Um rasante em Los Angeles, a caminho de Las Vegas e South Lake Tahoe

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Calçada da Fama em Los Angeles

Calçada da Fama

Enviada especial | Denise Mustafa

Garota, eu fui pra Califórnia. E pra Nevada. E pra montanha. E andei de bicicleta na praia, assisti uns ótimos espetáculos e joguei no cassino de Vegas. E aprendi a andar de esqui. Tudo isso em uma viagem só, combinando Los Angeles na Califórnia, Las Vegas em Nevada e South Lake Tahoe, que fica na fronteira dos dois estados.

Mas vamos por partes, que foi muita coisa, entre diversão, cultura, boa gastronomia, lindos passeios e até aventura. Pra começar a viagem pela costa oeste americana, o desembarque foi na cidade do cinema: Los Angeles. Porém, apesar de ser conhecida por isso, L.A. é muito mais.

O letreiro "Hollywood"

O letreiro "Hollywood"

Bom, mas claro que começa com o cinema. Quem quiser conferir o conhecido letreiro de Hollywood pode fazer uma bonita caminhada pelo Griffith Park.

Griffith Park

Griffith Park

Griffith Park e vista

A caminhada dura cerca de 1 hora e, do alto do parque, é possível ver a cidade de cima. E é bonita! O letreiro, pequeno, fica sem importância diante daquela imensidão que é Los Angeles. Mas vale a pena continuar.

Observatório Griffith

Observatório Griffith

Observatório Griffith

Observatório Griffith

Próximo ao parque, o Observatório Griffith conta a história do universo, com detalhes sobre os planetas, a Lua, o Sol e a via láctea. Aliás, um bom programa pra criançada.

Calçada da Fama

Calçada da Fama

A parte cinematográfica interessante de LA vai um pouco além disso. Mas bem pouco. A famosa Calçada da Fama é apenas… uma calçada com estrelas de famosos. Fui no dia do Thanksgiving e tudo funcionava como em qualquer dia normal. Uns dez Homens-Aranha interagiam com os cerca de cinco Elvis Presley, Batman e Mickey, o que torna aquilo tudo mais engraçado (e bizarro) do que interessante.

Santa Monica

Santa Monica

Santa Monica

Venice Beach

Venice Beach

O que eu mais gostei da cidade? As praias. Um passeio de bike entre Santa Monica e Venice Beach, que dura cerca de 30/40 minutos, foi o ponto alto da passagem por L.A. E que delícia! Coloquei meu fone de ouvido, óculos escuros e segui pelo calçadão. O clima da cidade ajuda, e a vista da praia, ainda mais. Santa Monica e seu famoso píer, e Venice Beach, com seu ar hippie anos 70, fazem dessa a área mais interessante da cidade (na minha singela opinião).

Gjelina

Gjelina

No final do passeio, a sugestão é um almoço no gostoso Gjelina (320 Sunset), onde sempre é possível ver um famoso de boné e óculos escuros (eu não vi nenhum, mas essa é a fama do lugar).

Vista do WP 24

Vista do WP 24

Depois da praia, um dos locais mais interessantes de L.A. é Downtown, que nos últimos anos viveu um renascimento. O jantar do restaurante WP 24, do famoso chef Wolfgang Puck, localizado no hotel The Ritz-Carlton, te dá uma das mais belas vistas da cidade, com toda sua luz, charme e glamour.

Staples Center

Staples Center

E, mesmo pra quem não é tão fã, o jogo de basquete no Staples Center é um show à parte. Aliás, tudo em Los Angeles parece saído dos estúdios de Hollywood, e o jogo não seria diferente. Aquilo tudo que vemos em filmes e seriados pode ser visto ao vivo.

Getty Center

Getty Center

Getty Center

E, claro, em Los Angeles não poderia faltar um bom museu. O bonito Getty Museum, com seu jardim que estava com as árvores em seu pleno outono, e com obras de artistas como Renoir e Degas, fazem um gostoso passeio para um fim de tarde.

Getty Center

Getty Center

O que eu achei disso tudo? Achei a cidade uma delícia. Bons restaurantes, cultura e muito glamour, que faz de L.A. a fama que ela tem mundo afora. Vale a pena incluir no roteiro! Faz parte do show da capital do cinema.

Denise Mustafa viajou a convite do Brand USA.

Leia mais:

13 comentários

Amaury
AmauryPermalinkResponder

Excelente relato, mas onde eu encontro a parte de Las Vegas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amaury! O relato da Denise começou neste post e ainda vai se estender por mais dois.

Enquanto isso, leia o nosso guia completo de Las Vegas:
https://www.viajenaviagem.com/destino/las-vegas

Lu
LuPermalinkResponder

Show, Denise! Da vontade de ir pra la agorinha!! Parabens!

Denise Mustafa

valeu, Lu! smile

Denise Mustafa

smile <3

Hugo
HugoPermalinkResponder

Acho que foi o melhor post de Los Angeles que já li. Finalmente fiquei com vontade de conhecer a cidade.

Denise Mustafa

que bom que vc gostou, Hugo. smile

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ficou ótimo, Denise! Concordo com o Hugo, deu vontade de ir correndo pra LA - e olha que já fui mais de uma vez e a cidade não é das minhas preferidas...

Denise Mustafa

ahhhh, que bom ler isso!
brigada, Carlinha! smile
beijooo!

Paulo Gustavo
Paulo GustavoPermalinkResponder

Amei seu post, continue mandando mais dicas pois maio irei pra los Angeles, Las Vegas, San Diego, San Francisco, e ainda não bati martelo se vou a Honolulu (Havaí) ou não. 15 dias de viagem, passagem Rio X Los Angeles X Rio via Santiago do Chile já comprado na TAM.

Malu Esper
Malu EsperPermalinkResponder

Denise, muito bom o relato da sua viagem. Já fui a São Francisco e Las Vegas mas não a Los Angeles pois não me sentia atraída por essa cidade. Agora fiquei interessada e gostaria de saber como você se locomoveu na cidade.

Denise Mustafa

Malu, eu estava em uma press trip, então me locomovi com o transporte do grupo. Mas soube que o transporte público na cidade não é muito bem servido. O ideal mesmo é alugar um carro. Até pq sugiro que LA seja mais uma passagem do que um lugar pra se passar tanto tempo. Pelo menos foi o que senti. smile

Dany Colares
Dany ColaresPermalinkResponder

Já vi tudo pelo Facebook, vi as fotos no Instagram, soube dos bastidores no whatsapp e mesmo assim tô adorando ler todos os artigos aqui no Viaje na Viagem, Denise.
Muito, muito bom!!!!

Dany
http://feriadopessoal.com

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar