Paris

Nasci para flanar
  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

A receita é clássica, não fui eu que inventei. Para aproveitar Paris ao máximo, basta pôr em ação o mais parisiense dos verbos: flâner. Flanar. Caminhar ao acaso. Dominar a arte de observar com discrição.

No caminho é impossível não topar com cartões-postais – que ficam ainda mais inesquecíveis quando aparecem assim, do nada, sem avisar. Mas veja bem: Paris não está apenas nas visões grandiosas. Está nos mercadinhos, nos cafés fuleiros, e sobretudo na incrível noção de elegância que todos parecem compartilhar.

E quanto à famosa rispidez dos parisienses – responda “Bonjour, Madame” ou “Bonjour, Monsieur” a cada bom-dia que receber nas lojas e restaurantes, e você vai ver como a sua percepção vai mudar.

425 comentários

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Vou ficar, então, em Portovenere.
Duas noites...
Entrego o carro em La Spezia e vou me hospedar em Portovenere.
Daí pra ir para Paris, que é dúvida, vou de Gênova?
Trem ou avião?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Zé Maria! A Air France voa de Gênova a Paris em 1h45. A easyJet voa de Pisa a Paris (Orly) em 1h55, com preços menores. Evite a Ryanair, que voa de Pisa a Beauvais (1h30 de ônibus de Paris).

De trem é chato, a viagem menos atribulada entre Gênova e Paris leva 10 horas com baldeação em Nice. Para ir de trem, o melhor é ir de Gênova a Turim (1h40 de trem), dormir uma noite e ir no dia seguinte no trem direto Turim-Paris que leva 6 horas.

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Perfeito!
Estive hoje em Pienza e fervia de brasileiros.
Acho que deveriam colocar uma estátua do Riq na entrada da cidade?

Marcia Regina Pelucio Winck

Contratei um pacote com a Vitor e foi a maior roubada. Não indiquem essa companhia que não é de confiança. Estou em Paris e contratei o Vale do Loire tenho toda documentação do horário que nos buscariam no Hotel passaram 30 minutos antes. Tenho o valcher e o e-mail com o horário. Ficamos prontos 30 minutos antes conforme recomendado e não vieram nos pegar. Não respondem e querem que eu fique no prejuízo. Não indiquem para ninguém mais passar por isso é ter todo esse prejuízo financeiro.

Fatima Gamallo

Acabei de voltar de Paris, foram 10 dias muito bem aproveitados, e vai pelo Riq, compre o Paris Museum Pass, vale muito a pena, você ganha muito tempo evitando as enormes filas. Teve um dos dias que estava chovendo e as pessoas permaneceram em fila na chuva, no Beaubourg, enquanto nós entramos e já começamos a ver as exposições. Ninguém quer perder tempo de viagem em fila, né! As outras dicas de roteiro também são precisas e ajudaram muito! O roteiro para Giverny é perfeito, segui à risca, foi um passeio inesquecíve, a um custo ótimo, por transporte público, e no meu tempo! Pode seguir, sem erro, vai por ele! wink

Fatima Gamallo

Marcia Regina, também não gostei da experiência que tive com a Viator, em Boston há dois anos. Não indico essa empresa! Em Paris, só segui o VnV, o Conexão Paris e fiz tudo com transporte público, por conta própria e no meu tempo! Dá um pouco de trabalho para planejar, mas é muito melhor!

Isabelle
IsabellePermalinkResponder

Estou adorando esse blog. Vou fazer minha primeira viagem a Europa e esse site está me ajudando muito com todas essas dicas! Perfeito! Parabéns!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Flanar por Paris é maravilhoso...fui em junho e não me deparei nenhuma vez com a rispidez que dizem que os franceses possuem, mas sempre pedi ou perguntei tudo com um sorriso e iniciando as frases com frases de cumprimento em francês e com dizia em francês a frase que gravei, que era dizer que não falava francês e perguntar se falavam inglês...deu certo na viagem inteira...e obrigada pelo blog, foi uma ajuda enorme.

Brilhando por ai

Irei em fevereiro, e espero vivenciar todas estas experiências, podendo trocar muitas informacões valeu pelas dicas... ?

BRUNO GOBBATO
BRUNO GOBBATOPermalinkResponder

Ric, algo tem me perturbado muito com relação a Paris. Estamos indo em julho do ano que vem, alto verão, certo? Estaremos com crianças, duas de 4 e 11 anos. Pois bem, pretendia alugar um apartamento, mas percebo que são raríssimos os que tem ar condicionado... Aí eu te pergunto: como pode ser confortável desta maneira?! Por exemplo vc teria que ficar com as janelas.abertas ouvindo o ruído das ruas ou fechar e passar calor... Eu não consigo entender, pode dar uma luz?!?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Quem responde é A Bóia. Sim, é bastante raro apartamento com ar condicionado em Paris. Ondas de calor também são raras; é mais fácil pegar uma frente fria com mínimas de 15ºC do que esses calorões de 35ºC que saem no jornal. Mas sim, você pode dar azar e passar muito calor.

Helenadja Santos Mota

Olá Bóia, parabéns pelo site que tanto auxilia os viajantes. Eu irei sozinha para Paris pela primeira vez, serão só 3 dias pois é um estica de uma viagem para Portugal. No meu apertado roteiro tem a Sacré Coeur, mas lendo aqui vi que tem riscos da "gang" das fitinhas e como estarei sozinha e sou medrosa já estou pensando em desistir. Se eu subir com o funicular eliminaria este problema?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Helenadja! Sabendo da existência do golpe, você já está preparada. Vá sem medo.

Geraldo souza
Geraldo souzaPermalinkResponder

Estou indo passar o fim de ano em Paris, minha primeira vez. Quanto as roupas de frio é melhor comprar lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Geraldo! Recomendamos comprar uma 'doudone' (casaco revestido com penas) na Uniqlo. Tem uma loja ao lado da Opéra.

Luiza T. Ono
Luiza T. OnoPermalinkResponder

Olá, usei muito as dicas deste site, e deixo aqui minha contribuição.
Estivemos em Paris de 8 a 14 de outubro, e li aqui que o passe de metrô Navigo seria o mais adequado, pois planejamos ir à Disney.
A fila para comprar o passe no posto do aeroporto Charles de Gaulle estava quilométrica, e deixei para comprar em uma das estações de metrô. O funcionário da estação RER que nos orientou foi muito solícito, mas não nos disse que tínhamos de colar uma foto no passe (para comprar o passe e configurá-lo com a quantia de euros e dias que se quer é meio complicado, é tudo self-service em um guichê ao lado de onde se compra os bilhetes).
Resultado: tivemos o azar de passar em uma verificação de funcionários, na estação St. Michel, e fomos informados que tínhamos de pagar 35 euros de multa por cada passe (estávamos em três) porque não havíamos colado as fotos. Não adiantou argumentar que não havíamos sido avisados, pois o funcionário disse que “está escrito no passe”.
Assim, quem for usar esse passe Navigo (que é super prático para ir à Disney, serve para todos os bairros de Paris e tem até catracas só para ele) fica o aviso: não esquecer de por uma foto nele. Ele é ótimo, vimos algumas pessoas bloqueadas nas catracas porque a cancela não abria, mas com nosso passe não houve problemas, tudo funcionou muito bem.
Na ocasião, tiramos as fotos num das cabines automáticas que há nas estações (a 5 euros) e pedimos para o funcionário da estação nos ajudar a colar. O funcionário da estação cortou as fotos no tamanho certo e as colou, o passe tem uma película autocolante que não iríamos descobrir sozinhos como funciona. Creio que levar fotos tamanho passaporte (foi o que usamos) daqui seria bem mais prático do que pagar essa fortuna por uma foto. Lá nas instruções também não fala que é proibido usar fotos 3 x 4.
Um amigo que mora em Paris há dez anos disse-nos que, se não tivéssemos o dinheiro ou cartão para pagar a multa, pediriam o endereço do hotel e seríamos convocados a comparecer dentro de 24 horas a uma delegacia de polícia.
É a “Liberté, egalité, fraternité”, mas dentro das regras deles!
De resto, Paris foi uma delícia: gente do mundo inteiro saindo e se divertindo, pretendemos voltar para lá para conhecer mais! A dica de se falar “Bonjour”, “Merci, au revoir” nos lugares que se visitava foi superválida, vimos que os franceses tem esse costume, e fomos muito bem tratados.
Espero que a dica ajude!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar