Phi Phi

Koh Phi Phi: vale a pena o bate-volta?

Koh Phi Phi Don

O arquipélago de Phi Phi, na Tailândia, guarda algumas das praias mais famosas do mundo. Ali, o mar cor de esmeralda compete em beleza com imensos paredões de pedra calcária, formando um cenário bem fiel ao que costumamos imaginar como paraíso.

Baía de Pileh

Visitamos as ilhas Phi Phi em um tour de dia inteiro, saindo bem cedo de Phuket em lancha rápida.

Lancha de Phuket a Phi Phi

A viagem de Phuket a Phi Phi leva uma hora, em alta velocidade.

Ao alcançar o arquipélago e desembarcar na ilha de Phi Phi Leh, somos imediatamente brindados…

Maya Bay

… com a companhia de outros trocentos excursionistas. :mrgreen:

Maya Bay

A Baía May, em Phi Phi Leh, é o pedaço mais muvucado da região. A baía ficou famosa por servir de locação para o filme A Praia, com Leonardo DiCaprio.

Maya Bay

Ninguém dispensa uma paradinha ali para dar um “confere”.

Baía de Pileh

Baía de Pileh

De lá, o tour segue para pontos mais tranqüilos e faz paradas para fotos ou banho de mar. Assim visitamos a baía de Pileh, também na ilha de Phi Phi Leh, e a praia de Laem Thong, na ilha de Phi Phi Don.

Laem Thong, Koh Phi Phi Don

Laem Thong, Koh Phi Phi Don

Almoçamos em Phi Phi Don, no restaurante pé-na-areia do hotel Zeavola (que me pareceu um charme e, ao menos naquele dia, era um oásis de tranqüilidade).

Mosquito Island

Terminamos o passeio em Koh Yung, ou Ilha do Mosquito. Ali pudemos nadar e fazer snorkel por um bom tempo, o que foi o ponto altíssimo do dia.

Ilhas Phi Phi

Foi um passeio lindo, mas bastante puxado. Voltei convencida de que o bate-volta de Phuket a Phi Phi não é a melhor forma de conhecer o arquipélago. As paradas são, em sua maioria, bem curtas, e em um tour organizado você perde a chance de programar o dia à sua maneira. Prefira dormir 3 noites em Koh Phi Phi Don. Contrate passeios particulares com os barqueiros da região e chegue antes dos excursionistas às praias mais disputadas.

E você? Já esteve em Phi Phi? Foi de bate-volta ou ficou na ilha? Conta pra gente!

Maya Bay

Mariana viajou a convite da Embaixada Real da Tailândia.

Leia mais:

19 comentários

Com certeza um bate e volta fica super puxado! Ainda mais porque a ilha tem seu charme, com aquela muvuquinha à noite, bares de vários estilos, inclusive alguns com piscina à beira mar e um ambiente muito alegre. Vale muito a pena passar nem que seja uma noite.

Acho que o bate-volta não mostra o melhor de Phi-Phi! Com o bate-volta a Maya Bay vai estar lotada e ainda tem o risco de estar com a maré baixa – já que o passeio é sempre no mesmo horário. O ideal é passar duas noites da ilha no mínimo, para ter pelo menos um dia inteiro por lá. Se for baixa temporada, aumente mais dois dias, pois se o tempo estiver ruim e cancelarem o passeio, fica com alguns dias de contingência.
Fiquei um mês na ilha para descansar e não me arrependi de estar ali por nem um minuto! Tive paz quando quis paz, tive agitação quando eu precisava. O fato de ter tudo ao alcance dos meus pés era tudo o que eu precisava. Amei Phi Phi. Quero voltar!

Concordo totalmente. Não recomendo bate e volta. Cansativo e você fica refém da boa vontade do pessoal da lancha. No meu caso, a parada foi naquela praia que tem os macacos. Ví um monte de gente tomando banho em lugar maravilhoso que apenas passamos rapidamente. Resumindo: Hospede-se em Koh Phi Phi Don por 3 ou 4 noites e contrate os barqueiros locais. Vai aproveitar de verdade.

Para nós o bate-volta por Phuket valeu a pena. Tínhamos apenas 2 dias na região, os voos eram de noite/madrugada, então reservamos 1 passeio com lancha rápida por dia – primeiro dia Koh Phi Phi, segundo Ao Phang-nga National Park. Começam bem cedo, o bastante para curtir as praias e cavernas antes da multidão chegar. Foi perfeito. Até Maia Beach tava tranquila em plena alta temporada. Usamos Phuket como base por ser perto do aeroporto, pq os hoteis no geral são mais confortaveis e baratos q nas ilhas e pq nao tínhamos a intenção de sair à noite – já haviamos nos acabado na balada em Bangkok hahahahahha. Com mais tempo, porém, teríamos feito diferente, escolhendo uma base com mais charme – em Krabi ou nas ilhas.

Fizemos exatamente este roteiro hoje! Tinha visto seus comentários na internet antes de ir, para ver se valia a pena e o que veríamos. Acho que para quem não tem mais tempo (logicamente o ideal é ficar mais dias em Phi Phi) vale muito a pena. A paisagem é linda, mas pena que tudo muito muvucado de fato. Mas não vou me esquecer daquela água transparente e daquele sol maravilhoso que nos brindou neste passeio. Fizemos com uma empresa bem profissional, através do hotel que ficamos, a Hongtae. Recomendo!!! E conseguimos um precinho bem bom. Em breve atualizarei mais este dia na Tailândia no meu blog. Abraço!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.