5 castelos top no Vale do Loire

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Chenonceau, Vale do Loire

Chenonceau

Castelos? Talvez não seja a palavra mais apropriada. A palavra francesa "château" pode ser traduzida tanto por castelo, quanto por palácio. De fato, os 300 châteaux espalhados pelo vale do rio Loire, construídos entre os séculos X e XVI pela nobreza e pela realeza da França, são castelos e palácios ao mesmo tempo. E não só isso: são monumentos, também. Ou mais: elementos indissociáveis da paisagem. Lua de mel, aí vamos nós!

Há quem visite o Vale do Loire em tours de um dia saindo de Paris. O encanto da região, contudo, só é revelado por inteiro a quem se dispuser a passar duas ou três noites por ali. (Eu me hospedei no anexo de um pequeno castelo transformado em hotel, o Château des 7 Tours; não foi caro e gostei muito.) Não se preocupe em visitar o maior número possível de castelos: não é assim que se aproveita a viagem. Vá a no máximo dois châteaux por dia; entre um e outro, entregue-se às estradas vicinais, seguindo placas que levam a castelos menores e desimportantes, situados em cantinhos incríveis. Você vai se lembrar dessas descobertas como os pontos altos dos seus dias por lá.

Quem realmente não tem tempo para pernoitar e não quer se entender com o transporte público deve optar por um tour organizado desde Paris, como este aqui.

Veja cinco dos châteaux mais visitados -- e planeje suas incursões a partir deles:

Chenonceau

Chenonceau, Vale do Loire

Chenonceau

Nenhum é mais romântico do que ele. Chenonceau é a personificação do château de ilustração de livro de fábulas: paira sobre pilares atravessando o rio Cher. É conhecido como o "Château des Dames", por causa das sete senhoras poderosas que mandaram na propriedade -- a mais célebre delas, Catarina de Médicis, que ocupou Chenonceau depois de enviuvar de Henrique II (e promoveu ali algumas das festas mais espetaculares já vistas no vale dos castelos). Durante a visita é impossível não se impressionar com os deslumbrantes arranjos de flores que a administração atual faz questão de espalhar pelo château.

Chenonceau, Vale do LoireChenonceau, Vale do LoireChenonceau, Vale do Loire

Chenonceau

Como chegar. O château de Chenonceau fica a 240 km  de Paris, 33 km de Tours, 28 km de Amboise, 27 km de Blois, 55 km de Villandry e 59 km do château Chambord. De trem chega-se de Paris em 2h25, com baldeação em St.-Pierre-des-Corps. De Tours a viagem ferroviária leva 24 minutos. A estação se chama Chenonceaux Chisseau (com "x" mesmo).

Como visitar. O château de Chenonceau abre o ano inteiro, das 9h30 às 17h nos meses mais frios, estendendo a abertura das 9h às 20h no auge do verão (veja detalhes mês a mês aqui.) A entrada custa € 13 para adultos, € 10 para menores de 18 anos, grátis para menores de 7 anos. Site oficial: aqui.

Chenonceau, Vale do Loire

Chenonceau

Chambord

Chambord, Vale do Loire

Chambord

Chambord é o maior dos châteaux do Loire -- e o que melhor sintetiza castelo e palácio num único prédio, por ter incorporado elementos arquitetônicos do Renascimento. Foi construído para dar apoio às expedições de caça de François I, que já tinha dois châteaux nas redondezas -- os de Blois e de Amboise.

A visita ao interior vale pelas escadas em dupla hélice (duas escadarias em espiral que se abraçam mas não se comunicam em nenhum andar) que levam ao terraço, onde as torres ganham uma dimensão surpreendente. (Diz a lenda que Leonardo da Vinci teria projetado o château, ou pelo menos a escadaria, mas não há certeza.)

Como chegar. O château Chambord está a 180 km de Paris, 18 km de Blois, 52 km de Amboise, 59 km do château Chenonceau, 80 km de Tours e 104 km de Villandry. De maio a setembro pode-se ir de trem de Paris a Blois (1h30) e ali pegar o ônibus ("navette") a Chambord (40 minutos); veja os horários aqui.

Como visitar. O château Chambord abre o ano inteiro, com exceção dos dias 1º de janeiro, da primeira 5ª feira de fevereiro, e de 25 de dezembro. De abril a setembro recebe visitantes das 9h às 18h; nos outros meses, das 9h às 17h. A entrada custa € 13 para adultos na alta temporada e € 11 na baixa e é grátis para menores de 18 anos acompanhados por familiares. Site oficial: aqui.

Amboise

Amboise, Vale do Loire

Amboise

O château de Amboise está verdadeiramente à beira do Loire. E desponta no alto da cidadela formada em seu entorno. Foi palco de intrigas e disputas, e passou por períodos de negligência e demolição. Apenas um quinto do castelo original chegou ao nosso tempo.

Seu jardim suspenso é tido como o primeiro terreno a ser ajardinado em toda a França. Outra curiosidade: uma de suas capelas abriga a tumba de Leonardo da Vinci, que viveu e trabalhou alguns anos na região.

Como chegar. O château de Amboise fica a 220 km de Paris, 13 km do château de Chenonceau, 26 km de Tours, 36 km de Blois, 44 km de Villandry e 53 km do château Chambord. De trem dá 1h40 desde Paris, 17 min. desde Tours e 40 min. desde Blois; a estação se chama Amboise mesmo.

Como visitar. O château de Amboise abre o ano inteiro, com exceção dos dias 1º de janeiro e 25 de dezembro, a partir das 9h. Em janeiro, fevereiro, na segunda quinzena de novembro e em dezembro a visitação é interrompida entre 12h e 13h30 ou 14h; no resto do ano o horário é contínuo (veja detalhes mês a mês aqui). A entrada custa € 11,50 para adultos e € 7,70 para menores de 18 anos; é grátis para menores de 7 anos. Site oficial: aqui.

Blois

Blois, Vale do Loire

Blois

Residência de sete reis e dez rainhas da França, o château de Blois não promete muito: é o único dos grandes châteaux do Loire que está escondido dentro de uma cidade de certo porte. Mas seus interiores são notáveis -- tanto o magnífico pátio quanto os aposentos preservados em todo o seu luxo.

Seis salões da ala Luís XII abrigam o Museu de Belas Artes, com obras de artistas do porte de um Ingres. Você também pode dar a sorte de encontrar alguma encenação de um duelo medieval sendo apresentada no pátio.

Blois, Vale do LoireBlois, Vale do LoireBlois, Vale do Loire

Blois

Como chegar. O château de Blois fica a 185 km de Paris, 18 km do château Chambord, 27 km do château de Chambord, 36 km de Amboise, 65 km de Tours e 83 km de Villandry. De trem dá 1h30 desde Paris e 35 minutos desde Tours. A estação se chama Blois.

Como visitar. O château de Blois está aberto o ano inteiro, com exceção dos dias 1º de janeiro e 25 de dezembro, a partir das 9h entre abril e outubro e a partir das 10h entre novembro e março. Entre novembro e março há interrupção da visita entre 12h e 13h30, mas nos outros meses o horário é contínuo (veja detalhes mês a mês aqui). O ingresso custa € 10,50 para adultos, € 5 até 17 anos e é grátis até 5 anos. Site oficial: aqui.

Villandry

Villandry, Vale do Loire

Villandry

Deixe este castelo para a sobremesa -- ou para o dia em que a previsão do tempo disser que será mais ensolarado.

O château em si não é dos mais históricos. E sua principal atração não existia até o início do século XIX, quando um novo dono começou a trabalhar na criação de um magnífico jardim renascentista que já valeria a viagem mesmo se a região não tivesse os outros 299 e tralalá castelos.

Villandry, Vale do LoireVillandry, Vale do LoireVillandry, Vale do Loire

Villandry

Como chegar. Villandry está a 255 km de Paris, 18 km de Tours, 44 km de Amboise, 55 km do château de Chenonceau, 83 de Blois e 104 km do château Chambord. Se não estiver de carro, vá de trem até Tours; de lá, um táxi leva 20 minutos. Em julho e agosto há um ônibus ("navette fil vert") que leva da estação de trem de Tours ao château.

Como visitar. Os jardins estão abertos o ano inteiro a partir das 9h; já o castelo fecha entre meados de novembro e meados de fevereiro, abrindo durante a época de Natal e Ano Novo (veja detalhes mês a mês de horários do jardim e de dias de fechamento do castelo aqui). A visita aos jardins custa € 7 para adultos, € 5,00 para menores de 18 anos e grátis para menores de 8 anos; o ingresso combinado jardins + château sai € 11 para adultos, € 7 para menores de 18 anos e grátis para menores de 8 anos. Site oficial: aqui.

Leia mais:

240 comentários

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Olá, Riq, estou planejando uma viagem para junho/2014 que incluirá 1 semana pelo Vale do Loire. Estarei com uma criança de 1 ano e meio, então não quero ter pressa para nada. Pensei em fazer os castelos recomendados. A minha düvida é: as cidadezinhas da região são interessantes? Quais vc indicaria para explorarmos, caminhando sem pressa, parar para um café, comprar algo...? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Quem responde é A Bóia. Tours, Blois, Amboise são cidades interessantes.

Pricilla Telles

Oi Priscila,
Acabei de vir fazer exatamente o que o Ricardo fez e também tenho um bebe de um ano e meio, mas não o levei para a viajem... Mas sempre observo as outras mães com carrinho e bebe... Em julho acredito que vc possa pegar muita fila e calor e na França ter criança de carrinho não te da preferência para "furar fila " como no Brasil... Assim seu bebe poderá ficar estressado.
Outra coisa que vi nos castelos é que os carrinhos não sobem as escadarias dos castelos e não tem muito acesso com rampA. Deste modo, vi alguns pais revezando.... Um fica a com a criança no carrinho e o outro ia conhecer os demais andares ou algo bem europeu que vi forAm pais que usam um "porta bebe nas costas" não sei onde vende, mas vi vários casais passeando assim ... Sempre o pAi que levava hehehe
Para passear nos jardins de carrinho será perfeito.. Mas cuidado com o verão em julho... Pode ser insuportável par o bebe perto do horário do almoço.
Acho o máximo vc levar o seu bebe... Vi que aqui na Europa as mães sempre levam seus filhos aos passeios culturais, mas os maridos europeus dividem bem as tarefas ... Isso ajuda muito smile
Ficamos no Chateau Sept Tuors ... Onde o Ricardo ficou... Achei lindo... Mas também não tem elevador.
Boa sorte e boa viagem!
Pricilla Telles

Pricilla Telles

Desculpe, vc mencionou junho e não julho... Inicio e meio de junho é perfeito ... Pois o tempo estará aceitável e não estará tão cheio como julho
Bjs

Adriana Jardim

Oi Priscila,
Hoje moro em Blois, mas como cidede base para os passeios eu aconselho Amboise, uma cidadezinha muito charmosa. As dicas dos castelos dadas pelo Ricardo são ótimas. Quando cheguei aqui na região, eu fiz as visitas com a Loire Valley Tours, que tem guias que falam português e oferecem tours em grupo ou particular e personalizado. As visitas guiadas enriquecem muito o passeio devido aos detalhes que envolvem a arquitetura com a história. São realmente muito interessantes!

Adriana Jardim

Esqueci de comentar, mas com a www.loire-valley-tours.com você não enfrenta filas para entrar nos castelos. No site você também vai encontrar diferentes propostas de passeios na região. Boa viagem!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi Adriana, obrigada pela dica. Estou me decidindo a ficar 3 dias em Emboise e ir percorrendo os castelos, tendo como base Amboise.
Adriana

Pricilla Telles

Oi Bóia,

Estou passando novamente aqui para agradecer todas as dicas do Vale do Loire, pois segui todas, inclusive o hotel onde o Ricardo ficou... Maravilhoso e o restaurante é muito bom com preço justo! Passamos duas noites lá.
Alugamos o carro em Paris e fizemos os Chamboard primeiro por estar no caminho e ser o mais longe e no mesmo dia fizemos o Blois, depois seguimos para o hotel.
No dia seguinte começamos pela sobremesa pois o dia estava lindo e fizemos mais dois. No dia seguinte partimos para Bordeaux.
Bjs e muito obrigada!!!

Jones
JonesPermalinkResponder

Olá Priscilla!
Em qual locadora você alugou o carro em Paris? Lembra-se do valor e sobre detalhes de seguro de franquia? A locadora exigiu CNH internacional?
Obrigado!

Anderson velloso

Saindo de Paris para duas noites no Vale do Loire surge as seguintes questões:

1- Qual a melhor maneira de ir, carro(com a facilidade de deslocar-se lá ou trem (+ barato, mas tendo que buscar deslocamento " in loco")?

2- Dicas de Hospedagem

3- Roteiro mais racional sugerido, considerando o retorno de carro para Paris.

4- Caso queira ir de lá para Bruxelas, se há trem direto.

grato

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anderson! Você pode ir de trem até Tours e alugar o carro por lá ou sair de carro alugado de Paris. Se não quiser alugar carro em nenhum lugar, siga as instruções de visita dos castelos que estão no texto.

O Ricardo Freire ficou no Château des Sept Tours.

Não há trem direto do Loire a Bruxelas. Você passa por Paris e tem que trocar de estação, chegando em Montparnasse e saindo pela Gare du Nord.

Nilo Togni Junior

Boa tarde, gostaria de saber se dá para visitar os 5 castelos em único dia saindo de carro de Paris e retornando no mesmo dia ou outra forma.
Grato
Nilo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nilo! Dá não. Se você quiser ver mais de um castelo num dia só e saindo de Paris, pegue uma excursão de ônibus, tipo as do Cityrama.

Consuelo
ConsueloPermalinkResponder

Gostaria de pedir ajuda a vcs, estou indo para Paris e tenho disponível o dia 13 ou 14 de janeiro, estou indo com o meu marido e minhas 3 filhas adolescentes, e gostaria de fazer um passeio pelo Vale do Loire, em um dia, mas são tantos castelos e todos muito interessantes e queria ajuda para me orientar a melhor forma de fazer essa visita e como ir e se é possível fazer isso num dia só visitando ao menos 5 dos castelos. Agradeço, desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Consuelo! Para ver o máximo de castelos, pegue um passeio organizado tipo os da Cityrama.

Por conta própria será difícil ver mais do que dois, quem sabe três -- e será ainda mais cansativo. Lembre-se que em janeiro escurece muito cedo na Europa, o dia vai ser curto.

Bárbara
BárbaraPermalinkResponder

Oi Bóia.
Estou planejando uma viagem a França para o começo de março de 2014.
Pretendo ficar uma semana, sendo 3 ou 4 dias em Paris e uns 3 dias no Vaile do Loire. Como essa é minha primeira viagem a França, gostaria de saber se o frio poderá ser empecilho na viagem e se há outra forma de conhecer os castelos como vans ou ônibus que não seja por carros alugados. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bárbara! Desde Paris você pode pegar excursões de um dia em lugares como a Cityrama. Hospedando-se em Tours você também poderá se encaixar em passeios de ônibus. Recomendamos de 6 a 7 dias para uma primeira estada em Paris.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/europa/paris-ricardo-freire

Mariana G.
Mariana G.PermalinkResponder

Oi Bóia!
Por favor, qual é a melhor forma de conhecer o Vale do Loire sem alugar carro, sendo que pretendo ficar cerca de 3 noites hospedada em Tours? Seria excursão ou tem alguma forma mais independente?
Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Por favor, leia o item "Como chegar", que mostra como chegar de transporte público de Tours (ou Blois) a todos esses cinco châteaux.

Além disso, você poderá se encaixar em excursões. Você encontrará panfletos no posto de turismo da cidade e na recepção do seu hotel.

Mariana G.
Mariana G.PermalinkResponder

Olá Bóia.. nossa, o post está bem explicadinho mesmo.. fiquei empolgada com as imagens e textos sobre os castelos, que nem prestei atenção :/
Obrigada de qualquer forma!

rachel aquilla

Oi Bóia!
Eu e meu marido vamos passar 2 noites no Vale do Loire (as duas em Tours) e certamente não teremos tempo pra ver todos os castelos. Como vamos fazer os passeios de trem, acabei escolhendo aqueles nos quais daria certo os horários do trem, sobrando um tempo legal para cada um dos lugares. Vamos ver Chenonceau, Blois e Amboise. Chenonceau vai ficar para o segundo dia e Blois e Amboise para o primeiro. Minha dúvida é qual destas duas cidades (Blois ou Amboise) devemos deixar por último e, consequentemente, aproveitarmos mais, já que o retorno para Tours será, de qualquer uma delas, ali pelas 23h. Nossos interesses são paisagens e vista noturna. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Aproveite a noite em Tours mesmo; a cidade é a mais animada das 3.

Thais Eller
Thais EllerPermalinkResponder

Olá Bóia!
Vou passar 2 dias no Vale do Loire em Agosto e estarei de carro. A minha idéia inicial é visitar (entrar) 3 castelos: Chambord no primeiro dia (pois chego na hora do almoço) e Chenoncau e Villandry no segundo dia, e ainda fazer o passeio de balão no por do sol... Qual seria o melhor local para hospedagem, considerando essas distancias e as cidades mais interessantes e algo para fazer a noite ou após as visitas aos castelos.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! Tours é uma localização central.

Joana Cortez
Joana CortezPermalinkResponder

Olá!

Alguém sabe se existem cartões com descontos para os castelos? Mesmo que não abarque estes 5 se calhar ficaria mais barato..

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Joana! O Châteaux Pass Clefs des Temps custa 42,50 euros e dá direito a visitar 10 châteaux:

http://parismetro.tourpackagers.com/detail1.aspx?ID=13

Carlos Mattos
Carlos MattosPermalinkResponder

Tenho uma passagem para Madri em 08/7/14 e além de ficar alguns dias na Espanha, gostaria de ir até a França, por pelo menos 5 dias. O que me sugere? Ir ao norte da Espanha e conhecer o sul da França, ou ir direto de Madri para Paris? Vi também que há voos bem em conta de Madri para Marselha.
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Se estará em Madri e tem apenas 5 dias para ir à França, voe a Paris e fique por lá.

Kátia Almeida

Oi! Adoro visitar aqui e consultar suas dicas. Eu e três amigas pretendemos ir, em abril agora, de trem de Paris até Tours dormir 1 noite e lá alugar um carro. Vc acha que conseguiremos ver em dois dias os castelos de Chenonceau e Chambord (1 dia) e Amboise e Vilandry (2º dia)? Fica muito corrido? Agradeço antecipadamente a sua resposta. Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kátia! Pense em um castelo por turno, e ainda vai dar para zanzar em estradinhas menores e avistar castelos menos conhecidos.

Kátia Almeida

Obrigada! Fiquei mais tranquila agora.

Pablo Raoni
Pablo RaoniPermalinkResponder

Olá, passarei 10 dias na França, sendo oito em Paris e dois no Vale do Loire. Tenho interesse em visitar os castelos de Chambord, Amboise, Chenonceau e se der tempo Villandry. Ocorre que não penso em alugar carro nem fazer excursão. Hospedando-se em Tours, tem como chegar a Chambord e conhecê-lo em uma tarde e no dia seguinte conhecer pelo menos os outros dois, mesmo dependendo do transporte público? Há trem que leve de Tours ao aeroporto Charles de Gaulle?
obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pablo! O trem para CDG sai de St.-Pierre-des-Corps, a 5 minutos de trem local de Tours. Veja horários em http://www.voyages-sncf.com .

Há ônibus locais da estação de Tours para o castelo de Villandry. A viagem leva 45 minutos.

https://www.filbleu.fr

Pedro
PedroPermalinkResponder

Olá Bóia e Ricardo,

Pretendo ir de Paris para Tours de trem conforme maioria das recomendações aqui. Em tours, alugaria um carro para circular pela região.
A recomendação de hotel em tours foi basicamente uma. Fica fora da cidade. Dentro da cidade teria alguma sugestão (mais acessível de preferência)? A movimentação dentro da cidade de carro é complicada visto que será o ponto de apoio?

Temperatura em maio é mais amena, correto?

Obrigado,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Eventualmente pode haver mínimas abaixo de 15ºC. Dê uma olhadinha em hotéis com estacionamento no Booking.

Celina Martins

Oi Pedro, eu fiquei num hotel em frente à estacão de trem e adorei! Depois alugamos um carro e fomos para Amboise (tem estacionamento na cidade) e Blois (também com estacionamento na cidade).

Pedro
PedroPermalinkResponder

Obrigado Bóia e Celina!

Celina, com qual locadora e hotel você fechou?

Li em algum blog que é gratuito o estacionamento nestas cidades entre 20:00 e 09:00 para o caso do hotel não ter estacionamento free (o que deve ser raro).

Abraço,

Ana Lúcia
Ana LúciaPermalinkResponder

Olá

Vamos a Paris em setembro e quero ficar 3 dias no vale do Loire e queremos alugar uma moto para ir até lá , será que compensa ??? Qual cidade vc indica para dormir?
Adoro suas dicas !
Ana Lúcia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Lúcia! O ideal seria alugar a moto em Tours, para não pegar a auto-estrada de moto. Tours, Amboise ou hotéis-castelo espalhados pelo vale fazem boas bases.

edhyla
edhylaPermalinkResponder

Olá,

Gostaria de saber se na estação de Tours há possibilidade de se guardar as malas, eis que o vôo de volta para o Brasil, via Charles de Gaulle, é apenas a noite e não gostaria de ficar perambulando horas no aeroporto, afora que aproveitaria mais um dia no vale do loire.

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edhyla! Não há guarda-volumes nem em Tours nem em St.-Pierre-des-Corps. Peça para seu hotel guardar a bagagem até a hora de você pegar seu trem.

Rosely Paulino

Nosso grupo de adultos 9 pessoas , estaremos em Amboise hotel Manoir Du Parc nos dias 13,14 e 15 de maio, gostaria de uma sugestão de roteiro para a região, incluindo os castelos e vilarejos, e quantos castelos
Deveríamos fazer por dia, de acordo da distância entre um e outro, e o tempo de visita aproximado para çada castelo.

Obrigada

Rosely Paulino

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosely! Programe um castelo principal por turno e deixe-se perder pelas estradinhas, seguindo a orientação do texto. É muito mais gostoso do que uma viagem engessada.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Obrigada por tantas e tao boas dicas!!! Nunca planejamos uma viagem sem olhar os posts relacionados antes. Vamos em outubro de 2014 e somos um casal com uma pequena de 5 anos. Queriamos visitar o Chambord, principalmente e, se der, o de Blois. Mas reparei que no "como chegar" vcs dizem que podemos ir de trem de maio a setembro. Em outubro nao eh possviel chegar la de trem? Ou por ter uma pequena vcs sugerem que alguguemos um carro?
Desde ja obrigada, Luiza.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! O trem funciona o ano inteiro. O que só funciona no meio do ano é o ônibus "navette" que liga a estação ao castelo. Você precisaria seguir de ônibus de linha ou táxi.

Lilian
LilianPermalinkResponder

Quais s?o os melhores Chateau para hospedar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian! O Ricardo Freire já ficou no 7 Tours e gostou muito. Dê uma olhadinha nas resenhas do Booking na região, você vai encontrar muitas ótimas alternativas.

Jaqueline Prieto Valese

Ola, ficaremos 8 dias em Paris e pretendo 3 dias no Vale do Loire.
Quanto aos castelos pensei em Chambord, Chenonceau, Amboise e Villandry, sera que posso incluir algum outro???
Como faco para ir de Paris a Tours de trem? Preciso comprar antecipado? Qual a compania?
Quero me hospedar em Tours, indicacoes???
Alugo carro em Tours ou faco parte de um grupo excurcao?
Muitas perguntas nao rsrsrsrs, mas porfavor respondame estou indo com minha familia para levar minha filha de 15 anos. esta idade eh um pouco chata "aborrecencia" acho que escolhi os melhores castelos para conhecer. Beijos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jaqueline! Reserve passagens em http://www.voyages-scnf.com .

Se não estiver de carro, encaixe-se em passeios organizados.

Se alugar carro, siga o conselho do texto, escolha um castelo por turno e deixe-se perder pelas estradinhas entre um castelo e outro.

Veja hotéis em Tours no Booking.

Fabiola Melo
Fabiola MeloPermalinkResponder

Ola Boia e Ricardo,

Gostaria de visitar o Chateau D'Usse. Nao consegui encontrar nem mesmo no sote do Chateau informacoes sobre a estacao de trem mais proxima, se e que existe. Vcs saberiam me informar se e possivel ir de trem, partindo de Tours e qual a estacao?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabíola!

Segundo o Lonely Planet, não há ônibus. Encaixe-se num tour organizado.

http://www.lonelyplanet.com/france/chateau-d-usse/sights/castles-palaces-mansions/chateau-dusse

Cristiane
CristianePermalinkResponder

Vou em ago./14 com meu marido para Paris. Gostaríamos de conhecer o Sul ou o Norte. Qual destino consideram mais adequado a esta época do ano para um casal? Teremos ao todo 14 dias.
Obrigada pelas dicas!
Abs,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristiane! Em agosto, os destinos do norte da Europa são mais agradáveis que do sul (e do leste), que estarão muito quentes e lotados.

Veja como montar sua viagem à Europa:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Pablo Raoni
Pablo RaoniPermalinkResponder

Olá,

Passarei três dias e duas noites em Tours e tenho a intenção de conhecer os castelos sem excursão e sim por transporte público. É fácil chegar em Chenonceau por trem ou ônibus? Saindo de Tours, é possível conhecer Chambord e Amboise também por transporte público?

obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pablo! O transporte público aos principais castelos está detalhado no texto, por favor leia com atenção.

Renata
RenataPermalinkResponder

Oi,
Estamos indo à Paris na semana entre Natal e Ano Novo, e fiquei apaixonada pelo passeio para os castelos, mas estou na dúvida se vale a pena ir na semana que estarei lá.
Aparentemente os castelos em si estarão abertos, mas será que rola fazer o passeio?
As agências que eu tinha pesquisado não farão passeios nessa semana, então teremos que alugar o carro e ir por conta. Vale a pena?
Dá pra fazer em um dia só?

Por favor, dicas smile

Beijos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Bate-volta para o Loire não dá. Ainda mais no inverno que os dias são mais curtos. Com sorte, você conseguirá ver 2 ou (com sorte) 3 castelos. Se realmente pretende conhecer os castelos, fique pelo menos uma noite por lá.

Se preferir fazer o passeio por uma agência, a Cityrama, uma empresa que já foi indicada por leitores tem passeios até lá, de 1 dia. Acredito que as agências ainda não tenham passeios para a semana entre Natal e ano novo pela distância da data. Uma dica é mandar um email pra eles perguntando se abrirão datas para o período que você quer.

E para não cair em furada, veja como pesquisar a reputação de serviços na Internet: https://www.viajenaviagem.com/2012/08/5-passos-viagens-sem-roubadas/

Renata
RenataPermalinkResponder

Oi Boia! Muito obrigada!
Eu cheguei a pesquisar mesmo, e em algumas agencias eles dizem que está fechado sad
A Cityrama parece que estará aberta, mas não tenho certeza. Já mandei email, vamos ver.

Muito, muito obrigada (:

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Voce pode dar indicações de hospedagem em castelos em Tours?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Tours é uma cidade, não haverá hospedagem em castelo no centro.

NIEDJA CRUZ DE MENEZES PEDROSA

gostaria de saber qual a forma melhor, se é alugar carro ou ir de transporte publico, primeiro tenho que deixar a mala de tours para veigne, e depois visitar alguns castelos no vale do loire estarei em tours dia 17 a 19 de outubro do corrente ano. estarei hospedada em veigne no dia 17- 18, E de 18 p 19 em les tours..gostaria de conhecer alguns castelos proximo a blois e tours .

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Niedja! A melhor forma é carro próprio. Mas estando num hotel em Tours você consegue usar transporte público e se encaixar em passeios para os que não são servidos por transporte público.

Taynar
TaynarPermalinkResponder

Oi Ricardo, será que você pode me ajudar?
Meu namorado e eu iremos viajar para França no final do ano, e reservamos três dias para o Vale do Loire. Nosso budget é bem restrito, por isso resolvemos ficar sediados em uma cidade só e daí passear. A dúvida é: melhor Amboise ou Tours?
Muitíssimo obrigada por qualquer ajuda!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taynar! Quem responde é A Bóia. O Ricardo Freire não chegou a visitar o posto de turismo em Amboise, então não sabe o que está disponível em termos de passeios. Em Tours ele viu que é possível.

Anderson nascimento

Boa noite Ricardo,sempre ouço as suas dicas na rádio band news,fiquei 20 dias na França em julho agora,e fiz de Paris até Mônaco,passando por Lyon e descendo até o Mediterrâneo,só que ficamos fascinado com a França que queremos voltar,justamente pra fazer agora o Vale do Loire inteiro e tb fazer a Nacional 7 de Paris a nice,gostaria de saber se vc tem uma dica de hotel no vale do loire,pois na n7 nos aventuraremos e já vimos(voltei um pedaço dela de bandol até lyon,e achamos a coisa mais linda) que tem vários hoteizinhos na beira da estrada,um abraço e aguardo um retorno.Anderson

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anderson! O Ricardo Freire ficou no Château des 7 Tours.

Mara
MaraPermalinkResponder

Olá pessoal,
gostaria de ajuda com meu roteiro, se é viável. Vou de Mont St Michel a Tours de carro, com hospedagem em Tours. Nesse meio período do primeiro dia em Tours pensei em conhecer os jardins de Villandry e dar uma passeada em Amboise. E no dia seguinte fazer Chenonceau e Chambord. O outro dia já é dia de ir embora. O que acham ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mara! São quase 300 km do Mont St.-Michel a Tours. Se você sair depois do café (algo que recomendamos; não faça a agenda da sua viagem ser mais tirana que a agenda do seu trabalho), vai chegar a Tours na hora do almoço. Provavelmene você só terá tempo para visitar um castelo nesse dia. Tente visitar os outros três no dia seguinte.

Mara
MaraPermalinkResponder

Oi Bóia!
Sim, a ideia é sair depois do café mesmo...rs....Se eu tiver que 'sacrificar' um desses do meu roteiro, melhor tirar Chambord por ser o mais longe ?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mara! Pesquise os castelos e tire do roteiro o que você achar menos interessante. wink

PAULO ROBERTO CARNEIRO

Bom dia,
Como posso contratar um guia que fale a lingua portuguesa. Já aluguei carro e já tenho hotel reservado em Tours, preciso apenas entradas sem fila aos castelos.
obrigado,

Andreia Dias
Andreia DiasPermalinkResponder

Oi Ricardo! Tudo bem? Meu marido e 3 criancas de 12,9 e 5 anos vamos esquiar em Valmorel de 4 a 11 de janeiro. Queria aproveitar o período de festas e conhecer um pouco do interior da Franca. É tranquilo alugar carro e dirigir nesta época do ano (24/dez a 3 de jan) ? Me preocupa a questão da neve. Estou pensando em passar 25 e 26 em Paris ( ja estivemos la uma outra vez) e de la sair para o Vale de Loire, passar uns 2-3 dias e seguir para Bordeaux. E viável visitar vinícolas com as crianças? Elas estão abertas nesta época do ano? Dali pensei em passar pelo sul ate chegar a Moutiers, onde pegaremos o transfer. Alguma sugestão de passeio que seria interessante para crianças? Super obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andreia! Quem responde é A Bóia. Nesta época do ano, recomendamos cidades grandes e médias, ou então, como é o seu objetivo principal, estações de esqui.

Vai ser bastante difícil se hospedar no Vale do Loire, já que a grande maioria das hospedagens em castelos estará fechada. Só vai restar mesmo hospedagem urbana em cidades como Tours ou Blois. Os castelos estarão abertos à visitação, mas os jardins não estarão tão bonitos, e não serão visitas confortáveis.

Leia sobre viagens no inverno na Europa:
https://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado

Neusa Ribeiro Santos

Pretendo voltar ao Vale do Loire mais umas três vezes, pois a beleza e a sensação da volta no tempo são deslumbrantes. Assim que nos afastamos sentimos om forte desejo de voltar. As cidades também são lindas, e as pessoas muito queridas. Eu amo o Vale do Loire!!!

Marina Coelho
Marina CoelhoPermalinkResponder

Oi Ricardo,

estou indo para a Europa no carnaval em 13 de fev por 9 noites, e gostaria de chegar por Paris (que já conheço bem) passar 2 noites no Val du Loir e ir para alguma estação de ski mais próxima entre a França/Suissa.
Gostaria muito de incluir uma visita a uma vinícola, mas não conheço a região.
você poderia me indicar uma estação de ski e um hotel bom e romântico para ficar nesta região?
amo seu site! Parabéns pela competência na área.

Abraços,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina!

Fevereiro é baixa estação no Vale do Loire por causa do frio. Nem tudo estará funcionando, sobretudo hotéis.

Descubra aqui sua vinícola:
http://www.touraineloirevalley.co.uk/lodging-dining-goint-out/loire-chateaux-and-other-visits/%28filters%29/eyJ0eXBlIjoiQ2VsbGFyIHRvdXJzIn0=

O Château des Sept Tours, onde o Ricardo Freire se hospedou, estará funcionando.

Para seguir à Suíça você forçosamente precisará voltar a Paris.

Leia sobre a Suíça:
https://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass

Willians
WilliansPermalinkResponder

Olá, Ricardo. Muito boa a sua página e seus comentários diários da radio Band News.
Se possível, gostaria da sua ajuda no seguinte: vou ficar duas noites em Blois em fev, aí queria saber quanto tempo eu reservo para visitar cada castelo e o que se pode fazer à noite nas redondezas. Estarei de carro. Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Willians! Aqui quem responde é A Bóia. É difícil achar graça em mais de dois castelos por dia.

À noite, saia para jantar e aproveite para passear por Blois.

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Olá Bóia,

Pretendo visitar o Vale do Loire em janeiro de 2015.
Somos um casal e dois adolescentes.
A idéia é sair de Paris no dia 05/01 de carro com o seguinte roteiro:
Parada em Chartres;
Parada em Orleans;
Visita ao Castelo de Blois ou Chambord (qual deles você recomenda visitar?);
Pernoite em Amboise, de acordo com orientação da Adriana Jardim;
Dia 06/01:
Visita ao Castelo de Amboise;
Visita ao Castelo de Chenonceau;
Visita ao Castelo de Cheverny;
Retorno à Paris.
O que você acha do roteiro?
Vale a pena ir no inverno?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliana! É possível que você não consiga fazer Chartres, Orleans e um castelo no mesmo dia. É mais viável pensar em Chartres e um castelo. Chambord é mais impressionante que Blois.

Mário Penna
Mário PennaPermalinkResponder

Qual a melhor cidade para se hospedar no Vale do Loire ? Agradeço e fico no aguardo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mário! Tours, Amboise ou hotéis-castelo espalhados pelo Vale do Loire são as melhores opções para se hospedar.

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Otimas dicas e bem precisas muito bom, estou indo agora em Fev e dessa vez quero ir a castelos, farei Paris mais uma vez, e irei a Lourdes, entao queria encaixar uma excursao por cidades (castelos) nesse intervalos de lugares, me ajuda ai, me dá dicas ..... te agradeço ...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodrigo! Você pode alugar um carro e fazer os castelos em 2 ou 3 dias ou pegar uma excursão.

Pesquise passeios para o Vale do Loire com a Viator.

jose Rivair Miranda da Silva

Gostaria de visitar 10 castelos no vale do loire; além dos 5 citados acima, que outros 5 me sugere?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jose Rivair! A sugestão do Ricardo Freire, no post, é deixar-se perder pelas estradas vicinais, e visitar aqueles que você descobrir ao acaso (e estejam abertos à visitação).

Querendo um roteiro mais estruturado, o Conexão Paris tem mais sugestões: http://www.conexaoparis.com.br/tag/vale-do-loire/

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Olá, eu e minha familia estaremos no Vale do Loire em Janeiro de 2015. Como é a região no inverno? Neve? Gostaria de visitar vinícolas e almoçar em uma delas, é possivel? Qual (ais) sugere? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Os castelos abrem à visitação, os hotéis não-urbanos é que fecham. Passe no posto de turismo de Tours ou Amboise para ver vinícolas efetivamente abertas. Lembre-se que existe lei seca na França.

Mario Junior
Mario JuniorPermalinkResponder

Ola ,

To viajando em abril com a familia (mulher e bebe) da Belgica

De lá tenho no máximo 8 noites pela França e pego um trem para Barcelona. Nessas oito noites tava pensando em ir pro loire umas 2 noites, outras 2 noites no norte , principlamente ir ate mont st michel e o resto dos dias em paris (que ja conheçemos de viagem anterior).

A complicação maior me parece a logística, a melhor opção para família é alugar um carro logo na estação destino, mas dizem que o trânsito de paris é um inferno, principalmente ao redor da Gare Du nord, que ainda é mal sinalizada. Então mesmo para alugar o carro eu teria antes que transferir de estação de trem , ( a mais próxima seria a Austerlitz porque a Montparnasse então é do outro lado de Paris ) e pegar outro trem para Tours ou Blois e deixar para alugar o carro lá. Na volta, mesma complicação, deixar o carro possivelmente em Rennes , pegar o trem para Paris e taxi para um hotel próximo a Gare de Lyon de onde saem os trem para Barcelona. Será que vale a pena?

Onde vocês alugam carro quando querem combinar Loire + Mont St Michel + Paris?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mário! Você pode ir de trem até Tours, alugar um carro em Tours e devolver em Rennes na volta do Mont St.-Michel. De lá você vai a Paris e dorme pelo menos uma noite antes de prosseguir a Barcelona.

ralph
ralphPermalinkResponder

Boa noite,
gostaria de saber se voces conhecem alguém que faça o receptivo em português em alguma das cidades do Vale do Loire como por exemplo Tours.
Caso positivo favor me informar o contato.
Grato
Ralph

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ralph! Infelizmente, não temos.

Carlos Fonseca

O que você desejava?
Sou português e resido em Blois num pequeno chateau.
Caso necessite de ajuda disponha.

ralph
ralphPermalinkResponder

Estou programando uma viagem para Paris e gostaria de passar dois dias visitando os Castelos do Vale do Loire, procuro receptivo que faça esse tipo de passeio em portugues.
Ralph

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ralph! Dê uma olhadinha no http://www.conexaoparis.com.br .

Adriana Almeida Jardim

Olá Ralph, o grupo France Intense é uma agência receptiva em português na França. Para o Vale do Loire acesse o site www.loire-valley-tours.com e boa viagem!

Ricardo Gomes pereira

Amigo tudo bem , tenho acompanhado suas páginas e comentários , parabéns , tem sido uma referência para mim e minha esposa , nós vamos chegar no valle do loire dia 20/02 sexta e ficamos até domingo o que sugere depois do vale do Loire ? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricado! O Mont St.-Michel fica perto:
https://www.viajenaviagem.com/2009/09/uma-escapada-ao-mont-st-michel

ralph
ralphPermalinkResponder

Boa noite,
estou programando uma nova viagem para Paris que terá no total 10 dias, já estive na cidade por duas vezes e gostaria de saber se é interessante ficar por 3 dias Vale do Loire ou se em dois dias conheço os Castelos e região.
Grato
Ralph

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ralph! Nossa fórmula: visite dois castelos por dia e perca-se entre um e outro para avistar e talvez visitar castelos que não estejam no seu programa.

Alexandre Dutra

Boa tarde! gostaria de dicas de cidades mais medievais ou vilarejos deste tipo na região do Loire, pois além de visitar os castelos sempre gosto de rodar pelos vilarejos quando viajo.
Um forte abraço e parabéns pelo site que é maravilhoso!!
Alexandre

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandre! Tours, Blois e Amboise são cidades e estão citadas no texto. Você também pode passar em Orleans, Chartres... você tem quanto tempo? 5 dias? Uma semana? smile

Stella
StellaPermalinkResponder

Onde é melhor alugar um carro: Tours ou St Pierre des Corps?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Stella! Tours é uma cidade bem maior, possivelmente terá mais opções de locadoras. Mas não pesquisei; se você vai de trem a St.-Pierre, verifique se consegue alugar por lá.

Maria Esther
Maria EstherPermalinkResponder

Olá a Todos os Viajantes a bordo deste site

Confesso que fiquei um pouquinho frustrada com minhas visitas aos castelos do Vale do Loire.
Hospedei-me por duas noites em Tours e visitei Chenonceau e Blois.
Achei-os bem mais atraentes nas fotos do que ao vivo e a cores.
O mais famoso - Chenonceau - está precisando de uma boa restaurada.
Refiro-me ao seu lado externo.

Alerto para quem for ao Chenonceau de trem a partir de Tours atenção na volta, pois a estação tem plataformas de chegada e de partida em locais diferentes. A plataforma de retorno a Tours fica a alguns metros de distância e do lado oposto a de chegada.
Quase perdi o trem no meu retorno a Tours. Tive que atravessar a linha férrea correndo ao avistá-lo chegando. Estava na plataforma que desembarquei de Tours - loucura que não aconselho ninguém a fazer, o trem chegou a piscar seus faróis. Loucura total !!! E ainda contei com a ajuda de uma simpática funcionária que ficou nos aguardando enquanto corríamos ao seu encontro.
Não tem sinalização indicando o local de partida na plataforma de chegada. Muito mal sinalizado.
Mas, os jardins de Chenonceau são espetaculares !!!! A vista das janelas do palácio são belíssimas e seu interior é muito bem cuidado e bonito.

O Castelo de Blois sinceramente ... achei-o um pouco decadente.
E seu interior pouco atraente, mas como tudo vale a pena quando a alma não é pequena ...
Não consegui ir a mais castelos, pois estava com uma forte crise de facit plantar e consegui ir a estes dois museus na “raça”.

Afinal não cruzei o Atlântico para ficar dentro do hotel repousando e com os pés de molho na àgua quente. Mas, fiz muito alongamento nos jardins de Chenonceau... rsrs

Adoraria ter ido onde repousa meu amado Leonardo Da Vinci, mas fica para a próxima, pois ainda cruzarei o Atlântico por muitas e muitas vezes nesta vida.

Espero ter contribuído com todos que atracam neste maravilhoso blog.

Abraços fraternos a todos

dilma
dilmaPermalinkResponder

ola pessoal..fiz a rota dos castelos a partir de amboise ,onde fiquei hospedada com meu marido ,uma encantadora cidadezinha,muito charmosa,com bons restaurantes,facil acesso aos demais castelos.,alugamos um carro em paris por tres dias,deu pra visitar cinco castelos,achei pouco tempo foi meio corrido,precisa pelo menos uma semana e tem que ser de carro que e a melhor na minha opiniao vale muito a pena visitar o vale tem lugares lindos.quero voltar com certeza com mais tempo!!!

Norma
NormaPermalinkResponder

Bom dia! Estou precisando de uma orientação... Tomara que alguém possa me ajudar! Estarei hospedada no Château des Arpentis do dia 23 de fevereiro próximo ao dia 25 de fevereiro. Como estarei viajando sozinha, não tenho planos de dirigir. Vocês indicam algum tour para os castelos que partisse de Amboise? Obrigada desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Norma! Seu hotel saberá orientar. No posto de informações turísticas em Amboise você também descobrirá passeios que estejam funcionando nesta época.

Denise
DenisePermalinkResponder

Vou visitar is castelis de Chenonceau, Amboise e Chambord em Maio de 2016. Tenho uma filha com Sindrome de Down. Sera que tem cadeira de Rodas para alugar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! Não acreditamos que esse serviço seja prestado pelos castelos. Você pode alugar uma cadeira de rodas em Paris:
http://www.sagetraveling.com/paris-wheelchair-rental-and-delivery

Tânia Maria Granzotto

Olá Ricardo e Bóia, em setembro vou com meu marido visitar os castelos de carro, que reservei para retirar na estação de Tours. Ficaremos hospedados em Amboise por 4 noites. Minha dúvida é como localizar o caminho para os 5 castelos comentados neste post. Vamos levar nosso GPS, será tranquilo? Obrigada pelas dicas e parabéns pelo excelente trabalho!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! Quem responde é a Bóia. Leve celular, compre um chip local e use Google Maps.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar