Os estúdios de Harry Potter perto de Londres + 3 passeios para Pottermaníacos

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Warner Bros. Studio Tour

Expresso de Hogwarts na King's Cross do Warner Bros. Studio Tour

Cuidado para não cair para trás: em dois anos, o primeiro livro da série Harry Potter completa duas décadas de lançado. Daniel Radcliffe, o Harry das telonas, já está com 25 anos de idade. Vinte e cinco! Pelas barbas de Dumbledore, parem esse Expresso de Hogwarts que eu quero descer!

Maquete no Warner Bros. Studio Tour

Maquete no Warner Bros. Studio Tour

Harry Potter é um sucesso literário, cinematográfico e comercial sem precedentes. J. K. Rowling deu o ponto final na série em 2007, mas a pottermania continuou, incentivada pelo lançamento de filmes, do portal PotterMore, das atrações nos parques Universal em Orlando, e da abertura dos estúdios da Warner Bros. em Leavesden, na Inglaterra, para visitação do público.

O Viaje na Viagem esteve nos estúdios em Leavesden e visitou mais 3 atrações temáticas que podem fazer parte do seu roteiro pelo Reino Unido. Todos a bordo?

The Elephant House, Edimburgo

The Elephant House

The Elephant House

Um dos locais mais importantes para fãs de Harry Potter não apareceu em nenhum filme ou foi citado em qualquer livro da série. É um café na parte mais antiga de Edimburgo, na George IV Bridge.

The Elephant House

The Elephant House

The Elephant House e a vista do castelo

Com janelas voltadas para o Castelo de Edimburgo, o The Elephant House foi um dos lugares escolhidos pela então aspirante a escritora Joanne Rowling para elaborar a trama de Harry e seus amigos.

The Elephant House

Salão

Apesar de a fachada sinalizar que aquele é o lugar onde nasceu Harry Potter, o interior do café faz pouca menção ao bruxo ou à sua autora. O salão é movimentado e bastante freqüentado por turistas, mas aconchegante a ponto de não afastar quem ainda vai ali para fazer seu trabalho acompanhado de uma xícara de chá. Melhor assim; não fica difícil imaginar uma ainda anônima J. K. Rowling por ali, com seus rascunhos e sua filha a tiracolo, aproveitando a tranqüilidade para inventar todas aquelas aventuras.

O The Elephant House funciona durante todo o dia e no menu há bolos, sanduíches, saladas, hambúrgueres e pratos típicos escoceses.

Quando ir e como chegar. O The Elephant House fica em Old Town, 21 George IV Bridge. Abre de segunda a domingo; consulte os horários no site.

Bate-volta de Edimburgo ao Castelo de Alnwick

Castelo de Alnwick

Castelo de Alnwick

A visita ao Castelo de Alnwick (diga: Ênic) é certamente uma das mais divertidas visitas a castelos que se possa fazer na Europa. Muito usado como locação de filmes e seriados, tem uma programação diária de atividades e shows que é entretenimento puro.

Castelo de Alnwick

Em março deste ano, entrou na programação um tour a pé dedicado a apresentar o castelo de Alnwick como locação para TV e cinema. De todas as produções que tiveram cenas rodadas ali (Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões; Elizabeth; Ivanhoé, entre outros), Harry Potter é sem dúvida a mais popular entre os visitantes.

O castelo de Alnwick foi dublê de Hogwarts nos dois primeiros filmes da série do pequeno bruxo. A cena mais famosa rodada por ali é aquela de Harry Potter e a Pedra Filosofal em que os calouros aprendem a voar de vassoura na classe da Madame Hooch (e o atrapalhado Neville Longbottom acaba se espatifando no chão).

Vôo de vassoura no Alnwick Castle

Vôo de vassoura no Alnwick Castle

Vôo de vassoura no Alnwick Castle

Aula de vôo de vassoura

Para entrar no clima, depois do tour você pode fazer uma aula de vôo de vassoura com dois hilários professores-feiticeiros. Qualquer semelhança, não é mera coincidência. wink

Bobos da corte

Bobos da corte

Na programação também estão um espetáculo circense com adoráveis bobos da corte, um tour de terror pelos porões do castelo e passeios históricos pela propriedade, tudo incluso no valor da entrada. A única atividade paga à parte é o arco-e-flecha.

Área infantil no Alnwick Castle

Clubinho medieval

A área infantil é uma gracinha, montada como uma vila medieval. Tem monitores e atividades para crianças o dia todo.

A família do duque de Northumberland ainda mora no Castelo de Alnwick, e você pode visitar alguns dos salões em uso para ter uma idéia de como é o glamuroso dia-a-dia de um nobre inglês. wink A biblioteca e a sala de jantar foram recentemente usados no último episódio especial de Natal do seriado Downton Abbey, que ganhou ali uma exposição bem bacana (assunto para outro post!). Infelizmente, não é permitido fotografar os interiores.

Castelo de Alnwick

O castelo, visto dos jardins

Quando ir e como chegar. Em 2015, o Castelo de Alnwick vai receber visitantes até 1º de novembro, todos os dias da semana, de 10h às 17h30 (última entrada às 16h15). A temporada costuma começar entre final de março e início de abril; o calendário pode ser consultado no site. Alnwick fica no nordeste da Inglaterra. A forma mais fácil de chegar é de trem, descendo na estação de Alnmouth, uma cidade vizinha. De lá, siga de ônibus até a rodoviária de Alnwick, ou de táxi (reserve antes; eu usei a The Yellow Taxi) até o castelo. Os ingressos podem ser comprados na hora.

Tour a pé por locações de Harry Potter, Londres

Richard, da London Walks

Richard, o guia

Domingo é um dia meio paradão em Londres. Fãs de Harry Potter que tenham acabado de chegar na cidade podem aproveitar o dia para conhecer o centro com o tour a pé da London Walk. O The Harry Potter Film Locations in the City é como um encontrão de um fã-clube internacional dos livros e filmes; no meu grupo havia franceses, belgas, americanos, alemães, e éramos, em grande parte, maiores desacompanhados. mrgreen

Richard, o bem-humorado guia do passeio, sabe tudo sobre Hogwarts (pelo cachecol, foi selecionado para Grifinória), e recheia a caminhada com perguntas, encenações e curiosidades de bastidores.

Leadenhall Market

Leadenhall Market

Leadenhall Market

A parada mais emocionante é no Leadenhall Market, um mercado coberto lindo usado no primeiro filme da franquia. Quem não se lembra de Harry Potter assustado com uma lista de material escolar que incluía até um caldeirão? Por uma passagem secreta no Leadenhall Market, Hagrid levou Harry para fazer suas primeiras compras de itens de bruxaria no Beco Diagonal.

Millenium Bridge

Millenium Bridge

A Millenium Bridge -- da arrepiante cena dos comensais da morte em Harry Potter e o Enigma do Príncipe -- também faz parte do roteiro, que passa pelo Borough Market, pelo Bank of England e pela Tower Bridge, combinando lugares que apareceram nos filmes com outros que inspiraram a autora em suas histórias. É um passeio mais indicado como tour de reconhecimento para quem é estreante em Londres; se não for a sua primeira vez na cidade, provavelmente vai acabar repetindo atrações já visitadas.

Bank Station

O ponto de encontro

Quando ir e como chegar. As saídas do passeio acontecem em frente à estação Bank do metrô, todo domingo, às 14h. Não é necessário reservar com antecedência. Veja preços atualizados no site. Fora dos meses de inverno, há também saídas às quartas-feiras.

Bate-volta de Londres ao Warner Bros. Studio Tour

Warner Bros. Studio Tour

Warner Bros. Studio Tour

Os estúdios da Warner Bros. em Leavesden, a pouco mais de 30 km de Londres, foram usados nas filmagens de toda a série Harry Potter ao longo de uma década. Com o final das filmagens, acabaram transformados em atração turística, abrindo suas portas para o público em 2012 com o The Making of Harry Potter.

Como não se trata de um parque temático, mas de um tour em que o visitante dita o próprio ritmo de sua visita, eu imaginei que as orientações do site eram meio exageradas em sugerir 3 horas e meia para rodar por toda a atração. A verdade é que o passeio pode durar até mais.

O quarto de Harry

O quarto de Harry Potter

Na fila para os estúdios, o coração já amolece ao ver o armário em que Harry Potter dormia na casa dos Dursley, embaixo da escada.

A entrada para salão

Salão principal

Salão principal de Hogwarts

Classe de poções

A classe de poções do Snape

Beco Diagonal

Beco Diagonal

Em seguida, o salão principal de Hogwarts, com as mesas das quatro casas: Lufa-Lufa, Corvinal, Sonserina e Grifinória. A classe de Severo Snape (meu professor favorito!), com ingredientes de poções e caldeirões enfeitiçados. O Beco Diagonal, e as lojas de Olivaras, Floreios e Borrões e Gemialidades Weasley.

Warner Bros. Studio Tour

Quadros "animados" nos filmes

Warner Bros. Studio Tour

Sala comunal de Grifinória

Efeitos especiais

O ator Warwick Davis e próteses de personagens

Junto a objetos, figurinos e cenários dos filmes são exibidos vídeos com depoimentos de profissionais (atores, diretores, engenheiros, artistas plásticos) envolvidos na produção. A ênfase é no por trás das câmeras, com tudo aquilo que assistimos nos filmes e pensamos "Mas como é que eles conseguiram fazer isso?".

Pomo de ouro e varinhas

Pomo de ouro e varinhas

Profeta Diário

Profeta Diário

Os cenários são impactantes, mas também os pequenos detalhes. Dá para ver de perto as varinhas usadas por cada personagem, o pomo de ouro das partidas de quadribol, as capas do Profeta Diário e as horcruxes.

Cerveja amanteigada e Aragogue

Cerveja amanteigada e Aragogue de pelúcia

No bar, você pode experimentar a cerveja amanteigada e, na loja, comprar um Aragogue para chamar de seu. Quanta criatividade e pesquisa não devem ter sido usadas para tornar palpável cada objeto descrito no livro?!

Expresso de Hogwarts

Expresso de Hogwarts

Expresso de Hogwarts

A grande novidade de 2015 é a chegada do trem Expresso de Hogwarts original, e da recriação da plataforma 9 3/4 da estação King's Cross. Dentro do trem, há pertences pessoais dos estudantes, como se tivessem passado por ali há pouco, remetendo a cada filme da série. Na plataforma, você pode garantir a sua foto "entrando" na parede da estação, como os alunos da escola de magia.

Modelo de Hogwarts

Hogwarts

Mas ainda mais especial é encerrar a visita em frente ao modelo de Hogwarts usado nas filmagens das externas do castelo. É para dar um nó na garganta de qualquer fã. Sozinho, já valia o ticket.

Quando ir e como chegar. Os estúdios da Warner Bros. ficam em Leavesden. Em Londres, vá de metrô até a estação Euston e de lá pegue um trem a Watford Junction (escolha o que não é parador, com Watford Junction como estação seguinte a Euston). Você pode pagar essa viagem com o seu Oyster.

Ônibus para os estúdios

Ônibus para o Warner Bros. Studio Tour

Da estação partem ônibus exclusivamente para os estúdios; o ponto é logo na saída. (Guarde sua passagem do ônibus; ela é ida e volta.) Há tours diariamente. Consulte o calendário no site e faça sua reserva de dia e horário com antecedência.

Mariana viajou a convite do VisitBritain.

Leia mais:

13 comentários

val
valPermalinkResponder

Babei!

Maria das Graças

Em Oxford a Old Bodleian Library, da Universidade de Oxford, foi cenário para Harry Potter.
Uma ida a Oxford vale muito a pena. É um passeio formidável. A visita guiada a essa livraria é uma viagem no tempo. Voltarei à bela e agradável Oxford.

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Sou uma fã velhota de Harry Potter e quando estive na Escócia fiz questão de visitar o Elephant House, que é um café delicioso, linda vista, atendimento ótimo e preço ok. Realmente o local em si não faz muitas menções à autora do livro (a não ser muitos recortes nas paredes), mas o banheiro (pelo menos o feminino) é um capítulo à parte, todo rabiscado com recadinhos de amor para JK Rowling.
Mês que vem levo minha filhota de 15 anos (super fã de Harry Potter) aos estúdios e repito o conselho dessa matéria: reservem com antecedência, não é possível comprar os ingressos na hora e eles se esgotam rápido. Comprei os meus há duas semanas e já não há nenhum disponível para a data que escolhi.
Mal posso esperar para chegar!
Obrigada!

Juliana Tavares

Nossa, só de ler eu já fiquei emocionada e ansiosa para conhecer tudo que foi escrito. Harry Potter foi a minha infância! Ganhei o primeiro livro no meu anversário de 7 anos. Imagina uma criança dessa idade andando com um livro grande (para crianças) e sem nenhum desenho? Eu era a estranha do colégio!
Eu sou realmente apaixonada pelo VnV, pois seus autores se preocupam em disponibilizar um conteúdo que agrade (ou pelo menos tenta) a todo tipo de público.
Obrigada

Liseane
LiseanePermalinkResponder

Fizemos a visita ao estúdio em outubro passado com marido e filha. O passeio encantou até meu marido (sem aproximação alguma com o universo de Harry Potter). A visita permite entender que, por trás da magia do cinema, há muita técnica e tecnologia investidas. E só de ver a forma como eles filmaram o castelo (via maquetes em diferentes proporções) é de arrepiar. Bom, tivemos problema no uso do Oyster em Wattorf Junction já que a estação fica fora da zona que escolhemos a passagem. Salvo engano, compramos o passe para uso nas zonas 1 e 2 e esta estação fica na zona 4. Não deu para pagar a diferença tendo em vista que a máquina estava quebrada, vejam vocês. Por isso, pagamos uma passagem extra para chegar a Leavesden.

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Ai, que delicinha esse tour!

Leo
LeoPermalinkResponder

Fomos ao Castelo de Alnwick e vale muito a pena! Estávamos em Edimburgh e fomos de trem para Almouth, depois pegamos um táxi (mesma coisa na volta). A cidadezinha é muito simpática, o castelo tem atrações bem divertidas e a aula de voo de vassoura diverte quem faz (mesmo se a criança não fala inglês!) e quem assiste! Há tour gratuito em inglês com guias que explicam a história do castelo e falam das filmagens de Harry Potter. O clube medieval é divertido também, dá pra se vestir de cavaleiro, rainha, lutar espada, fazer sabão artesanal à moda medieval...rsrsrs. O passeio aos estúdios da Warner é fantástico, vale a pena também, mesmo pra quem não curte muito os filmes. Dá pra fazer "aula de varinha de condão", voar de vassoura "de verdade" (é irresistível...compre as fotos ao final, quem sabe o filminho que fazem), tirar foto dentro daquele carro azul que voa no filme. Além disso, há a estação King cross, onde se pode tirar foto de graça empurrando o carrinho contra a parede e há Oxford, é claro, uma cidade charmosa, cercada de atrações para fãs de Alice e de Harry Potter. As dicas aqui do VnV nos ajudaram a montar nosso roteiro (maio/2013). Obrigada de novo! wink

Maria Marta
Maria MartaPermalinkResponder

Adorei as dicas, obrigada!

Edson Amorina Jr

Nós adoramos ter visitado o Waner Bros Studios, vou tentar agora fazer o Tour a pé por locações de Harry Potter. Parece ser bem interessante mesmo.

Vivian
VivianPermalinkResponder

Querida Mariana, no post está escrito que o trajeto de trem de Euston até a Watford Junction pode ser pago com o Oyster. Você sabe a tarifa? Pois se eu comprar a passagem hoje no site da GWR fica por 20,40 libras ida e volta. É o preço normal? Vale a pena comprar antecipado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vivian! Com Oyster o trecho sai 8,60 libras no 'peak' (16h às 19h na direção Watford Junction, 6h30 às 9h30 na direção Euston) e 5,40 libras 'off-peak'. Como você vai no contrafluxo, indo e voltando off-peak, ida e volta vão custar 10,80 libras no Oyster.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá!
Tenho algumas duvidas.
Vi que dá para comprar um ingresso para os estúdios já incluindo o transporte de londres até lá.
Só que fiquei chocada com o preço: 85 £!
Aí, pelo link disponível aqui, somente a entrada custa 41£.
A minha dúvida é: ir de maneira independente, com metrô e ônibus vale mais a pena? Sai mais barato?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julia! Sim, dá para ir de trem. Sai desde 15 libras (incluindo a volta), dependendo dos horários escolhidos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar