10 praias em Barbados

Enterprise Beach (Miami Beach), Barbados

A ilha de Barbados é banhada pelo Caribe nas direções oeste e sul. É uma costa bastante ocupada, em que as construções costumam chegar até à areia. Se não há avenidas beira-mar, tampouco existem arranha-céus — tirando o Hilton e outro hotel nas cercanias da capital, Bridgetown. Como normalmente estão fora da visão de quem passa de carro, as praias podem ser difíceis de achar e, eventualmente, de entrar. Mas são todas públicas: uma vez que você entra por um acesso sinalizado, pode transitar pela areia mesmo em trechos ocupados por hotéis de luxo.


Visualizar Barbados: as praias em um mapa maior

OESTE (West Coast)

O metro quadrado mais caro de Barbados está ao norte da capital, Bridgetown. O trecho mais metido deste litoral é conhecido como “Platinum Coast” (Costa de Platina), porque reúne alguns dos hotéis mais luxuosos da ilha (o mais mais mais é o Sandy Lane). Pela dificuldade de estacionar e pelos poucos pontos de acesso, é um trecho do litoral pouco amigável ao passante. Se você não estiver hospedado num hotel por aqui, o mais provável é que visite essa costa vindo pelo mar, num passeio de catamarã.

Colony Club Beach

Colony Club Beach, Barbados

Colony Club Beach, Barbados

Esse é um exemplo de praia que você encontra ao se hospedar num hotel da West Coast: faixa de areia estreita, mar calmíssimo. Peguei uma época de mar feio (para o padrão de Barbados). Em condições ótimas esta água fica azul-bebê. O hotel em questão é o Colony Club (oferecido pelas operadoras de pacote brasileiras).

Mullins Bay

Mullins Bay, Barbados

Mullins Bay, Barbados

Se você está de carro, esta é a sua melhor opção na West Coast. A praia (a última do trecho-filés, um pouco antes de Speighstown) é visível da estrada, impossível de perder. Estacione numa rua lateral e aproveite a infra: o restaurante é ótimo e aluga espreguiçadeiras.

BRIDGETOWN

Para o meu gosto, as praias mais bacanas da ilha estão imediatamente ao sul da capital. Por ali a areia é branquíssima e o mar estava transparente até nesta época ruinzinha que eu tive o azar de pegar.

Carlisle Bay

The Boatyard, Carlisle Bay, Barbados

Carlisle Bay, Barbados

É a primeira praia colada na cidade, com bolsões de estacionamento fáceis de achar. Dá para alugar espreguiçadeiras em barracas rústicas que também proporcionam serviço de bordo. Mas o mais bacana, na minha opinião, é entrar pelo Boatyard, um bar de praia que cobra entrada e tem um píer próprio. De vez em quando faz promoções de bebidas all-inclusive. Para quem procura algum agito durante o dia, é a pedida. À noite, vira balada.

Praia do Hilton

Praia do hotel Hilton, Barbados

Maior hotel da ilha, o Hilton está plantado em frente a uma prainha nota 10. Eu cheguei pelo estacionamento, deixei meu carro e atravessei o lobby sem ser importunado — mas acredito que isso não seja muito legal, não. Mas na praia havia vários barbadianos, que certamente vieram pelo outro lado (deve haver algum acesso).

SUL (South Coast)

É o quadrante mais democrático (e animado) da ilha, ideal para quem não quer ficar isolado num hotel de luxo. A ocupação da costa também é praticamente ininterrupta (há muitos hotéis à beira-mar também), mas quem gosta de variar de praia encontra bons trechos aonde levar sua toalha ou alugar uma espreguiçadeira.

Rockley/Accra Beach

Rockley/Accra Beach, Barbados

Boardwalk, Barbados

Uma das poucas praias visíveis da estrada, está num trecho sem construções à beira-mar (deve ser por isso que é chamada de “parque”). Nos cantos esquerdo e direito é possível alugar espreguiçadeiras (o bar do canto esquerdo é bem bom). No canto direito começa a Boardwalk, um deck à beira-mar onde estão instalados alguns restaurantes bem bacanas, como o Tapas e o Black Pearl.

Dover Beach

Dover Beach, Barbados

A mais badaladinha das praias da costa sul. Tem um pequeno estacionamento (e dá para estacionar nas ruas próximas) e alguns quiosques. Fica imediatamente ao sul do Gap, a rua da muvuca; dá para ir (ou vir) caminhando.

Maxwell Beach

Maxwell Beach, Barbados

Trecho selvagem de praia, sem serviços, entre Dover e Oistins. A areia é superbranca. E tem coqueiros!

Enterprise/Miami Beach

Enterprise Beach (Miami Beach), Barbados

Primeira praia passando o vilarejo de pescadores de Oistins (onde você vai vir pelo menos na noite de sexta-feira para comer peixe frito), Enterprise (também conhecida como Miami) é a praia favorita dos nativos.

SUDESTE (Southeast coast)

O lado leste da ilha recebe águas do Atlântico. O mar aqui é bem mais violento do que nos lados oeste/sudoeste. Mas a costa é bem menos ocupada.

Crane Beach

Crane Beach, Barbados

Crane Beach, Barbados

É a praia mais famosa da ilha. Fica ao pé de um penhasco onde está instalado o hotel The Crane, o mais antigo clássico de Barbados. Como eu já disse anteriormente, este não é o tipo de praia que me levaria ao Caribe… o mar é violento e perigoso.

LESTE (East Coast)

A costa leste da ilha tem o mar decididamente bravo. É bonito para passear de carro, já que o horizonte e o mar não fogem do seu campo de visão.

Batsheba

Batsheba, Barbados

Batsheba, Barbados

Batsheba, Barbados

(Diga: “Baxiba”.) A mais importante das praias do leste é uma meca de surfistas. Com efeito: o ambiente está mais para North Coast do Havaí do que para Caribe. As formações rochosas são lindas. O banho é perigoso. Há quiosques, restaurantes e outro clássico da ilha, o hotel The Atlantis.

Leia também:

Guia de Barbados no Viaje na Viagem


105 comentários

Concordo, Rodrigo.
O mar do Rio é igualzinho o do Caribe, não existem trombadinhas nem balas perdidas, o carioca é simpático como os caribenhos e eu também acredito em Papai Noel.

Todo ano é a mesma coisa… Eu me animo pensando em ir pro Caribe (animo maior esse dia com os posts do Riq), faço as contas, pesquiso hotéis e quando eu estou quase me decidindo… PLUFT chega o veranico aqui no Rio. Temperaturas em torno dos 35C, mar Caribe em toda a orla, com destaque pro Arpoador. Daí minha necessidade de mar azul calcinha sossega o facho e eu posso gastar o dinheiro visitando restaurantes bacanas aqui no Rio mesmo!! Recomendadissimo.

(Mas que eu vou continuar esperando os posts do Caribe, ah isso eu vou!)

Já voltei da praia, mas ainda estou com muita vontade de voltar novamente… e mais despois dessas fotos…

Prezado Ricardo,
Tenho acompanhado todas as noticias sobre Barbados, pois estarei lá a exatamente 1 mês.
Preciso de dicas:Caso eu leve alguns analgésicos, colírios,terei problemas para entrar no país?Precisarei de receita internacional para isso?Existe a possibilidade de alugar uma scooter, ao invés de um carro, devido aos difíceis lugares para estacionamento.
Com as dicas postadas por voce hoje, aprooveitarei ainda mais, pois já coloquei-as em meu cronograma prévio de isita.
Obrigada.

    Olá Mirian,

    Estive em barbados há 5 anos atrás em um projeto de preservação de tartarugas. As dicas que consigo me lembrar são:
    > Tem uma feira gastronomica toda quinta feira (acho que é esse dia). Vale a pena ir e comer uns frutos do mar preparados na hora;
    > Barbados tem mão inglesa, ou seja, dirige-se a direita;
    > O transporte publico mais comum é van… parece o Rio;
    > Experimente o rum, flying fish, macarroni pie
    > Um hotel bom e barato é o Coconut Court. Sai uns USD 150 a diaria. Não é mega luxuoso mas tem bom atendimento e vasta gama de serviços;
    > Dependendo da época você pode entrar em contato com a Barbados Sea Turtle Project e sair a noite para acompanhar a busca pelas tartarugas Hawksbill de 80 cm.

    Boa viagem

    Em breve queroestar por lá tambem.

É uma tentação mesmo Cláudia. Mas acredite… punta é melhor!! Valeu Riq, por mais esse tópico!
Abraços!

Riq desse jeito não dá!!! Vamos ter que dar um pulinho no Caribe uma hora dessas!!

As fotos estão lindas!!

Passei minha lua-de-mel em Barbádos no ano de 96, já fazem 14 anos. Recomendo para qualquer pessoa, um lugar lindíssimo que nunca esquecerei. Praias belíssimas, povo bonito, mulheres muito bem arrumadas não importando a hora, receptivos. Também fiquei no Hilton, excelente hotel, lembro que um dos garçons gostou tanto da gente que fazia questão de nos servir e quando foi entrar de férias, foi pessoalmente se despedir. Nas fotos acima me parece ver o nativo com seu macaquinho, figura ilustre das praias do Hilton.
Ai que saudades, uma vontade muito grande de voltar e se Deus quiser farei isso um dia.
Barbados é tudo de bom!!!!!

Ai que saudades! Estava esperando pelas fotos, desde sua ida! Nostalgia, Boatyard, Accra beach… Adorei!

Ai Jesus… olha eu quase decidindo por Punta Cana e babando por Barbados!!!! 🙂
Essas praias dão uma vontade.
Lindas as fotos, Riq!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.