Como viajar de avião com o assento ao lado vazio (não custa tentar!)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Assento vago no meio

Eu sou do tempo em que os aviões só lotavam nos horários de rush dos executivos e nos dias cruciais da ida e da volta de feriados e férias. Hoje em dia, assento desocupado é a exceção da exceção. Só os muito sortudos viajam sem um vizinho para disputar o espaço aéreo do seu joelho.

Eu tenho uma técnica que me faz conseguir ser esse felizardo com alguma freqüência. Não fiz a estatística formal, mas acredito que funcione em 30 a 40% das tentativas. Quando não funciona, é porque o avião está abarrotado. Se sobrar algum assento vago, tem grandes chances de ser ao meu lado.

O que que eu faço?

Ao comprar a passagem, reservo um lugar no corredor. Básico. Garanto pelo menos uma perna livre. Se estamos viajando em dupla, reservamos dois corredores lado a lado.

Escolho sempre as três últimas fileiras. Por balançar mais e tornar a saída mais lenta, a rabeira do avião é evitada pela maioria dos passageiros. É ali que tendem a sobrar os lugares vagos.

27C

Faço web check-in 12 horas antes do vôo. É o momento de rever o mapa de assentos e trocar de lugar.

Confirmo um assento de corredor numa fileira em que a janela já esteja ocupada. Escolher um corredor numa fileira totalmente desocupada tem o efeito contrário ao que você deseja: atrai dois passageiros viajando juntos. Ao marcar um xis numa poltrona de corredor na rabeira do avião com a janela ocupada, você garante que aquela poltrona vaga do meio só será ocupada em caso de lotação total do vôo.

Uma última chance dentro do avião. Depois que você faz o check-in, porém, entrega o mapa de assentos ao algoritmo de Deus. Caso apareça alguém, ou passageiros troquem de lugar, ali atrás você estará na melhor posição para localizar outra poltrona de corredor livre (já aconteceu comigo algumas vezes).

O último teste da minha técnica foi ontem, numa viagem de São Paulo a Porto Seguro com conexão em Belo Horizonte.

No primeiro vôo, deu certo. O assento ao meu lado foi um dos únicos três vagos no avião inteiro.

Assento do meio vazio

Vôo 2: tudo certo até os 47 do 2º tempo

No segundo vôo, deu... quase certo. O assento esteve livre até os 47 do segundo tempo, quando apareceu o derradeiro passageiro do avião lotado.

(Esse é a principal contra-indicação desse método: já cansei de contar quantas vezes o último passageiro do avião veio sentar exatamente do meu lado.)

E você? Tem alguma técnica para reservar assento em avião? Conte aí!

47 comentários

chica
chicaPermalinkResponder

Boas técnicas e é realmente, muito grande a expectativa,em voos longos, de poder ter um lugar vazio ao lado! rs abraço,chica

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Viajando em dupla, de terça a quinta, reservo
um corredor e uma janela ( nas seis primeiras
fileiras) ; até ontem deu certo wink
Nos outros dias da semana : dois corredores.
Se o voo é longo, vou direto pro fundao e espero
fecharem as portas pra ver o q sobra.

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Também reservo um corredor e uma janela, mas nunca me atentei para o local no avião e nos dias da semana! Vou anotar! grin

O que levo em conta é se despacho ou não - se não despacho, qualquer lugar do avião serve. Se despacho, quanto mais na frente melhor, sou nervosa pra pegar logo minha mala. :S

Em voos internacionais mais longos dou preferência aos lugares dos cantos, viajando em dupla, pois geralmente são 2 lugares, mesmo.

Gabe Britto
Gabe BrittoPermalinkResponder

Uso as mesmas técnicas. Só coloco poltrona na frente quando sei que vou querer sair do avião logo (tipo: volta de viagem a trabalho tarde da noite).

Paula Brum
Paula BrumPermalinkResponder

Técnica aproximada da que utilizamos. Quando voamos em dupla, uma curte corredor e outra janela, reservo onde a do meio ainda esteja vaga e sempre nas últimas fileiras. Para completar? Deixo a bolsa e casaco sobre o assento vago até o último momento - sempre inibe trocas de lugar e, especialmente que vejam duas mulheres sentadas e resolvam colocar o filhote no meio (já aconteceu). Se estou só, pego o corredor como sempre e de preferência com a janela já marcada, sempre no fundão. Tem dado certo em torno de 40% das vezes. Já fui feliz até numa low cost na europa, algo impensável! wink

Majô
MajôPermalinkResponder

Em dupla, também reservo corredor e janela, mesmo nas fileiras da frente, em geral funciona.
Agora, já aconteceu de pessoas mal educadas, chutarem você na fileira do corredor, para você sair e poderem deitar mrgreen

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Geralmente eu compro passagem em tarifa promo (TAM) e assim, não permite a visualização total dos assentos. Mesmo assim, eu escolho sempre a poltrona do corredor por questão de locomoção mesmo, é mais fácil ir ao banheiro, mas o chato é que eu sempre durmo e daí alguém sempre me acorda porque tem que passar. Eu nunca esquematizei pra ficar sem vizinhança, mas quase sempre acontece de pelo menos a poltrona do meio ficar vazia. Na minha última viagem, em maio, voltei em um voo da GOL do RJ pra Manaus sem nenhum vizinho, ou seja, 4h de viagem deitada literalmente, só acordei porque a aeromoça mandou atar o cinto.

Josimara
JosimaraPermalinkResponder

Ótima dica , eu sempre rezo para ir sem alguém do meu lado, desconhecia todos estes artifícios pois o voar Rio - Paris em classe econômica com avião lotado é muito cansativo
Abs

Josi
http://www.saboreandoparis.com/torre-eiffel-paris/

TANIA JANIN
TANIA JANINPermalinkResponder

Costumo usar das mesmas estratégias mas evito o finzão do avião em voos muito longos. Fico doida pra sair do avião assim que possível e a impressão que me dá é que o povo é muito lerdo. Além do que as pessoas não respeitam a regra de uma simples bagagem de mão. É a própria mais uma bolsa mais mochila o escambal a quatro e no caso de voo internacional mais o sacão do Free Shop. É muita tranqueira pra tirar do bagageiro e aí demora. Isso sem contar o fato de que quando voce chega pra sentar lá no final não tem nem mais espaço pra sua simples malinha de mão!

Diógenes
DiógenesPermalinkResponder

Só viajo no corredor justamente para poder esticar as pernas. Não faço questão nenhuma pela janela.

Alessandro Ayres

Excelentes técnicas, só que eu raramente as uso pois sempre viajamos em 3, portanto o negócio é pegar a primeira fileira vazia mesmo.

Meu único alerta é tomar cuidado com as últimas fileiras de alguns aviões mais antigos em voos mais longos, pois a última fileira costuma não reclinar e muitos assentos possuem uma largura menor devido a curvatura natural do avião. Sugiro sempre dar uma olhada no SeatGuru para não cair nessas roubadas.

Phillipe Leighton

Compro duas passagens de avião; Simples.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Eu não ligo de viajar com alguém na poltrona ao lado, não ligo em ter 1m90 e ter que me espremer na poltrona com o "teto" mais baixo, desde que eu tenha minha janela.

Cada um com suas prioridades, não é?

Cleverson Adriano Alves

Em vôos domésticos até que não fico assim buscando ficar sozinho. Mas em vôos internacionais já dei sorte de viajar num bom lugar. Tenho uma dica compre as poltronas da saída de emergência, pois, o preço é mais caro e nem sempre as pessoas viajam nelas. Quando o avião está todo lotado ninguém mais vai entrar eu olho se há algum lugar no corredor e se esta vazio e troco de lugar.

Samuel
SamuelPermalinkResponder

Na gol essa tecnica custa 30,00 e nas 6 primeiras fileiras em algumas rotas , o assento do meio é bloqueado!! Parabens a gol.

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Tb consulto o mapa de assentos na noite anterior, mas o que da mais certo, principalmente em viagens internacionais, é reservar os dois corredores nas fileiras do meio do aviao. Ninguem quer sentar no meio do meio do aviao. Dá certo na grande maioria das vezes.

Édiwa Damas
Édiwa DamasPermalinkResponder

Ei Maryane, achei engraçado você dizer que ninguem quer se sentar no meio do avião, é mesmo? por que? medo de que ele possa se partir ao meio,rs?

Greicy
GreicyPermalinkResponder

O problema de sentar muito no fundo do avião, a meu ver, é que em voos longos há o risco de, quando finalmente chegar o jantar, só restar uma opção de comida. Que sempre é a pior, pois o pessoal da frente pediu a que parecia mais saborosa... E quando o passageiro do meu lado é gato e bom de papo, acho ótimo ter companhia e agradeço à Nossa Senhora da Boa Vaga, que sempre me atende quando preciso estacionar no shopping smile

ADILA FERREIRA

Dica: em voos internacionais, compre nas três ultimas fileiras, porem na janela.Essas fileiras costumam ter só duas poltronas, ficam perto dos banheiros, perto das comissárias, e nao sao tao geladas à noite.E via de regra, o seu companheiro do corredor vai sair em busca de assentos melhor localizados tao logo o vôo esteja "fechado"...Entao, você terá DUAS poltronas só para você, num lugar aconchegante e silencioso!

Aglaia
AglaiaPermalinkResponder

Lendo os comentários acima concluo que vai te tornar cada vez mais difícil a façanha de viajar sem ninguém ao lado!! Já está todo mundo muito escolado!!

Marcos
MarcosPermalinkResponder

A técnica para viagem sozinho é ok, mas acho que essa na viagem em dupla é muito errada de um ponto de vista solidário. Percebem que para cada casal que faz a técnica descrita de reservar dois corredores, outro casal deixa de viajar junto? É questão de matemática - se todo mundo fizer isso, vai começar a acabar até metade dos assentos em dupla para casais viajarem juntos. Vão sobrar apenas assentos do meio em várias fileiras. E o pior, se as cias aéreas perceberem isso (o que não vai demorar), vão começar a pensar em meios de lucrarem com isso às custas de quem não participou da brincadeira, ficou sem assentos lado a lado e ainda assim quer ter o direito de viajar junto. Pensem nisso!

Erik
ErikPermalinkResponder

Achei massa todas as dicas e vou experimentar todas, a do RF e as dos comentaristas. Só quero me livrar de situações como uma que passei um dia, querendo dormir na viagem, sentei ao lado de um velhinho que não parou de conversar e ainda cuspia meu braço o tempo todo. E eu ainda tive de dar toda a atenção do mundo pra ele. Cal-ma-men-te! rs

Antonio Carlos

Já tivemos alguns milagres!! Ao fazer o check-in no CDG (Air France) pedi ao atendente um bom lugar, pois minha esposa por ter problemas de circulação tem que se levantar muitas vezes,Aí então ele nos deu os dois assentos do meio na fileira de quatro, ao que eu disse, mas aí é um péssimo lugar!! e ele sorrindo nos respondeu, vou bloquear os outros dois assentos uma vez que o avião não está lotado. Assim sendo viemos com os dois assentos vagos!!! Até hoje não esqueço a gentileza do nosso amigo!!!

Dina Wolowski
Dina WolowskiPermalinkResponder

Sempre , digo sempre mesmo, faço a cara mais alegre, risonha e simpatica do mundo , na hora do check-in, AO VIVO.
Nesse momento, pergunto à atendente se há lugar vago nas cadeiras da frente.
Quase sempre dá certo.
E olhe que sempre estou com meu marido, sendo entao 2 lugares.

Marcelo Galvão

Olá, Ricardo, Boia e trips. Em viagens internacionais, viajo, sempre, com a minha esposa. E para encontrar dois lugares, de acordo com a configuração do avião, uso o http://www.seatguru.com/. As ótimas informações incluem até fotos dos passageiros.

Cris
CrisPermalinkResponder

Essas técnicas infelizmente não funcionam muito comigo, por razões bem simples: eu não gosto de ficar na "rabeira" do avião e nem no corredor: eu sou uma "pessoa da janela", mesmo em voos noturnos. E muitas vezes viajo sozinha.

E em voos curtos, entre 1 e 3 horas, eu não tenho nada contra ter outros passageiros ao meu lado. O problema mesmo são os voos longos, de mais de 10 horas.

Em uma única oportunidade, eu fiz um voo Guarulhos - Lisboa sem ninguém ao meu lado. Era um voo da TAP, naquele esquema de assentos 2 - 4 - 2. Fiz o check-in online 12 horas antes e marquei aleatoriamente um lugar na janela, em uma fileira no meio do avião (perto da asa). Na hora do embarque, a fila enorme fazia parecer que o voo ia lotar. Mas sentei no meu lugar marcado, e quando fecharam a porta do avião, eu tive um surto de felicidade: não havia ninguém ao meu lado! Levantei o braço entre os dois assentos e fiquei com uma mini-caminha para mim durante todo o voo.

Pena que isso nunca mais se repetiu. Pelo menos uma vez por ano, eu faço o voo Porto Alegre - Lisboa, e como não é um voo diário, acho que sempre vai e volta lotado! Em uma dessas oportunidades, a pessoa ao meu lado era MUITO chata, mas muito chata mesmo!! Não por querer conversar comigo; muito pelo contrário! Ela ficou pelo menos umas 3 horas falando em altos brados com a pessoa que estava do outro lado do corredor, reclamou das pessoas de trás (minha mãe e meu irmão), porque estavam tentando resolver com a comissária um problema na tela touchscreen (sem nenhum stress, apenas eles estava pedindo para a comissária ajudar a fazer a reinicialização do sistema) e pior, após ter sido servida a janta, essa senhora me "intimou" a ir ao banheiro naquele momento, porque depois ela iria dormir e não queria ser incomodada até o café da manhã!!

Eu entendo que quem escolhe janela nesses voos longos não pode se queixar muito e deve tentar ser o menos intrusiva possível (e eu tento fazer exatamente isso), mas a mesma atitude para quem escolhe o corredor também deve ser seguida. Caso a pessoa queira dormir profundamente e não ser incomodada, eu sugiro fortemente que faça o check-in online bem cedo e escolha também um lugar na janela! Ou faça como eu, marque o lugar na hora da compra da passagem, no caso desse serviço não ser cobrado (sei que a maior parte das companhias aéreas já estão cobrando pela marcação de assentos na hora da reserva e que isso vai ser regra geral em pouco tempo, mas vou fazendo assim nas cias. aéreas que ainda permitem isso na hora da reserva sem cobrança por enquanto).

Mas pessoas mal educadas sempre existem! Em outro voo, dessa vez curto, Lisboa - Paris, atrás de mim havia duas crianças birrentas, que gritavam e chutavam a minha poltrona o tempo inteiro e os pais não faziam nada. Observação, eram crianças francesas, e bem grandinhas, o que fez cair por terra aquela teoria de que criança francesa não faz birra!

Abs,

Cris

Andrea
AndreaPermalinkResponder

hahahaha....adorei o post...
As poltronas super confortáveis da classe econômica nos fazem pensar em absolutamente tudo para viajar sem ninguém do lado....(uma perna e um braço livre....tem coisa melhor?).

Márcio
MárcioPermalinkResponder

Se viajo sozinho, minha dica é marcar na fila 24 (avião) ou poltrona 23 (ônibus).
Esta técnica, se não garante que o assento vizinho fique vazio, pelo menos diminui a chance de que ele seja ocupado por um barba chato-mala.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Ricardo,
Fiz um post no meu blog com os meus Top 5 - Blogs de viagem e o seu está lá! Te convido a vero post e conhecer meu blog.
http://fernandaeflaviabelletti.blogspot.com.br/2014/09/top-5-blogs-de-viagens.html
Um abraço,
Flávia

Lena
LenaPermalinkResponder

Também busco corredor com janela ocupada. Mas para vôo internacional prefiro as cadeiras mais à frente, se houver opção. Saio sempre disparada, pra chegar antes na fila da imigração, que costuma ficar gigante depois que o resto do avião desembarca wink

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá Bóia (ou quem puder me ajudar), minha questão é sobre assentos na janela, mas não achei tópico específico. Desculpe se for o lugar errado.
Preciso marcar meu assento em um voo TAP A330, mas sei que existem janelas "cegas", fechadas, que não existem. Já tive esse azar antes, mas não recordo qual a fileira. Alguém sabe? Lembro de ser no começo da econômica, mas não sei qual. Já procurei em vários lugares e nada. Se alguém puder ajudar agradeço imensamente.

val
valPermalinkResponder

Luciana procure seu voo no SeatGuru, tem muitas dicas de escolha de assento lá.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Siga a dica da Val. Mas de todo modo, vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Cris
CrisPermalinkResponder

Meio tarde para responder, mas a fileira com a janela cega no A330 da TAP é a fila 15 da classe econômica. Para falar a verdade, não chega a ser uma "missing window total, mas sim uma janela totalmente desalinhada!

Eu já escolhi de livre e espontânea vontade a 15J, e me arrependi por todo o voo de 11 horas!! Marquei tanto a tal da fileira que eu não me esqueço: fileira 15 nem pensar!!

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Muito obrigada pela resposta, Cris! Vou já confirmar quais sãos os assentos de ida e volta.

Cássia Augusta Salzman

Olá! Estarei em Brasilia no final de semana 07/08 de fevereiro, e gostaria de conhecer a Chapada dos Veadeiros, com hospedagem em São Jorge (que me disseram ser mais barato). Pergunto: existe algum onibus de Brasília para São Jorge? Ou há algum outro esquema. Como viajo sozinha, o custo de aluguel de carro inviabiliza o passeio. Se eu ficar em Alto Paraiso, consigo ir para São Jorge? Por favor me dê dicas de Pousadas ou Hostel baratos nas duas localidades.

Sandra
SandraPermalinkResponder

Boa noite! Estou pensando em fazer a marcação de assento nas primeiras fileiras do salão, por causa do maior espaço, mas aí pintou uma dúvida: se estou na poltrona da frente onde fica a TV individual já que para nos demais ela fica nas costas do banco da frente? Ricardo/Boia, vcs tem alguma sugestão do melhor lugar a escolher na classe econômica, visto q meu marido mede 1,85?

Cris
CrisPermalinkResponder

Se o avião tem sistema de entretenimento individual, geralmente os monitores touchscreen ficam no braço do assento. A mesinha para refeições também. O braço do assento é articulado, então, você tem de puxar a tela e a mesinha para "fora" do braço do assento.

Esse fato faz com que os assentos que ficam naquele espaço na frente das portas de emergência sejam ligeiramente mais estreitos, apesar de dar amplo espaço para as pernas na frente.

Recentemente eu fiz um voo em que eu tive a oportunidade de escolher um assento na frente da porta de emergência (no caso, era um Airbus A31, que não tinha tela de entretenimento individual), mas só o fato de ter a mesa no braço articulado do assento me deixou bastante desconfortável, pela estreiteza do assento!! (mas isso é uma particularidade minha, que sou "cadeiruda" e acima do peso, hehe). Para piorar, a janela tinha um bloqueio naquele ponto do avião ("missing window"), e no meu caso, que só fico sossegada com uma janela, foi um voo bem chatinho e desconfrtável, apesar de supertranquilo ....rsrsrs

Agora, para uma pessoa muito alta, eu creio que seja um bom lugar mesmo.

Sandra
SandraPermalinkResponder

Esqueci de dizer: meu avião é o A 330-200 (2-4-2); Obrigada!

Cris
CrisPermalinkResponder

Sandra, o comentário acima também serve para o A330-200.

O teu voo é da TAP? Costumo viajar nesses aviões e confirmo que é assim mesmo. Se for essa companhia, se você tiver a sorte de conseguir marcar o assento na fila 11 (a primeira da classe econômica, nos A333-200 da TAP), fica melhor, porque nesse caso, a TV individual fica na parede que divide a classe econômica e a executiva.

Abs,

Cris

Sandra
SandraPermalinkResponder

Oi, Cris! Agradeço muito pelas suas informações. Meu vôo é da Tap, sim. A fila 11 tem espaço maior para as pernas, em relação as demais, né? Li, em algum site, que o único problema de fazer a pré reserva nesses assentos é que se houver, no dia do embarque, passageiros com necessidades especiais, eles serão acomodados nesses assentos e teremos q usar outros assentos, é isso mesmo?

Cris
CrisPermalinkResponder

Oi, Sandra,

Eu voo com uma certa frequência no A330-200 da TAP, e ao que sei é que geralmente essa fileira 11 é aquela em que vão as pessoas com crianças, ou seja, com prioridade de embarque, necessidades especiais. Como eu nunca consegui pegar a fileira 11, não sei se existe essa troca de assentos com muita frequência. Mas sim, é verdade que pessoas com prioridade são acomodados nesses assentos. Geralmente as famílias com bebê de colo ficam ali, mas na parte do meio (4 assentos).

Mas não custa tentar, né? Vai que você dê sorte e não precise trocar! Eu tentaria marcar e se tentassem trocar, eu tentaria contra-argumentar com a altura de 1,85m do marido ...rs

Sandra
SandraPermalinkResponder

Boa idéia, Cris! Alguém há de ter dó das pernonas dele! rsss. Valeu!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! Uma ferramenta que ajuda a encontrar assentos melhores, ou pelo menos a evitar os piores, é o SeatGuru: http://www.seatguru.com/

Joao L. DeSousa

Eu nunca pensei nessas possibilidades, mesmo porque gosto da janela e até não me incomoda viajar nas últimas poltronas. A única coisa que vai me deixar P da vida, é se um gordo ou uma pessoa que ronça, me der o desprazer de sentar ao meu lado. Pense nessa situção em uma viagem de São Paulo a Nova York, Milão, Paris. É ou não é uma tormenta?

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Marcos, quando vc escolhe uma fileira do corredor e outra da janela, se alguém ocupa a do meio, eu lamento o espaço vazio ter sido ocupado e ofereço o meu assento para troca. No fim das contas, isso é apenas um truque, mas em voos lotados, prefiro ocupar o meio e ficar ao lado de minha mulher. smile

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar