunca tive problemas com mosquitos.
Ric, adorei o seu post e espero ansiosa os demais sobre essa linda região.

Aline Pontes
Aline PontesPermalinkResponder

Sou apaixonada pela minha terra, e ver essas fotos do Riq me fazem lembrar o pq!

Helaine Utrini

Olá Riq, tb estou ansiosa pelos próximos posts com as suas impressões sobre esta viagem. Estou em dúvida se vale mais a pena um cruzeiro pelo Rio Negro/Solimões ou hospedagem em um hotel de selva, tipo o Uacari.

Carolina Cotta

Ricardo, soube que a melhor época para fazer esse passeio é maio mas minhas ferias este ano são em novembro. Sabe me dizer se é uma época ruim?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! Aqui quem responde é A Bóia. Não há época ruim para fazer esse passeio. Em cada época você verá a paisagem um pouco diferente. Em novembro é quando as águas atingem o nível mínimo; você vai ver mais selva exposta, mas vai andar menos por igapós (lagos formados na selva inundada).

ODILEIA
ODILEIAPermalinkResponder

Deus!! Chorei ao ver as fotos. Sou amazonense, de Manaus.
Moro aqui no Rio há 28 anos.
Quantas saudades!!
Beijos.

Heloisa
HeloisaPermalinkResponder

Estivemos em Manaus agora em agosto. Aproveitando as promoções de passagens aéreas decidimos por Manaus porque acredito ser até uma obrigação para nós brasileiros conhecermos o que os estrangeiros vem de muito longe para conhecer. Encontramos uma cidade limpa e bonita, ficamos também num Hotel de Selva e fizemos vários passeios, estávamos um pouco receosos pois temos um filho de 6 anos e foi maravilhoso, é um passeio muuuito legal com criança. Parabéns pela reportagem é como voltar um pouquinho lá.

juseliavalente

Lindas imagens conheci Manaus em 1957 era tudo mais dificil e bem selvagem

Emmanuelle Maia

As estradas são importantes para ajudar a desenvolver nosso estado onde tudo é longe, o diesel caríssimo e usado em grande quantidade, fretes altíssimos de balsa, etc. Essa história de preservação é muito bonita para quem mora longe e vem visitar uma vez na vida e outra na morte, mas para o povo que mora aqui e que precisa trabalhar, viajar, construir, vender, precisa de alternativas para deslocamento e escoamento. O Pará, aqui do lado, tem estradas interligando os municípios. Aguardamos com ansiedade a BR 319.

Arlete Lisbôa Aguirre

Parabéns Ricardo, fotos maravilhosas, confesso que fiquei encantada com tuas reportagens, vou fazer o cruzeiro de três dias pelo Solimões em junho/15, ficando mais três dias em Manaus. Todas as tuas dicas foram preciosas. Obrigada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar