Tailândia em 5 templos

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Ayutthaya

Wat Yai Chai Mongkol

Se entre as prioridades da sua viagem à Tailândia está visitar templos budistas, não se avexe. Em um país onde 95% da população pratica o Budismo, eles estão por toda parte: do alto de serenas montanhas ao furdunço das grandes cidades, são 30 mil templos espalhados por todo o país. Portanto, qualquer roteiro básico entre Bangkok, Ayutthaya e Chiang Mai proporciona uma ótima relação templo x benefício mrgreen

Mas será que quem já viu um templo, viu todos? Nananinanão. A seguir, conheça 5 templos tailandeses bem diferentes entre si e que valem a visita:

Bangkok

Wat Phra Kaew, o Templo do Buda Esmeralda

Grand Palace, Bangkok

Guardadas as devidas proporções, Wat Phra Kaew seria como o Corcovado de Bangkok. O lar da imagem religiosa mais emblemática da Tailândia é também a atração turística número 1 do país. Ou seja: muvuca permanente.

Grand Palace, Bangkok

Como aproveitar: chegue cedo e encare o passeio mais como um tour arquitetônico pelo complexo do Grand Palace do que como uma viagem espiritual.

 

Wat Pho, o Templo do Buda Reclinado

Buda Reclinado, Bangkok

Em Wat Pho, uma imagem de Buda de 46 metros de comprimento sorri placidamente enquanto turistas se contorcem para achar o melhor ângulo para as fotografias. Mas não se preocupe – se der um mau jeito nas costas, existe uma tradicional escola de massagem tailandesa dentro do próprio mosteiro.

Wat Pho, Bangkok

Como aproveitar: conheça o restante do lindo complexo, com estupas ornamentadas em cerâmica e uma coleção impressionante de centenas de budas dourados.

Ayutthaya

Wat Phanan Choeng

Wat Phanan Choeng

Aos fundos de um templo modesto, uma porta revela um gigantesco Buda sentado. Wat Phanan Choeng ainda é pouco visitado por turistas. Se você der a sorte de presenciar uma cerimônia ali, esteja preparado para um dos momentos mais bonitos da sua viagem.

Wat Phanan Choeng

Como aproveitar: participe do ritual – ao chegar no templo, deixe alguns baht de caixinha e pegue uma flor de lótus, 3 incensos e uma folhinha de ouro. Observe os nativos e faça a sua oferta a Buda também!

Wat Yai Chai Mongkol

Wat Yai Chai Mongkol, Ayutthaya

Ruínas de um antigo mosteiro que data do século XIV, quando Ayutthaya era a grandiosa capital do Sião. Em valor histórico, Wat Yai Chai Mongkol fica alguns passinhos atrás de Wat Phra Si Sanphet, mas sua imponente estupa e as dezenas de Budas sentados merecem muitíssimo ser vistos e fotografados.

Wat Yai Chai Mongkol, Ayutthaya

Como aproveitar: dedique tempo a clicar muitas fotos!

Chiang Mai

Wat Phra Singh

Wat Phra Singh, Chiang Mai

Nada de Budas gigantes em Wat Phra Singh. Em vez disso, 3 imagens que representam os 3 corpos de Buda: carnal, espiritual e divino. No centro, o Buda Leão (Phra Singh), a imagem de Buda mais significativa para os habitantes de Chiang Mai.

Buda Leão de Chiang Mai

Como aproveitar: não passe batido pelos detalhes da arquitetura e da ornamentação, no antigo estilo Lanna.

E você? Quais templos conheceu na Tailândia? Conta pra gente!

Wat Yai Chai Mongkol, Ayutthaya

Mariana viajou a convite da Embaixada Real da Tailândia.

Leia mais:

6 comentários

Nanda
NandaPermalinkResponder

Os templos tailandeses são cada um mais bonito que o outro! Posso acrescentar dois nessa listinha? O Templo Branco de Chiang Rai (http://wp.me/p4eMct-jt), que parece um cenário de conto de fadas, e o Doi Suthep, que fica no alto de uma montanha sobre Chiang Mai (http://wp.me/p4eMct-ZO). São os meus favoritos! smile

Alex de Souza Melo

Não e um comentário e sim um pedido de ajuda!!! E minha primeira vez na Tailândia onde só vou ter dois dias inteiros em banquecoque. Gostaria de saber se e possível me dar algumas dicas de onde se hospedar do que visitar etas coisas, como vou por pouco tempo e com mochila nas costas.

Obrigado!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alex! Ainda não publicamos nosso conteúdo sobre Tailândia.

Dê uma olhadinha nesses blogs:
https://www.viajenaviagem.com/2014/04/tailandia-roteiros-dicas-blogs/

Dulce Campolina

Todos estes são maravilhosos, mas estando em Chian Mai façam um pacotinho de bate e volta a Chiang Rai, ao norte, divisa com o Laos e Myanmar. O objetivo é visitar as tribos, mas a segunda parada é no White Temple, diferente de qualquer outro ele é lindo e relativamente novo. O artista que o concebeu ainda é vivo. Passeio imperdível!

Júlia
JúliaPermalinkResponder

Dulce, tudo bom?
Eu vou pra Tailândia em Janeiro. Gostei muito dessa ideia de visitar tribos e o White Temple. Dá pra fazer ambas as atividades em um dia? É fácil chegar às tribos?
Em Chain Mai, fora o templo Wat Phra Singh, o que mais posso fazer em Chain Mai? Muito obrigada e desculpa por tantas dúvidas.
Bjs,
Júlia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Júlia! Vale a pena passar pelo menos 3 dias inteiros em Chiang Mai. O passeio para Chiang Rai que a Dulce fez foi um pacote de um dia. Veja todas as dicas para montar a sua viagem aqui: https://www.viajenaviagem.com/destino/tailandia

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar