Como pesquisar passagens multidestinos e comprar a passagem certa para sua viagem

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Viaje melhor com passagens multidestinos

Passagem multidestinos: o que é

Se você vai fazer uma viagem internacional visitando vários lugares, nunca compre a passagem aérea sem pesquisar a modalidade múltiplos destinos.

Esta modalidade é oferecida por todos os buscadores, sites de vendas de passagem e sites próprios de cias. aéreas. Pode também aparecer sob o nome "multidestinos", "várias cidades" ou "vários trechos".

A passagem multidestinos permite que você combine, no mesmo bilhete, sem pagar mais caro:

  • O vôo de ida do Brasil ao primeiro destino a ser visitado
  • O vôo de volta ao Brasil saindo do último destino a ser visitado

Também podem ser incluídos trechos intermediários (algumas vezes valerá a pena, outras não).

Neste post você vai ver como pesquisar e emitir passagens na modalidade múltiplos destinos, rentabilizando seus gastos com deslocamento.

Você vai conseguir comprar uma passagem mais abrangente, mais conveniente e, na maioria das vezes, mais barata do que aquela passagem "normal", que tem ida e volta para o mesmo lugar.

Voltar | Topo

Passagem multidestinos: a mais certa para sua viagem

Muitas de nossas viagens -- à Europa, ao Peru, ao Chile, à Colômbia, à Patagônia argentina -- costumam ter várias paradas.

Nessas viagens, é muito comum comprar uma passagem aérea inadequada. A gente procura a passagem mais barata possível de ida e volta até o primeiro destino, e depois se vira para comprar os outros trechos. Daí quando chega ao último ponto do itinerário, tem que voltar lá de longe até o ponto inicial da viagem só para pegar o vôo de volta ao Brasil.

Nessas viagens, a passagem mais barata ida e volta que a gente encontra na pesquisa não reflete o custo final dos deslocamentos. Vai ser preciso acrescentar o custo de todos os vôos "internos" -- incluindo o custo do vôo de retorno ao primeiro destino da viagem, que precisou entrar no seu roteiro só para pegar o avião de volta para o Brasil.

Pois saiba que, na imensa maioria das vezes, esse último vôo interno é totalmente desnecessário (e antieconômico). Se você tivesse pesquisado a volta ao Brasil saindo do último destino do seu itinerário, provavelmente pagaria exatamente o mesmo preço -- e em alguns casos, uma tarifa menor.

Se você vai fazer uma viagem picada, no mínimo precisa pesquisar uma passagem multidestinos (ou várias cidades) com ida por uma cidade e volta por outra.

Também é aconselhável pesquisar a inclusão de outros trechos intermediários. Mas chegaremos lá.

Voltar | Topo

Nunca compre passagem só até o meio do caminho

Vamos fazer um paralelo com viagens domésticas.

Se você quisesse ir pra Fortaleza, compraria uma passagem aérea a João Pessoa só porque estava mais barata? Claro que não -- você sabe que precisaria comprar uma passagem extra de ida e volta entre João Pessoa e Fortaleza, e isso ia ser caro e inconveniente.

Se fosse passar férias em Foz do Iguaçu, compraria passagem só até Curitiba porque é o único lugar do Paraná com vôos diretos desde a sua cidade? Evidentemente que não. Você sabe que, quando não existem vôos diretos, o certo é comprar um vôo com conexão, que será feita na cidade mais conveniente (pode ser em Curitiba, pode ser em São Paulo, em Brasília...)

Por que então, quando a viagem é internacional, achamos normal comprar a passagem errada? Não tem dia que não apareça na caixa de comentários alguém que comprou a passagem só até o meio do caminho. "Como eu faço pra ir do Meio do Caminho até o Lugar Aonde Eu Realmente Quero Ir?"

Não há nada de errado em programar uma viagem por impulso por causa de uma passagem promocional que apareceu. Desde que essa passagem promocional seja efetivamente para o lugar para o Lugar Aonde Você Quer Ir. Se a passagem for para "um lugar perto" (o Meio do Caminho), segure o impulso um pouquinho. No mínimo, você precisa saber, ANTES de fechar o negócio, como é que se continua a viagem, e quanto custa essa continuação.

Tenha em mente que:

A continuação da viagem nunca sai de graça

Quando a gente descobre uma passagem até o Meio do Caminho está mais barata do que uma passagem até o O Lugar Aonde Você Quer Ir, esquece que a rota (ida e volta) entre os dois lugares não sai de graça. Mesmo que custe baratinho, a sua economia real já não seria aquela toda que você tinha na cabeça. Será que ainda vale a pena?

No exterior, 1 km tem os mesmos 1.000 metros daqui do Brasil

Pesquisando passagens aí na tela do seu computador, você tem a impressão de que, depois de voar 11 horas até o Meio do Caminho, fazer 400 km por terra até o O Lugar Aonde Você Quer Ir vai ser moleza. Não se iluda. 400 km é quilômetro pra caramba em qualquer lugar -- seja de trem, de ônibus ou de carro (sem falar que dirigir depois de uma noite mal dormida é um perigo). Quanto precisa ser a economia para compensar o perrengue?

Voltar | Topo

Passagens não-vinculadas são um problemão

Digamos que você comprou a passagem promocional só até o Meio do Caminho. Agora precisa continuar viagem no mesmo dia para o O Lugar Aonde Você Quer Ir. Para que horas você compra esse outro vôo?

É difícil estabelecer. É necessário prever um intervalo seguro entre os vôos, porque se o primeiro vôo atrasar, você perde o vôo de continuação, sem choro nem vela nem assistência de nenhuma das duas cias. aéreas envolvidas, que vão alegar não ter nada a ver com a outra passagem. (Comprar um novo bilhete na hora pode sair mais caro do que a sua passagem do Brasil.)

Marcar esse segundo trecho com segurança significa se auto-impor um chá de banco no aeroporto ou na estação ferroviária. E não é só.

No trajeto de volta a coisa é ainda mais tensa: não pode dar nenhum chabu no seu primeiro vôo, senão você se arrisca a perder o vôo de retorno ao Brasil e ir à falência no fim da viagem. É preciso calcular se a economia vale o risco e o stress.

Voltar | Topo

As vantagens das passagens multidestinos

Pesquisando passagens multidestinos/várias cidades, você consegue:

  • Passagens com ida a uma cidade e volta de outra cidade pagando igual ou mais barato do que ida e volta para a mesma cidade
  • Passagens com conexões vinculadas entre vôos: se um vôo atrasar e você perder o segundo, a cia. aérea se responsabiliza por colocar você em outro vôo, sem custo
  • Passagens com vários trechos internos incluídos, pelo preço de uma ida e volta para mesma cidade (não é sempre que dá, mas sempre pesquise para ver)

Voltar | Topo

Tela a tela: como comprar passagens multidestinos

Veja como pesquisar a passagem múltiplos destinos/várias cidades numa agência online. Neste exemplo, vou usar nosso parceiro KAYAK. Mas dá para fazer em qualquer site de agência ou cia. aérea que tenha esta funcionalidade.

Vamos tomar como exemplo uma viagem de 9 dias a Paris e Veneza, entre 19 e 28 de novembro de 2019, saindo de São Paulo.

A pesquisa de preços foi feita no dia 21 de agosto de 2019.

Vamos fazer 3 simulações no KAYAK:

  • Uma ida e volta pela mesma cidade: São Paulo-Paris-São Paulo, comprando os trechos de ida e volta Paris-Veneza-Paris à parte
  • Uma múltiplos destinos simples com ida por uma cidade e volta pela outra: ida São Paulo-Paris e volta Veneza-São Paulo, comprando o trecho de ida Paris-Veneza à parte
  • Uma múltiplos destinos completa, com os três trechos incluídos na passagem: São Paulo-Paris/Paris-Veneza/Veneza-São Paulo, sem precisar comprar trechos avulsos
Os números mudam, a estratégia permanece

A pesquisa mostrada aqui é real. Foi feita no dia 21 de agosto de 2019.

Ao repetir esta mesmíssima pesquisa, você certamente encontrará valores diferentes. Passagens de avião têm preços voláteis que mudam a todo instante.

Os valores podem mudar, mas a estratégia permanece válida: ao fazer viagens picadas, sempre pesquise passagens na modalidade múltiplos destinos. Na imensa maioria dos casos, você vai economizar (e comprar uma passagem muito mais conveniente).

Pesquisa 1: ida e volta pela mesma cidade

Passagens multidestinos: como pesquisar

O primeiro impulso de um viajante que quer viajar a Paris e Veneza é comprar uma passagem ida e volta a Paris, por ser uma capital com vôos diretos desde o Brasil, e deixar para ver depois como vai e volta de Veneza. Certo?

A menor tarifa encontrada pelo Kayak, no dia em que pesquisei, foi de R$ 2.386 (sem bagagem), pela Air Europa. Uma tarifa superbarata: 590 dólares Na ida e na volta há uma conexão (relativamente rápida) em Madri. Como os vôos estão vinculados na mesma passagem, essas conexões são garantidas.

Passagens multidestinos como economizar

Selecionando apenas vôos diretos, a menor tarifa que apareceu foram essas, da Latam e da Air France, na faixa dos R$ 3.300 -- pouco mais de 800 dólares. Para uma ida e volta em vôos diretos, esse preço também está beeem interessante (pense nas vezes que você pesquisou na alta temporada e as passagens diretas estavam tipo R$ 5.000 ou R$ 6.000?).

Fechado então, pelos R$ 2.386 da passagem com conexão da Air Europa, ou pelos R$ 3.300 dos vôos diretos da Latam ou da Air France?

Calma! E os trechos Paris-Veneza-Paris, vão ficar fora da conta?

Passagens multidestinos como pesquisar

Vamos pesquisar.

Note que eu marquei o vôo de Veneza para Paris no dia anterior ao vôo de volta ao Brasil. É uma medida de segurança: dormindo em Paris na véspera do vôo, eu evito uma conexão desvinculada entre os vôos Veneza-Paris e Paris-Brasil.

Passagens multidestinos como pesquisar

Nossa! O complemento está super em conta! A low-cost easyJet, viajando entre aeroportos centrais, faz a ida e volta por R$ 281, sem bagagem. 70 dólares! De graça.

Então, juntando a passagem Brasil-Paris-Brasil com a passagem Paris-Veneza-Paris, conseguimos essas tarifas:

  • R$ 2.667, com conexão na ida e na volta
  • R$ 3.585, em vôos diretos

Com o acréscimo do trecho Paris-Veneza-Paris, a passagem mais barata ultrapassou a fronteira psicológica dos R$ 2.500, mas continua hiper-atraente. A tarifa do vôo direto também não está má. Vamos fechar?

NÃÃÃÃÃO! Nunca compre uma passagem para viagens deste tipo sem ao menos pesquisar a modalidade multidestinos.

Pesquisa 2: ida por uma cidade e volta por outra

Passagens multidestinos como comprar

No KAYAK esta modalidade de pesquisa se chama "Várias cidades". Em outros sites você pode encontrar "multidestinos", "múltiplos destinos", "vários trechos" ou "multitrechos". Dá no mesmo.

Comprar uma multidestinos 'simples', com ida por uma cidade e volta por outra, é a opção ideal para quando você vai fazer os trechos 'internos' por trem ou carro.

Também é a melhor opção quando os vôos 'internos' saírem mais baratos na compra avulsa. Isso costuma acontecer em roteiros com muitos vôos intermediários, que extrapolam o limite de quilometragem de uma tarifa transatlântica. Nesse caso, não há problema em comprar os trechos internos por fora -- são vôos entre destinos intermediários do roteiro, sem conexão nem com o vôo de vinda do Brasil nem com o vôo de volta ao Brasil.

Passagens multidestinos: como comprar

Vamos pesquisar, então: múltiplos destinos/várias cidades com ida do Brasil a Paris e volta de Veneza ao Brasil.

Passagens multidestinos: como comprar

Olha só: IGUAL OU MAIS BARATO DO QUE A IDA E VOLTA A PARIS!

Como que a gente saberia disso se não pesquisasse?

Na Air Europa, que estava cobrando R$ 2.386 na modalidade ida e volta, a múltiplos destinos com ida a Paris e volta de Veneza está alguns tostões a menos: R$ 2.358 (sem bagagem). Assim como na ida e volta tradicional, a viagem é feita com conexões em Madri tanto na ida (Brasil-Madri-Paris) quanto na volta (Veneza-Madri-Paris).

Na Air France ficou R$ 365 mais barato! De R$ 3.340 na modalidade ida e volta para R$ 2.975 (sem bagagem) na múltiplos destinos com ida a Paris e volta de Veneza. 740 dólares. Na ida, o vôo é direto. Na volta, tem conexão em Paris.

"Ah, mas nos dois casos eu vou precisar voltar ao primeiro destino (Madri, no caso da Air Europa; Paris, no caso da Air France") para pegar o vôo de volta ao Brasil! Qual a vantagem?"

São várias vantagens. Você não precisou comprar o vôo à parte até o destino de onde sai o vôo de volta para o Brasil. Os dois vôos que compõem a volta são vinculados, e se um atrasar e você perder a continuação, a cia. aérea realoca você em outro vôo, sem custo. E você não precisa prever um intervalo insano nem chegar na véspera para não dar chabu de conexão.

Passagens multidestinos como comprar

Mas ainda falta pesquisar o vôo complementar entre Paris e Veneza.

Passagens multidestinos como comprar

De novo, baratíssimo: na low-cost Vueling, o vôo direto está ridículos R$ 131 (sem bagagem). 27 dólares!

Então vamos somar a tarifa da multidestinos 'simples' (ida Brasil-Paris, volta Veneza-Brasil) com o vôo avulso Paris-Veneza:

  • R$ 2.489, com a Air Europa (contra R$ R$ 2.667 na modalidade ida e volta)
  • R$ 3.106, com a Air France (contra R$ 3.585 na modalidade ida e volta)

Vamos fechar, então? NÃO! Pode ser que esta seja a passagem mais em conta, mas nunca deixe de pesquisar também quanto custa incluir o(s) trecho(s) intermediário(s) no mesmo bilhete.

Pesquisa 3: multidestinos com todos os trechos incluídos

Passagens multidestinos como comprar

No KAYAK é possível pesquisar itinerários de até 6 vôos na modalidade 'várias cidades'.

Dificilmente vai valer a pena incluir tantos trechos. Numa viagem de apenas dois destinos, como esta que estamos pesquisando, normalmente incluir o vôo intermediário entre os dois destinos não deve aumentar o preço. Mas se a viagem tiver muitos trechos, faça diferentes simulações, incluindo mais ou menos vôos intermediários (e sempre comparando com as tarifas conseguidas comprando esse vôos intermediários de maneira avulsa).

Passagens multidestinos: como comprar

Veja que interessante.

Pela Air Europa, que cobrou R$ 2.358 pela multidestinos 'simples' (sem o trecho intermediário), a multidestinos completinha subiu R$ 2.471. Só que o novo preço inclui o vôo intermediário Paris-Veneza (incluindo o vôo intermediário, a multidestinos 'simples' fica R$ 18 mais cara: R$ 2.489). Ou seja: incluir o trecho intermediário saiu elas por elas (mas você só vai precisar emitir um bilhete, e isso é melhor do que fazer duas compras separadas, concorda?).

Já na Air France a inclusão do trecho intermediário baixou o preço! A multidestinos 'simples', sem o trecho intermediário, custava R$ 2.975. Incluindo o vôo Paris-Veneza, baixou para R$ 2.735. Incrível! Isso aconteceu porque o itinerário aproveita a sinergia das rotas do grupo Air France-KLM. Graças a uma combinação favorável de cidades, o preço de uma cia. aérea convencional se aproximou, na modalidade múltiplos destinos, do preço da cia. low-cost.

Viu como vale a pena pesquisar todas as possibilidades?

Comparando as três pesquisas, então:

Air Europa:

  • R$ 2.471 na passagem multidestinos completa (Brasil-Paris + Paris-Veneza + Veneza-Brasil no mesmo bilhete)
  • R$ 2.489 na passagem multidestinos simples (Brasil-Paris + Veneza-Brasil) com o trecho intermediário (Paris-Veneza) comprado à parte
  • R$ 2.667 na passagem ida e volta (Brasil-Paris-Brasil) com trechos intermediários (Paris-Veneza-Paris) comprados à parte

Air France:

  • R$ 2.735 na passagem multidestinos completa (Brasil-Paris + Paris-Veneza + Veneza-Brasil no mesmo bilhete)
  • R$ 3.106 na passagem multidestinos simples (Brasil-Paris + Veneza-Brasil) com o trecho intermediário (Paris-Veneza) comprado à parte
  • R$ 3.585 na passagem ida e volta (Brasil-Paris-Brasil) com trechos intermediários (Paris-Veneza-Paris) comprados à parte
Vai por mim: passagens multidestinos

A passagem multidestinos é a passagem mais conveniente para muitas viagens ao exterior.

A passagem multidestinos normalmente não é mais cara do que a passagem ida e volta pelo mesma cidade.

A passagem multidestinos pode até ser mais barata dependendo da combinação de cidades.

A passagem multidestinos evita perrengues e stress das conexões entre vôos desvinculados.

Num itinerário de vários destinos, nunca compre sua passagem sem pesquisar na modalidade multidestinos.

Voltar | Topo

Resolva sua viagem:

Leia mais:

650 comentários

Lucas
LucasPermalinkResponder

Olá,

Estou indo para Dublin em janeiro e comprei passagens não vinculadas de Belo Horizonte para o RJ e do RJ para Dublin. Irei no dia 02/01 e o vôo sai de BH 5 horas antes do vôo para Dublin, devo me preocupara? =/

Lucas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucas! O problema das passagens não vinculadas é que, havendo algum imprevisto, você é que precisa arcar com os custos (e com as conseqüências). Na próxima, não dê bobeira smile

Raphael
RaphaelPermalinkResponder

Oi, Lucas, tente chegar mais cedo no aeroporto de BH e vá para a fila do check in, peça para a atendente te encaixar num voo mais cedo. Normalmente, se tiver assento no avião, ela vai fazer isso sem custo para você (na TAM é certeza que fazem). Já peguei avião quatro horas antes sem nenhum tipo de gasto. =)

Glon Santos
Glon SantosPermalinkResponder

Gostaria de sair de Sao Paulo rumo a Nova York, ficar uns 4 dias e partir para Orlando para ficar uns 10 dias e volat ao Brazil. Como faço para comprar as passagens de ida e retorno em pontos diferentes com bom preço ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Glon! Você pode pedir ajuda a um bom agente de viagens. Falamos de como comprar passagens multidestinos aqui também: https://www.viajenaviagem.com/2011/12/passagens-multidestinos-em-que-site-voce-compra/

Cláudio
CláudioPermalinkResponder

Olá Bóia, acompanho vocês há tempos, consegui uma promoção de GRU para o Chile através do site Expedia.com.br com voo Tam e Lan, porém com conexão na ida em Montevidéu e a volta com conexão em EZE, nas seguintes datas e horários: Ida 30/10/13 - 12:25h GRU-MVD 15:00h - 18:00h MVD-SCL 19:40h e volta dia 04/11 - 14:25h SCL-EZE 16:25h - 18:40h EZE-GRU 22:20h viajando Tam no primeiro trecho e Lan nos demais. A minha pergunta é, na ida, devo fazer todo procedimento, retirar bagagens, imigração, e novo check-in em Montevidéu, e depois na volta a mesma coisa em EZE? Será que dá tempo de fazer tudo isso, principalmente na Argentina? Como a compra foi pela Tam, no Uruguai e Argentina, devo fazer check-in pela Tam ou pela Lan? Para ajudar, tem mais um detalhe, ao emitirem os bilhetes, o Expedia alterou o meu nome e acabou deixando o meu último sobrenome colado ao meu Agnome(Junior). Entrei em contato com eles e com a Tam e me falaram que não haveria problemas, só se o nome estivesse escrito errado. Será que na Lan não vou ter problema também? E na imigração? Podem implicar? Grato, Cláudio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cláudio! Pela lógica as suas conexões serão trânsito internacional, você não fará imigração. Você receberá as instruções definitivas no check-in.

Cláudio
CláudioPermalinkResponder

Obrigado Bóia!
Quanto a questão do nome no bilhete, você já ouviu algum relato onde isso ocasionou algum problema? Grato, Cláudio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cláudio! As cias. tem juntado os nomes, sim. Não haverá problema.

Mon
MonPermalinkResponder

Comigo aconteceu de não conseguir fazer check-in pelo totem, no aeroporto de orlando. Mas a vida inteira me juntaram o sobrenome e só com a united tive esse problema.
Mas, aí, foi só chamar o atendente, foi bem simples resolver.

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá! Ótimas suas dicas ...esclareceu várias duvidas minhas e' possível vc me responder apenas mais uma?
estou indo de Bh para Miami, conexão SP. Preciso fazer novo check in? Preciso despachar novamente as malas?
Muito obrigada,Parabens ...Feliz daquele que compartilha os seus conhecimentos, nobre atitude dos sábios!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Se a passagem for vinculada, você já sai de BH com o cartão de embarque de São Paulo e as malas vão direto para Miami.

Marcia chagas
Marcia chagasPermalinkResponder

Ola Boia
Meu amigo mora em Nova Deli e deseja conhecer o Brasil.Posso comprar as passagens (nova deli / brasil, brasil /nova deli) aqui mesmo no Brasil e enviar para ele?
Obrigada
Marcia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Passagens podem ser compradas em qualquer lugar. Use sites como http://www.expedia.com para fazer cotações.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Olá! Estou indo para a Itália e meu roteiro se inicia em Veneza, depois passando por Florença e finalizando em Roma. Porém estou na dúvida se compro a passagem para Veneza pela TAP(com conexão em Lisboa), ou se compro pela Alitalia (fazendo a conexão em Roma). Como a volta para o Brasil será por Roma (ou seja, Alitalia), geralmente sai mais barato comprar ida e volta pela mesma empresa, não? Obrigada pela ajuda!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Compre sempre ida e volta pela mesma cia. Se você comprar pela Italia, fará alguma conexão na ida (pode ser em Milão também) e pegará um vôo direto na volta. Se for TAP ou qualquer outra cia. européia, fará uma conexão na ida e outra na volta. É muito comum que as passagens mais baratas para um destino sejam oferecidas por cias. de outros países (vôos diretos são mais caros).

Sonia Vieira
Sonia VieiraPermalinkResponder

Oi...Irei para Roma, em julho. Lá, farei um tour por diversos lugares com amigos que moram lá. Isso deve durar umas duas semanas. Iremos de trem, ônibus e carro. Já estamos combinando isso. A questão é que depois da Itália devo ir para a Espanha para um compromisso de trabalho. Voltarei para o Brasil de lá, saindo de Bilbao. Portanto, saio de São Paulo para Roma e volto de Bilbao para São Paulo. Qual a melhor opção para compra da passagem?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sonia! Orce São Paulo-Roma//Bilbao-São Paulo. Orce o trecho Itália-Bilbao dentro e fora da passagem internacional.

Sonia Vieira
Sonia VieiraPermalinkResponder

Obrigada....

Daniel
DanielPermalinkResponder

Olá, começo de abril estou indo pra Cardiff, capital de Galês no reino unido. Tem 3 companhias que fazem esse trajeto, a questão é que embarcar de Guarulhos para Cardiff, os valores estão na faixa de R$3.500 a R$4.000, oque sai mais em conta, é descer em Londres que encontro passagens na faixa de R$2.300 e de lá pegar um trem pra Cardiff que acredito que não deva passar de uns 50 euros. Vocês me aconselham a fazer esse trajeto? e sabe qual companhia de trem que seja mais tranquilo? obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniel! Compre passagem de trem em http://www.thetrainline.com com 90 dias de antcedência.

GUSTAVOW
GUSTAVOWPermalinkResponder

Olá, em minha viagem de lua de mel à Itália em junho , começarei por Roma e o destino final será Veneza. Ao trocar as milhas consegui o voo de volta Madrid-Sao Paulo, unica oppção existente.
Assim, irei de Madrid a Veneza no dia anterior, apenas pernoitando.
Para comprar a passagem aérea de Veneza a Madrid, vem a questão: comprar só a ida está carissimo. Eu posso comprar ida e volta e não utilizar a passagem de volta, bem mais em conta. Uma agente de turismo disse que as empressas aereas estão cobrando multa por isso. Sabe se é verdade?
Muito obrigado Gustavo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Dá pra inutilizar a volta sem problema. O problema é quando você abandona o vôo na escala -- aí a sua reserva de volta seria cancelada e você teria que pagar multa e diferença tarifária. Pernoitar em Madri é uma decisão sábia.

Veja também por low-costs em http://www.skyscanner.com.br .

GUSTAVOW
GUSTAVOWPermalinkResponder

Corrigindo: irei de Veneza a Madrid no dia anterior; como foi de milhas, a ida será Sao paulo Roma

Antonio Franco

Boa noite ; estou interessado em viajar para Europa em agosto , mais precisamente começar em Paris - Veneza - Florença e terminar em Roma . encontrei algumas promoções muito boas , porém o mesmo local de chegada é o de retorno . Pensei em comprar Rio X Paris com escala em Roma ( pela Alitália ) pois na volta estarei em Roma no último dia de viagem . dessa forma na viagem de ida primeiro destino seria em Roma (escala) e após chegaria no destino final, Paris . na volta já estaria em Roma ( escala )e pegaria e vôo direto em Roma . minha dúvida é a seguinte ? é permitido embarcar em um vôo de volta na escala ou seja Roma em detrimento de embracar em Paris que é o destino principal da passagem ?

Resumindo : Passagem de Ida : Rio de janeiro X Paris
Primeiro trecho :Rio de Janeiro X Roma ( escala )
Segundo trecho : Roma X Paris

Passagem de volta : Primeiro trecho : Paris X Roma (escala )
Segundo trecho : Roma X Rio de Janeiro
Dessa forma gostaria de saber se posso embracar direto no segundo trecho de volta , pois já estarei em Roma .

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio!

Não é assim que funciona. Não existe primeiro trecho e segundo trecho numa passagem. Se você sair do aeroporto, o vôo termina ali. O próximo trecho é outro vôo, a tarifação já seria diferente.

As mesmas tarifas promocionais também valem para multidestinos. Compre no site da Alitalia. Ida Rio-Paris, segundo vôo Paris-Roma, volta Roma-Rio.

Fabio Augusto
Fabio AugustoPermalinkResponder

"lembre-se de que as low-costs européias têm limitação severa de peso de bagagem e inúmeras taxas extras"

E não é só isso... Anos atrás, fui a um congresso em Brugge, Bélgica e resolvi aproveitar para conhecer York, no norte da Inglaterra esticando a estada por alguns dias. Depois de alguma pesquisa, descobri que a melhor combinação custo e aproveitamento de tempo era pegar um vôo da Ryanair (10 euros, tudo incluído - naquela época eles ainda não cobravam por bagagem de porão) de Charleroi para Londres / Stansted, pegar o trem expresso para Kings Cross em Londres e o trem para York. Tudo acertado - felizmente não havia comprado passagem de trem ainda - e menos de duas semanas antes da viagem vem um email da Ryanair informando que meu vôo havia mudado de horário - se não me falha a memória, partia às 9:00 h mas foi transferido para as 16:00 h... Não ia mair ter como ir a York no mesmo dia, ia ter de pousar em Londre$ com seus hotéi$ baratinho$. E pelos termos da tarifa da Ryanair, não havia reembolso: era isso ou cancelar o bilhete sem refunding, que foi o que eu fiz. Acabei mudando meu roteiro, sem maior prejuízo que os 10 euros da Ryanair mas nem sempre é assim. Hoje acho que seria pior.

Minha impressão é que essas low cost européias são boas para quem já está lá. A economia que se faz com elas é meio ilusória, já que as cláusulas dos contratos de transporte são de dignas de bordel de faroeste italiano. Voar com uma dessas empresas para aproveitar tarifa reduzida de vôo intercontinental só vale a pena se a economia for MUITO grande, caso contrário é ilusão.

Carol do Val
Carol do ValPermalinkResponder

Oi Boia!
Concordo muito com a escala chata ser melhor, mas estou numa encruzilhada aqui: em setembro talvez irei para Vegas com minha filha de um ano (na data da viagem). Nas minhas pesquisas não encontrei nenhum vôo direto para lá.
Aí já não sei se para ela um vôo com escala chata seja tão melhor que um vôo com uma parada mais longa, de um dia mesmo, ou até mais... Como vamos ter um bom tempo lá, estou namorando a ideia de ir via Washington, ficar na cidade uns 3 dias, voas para LAS onde ficaremos uns 5-6 dias, voar para Los Angeles ou Chicago e ficar mais uns 3 dias e voltar para São Paulo.
Se fôssemos só meu marido e eu as escalinhas chatas seriam encaradas com bom humor, mas com a bebê acho que talvez seja melhor fazer essas paradas de mini turismo, descansar e dormir bem...
O que você acha???
Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Para Las Vegas o melhor vôo é via Cidade do Panamá, com a Copa. Você faz imigração diretamente em Las Vegas. Indo pelos Estados Unidos você tem que fazer imigração no primeiro destino e redespachar as malas, é muito mais estressante. Mas se quiser desdobrar a viagem por outros lugares, a opção é sua, também vale.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Caro Boia,

Excelente texto!

Tenho minhas passagens transatlânticas emitidas pela AirFrance, com chegada e partida de Paris. Na véspera do voo de retorno, previsto para uma sábado de manhã, retorno a Paris, saindo de Munich, em outro voo da AirFrance.

Alguma chance de ter problemas?

Grande abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Chegar em Paris na véspera do vôo, como você vai fazer, diminui as chances de imprevistos atrapalharem o seu retorno.
Essa é uma das recomendações do Ricardo Freire no post. smile

Ricardo Dellai

Perfeito vou a itália em maio e vou chegar por milão e voltar por roma.

Sem dúvida quem não faz isso já mata 1 dia do roteiro pelo menos.

É isso ái.

mayra
mayraPermalinkResponder

Quando é a hora certa de fazer o check in?
Comprei passagens londres-veneza pela British Airways para o dia 20/04.O check in abriu um mês antes, e a vontade é deixar pronto e impresso, mas não é muito cedo? Melhor deixar para fazer quando já estiver em Londres?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mayra! Você pode realizar o check-in às vésperas da viagem, não precisa fazer com tanta antecedência.

Marcos Wagner Junior

Ótimo site, já me deixou um pouco mais confiante.

Veja o meu exemplo, pretendo comprar um trecho pelo www.zupper.com.br:

Ida: CWB -> SOF
Volta: KRK -> CWB

O voo se inicia em CWB (pela TAM) e parte para o GIG (Galeão), 01:47 antes do voo sair do GIG (pela Alitalia) e ir para a Europa.

Minha dúvida é, esse voo é vinculado? Como posso saber se o voo é vinculado? Lembrando que as 2 cias são diferentes e não são do mesmo grupo (Star Alliance).

Se o voo de CWB atrasar a TAM ou a Alitalia tem que se responsabilizar?

Vou precisar fazer um novo checkin no Galeão? Ou a TAM já vai mandar as minhas malas para o voo da Alitalia?

Obrigado.

Amaro - Recife

Mesmo que o voo seja vinculado e a empresa se responsabilize, como ela vai te colocar em um voo que já partiu? Na melhor das hipóteses você teria que tentar ser transferido para outra empresa que faça o mesmo destino, ou embarcar no próximo voo da Alitalia.

Acho 1:47 muito pouco para desembarcar, trocar de terminal (o da Alitalia é o 1 e o da TAM é o 2), pegar fila da inspeção, pegar alfândega... Para evitar qq perrengue eu sugeriria um intervalo maior entre os voos. Ano passado fiz uma conexão em GRU com 2 horas e o stress não valeu a pena (e era a mesma empresa, no mesmo terminal). Na próxima, o mínimo que eu pego é 3 horas.

mayra
mayraPermalinkResponder

olá. Compramos (via agencia de viagens) passagens Florianópolis/São Paulo/Paris, com 2h05 de espera na conexão em SP. A volta Paris/são Paulo/Florianópolis tem 2h45 de espera, em SP. Todos os vôos são pela TAM.
Estes intervalos são suficientes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mayra! Deve ser suficiente, sim. O importante é que as passagens sejam vinculadas. Qualquer galho com atrasos, a cia. aérea se responsabiliza.

mayra
mayraPermalinkResponder

Pois é, bóia. O agente nos disse que se a cia ofereceu essa conexão, então ela deve ser suficiente, porém as notícias dão conta da falta de pessoal no embarque internacional em Guarulhos, com imagens de filas quilométricas...
e quando falamos de responsabilidade da cia, estamos falando de que o avião vai esperar, ou que nos colocarão no próximo vôo,(e foi-se o primeiro dia de viagem, hotel, etc)?

Amaro - Recife

Mayra,

Em relação à responsabilidade da companhia aérea, ela vai existir se seu voo inicial atrasar, mas se a culpa for sua, ou de terceiros (raio-x ou alfândega, p. ex.), é dor-de-cabeça na certa.
Como eu disse lá em cima, 2 horas é apertado para Guarulhos, em condições normais dá, mas sempre 'com emoção'. Nem pense em passar no free shop ou fazer um lanchinho básico...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mayra! Você já sairá de Florianópolis com o cartão de embarque na mão e a passagem já despachada. O horário de chegada já inclui algum atraso, é o jeito que as cias. fazem para diminuir as estatísticas de atraso.

mayra
mayraPermalinkResponder

obrigada pela ajuda, Boia querida, e Amaro. O negócio é torcer pra dar certo...Díficil quando se quer controlar todos os detalhes de uma viagem...

betoodealmeida

Olá VnV! Acompanho (e sigo) direto suas orientações e essa é a 1x que estou postando!! Estarei em Roma em set/14 e irei a Jerusalém. Pesquisei voos a TelAviv com conexões mais longas e achei um voo da Iberia que fica 14h em Barcelona. Minha dúvida é: terei problemas na imigração espanhola por não ter reservas de hoteis e/ou poderei informar q passarei algumas horas na cidade aguardando minha conexão?! Ah, Na volta também achei um voo com 10h de conexão em Istambul, por outra empresa... Será que me arrisco??? Grande abç!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beto! Não há imigração nos vôos entre a Itália e a Espanha. São vôos domésticos.

MARCIO NASCIMENTO

Ola,

Comprei passagens de ida e volta, GRU - ORD na Decolar voando LAN para agosto de 2014.
A minha preocupação eh que recebi uma notificação de alteração de vôo, justamente na volta de Chicago, onde terei uma conexão em NY-JFK com a previsão de volta conforme abaixo:
Jet Blue: Sai ORD - 13:50 Chega JFK-17:05
Tam: Sai JFK 18:50 Chega CIG 06:02
A reserva é pela LAN, onde todos os vôos estão na mesma reserva.
A minha dúvida é, terei tempo para efetuar a conexão em NY?
Caso negativo, a LAN será obrigada a me alocar em um outro vôo?

Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcio! O ideal seria antecipar a saída de Chicago. É possível que seja necessário trocar de terminal no JFK.

Natália Fonseca

Olá, teve uma dúvida semelhante à minha logo acima, mas não entendi um detalhe: vou para EUA após termino da copa. Saio de Goiânia e terei uma conexão de 1:50 min. em guarulhos que foi uma opção oferecida pela própria AA. A gente sempre tem q passar no balcão de checkin de novo, mesmo tendo feito aqui.
Se atrasarmos e perdermos o vôo por causa da fila da PF como proceder?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natália! Com que cia. você vai voar a São Paulo? Se for com a TAM, é provável que você já saia com seu cartão de embarque.

De todo modo, a American é responsável por colocar você num outro vôo.

Se quiser diminuir o risco de perrengue, mude o primeiro vôo.

Natália Fonseca

Bóia vou pela tam no primeiro vôo. Apesar de termos cartão de embarque, seemmppre nós mandam fazer outro checkin em guarulhos (não sei porque) afinal nossa bagagem vai pro destino final!
Mas a companhia nos da suporte se o atraso for por causa da alfândega, polícia etc?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natália! Dará, mas pode dar trabalho para você e fazer você perder um dia de viagem. Se está com receio, mude o horário.

Natália Fonseca

Obrigada pela informação.

cesar
cesarPermalinkResponder

Percebi q algumas empresas aéreas ao vender passagens de ida e volta, o valor fica mais barato do que só ida. Qual a pegadinha nisso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cesar! Acontece, sim. Não é pegadinha. Sempre que simular uma passagem de ida e estiver caro demais, sobretudo na Europa, veja quanto custa a ida e volta.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Olá,

Poderia tirar uma dúvida, irei viajar do RJ para maryland,Washington e o vôo terá uma conexão em Atlanta, gostaria de saber se no momento da troca de aeronaves será preciso fazer novamente o check-in e despachar novamente as bagagens?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Você vai precisar pegar as malas em Atlanta e passar com elas pela alfândega. Para entender o procedimento, leia: https://www.viajenaviagem.com/2012/05/eua-imigracao-bagagem/

Kátia
KátiaPermalinkResponder

Olá Bóia, é a minha primeira viagem internacional. Vou a Roma e comprei passagem pela Ibéria voando Britsh Arwais com conexão em Londres chegada prevista p/13:00 terminal 5 e saída p/Roma às 14:20 também no terminal 5, memo dia. Será que dá tempo? Fiz besteira?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kátia! É melhor ter mais espaço entre um vôo e outro. Mas, se as passagens são vinculadas, a cia. aérea se responsabiliza por qualquer imprevisto que cause a perda do vôo seguinte.

Karla
KarlaPermalinkResponder

Oi, boia! Vou no fim de outubro p frankfurt. Tenho 8 dias na europa. Gostaria de fazer berlin, munique, hamburgo e amsterdam. Vc acha que da? Sugere q ordem das cidades?
Devo ir a amsterdam partindo de onde? Vou de trem?
Muitas perguntas, ne? Hehe

Karla
KarlaPermalinkResponder

Sao 8 dias lna europa, ja tirando um dia p ir e outro p voltar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karla! É uma loucurinha. Em 8 dias cabem 2 cidades. Entenda: https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Debora Natal
Debora NatalPermalinkResponder

Olá.
Vou em agosto para a Itália (sozinha. Medinho!), e, estou em dúvida se devo entrar por Lisboa pela TAP (que o tempo de espera será prolongado) ou pela TAM, parando em Milão (que tem o vôo mais caro). O que me aconselha?

Grata
Debora

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Debora! De todo jeito dá certo. Compre passagem até o primeiro destino que você vai efetivamente visitar. Se você não vai vistar Milão, não vale a pena chegar por lá.

Martha Aparecida Moreira Portes

Olá, de acordo com os posts que acabei de ler gostaria de deixar uma dica, faço sempre viagens pela Europa com vários destinos compro no site www.edreams.com.br que te dá a opção de vários destinos,aparece o preço em real mas no seu cartão vem em dólar, mesmo assim fica mais barato do que comprar em sites brasileiros, só não parcelam, antes faço pesquisa no site da companhia aérea como TAP, AirFrance e outras costuma ficar mais caro mas já aconteceu de eu achar mais barato,e a vantagem de comprar um bilhete só para vários destinos é a bagagem.Saindo do Brasil e voltando vc pode levar 2 malas de 32K cada e os voos internos vc pode carregar essas mesmas malas mas se comprar tudo separado vc paga pelo excesso que não é barato já aconteceu comigo, pois lá dentro como no Brasil vc só pode carregar uma de 22k. Se vc tiver um bom agente de viagem vc fala o preço que vc achou no site e eles abaixam o valor pra vc aí compensa porque vc vai pagar em real. Fiz isso agora em uma viagem q vou fazer em agosto minha agente abaixou o preço em R$2500,00 pra chegar no preço do site da edreams nos mesmos voos e horários que eu escolhi. Espero ter ajudado um pouco, pois sempre que viajo procuro dicas e acho muito bom, sempre me ajudam muito.

mara mello
mara melloPermalinkResponder

Boa noite..
Estou pensando em fazer uma viagem para o oriente medio e gostaria de saber se você poderia me indicar alguma agencia de viagem que seja confiável...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mara! Desculpe, não temos como fazer indicações.

marilene tavares

Boa Noite, preciso de ajuda para me conduzir no seguinte:
Meu marido e eu estamos planejando sair 3/01/15 para o Panamá, com previsão de estadia de 1 semana. perguntas?
Pode me direcionar qual o meio mais barato para chegar?
Recomenda hotel?
Outro detalha, de lá queremos seguir viagem para Charlote nos EUA. Como devol proceder quanto so a passagem porque hospedagem já temos.
Outra informação:
Tenho milhas na Smile e gostaria de usa-las em uma das passagens , total. Posso usar integral e pagar a diferença em dinheiro?
Agradeço desde já seus comentários
atenciosamente
Marilene

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milene!

Leia sobre o Panamá:
https://www.viajenaviagem.com/destino/panama

Para emitir passagens Smiles você precisa ir ao site do Smiles e ver o que está disponível lá. Achamos difícil que você consiga voar do Panamá a Charlotte com algum parceiro Smiles, mas tentar não custa...

Roberta lacava

quero ir pra portugal e voltar por italia como compro as passagens?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberta! Você pode comprar no site da cia. aérea, ou pelo Expedia, Decolar ou Submarino Viagens (por telefone). Um agente de viagens também efetua a compra pra você.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Tenho passagem de Lisboa, conexão em Madri, conexão no Rio.
Pergunta, posso embarcar só em Madri? fazer o checkin lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Não pode não. Se você não embarcar em Lisboa, perderá a reserva e quando remarcar a passagem pagará multa e diferença tarifária.

Da próxima vez, compre passagem com ida ao primeiro destino que você vai efetivamente visitar, com volta desde o último destino que você vai efetivamente visitar.

Matheus Fernandes

Ola comprei passagem para Orlando, ida 05 de dezembro, volta 21 de dezembro. É minha primeira viagem para EUA, gostaria de visitar os parques. Voce acha que vale a pena eu passar alguns dis em NY ou Miami? Mas tenho q voltar para Orlando, pois o voo volta de lá.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Matheus! Você tem tempo o bastante para encaixar mais uma cidade no roteiro, sim. O ideal seria voltar pela última cidade visitada. Miami fica mais próxima a Orlando.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Comprei uma passagem para Vancouver com conexão em Toronto, o problema é que o tempo de conexão é de apenas 1:15h. Se por conta da imigração eu perder a conexão eles são obrigados a me incluírem no próximo voo? A Companhia é a Air Canada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Se a passagem é vinculada, a responsabilidade é da cia. Mas tente mudar essa conexão antes, ela é praticamente infactível, só vai te dar dor de cabeça.

Alvaro
AlvaroPermalinkResponder

Ola, estou gostando muito das informações. Me tire uma duvida se der. Como saio de Curitiba (CWB), quando vou pesquisar no Decolar, Submarino, etc, se procuro uma passagem para os EUA, quase sempre as melhores opções mesclam voo CWB-GRU pela Gol ou TAM e o voo GRU-EUA por outras companhias, tipo AA, United, etc.
Sendo companhias diferentes, mas comprando esse bilhete pelo Decolar, Submarino, etc, essa passagem seria a chamada "vinculada" não me trazendo problemas ?

E se eu entrar direto no site dessas companhias americanas, elas tb vendem o trecho completo desde Curitiba, uma vez que elas não operam aqui ?

Por que se eu for obrigado a comprar os 2 trechos da mesma companhia para ter o vinculo, eu só poderia comprar Gol ou Tam que são as unicas que operam aqui.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alvaro! Em princípio são vinculadas, sim. É mais seguro quando a combinação é entre cias. que pertençam à mesma aliança ou tenham acordos operacionais (Gol com Delta, TAM com American).

Michelli Konczak

Boa tarde!!
Irei para Europa em Março/15 (primeira vez!!) e comprei uma passagem promocional pela Swiss. Fiquei feliz pelo seu comentario no post (viagem para Suiça de trem) sobre a Swiss e a sua pontualidade! Estou preocupada com o tempo das conexões: Na ida por SP irei para Paris com conexão em Zurique de 1h e na volta irei de Atenas para SP, com conexão em Zurique de 45m. Será que esse tempo de conexão é razoavel sem perder o proximo voo? Bom, como vc explicou, os trechos pertecem a mesma reserva,,,,se algo acontecer, estou garantida com o meu lugar no proximo voo, certo? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Michelli! É corrido, mas, se algo acontecer, você já sabe smile

Ingrid
IngridPermalinkResponder

Boia, estou precisando de uma passagem Cidade do Mexico - Quebec - Cidade do Mexico e tem que ser pela air canada pois nao tenho visto americano. Pelo site da Air Canada, eles nao vendem para brasileiros. Vc sabe dizer o que pode acontecer se eu comprar informando que resido no Mexico? tentei fazer uma simulacao de compra e o site procedeu a compra ate a penultima etapa sem problema (nao segui adiante com a numeracao do cartao de credito). So nao efetivei-a de fato por receio. Tentei via air canada de SP por telefone, mas o preco que passam eh bem mais alto!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ingrid! Nâo há nenhum problema em comprar passagem num site estrangeiro. Atente apenas para que a sua passagem não tenha escala nos Estados Unidos. Para ir ao Canadá você precisa de visto canadense.

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Oi, Bóia!

Comprei passagens para a Europa pela TAP com o seguinte roteiro, ida e volta: RJ - Amsterdan (tanto na ida qto na volta, com conexão de 13 horas em Lisboa). Na ida, já programei nem sair do aeroporto de Amsterdan e já pegar um voo para Porto, que será meu destino inicial. Aí pensei no seguinte...é possível abandonar esse trecho Lisboa - Amsterdan e já ficar em Lisboa, durante a conexão? Ou quando isso acontece o voo da volta é cancelado?
Obrigada! smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisa! Se você não voar o trecho Lisboa-Amsterdã, sua passagem será cancelada. Você só pode fazer isso quando não utiliza o último trecho da passagem. O ideal é sempre comprar a passagem de ida para o primeiro destino a ser visitado e voltando da última cidade. Assim não se perde tanto tempo com deslocamentos.

Isabela
IsabelaPermalinkResponder

Compramos pela Decolar, passagem aérea pela TAP de Porto a Paris e Roma a Lisboa. A pessoa que comprou, colocou o nome de um dos passageiros errado: Sergio Cunha e Silva, qdo o correto seria Sergio da Cunha e Silva, conforme consta no passaporte. Foi esquecido o 'da' (conjunção d+a). Terá algum problema na hora do embarque?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isabela! Tem problema não smile

Carol Correa
Carol CorreaPermalinkResponder

Já cometi um erro básico no quesito compra de passagens:
Quando fui para a Europa, inicialmente comprei passagens RIO-MADRID-LONDRES e volta MUNIQUE-MADRID-RIO. Não comprei de Londres para Munique, pq pretendia verificar se valia a pena ir de trem. Acabou não compensando e resolvi ir de avião. Ocorre que, como eu comprei essa passagem em momentos diferentes, perdi a franquia de bagagem que os passageiros indo ou vindo do Brasil tem!
Não recomendo fazer isso!

luana
luanaPermalinkResponder

Olá estou programando uma viagem para Europa : Rio , Amsterdã(3 dias ), Berlim ( 4 dias ) , Munich ( 4 dias ), Atenas ( 1 dias ) , Mikonos( 3 dias ) , Santorini ( 3dias ) , Atenas , Rio . Vale a pena comprar vários destinos , no caso dessa rota ? Qual seria a melhor rota e opção de compra para essa viagem ? Mikonos e Santorini, eu faria por mar ..Mas minha duvida é também se entro por Amsterdan ou Berlim. Esses dias em cada lugar , acha q esta bom ?
Obrigada Luana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luana! É uma viagem cara, porque tem muito deslocamento para percorrer duas bandas distantes da Europa. É como querer visitar Fortaleza e Gramado na mesma viagem, a estrutura é cara.

No seu lugar, eu escolheria apenas uma ilha na Grécia. Um dia em Atenas só serve para chegar: não se iluda. Você vai precisar de dois dias por lá.

Tente achar uma ilha que tenha vôo direto de Amsterdã, Munique ou Berlim, para que você não precise passar por Atenas. Pesquise em http://www.kayak.com.br e em http://www.skyscanner.com.br , que incluem low-costs.

Não vá às ilhas gregas se não for entre meados de maio e fim de setembro.

Compre passagem de ida para Munique ou Amsterdã e volta de Atenas. Faça os trechos de Alemanha e Holanda de trem.

Voe da ilha escolhida a Atenas.

Dácio
DácioPermalinkResponder

Ola, estou planejando uma viagem para a alemanha e estou achando as passagens muito mais baratas comprando lá fora. É possível eu sendo brasileiro comprar com cartão i ternacional uma passagem em site estrangeiro? Ou só posso comprar em site brasileiro? Teria alguma implicação? obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dácio! Não há nenhum problema em comprar passagens num site estrangeiro. Apenas verifique se as taxas já estão inclusas no primeiro preço (vá até a última página antes de fechar negócio para descobrir) e veja também se você não está comparando preços em euros com preços em dólar.

paulo bruno
paulo brunoPermalinkResponder

ola ,
estou preocupado , em dezembro vou para china , porém na hora da compra da passagem eu apertei o bota errado , o trajeto do voo é brasilia- lisboa- alemanha- china , so que a empresa será a mesma até alemanha, é quando troca de companhia passa ser a Air China e para fazer essa conexão eu vou ter apenas 50 min , queria saber o que devo fazer, 50 min vai dar tempo? se eu perder o voo eles podem colocar em um novo? vou ter que pagar algo a mais?vou ter que pegar minha bagagem ou ela vai direto para china? nessa situação qual seria a melhor coisa a fazer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Sendo as passagens vinculadas, eles são obrigados a colocar você em outro vôo em caso de atraso da chegada do vôo anterior.

Adi
AdiPermalinkResponder

Vou viajar para a europa em maio/2015 e vou passar 5 dias em Portugal e 15 dias na Itália. Que tipo de passagem devo comprar? Devo compar as passagens separadas, por exemplo, Brasil/Lisboa, Lisboa/Roma e Roma/Brasil? Posso entrar por um país e sair pelo outro? É minha primeira viagem ao exterior e estou confusa.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adi! Não há problema algum de entrar no continente por um país e sair por outro. O importante é você ter a passagem comprovando que voltará ao Brasil, caso alguma autoridade questione. Dê uma lida neste post para saber mais: https://www.viajenaviagem.com/2007/04/a-primeira-viagem-a-europa

Adi
AdiPermalinkResponder

Muito obrigada pelo carinho e atenção. Abraços.

Adi
AdiPermalinkResponder

Vou viajar para a europa em maio/2015 e vou passar 5 dias em Portugal e 15 dias na Itália. Que tipo de passagem devo comprar? Devo comprar as passagens separadas, por exemplo, Brasil/Lisboa, Lisboa/Roma e Roma/Brasil? Posso entrar por um país e sair pelo outro? É minha primeira viagem ao exterior e estou confusa.

Adi
AdiPermalinkResponder

Olá!
Vou viajar para a europa em maio/2015 e vou passar 5 dias em Portugal e 15 dias na Itália. Que tipo de passagem devo comprar? Devo comprar as passagens separadas, por exemplo, Brasil/Lisboa, Lisboa/Roma e Roma/Brasil? Posso entrar por um país e sair pelo outro? É minha primeira viagem ao exterior e estou confusa.

Edno Bassani
Edno BassaniPermalinkResponder

Quanto devo levar por pessoa para refeições na Europa?

Edno Bassani
Edno BassaniPermalinkResponder

Gostaria de fazer Milão/Veneza
Veneza /Florenza
Florenza /Roma ficando 2 dias em cada cidade
Roma /Grecia 3 na Grecia ......total de 11 dias .
É possivel? Pode me auxiliar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edno!

Veja o que o Ricardo Freire recomenda para 9 dias na Itália:
https://www.viajenaviagem.com/2012/03/roteiro-9-dias-europa

É mais interessante aumentar a permanência na Itália do que fazer esse desvio à Grécia, que sairá caro e comerá um tempo desproporcional. Deixe para ir à Grécia quando puder, além de Atenas, incluir alguma ilha.

Livia
LiviaPermalinkResponder

Olá,

A passagem Fortaleza-Barcelona-Fortaleza está saindo por R$ 2600,00. Levando em conta que pretendo visitar Barcelona, Liverpool, Londres e Paris, estava a procura do trecho Fortaleza-Barcelona-Paris-Fortaleza, mas sai por R$ 3400,00. E eu pagaria R$ 300 para ir de Paris-Barcelona para pegar o voo de volta (já com a taxa da mala no porão).
O que seria o melhor a fazer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Livia! Na primeira opção, os seus vôos são vinculados. Apesar de custar um pouco mais caro, você ganha tempo de passeio, já que não precisa se deslocar de Paris até Barcelona, para pegar o vôo de volta ao Brasil. Se você optar por comprar a passagem Paris-Barcelona, você vai perder uma manhã ou tarde com a viagem. Mas se mesmo assim você preferir fazer essa economia, voe para Barcelona na véspera do retorno, para não ter imprevistos.

Leandro Ferreira

Olá Bóia. Em março/15 irei fazer um mochilão pela Europa iniciando por Lisboa e finalizando em Paris. Comprei os bilhetes pela Swiss, com conexão em Zurique, sendo o tempo de conexão na ida de 50 minutos e na volta de 45 minutos. Em contato telefônico com a empresa, a atendente me informou q esses vôos são muito pontuais. Há motivos pra me preocupar com esse tempo de conexão, mesmo sendo todos os vôos da mesma empresa? Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Sendo suas passagens vinculadas, não é preciso se preocupar; a cia. aérea se responsabiliza caso o primeiro vôo atrase. O Ricardo Freire já chegou à Europa por Zurique e se surpreendeu com a rapidez na imigração: https://www.viajenaviagem.com/2011/09/chegando-a-europa-por-zurique

Leandro Ferreira

E a imigração Bóia. Será em Lisboa, que é o meu primeiro destino, ou será na conexão em Zurique?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Você vai fazer imigração em Lisboa.

Elis Albieri
Elis AlbieriPermalinkResponder

Olá,
estou com passagem comprada com a seguinte programação:
IDA: São Paulo - Londres (Com escala em Paris)
VOLTA: Londres - São Paulo (Com escala em Paris também).

Na volta, estarei em Paris. Será que eu posso pegar o avião direto em Paris ou preciso voltar para Londres e fazer todo o percurso?

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Deve voltar à Londres, senão vc daria um "no show" e perderia todo o trecho.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elis! Se o vôo sai de Londres, você precisa voltar pra lá, sim.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Senhores

Faremos uma viagem pela Air France,:São Paulo - Paris (Charles De Gaulle) - Lyon, dia 28/11/2014
Retorno: Lyon - Paris (Charles De Gaulle) - Rio de Janeiro, dia 29/12/2014

Não conhecemos o aeroporto Charles de Gaulle, não conhecemos detalhes das conexões, por isto temos as seguintes questões a seguir:

Na viagem de ida o tempo de conexão é 2horas e 15 minutos no Aeroporto Charlles de Gaulle em Paris e na volta apenas 1hora e 15 minutos na conexão em Paris.

Trânsito Pessoal, bagabens e imigração

No aeroporto de Paris, em 29/11/2014:
1) Teremos que passar na Imigração para apresentar passaporte, ou faremos isto em Lyon?
2) As bagagens irão direto vôo AF457 (Sao Paulo - Paris) para AF7652(Paris-Lyon), em Paris, ou teremos que retirá-las no terminal 2E para reembarca-las no terminal 2F, em Paris?
3) A distância do terminal 2E para 2F, em Paris, é percorrida a pé, ou por algum meio de transporte interno?

No aeroporto de Lyon em 29/12/2014:
1) Teremos que passar na Imigração para apresentar passaporte, ou faremos isto em Paris?
2) As bagagens serão embarcadas em Lyon no vôo AF7647(Lyon-Paris) e irão direta para o avião AF442(Paris- Rio de Janeiro) (em Paris)?

3) Ou serão retiradas em Paris no portão 2F para o reembarque no portão 2E?
4) A Imigração para a apresentação do passaporte será em Paris?
5) Caso a Imigração seja em Paris, haverá tempo hábil para o transporte das bagagens, imigração e deslocamento pessoal para embarque no võo final para o Rio de Janeiro (vôo AF442) ?
6) Os Terminais 2E e 2F, estão na area internacional em Paris,(sem necessidade de passarmos pela Imigração)?

Paulo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Consulte este post: https://www.viajenaviagem.com/2012/05/europa-imigracao-bagagem/

Você faz a imigração ao chegar em Paris. De Lyon a Paris o seu vôo é doméstico.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar