Como pesquisar passagens multidestinos e comprar a passagem certa para sua viagem

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Passagem multidestinos: a mais certa para sua viagem?

Muitas de nossas viagens -- à Europa, ao Peru, ao Chile, à Colômbia, à Patagônia argentina -- costumam ter várias paradas.

Nessas viagens, é muito comum comprar uma passagem aérea inadequada. A gente procura a passagem mais barata possível até o primeiro destino, e depois se vira para comprar os outros trechos. Daí quando chega ao último ponto do itinerário, tem que voltar lá de longe até o ponto inicial da viagem só para pegar o vôo de volta ao Brasil. E aquela passagem que parecia a mais econômica na hora que a gente comprou acaba sofrendo o acréscimo de todos os trechos internos -- alguns deles, aéreos, que poderiam ter sido incorporados à passagem principal.

Neste post você vai ver como a passagem multidestinos (também apresentada como "múltiplos destinos", "vários destino" ou "várias cidades") pode rentabilizar a tarifa aérea para cobrir o máximo do seu itinerário.

No mínimo, você precisa comprar uma passagem multidestinos (ou várias cidades) com essa configuração:

  • Trecho de ida: até o primeiro destino que você vai efetivamente visitar
  • Trecho de volta: desde o último destino que você vai efetivamente visitar

Nunca compre passagem só até o Meio do Caminho

Quer entender por quê? Vamos pensar em termos domésticos.

Se você quisesse ir pra Fortaleza, compraria uma passagem aérea a João Pessoa só porque estava mais barata? Claro que não -- você sabe que precisaria comprar uma passagem extra de ida e volta entre João Pessoa e Fortaleza, e isso ia ser caro e inconveniente.

Se fosse passar férias em Foz do Iguaçu, compraria passagem só até Curitiba porque é o único lugar do Paraná com vôos diretos desde a sua cidade? Evidentemente que não. Você sabe que, quando não existem vôos diretos, o certo é comprar um vôo com conexão, que será feita na cidade mais conveniente (pode ser em Curitiba, pode ser em São Paulo, em Brasília...)

Por que então, quando a viagem é internacional, fazemos isso o tempo todo? Não tem dia que não apareça na caixa de comentários alguém que comprou a passagem para o Meio do Caminho. "Como eu faço pra ir do Meio do Caminho até o Lugar Aonde Eu Quero Ir?"

Não há nada de errado em programar uma viagem por impulso por causa de uma passagem promocional que apareceu. Desde que essa passagem promocional seja efetivamente para o lugar para o Lugar Aonde Você Quer Ir. Se a passagem for para "um lugar perto" (o Meio do Caminho), segure o impulso um pouquinho. No mínimo, você precisa saber, ANTES de fechar o negócio, como é que se continua a viagem, e quanto custa essa continuação.

Tenha em mente que:

1) A continuação da viagem nunca sai de graça

Quando a gente descobre uma passagem até o Meio do Caminho está mais barata do que uma passagem até o O Lugar Aonde Você Quer Ir, esquece que a rota (ida e volta) entre os dois lugares não sai de graça. Mesmo que custe baratinho, a sua economia real já não seria aquela toda que você tinha na cabeça. Será que ainda vale a pena?

2) No exterior, 1 km tem os mesmos 1.000 metros daqui do Brasil

Pesquisando passagens aí na tela do seu computador, você tem a impressão de que, depois de voar 11 horas até o Meio do Caminho, fazer 400 km por terra até o O Lugar Aonde Você Quer Ir vai ser moleza. Não se iluda. 400 km é quilômetro pra caramba em qualquer lugar -- seja de trem, de ônibus ou de carro (sem falar que dirigir depois de uma noite mal dormida é um perigo). Quanto precisa ser a economia para compensar o perrengue?

3) Passagens não-vinculadas são um problemão

Tá, você comprou a passagem promocional até o Meio do Caminho. Agora precisa continuar viagem no mesmo dia para o O Lugar Aonde Você Quer Ir. Pra que horas você compra esse outro vôo? Difícil estabelecer. É preciso prever um intervalo seguro entre os vôos, porque se o primeiro vôo atrasar, você perde o segundo, sem choro nem vela nem assistência de nenhuma das duas cias. aéreas envolvidas, que vão alegar não ter nada a ver com a outra passagem. (Comprar um novo bilhete na hora pode sair mais caro do que a sua passagem do Brasil.) Marcar esse segundo vôo com segurança significa se auto-impor um chá de banco no aeroporto ou na estação ferroviária. E não é só. No trajeto de volta a coisa é ainda mais tensa: não pode dar nenhum chabu no seu primeiro vôo, senão pode perder o vôo de retorno ao Brasil e aí ir à falência no fim da viagem. É preciso calcular se a economia vale o risco e o stress.

Tela a tela: como comprar passagens multidestinos

Passagens multidestinos

Veja como pesquisar a passagem múltiplos destinos/várias cidades numa agência online. Neste exemplo, vou usar nosso parceiro Viajanet -- mas dá para fazer em qualquer uma que tenha esta funcionalidade.

Vamos tomar como exemplo uma viagem de 11 dias a Amsterdã e Berlim, entre 26 de setembro e 7 de outubro de 2017, saindo de São Paulo.

A pesquisa de preços foi feita no dia 29 de abril de 2017.

Vamos fazer 3 simulações:

  • Uma ida e volta pela mesma cidade: São Paulo-Amsterdã/Amsterdã-São Paulo, comprando Amsterdã-Berlim-Amsterdã à parte
  • Uma múltiplos destinos com ida por uma cidade e volta pela outra, com ida São Paulo-Amsterdã e volta Berlim-São Paulo, comprando o trecho Amsterdã-Berlim à parte
  • Uma múltiplos destinos completa, com os três trechos incluídos na passagem: São Paulo-Amsterdã/Amsterdã-Berlim/Berlim-São Paulo

Pesquisa 1: ida e volta pela mesma cidade

Passagens multidestinos

O primeiro impulso de um viajante que quer viajar a Amsterdã e Berlim é comprar uma passagem ida e volta a Amsterdã, por causa dos vôos diretos desde o Brasil, e deixar para ver depois como vai e volta de Berlim. Certo?

Passagens multidestinos

A menor tarifa encontrada, no dia em que pesquisei, para vôos sem conexões malucas, foi de R$ 3.800, pela KLM -- algo como 1.180 dólares, já com taxas. É uma tarifa normal, nem cara nem promocional. E tem a vantagem de usar vôos diretos de São Paulo a Amsterdã. (Dava para economizar até R$ 1.000, ou 300 dólares, em viagens de mais de 24 horas ou com duas conexões ou via Estados Unidos. Mas a economia não vale o perrengue -- um simples pernoite num hotel numa conexão prolongada já come metada da economia.)

Fechado em R$ 3.800? Calmaê. E o trecho Amsterdã-Berlim-Amsterdã, vai ficar fora da conta?

Passagens multidestinos

Vamos orçar.

Passagens multidestinos

Deu mais R$ 585, somando R$ 4.357. Incluindo tudo?

Não. A tarifa em classe econômica da KLM para vôos dentro da Europa não dá direito a bagagem. Você vai ter que comprar o despacho de bagagem à parte. Se for uma mala de até 23 kg, pagará 25 euros (R$ 88) online ou 35 euros (R$ 122). Levando uma mala de até 23 kg, temos que acrescentar então 50 euros (R$ 166). Total: R$ 4.551.

Ao optar por essa combinação de duas passagens ida e volta separadas, é preciso prestar atenção redobrada no horário dos vôos. A combinação desta pesquisa é arriscada: o vôo Berlim-Amsterdã chega às 7h20, e o Amsterdã-São Paulo sai às 10h10. Como estão em reservas separadas, mesmo sendo vôos da mesma cia. (a KLM), em princípio você precisaria retirar as bagagens ao chegar em Amsterdã e redespachar no check-in. A situação só ficaria tranqüila se você conseguir ligar as duas reservas no atendimento ao cliente -- mas não é garantido. Se fossem companhias diferentes, não haveria a menor possibilidade disso acontecer. Quando os vôos não estão vinculados na mesma reserva, sob um mesmo código localizador, não fica caracterizado um itinerário. Se o primeiro vôo atrasar e você perder o segundo, terá que pagar multa e diferença tarifária para remarcar a continuação da viagem.

Na maioria dos casos será mais ajuizado fazer esse trajeto em dois dias: voar à cidade onde começa o seu vôo de volta (Amsterdã, neste caso) na véspera da partida.

Pesquisa 2: ida por uma cidade e volta por outra

Passagens multidestinos

Esta costuma ser a melhor opção para itinerários em que os trechos internos sejam feitos por trem ou carro. Ou para quando você encontra uma passagem aérea 'interna' muito barata entre o destino inicial e o final da viagem.

Passagens multidestinos

A mesma cia. que ofereceu a melhor tarifa ida e volta a Amsterdã, a KLM, também ofereceu a melhor tarifa na modalidade 'vários destinos' do Viajanet. A ida de São Paulo a Amsterdã, com volta de Berlim a São Paulo, deu R$ 3.891 -- apenas R$ 91 mais caro que a ida e volta a Amsterdã.

De cara, você já economiza perrengão: o vôo de Berlim a Amsterdã está vinculado ao vôo de Amsterdã a São Paulo. Você já sai de Berlim com o cartão de embarque do vôo Amsterdã-São Paulo na mão, e as bagagens vão direto pro Brasil. E como os vôos são vinculados no mesmo localizador de reserva, a cia. se responsabiliza se você perder o segundo vôo por atraso do primeiro.

Vamos orçar o trecho que falta, Amsterdã-Berlim?

Trem Amsterdã-Berlim

O vôo só de ida Amsterdã-Berlim estava meio caro (R$ 437, mais R$ 88 para uma bagagem), mas se você encarar 6h15 de trem, paga só 39 euros (R$ 137) na tarifa descontada da Deutsche Bahn. A reserva de assento sai mais 4 euros (R$ 14). A bagagem não paga. Total da passagem de trem com reserva de assento: R$ 151. Total da multidestinos com ida de São Paulo a Amsterdã, volta de Berlim a São Paulo, e trem entre Amsterdã e Berlim: R$ 4.042. Ou... R$ 500 mais barato que a ida e volta São Paulo-Amsterdã-São Paulo com ida e volta Amsterdã-Berlim-São Paulo! Não falei que a múltiplos destinos era um bom negócio?

Pesquisa 3: multidestinos com vários trechos incluídos

Passagens multidestinos

Vamos agora à pesquisa da passagem multidestinos/várias cidades completa. Dá para incluir até 5 trechos na mesma passagem.

Passagens multidestinos

Como? Use este comando aí de cima, e o motor de busca vai criar mais trechos.

Passagens multidestinos: como comprar a passagem certa para sua viagem

COMO ASSIM? A passagem completa, incluindo os três trechos, São Paulo-Amsterdã, Amsterdã-Berlim, Berlim-São Paulo está saindo R$ 3.877? Só 77 reais mais caro que a passagem simples ida e volta São Paulo-Amsterdã-São Paulo? E 500 reais mais barato do que comprar separadamente São Paulo-Amsterdã-São Paulo e Amsterdã-Berlim-Amsterdã? (Mesmo que você faça os trechos Amsterdã-Berlim-Amsterdã de trem, ainda assim esta múltiplos destinos será 300 reais mais barata.)

Sim, senhoras e senhores passageiros, nessa simulação, nessa data e nesses destinos, a 'passagem interna' está saindo de graça.

Acontece sempre? Não. Quando a cia. mais barateira das pesquisas 1 (ida e volta simples) e 2 (multidestinos com ida por um destino e volta por outro, sem outros trechos) tem 'hub' numa terceira cidade, é provável que não mantenha a tarifa camarada na pesquisa 3 (multidestinos completa). Por exemplo: se a Alitalia fosse a cia. mais barateira nas pesquisas 1 e 2 (com vôos a Amsterdã e Berlim via Roma), não conseguiria igualar a tarifa na pesquisa 3 (multidestinos completa), porque não tem nenhuma parceira que faça a rota entre Amsterdã e Berlim. Neste caso, depois de feitas as contas do(s) trecho(s) interno(s) é provável que a tarifa mais camarada seja a da pesquisa 2 (multidestinos com ida por uma cidade e volta por outra).

Esse macete também vale em promoções?

Sim! A modalidade multidestinos rentabiliza qualquer tarifa. Se você vai fazer uma viagem picada pela Europa, nunca deixe de realizar as três pesquisas. Na imensa maioria dos casos, a opção 2 (multidestinos com ida por um destino e volta por outro) será mais vantajosa que a 1 (ida e volta simples, voltando ao primeiro destino para voar de volta ao Brasil). E em alguns casos a campeã será a opção 3 (multidestinos completa).

Considerações finais

Monte o itinerário antes

Monte o itinerário antes: é a única maneira não só de simular a passagem multidestinos, como também de descobrir quanto vai custar a continuação da viagem se for comprada à parte.

Faça sempre essas três pesquisas:

Com o itinerário montado, faça essas três pesquisas para comparar os resultados:

  • 1) Ida e volta pela mesma cidade
  • 2) Multidestinos com ida por uma cidade e volta por outra
  • 3) Multidestinos com todos os destinos incluídos

É bastante provável que a multidestinos seja a melhor passagem para sua viagem picada. Mas você só saberá se pesquisar.

Evite conexões entre vôos desvinculados

Caso encontre uma pechincha realmente imperdível que obrigue você a voltar ao primeiro destino para pegar o vôo de volta, chegue pelo menos na véspera. Vôos desvinculados são uma fonte desnecessária de stress.

Confira o tempo de espera nas conexões

Às vezes uma passagem está 100 ou 200 dólares mais barata, mas envolve ficar 8, 10, 16 horas num aeroporto (normalmente, na volta). Vai por mim: não há economia que valha esse perrengue. Verifique bem o itinerário antes de bater o martelo.

Resolva sua viagem:

Leia mais:

650 comentários

Augusto Bueno de Camargo

Excelentes dicas!
Pretendo ir à Lisboa e de lá passear pela Europa por vários meios, e finalmente ir para Tel Aviv de onde retornarei ao Brasil.
Pela dica que destes, o melhor é comprar POA>LIS TLV>POA?
Grato!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Augusto! Provavelmente sim.

Valéria Assis

Ótimas dicas. Eu concordo plenamente que é melhor não ficar horas no aeroporto para economia de $100/200 a mais. Não vale a pena.

rafaela
rafaelaPermalinkResponder

ola. adorei as dicas
estou programando uma viagem a Argentina
como moro perto da divida dos paises, pegarei voo domestico (saindo de puerto iguaçu - Ushuaia - calafate - buenos aires - puerto iguaçu)
ja pesquisei multiplos destinos e foi a melhor tarifa (acom aerolineas agent)
POREM, as passagens só dao direito a bagagem de mão e eu gostaria de adquirir despachada (23kg). vou pagar por esse despacho em todos os trechos ? ou pago apenas UM DESPACHO para TODA VIAGEM ?? obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafaela! Se a tarifa que você escolheu só dá direito a bagagem de mão, você terá que comprar bagagem despachada avulsa vôo por vôo. Verifique se não há uma tarifa que já inclui bagagem despachada, se você pensa em despachar essa tarifa valerá mais a pena.

Murilo
MuriloPermalinkResponder

As dicas são, realmente, boas. Mas se conseguirmos uma promoção bem interessante, geralmente não valerá a pena. Assim, em muitos casos é bom pesquisar os trechos internos separadamente para ver qual é o mais em conta.
Semana passada vi uma promoção Porto Alegre - Paris por 2 mil reais. Fazendo multidestino nunca sairá mais barato do que esse preço!
Se a intenção for economizar, pesquisem bem!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Murilo! Sempre se deve no mínimo fazer a simulação. Se algum trecho entre o Brasil e a Europa está em promoção, a cia. deve ter preços compatíveis para outros destinos também. Além do quê, se você tiver que voltar ao destino inicial só para pegar o vôo de volta, vai ter que passar uma noite no destino para não ter problemas de conexão. Isso já é um custo envolvido que deve ser contabilizado. Fazer uma conexão com passagens desvinculadas traz o risco de perder o vôo de volta e ter que pagar tarifa cheia.

Comprar passagem errada porque está mais barato é como comprar um sapato menor porque está mais barato. Não serve.

Flavio Erthal
Flavio ErthalPermalinkResponder

Excelente roteiro. Há muito que uso este procedimento múltiplos destinos, que é mais vantajoso e prático. Entre as vantagens, a possibilidade de manter a franquia de bagagem nos vôos internos e o conforto em chegar na primeira cidade no tempo certo. Por exemplo, em abril fizemos Rio-Roma-Verona na ida e Roma-Rio no retorno. Neste miolo, passeamos de carro e trem. Dá certo e é tranquilo. Abraços

André REBELLO

Ricardo, a regra de :
Passagem excelente até US$700,00
US$ 700 a 800 - boa
US$ 800 a 900 - razoável
US$ 900 1000 - comprável
Acima de 10000- cara
Vale??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Quem responde é a Bóia. Depende da época e da sua obsessão com pechinchas. Na alta temporada, 1.200 dólares é uma passagem razoável.

Madalena
MadalenaPermalinkResponder

Como faço para comprar uma passagem para um destino à um país e voltar por outro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Madalena! Seguindo as instruções do texto ou procurando um agente de viagem.

Ana Amaral
Ana AmaralPermalinkResponder

Oi! Quero sair do RJ e visitar Cartagena/Sun Andres _Bogotá e voltar RJ ! Tem como eu comprar múltiplos destinos??

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar