Florença: furando fila na Uffizzi e na Accademia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Uffizzi

Numa encarnação prévia eu já tinha ido dar oi pro Davi de Michelangelo na Accademia, e já tinha percorrido o corredor mágico da Galleria degli Uffizi. Mas nesta nova ida a Florença fiz questão de voltar aos dois museus -- não exatamente por amor à arte, mas por amor aos esqueminhas que poupam o leitor do Viaje na Viagem de perder horas nas filas dos lerês.

Não ia desperdiçar essa chance de fazer uma sintonia fina em duas das mais importantes atrações listadas no post Como furar fila legalmente na Europa e em Nova York.

Com vinte dias de antecedência (caso você vá no verão europeu, reserve pelo menos um mês antes), entrei na bilheteria online oficial do Polo Museale florentino e reservei as duas entradas. Marquei às 13h15 na Uffizzi e às 16h na Accademia. Mas se você for Ratatouille de museu, deveria reservar um turno inteiro para a Uffizi. (A Accademia é piccolina.)

Reserva na Galleria Uffizzi

A confirmação vem por email; você então precisa imprimir a reserva e trocar pelo ingresso.

Preços dos bilhetes online em 2016:

  • Uffizi: €8 + €4 de taxa de reserva
  • Accademia: €8 + €4 de taxa de reserva

Visitantes até 17 anos, de qualquer nacionalidade, não pagam. Cidadãos europeus entre 18 e 25 anos pagam meia.

Vamos à sintonia fina, então:

Uffizzi

Fila na Galleria Uffizzi

Do lado de fora, a Galleria degli Uffizzi é uma confusão só, com uma parte coberta por tapumes e uma galeria de estátuas vivas à la Ramblas de Barcelona. Acho um desrespeito com o prédio, construído para abrigar os escritórios (uffizzi) dos magistrados da Florença renascentista.

É difícil descobrir sozinho onde você troca a sua reserva pelo ingresso, porque a sinalização é deficiente. Parece que tudo acontece na ala à esquerda de quem vem pela Piazza della Signoria; é ali que estão as estátuas vivas e a fila quilométrica dos que não têm reserva. Tudo leva a crer que você deva trocar o seu ingresso na Porta 2, onde se lê "Booking service/Servizio prevendita". Mas não. Esta porta é para quem não conseguiu comprar pela internet, mas quer comprar ingresso por hora marcada para os dias seguintes. (A propósito: se você perdeu o lote online e tem uns diazinhos ainda na cidade, vale a pena tentar. Custa os mesmos €4 de taxa de reserva.)

Numa encarnação prévia eu já tinha ido dar oi pro Davi de Michelangelo na Accademia, e já tinha percorrido o corredor mágico da Galleria degli Uffizi. Mas nesta nova ida a Florença fiz questão de voltar aos dois museus -- não exatamente por amor à arte, mas por amor aos esqueminhas que poupam o leitor do Viaje na Viagem de perder horas nas filas dos <a href="/sobre-o-site/dicionario-da-boia/" target="_blank">lerês</a>.
Não ia desperdiçar essa chance de fazer uma sintonia fina em duas das mais importantes atrações listadas no post<a href="/2009/07/como-furar-fila-legalmente-em-museus-e-monumentos-na-europa-e-nova-york/" target="_blank"> Como furar fila legalmente na Europa e em Nova York</a>.
Com vinte dias de antecedência (caso você vá no verão europeu, reserve pelo menos um mês antes), entrei na <a href="http://www.b-ticket.com/b-ticket/uffizi/default.aspx" target="_blank">bilheteria online oficial</a> do Polo Museale florentino e reservei as duas entradas. Marquei às 13h15 na Uffizzi e às 16h na Accademia. Incluindo os €4 de taxa de reserva, paguei €15 em cada uma. (Quando não há exposições temporárias, o preço baixa para € 6,50, mas a taxa de reserva continua em € 4).
A confirmação vem por email; você então precisa imprimir a reserva e trocar pelo ingresso.
Vamos à sintonia fina, então:
<strong>Uffizzi</strong>
Do lado de fora, a <a href="http://www.uffizi.firenze.it/english/Default.asp?" target="_blank">Galleria degli Uffizzi</a> é uma confusão só, com uma parte coberta por tapumes e uma galeria de estátuas vivas à la Ramblas de Barcelona. Acho um desrespeito com o prédio, construído para abrigar os escritórios (uffizzi) dos magistrados da Florença renascentista.
É difícil descobrir sozinho onde você troca a sua reserva pelo ingresso, porque a sinalização é deficiente. Parece que tudo acontece na ala à esquerda de quem vem pela Piazza della Signoria; é ali que estão as estátuas vivas e a fila quilométrica dos que não têm reserva. Tudo leva a crer que você deva trocar o seu ingresso na Porta 2, onde se lê algo como "Visitas pré-marcadas". Mas não. Esta porta é para quem quer comprar ingresso por hora marcada para os próximos dias.
O lugar para gente como você e eu, que reservamos pela internet, é a Porta 3, na ala oposta -- à direita de quem vem da Piazza della Signoria. Encontrou? Pois agora tem a pegadinha: só dá para retirar o ingresso 15 minutos antes da hora marcada. Ou seja, não adianta chegar cedo. Aproveite para dar um rolê pela Piazza della Signoria e apreciar as magníficas estátuas que habitam a Loggia dei Lanci, que sozinhas já valem por um museu de primeiro time.
Depois de pegar seu ingresso na Porta 3, então é só atravessar a rua e procurar a Porta 1, por onde entram os que têm ingresso com hora marcada.
<strong>Accademia</strong>
A <a href="http://www.beniculturali.it/mibac/export/MiBAC/sito-MiBAC/Luogo/MibacUnif/Enti/visualizza_asset.html_1390006732.html" target="_blank">Accademia</a> fica numa rua bem menos movimentada, fora do burburinho do eixo Duomo-Ponte Vecchio.  Também aqui não adianta chegar antes da hora na <a href="http://www.beniculturali.it/mibac/export/MiBAC/sito-MiBAC/Luogo/MibacUnif/Enti/visualizza_asset.html_126669143.html" target="_blank">Accademia</a>. Não há sequer bilheteria específica para retirar o seu ingresso. Na hora marcada, você faz a fila dos com-horário e, à entrada do prédio, mostra o seu email para o funcionário, que então entrega o ingresso.
<strong>As visitas</strong>
Pela limitação de público e, admito, pela proibição de uso de câmeras, os dois museus são uma alegria de visitar.
Na Uffizzi, o interior é o oposto absoluto da muvuca do entorno. Como sempre, o que mais me emociona é a arquitetura. Os corredores envidraçados do último andar -- a "galeria" original -- permitem que você aprecie as esculturas sob luz natural. As legendas das obras são de arrepiar, quando informam coisas como "desde 1570 no acervo da galeria". Aberto ao público em 1675, é um dos museus mais antigos do mundo. E não tem uma só obra pilhada a quem quer que seja... Estude antes o acervo para não perder o que procura nas salas internas. Ou flane sem pressa, aproveitando que não há uma  multidão andando de forma compacta nem nenhum guardinha dizendo "No photos!" a cada trinta segundos, como em outros museus famosos pelaí...
Já a Accademia é bastante compacta. Sua atração principal, o original do Davi de Michelangelo, trazido da Piazza della Signoria em 1873 por razões de conservação, está bastante perto da entrada -- então não dá tempo (nem haveria público suficiente) para se formar aquele rio de gente que escorre em direção à Monalisa no Louvre ou à Capela Sistina no Vaticano. Você pode admirar o capolavoro de Michelangelo com serenidade; a turba aqui não interfere na apreciação da obra.
Como disse lá no começo do post, preciso admitir que a proibição de fotos ajuda muito a manter a dignidade do ambiente (e dar mais proveito à visita). Mas durante o percurso da Uffizzi há um momento em que dá pra fotografar a vista. E eu não poderia voltar para o hotel sem o Ponte Vecchio visto deste ângulo para o site...
Leia também:
<a href="/2009/07/como-furar-fila-legalmente-em-museus-e-monumentos-na-europa-e-nova-york/" target="_blank">Como furar fila legalmente em monumentos da Europa e Nova York </a>
<a href="/2011/10/ultima-ceia-em-milao-se-esgotar-online-tente-por-telefone/" target="_blank">Última Ceia em Milão: se esgotar pela internet, tente por telefone</a>

Porta 3Ingresso UffizziPorta 1 do Uffizzi

Para gente como você e eu, que reservamos pela internet, a bilheteria a usar é da Porta 3, na ala oposta -- à direita de quem vem da Piazza della Signoria. Encontrou? Pois agora tem a pegadinha: só dá para retirar o ingresso 15 minutos antes da hora marcada. Ou seja, não adianta chegar cedo. Aproveite para dar um rolê pela Piazza della Signoria e apreciar as magníficas estátuas que habitam a Loggia dei Lanci, que sozinhas já valem por um museu de primeiro time.

Depois de pegar seu ingresso na Porta 3, então é só atravessar a rua e procurar a Porta 1, por onde entram os que têm ingresso com hora marcada.

Accademia

Accademia: fila dos sem-hora marcada

A Accademia fica numa rua bem menos movimentada, fora do burburinho do eixo Duomo-Ponte Vecchio. Também aqui não adianta chegar antes da hora na Accademia. Não há sequer bilheteria específica para retirar o seu ingresso. Na hora marcada, você faz a fila dos com-horário e, à entrada do prédio, mostra o seu email para o funcionário, que então entrega o ingresso.

Accademia: fila dos com-hora marcada

As visitas

Pela limitação de público e, admito, pela proibição de uso de câmeras, os dois museus são uma alegria de visitar.

Na Uffizzi, o interior é o oposto absoluto da muvuca do entorno. Como sempre, o que mais me emociona é a arquitetura. Os corredores envidraçados do último andar -- a "galeria" original -- permitem que você aprecie as esculturas sob luz natural. As legendas das obras são de arrepiar, quando informam coisas como "desde 1570 no acervo da galeria". Aberto ao público em 1675, é um dos museus mais antigos do mundo. E não tem uma só obra pilhada a quem quer que seja... Estude antes o acervo para não perder o que procura nas salas internas. Ou flane sem pressa, aproveitando que não há uma  multidão andando de forma compacta nem nenhum guardinha dizendo "No photos!" a cada trinta segundos, como em outros museus famosos pelaí...

Já a Accademia é bastante compacta. Sua atração principal, o original do Davi de Michelangelo, trazido da Piazza della Signoria em 1873 por razões de conservação, está bastante perto da entrada -- então não dá tempo (nem haveria público suficiente) para se formar aquele rio de gente que escorre em direção à Monalisa no Louvre ou à Capela Sistina no Vaticano. Você pode admirar o capolavoro de Michelangelo com serenidade; a turba aqui não interfere na apreciação da obra.

Como disse lá no começo do post, preciso admitir que a proibição de fotos ajuda muito a manter a dignidade do ambiente (e dar mais proveito à visita). Mas durante o percurso da Uffizzi há um momento em que dá pra fotografar a vista. E eu não poderia voltar para o hotel sem o Ponte Vecchio visto deste ângulo para o site...

Ponte Vecchio visto da Uffizzi

 

Leia mais:

367 comentários

Mata
MataPermalinkResponder

Ola! Gostaria de saber mais ou menos quanto tempo demora a visita às galerias uffizi! Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mata! Isso depende muito do seu interesse pelas artes. Mas pense em pelo menos 2 horas.

monica albano
monica albanoPermalinkResponder

E no inverno? É dificil?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica? O ideal é garantir seu ingresso antecipado e evitar as filas e o frio. wink

Pedro
PedroPermalinkResponder

Olá! Sabem informar o que é possível fazer pra quem teve um lapso de atenção como eu e reservou Uffizzi e Accademia pra data errada (marquei dia 20/12)? Vi no site que não é possível cancelar ou remarcar, mas será que dá pra passar pra alguém, algo assim?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Não sabemos. Tente entrar em contato com o atendimento.

Pedro
PedroPermalinkResponder

Entrei em contato e estou aguardando resposta, talvez ajude algum desavisado por aqui.
Obrigado pela prestatividade e parabéns pelo site.

Pedro
PedroPermalinkResponder

Consegui cancelar pelo e-mail help@bassilichi.it. Eles permitem, desde que você marque outra data. No caso, eu já havia marcado e já responderam me perguntando qual eu desejava manter...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Obrigada pelo fidibeque!

Maria
MariaPermalinkResponder

Olá Bóia, tenho uma dúvida: O Firenze Card não dá o direito de furar a fila nos Museus? É melhor não comprar o Firenze Card e sim, os ingressos dos locais aos quais desejo ir antecipadamente, conforme indicado no post acima?
Obrigada desde já,
Maria!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! O Firenze Card fura fila, sim. Basta aguardar o próximo grupo a entrar com hora marcada e entrar junto. A desvantagem é custar muito mais caro que os ingressos avulsos.

Maria
MariaPermalinkResponder

Bóia, "The Real LifeSaver" !!! S2
Vou fazer as contas aqui pra ver se fico com o CARD (ver se vale a pena!), pois serão 6 dias muito intensos de museus em Florença!!!
Obrigada!!!

Daniel
DanielPermalinkResponder

Pretendo comprar o Firenze Card porque quero ir a vários museus. Vocês acham aconselhável reservar online ou não há problema em comprar em Florença ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniel! Não há problema de comprar em Florença.

Aline
AlinePermalinkResponder

Olá! Como sempre, os posts são excelentes!
Como estou organizando sozinha minha primeira viagem, o blog tem me ajudado demais!!! Grata!
Preciso de uma dica... quero visitar os dois museus no mesmo dia. Vi que no post o relato foi esse, mas qual é distancia de horários que posso fazer as minhas reservas? Ambos tem bilhetes disponíveis para a data que quero!
Valeu pela ajuda!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! Os dois estão a menos de meia hora de caminhada de distância.

Nina
NinaPermalinkResponder

Acho complicado marcar esses dois locais para o mesmo dia, mesmo para quem não se interessa por arte . Vira uma correria só por causa da logística e tamanho dos dois museus. Se a intenção é só passar para tirar a foto tipo cartão postal, melhor economizar um dos ingressos (que não são dos mais baratos) e fazer outras coisas em Florença.

Aline
AlinePermalinkResponder

Bóia, lendo aqui outros posts fiquei na dúvida.
Como passarei um mês em Firenze, não compensaria mais eu comprar o Firenze Card? O que indica?
Grataaaaaa!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! Sim, porque você terá tempo suficiente para visitar todos os museus.

Pedro Henrique Wattimo

Olá! Fui a Florença semana passada- 06/02. Visitei os dois museus. Comprei ambos os ingressos com uma semana de antecedência pelo site. Fui à Academia no fim da tarde a à Uffizzi no início da manhã. Não haviam filas, nem nada do gênero. Uma facilidade que só vendo. Aliás, não houve nenhuma restrição à fotos em ambos os museus, só mesmo o flash foi proibido. Se proliferaram asiáticos com seus 'pau de selfies'. Não sei se o inverno contribuiu, mas a possibilidade de tirar fotos não atrapalhou em nada a experiência de contemplar as obras.

Abraços e espero ter ajudado!

Luciany souza
Luciany souzaPermalinkResponder

Estou em livorno e quero visitar a Accademia. Não reservei pela internet os tickets. Consigo comprar lá na hora?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciany! Claro que pode, mas enfrentará fila.

Yasmine
YasminePermalinkResponder

Olá! Primeiro parabéns pelo site! É 10!
Uma dúvida, vc indica o site do Polo Museale para comprarmos ingressos para a Uffizi (sairia a 12,00 euros). Achei curioso pq havia pesquisado no site da própria galeria Uffizi e ali o valor é 18,00. Da mesma forma acontece com os preços da Academia. Vc tem ideia sobre o porquê dessa diferença? Isso pode dar alguma confusão? obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Yasmine! O site oficial é o do Polo Museale. Provavelmente os outros são sites que se fazem passar pelos sites oficiais. São atravessadores.

Marco
MarcoPermalinkResponder

Olá Bóia!
Na Uffizzi e Accademia é permitido homens entrar de bermuda? Sei que no Vaticano é proibido, saberia me dizer se no Museu do Vaticano, Sistina e nas igrejas menores, como também nas igrejas de Firenze, também é proibido?
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco! Museus nacionais/laicos não têm restrições de vestuário. Igrejas, sim: se não quiser ser barrado, não vá de bermuda. O Museu do Vaticano inclui a Capela Sistina, que é uma igreja.

Mauro Domingues

Ola Bóia !! Acabei de voltar de uma viagem de 25 dias a Itália, dos quais 9 foram dedicados a Florença e arredores. Minha programação em Florença foi baseada em muitas das dicas que retirei aqui do site, portanto, acho oportuno contribuir com uma atualização importante neste post sobre as Galerias Ufizzi e Della Academia: não existe mais a proibição de se tirar fotos em nenhuma das galerias, o que de certa forma me causou uma decepção, pois contava em fazer uma visita conforme descrito no site. Outra atualização importante é que na Academia já existe um guichê especifico, do outro lado da rua para a retirada dos bilhetes comprados pela internet e fila separada para esta entrada.
Obrigado.

Marcelo Galvão

Olá, Boia e Riq. Comprei há pouco, com o AMEX, os ingressos para a Galleria degli Uffizi. A resposta é diferente: primeiro, você recebe uma mensagem com a senha a ser utilizada, no seu login, para as próximas compras; depois, a mensagem correspondente à confirmação do pagamento e, logo a seguir, a relativa ao voucher. Se você estiver em Florença após 27 de setembro, e caso queira economizar na compra da entrada, compre depois desta data, pois você pagará somente o valor original sem a adição do correspondente a uma exposição.
"In occasione della mostra "Piero di Cosimo (1462-1522). Pittore "fiorentino" eccentrico fra Rinascimento e Maniera", 22 giugno - 27 settembre 2015, biglietto intero € 16,50 ridotto € 10,25".

Camila Andrade

Gente, ontem 28/10/2015 comprei os tickets nestes sites dos museus de Florença e logo em seguida começaram a realizar varias compras no meu cartão de crédito, ou seja, ele foi clonado. Sou uma pessoa que quase não usa cartão de crédito e fazia tempo que não usava, achei muita "coincidência"! É bom evitar... Abraços Camila Andrade

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Comprei o ingresso para a Ufizzi no guichê próximo à Duomo, logo que cheguei em Florença, com hora marcada, deu tudo certo. Mas não tinha mais horário no dia para visitar a Academia, queria ver os dois no mesmo dia, já que Florença era um bate e volta de Treviso. Tenho planos agora de me hospedar em Florença ano que vem, aí visitarei a Academia e outros museus, a cidade é linda demais!

Double Trouble

Post excelente. Segui a dica e escapei à enorme fila de turistas!!! Em Florença estive 4 dias e penso que seja o ideal para conhecer bem a cidade.

Para quem ainda vai a Florença, também fiz post sobre a cidade no meu blog: http://doubletrouble.pt/florenca/

Nick
NickPermalinkResponder

ATENÇÃO !!! Em abril as filas são muito pequenas !!! Muito mesmo. Vale a pena ir em abril. Abraços !!!

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Boa tarde! Estou em dúvida sobre o Firenze Card. Pelo que estou pesquisando, além das Galerias Ufizzi e Academia (que estão 16 euros cada devido exposições), a maioria das igrejas também cobram a entrada, tem também os Jardins de Boboli. Alguém sabe informar quanto em média é o ingresso nas igrejas? Acho que somando todas as atrações o Firenze Card pode valer a pena.

Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! O Firenze Card cobra pelo fura-fila sem precisar fazer reserva. Na ponta do lápis, você precisaria ser The Flash para compensar em entradas o que gastou no cartão. Mas a comodidade vale o que cartão cobra.

Michele
MichelePermalinkResponder

Olá Bóia! Vou para Florença em junho, além dos ingressos para a Galleria dell'Academia e a Galleria degli Uffizi acha que é melhor comprar ingresso antecipado pela internet para mais algum lugar?

Muito obrigada pela ajuda!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Michele! Precisa não.

Sara Giordana Costa

Eu comprei direto na Uffizzi. Era Julho, talvez tenha dado sorte, mas consegui para o mesmo dia, poucas horas depois. É a melhor opção, pois o tempo que se espera na fila dá para aproveitar muito.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Ricardo você não tem noção de minha felicidade ao encontrar este post, e melhor, c/ atualização na data de hoje (maior diferencial do VNV p/ qualquer outro travel blog, atualização constante). Estarei em Florença em julho, altíssima temporada, calorão, muitas filas, e como em todas as viagens, quero comprar (ou "reservar") os ingressos c/ antecedência. Então pesquisando achei um site que vendia os ingressos da Uffizi e da Accademia por, pasme, 29€. Fiquei bitolada pensei "não é possível isso", li em vários lugares que era bem mais em conta, e aí entro no site é uma fortuna? Mas claro que eu vim direto no VNV p/ perguntar sobre e eis que encontro este post! Daí a dúvida que me resta é, o que eles querem dizer por "ingresso reduzido"? Seria estudante ou serve p/ menores de 26? Nunca entendo, em cada lugar da Europa é diferente e eles não explicam nesses sites, eu não tenho carteira de estudante mais, mas tenho de menor de 26, que na Europa garante muitos benefícios (mas não todos), como saber? Parabéns pelo post!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! Quem responde é A Bóia. Na verdade ainda estamos trabalhando nessa atualização; qualquer modificação que fazemos no corpo do post (mesmo que seja meramente estética, ou correção ortográfica) acaba gerando uma nova data naquele quadradinho.

Se você clicar em "biglietto ridotto" e "biglietto gratuito" verá as condições. Para o ridotto é preciso ter entre 18 e 25 anos e ter passaporte europeu. Visitantes até 17 anos de qualquer nacionalidade entram de graça.

Marcos
MarcosPermalinkResponder

Informação utilíssima! Passei um tempo pesquisando sobre isso hoje e talvez valha a pena informar, também, que há outros sites que fazem a mesma coisa, mas, pelo que pesquisei, este que tu indicas é o que sai mais barato. No site dos próprios museus, inclusive, em vez do Polo Museale, sai mais caro.

Ainda, não é muito explicado o porque, mas há uma informação pequena neles dizendo que dentro dos períodos de outras exposições, o preço será o mais caro - atualmente 16,50 (aparentemente, já com o preço da reserva incluído; não cheguei a terminar, pois ainda estou escolhendo a data/horário, mas aparentemente veni compresso). Parabéns mais uma vez e obrigado. Abs!

Fábio
FábioPermalinkResponder

Olá
Andei fazendo as contas. Considerando que estaremos por lá em julho, optamos por adquirir o Firenze Card, aquele que dá acesso a vários museus por 72 horas. Tenho procurado sugestões acerca do que visitar nos três dias. Algo como "dia 1 com o firenze card, dia 2, dia 3". Só que não encontrei nada nesse sentido. Qual visita combina com qual na sequência? O que dá pra amarrar direitinho, sem ter de atravessar a cidade para depois ter de voltar ao ponto inicial? Pra "facilitar" a resposta, preciso dizer que sou publicitário e que minha esposa é artista plástica. Resumindo: apreciamos arte. Mas também não gostaríamos de perder os grandes monumentos/igrejas, palácios. Complicado, né? Muito obrigado pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fábio! Infelizmente não temos esse conteúdo, mas é molezinha você planejar sozinho. Marque todos os museus que quer visitar no Google Maps, você verá as distâncias e o roteiro aparecerá naturalmente.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Seu blog me ajudou demais! Neste momento estou em Florença indo para Roma! Muito obrigada!

Fábio
FábioPermalinkResponder

Obrigado

EDUARDO
EDUARDOPermalinkResponder

Boas dicas. Reservei agora no link indicado para a Galeria Uffizi.

Mari
MariPermalinkResponder

Preciso comprar bilhetes para a Uffizi e Academia antecipado pois tenho só 1 dia e meio em Florença, mas tem muitas avaliações sobre sites de compra dos bilhetes antecipados, inclusive uma que diz que clonaram seu cartão no site da POLO MUSEALE.
Fiquei em dúvida.
Qual a conclusão?
Pelo POLO MUSEALE é mais barato e confiável?
O que você me indica?
Obrigada pela ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mari! O Polo Museale é o site oficial dos museus de Florença. Se depois das suas extensas pesquisas você chegar à conclusão de que é melhor comprar em sites de atravessadores do que no site oficial, é com você.

Ana Rubia Di Nardo

Tive sorte passando pela Galeria ..notei que não tinha fila e entrei na boa...sem fila e sem reserva comprei na hora..!
Sorte..!!!
Não sei eram 16:00.h.

Cris
CrisPermalinkResponder

Ola Boia e demais,

Em novembro deste ano, estarei mais uma vez em Florença, mas desta vez para ficar seis dias. Já fui nos dois museus, mas gostaria de ir de novo nos dois (já faz uns 4 anos desde a primeira vez).

Mas por conta do tempo mais espaçado, inclusive para conseguir encaixar alguns "bate-e-volta" pela Toscana, gostaria de deixar para fazer a reserva on-line para mais tarde, talvez até quando já estiver lá, para decidir melhor os dias em que pretendo visitar cada um.

Será que haverá entradas para reserva on-line em datas mais próximas da minha estadia ou é mesmo necessária a reserva com uns 20 a 30 dias de antecedência?

Sei que novembro já não é mais alta temporada e assim a quantidade de gente tende a diminuir, mas a impressão que eu tenho é que na Itália sempre tem turistas em doses nada homeopáticas!

Abraços,

Cris

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cris! Fora do feriado de finados, alguns dias de antecedência devem ser o suficiente.

Cris
CrisPermalinkResponder

Obrigada, Boia,

Então irei me programar quando estiver mais perto da estadia em Florença mesmo!

Em compensação, no dia 02/11 eu estarei em Milão e estou sofrendo há um mês para conseguir ingressos para "A Última Ceia", nem que seja no dia 03/11 e não consigo. Já sei que se não conseguir on-line, devo tentar por telefone, conforme orientado em outro post wink

esau
esauPermalinkResponder

Não consigo comprar com meu cartão de crédito no b-ticket (uffizi e academmia), da um erro que a operadora não reconheceu. Alguém mais teve problemas com essa compra? mesmo com o cartão de crédito devidamente habilitado para o exterior.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Esau! Provavelmente o seu cartão não é Verified by Visa ou MasterCard SecureCode:

https://www.viajenaviagem.com/2015/11/como-funcionam-verified-by-visa-mastercard-securecode-dicas

Cynthia
CynthiaPermalinkResponder

Gente, clonaram meu cartão!
Viajo domingo pra Itália e arrumei um super contratempo na véspera, graças a essa tal bilheteria online dos museus, não tô acreditando! Pior que nem consegui concluir a compra dos ingressos pra Ufizzi e Accademia (e tenho o Master Card Secure Code, já usei pra várias outras atrações até aqui sem problemas), mas uns 40 min depois entrou SMS no meu cel dizendo que tinha sido aprovada compra no Albergo Firenze, por 160 Euros (Wtf?!?!)! Tô indignada. Tem algo de muito errado com esse tal Polo Museale. Eu tinha visto outras pessoas avisando, mas como confiei em todas as dicas da Boia até aqui, nem liguei. Mas desta vez me dei muito mal. Não usem!

Marcela
MarcelaPermalinkResponder

Olá Bóia, Gostaria de saber se as compras nas bilheterias aceitam cartões de crédito ou só dá pra pagar em cedulas? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcela! Aceitam cartão.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Ola Boia, fui a roma seguindo suas dicas e me dei muito bem!!! Fiquei no campo de fiori e achei perfeita localizacao!
Agora 'e a vez de levar minha familia para Firenze , alguma dica de melhor bairro onde se hospedar ? Nao consegui descobrir esse post de firenze.
Obrigada
Julia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julia! A melhor localização em Florença é entre a estação Santa Maria Novella e o Duomo.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2011/07/hoteis-em-florenca-os-relatos-dos-leitores

Carlos Amos
Carlos AmosPermalinkResponder

Bóia!

As coisas mudaram!

Fiz recentemente uma viagem para Florença. Pela manhã fui na academia é na mesma rua em frente à uma "loja" do Museu Florença. Lá dei o número do meu email e já imprimi os ingressos dá Academia e Uffizi.

Pela tarde, no Uffizi, já peguei a fila que indicava single booked tickets e entrei numa boa. Bem tranquilo!

Maria Helena
Maria HelenaPermalinkResponder

Olá,
Quando compramos ingressos para Accademia ou Uffizzi, no dia certo, marcado no ticket, é permitido entrar um pouco mais cedo( uns 30 min) que o horário do bilhete, ou é estritamente dentro do horário impresso no ticket?
Tentei descobrir no blog se havia essa informação, mas não encontrei.
Obrigada
Maria

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Helena! Até onde sabemos, ingressos com hora marcada valem para a hora marcada, senão não seriam vendidos com hora marcada.

Mariah Caldas
Mariah CaldasPermalinkResponder

Oie!! Estava lendo os comentários sobre terem clonado o cartão de crédito. Então, acabei de comprar meus ingressos pelo site b-ticket, e, depois de fornecer meus dados do cartão, fui direcionada para um site "do bradesco" que pedia informação do titular, depois a senha... não continuei, pq achei isso MUITO estranho, já que nunca pediram isso em nenhuma compra minha pela internet. Apertei pra 'voltar' e o site do b-ticket confirmou minha compra e recebi meu email de confirmação também. Vou torcer agora pra não terem concluído o "clone" do meu cartão.
Só pra avisar à galera mesmo!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariah! Esse é o sistema Verified by Visa/Mastercard Secure Code. Cada vez mais sites estão usando. Não é clonagem.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2015/11/como-funcionam-verified-by-visa-mastercard-securecode-dicas

Lucilvia
LucilviaPermalinkResponder

Olha fui hj na Galleria Uffizzi e Accademia. Cheguei as 8:30 hs peguei meu ingresso e 8:45 hs estava dentro. A minha reserva era p 9:30hs. Fiz o mmo na Galleria Uffizzi ate pq queria ir a outro museu e consegui entrar 1hs antes da minha reserva. Acho q nao sao tao rigidos assim.?

Marcelo levanteza

Boa tarde....Ricardo muito obrigado pelas dicas. Fiz exatamente como você recomendou. Deu tudo certo. Porta 3 para trocar o ingresso , porta 1 para entrada de quem reservou pela internet.

Marcelo levanteza

Na Accademia quem tem ingresso reservado precisa trocar no guichê que fica do outro lado da rua número 51. Aí entra na fila dos que reservaram pela internet (prenotazione). Obrigado pelas dicas tudo correto e ótimo. Facilita muito. Abraços.

Mauricio Abrão

Olá Viajantes,

Estive na Uffizzi e na Accademia agora em nov/17. Fiquei bastante preocupando ao ler o post, pois não havia reservado as entradas. Acredito que pelo fato de ser baixa temporada, tive sorte de não me deparar com grandes filas nos dois. A Uffizzi abre as 08:30 da manhã... cheguei lá por volta das 08:20 e consegui entrar em menos de 10 min. Algumas poucas pessoas na fila, sem maiores preocupações. Fiquei cerca de 2 horas lá dentro e para minha surpresa também haviam poucas pessoas na fila de entrada. Parti então para Accademia, na caminhada. Ao chegar, tinha uma fila não tão grande. Fiquei cerca de meia hora e consegui entrar.
Sei que não é o recomendável, mas se for neste período, os menos atenciosos não terão grandes problemas para entrar em ambas.

abraços a todos viajantes!!

Uffizzi e na Accademia

Sergio Carvalho

Ola, Boia. Tentei encontrar algum link que me esclarecesse a quem é aplicado o ingresso com desconto - ridotto / reduced. Agradeço se puder esclarecer; tenho 68 anos e estarei em Florença em 13 de abril próximo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sérgio! O ingresso reduzido é para europeus entre 18 e 25 anos e professores da rede pública italiana.

http://www.uffizi.org/it/museo/tipi-di-biglietti/

Camila
CamilaPermalinkResponder

Olá Boia, primeiro obrigada pelo site incrível.
Fiquei com uma dúvida, fui verificar no site que você passou e para a GALLERIA DEGLI UFFIZI conta:
Biglietto singolo intero: € 20
Biglietto singolo ridotto: € 10
Biglietto cumulativo intero: € 38
Biglietto cumulativo ridotto: € 21
Costo della prenotazione: € 4
Então o valor está 24 euros por pessoa? É isso mesmo?? de 2016 para 2018 teve um aumento absurdo ou eu quem olhei errado?
Tks

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Todo o sistema de vendas foi reestruturado, podem ter mexido nos preços também. O Ricardo Freire vai atacar/atualizar Itália como um todo ainda este ano.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Oi, Boia!

Estarei em Florença de 1 a 5 de setembro. Ou seja: pego o domingo em que a Uffizi e a Accademia têm entrada gratuita. Ainda é considerado alta temporada? Será que as filas estarão uma loucura, visto que nesse dia não se pode reservar horários?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Você só terá algum sossego para visitar Florença no auge no inverno...

Gustavo Gaiarsa

Oi Guilherme, com certeza as filas estarão uma loucura. Pode esperar entre 2 a 3 horas de fila em cada museu no domingo grátis em setembro.

Gustavo Gaiarsa

Atualização importante:
O ingresso para a Uffizi custa, desde 1º de março de 2018, €20. Com hora marcada custa €24 e não é garantia de pular a fila em alta temporada. Normalmente, mesmo com hora marcada, há pelo menos meia-hora de fila.
Para a Accademia, quando não há exposições temporárias, os ingressos custam €8 sem hora marcada e €12 com hora marcada. O único jeito de furar a fila de verdade na Accademia é ter ingresso com hora marcada e contratar um guia autorizado de Florença, que entra literalmente furando a fila se tiver até 5 clientes com bilhetes com hora marcada. Palavra de guia oficial de Florença.

Catatau
CatatauPermalinkResponder

Oi Boia.
Estivemos em Florença este mês e a retirada dos ingressos foi um pouco diferente do que esta na matéria.
Compramos os ingressos da Academia e da Galeria pela internet na mesma compra. No nosso caso decidimos agendar primeiro a Academia e depois a Galeria.
Aí vem o pulo do gato #1, na porta da Academia quem comprou pela internet foi orientado a retirar o ingresso na bilheteria que fica do outro lado da rua no numero 51, antes de entrar na fila de quem tinha ingresso com hora marcada.
Pulo do gato #2, na bilheteria, a atendente verificou no e-mail que eu apresente, a minha compra para a Galeria e já me deu esses ingressos também. Quando chegamos na Galeria, já com os ingressos na mão, foi só ir direto para a porta 01.

Carlos Alberto de Oliveira

Olá. Fiz uma compra de ingressos em Florença com o link do seu site. Eles enviaram só um email com um número de encomenda. É só isso mesmo? Em outros locais como vaticano e coliseu eu recebi um voucher por email.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos Alberto! Você comprou no link que está neste post, do site oficial dos museus de Florença? Você vai precisar passar num guichê específico para ingressos comprados pela internet, para mostrar seu recibo e pegar a entrada.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Obrigada pelas dicas! Foram muito úteis! Só atualizando, para ajudar ainda mais os leitores já que eu estive lá ontem. Cheguei na entrada 3 às 09h15 (meu horário era 09h45) e consegui pegar logo os ingressos. Para minha surpresa me entregaram logo os ingressos da Academia também, já que eu comprei os ingressos juntos e estavam descritos no mesmo papel. Fui direto para a fila da entrada 1 e consegui entrar no museu pontualmente às 09h45. Fui na Academia no mesmo dia de tarde. Dentro dos dois tinha bastante gente e não havia proibição de tirar fotos. Só não pode usar flash e pau de selfie estendido. As duas visitas valeram muito a pena. Fiquei encantada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar